Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.446 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 41 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 41 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960839
Autor: Zen, Daniela; Leite, Marinês Tambara; Hildebrandt, Leila Mariza; Silva, Luiz Anildo Anacleto da; Sand, Isabel Cristina Pacheco Van der.
Título: Políticas de atenção a idosos na voz de gestores municipais de saúde / Políticas de cuidados a los ancianos en la voz de los gestores municipales de salud / Policies of attention to the elderly according to the voice of the municipal managers of health
Fonte: Rev. gaúch. enferm;39:e62502, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo OBJETIVO Analisar o entendimento de gestores municipais de saúde acerca das políticas públicas destinadas a população idosa e a forma de como elas são efetivadas no município. MÉTODO Estudo qualitativo, desenvolvido com 14 gestores municipais de saúde. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados conforme os preceitos da análise de conteúdo. RESULTADOS Os resultados evidenciam a carência de saberes dos gestores municipais de saúde, relativos a políticas públicas de atenção aos idosos. Também, a atenção prestada a idosos nos municípios estudados centra-se em medidas de controle dos agravos à saúde. CONCLUSÃO Os municípios não possuem políticas específicas de atenção à saúde da população idosa. Assim, estes resultados podem subsidiar reflexões acerca da atenção a idosos nos serviços de saúde, sua relação com a legislação e a aplicabilidade das políticas públicas de saúde.

Resumen OBJETIVO Analizar la comprensión de los gestores municipales de salud acerca de las políticas públicas para la población de ancianos y la forma como ellas entran en vigor en la ciudad. MÉTODO Estudio cualitativo, que se llevó a cabo con 14 gestores municipales de salud. Los datos fueron recogida a través de entrevistas semiestructuradas y analizados de acuerdo con los preceptos de análisis de contenido. RESULTADOS Los resultados muestran una falta de conocimiento de los administradores de salud locales, en relación con la atención política pública para los ancianos. Además, la atención a las personas mayores en los municipios estudiados se centra en las medidas de control de problemas de salud. CONCLUSIÓN Los municipios no tienen cuidado de la salud específica de las políticas de población de edad avanzada. Por lo tanto, estos hallazgos pueden subvencionar reflexiones sobre la atención a las personas mayores en los servicios de salud, su relación con la ley y la aplicación de políticas de salud pública.

Abstract OBJECTIVE To analyze the understanding of municipal managers of health about public policies destined to the elderly population and the way they are effected in the city. METHOD Qualitative study, developed with 14 municipal managers of health. Data were collected through a semi-structured interview and analyzed according the precepts of content analysis. RESULTS The results show the lack of knowledge of the municipal health managers, related to public policies of attention to the elderly. Also, the attention given to the elderly in the studied municipalities focuses on measures to control health problems. CONCLUSION The municipalities do not have specific health care policies for the elderly population. Thus, these results can support reflections about care for the elderly in health services, their relationship with legislation, and the applicability of public health policies.
Descritores: Política Pública
Empregados do Governo/psicologia
Política de Saúde
Governo Local
-Área Programática (Saúde)
Saúde da População Urbana
Entrevistas como Assunto
Colaboração Intersetorial
Assistência à Saúde
Pesquisa Qualitativa
Serviços de Saúde para Idosos/legislação & jurisprudência
Serviços de Saúde para Idosos/provisão & distribuição
Meia-Idade
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-916342
Autor: Boehs, Samantha de Toledo Martins; Costa, Aline Bogoni; Schmitt, Jeovani.
Título: Razões para retorno ao trabalho na aposentadoria: estudo com servidores de uma Universidade Brasileira / Return reasons to work after retirement: study with servers of a Brazilian University / Retorno de razones para trabajar después de la jubilación: estudio con servidores de una universidad brasileña
Fonte: Rev. Kairós;19(3):225-244, set. 2016. ilus, tab..
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta a análise das razões de retorno ao trabalho de servidores públicos aposentados, mediante a inserção em um programa de disseminação de conhecimentos, em uma Universidade Brasileira. Participaram da pesquisa, de natureza quantitativa e descritiva, 118 servidores aposentados. Identificou-se que o retorno relaciona-se, especialmente, à centralidade do trabalho, destacando-se as seguintes razões: sentimento de utilidade, maior convívio social, desejo de ocupar o tempo ocioso e realização pessoal.

This paper presents the analysis of return reasons to work of retired civil servers, through insertion in a acquirements dissemination program in a Brazilian University. They participated in the survey, quantitative and descriptive, 118 retired civil servers. It was identified that the return relates especially to the centrality of work, highlighting the reasons for feeling of usefulness, greater social interaction, desire to occupy idle time and personal realization.

Este trabajo presenta el análisis de las razones de retorno al trabajo de los servidores civiles jubilados, a través de la inserción en un programa de difusión de adquisiciones en una universidad brasileña. Participaron en la encuesta, cuantitativa y descriptiva, 118 servidores civiles jubilados. Se identificó que el retorno se relaciona especialmente con la centralidad del trabajo, destacando las razones de sentimiento de utilidad, mayor interacción social, el deseo de ocupar el tiempo ocioso y la realización personal.
Descritores: Aposentadoria/psicologia
Retorno ao Trabalho
-Empregados do Governo
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  3 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1040782
Autor: Côrtes, Marcela Guimarães; Souza, Maira Gabriela Santos de; Puente-Palacios, Katia Elizabeth.
Título: Qualidade da relação líder-membro: evidências de validade da escala multidimensional / Multidimensional measure of leader-member exchange: psychometric properties of its brazilian version / Calidad de relación líder-miembro: evidencias de validez de escala multidimensional
Fonte: Psico USF;24(3):569-581, jul.-set. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo objetivou identificar evidências de validade da estrutura interna da versão brasileira da escala multidimensional da qualidade da relação líder-membro (LMX-MDM). Aplicou-se a LMX-MDM a 363 pessoas. Realizou-se análise fatorial exploratória e confirmatória, e análise da correlação com outros construtos. A escala apresentou nove itens distribuídos em três fatores de primeira ordem que se agrupam em um fator global: Respeito Profissional (α=0,93), Afeto (α=0,92) e Lealdade (α=0,90), explicando 69,39% da variância do fenômeno. Os indicadores de ajuste foram satisfatórios (χ²/g.l.=2,20; GFI=0,97; CFI=0,99; RMSEA=0,06). A LMX-MDM se associou positivamente à satisfação no trabalho (r=0,11 a 0,76; p<0,05) e às competências gerenciais (r=0,60 a 0,80; p<0,01), e negativamente à intenção de rotatividade (r=-0,33 a -0,36; p<0,01). A partir desses resultados, observa-se a adequação da LMX-MDM para mensurar a qualidade da relação líder-membro, a qual demonstra associação com outros fenômenos organizacionais. (AU)

This paper aimed to identify evidences of validity of the internal structure of the Brazilian version of the multidimensional Leader-Member Exchange scale (LMX-MDM), which was administered to 363 people. Exploratory and confirmatory factorial analysis and correlation analysis with other constructs were performed. The scale presented nine items distributed in three loworder factors grouped into a higher-order LMX factor: Professional Respect (α = 0.93), Affect (α=0.92) and Loyalty (α=0.90), explaining 69.39% of the variance of the phenomenon. Adjustment indicators were satisfactory (χ²/g.l=2.20, GFI=0.97, CFI=0.99, RMSEA=0.06). LMX-MDM was positively associated to job satisfaction (r=0.11 to 0.76, p <0.05) and managerial skills (r=0.60 to 0.80, p <0.01), and negatively to turnover intention (r=-0.33 to -0.36, p <0.01). These findings suggest that the LMX-MDM presents evidences of validity for use in measuring quality of the leader-member relationship, which is associated to other organizational phenomena. (AU)

El objetivo de este artículo fue identificar evidencias de validez de estructura interna de la versión brasileña de la escala multidimensional de calidad de relación líder-miembro (LMX-MDM). Se aplicó la LMX-MDM a 363 personas. Se realizó análisis factorial exploratorio y confirmatorio, y análisis de correlación con otros constructos. La escala presentó nueve ítems distribuidos en tres factores de primer orden que se agrupan en un factor global: Respeto Profesional (α=0,93), Afecto (α=0,92) y Lealtad (α=0,90) explicando 69,39% de la varianza del fenómeno. Los indicadores de ajuste fueron satisfactorios (χ²/g.l.=2,20; GFI=0,97; CFI=0,99; RMSEA=0,06). La LMX-MDM se asoció positivamente a satisfacción en el trabajo (r=0,11 a 0,76, p<0,05) y a las competencias gerenciales (r=0,60 a 0,80, p<0,01), y negativamente a la intención de rotatividad (r=-0,33 a -0,36, p<0,01). A partir de estos resultados, se observa la adecuación de la LMX-MDM para medir la calidad de relación líder-miembro, la cual demuestra asociación con otros fenómenos organizacionales. (AU)
Descritores: Empregados do Governo/psicologia
Satisfação no Emprego
Liderança
-Reprodutibilidade dos Testes
Análise Fatorial
FUCOSIDOSISABDOMINAL INJURIES
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  4 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1040778
Autor: Carlotto, Mary Sandra; Câmara, Sheila Gonçalves.
Título: Burnout syndrome in public servants: prevalence and association with occupational stressors / Síndrome de burnout em funcionários públicos: prevalência e associação a estressores ocupacionais / Síndrome de burnout en funcionarios públicos: prevalencia y asociación a estresores ocupacionales
Fonte: Psico USF;24(3):425-435, jul.-set. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: The objectives of this study were to identify the prevalence of Burnout Syndrome (BS) and the predictive power of occupational stressors for its dimensions - Enthusiasm toward the job (inverse), Psychological Exhaustion, Indolence and Guilt. This study assessed a random sample of 538 public servants from a State Court of Justice (RS/Brazil) who answered the Spanish Burnout Inventory, a sociodemographic questionnaire, a work-related questionnaire and and occupational stressors questionnaire. The prevalence identified was 6.5% for Profile 1 BS (Enthusiasm toward the job - inverse, Psychological Exhaustion, Indolence) and 4.4% for Profile 2 BS (Enthusiasm toward the job - inverse, Psychological Exhaustion, Indolence, Guilt). Stressors that predicted Burnout Syndrome were work content, work organization, type of public served, social environment of work, physical conditions of the workplace, work hours, workload, relationship with heads, and relationship with colleagues. Results suggest a need for intervention in occupational stressors present in work organization. (AU)

Os objetivos do estudo foram identificar a prevalência da Síndrome de Burnout (SB) e o poder preditivo dos estressores ocupacionais para as suas dimensões - Ilusão pelo trabalho (inversa), Desgaste Psíquico, Indolência e Culpa. Este estudo avaliou uma amostra aleatória de 538 servidores públicos de um tribunal de justiça (RS/Brasil) que responderam ao Spanish Burnout Inventory, um questionário sociodemográfico, um questionário de dados laborais e um questionário de estressores ocupacionais. A prevalência identificada foi de 6,5 % para SB-Perfil 1 (Ilusão pelo trabalho - inversa, Desgaste Psíquico, Indolência) e de 4,35% para SB-Perfil 2 (Ilusão pelo trabalho - inversa, Desgaste Psíquico, Indolência, Culpa). Os estressores que predisseram a Síndrome de Burnout foram o conteúdo do trabalho, a organização do trabalho, o tipo do público atendido, ambiente social do trabalho, as condições físicas do local de trabalho, o horário de trabalho, a carga horária, a relação com a chefia, e a relação com os colegas. Os resultados sugerem a necessidade de intervenção nos estressores ocupacionais presentes na organização do trabalho. (AU)

El objetivo del estudio fue identificar la prevalencia del síndrome de Burnout (SB) y el poder predictivo de los estresores ocupacionales para sus dimensiones - Ilusión por el trabajo (inversa), Desgaste Psíquico, Indolencia y Culpa. Ese estudio evaluó una muestra aleatoria de 538 funcionarios públicos de un tribunal de justicia (RS / Brasil) que respondieron el Spanish Burnout Inventory, un cuestionario sociodemográfico, un cuestionario de datos laborales y un cuestionario de estresores ocupacionales. La prevalencia identificada fue de 6,5% para SB Perfil 1 (Ilusión por el trabajo - inversa, Desgaste Psíquico, Indolencia) y de 4,35% para SB Perfil 2 (Ilusión por el trabajo-inversa, Desgaste Psíquico, Indolencia, Culpa). Los estresores que predijeron el síndrome de Burnout fueron: contenido de trabajo, organización de trabajo, tipo de público atendido, ambiente social de trabajo, condiciones físicas de local de trabajo, horario de trabajo, carga horaria, relación con los superiores y relación con los compañeros. Los resultados sugieren la necesidad de intervención en los estresores ocupacionales presentes en la organización del trabajo. (AU)
Descritores: Estresse Ocupacional
/psicologia
FREEZE FRACTURINGABDOMEN/psicologia
-Saúde do Trabalhador
Empregados do Governo/psicologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  5 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1040770
Autor: Araujo, Maria Cecília dos Santos Queiroz de; Abbad, Gardênia da Silva; Cualheta, Luciana Padovez.
Título: Learning and transfer of training: a quasi-experiment with longitudinal design / Aprendizagem e transferência de treinamento: um quase-experimento com desenho longitudinal / Aprendizaje y transferencia de entrenamiento: un casi-experimento con diseño longitudinal
Fonte: Psico USF;24(3):413-424, jul.-set. 2019. tab, il.
Idioma: en.
Resumo: This paper aimed to evaluate learning in three trainings held at a Brazilian federal public organization. It is a longitudinal quasiexperiment with three waves, pre-test (before training ­ T1), post-test 1 (right after the end of the training ­ T2) and post-test 2 (around three months after the training - T3). Learning was assessed with situational tests, so results are based on performance rather than self-assessment. Results show that the experimental group obtained better scores in post-test 1 than it did in the pre-test and better scores than the control group did in post-test 2. There were no difference in the results obtained by the control group, comparing pre and post-test, and that there was no difference in tests according to previous experience and demographic data. Results indicate that learning occurred as a consequence of training and was not explained by other factors of the organizational environment or individuals. (AU)

Esse artigo teve como objetivo mensurar a aprendizagem em três seções de treinamento realizadas em uma organização pública federal brasileira. Trata-se de um quase experimento longitudinal, com três ondas, sendo o pré-teste (antes do treinamento), o pós-teste 1 (imediatamente após o término do treinamento) e o pós-teste 2 (após três meses do término do treinamento). A aprendizagem foi medida usando-se testes situacionais, garantindo que os resultados são baseados em desempenho e não auto relato. Os resultados indicam que o grupo experimental obteve melhores notas no pós-teste 1 do que no pré-teste e melhores notas no pós-teste 2 quando comparado ao pós-teste 1. Não foram encontradas diferenças no grupo controle entre o pré e pós teste, nem diferenças nos resultados dos testes devidas à experiência prévia ou a dados demográficos, indicando que a aprendizagem ocorreu como consequência do treinamento e não de explicações alternativas. (AU)

Este artículo tuvo como objetivo medir el aprendizaje en tres capacitaciones de entrenamiento realizadas en una organización pública federal brasileña. Se trata de un casi-experimento longitudinal con tres momentos: el pre-test (antes del entrenamiento), el post-test 1 (inmediatamente después del término del entrenamiento) y el post-test 2 (después de tres meses del término del entrenamiento). El aprendizaje fue medido usando tests situacionales, garantizando que los resultados se basan en el desempeño y no en el autoinforme. Los resultados indican que el grupo experimental obtuvo mejores notas en el post-test 1 que en el pretest y mejores notas en el post-test 2 comparado con el post- test 1. No se encontraron diferencias en el grupo control entre el pre y post test, ni diferencias en los resultados de los tests debido a experiencia previa o a datos demográficos, indicando que el aprendizaje ocurrió como consecuencia del entrenamiento y no de explicaciones alternativas. (AU)
Descritores: Transferência de Experiência (Psicologia)
Empregados do Governo/psicologia
Aprendizagem
-Estudos Longitudinais
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  6 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-848801
Autor: Gonçalves, Soraya Geha; Lavado, Edson Lopes; Trelha, Celita Salmaso.
Título: Quedas e fatores associados em idosos trabalhadores de uma instituição de ensino superior / Falls and associated factors among older workers in a university
Fonte: Acta fisiátrica;23(2):78-84, jun. 2016. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar fatores associados a quedas em idosos servidores de uma instituição de ensino superior pública. Métodos: Estudo transversal, com idosos trabalhadores de idade igual ou superior a 60 anos. Foi utilizado um questionário estruturado abordando aspectos sociodemográficos, ocupacionais e ocorrência de quedas nos últimos 12 meses. Instrumentos utilizados: Escala de Depressão Geriátrica, Pittsburgh Sleep Quality Index, International Physical Activity Questionnaire, Timed Up and Go Test, Teste de "Sentar e Levantar" da cadeira 5 vezes, Velocidade da Marcha, Equilíbrio Estático e Força de Preensão Manual. Resultados: Participaram do estudo 254 idosos trabalhadores, 76% pertenciam à faixa etária entre 60 a 64 anos e 58,7% eram do sexo masculino. A amostra foi dividida em dois grupos, caidores e não caidores e a prevalência de quedas nos últimos doze meses foi de 21,3% ± 2,72 (IC 95% = 15,92-26,58). Verificou-se associação significativa entre queda e sexo (p = 0,043), hospitalização nos últimos 12 meses (p = 0,000) e velocidade da marcha (p = 0,007). No modelo de regressão Poisson permaneceram as três variáveis associadas à queda: sexo masculino (RPaj = 0,62 IC 95% 0,40-0,98); velocidade da marcha adequada (RPaj = 0,46 IC 95% 0,26-0,81) e hospitalização nos últimos 12 meses (RPaj = 2,79 IC 95% 1,80-4,32). Conclusão: Estudo identificou uma menor prevalência de quedas nesta população e verificou a relação positiva entre trabalho e envelhecimento, no qual os idosos que continuam trabalhando tendem a apresentar melhores condições de saúde que a população de idosos em geral

Objective: To analyze factors associated with falls among older workers in a public university. Methods: Cross-sectional study, with workers aged 60 or more. A structured questionnaire was used to cover socio-demographic and occupational characteristics and the occurrence of falls over the last 12 months. Instruments used: Geriatric Depression Scale, Pittsburgh Sleep Quality Index, International Physical Activity Questionnaire, Timed Up and Go Test (TUG), Sitting-Rising Test (SRT), Gait Speed, Static Balance, and Grip strength. Results: The study included 254 older workers, 76% belonged to the age group between 60-64 years and 58.7% were male. The sample was divided into two groups, fallers and non-fallers, and the prevalence of falls over the last twelve months was 21.3% ± 2.72 (95% CI = 15.92-26.58). There was a significant association between falls and gender (p = 0.043), hospitalization over the last 12 months (p = 0.000), and gait speed (p = 0.007). In the Poisson regression model the three variables remained associated with falling: male gender (PRaj = 0.62, CI = 95% 0.40-0.98); suitable gait speed (PRaj = 0.46, CI = 95% 0.26-0.81), and hospitalization over the last 12 months (PRaj = 2.79, CI = 95% 1.80-4.32). Conclusion: The study identified a lower prevalence of falls in this group and found a positive relationship between work and the aging process, which proves that seniors who keep on working are healthier than the general population of the elderly
Descritores: Acidentes por Quedas
Nível de Saúde
Saúde do Idoso
-Trabalhadores
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Instituições de Ensino Superior
Empregados do Governo
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-990085
Autor: Saraiva, Layane Costa; Nascimento Junior, José Roberto Andrade do; Petrolini, Andre Luiz; Sousa Filho, Anastácio Neco; Bezerra, Thaynã Alves; Moraes, José Fernando Vila Nova de; Carvalho, Ferdinando Oliveira.
Título: Frequency and duration of physical activity practice of university teachers and servants / Frequência e duração da prática de atividade física de discentes e servidores universitários
Fonte: J. Phys. Educ. (Maringá);29:e2958, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Physical inactivity is considered a risk factor with unfavorable conditions to health. This study aimed at comparing the frequency and duration of physical activity practice between the students and staff of the university known as Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). The sample comprised 483 students, 49 professors and 153 subjects of the administrative staff. The short form of the International Physical Activity Questionnaire and a sociodemographic data questionnaire were used. The results showed that 61.8% of the participants were more physically active, and highlighted that women practice more moderate activities, whereas men do more vigorous ones, in addition to the fact that the individuals inserted in the human field with master and doctorate degrees practice less walking in days and minutes per week. In conclusion, when considering the frequency and duration of physical activity practice, the students were more active than the professors and the administrative staff; moreover, the individuals with master and doctorate degrees who are inserted in the human field were less active in walking.

RESUMO A inatividade física é considerada fator de risco para condições desfavoráveis à saúde. Objetivou-se comparar a frequência e duração da prática de atividade física dos discentes e servidores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). A amostra foi composta por 483 alunos, 49 docentes e 153 técnicos administrativos. Foram utilizados o Questionário Internacional de Atividade Física - versão curta e um questionário de dados sociodemográficos. Os resultados mostram que 61,8% dos participantes foram mais ativos fisicamente, evidenciando que as mulheres praticam mais atividades moderadas enquanto os homens mais atividades vigorosas, e indivíduos da área de humanas e com nível de escolaridade de mestrado e doutorado praticam menos caminhada em dias e minutos por semana. Conclui-se que os alunos foram mais ativos que os docentes e técnicos administrativos em relação a frequência e duração da prática de atividade física, destacando que indivíduos com mestrado e doutorado e pertencentes à área de humanas foram menos ativos na caminhada.
Descritores: Esportes
Empregados do Governo
Atividade Motora
-Estudantes
Universidades
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-955778
Autor: Cecilio-Fernandes, Dario; Noronha, Ana Paula Porto.
Título: Vulnerabilidade ao estresse e satisfação no trabalho de funcionários públicos / Stress vulnerability and job satisfaction of public employees / Vulnerabilidad al estrés y la satisfacción laboral de los empleados públicos
Fonte: Psicol. rev. (Belo Horizonte);21(3):621-637, set. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo verificar as diferenças de médias de satisfação no trabalho em relação ao sexo, à vulnerabilidade ao estresse, à idade, à escolaridade e ao tempo de serviço. Participaram 116 sujeitos, funcionários públicos, sendo 88,8% do sexo feminino, com idades variando entre 19 a 62 anos (M=46,19, DP=10,28), com no mínimo três meses e, máximo, de 42 anos de serviço, com formação escolar do ensino fundamental até especialização. Os participantes responderam à escala de satisfação no trabalho e à escala de vulnerabilidade ao estresse no trabalho em aproximadamente 30 minutos. Os resultados mostraram diferenças significativas entre satisfação no trabalho e vulnerabilidade ao estresse e escolaridade. Em relação ao sexo, idade e tempo de serviço, não foram encontradas diferenças significativas. Os resultados são discutidos à luz da literatura

This research aims to verify possible job satisfaction differences in regards to gender, stress vulnerability, age, schooling and service time. 116 public employees answered a job satisfaction and stress vulnerability survey. From this, 88,8% were female with an age range from 19 to 62 (M=46,19, SD=10,28), working at least for 3 months with schooling from high school through to university higher education levels. Results showed differences between job satisfaction and stress vulnerability and schooling. With regards to gender, age and service time analysis demonstrate no differences. The results are discussed in light of literature

Esta investigación tuvo como objetivo determinar las diferencias en el promedio de satisfacción laboral en relación con el género, la vulnerabilidad al estrés, la edad, el nivel educativo y tiempo de servicio. Participaron 116 sujetos, 88,8% eran mujeres, con edades comprendidas entre 19 a 62 años (M = 46.19, SD = 10,28), con un mínimo de tres meses y máximo de 42 años de servicio, con la escolaridad desde Enseñanza Básica hasta especialización. Los participantes respondieron a la escala de satisfacción en el trabajo y a la escala de vulnerabilidad al estrés en el trabajo en aproximadamente 30 minutos. Los resultados mostraron diferencias significativas entre satisfacción laboral y la vulnerabilidad al estrés y la escolarización. En relación al sexo, edad y tiempo de servicio no se encontraron diferencias significativas. Los resultados se discuten a la luz de la literatura.
Descritores: Testes Psicológicos
Empregados do Governo
Estresse Ocupacional
Satisfação no Emprego
Responsável: BR370.1 - Biblioteca Central


  9 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Abella, Sandra Iris Sobrera
Texto completo
Id: lil-348301
Autor: Zanella, Andréa Vieira; Prado Filho, Kléber; Abella, Sandra Iris Sobrera.
Título: Relaçöes sociais e poder em um contexto grupal: reflexöes a partir de uma atividade específica / Social relations and power in a context of group: reflections through a specific activity
Fonte: Estud. psicol. (Natal);8(1):85-91, jan.-abr. 2003.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho analisa as relaçöes sociais de sujeitos participantes de um programa de formaçäo em serviço, envolvidos em uma atividade cuja tarefa consistia em retratar a instituiçäo em que trabalhavam. A coordenaçäo do processo foi assumida, após um certo período de indefiniçäo, por uma das participantes de maneira democrática, com o consentimento dos demais; num segundo momento, compartilhou esse lugar social com outro colega, o qual havia disputado com ela anteriormente a coordenaçäo. Tal atividade possibilitou visualizar a forma como assumiram diferentes lugares sociais e a intrincada trama de relaçöes de poder que estabeleceram, sendo que a análise das relaçöes estabelecidas permitiu constatar que quando o lugar máximo de poder foi assumido com clareza, o trabalho do grupo fluiu e foi desenvolvido com o envolvimento de todos.
Descritores: Psicologia Social
Trabalho/psicologia
Empregados do Governo
Relações Interpessoais
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1274.1 - Biblioteca Central Zila Mamede


  10 / 41 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-647096
Autor: Gomes, Márcia Lucia Borges de Melo; Lima, Suzana Canez da Cruz; Mendes, Ana Magnólia.
Título: Experiência em clínica do trabalho com profissionais de T&D de uma organização pública / Experience in clinic of work with training and development professionals from a public institution
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;11(3):841-855, dez. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo relata uma experiência em clínica do trabalho com profissionais da área de treinamento e desenvolvimento de uma instituição do Poder Judiciário, baseada nos princípios da Psicodinâmica do Trabalho. Trata-se de uma modalidade de pesquisa que privilegia a escuta do sofrimento. Participaram sete servidores públicos. Realizaram-se cinco sessões com o grupo e os dados foram analisados com base na análise dos núcleos de sentido de acordo com Mendes (2007). Os resultados evidenciaram que nesta realidade de trabalho o prazer é resultante da identificação com o trabalho e da sua utilidade para o desenvolvimento das pessoas no contexto organizacional e social enquanto que o sofrimento é proveniente da falta de reconhecimento no trabalho. As principais estratégias defensivas referem-se ao isolamento e ao individualismo. Considera-se que a experiência favoreceu a circulação da palavra no espaço de discussão e, desta forma, contribuiu para o engajamento e a expansão da subjetividade.

The study reports on an experience in clinic of work with training and development professionals from a Federal Judicial Institution in Brazil, based on the principles of Psychodynamics of Work. It is a research modality that privileges the listening to suffering. Seven government employees participated in this study. Five group sessions were conducted and the data were analyzed based on the Nucleus of Meaning analysis, according to Mendes (2007). The results showed that in this working situation pleasure is a result of identification with the job and the perception of its utility for the workers own development in the organizational and social contexts, whereas suffering is proceeding from the lack of recognition at work. The main defensive strategies adopted by the subjects are isolation and individualism. It can be considered that the group experience favored the discussion practices and, thus, the enrollment and enhancement of subjectivity.
Descritores: Estresse Psicológico/psicologia
Ambiente de Trabalho
Prazer
-Setor Público
Empregados do Governo/psicologia
Limites: Seres Humanos
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde