Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.070.245 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barbosa, Maria Alves
Texto completo
Id: biblio-1094415
Autor: Bastos, Luzia Beatriz Rodrigues; Barbosa, Maria Alves; Rosso, Claci Fátima Weirich; Oliveira, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante; Ferreira, Ilma Pastana; Bastos, Diniz Antonio de Sena; Paiva, Ana Cláudia Jaime de; Santos, Alex de Assis Santos dos.
Título: Practices and challenges on coordinating the Brazilian Unified Health System / Práticas e desafios da regulação do Sistema Único de Saúde
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:25, 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To analyze the obstacles and challenges faced by managers and coordination professionals in their practices in municipal coordinating centers. METHODS An exploratory descriptive study with a qualitative focus, applied in 40 managers and coordination professionals, from September 2017 to November 2018, with semi-structured interviews, resulting in two categories of analysis: limiting factors and factors that facilitate the management and operationalization of the Brazilian Unified Health System (SUS) coordinating sector. RESULTS Analyzing the statements, we found evidence of the following limiting factors: failure in the criteria of referral, unavailability of beds, high demand, systemic difficulties in relation to the coordinating system, procedures of difficult scheduling and execution, increased repressed demand for elective procedures and difficulties in the flow of information between primary care and coordination. In the category of facilitating factors, the most significant possibilities were: expansion of the capability to know the user's reality, improvement in primary care and increase in health financial resources, health training and education and restructuring, in addition to reorganizing internal coordinating procedures. CONCLUSION The limiting factors of coordination show the need to promote actions that offer all SUS users full access to health services.

RESUMO OBJETIVO Analisar os entraves e desafios enfrentados pelos gestores e profissionais de regulação em suas práticas nas centrais reguladoras municipais. MÉTODOS Estudo descritivo exploratório com enfoque qualitativo, aplicado em quarenta gestores e profissionais de regulação, no período de setembro de 2017 e novembro de 2018, por meio de entrevista semiestruturada, resultando em duas categorias de análise: fatores limitantes e fatores facilitadores da gestão e operacionalização do setor de regulação do SUS. RESULTADOS Na análise dos enunciados, foram encontradas evidências dos seguintes fatores limitantes: falha nos critérios de encaminhamento, indisponibilidade de leitos, grande demanda, dificuldades sistêmicas em relação ao sistema de regulação, procedimentos de difícil agendamento e execução, aumento da demanda reprimida de procedimentos eletivos e dificuldades no fluxo de informações entre a atenção primária e a regulação. Na categoria de fatores facilitadores, as possibilidades mais significativas foram: ampliação da capacidade de conhecer a realidade do usuário, melhoria na atenção primária e incrementos de recursos financeiros para a saúde, capacitação e formação em saúde e reestruturação, além de reorganização dos procedimentos internos de regulação. CONCLUSÃO Os fatores limitantes da regulação demonstram a necessidade de fomentar ações que ofereçam a todos os usuários do SUS o acesso pleno aos serviços de saúde.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Pessoal de Saúde
Gerentes de Casos
Acesso aos Serviços de Saúde/organização & administração
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
-Brasil
Atitude do Pessoal de Saúde
Pesquisa Qualitativa
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1156974
Autor: Silva, Michelini Fátima da; Rocha, Patrícia Kuerten; Echevarria-Guanilo, Maria Elena; Bertoncello, Kátia Cilene Godinho; Souza, Sabrina de; Schneider, Karine Larissa Knaesel.
Título: Construction of the instrument for care transition in pediatric units / Construcción del instrumento para transición de cuidados en unidades pediátricas / Construção do instrumento para transição de cuidado em unidades pediátricas
Fonte: Texto & contexto enferm = Texto e contexto enfermagem;30:e20180206, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to build and semantically validate a safe communication tool to systematize care transition in pediatric clinical and emergency units. Method: a methodological study, based on the Classic Theory of Psychometric Tests and on the Instrument Development Model, proposed by Pasquali, which included seven professionals, five nurses and two physicians, experts in pediatrics and/or patient safety, who followed specific criteria for inclusion. Data collection was carried out between November and December 2016 and took place with the application of a form made available to the experts via the Google Drive/Microsoft® tool in two validation rounds, conducted by the Delphi Technique, being organized into two domains with 19 items. Data analysis was performed by calculating the Content Validity Index. Results: in order to validate the content, it was necessary to reach a Content Validity Index ≥ 0.80; thus, in the first round, five items underwent changes and were adjusted according to the experts' recommendations. These were validated in the second round, maintaining two domains and nineteen items. Conclusion: the construction and content validation of the instrument can enhance and qualify the clinical practice and contribute to minimize failures in pediatric patient safety associated with effective communication.

RESUMEN Objetivo: construir y validar semánticamente una herramienta de comunicación segura para sistematizar la transición de cuidados en las unidades clínicas y de urgencias pediátricas. Método: estudio metodológico, basado en la Teoría Clásica de Pruebas Psicométricas y en el Modelo de Construcción de Instrumentos, propuesto por Pasquali, que incluyó a siete profesionales especialistas en pediatría y / o seguridad del paciente, que siguieron criterios específicos de inclusión, cinco enfermeras y dos médicas. La recolección de datos se realizó entre noviembre y diciembre de 2016 y se dio con la aplicación de un formulario puesto a disposición de los especialistas a través de la herramienta Google Drive/Microsoft® en dos rondas de validación, realizadas por la Técnica Delphi, organizadas en dos dominios con 19 ítems. El análisis de los datos se realizó calculando el Índice de Validez de Contenido. Resultados: para la validación de contenido fue necesario alcanzar un Índice de Validez de Contenido ≥ 0,80, por lo que en la primera ronda se modificaron cinco ítems y se ajustaron según las recomendaciones de los expertos. Estos fueron validados en la segunda ronda, manteniendo dos dominios y diecinueve ítems. Conclusión: la construcción y validación de contenido del instrumento puede incrementar y calificar la práctica clínica y contribuye a minimizar las fallas en la seguridad del paciente pediátrico asociadas a una comunicación efectiva.

RESUMO Objetivo: construir e validar semanticamente um instrumento de comunicação segura para sistematizar a transição de cuidado em unidades clínicas e de emergência pediátricas. Método: estudo metodológico, fundamentado na Teoria Clássica dos Testes da Psicometria e no Modelo de Construção de Instrumentos, proposto por Pasquali, o qual incluiu sete profissionais experts em pediatria e/ou segurança do paciente, que seguiram critérios específicos para inclusão, sendo cinco enfermeiras e duas médicas. A coleta de dados foi realizada entre novembro e dezembro de 2016 e ocorreu com a aplicação de formulário disponibilizado às experts via ferramenta Google Drive/Microsoft® em duas rodadas de validação, conduzida pela Técnica Delphi, sendo organizados em dois domínios com 19 itens. A análise dos dados ocorreu pelo cálculo do Índice de Validade de Conteúdo. Resultados: para a validação do conteúdo foi necessário atingir um Índice de Validade de Conteúdo ≥ 0,80, assim na primeira rodada cinco itens sofreram alterações e foram ajustados de acordo com as recomendações das experts. Sendo estes validados na segunda rodada, mantendo dois domínios e dezenove itens. Conclusão: a construção e validação de conteúdo do instrumento pode incrementar e qualificar a prática clínica e contribuir para minimizar as falhas na segurança do paciente pediátrico associado a comunicação eficaz.
Descritores: Criança Hospitalizada
Enfermagem
Estudo de Validação
Segurança do Paciente
Gerentes de Casos
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055772
Autor: David, Helena Maria Scherlowski Leal; Riera, José Ramón Martínez; Mallebrera, Antonia Herraiz; Costa, Maria Fernanda de Lima da.
Título: A enfermeira gestora de casos na Espanha: enfrentando o desafio da cronicidade por meio de uma prática integral / Case management nurse in Spain: facing the challenge of chronicity through a comprehensive practice
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):315-324, jan. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Em fins da década de 1990, instituiu-se um novo tipo de atuação para a enfermeira no sistema de saúde espanhol, denominada atualmente de enfermeira gestora de casos, com vistas à garantia do acesso aos recursos necessários para o enfrentamento das condições de cronicidade e atendimento integral no domicílio. O objetivo do artigo é o de apresentar essa figura e discutir aspectos de sua atuação. A metodologia baseou-se em revisão bibliográfica de artigos e publicações normativas e entrevistas com enfermeiras de Atenção Primária de Saúde, docentes de enfermagem e enfermeiras gestoras de casos. Apresenta-se um breve histórico de implantação da enfermeira gestora de casos e as bases conceituais e operacionais de sua prática em três comunidades autônomas espanholas: Andaluzia, Comunidade Valenciana e País Basco, discutindo potencialidades e questões a respeito dessa atuação dentro de um sistema de saúde de características universais. Nas conclusões, são tecidas algumas considerações a respeito das possibilidades para a implantação da figura da enfermeira gestora de casos no sistema brasileiro de saúde.

Abstract A new type of nurse role was established in the Spanish health care system in the late 1990s, currently called case manager nurse, to ensure access to resources needed to cope with chronic conditions and comprehensive home care. This paper aims to present this figure and discuss aspects of its work. The methodology was based on the bibliographic review of papers and normative publications and interviews with primary health care nurses, nursing faculty, and case management nurses. We present a brief history of the implementation of the case manager nurse role and the conceptual and operational bases of her practice in three autonomous Spanish communities: Andalusia, Valencian Community, and Basque Country, discussing potentialities and issues concerning this practice. In the conclusions, we make some considerations on the possible implementation of the case manager nurse in the Brazilian health system.
Descritores: Doença Crônica/enfermagem
Enfermagem
Gerentes de Casos
-Espanha
Continuidade da Assistência ao Paciente
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde