Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.485.780 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 239 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 24 ir para página                         

  1 / 239 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-661237
Autor: Mendonça, Talita Marangon; Miranda, Mariza Abreu; Araújo, Aílson da Luz André de.
Título: Conhecimento, prática e atitude dos farmacêuticos hospitalares frente aos erros de medicação / Knowledge, attitude and practice of hospital pharmacists in the face of medication errors
Fonte: HU rev;37(4):479-486, dez. 2011.
Idioma: pt.
Descritores: Farmacêuticos
Erros de Medicação
-Farmácia
Preparações Farmacêuticas
Atitude
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Conhecimento
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  2 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-27508
Autor: Ibaceta, Ramiro.
Título: Papel del químico-farmacéutico en la prevención del consumo abusivo de drogas / Role of the pharmacist in the prevention of abusive drug consumption
Fonte: Rev. serv. sanid. fuerzas polic;46(2):222-4, jul.-dic. 1985.
Idioma: es.
Descritores: Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/prevenção & controle
Farmacêuticos
Limites: Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  3 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-117533
Autor: Mestanza, Francisco; Pamo, Oscar.
Título: Estudio muestral del consumo de medicamentos y automedicación en Lima Metropolitana / Drugs comsumption and self-medication in Lima
Fonte: Rev. méd. hered;3(3):101-8, sept. 1992. tab.
Idioma: es.
Resumo: Para determinar las características del consumo de medicamentos y automedicación se realizó un estudio prospéctivo, transversal y de tipo encuesta en dos farmacias correspondientes a los estratos socioeconómicos alto y bajo. Así, 720 personas, 360 de cada estrato, fueron encuestadas al azar. En el estrato bajo hubo una mayor proporción de menores de edad, de mujeres, de analfabetos, de escolaridad incompleta, de amas de casa y trabajadores independientes, y de dolencias agudas (infecciosas, parasitarias y dérmicas). En el estrato alto hubo una mayor proporción de consumidores geriátricos, de escolaridad completa y superior, de trabajadores dependientes y profesionales y de dolencias subagudas y crónicas (digestivas, neurosiquiátricas, cardiovasculares y endocrinológica). Los medicamentos más solicitados fueron los antimicrobianos (ampicilina y cotrimoxazol), AINE's, antigripales y vitaminas. La automedicación ocurrió en el 66.7 por ciento del estrato bajo y en el 40.6 por ciento del estrato alto (p<0.001) y se relacionó con ser menor de edad, menor grado de escolaridad, ser estudiante o trabajador independiente, dolencias agudas (respiratorias y dérmicas). También se demostró la existencia de prescripciones incompletas de antimicrobianos, incluyendo las de los médicos
Descritores: Automedicação/tendências
Uso de Medicamentos/tendências
-Peru
Automedicação
Fatores Socioeconômicos
Farmacêuticos/tendências
Limites: Humanos
Masculino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  4 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-666484
Autor: Chiappo, Leopoldo.
Título: Farmacólogos, drogadictos y narcotraficantes en el dantesco infierno dantiano / Pharmacologists drug dependents and drug dealers in Dante's hell
Fonte: An. salud ment;8(1/2):5-26, 1992.
Idioma: es.
Resumo: Se trata de una relación entre la Comedia y la drogadicción, la visión del problema de las drogas, problema acuciante de nuestro tiempo, desde la perspectiva de un texto medieval. El método es abrir noéticamente la Comedia a una construcción libre, de una perspectiva que permite ver el texto medieval desde un punto de vista universal humano, o si se quiere, sub especie aeternitatis. Contiene la ubicación del farmacólogo en la Comedia, los bebedores, golosos y otros ávidos, la frustración existencial y suicidio crónico, la violencia, la responsabilidad psico-espiritual del toxicómano, la psicagogíaante persona responsable, la permisividad del hombre moderno, venenos y la enfermedad, el fenómeno de la coca en la cultura andina y la adicción, las brujas y los nuevos brujos de la tecnología de encantamiento.

The aim of this study is to show a relationships between DanteÆs Divine Comedy and drug addiction. It deals with a very important and dangerous problem of our time observed from the point of view of a medieval text. The method is to open the interpretation of the Comedy from the perspective of universal framework. The authorÆs purpose is not to modernize the interpretation of such ancient text but to universalize its signification sub specie aeternitatis. It refers to pharmacologists, drunkers, chronic suicides, violents, psico-spiritual responsibility of the addicts and the permisity of the modern man, poisons, sickness, coca in Andean culture and addiction, sorcerer and the new sorcerer of the technology of enchantment by the fabrication and selling of very dangerous drugs.
Descritores: Farmacêuticos
Preparações Farmacêuticas
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  5 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-788696
Autor: Juárez Eyzaguirre, José R.
Título: Dispensación y equivalencia terapéutica / Dispensation and therapeutic equivalence
Fonte: Diagnóstico (Perú);55(1):13-16, ene.-mar. 2016. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Boas Práticas de Dispensação
Equivalência Terapêutica
Farmacêuticos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  6 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-788685
Autor: Ramírez M., Jesús; Juárez E., José R; Bancalari B., Ernesto M.
Título: Análisis de centros de investigación clínica: calidad en la conducción de ensayos clínicos / Analysis of investigational centres: quality in the conduct of clinical trials
Fonte: Diagnóstico (Perú);54(4):173-178, oct.-dic. 2015. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: En el presente estudio se buscó describir las prácticas de control de calidad interno usadas por los centros de investigación cínica en el Perú para la conducción de ensayos cínicos; así como, describir el rol del Químico Farmacéutico dentro del equipo de investigación. Para este propósito, se envió una encuesta a investigadores que realizaron ensayos clínicos en el periodo enero 2011 a agosto 2013 y que estén registrados en la base de datos del Instituto Nacional de Salud. De 134 investigadores contactados, 75 respondieron a la encuesta. Los resultados de las encuestas indican que los centros tienen implementados procedimientos o actividades de control de calidad en la conducción de los ensayos clínicos. Entre los métodos más comunes para supervisar las actividades realizadas en un centro de investigación, el 86,1 % tiene procedimientos estandarizados, paralelamente el investigador realiza reuniones periódicas con el personal del centro. Además, se observe que el Químico Farmacéutico actúa como parte del personal del centro de Investigación asumiendo las responsabilidades de coordinador, dispensación y almacenamiento de la medicación de estudio.

The purpose of this study is to describe the internal quality control practices implemented by Research centers in Peru in order to conduct clinical trials. It also describes the role of the pharmacist as part of the research team. An electronic survey was distributed to investigators that conducted clinical trials in the period between January 2011 and August 2013 and that were registered in the Instituto Nacional de Salud database. Seventy five surveys were answered from 134 investigators contacted. Data from the surveys indicate that investigational centers have implemented standard operative procedures (SOPs) or quality control activities in their clinical trials processes. Among the most common processes for clinical trials oversight in investigational centers 86,1 % of them have SOPs, also, the investigators have routine meetings with staff to review trial progress. Besides, it was observed that the pharmacist acts as part of the research team assuming the responsibilities of study coordinator, dispense and storage of investigational product.
Descritores: Controle de Qualidade
Ensaios Clínicos como Assunto
Avaliação de Medicamentos
Farmacêuticos
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Peru
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  7 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-299371
Autor: Amiel Pérez, José.
Título: Alicia Darg Barbieri / Alicia Darg Barbieri
Fonte: Diagnóstico (Perú);40(1):224-224, ene.-feb. 2001.
Idioma: es.
Descritores: Educação em Farmácia
Farmacêuticos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-746769
Autor: Miai, Érica Tie.
Título: Farmacêuticos na Atenção Básica: percepções dos interlocutores de Assistência Farmacêutica da Coordenadoria Regional de Saúde Leste da SMS SP / Pharmacists in primary care: perceptions of interlocutors Pharmaceutical Assistance Regional Health eastern SMS SP.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 63 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Coordenadoria de Recursos Humanos para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A lei Orgânica da Saúde que regulamenta o Sistema Único de Saúde SUS a Resolução CNS que aprova a Politica Nacional de Assistência Farmacêutica a portaria que reorganiza o custeio do SUS incluindo as ações e os serviços farmacêuticos na Atenção Básica norteiam a trajetória da prática farmacêutica em nosso pais.
Descritores: Assistência Farmacêutica
Atenção Primária à Saúde
Técnicos em Farmácia
Farmacêuticos
Sistema Único de Saúde
-Política de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
BR1764.1; T, Fb, M565f


  9 / 239 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-398656
Autor: Yokaichiya, Chizuru Minami.
Título: Em busca da atenção farmacêutica: um estudo sobre os fatores gratificantes e estressantes do trabalho das equipes de farmácia dos serviços municipais de DST/AIDS de São Paulo / Seeking pharmaceutical care: a study of rewarding and stressing aspects of pharmaceutical teams at the DST/AIDS services in the city of São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2004. [113] p. ilus, mapas, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenação dos Institutos de Pesquisa. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: O acesso a medicamentos essenciais com farmacoterapia racional é uma das prioridades da OMS. A Atenção Farmacêutica é a interação direta do farmacêutico com o usuário, respeitando as especialidades, reduzindo as desigualdades sociais, visando o acesso e o uso racional de medicamentos para obtenção de resultados mensuráveis e melhoria da qualidade de vida. A dispensação de ARV é um encontro de sujeitos - farmacêutico e usuário - com características próprias. Está direcionada às pessoas com necessidades específicas e exige conhecimento aprofundado e humanização nas atividades. Este estudo aborda os aspectos subjetivos inerentes à atividade do farmacêutico. Objetivos: Conhecer as percepções das equipes de farmácia que atuam na dispensação de medicamentos às pessoas vivendo com HIV e aids, tanto no que diz respeito às atividades do seu cotidiano como aos aspectos gratificantes e estressantes dessa atividade. Obter subsídios para propostas de organização de serviços de saúde e para educação continuada. Método: Estudo qualitativo - grupo focal e observação participante - com equipes de farmácia dos serviços municipais de DST/Aids de São Paulo. Participaram 29 profissionais - farmacêuticos, técnicos e auxiliares de farmácia - com experiência superior a 6 meses na dispensação de medicamentos ARV. As discussões dos grupos focais foram gravadas em fitas de áudio, transcritas e analisadas pela análise temática, tendo sido complementadas pelos dados obtidos na observação participante. Resultados: Os profissionais perceberam como gratificantes a recuperação das pessoas vivendo com HIV e aids, o êxito da profilaxia da transmissão materno-infantil do HIV, o fato de poder ajudar as pessoas, a possibilidade de aprender com os pacientes, o desafio profissional na dimensão técnica, o reconhecimento do seu trabalho pelos usuários e a construção do vínculo com eles. Como fatores estressantes, perceberam a falta de espaço para a garantia da privacidade do usuário, a falta de medicamentos, a falta de recursos humanos e materiais, os problemas de segurança, as receitas falsificadas e o fato de lidar com grupos específicos de usuários. Conclusão: O estudo aponta a necessidade de se criar espaços para reflexão sobre as práticas do profissional de farmácia; inserir esse profissional nas equipes multidisciplinares; humanizar os serviços; reorganizar o processo de trabalho...
Descritores: Esgotamento Profissional
Uso de Medicamentos
Assistência Farmacêutica
Farmacêuticos
Infecções por HIV
Serviços de Saúde
-Antirretrovirais
Brasil
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, Y54e, 2004


  10 / 239 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-264200
Autor: Mota, Daniel Marques; Marques, Robelma France de Oliveira; Fernandes, Maria Eneida Porto.
Título: A farmácia comunitária, a automedicação e o farmacêutico: projeções para o século XXI / The Community Pharmacy, Self-Medication and the Pharmacist - Projections for the 21st Century
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);24(2):98-105, mar.-abr. 2000. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Na farmácia comunitária do futuro, como em outras áreas, o farmacêutico deverá participar ativamente do processo saúde-doença, assim como de questões que envolvam a farmacoterapia. Entre os recursos de tratamento, destaca-se a automedicação, que no próximo milênio será algo crescente e inevitável no mundo inteiro. Esse tipo de conduta possui um papel muito relevante na saúde pública, seja diminuindo gastos para o governo ou aumentando os custos orçamentários e, caso não seja bem orientada, tornando-se um problema de saúde. Devido a fatos como esse, entre outros, há evidências de que a farmácia comunitária passará a integrar, como uma unidade terapêutica, a universalização da prestação de serviços de cuidados de saúde, principalmente no âmbito domiciliar. A própria OMS tem formado organizações farmacêuticas na Europa com o objetivo de elaborar guias para a implementação de programas de cuidados farmacêuticos, diminuindo, de certa forma, o gasto com serviços públicos de saúde. Assim, para os corretos cuidados da saúde, a farmácia do novo século necessita com urgência adaptar-se às novas mudanças que governo, comunidade e mercado farmacêutico reservam para ela, com a participação mais constante do farmacêutico, atuando intensamente em atividades de utilização racional de medicamentos e de atenção ao paciente/cliente, além de integrar definitivamente a equipe multiprofissional de saúde, conquistando dessa forma a sua valorização social e científica
Descritores: Automedicação
Farmacêuticos
Serviços Comunitários de Farmácia
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)



página 1 de 24 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde