Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.485.695 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 173 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 18 ir para página                         

  1 / 173 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789370
Autor: Bruschi, Kelly Regina; Labrêa, Maria da Graça Alves; Eidt, Letícia Maria.
Título: Avaliação do estado nutricional e do consumo alimentar de pacientes com hanseníase do Ambulatório de Dermatologia Sanitária / Assessment of nutritional status and dietary intake in patients with Hansen's Disease under care at Dermatology Clinic Health
Fonte: Hansen. int;36(2):53-61, 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A Hanseníase é uma doença sistêmica, infectocontagiosa, de evolução crônica. Seu tratamento é realizado por meio de poliquimioterapia que pode desencadear algumas alterações nutricionais. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o estado nutricional e o consumo alimentar de pacientes com Hanseníase em acompanhamento no Ambulatório de Dermatologia Sanitária. Estudo de delineamento transversal, no qual realizou avaliação antropométrica, laboratorial e dietética. A amostra final foi de 39 pacientes, de ambos os sexos, com concentração de indivíduos na faixa etária a avaliação foi realizada apenas após o início do trata-entre os 40-50 anos, predomínio do ensino fundamen-tal incompleto e baixa renda familiar. A população se caracterizou pelo sedentarismo, sobrepeso, ocorrência de doenças crônicas não transmissíveis, insegurança alimentar e nutricional, consumo muito elevado de gorduras e inadequação de micronutrientes essenciais para a prevenção de doenças. Os resultados mostraram a necessidade da inserção do nutricionista na equipe multiprofissional, a fim de promover alimentação ade-quada e a prevenção de comorbidades, garantindo a promoção à saúde e a segurança alimentar. No entanto, não foi possível associar esses distúrbios nutricionais ao diagnóstico/tratamento da Hanseníase, uma vez que a avaliação foi realizada apenas após o início do tratamento da doença.

Leprosy is a systemic, infectious disease with a chronic course. It can be treated by drug therapy combination that may induce nutritional changes. Thus, this study aimed to assess the nutritional status and dietary in-take of leprosy patients under care at the Dermatology Clinic Health. Cross-sectional study, which was held on anthropometric, dietary and laboratory evaluation. The final sample of 39 patients of both sexes, presented a concentration of individuals aged between 40-50 years, prevalence of incomplete primary education and low family income. The population was characterized by sedentary, overweight, occurrence of chronic non-com-municable diseases, food and nutrition insecurity, high consumption of fats and inadequacy of micronutrients essentials for disease prevention. The results showed the necessity of inserting a nutritionist in the multidisci-plinary team in order to promote proper nutrition and the prevention of comorbid conditions, ensuring the promotion of health and food safety. However, it could not associate these nutritional disorders to the diagno-sis/treatment of leprosy, since the evaluation was per-formed only after the start of the treatment of disease.
Descritores: Ingestão de Alimentos
Estado Nutricional
Hanseníase
-Educação Alimentar e Nutricional
Hospitais de Dermatologia Sanitária de Patologia Tropical
Instituições de Assistência Ambulatorial
Nutricionistas
Sistema Único de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer


  2 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1351568
Autor: Ottoni, Isabela Cicaroni; Oliveira, Bruno Miguel Paz Mendes de; Bandoni, Daniel Henrique; Graça, António Pedro Soares Ricardo.
Título: Clock hours of food and nutrition education in curricula of undergraduate nutrition programs: a two-country comparison / Horas de instrução de educação alimentar e nutricional nos currículos de cursos de graduação em nutrição: comparação entre dois países
Fonte: Rev. Nutr. (Online);34:e200258, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To make a critical and comparative analysis of curricula of Brazilian and Portuguese higher education institutions in terms of clock hours and semester distribution of food and nutrition education in undergraduate nutrition programs, also assessing the main differences among courses classified into thematic axes and professional practice areas. Methods The curricula of fifteen Brazilian and eleven Portuguese nutrition programs were collected and classified into thematic axes and professional practice areas with the method of Document Analysis. Next, we performed statistical analysis regarding the total and proportional clock hours of instruction and their semester distribution to assess the differences between the two countries. The variables of interest were the hours of Food and Nutrition Education and their semester distribution. Results The Food and Nutrition Education axis was the second smallest one, with statistically significant differences among the axes (2.2% of curricula; p<0.001). Brazilian higher education institutions showed greater total clock hours of Food and Nutrition Education (p=0.018), Human and Social Sciences (p=0.003), Public Health (p<0.001), as well as a wider dispersion and lower relative weighted mean for the semester offering of courses (p=0.004) of Food and Nutrition Education courses. Portuguese higher education institutions showed greater total and proportional clock hours of instruction for Exact Sciences (p<0.005; p=0.001, respectively) and more proportional hours of Biologic and Health Sciences (p<0.001). Conclusion Our study found a reduced presence of the area of Food and Nutrition Education in the undergraduate training of nutritionists in both countries.

RESUMO Objetivo Realizar uma análise crítica e comparativa das horas de instrução e distribuição semestral da Educação Alimentar e Nutricional nos cursos de graduação em nutrição. Além disso, analisar as principais diferenças entre disciplinas classificadas em Eixos Temáticos e em Áreas De Atuação Profissional de currículos de cursos de nutrição das Instituições de Ensino Superior brasileiras e portuguesas. Métodos Os currículos de quinze instituições brasileiras e onze portuguesas foram coletados, e o método Análise Documental foi usado para classificar as disciplinas de cada curso em Eixos Temáticos e em Áreas de Prática Profissional. Em seguida, foi feita uma análise estatística das horas de aula totais e proporcionais e do semestre de oferta, para verificar a diferença entre os países. As horas de instrução de Educação Alimentar e Nutricional e a distribuição semestral foram as variáveis de interesse. Resultados O eixo Educação Alimentar e Nutricional foi o segundo menor, com diferença estatisticamente significativa entre eixos (2,2% dos currículos; p<0,001). As Instituições de Ensino Superior brasileiras apresentaram maior carga horária absoluta para Educação Alimentar e Nutricional (p=0,018), Ciências Humanas e Sociais (p=0,003) e Saúde Pública (p<0,001), e maior dispersão e menor média ponderada relativa de localização do curso (p=0,004) para as disciplinas de Educação Alimentar e Nutricional. As Instituições de Ensino Superior portuguesas apresentaram maior carga horária absoluta e proporcional em Ciências Exatas (p<0.005; p=0,001 respectivamente) e maior proporcional em Ciências Biológicas e da Saúde (p<0.005). Conclusão Este estudo encontrou uma presença reduzida da área de Educação Alimentar e Nutricional na formação de nutricionistas em ambos os países.
Descritores: Educação Alimentar e Nutricional
Currículo
Universidades
Ciências da Nutrição/educação
Nutricionistas/educação
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  3 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1128465
Autor: Gonçalves, Juliana Bertolin.
Título: Vulnerabilidade da criança para agravos nutricionais na perspectiva dos nutricionistas / Children's vulnerability to nutritional problems from the perspective of nutritionists.
Fonte: Curitiba; s.n; 20151208. 164 p. Apresenta figuras e tabelas.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Paraná para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa que teve por objetivo construir uma matriz de análise de vulnerabilidades individuais, sociais e programáticas para os agravos nutricionais de crianças menores de dois anos, na perspectiva de nutricionistas de Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs) do município de Curitiba. Metodologia: o período de coleta dos dados do estudo foi de março a julho de 2015. Utilizaram-se duas técnicas para obtenção das informações: realização de entrevistas com 21 profissionais e um grupo focal com nove participantes. A organização dos conteúdos das entrevistas ocorreu a partir de classes fornecidas pelo IRAMUTEQ, software livre desenvolvido para análise multidimensional de textos. Mediante a interpretação das classes, seis categorias empíricas foram delimitadas, adotando-se como método de análise a hermenêutica. A pesquisa foi aprovada por Comitê de Ética em Pesquisa e seguiu os critérios dos Guidelines Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research (COREQ). Resultados: após a análise do material obtiveram-se as seguintes categorias empíricas: A mãe e a família: do potencial do cuidado aos elementos de vulnerabilidade para agravos nutricionais; Os agravos nutricionais de menores de dois anos na rotina do cuidado em saúde; Vulnerabilidades e potencialidades do uso da fórmula infantil; A atenção e assistência nutricional no âmbito do SUS; A fragilidade da rede de Segurança Alimentar e Nutricional no âmbito do SUS; O trabalho na Atenção Primária à Saúde: limites e possibilidades e o desafio da interdisciplinaridade. Com o material estruturado, a partir das categorias empíricas, foi possível identificar os processos de determinação dos agravos e, posteriormente, realizar a construção da matriz considerando o marco teórico adotado. Na dimensão individual obtiveram-se como componentes da matriz: as condições maternas, a condição biológica da criança e as dificuldades para o acesso à cidadania e a direitos e a fragilidade da rede de apoio social; na dimensão programática: Dificuldade na operacionalização do modelo de atenção à saúde. Concluiu-se que o conceito de vulnerabilidade aplicado à prática em saúde permite uma análise crítica da complexidade dos agravos em menores de dois anos. A aplicação deste tipo de análise permite a visualização de desafios presentes no atual modelo assistencial para a superação de ações curativistas e emergenciais, assim como também indica elementos externos ao setor saúde que interferem na determinação da saúde e que também precisam ser considerados para o atendimento das necessidades reais de indivíduos e comunidades. Finalmente, a descrição dos elementos de vulnerabilidade para agravos nutricionais em menores de dois anos trouxe, ainda, a possibilidade de debater a condição da criança como ser social de direitos, sobretudo no que se refere à dependência de cuidados e ao momento cronológico que esta vivencia, o qual se constitui no principal momento do curso da vida, com o poder de comprometer a saúde no presente e no futuro, situação que coloca este público infantil como uma prioridade no contexto das políticas públicas.

Abstract: This is a qualitative research that aimed to build an analysis matrix of individual, social and programmatic vulnerability to nutritional deficiencies in children under two years in view of Nuclei of nutritionists to Support Health (NASFs ) the city of Curitiba. Methodology: the collection period of the study data was from March to July 2015. We used two techniques to obtain information: interviews with 21 professionals and a focus group with nine participants. The organization of the contents of the interviews took place from classes provided by IRAMUTEQ, free software developed for multidimensional analysis of texts. Through the interpretation of classes six empirical categories were defined, adopting as analytical method hermeneutics. The study was approved by the Research Ethics Committee and followed the criteria of the Guidelines Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research (COREQ). Results: After analysis of the material yielded the following empirical categories: The mother and family: care to potential vulnerability factors for nutritional deficiencies; Nutritional disorders in children under two years in routine health care; Vulnerabilities and potential use of infant formula; The care and nutritional assistance under the SUS; The fragility of the Food Security and Nutrition Network in the SUS; The work in primary health care: limits and possibilities and the challenge of interdisciplinarity. With the structured material, from empirical categories, it was possible to identify the processes of determining the diseases and subsequently carry out the construction of the matrix considering the theoretical framework adopted. In the individual dimension were obtained as matrix components: maternal conditions, the child's biological condition and the difficulties in organization of child nursing care; the social dimension: Fragility for access to citizenship and the rights and the fragility of the social support network; the programmatic dimension: Difficulty in the operation of the health care model. It was concluded that the vulnerability concept applied to health in practice allows a critical analysis of the complexity of diseases in children under two years. The application of this type of analysis allows the visualization of challenges present in the current care model for overcoming curativistas and emergency actions, as well as indicates elements external to the health sector that interfere in determining the health and which also need to be considered to meet the real needs of individuals and communities. Finally, the description of the vulnerability factors for nutritional deficiencies in children under two years has also the opportunity to discuss the child's condition as a social rights, particularly with regard to addiction care and the chronological time that experiences which is the main point in the course of life, with the power to compromise the health now and in the future, a situation that puts this young audience as a priority in the context of public policy.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Transtornos da Nutrição Infantil
Vulnerabilidade em Saúde
Nutrição do Lactente
Nutricionistas
Lactente
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Entrevista
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico
BR501.1; D 649.33, G635, 2015 ex.1


  4 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1039675
Autor: González Graciela, A; Sayar, Romina V; Rey Lucia, P.
Autor: Comisión Directiva de la AADYND; Comité Científico de AADYND; Comité de Conflicto de Interés (CCI).
Título: Documento de postura y declaración de entidad libre de conflictos de intereses de la Asociación Argentina de Dietistas y Nutricionistas Dietistas: Protocolo por la total transparencia, la integridad y la equidad. 2018 / Position document and declaration of entity free of conflicts of interest of the Argentine Association of Dietitians and Nutritionists Dietitians: Protocol for total transparency, integrity and fairness. 2018
Fonte: Diaeta (B. Aires);37(166):8-11, mar. 2019.
Idioma: es.
Resumo: El conflicto de intereses (CDI) surge cuando el interés primario de un profesional de la salud, que es el bienestar de los pacientes, ya sea a través de su atención directa o de otras actividades que generen y difundan conocimiento para mejorar esa atención, está en riesgo de ser sesgado por un interés secundario que ocasionaría un daño. Sin embargo, no siempre la existencia de conflicto implica que se altere una conducta o una decisión, ni que ello resulte en un daño(AU).
Descritores: Conflito de Interesses
-Saúde
Nutricionistas
Responsável: AR489.1 - Biblioteca


  5 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119936
Autor: Santana, Aydwlha Moniq Barbosa de; Ferreira, Jocelly de Araújo; Nogueira, Matheus Figueiredo; Andrade, Luciana Dantas Farias de.
Título: Relacionamento interpessoal na prática universitária: desvendando a visão do discente / Interpersonal relationship in university practice: unraveling the view of students
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;14(4):1513-1519, 26/05/2016.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo visa conhecer a opinião do discente sobre os fatores associados ao relacionamento interpessoal (professor-aluno) em âmbito universitário; e identificar a contribuição do relacionamento interpessoal na formação profissional dos discentes. Estudo exploratório-descritivo de natureza quanti-qualitativa, cujos dados foram coletados na Universidade Federal de Campina Grande ­Centro de Educação e Saúde, sendo a amostra composta por 140 discentes, envolvendo ingressantes e concluintes dos cursos de enfermagem, farmácia e nutrição. Os dados objetivos foram analisados descritivamente. Para os dados subjetivos adotou-se a técnica da análise do conteúdo, com identificação de três categorias: "Diálogo e confiança nas relações interpessoais"; "Habilidades nas condutas profissionais" e "Aprimoramento das habilidades cognitivas". Conclui-se que os acadêmicos percebem a importância do diálogo para o relacionamento interpessoal no ambiente organizacional de ensino-aprendizagem, e que a conquista da confiança repercute em benefícios para ambos. Os resultados do estudo salientam a importância da formação humanística do profissional de saúde permeada pelo relacionamento interpessoal saudável entre educador e educando, possibilitando melhor qualidade da assistência prestada ao usuário do serviço de saúde.

This study aimed to ascertain theopinion of students on factors associated with interpersonal relationships (teacher-student) in the university environment, and to identify the contribution of interpersonal relationships to the professional training of students. It is an exploratory, descriptive study of quantitative and qualitative nature. Data was collected at the Federal University of Campina Grande ­Education and Health Center, from a sample of 140 students from the nursing, pharmacy and nutrition programs. Objective data was analyzed descriptively. For subjective data the content analysis technique was adopted, through which it was possible to categorize data thematically and build three categories of analysis: dialogue and trust in interpersonal relationships, skills in professionalconduct, and enhancement of cognitive skills. In conclusion, the students perceived the importance of dialogue for interpersonal relationships in the organizational teaching-learning environment; the gaining of trust meant benefits for both. This study emphasized the importance of a humanized training for future health professionals, permeated by effective interpersonal relationships, which will allow them to provide a better service to users of the health sector.
Descritores: Estudantes
Universidades
Relações Interpessoais
-Farmácia
Aptidão
Estudantes de Ciências da Saúde
Área Programática de Saúde
Enfermagem
Desenvolvimento de Pessoal
Pessoal de Saúde/educação
Cognição
Ética
Docentes/educação
Nutricionistas/educação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto Jovem
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  6 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1362686
Autor: Vasconcelos, Carliane Vanessa Souza; Vasconcelos, Lizandra Tereza de Souza; Lima, Maria Raquel da Silva.
Título: Com as mãos na terra: estratégias de promoção em nutrição agroecológica / Hands on earth: promotion strategies in agroecological nutrition
Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;26(1):89-93, Jan-Abr. 2022.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: É notório que a alimentação e a nutrição adequada constituem requisitos indispensáveis para a promoção e a proteção da saúde. Objetivo: Contribuir para a melhoria do acesso a alimentos saudáveis de famílias em um Bairro da periferia urbana do Município de Sobral através de hortas comunitárias, orgânicas e sustentáveis como estratégia de promover Educação Alimentar e Nutricional. Métodos e Materiais: Estudo descritivo com características de intervenção comunitária sob a abordagem qualitativa. A amostra inclui 15 pessoas de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, acompanhadas pelo Centro de Saúde da Família. Foram realizados quatro encontros educativos sobre alimentação saudável com enfoque na inclusão de frutas, legumes e verduras. Além, do manejo de hortas para o cultivo do próprio alimento. Resultados: Os encontros tiveram duração de 8 horas ao dia, totalizando 24 horas. O momento foi oportuno para treinamento ofertado por um técnico em olericultura orgânica pela entidade parceira, que transmitiu os conhecimentos de maneira prática, em que os participantes aprenderam a preparar a terra, a semear, plantar, regar, colher. No decorrer do treinamento a nutricionista pesquisadora, transmitiu informações nutricionais. Os encontros aconteceram em dias seguidos, nos turnos manhã e tarde. Conclusão: Diante do que foi vivenciado, a pesquisa se mostrou útil para melhoria do grau de conhecimento das participantes, promoveu reflexão crítica sobre a segurança alimentar e nutricional. Ressaltou a importância de se cultivar o próprio alimento para torná-lo acessível.

This study aims at contributing to the improvement of access to healthy food for families in a neighborhood of the urban outskirts of the Municipality of Sobral through community organic and sustainable vegetable gardens as a strategy to promote Food and Nutrition Education. It is a descriptive study with characteristics of community intervention using a qualitative approach. The sample includes 15 people from families benefited from the Family Grant Program (Bolsa Família), accompanied by the Family Health Center. Four educational meetings were held on healthy eating with a focus on the inclusion of fruits and vegetables. In addition, the participants were also taught how to manage vegetable gardens for the cultivation of the food itself. The meetings lasted 8 hours a day, totaling 24 hours. The moment was ideal to provide training offered by an organic olericulture technician provided by the partner entity, who shared the knowledge in a practical way, where the participants could learn how to prepare the earth, to sow, to plant, to water, and to harvest. During the training, the nutritionist researcher also shared nutritional information. The encounters took place on consecutive days, during the morning and afternoon shifts. In view of what was experienced, the research proved to be useful for improving the participants' knowledge on the topic, promoting a critical reflection on food and nutritional security. It also emphasized the importance of cultivating the food itself to make it accessible.
Descritores: Agricultura Sustentável
Promoção da Saúde
-Verduras/crescimento & desenvolvimento
Educação Alimentar e Nutricional
Cultivos Agrícolas
Educação em Saúde
Ciências da Nutrição
Nutricionistas/educação
Dieta Saudável
Tutoria
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  7 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cabral, Poliana Coelho
Texto completo
Id: lil-784469
Autor: Souza, Nathália Paula; Lira, Israel Cabral; Andrade, Leopoldina Augusta Souza Sequeira de; Cabral, Poliana Coelho; Carvalho, Alice Teles; Oliveira, Juliana Souza.
Título: O programa saúde na escola e ações de alimentação e nutrição: uma análise exploratória / The school health program and actions of food and nutrition: an exploratory analysis
Fonte: Rev. APS;18(3), set. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: A mudança no perfil de adoecimento da população refleteum novo desafio para a saúde pública, em especial para aárea da nutrição. Ações de alimentação e nutrição voltadaspara a ?promoção da saúde? são estratégias que buscamfortalecer a autonomia dos indivíduos e contribuir paraescolhas saudáveis. Este estudo teve por objetivo verificaro desenvolvimento de atividades de promoção da alimentaçãoadequada e saudável no ambiente escolar, na perspectivado Programa Saúde na Escola. Trata-se de pesquisaqualitativa, com aplicação de questionários e realizaçãode entrevista semiestruturada com os nutricionistas desete municípios de Pernambuco. Poucos citaram a educa-ção nutricional como atribuição e apenas um entrevistadoestendia essas ações à unidade familiar ou comunidade.Em metade dos municípios existiam dados relativos aoestado nutricional dos discentes e em apenas três haviaoferta de frutas na merenda, mas em todos havia vendade guloseimas próximo à escola. O profissional queixa-sedo excesso de atribuições, precárias condições de trabalhoe ausência de interdisciplinaridade no planejamento eexecução das ações. Assim, é necessária a conscientizaçãodos profissionais e gestores em prol do incentivo e direcionamentode investimentos para a atenção primária,estendidos ao ambiente escolar.

The change in the disease profile of the populationreflects a new challenge to public health, particularly inthe nutrition area. Actions of food and nutrition aimed in"health promotion" are strategies that seek to strengthenautonomy of individuals and contribute to healthierchoices. This study aimed to verify the development ofactivities to promote adequate and healthy food in theschool environment, in the perspective of the SchoolHealth Program (SHP). The study is qualitative andbased on questionnaires and conducting semi-structuredinterviews with nutritionist of seven cities of Pernambuco.Few mentioned nutrition education as attribution andonly one nutritionist extended these activities to familyor community. In half of the cities there is data onnutritional status of students and only three offeredfruits and vegetables in school lunch program, however,in all of them there was selling goodies near the school.Professional complains of excessive assignments, poorworking conditions and lack of interdisciplinarity inplanning and implementation of actions. Thus, awarenessof professionals and managers in favor of encouragingand directing investment into primary care extended theschool environment, is necessary.
Descritores: Serviços de Saúde Escolar
Educação Alimentar e Nutricional
-Nutricionistas
Alimentos, Dieta e Nutrição
Promoção da Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  8 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1042691
Autor: Evangelista, Mayara; Rossato, Sinara; Ferreira, Milena; Negri, Flávia; Oliveira, Maria Rita de.
Título: Determinants of food and nutrition actions in primary healthcare clinics in the State of São Paulo, Brazil / Determinantes de las acciones de alimentación y nutrición en las clínicas de atención primaria en el estado de São Paulo, Brasil
Fonte: Rev. chil. nutr;46(5):518-526, oct. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The objective of the study was to test the link between the preparation of professionals and the operational conditions of food and nutrition actions in primary healthcare in the state of São Paulo, Brazil. This cross-sectional study involved 220 primary healthcare clinics in 65 municipalities of the state. Of the 1873 participating healthcare professionals, 71.8% reported having provided guidance on food and nutrition to different groups, ranging from 56% for pregnant women to 17% for families. Only 19% of the primary healthcare clinics employed nutritionists. Primary healthcare clinics with fewer than two partnerships with other institutions reported 28% and 41% fewer of food and nutrition actions for adults and for families, respectively. Among the variables applied to evaluate professional preparation and operational conditions, work guidance and community partnerships were important for food and nutrition actions, which remains incipient in primary healthcare.

El objetivo del estudio fue contrastar la asociación entre preparación profesional y condiciones operacionales de actuación con el ofrecimiento de acciones de alimentación y nutrición en la Atención Primaria a la Salud en el Estado de São Paulo, Brasil. Estudio transversal, incluyendo 220 unidades de Atención Primaria a la Salud de 65 municipios del Estado. De los 1873 profesionales de salud participantes, 71,8% relataron haber realizado acciones de alimentación y nutrición, variando de 56% para gestantes a 17% para las familias entre las unidades de salud. Apenas 19% de las unidades de salud contaban con nutricionistas. En unidades de salud con menos de dos convenios hubo prevalencia de 28% y 41% menos de oferta de acciones de alimentación y nutrición para adultos y familias, respectivamente. Entre las variables utilizadas para evaluar la preparación profesional y las condiciones operacionales, la orientación para el trabajo y los convenios en la comunidad fueron determinantes para la oferta de acciones de alimentación y nutrición, aun incipientes en la Atención Primaria a la Salud.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Educação Alimentar e Nutricional
Educação em Saúde
Pessoal de Saúde
-Competência Profissional
Brasil
Estudos Transversais
Nutricionistas/provisão & distribuição
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 173 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1249715
Autor: Alejandra, Basilio; Viviana, Corteggiano; Graciela, González.
Título: Protocolo de atención en el consultorio nutricional en el contexto COVID-19 con consentimiento informado. Recomendaciones de la Asociación Argentina de Dietistas y Nutricionistas Dietistas (AADYND) / Care protocol in the nutritional office in the COVID-19 context with informed consent
Fonte: Diaeta (B. Aires);38(171):49-55, mayo 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen El coronavirus que está afectando a todo el mundo se llama SARS CoV-2 y causa la enfermedad COVID-19. El virus se propaga principalmente de persona a persona a través de pequeñas gotas de saliva que se emiten al hablar, toser, estornudar. A la fecha no existe tratamiento ni vacuna específica efectiva para el COVID-19, siendo la prevención la medida más importante. Es nuestra responsabilidad colaborar con los Lic. en Nutrición para que puedan implementar los protocolos necesarios en sus consultas ambulatorias, ofreciendo además herramientas que trasladen la máxima seguridad y confianza a los pacientes. En este contexto y con el fin de preservar la salud de los pacientes, la Asociación Argentina de Dietistas y Nutricionistas-Dietistas (AADYND), realizó este protocolo, para la atención nutricional ambulatoria de niños, adolescentes y adultos.

Abstract The coronavirus that is affecting everyone is called SARS CoV-2 and causes COVID-19 disease. The virus is spread mainly from person to person through small drops of saliva that are emitted by talking, coughing, sneezing. To date, there is no effective specific vaccine or treatment for COVID-19, being prevention the most important measure. It is our responsibility to collaborate with the Licensed Nutritionists so that they can implement the necessary protocols in their ambulatory consultations, also offering tools to guarantee maximum security and confidence in patients. In this context and in order to preserve the health of patients, the Argentine Association of Dietitians and Nutritionists-Dietitians (AADYND), carried out this protocol for the ambulatory nutritional care of children, adolescents and adults.
Descritores: Guias como Assunto
COVID-19
-Pacientes
Encaminhamento e Consulta
Segurança
Saúde
Nutricionistas
Consentimento Livre e Esclarecido
Responsável: AR489.1 - Biblioteca


  10 / 173 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1354329
Autor: Donini, Amanda Brognoli; José, Manuela de Faria Barcellos; Siveira, Vanessa; de Deus, Tatiane Meirelles; de Souza, Thaís Titon.
Título: Alimentação intuitiva na Atenção Primária: prática do nutricionista e percepção do usuário / Intuitive Eating in Primary Care: Nutritionist's Practice And Patient's Perception
Fonte: Rev. APS;22(4):746-766, jun. 2021.
Idioma: pt.
Resumo: O aumento de peso da população mundial tem levado a alterações no comportamento alimentar com o objetivo de reduzir a ingestão energética e consequentemente o peso. Porém, a restrição alimentar tem se mostrado não ser sustentável a longo prazo e ainda pode ser responsável pela falha das tentativas de emagrecimento. A alimentação intuitiva aparece como uma alternativa de modelo de alimentação que se relaciona ao bem-estar físico e mental e pode ser orientada por um nutricionista. O objetivo do estudo foi observar a percepção dos usuários a respeito dos atendimentos nutricionais na lógica da alimentação intuitiva. Trata- se de uma pesquisa qualitativa, realizada através da aplicação de um guia de atendimento na lógica da alimentação intuitiva e de aplicação de um roteiro de entrevista pré-estruturado com os participantes da pesquisa. O estudo foi realizado em cinco Unidades Básicas de Saúde de um município do sul do Brasil. O guia de atendimento foi aplicado em cinco consultas quinzenais. A análise de dados foi realizada através de análise de conteúdo temática categorial. Participaram deste estudo 17 usuários selecionados de acordo com os critérios de inclusão. Destes, 5 (29,4%) desistiram da pesquisa durante o período de coleta de dados e 3 foram retirados devido às faltas nas consultas (11,8%) e por não ter respondido sobre o motivo da desistência (5,9%). Para cada uma das respostas às perguntas do roteiro de entrevista pré-estruturado, foram identificadas de uma a cinco categorias. Sobre os motivos que levaram a pessoa a buscar o atendimento nutricional, foram identificadas as categorias "saúde", "estética, emagrecimento ou insatisfação corporal" e "melhora da relação com a comida". Em relação às expectativas sobre o atendimento, foram identificadas as categorias "informação nutricional", "auxílio no emagrecimento" e "comer disfuncional". Para as perguntas sobre o que o participante achou do atendimento nutricional e como descreveria a forma de atendimento foram identificadas as categorias "diferente do método tradicional", "centrado na pessoa", "surpresa por encontrar essa forma de atendimento no SUS" e "processo de autoconhecimento". Sobre como a pessoa avalia o atendimento nutricional, foi identificada a categoria "expectativas superadas". Em relação a como a pessoa se sentiu sendo atendida daquela forma, foram identificadas quatro categorias: "foco no emagrecimento", "expectativa", "centrada na pessoa" e "com melhoras na relação com o corpo e com a comida". Para a pergunta como está a sua relação com a comida após o tratamento?, foram identificadas quatro categorias: "mentalidade de dieta", "mudança de pensamento e atitude em relação a alimentação", "autoconhecimento e consciência alimentar" e "esperança de melhorar". Podemos concluir que a alimentação intuitiva está alinhada com a humanização proposta no SUS e ao método clínico centrado na pessoa, além de ter sido bem aceita pelos participantes da pesquisa, e que se coloca como ferramenta para a promoção da alimentação saudável na APS de uma forma abrangente e humanizada.

The weight gain of the world's population has led to changes on feeding behavior to try to reduce energy intake and consequently weight. However, the food restriction is not sustainable in the long run and may still be responsible for the failure of attempts of weight loss. Intuitive eating appears as an alternative feeding model that relates to physical and mental well-being and which can be oriented by a nutritionist. The aim of the study was to observe the users' perception regarding nutritional care in the logic of intuitive eating. It is a qualitative research, carried out through the application of an intuitive eating guide and the application of a script of a pre-structured interview with the participants of the research. The study was carried out in five Basic Health Units of a city in southern Brazil. The guide was applied in 5 biweekly consultations. Data analysis was performed through analysis of categorical thematic content. Seventeen users were selected according to the inclusion criteria. From these, 5 (29.4%) dropped out of the survey during the data collection period, 2 (11.8%) were withdrawn due to lack of consultations and 1 (5.9%) was withdrawn because she didn't give an answer about the reason for the discontinuation. For each of the answers to the pre-structured interview script questions, one to five categories were identified. Regarding the reasons that led the person to seek nutritional care, the categories "Health", "Aesthetics, weight loss or body dissatisfaction" and "Improvement of the relationship with food" were identified. Regarding the expectations on care, the categories "nutritional information", "aid in weight loss" and "dysfunctional eating" were identified. For the questions about what the participant thought about nutritional care and how he would describe the form of care, the categories "different from the traditional method", "patient-centered", "surprise for finding this form of care in the public health system" and "process of self-awareness". About how the person evaluates the nutritional care was identified the category "surpassed expectations". Regarding how the person felt being treated in this way, four categories were identified: "focus on weight loss", "expectation", "patient-centered" and "improvements in the body and food relationship". For the question how is their relationship with food after treatment? Four categories were identified: "diet mentality", "changes of thoughts and attitudes in relation to food", "self-knowledge and food awareness" and "hope to improve". We can conclude that intuitive eating is lined up with the humanization proposed in the Unified Health System and the patient-centered clinical medicine, in addition to being well accepted by the participants of the research. Intuitive eating can be used as a tool to promote healthy eating in PHC in a more comprehensive and humanized way.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Comportamento Alimentar
Nutricionistas
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central



página 1 de 18 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
WXIS|fatal error|unavoidable|recxref/read|