Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.485.630.490.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 29 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 29 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Carvalho, Werther Brunow de
Texto completo
Id: lil-545437
Autor: Fogaça, Monalisa de Cássia; Carvalho, Werther Brunow de; Cítero, Vanessa de Albuquerque; Nogueira-Martins, Luiz Antonio.
Título: Preliminary study about occupational stress of physicians and nurses in pediatric and neonatal intensive care units: the balance between effort and reward / Estudo preliminar sobre o estresse ocupacional de médicos e enfermeiros em UTI pediátrica e neonatal: o equilíbrio entre esforço e recompensa / Estudio preliminar sobre el estrés ocupacional de médicos y enfermeros en UTI pediátrica y neonatal: el equilibrio entre esfuerzo y recompensa
Fonte: Rev. latinoam. enferm;18(1):67-72, Jan.-Feb. 2010. tab.
Idioma: en.
Resumo: This study compared the balance between effort (E) and reward (R) among physicians and nurses working in pediatric (PED) and neonatal (NEO) Intensive Care Units. This descriptive cross-sectional study was carried out with 37 physicians and 20 nurses. The Effort-Reward Imbalance Questionnaire was used. Statistically significant differences were not found among physicians (p>0.05) or nurses from PED and NEO in relation to E and R (p>0.05). No statistically significant differences were found between physicians and nurses in PED in the several studied variables. Comparison between the professionals working in NEO revealed that physicians presented more over-commitment than nurses (p=0.01). The organizational setting of NEO proved to be more demanding for physicians, exacting a greater commitment to their work, while demands presented in both units seemed to be the same for nurses.

O objetivo do estudo foi comparar o equilíbrio entre esforço (E) e recompensa (R) entre médicos de unidades de terapia intensiva pediátrica (PED) e neonatal (NEO) e entre enfermeiros das mesmas unidades. Este é estudo transversal descritivo com 37 médicos e 20 enfermeiros. O questionário Effort-Reward Imbalance foi utilizado. Não se encontrou diferença estatística entre médicos da PED e da NEO em relação ao E e R (p>0,05). Da mesma forma, enfermeiros da PED e da NEO não diferiram estatisticamente em relação ao E e R (p>0,05). Comparando médicos com enfermeiros da PED, não foram encontradas diferenças entre as variáveis estudadas. Em relação à comparação feita entre profissionais da NEO, encontrou-se maior supercomprometimento dos médicos do que de enfermeiros (p=0,01). O ambiente organizacional da NEO mostrou-se mais exigente para os médicos, determinando maior comprometimento com o trabalho, enquanto que, para os enfermeiros de ambas as unidades, a demanda pareceu ser a mesma.

El objetivo del estudio fue comparar el equilibrio entre esfuerzo (E) y recompensa (R) entre médicos de unidades de terapia intensiva pediátrica (PED) y neonatal (NEO) y entre enfermeros de las mismas unidades. Este es estudio transversal descriptivo con 37 médicos y 20 enfermeros. El cuestionario Effort-Reward Imbalance fue utilizado. No se encontraron diferencias estadísticas entre médicos de la PED y de la NEO en relación al E y R (p>0,05). De la misma forma, enfermeros de la PED y de la NEO no tuvieron diferencias estadísticas en relación al E y R (p>0,05). Comparando médicos con enfermeros de la PED, no fueron encontradas diferencias entre las variables estudiadas. En relación a la comparación hecha entre profesionales de la NEO, se encontró un mayor súper compromiso de médicos de que de enfermeros (p=0,01). El ambiente organizacional de la NEO se mostró más exigente para los médicos, determinando mayor compromiso con el trabajo, en cuanto que, para los enfermeros de ambas unidades, la demanda pareció ser la misma.
Descritores: Esgotamento Profissional
Médicos Hospitalares
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
Estresse Psicológico
-Estudos Transversais
Satisfação no Emprego
Relações Enfermeiro-Paciente
Relações Médico-Paciente
Inquéritos e Questionários
Limites: Feminino
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-838335
Autor: Rodríguez, Susana.
Título: El rol del pediatra internista coordinando el cuidado del paciente complejo / The role of pediatric hospitalists in coordinating the care provided to children with medical complexity
Fonte: Arch. argent. pediatr;115(2):108-109, abr. 2017.
Idioma: en; es.
Descritores: Pediatria
Papel do Médico
Serviços de Saúde da Criança
Médicos Hospitalares
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  3 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-789507
Autor: Aredes, Janaína Souza; Modesto, Ana Lúcia.
Título: "Entre vidas e mortes, entre máscaras e fugas": um estudo sobre a prática médica hospitalar / "Between lives and deaths, between masks and escapes": a study on hospital medical practice
Fonte: Physis (Rio J.);26(2):435-453, abr.-jun. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Nas sociedades complexas, confere-se aos médicos um saber sobre-humano que desafia a morte e a contesta como parte da vida. Nos serviços de urgência e emergência, diversos profissionais atuam diuturnamente e de modo muito próximo com a vida e com a morte. Este artigo analisa a prática médica ocidental a partir de um trabalho etnográfico realizado junto a médicos que trabalham num serviço de urgência e emergência de uma grande cidade. Buscou-se compreender a forma como esses médicos, enquanto indivíduos, sujeitos e profissionais lidam com a vida e com a morte em sua práxis. A análise dos dados apontou para relações éticas, institucionais, culturais e idiossincráticas na atuação médica diante da(s) vida(s) e da(s) morte(s) das pessoas assistidas.

Abstract The complex societies attribute to the physicians a superhuman knowledge that defies death and refuse to recognize death as part of life. In urgency and emergency services, several professionals work daily and nightly close to life and death. This article analyzes the Western medical practice, based on an ethnographic study conducted with medical professionals who work in a big city emergency and urgency health service. We aimed to understand how these doctors, as individuals, subjects and professionals, deal with life and death in professional praxis. Data analysis pointed to ethical, institutional, cultural and idiosyncratic relations in medical action facing the life(ves) and death(s) of the assisted people.
Descritores: Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Médicos Hospitalares
Morte
Medicina de Emergência/ética
Ética Médica
Antropologia Médica
-Brasil
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  4 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-790800
Autor: Salgado-Lévano, Cecilia.
Título: Comentarios al artículo: Programa de residentado médico: percepciones de los médicos residentes en hospitales de Lima y Callao / Comments to the article: The medical residency program: perceptions of residents in hospitals of Lima and Callao
Fonte: Rev. peru. med. exp. salud publica;32(4):820-821, oct.-dic. 2015.
Idioma: es.
Descritores: Médicos Hospitalares
Internato e Residência
Médicos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: PE14.1 - Biblioteca de la Sede Central


  5 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-774189
Autor: Cabrera, J; Daian, V; García Coppola, V; Gazek, N; Kondratiuk, G; Posadas, M; Stelmaszewski, E; Styk, A.
Título: Adonde vamos cuando nos vamos: Una perspectiva de los últimos cuatro años de nuestra formación pediátrica / Where do we go when we leave: a perspective of our last four years of training in pediatrics
Fonte: Med. infant;18(1):48-55, mar. 2011. graf.
Idioma: es.
Descritores: Mobilidade Ocupacional
Médicos Hospitalares
Hospitais Pediátricos
Internato e Residência
Pediatria
Médicos
Competência Profissional
Prática Profissional
Capacitação Profissional
-Argentina
Mercado de Trabalho
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  6 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-774129
Autor: Dias, Maria Angélica Ferreira.
Título: Idosos em Unidades de Terapia Intensiva na perspectiva de médicos em hospital brasileiro / Old people in Intensive Care Units.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. 152 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Prática de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O ritmo intenso do envelhecimento populacional no Brasil tem levado a questionamentos sobre o impacto das mudanças demográficas em diferentes âmbitos da Seguridade Social, dentre os quais destacamos a área da saúde e, mais especificamente, as Unidades de Terapia Intensiva. Os avanços representados pelos princípios do Sistema Único de Saúde, a criação do Estatuto do Idoso e a preocupação com os direitos humanos tornam urgentes reflexões sobre o que se coloca como desafio no atendimento médico à população idosa em UTI. Médicos intensivistas têm sua atuação marcada, dentre outros fatores, pelos sentidos que atribuem à fase da vida e a visão que têm de seus pacientes idosos. Esta pesquisa teve por objetivo compreender quais os sentidos que médicos que atuam em UTI atribuem a velho/velhice/envelhecimento e suas relações com as práticas de assistência prestada aos pacientes idosos. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada por meio de observação participante de reuniões de equipes que atuam em UTI de um hospital escola na cidade de São Paulo, e de entrevistas com médicos que compõem estas equipes. Os dados foram analisados sob a ótica Construcionista. Os resultados apontam para a existência de uma polissemia relacionada à velhice, incluindo sentidos que podem produzir práticas idadistas quando não há uma postura reflexiva dos profissionais a respeito do tema, ou quando conflitos decorrentes da complexidade que envolve o atendimento hospitalar em diferentes contextos econômicos...

The intense pace of population aging in Brazil has led to questions about the impact of demographic changes on different aspects of Social Security, among which we highlight the area of health and, more specifically, the Intensive Care Units (ICU). The advances represented by the principles of the Unified Health System (SUS), the creation of the Elderly Statute and the concerns for Human Rights, have sped up reflections on what it is a challenge in the medical care to old people population in the ICU. Intensive care physicians have marked their performance, among other factors, by the meanings they attribute to this stage of life and by the vision they have of their elderly patients. This research aimed to explain which are the meanings attributed by that physicians working in ICUs to old/old people/aging, and their relationship to practical assistance provided to elderly patients. This is a qualitative research, resulting from the participatory observations of teams working at ICU in a university hospital in São Paulo, and from interviews with the physicians who take part in these teams. Data have been analyzed from the constructionist perspective. The results signalize to the existence of an age-related polysemy, including meanings that may produce ageist practices when there is a lack of reflexive posture of professionals about the subject, or when conflicts arising from the complexity that involves inpatient care in different economic contexts are imposed to...
Descritores: Saúde do Idoso
Médicos Hospitalares/psicologia
Teoria da Construção Pessoal
Relações Médico-Paciente
Unidades de Terapia Intensiva
-Efeito Idade
Fatores Etários
Assistência à Saúde
Entrevistas como Assunto
Estudos Observacionais como Assunto
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  7 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-771675
Autor: Asmat-Abanto, Angel Steven; García-Mendoza, Vanessa Verónica Sara.
Título: Conocimiento de médicos de 2 hospitales peruanos sobre la relación entre enfermedad periodontal y alteraciones sistémicas / Knowledge of physicians, from 2 peruvian hospitals on the relationship between periodontal and systemic diseases
Fonte: Rev. clín. periodoncia implantol. rehabil. oral (Impr.);8(3):198-202, dic. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Determinar el nivel de conocimiento sobre la enfermedad periodontal y su relación con la diabetes mellitus, la gestación y las enfermedades cardiovasculares, en médicos de 2 hospitales peruanos. Material y método El presente estudio, transversal y descriptivo, se desarrolló entre abril y mayo de 2014 e incluyó un total de 77 médicos, 39 del Hospital Belén de Trujillo y 38 del Víctor Lazarte Echegaray (Trujillo, Perú), a quienes se les aplicó un cuestionario, sometido previamente a validación por expertos y análisis de confiabilidad (Alfa de Cronbach = 0,605). Resultados El nivel de conocimiento sobre la enfermedad periodontal y su relación con la diabetes mellitus, la gestación y las enfermedades cardiovasculares fue bueno en un 57,1 por ciento y regular en un 41,6 por ciento de los médicos evaluados. No se encontraron diferencias con respecto a la especialidad médica (p = 0,348) ni al tiempo de ejercicio profesional (p = 0,403). Conclusión Los resultados permiten concluir que el nivel de conocimiento sobre la enfermedad periodontal y su relación con la diabetes mellitus, la gestación y las enfermedades cardiovasculares fue bueno en el 57,1 por ciento de los médicos de los hospitales Belén y Víctor Lazarte Echegaray de Trujillo, Perú, 2014.

Objective: To determine the level of knowledge of physicians from two Peruvian hospitals on the relationship between periodontal and systemic diseases. Methods This cross-sectional and descriptive study was conducted between April and May 2014 and included a total of 77 physicians, 39 from Hospital Belen de Trujillo and 38 from Hospital Victor Lazarte Echegaray (Trujillo, Peru). They were given a questionnaire that was previously submitted for validation by experts and reliability analysis (Cronbach's alpha = 0.605). Results The level of knowledge on periodontal disease and its relationship with diabetes mellitus, cardiovascular disease and pregnancy was good in 57.1 percent and moderate in 41.6 percent of physicians who responded. No differences were found as regards medical specialty (P = .348) or professional experience (P = .403). Conclusion The results suggest that the level of knowledge on periodontal disease and its relationship with diabetes mellitus, cardiovascular disease and pregnancy was good in 57.1 percent of physicians from Victor Lazarte Echegaray and Belen hospitals in Trujillo, Peru, in 2014.
Descritores: Doenças Periodontais/epidemiologia
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Médicos Hospitalares/psicologia
-Estudos Transversais
Diabetes Mellitus/epidemiologia
Doenças Cardiovasculares/epidemiologia
Médicos/psicologia
Peru
Inquéritos e Questionários
Trabalho de Parto Prematuro/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-751688
Autor: Verna, Melina; Kopitowski, Karin; Vietto, Valeria; Terrasa, Sergio.
Título: Conocimiento de médicos de un Hospital Universitario de Buenos Aires respecto de las recomendaciones de vigilancia colonoscópica luego del hallazgo de un pólipo colónico: estudio de corte transversal / Knowledge of physician that work in a University Hospital of Buenos Aires about the recommendations of colonoscopic surveillance after the discovery of a colonic polyp: cross sectional study
Fonte: Archiv. med. fam. gen. (En línea);11(1):13-20, May. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: Antecedentes: los pacientes con pólipos colónicos suelen ser sobre vigilados, lo que los expone a riesgos innecesarios y aumenta las dificultades para satisfacer las demandas genuinas de dicha prestación. Objetivo: documentar el conocimiento sobre recomendaciones de vigilancia colonoscópica en un Hospital Universitario Privado de Buenos Aires. Material y métodos: estudio de corte transversal a través de un cuestionario autoadministrado con varios escenarios clínicos. Fueron invitados todos los profesionales con alta carga de atención programada y todos los residentes de medicina familiar y comunitaria (n=94; tasa de respuesta75,5%).Resultados: predominó el error por sobre vigilancia (20% para pólipos hiperplásicos; 47% para adenomas tubulares de 6mm sin displasia y56% para un adenoma tubular de 12 mm con un foco de displasia de alto grado).Conclusiones: las respuestas fueron mejores que las reportadas por la bibliografía, con predominio del error por sobre vigilancia.

Background: Patients with colonic polyps usually oversurveilled over-monitored, which exposes them to unnecessary risks and increases the difficulties to meet the genuine demands of colonoscopyt. Objective: To document the knowledge about current recommendations of colonoscopic surveillance in a University Associated Private Hospital in Buenos Aires. Methods: cross-sectional study through a self-administered questionnaire with several clinical scenarios. All professionals with a high burden of scheduled care and all family medicine residents were invited (n = 94, response rate: 75.5%). Results: over-surveillance error predominated (20% for hyperplastic polyps, 47% for a 6mm tubular adenomas without dysplasia and 56% for a 12 mm tubular adenoma with a focus of high-grade dysplasia). Conclusions: The responses were better than those reported in the literature. Over-surveillance error was the most frecuently documentated.
Descritores: Centros Médicos Acadêmicos/normas
Colonoscopia/normas
Competência Clínica/normas
Médicos Hospitalares/normas
Neoplasias Colorretais/fisiopatologia
Polipose Adenomatosa do Colo/complicações
-Argentina
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: AR338.1 - Biblioteca


  9 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-750095
Autor: Miranda, Keith Laura.
Título: O imaginário coletivo de médicos que atuam em reprodução assistida / The Collective Imaginary of physicians working in Assisted Reproduction.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. 108 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: Em Reprodução Assistida toda a equipe compartilha com o casal o árduo caminho composto pelas fases do tratamento, porém, o presente estudo deteve-se a experiência do médico. Objetivos: Investigar o Imaginário Coletivo de médicos que atuam em Reprodução Assistida sobre as situações de difícil manejo em sua prática profissional. Métodos: Foram feitas entrevistas únicas individuais, utilizando o Procedimento de Desenho-Estória com Tema como instrumento dialógico. A partir das entrevistas foi criada uma narrativa transferencial ficcional preservando elementos essenciais da dramática humana estudada. Os registros foram interpretados à luz do método psicanalítico buscando a criação/encontro de campos de sentido afetivo-emocional. Resultados: Foram encontrados os seguintes campos: "Não deu certo!?", que organiza-se ao redor da ideia de que não alcançar o objetivo pretendido seria o equivalente a fracassar, mesmo diante de situações incertas; "Engole o choro!", que organiza-se mediante a crença de que é preciso conter os sentimentos diante de determinadas situações, não deixar-se emocionar; "Fora do comum", que organiza-se por meio da crença de que quem está em posição de cuidador é e/ou precisa ser excepcional. Conclusões: Para a formação e à prática médica é preciso incluir, além da visão científica-tecnológica, a abordagem da subjetividade. É necessária a criação de enquadres diferenciados que auxiliem o médico a aproximar-se emocionalmente de seu trabalho, facilitem a superação de dissociações, promovam a saúde mental, contribuindo para que o exercício da profissão seja gratificante e dotado de um sentido genuíno...

In Assisted Reproduction the whole team shares with the couple the hard journey through the phases of the treatment, however, this study is about the doctor's experience. Objectives: To investigate the Collective Imaginary of doctors working in Assisted Reproduction on some difficult situations in their professional practice. Methods: Individual interviews were conducted using the Thematic Story-Drawing Procedure as dialogical instrument. From the interviews a fictional narrative transference were created preserving essential elements of the human drama studied. The records were interpreted in light of the psychoanalytic method seeking the creation / gathering of affective-emotional sense fields. Results: The following fields were found: "It did not work!?", which is organized around the idea that not reaching the target would be equivalent to failing, even due to uncertain situations; "Swallow your crying!", Which is organized by the belief that one must contain the feelings before certain situations, not allowing themselves to get emotional; "Out of the ordinary", which is organized by the belief that who is in the position caregiver is and / or needs to be exceptional. Conclusions: For the training and medical practice is necessary to include, beyond the scientific-technological view, the approach of subjectivity. It is necessary to create different framings that help the doctor to approach their work emotionally, facilitate the overcoming of dissociations, promote mental health, this way contributing to the exercise of the profession so it can be rewarding and endowed with a genuine sense...
Descritores: Médicos Hospitalares
Entrevista Psicológica
Médicos/psicologia
Relações Médico-Paciente
Prática Profissional
Psicanálise
Medicina Reprodutiva
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  10 / 29 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-725985
Autor: Matos, Fernanda Zanol; Porto, Alessandra Nogueira; Caporossi, Leonardo Stethan; Semenoff, Tereza A Delle Vedove; Borges, Alvaro Henrique; Semenoff Segundo, Alex.
Título: Conhecimento do médico hospitalar referente à higiene e as manifestações bucais de pacientes internados / Hospital physicians' knowledge of oral hygiene and oral manifestations in hospitalized patients
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;13(3), set. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar através de questionário o conhecimento de médicoshospitalares referente à saúde bucal de pacientes internados. Métodos: Inicialmente os autores se dirigiam aos hospitais e pediam para os profissionais envolvidos preencherem um questionário semiestruturado.No total foram entrevistados 100 médicos, em seis hospitais, que atuam na rede pública e privada. O questionário foi composto por 12 questões que envolviam o ambiente hospitalar de atendimento; a área de atuação do médico; a unidade hospitalar que trabalha; a participação do cirurgião-dentista (CD) no ambientehospitalar; o conhecimento do médico referente à saúde bucal e aodiagnóstico das manifestações orais.Resultados: 52% dos médicos afirmaram não existir um controle deinfecção bucal, inclusive na unidade de terapia intensiva (UTI); 45% relataram nunca ter solicitado a presença do cirurgião dentista na equipe de saúde; cerca de 93% desconheciam a forma adequada de diagnosticar a doença periodontal; e 84% da doença cárie. Sobre as questões relacionadas à higiene bucal todos os profissionaisdesconheciam técnicas e instrumentos relacionados à higiene bucal. Destaca-se nas respostas que os médicos hospitalares, na sua grande maioria, acreditam que uma unidade hospitalar de odontologia poderia diminuir o tempo de internação dos pacientes. Conclusão: Há deficiência no conhecimento dos médicos hospitalares frente ao controle do biofilme oral dos pacientes hospitalizados, mas não omissão frente às questões que envolvem o foco de infecção odontogênica...

Objective: To evaluate hospital physiciansÆ knowledge of the oralhealth of hospitalized patients by means of a questionnaire-based survey.Methods: Physicians working at hospitals were invited to fill out a semistructured questionnaire. One hundred physicians from six public andprivate hospitals were interviewed. The questionnaire contained 12 questions addressing the hospital care facilities, the physicianÆs area of expertise, the hospital unit where he/she worked, the dentistÆs role in the hospital environment, and the physicianÆs knowledge of oral health and diagnosis of oral manifestations. Results: Among the interviewed physicians, 52% stated that there was no control of oral infections in the hospital were they worked, including the intensive care unit (ICU); 45% reported never asking for a dentist in the health care team; approximately 93% and 84% did not know the correct manner for diagnosing periodontal disease and dental caries,respectively. Regarding the questions relative to oral hygiene, none of the physicians knew about oral hygiene instruments and techniques. Among the answers, it should be highlighted that most physicians believed that a hospital dental unit could reduce the hospitalization time of patients.Conclusion: Under the conditions of this study, it may be concluded that the hospital physicians do not know how to control oral biofilm in hospitalized patients, but they are aware of the issues involving infections of odontogenic origin...
Descritores: Placa Dentária
Equipe Hospitalar de Odontologia/psicologia
Infecção Focal Dentária
Higiene Bucal
Médicos Hospitalares/psicologia
-Distribuição de Qui-Quadrado
Saúde Bucal
Inquéritos e Questionários
Limites: Humanos
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde