Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.485.067.105 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 112 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 112 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1121041
Autor: Sergipe. Secretaria do Estado da Saúde. Escola Técnica do SUS.
Título: Suporte de urgências e emergências na clínica odontológica / Urgent and emergency support at the dental clinic.
Fonte: Aracaju; FUNESA; 2014. 118 p. (Qualificação profissional para auxiliar em saúde bucal ASB, 5, 2).
Idioma: pt.
Descritores: Socorro de Urgência
Auxiliares de Odontologia/educação
Educação em Odontologia
Primeiros Socorros
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia de Estudo
Responsável: BR2157.1 - Biblioteca


  2 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1121034
Autor: Sergipe. Secretaria do Estado da Saúde. Escola Técnica do SUS.
Título: O cuidado em saúde bucal / Oral health care.
Fonte: Aracaju; FUNESA; 2014. 200 p. (Qualificação profissional para auxiliar em saúde bucal, 4, 2).
Idioma: pt.
Descritores: Auxiliares de Odontologia/educação
Equipamentos Odontológicos
Educação em Odontologia
-Instrumentos Odontológicos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia de Estudo
Responsável: BR2157.1 - Biblioteca


  3 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1121033
Autor: Sergipe. Secretaria do Estado da Saúde. Escola Técnica do SUS.
Título: Conhecendo o corpo humano / Getting to know the human body.
Fonte: Aracaju; FUNESA; 2014. 86 p. (Qualificação profissional para auxiliar em saúde bucal ASB, 3, 2).
Idioma: pt.
Descritores: Auxiliares de Odontologia/educação
Educação em Odontologia
Anatomia/educação
Fenômenos Fisiológicos Dentários
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Guia de Estudo
Responsável: BR2157.1 - Biblioteca


  4 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1121031
Autor: Sergipe. Secretaria do Estado da Saúde. Escola Técnica do SUS.
Título: O processo de trabalho em saúde bucal / The oral health work process.
Fonte: Aracaju; FUNESA; 2014. 130 p. (Qualificação profissional para auxiliar em saúde bucal ASB, 2, 2).
Idioma: pt.
Descritores: Saúde Bucal
-Riscos Ocupacionais
Odontologia Preventiva
Saúde do Trabalhador
Auxiliares de Odontologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Guia de Estudo
Responsável: BR2157.1 - Biblioteca


  5 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1119065
Autor: Sergipe. Secretaria do Estado da Saúde. Escola Técnica do SUS.
Título: O trabalho de ASB, a promoção e a vigilância em saúde bucal / ASB's work, oral health promotion and surveillance.
Fonte: Aracaju; FUNESA; 2014. 174 p. (Qualificação profissional para auxiliar em saúde bucal, 1, 2).
Idioma: pt.
Descritores: Educação em Saúde Bucal
-Saúde Bucal
Odontologia Preventiva
Auxiliares de Odontologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Guia de Estudo
Responsável: BR2157.1 - Biblioteca


  6 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974888
Autor: Araujo, Graciela Machado de; Reisdorfer, Nara; Silva, Luiz Anildo Anacleto da; Soder, Rafael Marcelo; Santos, Adriane Marines dos.
Título: Segurança do paciente: embalagens, acondicionamento e tempo de guarda de materiais esterilizados na atenção básica / Seguridad del paciente: envases, acondicionamiento y tiempo de guarda de materiales / Safety: packages, packing and storage period of sterilized materials in primary care
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(4):662-668, Out.-Dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO As unidades básicas de saúde possuem grande demanda de procedimentos médicos, de enfermagem e odontológicos, dos quais dependem a segurança da assistência e do paciente. O objetivo deste estudo foi compreender como enfermeiros, técnicos, auxiliares em enfermagem e auxiliares de consultório dentário procedem no cuidado com embalagens, acondicionamento e tempo de guarda de materiais esterilizados nas unidades de saúde da atenção básica. Trata-se de uma pesquisa de caráter descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa. Os participantes da pesquisa foram enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de consultório dentário, atuantes em unidades básicas de saúde de três cidades do interior do Estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram produzidos por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas nos meses de outubro e dezembro de 2015 e submetidos a análise de conteúdo. Evidenciou-se que os serviços estudados carecem de estruturação, organização e definição de processos no que tange o tipo de embalagem e o acondicionamento de artigos críticos. Conclui-se que a assistência aos usuários, no que se refere a procedimentos que utilizam materiais esterilizados, está exposta a riscos, fragilizando a segurança do paciente, evidenciando a necessidade de capacitação continua dos profissionais.

RESUMEN Las unidades básicas de salud poseen gran demanda de procedimientos médicos, de enfermería y odontológicos, de los cuales depende la seguridad de la atención y del paciente. El objetivo de este estudio fue comprender cómo enfermeros, técnicos, auxiliares en enfermería y auxiliares de consultorio dentario proceden en el cuidado con envases, acondicionamiento y tiempo de guarda de materiales esterilizados en las unidades de salud de la atención básica. Se trata de una investigación de carácter descriptivo y exploratorio, con abordaje cualitativo. Los participantes de la investigación fueron enfermeros, técnicos de enfermería y auxiliares de consultorio dentario, actuantes en unidades básicas de salud de tres ciudades del interior del Estado de Rio Grande do Sul-Brasil. Los datos fueron producidos por medio de entrevistas semiestructuradas realizadas en los meses de octubre y diciembre de 2015 y sometidos al análisis de contenido. Se evidenció que los servicios estudiados carecen de estructuración, organización y definición de procesos con relación al tipo de envase y el acondicionamiento de artículos críticos. Se concluye que la atención a los usuarios, en lo que se refiere a procedimientos que utilizan materiales esterilizados, está expuesta a riesgos, fragilizando la seguridad del paciente, evidenciando la necesidad de capacitación continua de los profesionales.

ABSTRACT The basic health units have great demand for medical, nursing and dentistry procedures, on which the security of the assistance and the patient depends. The objective of this study was to understand how nurses, nursing technicians, assistants and dental office assistants proceed in managing packaging, guard and distribution of sterile materials in the health units of the primary care. This is a descriptive and exploratory research, with a qualitative approach. The participants of the research were nurses, nursing technicians and assistants of dental office operating in basic health units of three cities in the State of Rio Grande do Sul. The data were generated through semi-structured interviews between October and December 2015 and assessed through content analysis. One evidenced that the studied services lack structure, organization and process definition with regard to the packaging of critical objects. The conclusion is that the assistance to users with respect to procedures using sterile materials are exposed to risks, weakening the patient's safety, emphasizing the need for continuous training of professionals.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Esterilização/instrumentação
Embalagem de Produtos/instrumentação
Embalagem de Medicamentos/instrumentação
Segurança do Paciente
-Auxiliares de Odontologia
Consultórios Odontológicos/organização & administração
Equipamentos e Provisões
Técnicos de Enfermagem
Enfermeiras e Enfermeiros
Assistentes de Enfermagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  7 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097358
Autor: Castro, Jussara Rossi; Gazetta, Cláudia Eli; Silva, Albertina Gomes da; Sodré, Paula Canova; Lourenção, Luciano Garcia.
Título: Estresse ocupacional e engajamento em profissionais de saúde bucal / Occupational stress and engagement in oral health professionals / Estrés laboral y compromiso de profesionales de salud bucal
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;32:1-11, 28/03/2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar os níveis de estresse ocupacional e engajamento em profissionais de saúde bucal de unidades da Atenção Primária à Saúde. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, correlacional e transversal, realizado com profissionais da saúde bucal das unidades de Atenção Primária à Saúde do município de São José do Rio Preto, São Paulo, em 2017. Utilizaram-se três instrumentos autoaplicáveis: um elaborado pelos pesquisadores, contendo variáveis sociodemográficas e profissionais, a Escala de Estresse no Trabalho e a Utrecht Work Engagement Scale. Os níveis de estresse ocupacional e engajamento foram calculados segundo modelo estatístico proposto pelos instrumentos e, para a análise, utilizou-se teste de correlação de Pearson, considerando significância de 95%. Resultados: Participaram 31 profissionais, sendo 20 (64,5%) cirurgiões-dentistas e 11 (35,5%) auxiliares de saúde bucal. Houve prevalência do sexo feminino (n=21; 67,7%), faixa etária de 40 anos ou mais (n=14; 45,2%), casados (n=26; 83,9%), concursados/estatutários (n=16; 51,6%), com carga horária semanal de 40 horas (n=23; 74,2%), sem outra atividade remunerada (n=19; 61,3%), três a dez anos de atuação na Atenção Primária à Saúde (n=13; 41,9%) e satisfeitos com a profissão (n=28; 90,3%). A amostra não apresentou níveis importantes de estresse, mas nove (29,0%) profissionais obtiveram escores compatíveis com estresse importante (>2,5). Os profissionais apresentaram níveis altos de engajamento em todas as dimensões. Estresse ocupacional e engajamento se correlacionam negativamente. Conclusão: Os trabalhadores apresentaram altos níveis de engajamento. Estresse ocupacional e engajamento tendem a ser inversamente proporcionais.

Objective: To evaluate the levels of occupational stress and engagement in oral health professionals from Primary Health Care units. Methods: It is a quantitative, descriptive, correlational and cross-sectional study conducted with oral health professionals from Primary Health Care units in the city of São José do Rio Preto, São Paulo, in 2017. We used three self-applied instruments: one developed by the researchers, containing sociodemographic and professional variables, the Stress at Work Scale, and the Utrecht Work Engagement Scale. Occupational stress and engagement levels were calculated according to the statistical model proposed by the instruments and, for the analysis, Pearson's correlation test was used, considering the significance of 95%. Results: 31 professionals participated, being 20 (64.5%) dental surgeons and 11 (35.5%) oral health auxiliaries. There was a prevalence of females (n = 21; 67.7%), aged 40 years or older (n = 14; 45.2%), married (n = 26; 83.9%), hired / statutory ( n = 16; 51.6%), with a weekly workload of 40 hours (n = 23; 74.2%), without any other paid activity (n = 19; 61.3%), three to ten years of experience in the Primary Health Care (n = 13; 41.9%) and satisfied with the profession (n = 28; 90.3%). The sample did not show significant stress levels, but nine (29.0%) professionals obtained scores compatible with significant stress (> 2.5). Professionals had high levels of engagement in all dimensions. Occupational stress and engagement correlate negatively. Conclusion: Workers had high levels of engagement. Occupational stress and engagement tend to be inversely proportional.

Objetivo: Evaluar los niveles de estrés laboral y compromiso de profesionales de salud bucal de unidades de la Atención Primaria de Salud. Métodos: Estudio cuantitativo, descriptivo, de correlación y transversal realizado con profesionales de salud bucal de las unidades de Atención Primaria de Salud del municipio de São José do Rio Preto, São Paulo, en 2017. Se ha utilizado tres instrumentos auto aplicables: uno de ellos ha sido elaborado por los investigadores con variables sociodemográficas y profesionales, la Escala de Estrés en el Trabajo y la Utrecht Work Engagement Scale. Los niveles del estrés laboral y del compromiso han sido calculados según el modelo estadístico propuesto por los instrumentos y para el análisis se utilizó la prueba de correlación de Pearson con significancia del 95%. Resultados: Participaron 31 profesionales siendo 20 (64,5%) cirujanos-dentistas y 11 (35,5%) auxiliares de salud bucal. Hubo prevalencia para el sexo femenino (n=21; 67,7%), la franja de edad de 40 años o más (n=14; 45,2%), casados (n=26; 83,9%), concursantes/estatutarios (n=16; 51,6%), con 40 horas semanales de trabajo (n=23; 74,2%), sin otra actividad remunerada (n=19; 61,3%), entre tres y diez años de actuación en la Atención Primaria de Salud (n=13; 41,9%) y satisfechos con la profesión (n=28; 90,3%). La muestra no ha presentado niveles importantes de estrés pero nueve (29,0%) profesionales tuvieron puntuaciones compatibles con el estrés importante (>2,5). Los profesionales presentaron niveles altos de compromiso para todas las dimensiones investigadas. El estrés laboral y el compromiso se han correlacionado de manera negativa.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Auxiliares de Odontologia
Odontólogos
Estresse Ocupacional
Engajamento no Trabalho
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-641730
Autor: Esposti, Carolina Dutra Degli; Oliveira, Adauto Emmerich; Santos Neto, Edson Theodoro dos; Zandonade, Eliana.
Título: O processo de trabalho do técnico em saúde bucal e suas relações com a equipe de saúde bucal na Região Metropolitana da Grande Vitória, Espírito Santo, Brasil / Dental hygienist technicians' working process and their relationship with the oral health team in the Metropolitan Region of Vitória, Espírito Santo, Brazil
Fonte: Saúde Soc;21(2):372-385, abr.-jun. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo é analisar a compreensão dos cirurgiões-dentistas (CDs) sobre o processo de trabalho e as relações da equipe de saúde com os Técnicos em Saúde Bucal (TSBs). Em cinco municípios da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), Espírito Santo (ES), Brasil, foram selecionados 18 sujeitos, a partir de uma amostra probabilística de 217 CDs que atuavam no Sistema Único de Saúde (SUS). Os sujeitos foram entrevistados a partir de um roteiro-guia semiestruturado, do qual constavam temas relacionados à organização do trabalho na saúde bucal; às atribuições e responsabilidades do TSB; à relação entre o cirurgião-dentista e o TSB; à relação com a equipe de saúde e autonomia do TSB. Os dados foram analisados a partir da Análise de Conteúdo sugerida por Bardin. Constatou-se que os CDs valorizam a importância da participação dos TSBs na reorganização do trabalho odontológico e a construção de uma relação de parceria e cooperação. Contudo, os CDs reconhecem que a relação com os TSBs é prejudicada pela desinformação sobre o processo de trabalho. Além disso, os CDs demonstram receios quanto à possibilidade de os TSBs tornarem-se dentistas práticos e tomarem seu espaço no mercado de trabalho. Também há preocupações sobre a responsabilização legal dos CDs sobre atividades desenvolvidas pelos TSBs.
Descritores: Auxiliares de Odontologia
Educação Profissional em Saúde Pública
Pessoal de Saúde
Promoção da Saúde
Recursos Humanos em Odontologia/educação
Saúde Bucal
-Brasil
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  9 / 112 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-223150
Autor: Narvai, Paulo Capel.
Título: Em defesa do técnico em saúde bucal / Defeding the dental technician
Fonte: Divulg. saúde debate;(6):27-34, out. 1991.
Idioma: pt.
Resumo: A Divisäo Nacional de Saúde Bucal (DNSB), do Ministério da Saúde (MS) e representantes de entidades odontológicas e de instituiçöes públicas que formam e utilizam pessoal auxiliar odontológico para, em junho de 1991, discutem o assunto e apresentam proposiçöes ao MS
Descritores: Auxiliares de Odontologia
-Odontologia Geral
Prática Profissional
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 112 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100651
Autor: Orellana Centeno, José Eduardo; Morales Castillo, Verónica; Guerrero Sotelo, Roxana Nayeli.
Título: Coronavirus (SARS-CoV-2) y el entorno odontológico / Coronavirus (SARS-CoV-2) and the dental environment
Fonte: Rev. ADM = ADM;77(2):84-87, mar.-abr. 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: El coronavirus (SARS-CoV-2) es un virus que afecta las vías respiratorias del huésped infectado, provocando daños no solamente a ese nivel, sino una disfunción multiorgánica que provoca la muerte de la persona infectada. Factores como la edad (adultos mayores), comorbilidades (obesidad, diabetes, hipertensión, etcétera) favorecen que la afectación por este virus sea más letal. Esta pandemia que inició en China y se ha expandido en una gran cantidad de países en todo el mundo ha obligado a los servicios de salud no solamente a atender la pandemia, sino a desarrollar protocolos para la atención de los pacientes y la protección del personal de salud (AU)

The coronavirus (SARS-CoV-2) is a virus that affects the airways of the infected host, causing damage not only at that level, but also multiorgan dysfunction that causes its death. Factors such as age (older adults), comorbidities (obesity, diabetes, hypertension, etc.) favor that the affectation by this virus is more lethal. This pandemic that started in China and has spread in many countries around the world has forced health services not only to attend to the pandemic but also to develop protocols for the care of patients for their protection and the personnel of health (AU)
Descritores: Infecções por Coronavirus/diagnóstico
Infecções por Coronavirus/mortalidade
Infecções por Coronavirus/transmissão
Controle de Infecções Dentárias
-Sinais e Sintomas
Controle de Doenças Transmissíveis
Protocolos Clínicos
Fatores de Risco
Fatores Etários
Auxiliares de Odontologia
Pandemias
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: AR29.1 - Biblioteca



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde