Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.070.670 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 105 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 105 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1296175
Autor: Flores Gonzáles, Jillma Karen(aut).
Título: Cumplimiento de normas que rigen la administración de fármacos por el personal de enfermería en la Caja Nacional de Salud Cochabamba, segundo semestre del 2011 / Compliance with rules governing the administration of drugs by nurses in the National Health Fund Cochabamba, second half of 2011.
Fonte: Cochabamba; s.n; mar. 2012. 93 p. tab, graf.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Católica Boliviana San Pablo. Facultad de Enfermería Elizabeth Seton para obtenção do grau de Licenciada en Enfermeria.
Resumo: La presente investigación tiene como objetivo general describir el cumplimiento de las normas que rigen la administración de fármacos por el personal de enfermería en la Caja Nacional de Salud de Cochabamba; en tal sentido, las normas de la administración de medicamentos forman parte de las funciones terapéuticas de enfermería que deben ser aplicadas constantemente para brindar una atención de calidad y con responsabilidad, sujetos al cuidado integral que asegure bienestar y seguridad del paciente. En la investigación se realizó un estudio de tipo descriptivo con una población de 20licenciadas de enfermería, de las cuales se obtuvo la muestra de forma aleatoria, a las que fue aplicado el instrumento que midió las variables en sus indicadores de cumplimiento y conocimiento de las normas para la administración de medicamentos, el análisis se hizo mediante estadísticas descriptivas. Los resultados obtenidos evidencian de forma general que el personal de enfermería tiene un conocimiento bueno en un 50%; sin embargo, en lo referente a la aplicación de las normas durante los procedimientos de administración de fármacos, los porcentajes son menores, siendo la más cumplida la relacionada con la dosis correcta
Descritores: Administração Bucal
Administração Cutânea
Bolívia
Enfermeiras Administradoras/normas
Recursos Humanos de Enfermagem/normas
Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BO79.1 - Biblioteca Mirna Salinas
BO79.1; 1101, F65c


  2 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135741
Autor: Marinho, Alessandro Simões; Borges, Lilian Maria.
Título: As habilidades sociais de enfermeiras gestoras em equipes de saúde da família / The social skills of nurses managers in family health teams / Habilidades sociales de enfermeras gerentes en equipos de salud familiar
Fonte: Psico USF;25(3):573-583, jul.-set. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A pesquisa, de natureza descritiva, investigou o repertório de habilidades sociais de enfermeiras responsáveis pela gestão de equipes de Saúde da Família. Foi aplicado o Inventário de Habilidades Sociais (IHS-Del Prette) e foram realizadas entrevistas semiestruturadas visando obter a autopercepção das oito participantes acerca de seus recursos e déficits nessas habilidades, sobretudo no que concerne às exigências do trabalho em atenção primária. Os resultados médios do grupo de gestoras foram analisados quanto ao escore total e aos cinco fatores do IHS-Del Prette. A categorização dos relatos obtidos nas entrevistas ocorreu à luz da Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados evidenciaram variadas classes de habilidades sociais, como empatia, assertividade, expressão de sentimentos positivos e resolução de problemas. Em contrapartida, observaram-se dificuldades para comunicação clara e eficaz e para mediar conflitos interpessoais. Destaca-se a relevância de investigações e experiências sistemáticas para o aprimoramento de habilidades interpessoais essenciais à gerência em saúde pública. (AU)

The present descriptive research investigated the repertoire of social skills of nurses responsible for the management of Family Health teams. The Social Skills Inventory (IHS-Del Prette) and semi-structured interviews were administered to obtain the self-perception of 8 participants about their resources and deficits in these skills, especially regarding the demands of primary care work. The mean scores of the group were analyzed in relation to the total score and the 5 IHS-Del Prette factors. The categorization of the reports obtained in the interviews took place in light of the Bardin Content Analysis. The results evidenced several classes of social skills, such as empathy, assertiveness, expression of positive feelings, and problem-solving. On the other hand, difficulties for clear and effective communication and mediation of interpersonal conflicts were observed. It is important to highlight the relevance of investigations and systematic experiments for the improvement of interpersonal skills essential to public health management. (AU)

La investigación, de naturaleza descriptiva, analizó el repertorio de habilidades sociales de enfermeras gerentes responsables en equipos de Salud Familiar. Se aplicó el Inventario de Habilidades Sociales (IHS-Del Prette) y se realizaron entrevistas semiestructuradas con el objetivo de obtener la autopercepción de ocho participantes, sobre sus recursos y déficits en estas habilidades, principalmente, en lo que respecta a las exigencias del trabajo en atención primaria. Los resultados promedio del grupo de gerentes fueron analizados en relación a la puntuación total y a los cinco factores del IHS-Del Prette. La categorización de los reportes obtenidos en las entrevistas se realizó a la luz del Análisis de Contenido de Bardin. Los resultados, evidenciaron varias clases de habilidades sociales, como empatía, asertividad, expresión de sentimientos positivos y resolución de problemas. En contrapartida, se observaron dificultades para una comunicación clara y eficaz y también para mediar en conflictos interpersonales. Se destaca la importancia de investigaciones y experiencias sistemáticas para el perfeccionamiento de habilidades interpersonales esenciales a la gerencia en salud pública. (AU)
Descritores: Autoavaliação (Psicologia)
Enfermeiras de Saúde da Família/psicologia
Habilidades Sociais
Enfermeiras Administradoras/psicologia
-Saúde da Família
Entrevista
Gestão em Saúde
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  3 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1279622
Autor: Nogueira, Alyne Leite Gomes; Munari, Denize Bouttelet; Sousa, Elyana Teixeira; Ribeiro, Luana Cássia Miranda.
Título: Planejamento de sucessão de lideranças em enfermagem: caminhos para sua elaboração / Planificación de la sucesión de liderazgos en enfermería: caminos para su elaboración / Nursing leadership succession planning: paths for elaboration
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;55:e03758, 2021. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Descrever a construção de um planejamento de sucessão de lideranças de enfermagem para uma instituição hospitalar, com base na reflexão apreciativa de enfermeiros. Método Estudo descritivo, exploratório, de abordagem qualitativa realizada com enfermeiros de um hospital público federal de ensino. A coleta de dados foi realizada em duas etapas, sendo a primeira, entrevista individual e a segunda, por mediação grupal conduzida com base no ciclo 4D e nos pressupostos da Investigação Apreciativa. Foi realizada análise descritiva dos achados. Resultados Os dados apontaram para uma equipe de diferentes gerações e altamente qualificada, preocupada com um planejamento de sucessão baseado em evidências científicas, que tenha envolvimento das equipes, e realizado, de maneira cuidadosa, para os enfermeiros em diferentes etapas da carreira profissional. Conclusão Os princípios da Investigação Apreciativa permitiram a construção de um planejamento de sucessão para potencializar ações de desenvolvimento de liderança no hospital. Nesse processo, o ambiente colaborativo entre gerações foi valorizado e um planejamento com foco na gestão participativa foi construído. Esse aspecto pode alterar, profundamente, a política interna da instituição em diversas áreas e apontar caminhos para a implementação do planejamento de sucessão em diferentes contextos.

RESUMEN Objetivo Describir la construcción de una planificación de sucesión de liderazgos de enfermería para una institución hospitalaria, con base en la reflexión apreciativa de enfermeros. Método Estudio descriptivo, exploratorio, de abordaje cualitativo, realizado con enfermeros de un hospital público de enseñanza. Datos recolectados en dos etapas: la primera consistió en una entrevista individual; la segunda fue por mediación grupal dirigida en base a los ciclos 4D y los supuestos de la Investigación Apreciativa. Se realizó análisis descriptivo de los hallazgos. Resultados Los datos describieron un equipo con miembros de diferentes generaciones, altamente calificado, preocupado con una planificación sucesoria basada en evidencias científicas, con involucramiento de los equipos y realizado de manera cuidadosa para los enfermeros en distintas etapas de su carrera profesional. Conclusión Los principios de la Investigación Apreciativa permitieron construir una planificación sucesoria que impulse acciones de desarrollo y liderazgo en el hospital. En este proceso fue valorado el ambiente colaborativo entre generaciones, y se elaboró una planificación con foco en la gestión. Dicho aspecto puede cambiar significativamente la política interna de la institución en diversas áreas y señalar caminos para la implementación de la planificación de sucesiones en diferentes contextos.

ABSTRACT Objective To describe the construction of a nursing leadership succession plan for a hospital based on the appreciative reflection of nurses. Method Descriptive exploratory study with a qualitative approach carried out with nurses in a federal public teaching hospital. Data collection was carried out in two stages. The first was an individual interview, and the second was group mediation conducted based on the 4D Cycle and the assumptions of Appreciative Inquiry. Descriptive analysis of the findings was carried out. Results The data showed a highly qualified team of different generations, concerned with succession planning based on scientific evidence, involving teams and carried out carefully for nurses at different stages of their professional careers. Conclusion The principles of Appreciative Inquiry allowed the construction of a succession plan to enhance leadership development actions in the hospital. The collaborative environment between generations was valued and planning focused on participatory management was created in the process. This aspect can profoundly change the institution's internal policy in several areas and point out ways to implement succession planning in different contexts.
Descritores: Pesquisa em Administração de Enfermagem
Enfermeiras Administradoras
-Pesquisa Qualitativa
Educação Continuada em Enfermagem
Mão de Obra em Saúde
Liderança
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  4 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1037743
Autor: Caveião, Cristiano.
Título: Competências e estratégias de ensino-aprendizagem para a formação da liderança do enfermeiro / Skills and teaching-learning strategies for nursing leadership training.
Fonte: Curitiba; s.n; 20161208. 197 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Paraná para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A competência da liderança na prática do enfermeiro é essencial ser desenvolvida ao longo da formação, para isso requer a utilização de estratégias que facilitem o processo de ensino-aprendizagem. Os objetivos desta pesquisa são: analisar as competências e estratégias de ensino-aprendizagem relacionadas à formação da liderança do enfermeiro no processo de aprendizado de Administração em Enfermagem em Instituições de Ensino Superior no Brasil; descrever o perfil dos docentes de Administração em Enfermagem em Instituições de Ensino Superior do Brasil; identificar as tendências das estratégias de ensino-aprendizagem para a formação da liderança do enfermeiro na visão dos docentes de Administração em Enfermagem em Instituições de Ensino Superior do Brasil; analisar as diferenças regionais nas competências requeridas e as estratégias de ensino-aprendizagem relacionadas à formação da liderança do enfermeiro segundo os docentes de Administração em Enfermagem em Instituições de Ensino Superior do Brasil; e identificar possíveis diferenças entre as competências e estratégias elencadas pelos docentes de Instituições de Ensino Superior Públicas e Privadas. Trata-se de uma pesquisa não experimental, do tipo survey, descritivo e exploratório, de corte-transversal, com abordagem quantitativa. Os participantes da pesquisa foram pesquisadores ou docentes da disciplina de Administração em Enfermagem do Brasil, cadastrados no Diretório do Grupo de Pesquisa do CNPq ou indicado por outro docente, pertencentes a uma instituição de ensino pública ou privada. O instrumento de pesquisa foi elaborado pelos pesquisadores, dividido em três partes, sendo a primeira com dados para caracterização demográfica e profissional, a segunda parte foi extraída das competências do programa de liderança do Center for Creative Leadership (CCL®) Competency da American Nurses Association (2013). Na terceira parte realizou-se uma revisão de literatura referente às estratégias de ensino utilizadas na Enfermagem na literatura brasileira. O instrumento passou pelo processo de validação de aparência e de conteúdo por um grupo de 15 juízes experts na área de liderança. Posteriormente passou por um pré-teste com 19 docentes para a operacionalização da pesquisa. Participaram da pesquisa 265 docentes, sendo 236 (89,1%) do sexo feminino, média de idade de 47,1 anos, 99 (37,4%) pertencem a região Sul do país, quanto ao regime de trabalho 151 (57%) são dedicação exclusiva, possuem média de 1,3 curso de pós-graduação lato sensu, e 261 (98,5%) possuem pós-graduação stricto sensu, e 154 (59%) possuem o título de doutor. A competência da comunicação foi considerada extremamente importante por 217 (81,9%) docentes, seguida da tomada de decisão por 197 (74,3%), resolução de conflito por 195 (73,6%). A estratégia de aula expositiva dialogada foi citada por 241 (90,9%) docentes, seguida de pesquisa por 237 (89,4%), discussão ou trabalho em grupo por 221 (83,4%). As estratégias que não são utilizadas foram atividade de aprendizagem em espiral com 166 (62,6%) e programas on-line 151 (57%). E a que apresenta tendência para a utilização é os cursos on-line 104 (39,2%). Conclui-se que as competências para liderança desenvolvidas na disciplina no Brasil estão alinhadas com o cenário internacional, e que também as estratégias de ensino-aprendizagem citadas estão alinhadas com o descrito na literatura.

The competence of leadership in the practice of nurses is essential to be developed throughout the training, for this requires the use of strategies that facilitate the teachinglearning process. The objectives of this research are: to analyze the teaching-learning competencies and strategies related to the formation of the nurse's leadership in the process of learning Nursing Administration in Higher Education Institutions in Brazil; to describe the profile of the Nursing Administration professors in Higher Education Institutions in Brazil; to identify the trends of the teaching-learning strategies for the formation of the nurse's leadership in the view of the Faculty of Nursing Administration in Higher Education Institutions in Brazil; to analyze the regional differences in required competencies and teaching-learning strategies related to the formation of the nurse's leadership according to the Nursing Management professors in Higher Education Institutions of Brazil; and to identify possible differences between the competencies and strategies listed by the teachers of Public and Private Higher Education Institutions. This is a non-experimental, descriptive and exploratory cross-sectional survey with a quantitative approach. The research participants were researchers or professors of the Nursing Administration discipline of Brazil, registered in the Directory of the Research Group of CNPq or indicated by another teacher, belonging to a public or private teaching institution. The research instrument was developed by the researchers, divided into three parts, the first one with data for demographic and professional characterization, the second part was extracted from the competencies of the Center for Creative Leadership (CCL®) Competency of the American Nurses Association (2013). In the third part, a literature review was carried out regarding the teaching strategies used in Nursing in the Brazilian literature. The instrument went through the validation process of appearance and content by a group of 15 judges experts in the area of leadership. Subsequently, it underwent a pre-test with 19 teachers for the operationalization of the research. A total of 265 teachers participated in the study, of which 236 (89.1%) were female, mean age was 47.1 years, 99 (37.4%) belonged to the southern region of the country. Are exclusive dedication, they have an average of 1.3 lato sensu postgraduate courses, and 261 (98.5%) have a stricto sensu postgraduate course, and 154 (59%) have a doctoral degree. The competence of the communication was considered extremely important by 217 (81.9%) teachers, followed by decision making by 197 (74.3%), conflict resolution by 195 (73.6%). The strategy of expositive dialogue was cited by 241 (90.9%) teachers, Followed by research by 237 (89.4%), discussion or group work by 221 (83.4%). The strategies that were not used were spiral learning activity with 166 (62.6%) and online programs 151 (57%). And the trend to use is the online courses 104 (39.2%). It is concluded that as competences for leadership developed in the discipline in Brazil are aligned with the international scenario, and also how the teaching-learning strategies cited are in line with the paragraph in the literature.
Descritores: Competência Profissional
Pesquisa em Administração de Enfermagem
Educação em Enfermagem
Enfermeiras Administradoras
Liderança
-Prática do Docente de Enfermagem
Enfermagem
Enfermeiras e Enfermeiros
Docentes de Enfermagem
Educação Baseada em Competências
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico
BR501.1; 610.7307, C378


  5 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1037786
Autor: Tironi, Nayara Mizuno.
Título: Atribuições e competências de gerentes de enfermagem de hospitais de ensino no Paraná / Duties and competences of nursing managers of teaching hospitals in Paraná.
Fonte: Curitiba; s.n; 20141125. 100 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Paraná para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo caracterizar os enfermeiros que exercem o cargo de gerente de enfermagem nos hospitais de ensino do Paraná; caracterizar o cargo de gerente de enfermagem nas instituições; descrever as atribuições relativas ao cargo; apreender as competências necessárias para o cargo e, como elas foram adquiridas. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória de abordagem qualitativa. Tem como cenário de estudo os hospitais de ensino do estado do Paraná. Foram entrevistados 13 enfermeiros de doze hospitais de ensino. As falas dos participantes foram pré-categorizadas nas dimensões de ensino, pesquisa, gerenciamento e assistência e, para a sua análise, utilizou-se a análise de conteúdo proposta por Bardin. Durante a realização da pesquisa os aspectos éticos foram respeitados conforme os preceitos da Resolução 466/2012. Entre os resultados verificou-se que a maioria dos enfermeiros é do sexo feminino, formados há mais de 9 anos e poucos tem experiência anterior na função. A escolha para o cargo de gerente de enfermagem variou entre indicação, promoção, eleição, processo seletivo e transferência. O quantitativo de recursos humanos que o enfermeiro gerente é responsável variou entre 27% a 60% do total de recursos humanos dos hospitais. Suas atribuições são referentes à dimensão de gerenciamento, sendo que o gerente desenvolve atividades de gerenciamento da assistência de enfermagem, de recursos humanos, custos e educação permanente e continuada. Além destas, há a participação na direção do hospital na qual o enfermeiro gerente representa a enfermagem perante a direção geral e representa a direção para os trabalhadores de enfermagem concomitantemente. Para o desenvolvimento destas atividades observou-se que são necessárias a competência política e as competências gerenciais como a liderança, gestão de conflitos e tomada de decisão. Ademais o conhecimento, a habilidade em se comunicar, o ser ético, ter senso de justiça e ser comprometido foram ressaltadas nas falas dos participantes. Não foram evidenciadas atividades e competências referentes à dimensão de pesquisa neste estudo. As competências foram adquiridas por meio da prática profissional, estudo, troca de experiências e com o apoio da instituição. Entende-se que este estudo aumenta a visibilidade e a importância do enfermeiro nas organizações de saúde além de contribuir para que os profissionais da prática se atentem para a função dos hospitais de ensino e, que as escolas formadoras se tornem mais visíveis nestes espaços.

This work aims to characterize nurses who pursue the position of nurse manager in the Paraná teaching hospitals; characterize the position of nursing manager in the institutions; describe the duties related to the position; learn the skills required for the position and how they were acquired. This is an exploratory descriptive study of qualitative approach. Its study scenario of Paraná state teaching hospitals. We interviewed 13 nurses twelve teaching hospitals. By the participants were pre-categorized into the dimensions of teaching, research, management and support, and for its analysis, we used the content analysis proposed by Bardin. During the research the ethical aspects were respected as the precepts of Resolution 466/2012. Among the results found that the majority of nursing women is formed for more than 9 years and has little prior experience in function. The choice for the position of nurse manager ranged from display, promotion, election, selection process and transfer. The quantity of human resources that the nurse manager is responsible ranged from 27% to 60% of total human resources of hospitals. Its responsibilities are related to the size of management, and the manager develops management activities of nursing care, human resources, costs and permanent and continuing education. Besides these, there is participation in the management of the hospital in which the nurse manager is the nurse before the general direction and represents the direction for nursing workers concomitantly. For the development of these activities was observed that are necessary to political competence and managerial skills such as leadership, conflict management and decision making. Besides the knowledge, ability to communicate, being ethical, sense of justice and be committed were highlighted in the speeches of the participants. No activities and skills were observed for the size of research in this study. The skills were acquired through professional practice, study, exchange of experience and with the support of the institution. It is understood that this study increases the visibility and importance of nurses in health organizations and contribute to the professional practice they pay attention to the function of teaching hospitals, and that the educational schools become more visible in these spaces.
Descritores: Competência Profissional
Enfermeiras Administradoras
Educação em Enfermagem
Hospitais de Ensino
Tomada de Decisões Gerenciais
-Enfermagem
Diretores de Hospitais
Educação Baseada em Competências
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico
BR501.1; 362.173068, T597


  6 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055768
Autor: Carvalho, Andre Luis Bonifácio de; Ouverney, Assis Luiz Mafort; Carvalho, Mércia Gomes Oliveira de; Machado, Nadia Maria da Silva.
Título: Enfermeiros (as) gestores (as) no Sistema Único de Saúde: perfil e perspectivas com ênfase no Ciclo de Gestão 2017-2020 / Nurse managers in the Unified Health System: profile and prospects with emphasis on the 2017-2020 Management Cycle
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):211-222, jan. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo tem como objetivo analisar o perfil e as percepções dos secretários municipais de saúde sobre as agendas e os desafios para o SUS para o ciclo 2017-2020, com ênfase na participação dos enfermeiros na gestão. Os dados foram coletados por meio de questionário eletrônico aplicado via web, contendo questões fechadas, respondido por gestores municipais, no âmbito da Pesquisa Nacional dos Secretários Municipais de Saúde, um estudo de abrangência nacional, realizado em 26 estados nos anos de 2017 e 2018. Pode-se compreender em que medida, no processo de gestão, os enfermeiros gestores percebem os principais desafios, a atuação de atores estratégicos, a dinâmica dos espaços intergestores e as agendas federativas que são necessárias ao fortalecimento da gestão do SUS.

Abstract This paper aims to analyze the profile and perceptions of the municipal health secretaries on the agendas and challenges for the SUS in the 2017-2020 cycle, with emphasis on the participation of nurses in management. The data were collected through an online electronic questionnaire, containing closed-ended questions, answered by municipal managers, within the National Survey of Municipal Health Secretaries, a national study carried out in 26 states in 2017 and 2018. We could understand to what extent nurse managers perceive the main challenges, the performance of strategic actors, the dynamics of interagency spaces, and federative agendas necessary to strengthen SUS management in the management process.
Descritores: Atitude do Pessoal de Saúde
Atenção à Saúde/organização & administração
Enfermeiras Administradoras
-Fatores de Tempo
Brasil
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-770097
Autor: Stuedahl, Marit; Vold, Sidsel; Klepstad, Pål; Stafseth, Siv Karlsson.
Título: Interrater reliability of Nursing Activities Score among Intensive Care Unit health professionals / Confiabilidade inter observadores do Nursing Activities Score entre profissionais de saúde da Unidade de Terapia Intensiva / Confiabilidad inter-observador del Nursing Activities Score entre profesionales de la salud en una Unidad de Cuidado Intensivo
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;49(spe):117-122, fev. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To analyze the interrater reliability of NAS among critical care nurses and managers in an ICU. Method This was a methodological study performed in an adult, general ICU in Norway. In a random selection of patients, the NAS was scored on 101 patients by three raters: a critical care nurse, an ICU physician and a nurse manager. Interrater reliability was analyzed by agreement between groups and kappa statistics. Results The mean NAS were 88.4 (SD=16.2) and 88.7 (SD=24.5) respectively for the critical care nurses and nurse managers. A lower mean of 83.7 (SD=21.1) was found for physicians. The 18 medical interventions showed higher agreement between critical care nurses and physicians (85.6%), than between critical care nurses and nurse managers (78.7). In the five nursing activities the Kappa-coefficients were low for all activities in all compared groups. Conclusion The study indicated a satisfactory agreement of nursing workload between critical care nurses and managers.

RESUMO Objetivo Analisar a confiabilidade interobservadores do NAS entre enfermeiros intensivistas e administradores em UTI. Método Estudo metodológico desenvolvido em UTI geral, de adultos, na Noruega. Em uma amostra selecionada, o NAS foi aplicado em 101 pacientes por três avaliadores: enfermeira assistencial, médico intensivista e enfermeira gestora. A confiabilidade interobservadores foi analisada por meio do teste Kappa. Resultados As médias NAS foram 88,4(SD=16,2) e 88,7(SD=24,5) respectivamente para enfermeiros assistenciais e gestores. Os médicos obtiveram média NAS inferior (83,7; SD=21,1). As 18 intervenções médicas tiveram maior concordância entre enfermeiros assistenciais e médicos (85,6), comparativamente aos enfermeiros assistenciais e gestores (78,7). Nas cinco atividades de enfermagem, os coeficientes Kappa foram baixos em todas as atividades e entre todos os grupos. Conclusão O estudo mostrou confiabilidade interobservadores satisfatória para o NAS entre enfermeiros assistenciais e gestores.

RESUMEN Objetivo : Analizar la confiabilidad inter-observador del NAS entre administradores y enfermeras clínicas en la UCI. Método : Estudio metodológico desarrollado en una UCI general en Noruega. En una muestra seleccionada el NAS fue aplicado en 101 pacientes críticos por tres clases de evaluadores: Enfermeras asistenciales, médicos intensivistas y enfermeras gestoras. La confiabilidad inter-observador fue analizada mediante el test de Kappa. Resultados : Los promedios del NAS fueron 88,4(DE=16,2) y 88,7(DE=24,5) respectivamente para las enfermeras asistenciales y gestoras. Los médicos obtuvieron un promedio NAS inferior 83,7;DE=21,1). Las 18 intervenciones médicas tuvierón mayor concordancia entre las enfermeras asistenciales y los médicos (85,6), en comparación con las enfermeras asistenciales y gestoras (78,7). En las cinco actividades de enfermería, los coeficientes Kappa fueron bajos entodas las actividades y entre todos los grupos. Conclusión : El estudio mostró confiabilidad inter-observador satisfactorias para el NAS entre las enfermeras asistenciales y gestoras.
Descritores: Carga de Trabalho
Cuidados Críticos
Unidades de Terapia Intensiva
Equipe de Enfermagem
-Reprodutibilidade dos Testes
Noruega
Enfermeiras Administradoras
Enfermeiras Clínicas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  8 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-342063
Autor: Encarnación, Jesús F.
Título: Una visita a la bruja / A visit to the witch
Fonte: Rev. cuba. enferm;18(2):129-32, mayo-ago. 2002.
Idioma: es.
Resumo: Este recuento está basado en un artículo que escribiera Laurie Thomas (1974) en la revista Nursing Outlook. Este artículo fue publicado en el mes de enero con el título Cómo convertirse en bruja: o todo lo que usted siempre quiso saber acerca de la administración de servicios de enfermería, pero sentía temor por preguntar.En forma jocosa, la autora expone el comportamiento afirmativo que necesita el administrador de servicios de enfermería para defender su territorio. Por medio de situaciones la autora describe la forma de cómo un administrador de servicios de enfermería defiende sus ideas, aunque en el proceso de hacerlo adquiera el mote de bruja. Habiéndose ya cumplido casi 30 años de publicado, este artículo mantiene su vigencia y merece que vuelva a leerse tan solo por reafirmar el rol del gerente de servicios de enfermería. Todo enfermero debe hacer esta lectura, especialmente los pinos nuevos en la profesión(AU)

This account is based on an article written by Laurie Thomas (1974) in the Nursing Outlook magazine. This article was published in January with the title "How to become a witch: or everything you always wanted to know about the administration of nursing services, but were afraid of asking". In a funny way, the authoress explains the affirmative behavior the nursing service manageress should have to defend her territory. By showing different situations, the authoress describes the way a nursing service manageress comes to the defense of her ideas, although on doing so she be nicknamed witch. Almost 30 years after its first publication, this article is still valid and deserves to be read again just to reaffirm the role of the nursing service manageress. Every nurse should read it, specially the beginners in the profession(AU)
Descritores: Supervisão de Enfermagem/normas
Enfermeiras Administradoras/ética
-Publicações Periódicas como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  9 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-956598
Autor: Baptista, Patricia Campos Pavan; Pustiglione, Marcelo; Almeida, Mirian Cristina dos Santos; Felli, Vanda Elisa Andres; Garzin, Ana Claudia Alcantara; Melleiro, Marta Maria.
Título: Saúde dos trabalhadores de enfermagem e a segurança do paciente: o olhar de gerentes de enfermagem* / Salud de los trabajadores de enfermería y la seguridad del paciente: la percepción de las enfermeras gestoras / Nursing workers health and patient safety: the look of nurse managers*
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;49(spe):122-128, fev. 2015.
Idioma: en; pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Compreender a percepção de gerentes de enfermagem sobre a relação entre a saúde dos trabalhadores de enfermagem e a segurança dos pacientes. Método Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com abordagem da fenomenologia social de Alfred Schütz, realizada por meio de entrevistas individuais, com nove gerentes de enfermagem de cinco hospitais universitários distribuídos no Brasil. Resultados A percepção dos gerentes de enfermagem sobre a relação entre a saúde dos trabalhadores de enfermagem e a segurança dos pacientes foi evidenciada nas categorias: "O sofrimento para equilibrar a saúde dos trabalhadores e a segurança dos pacientes" e "Intervenções no cotidiano de trabalho". Conclusão A vivência dos gerentes evidenciou um cotidiano de trabalho marcado por sofrimento e preocupação, devido aos altos índices de absenteísmo e presenteísmo decorrentes do adoecimento e incapacidade dos trabalhadores, e à necessidade de garantir a segurança dos pacientes por meio de uma assistência de enfermagem qualificada.

RESUMEN Objetivo Conocer la percepción de los gestores de enfermería sobre la relación entre la salud de los trabajadores de enfermería y la seguridad del paciente. Método Esta es una investigación cualitativa, con enfoque de la fenomenología social de Alfred Schütz, realizada por medio de entrevistas individuales con nueve gestores de enfermería de cinco hospitales universitarios distribuidos en Brasil. Resultados La percepción de los gestores de enfermería sobre la relación entre los trabajadores de enfermería y seguridad de los pacientes fue evidenciada en las categorías: "El sufrimiento para equilibrar la salud de los trabajadores y la seguridad de los pacientes" y "las intervenciones en el trabajo diario". Conclusión La experiencia de los gestores mostró una rutina diaria de trabajo marcado por el sufrimiento y la preocupación por los altos índices de absentismo y preceptismo resultantes de enfermedad y discapacidad en los trabajadores y la necesidad de garantizar la seguridad de los pacientes por medio de una asistencia de enfermería cualificada,

ABSTRACT Objective To understand the perception of nurse managers about the relationship between nursing workers health and patient safety. Method A qualitative survey was conducted using the social phenomenology approach of Alfred Schütz, accomplished through individual interviews with nine nurse managers from five Brazilian university hospitals. Results Nurse managers' perception of the relationship between nursing workers health and patient safety was evidenced in the following categories: "The suffering to balance workers health and patient safety" and "Interventions in everyday work life". Conclusion Managers' experience showed an everyday work life marked by suffering and concern, due to high rates of absenteeism and presenteeism resulting from illness and incapability of workers, and the need to ensure patient safety through qualified nursing care.
Descritores: Percepção
Saúde do Trabalhador
Segurança do Paciente
Enfermeiras Administradoras
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/organização & administração
-Administração de Recursos Humanos em Hospitais
Pesquisa Qualitativa
Hospitais de Ensino
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  10 / 105 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1121207
Autor: Vieira, Silvana Lima.
Título: Práticas gerenciais de enfermeiras em unidades de produção de serviços hospitalares / Management practices of nurses in units of production of hospital services.
Fonte: Salvador; s.n; 2011. 101P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Estudo sobre práticas gerenciais de enfermeiras em unidades de produção de serviços (UPS) hospitalares, em um Hospital Público de Ensino de Salvador-Bahia tendo por objetivo geral: analisar a prática gerencial de enfermeiras coordenadoras. Trata-se de estudo com abordagem qualitativa, descritiva e exploratória. Como técnicas de coleta de dados utilizamos entrevistas semi-estruturadas, observação assistemática e análise documental, com coleta de dados no período entre outubro à dezembro de 2010. Os sujeitos do estudo foram cinco enfermeiras que exerciam cargo de coordenação de unidades de produção de serviços com diferentes complexidades e finalidades no referido hospital. O tratamento do material coletado foi submetido à análise de conteúdo segundo Bardin (2004). Consideramos quatro categorias de análise para apreensão do exercício da prática gerencial da enfermeira fundamentadas no debate teórico sobre gestão em serviços de enfermagem, a saber: quanto à natureza das atividades desenvolvidas, quanto à interação-articulação entre as coordenações, quanto à autonomia e quanto ao uso de ferramentas gerenciais. Todos os sujeitos da pesquisa foram do sexo feminino, com especialização na área clinica, porém sem capacitação específica gerencial. Os resultados mostram que o conteúdo das práticas das coordenadoras concentrou-se para atividades de supervisão-controle, planejamento, avaliação e capacitação; identificamos que as enfermeiras detêm mais autonomia com a equipe de enfermagem, porém limitada para questões macro da organização, principalmente para execução; no que tange a interaçãoarticulação com as demais coordenadoras, esta se restringe à discussão de problemas que envolvem as unidades de produção, porém não ocorre para planejamento e avaliação dos serviços. A análise das categorias foi permeada por fatores intervenientes positivos, como a possibilidade de crescimento profissional e aprimoramento pessoal e, negativos, relacionados à lentidão na resolutividade de problemas, recursos financeiros e de pessoal deficientes. Constatamos que as práticas gerenciais adotadas remetem fortemente a teorias clássicas da administração com conceitos intrínsecos de visões e atitudes centralizadoras e com divisão do trabalho. Concluímos neste estudo que a prática gerencial de enfermeiras coordenadoras de unidades de produção de serviços hospitalares encontra-se distante do necessário para articulação, descentralização e efetividade, tendendo a reproduzir modelos tradicionais nos quais predominam estruturas hierárquicas de controle e obediência às normas. De uma forma geral consideramos que as profissionais se ressentem em sua prática de fragilidade teórica no campo da gerência, além do uso limitado de ferramentas gerenciais que orientem o trabalho, principalmente para avaliação. Esperamos que este estudo contribua para discussões sobre as características, condicionantes e determinantes das práticas gerenciais de enfermeiras. (AU)
Descritores: Administração de Serviços de Saúde
Administração Hospitalar
Enfermeiras Administradoras
-Administração em Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde