Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.485.905 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 29 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 29 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287512
Autor: Hergot, Izabella G; Rocha, Christiane M. B. M. da; Xavier, Fabiana G; Santos, Willian H. M; Oliveira, Leticia B. de; Martins, Nelson R. S; Ecco, and Roselene.
Título: Evaluation of actions of the official veterinary service to mitigate outbreaks of infectious laryngotracheitis and improve biosecurity on laying hen farms / Avaliação de ações do serviço veterinário oficial para bloqueio de foco de laringotraqueite infecciosa e melhoria da biosseguridade em granjas de postura
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;41:e06749, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Infectious laryngotracheitis (ILT), caused by an Alphaherpesvirus (Gallid herpesvirus-1; GaHV-1), has been noticed in the region of the Terras Altas da Mantiqueira, Minas Gerais. From 2010 to 2018, the "Serviço Veterinário Oficial" (SVO) of the "Instituto Mineiro Agropecuário" (IMA), implemented measures to prevent spread of the virus to other regions and control the disease in the area. Due to the close proximity and consequent epidemiological link among farms, the region was considered a unique epidemiological unit. To check the efficiency of the ILT control measures, we carried out: (1) a seroepidemiological survey, (2) questionnaires for evaluating biosecurity measures; and (3) an evaluation of the influence of farm population density on the occurrence of ILT. In 2016, 2017, and 2018, ILT was investigated using epidemiological and clinicopathological methods, along with GaHV-1 molecular detection. Serological survey was carried out on 24 farms in the quarantined region and on 13 farms from other regions of the state. In 2010 and 2018, questionnaires were applied to collect data and determine indicators of biosecurity practices in all farms of the quarantined area. The differences were then assessed (Wilcoxon's p<0.05). The results indicated positive serology throughout the region, although only on four farms (16.6%) the chickens have clinical signs, macroscopic and histological lesions of ILT. The prevalence of viral infection increased from 2016 (27%) to 2017 (50%) and was higher in farms with a high stock density (p=0.033). No disease, virus or antibodies were detected in the farms outside of the quarantined area. Although the biosecurity indicators had improved on all farms in the quarantined area (p<0.05), the virus was active and circulating in the region. The contingency measures have contained the outbreak, but biosecurity practices are paramount in the control of new outbreaks. Official control will be maintained in the region, including surveillance of new cases and biosecurity procedures to mitigate the risk of the virus reaching other regions.(AU)

Laringotraqueíte infecciosa (LTI), causada por um alfaherpesvírus (herpesvírus Gallid-1; GaHV-1), foi observada na região das Terras Altas da Mantiqueira, Minas Gerais. De 2010 a 2018, o Serviço Veterinário Oficial (SVO) do Instituto Mineiro Agropecuário (IMA) implementou medidas para impedir a disseminação do vírus para outras regiões do estado e controlar a doença na região interditada. Devido à proximidade e consequente vínculo epidemiológico entre as granjas, a região foi considerada uma unidade epidemiológica única. Para verificar a eficiência das medidas de controle de LTI, foram realizados: (1) pesquisa soroepidemiológica, (2) questionários para avaliar medidas de biosseguridade; e (3) avaliação da influência da densidade populacional da granja na ocorrência de LTI. Em 2016, 2017 e 2018, a LTI foi investigada usando métodos epidemiológicos e clínico-patológicos, com a detecção molecular de GaHV-1. O levantamento sorológico foi realizado em 24 granjas da região interditada e em 13 granjas de outras regiões do estado. Em 2010 e 2018, foram aplicados questionários para coletar dados e determinar indicadores de medidas de biosseguridade em todas as granjas da área interditada. As diferenças foram avaliadas (p<0,05 de Wilcoxon). Os resultados indicaram sorologia positiva em toda a região, embora apenas em quatro granjas (16,6%) as galinhas apresentaram sinais clínicos, lesões macroscópicas e histológicas da LTI. A prevalência de infecção viral aumentou de 2016 (27%) para 2017 (50%) e foi maior em fazendas com alta densidade de alojamento (p=0,033). Presença da doença, vírus ou anticorpos foram detectados nas granjas fora da área interditada. Embora os indicadores de biosseguridade tenham melhorado em todas as fazendas da área interditada (p<0,05), o vírus está ativo e circulava na região. As medidas de contingência contiveram o surto, mas as práticas de biosseguridade são fundamentais para o controle de novos surtos. O controle oficial será mantido na região, incluindo a vigilância de novos casos e procedimentos de biosseguridade para mitigar o risco de transmissão do vírus para outras regiões.(AU)
Descritores: Sorologia
Galinhas
Métodos Epidemiológicos
Médicos Veterinários
Vigilância
Indicadores e Reagentes
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1253238
Autor: Turnes, Antonio L.
Título: La hidatidosis como problema de salud pública: una mirada histórica / Hydatidosis as a public health problem: a historical view.
Fonte: [Montevideo; Tradinco]; 2009. 142 p. ilus, mapas.
Idioma: es.
Descritores: Equinococose/história
Equinococose/epidemiologia
-Médicos/história
Médicos Veterinários/história
Limites: Humanos
Animais
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina
UY1.1; 1F.10V, TUR; UY1.1; WC840, TUR


  3 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1145580
Autor: Martins, Camila Marinelli; Hardt, Luciana; Vieira, Adriana Maria Lopes; Hoffmann, Roberto Colozza; Ferreira, Fernando.
Título: Vigilância baseada em risco para a raiva canina em um município de pequeno porte no estado de São Paulo / Risk-based surveillance for canine rabies in a small municipality in the state of São Paulo
Fonte: BEPA, Bol. epidemiol. paul. (Impr.);17(203):15-24, 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo foi simular cenários de sensibilidade da vigilância da raiva canina em um município de pequeno porte no estado de São Paulo. Clínicos veterinários de São João da Boa Vista-SP foram sensibilizados, dados sobre coletas de amostras de animais antes (2013-2015) e depois (2016-2017) foram coletados e árvores de cenários foram construídas para sensibilidade global e por componente [(1) agressores, (2) atropelados, (3) quadro neurológico e (4) amostras aleatórias]. Probabilidades com IC 95% foram calculadas com vigilância baseada em risco utilizando 31 parâmetros quantitativos. A razão de sensibilidade 1:4, 2:4 e 3:4 mostrou superioridade em todos os anos. A sensibilidade 3 aumentou pós-intervenção e 4 não passou de 1% em qualquer cenário. A priorização do componente 3 melhorou a sensibilidade global e a priorização mais efetiva foi nos componentes 1 e 2. Concluiu-se que a intervenção aumentou a sensibilidade global, amostras aleatórias não melhoraram a vigilância e a priorização de animais agressores e atropelados melhoraram a sensibilidade.
Descritores: Raiva
Árvores
Médicos Veterinários
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  4 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-765282
Autor: Breña, Jorge; Falcón, Néstor; Fernández, Carla; Zuazo, José.
Título: Accidentes ocupacionales en personal que labora en clínicas y consultorios de animales de compañía, Lima 2010 / Ocupational injuries among Veterinarians in Peru
Fonte: Salud tecnol. vet;2(1):24-31, ene.-jun. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: La práctica veterinaria es considerada como una actividad de alto riesgo y la posibilidad de sufrir daños a la salud producto de accidentes ocupacionales es latente. Objetivo: identificar los accidentes ocupacionales asociados a la actividad laboral de los profesionales que laboran en consultorios y clínicas veterinarias de animales de compañía en la ciudad de Lima durante el año 2010. Metodología: Se elaboró y aplicó una encuesta semi estructurada a Médicos Veterinarios y personal técnico que laboraban en estos lugares, para identificar datos generales de los accidentes producidos durante la actividad laboral y una percepción acerca de este problema por parte de los encuestados. Resultados y Conclusiones: Se encuestaron a 400 personas. La edad y tiempo de experiencia en la actividad fue de 29.3 (18-63) y 5.5 (1-40) años en promedio, respectivamente. El 55% fueron varones y 45% mujeres. El 80.8% sufrieron al menos un accidente en el 2010. Los accidentes más frecuentes producidos por animales fueron mordeduras (31.1%) y arañazos (26.6%); y los producidos por elementos inanimados fueron pinchazos (21.5%) y cortes (8.7%). Los manos (68.9%) y brazos (20.2%) fueron las regiones anatómicas más afectadas y las cicatrices la secuela más común (49.9%). El 44.5% reportó problemas musculo esqueléticas en espalda, cuello y/o extremidades. El área de trabajo fue considerada cómoda para el 89% y seguras para el 79% de los trabajadores. Se hace necesario capacitar a los trabajadores de esta área sobre prácticas de seguridad y bioseguridad en el ambiente laboral.

Veterinary practice is considered as a high-risk activity and the possibility of suffering any health injury due to occupational accidents is latent. Aim: To identify worked-related accidents in professionals who labor in animal centers and veterinary clinics of small animals in Lima city during 2010. Methods: A semi-structured survey was elaborated and applied among 400 Veterinarians and technicians who worked in these places, gathering general information of the accidents produced during work activity and the perception of this problematic among them. Results and Conclusions: The age and experience time in this type of work was 29.3 (18-63) and 5.5 (1-40) years old on average, respectively. 55% of the respondents were males and 45% females. At least 80.8% had an injury during 2010. The work-related accidents most frequently produced by animals were bites (31.1%) and scratches (26.6%); also lesions produced by inanimate elements were pinch (21.5%) and cuts (8.7%). Hands (68.9%) and arms (20.2%) were the anatomic regions most affected, and scars were the most commonly sequel reported (49.9%). 44.5% of the respondents reported musculoskeletal problems on back, neck and/or extremities. The work environment was indicated as comfortable for the 89.0% of people surveyed and secure for the 79.0% of workers. There is a need to train workers in the area of environmental health and safety.
Descritores: Doenças Profissionais
Mordeduras e Picadas
Saúde do Trabalhador
Médicos Veterinários
-Epidemiologia Descritiva
Estudo Observacional
Estudos Transversais
Peru
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  5 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038584
Autor: Silva, L. T. R; Silva, J. S. A; Regueira, R. F. S; Rolim, V. P. M; Barros, M. R; Oliveira, A. A. F.
Título: Aspecto médico veterinário legal das lesões em aves silvestres promovidas por colisões com aeronaves / Medico-legal veterinary aspect of lesions in bird strike
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);70(1):321-326, Jan.-Feb. 2018. graf, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: The objective of this study was to describe lesions in four birds, victims of collisions with aircraft, coming from the International Airport of Recife/Guararapes Gilberto Freyre, Pernambuco, Brazil. Contused wounds were predominant in birds in this study, characterized by the presence of fractures, bruises and hematomas and justified by the blunt action promoted by the type of vulnerant agent involved (aircraft). The analysis under medico-legal veterinary aspect of lesions in bird strike is essential, because in addition to the attempt to establish a standard for differentiating the aircraft lesions, it can guide the bird strike hazard management programs at airports, since the necropsy allows the identification of the species involved or at least facilitates the obtaining biological material for identification.(AU)
Descritores: Choque Traumático/veterinária
Ferimentos e Lesões/veterinária
Aves
Animais Selvagens
-Médicos Veterinários
Médicos Legistas
Aeroportos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1005932
Autor: Said, Alba Luisa Pereira Ribeiro; Bruhn, Fábio Raphael Pascoti; Lopes, Edna; Rocha, Christiane Maria Barcellos Magalhães da; Barçante, Joziana Muniz de Paiva; Peconick, Ana Paula; Pereira, Stela Márcia.
Título: Inspection of the actions of veterinarians qualified to act in the National Programme for Control and Eradication of Animal Brucellosis and Tuberculosis / Fiscalização das ações de médicos veterinários habilitados para atuar no Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal
Fonte: Arq. Inst. Biol;83:e0102014, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: The inspection of qualified professionals is an important action of the National Programme for Control and Eradication of Animal Brucellosis and Tuberculosis (PNCEBT). The data for this study were obtained by compiling reports of 63 inspections in loco of qualified private veterinarians between 2008 and 2011 in the state of Espírito Santo, Brazil. Through the findings of this study, it was observed that all inspected professionals are regularly registered in the CRMV-ES, nevertheless it was found pending issues regarding the registration to conduct vaccinations against brucellosis. It was observed that most professionals keep the infrastructure and equipment for conducting tuberculosis and brucellosis tests. The majority adopts the official models of certification, however there is a significant delay in sending reports of actions, and many professionals reported a lack of demand for certification of properties.(AU)

A fiscalização de profissionais habilitados é uma importante ação do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT). Com este trabalho, buscou-se reunir informações das fiscalizações relativas à habilitação de médicos veterinários privados no estado do Espírito Santo. Os dados deste estudo foram obtidos mediante a compilação dos relatórios de 63 fiscalizações in loco entre 2008 e 2011. Por meio dos achados deste estudo, observou-se que todos os profissionais fiscalizados estão regularmente inscritos no CRMV-ES, todavia foram verificadas pendências quanto ao cadastro para realizar vacinações contra brucelose. Observou-se que a maior parte dos profissionais mantém a infraestrutura e os equipamentos para a realização de exames de brucelose e tuberculose. A maioria adota os modelos oficiais de atestados, contudo há um expressivo atraso no envio dos relatórios de ações, e muitos profissionais relataram falta de demandas para certificação de propriedades.(AU)
Descritores: Tuberculose Bovina
Brucelose
Médicos Veterinários
Fiscalização Sanitária
-Doenças dos Animais
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  7 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-937016
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Coordenação de Vigilância em Saúde. Gerência de Comunicação e Educação.
Título: Guia do cidadão vigilante: pet shop e clínicas veterinárias.
Fonte: São Paulo; São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Coordenação de Vigilância em Saúde; 2011. 2 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Gatos
Cães
Guias como Assunto
Médicos Veterinários
-Vigilância Sanitária
Limites: Animais
Tipo de Publ: Guia
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1


  8 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-827894
Autor: Vulcani, V. A. S; Silva, L. A. F; Rabelo, R. E; Silva, O. C; Mendes, L. A; Freitas, S. L. R; Rabbers, A. S; Assis, B. M.
Título: Development and evaluation of accessories to improve the posture of veterinary surgeons in surgical procedures conducted in the field / Desenvolvimento e avaliação de acessórios para melhorar a postura de cirurgiões veterinários em procedimentos cirúrgicos realizados a campo
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(5):1301-1308, set.-out. 2016. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The study was conducted based on the information collected on rural properties in the state of Goiás, during practical classes of Surgical Clinic in Large Animals at the Veterinary Hospital of the Escola de Veterinária e Zootecnia of the Universidade Federal de Goiás and during the implementation of outreach projects developed by the institution. An acropostite-phimosis surgical procedure in the bulls in the field was selected, lasting over 30 minutes and requiring movements, posture and strength on the part of the surgeon. Devices were proposed and developed to provide improved comfort and safety to surgeons. The first device was a stool to be used by the professional during the execution of the surgical intervention. The use enabled the surgeon to sit down and rest their feet on the ground, reducing knee bending and distributing the support forces in various muscle groups. For the movement restriction of the surgeon, another accessory was developed to support the foreskin of the animal. Made of wood, this other device serves as a support for keeping the foreskin away from the ground and close to the surgeon. Its length, width and thickness established a good relation with the stool height, providing minimal discomfort to the professional. The third device was designed to assist in the immobilization of the animal and increase safety for the patient and surgical team. A fourth accessory was designed to protect the scapular region and avoid the occurrence of injuries in the radial nerve, myopathies and traumas during the rollover or prolonged stay of the animal in lateral decubitus. The choice of the shape, dimensions and softness of the device was mainly based on the weight of the animal. Such devices have proven to be effective, reducing the time of surgery, making cervical and lumbar movement easier, in addition to providing better support to the surgeon, reducing risks of musculoskeletal diseases.(AU)

O estudo foi realizado com base nas informações coletadas em propriedades rurais do estado de Goiás, durante aulas práticas de Clínica Cirúrgica de Grandes Animais no Hospital Veterinário da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás e durante a execução de projetos de extensão desenvolvidos pela instituição. Foi selecionado um procedimento cirúrgico de acropostite-fimose em touros a campo, com duração acima de 30 minutos e com exigência de movimentos, postura e força por parte do cirurgião. Foram propostos e desenvolvidos dispositivos para proporcionar melhor conforto e segurança aos cirurgiões. O primeiro consistiu de um assento para ser usado pelo profissional durante a execução da intervenção cirúrgica. A utilização permitiu que o cirurgião sentasse e apoiasse os pés no chão, reduzindo a flexão dos joelhos e distribuindo as forças de apoio por diversos grupos musculares. Para a restrição de movimentação do cirurgião, outro acessório foi desenvolvido para apoiar o prepúcio do animal. Confeccionado em madeira, serve de suporte para mantê-lo distante do solo e próximo ao cirurgião. Seu comprimento, largura e espessura estabeleceram boa relação com a altura do assento, proporcionando o mínimo de desconforto ao profissional. O terceiro dispositivo foi confeccionado para auxiliar na imobilização do animal e aumentar a segurança para o paciente e para a equipe de cirurgia. Um quarto acessório foi desenvolvido para proteger a região escapular e evitar a ocorrência de lesões de nervo radial, miopatias e traumas durante o derrubamento ou a permanência prolongada do animal em decúbito lateral. A escolha do formato, das dimensões e da maciez do dispositivo fundamentou-se principalmente no peso do animal. Tais dispositivos mostraram-se efetivos, pois reduziram o tempo de cirurgia, facilitaram a movimentação cervical e a lombar, além de proporcionarem um melhor apoio do cirurgião e, assim, reduzirem riscos de doenças osteomusculares.(AU)
Descritores: Postura
Cirurgiões
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/veterinária
Médicos Veterinários
Condições de Trabalho
-Bovinos/cirurgia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-772844
Autor: Silva, Denise Torres da.
Título: Conhecimento, atitudes e práticas frente à exposição ocupacional ao Sporothrix schenckii entre estudantes de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro / Knowledge, attitudes and practices forward to occupational exposure to Sporothrix schenckii among students of Veterinary Medicine of Rio de Janeiro.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2010. viii, 54 p. mapas, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A esporotricose é uma micose que acomete seres humanos e animais, causada por Sporothrix schenckii , fungo dimórfico amplamente distribuído na natureza, especialmente em climas temperados e tropicais. É um agente biológico da classe de risco 2, que apresenta moderado risco individual e limitado risco para o meio ambiente. A infecção pode ser adquirida através da implantação traumática do fungo na pele e há 13 anos vem sendo descrita uma epidemia envolvendo seres humanos, cães e gatos no Estado do Rio de Janeiro. O médico veterinário insere-se neste contexto tanto como grupo ocupacional de risco quanto como agente promotor de saúde e para isso necessita estar bem informado e atualizado com relação à doença em si e aos procedimentos de biossegurança. O objetivo deste estudo foi de avaliar os conhecimentos, atitudes e práticas frente ao risco ocupacional de exposição ao S. schenckii entre os futuros profissionais de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro. Realizou-se um estudo observacional seccional, cuja população alvo foi constituída por estudantes do último ano de Medicina Veterinária das faculdades da região metropolitana do estado do Rio de Janeiro. O instrumento utilizado foi um questionário semi-aberto, de autopreenchimento, específico para este estudo...
Descritores: EXPOSURE TO BIOLOGICAL AGENTS
Micoses
Riscos Ocupacionais
Esporotricose
Médicos Veterinários
Limites: Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  10 / 29 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-753486
Autor: Escobar, Luis E; Yung, Verónica; Vargas-Rodríguez, Renzo; Medina-Vogel, Gonzalo; Favi, Myriam.
Título: Encuesta sobre vacunación anti-rábica en veterinarios de fauna silvestre en Chile / Wildlife veterinarians rabies vaccination in Chile: a survey
Fonte: Rev. chil. infectol;32(3):289-293, jun. 2015. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introduction: Rabies is a lethal but preventable disease. Knowing the extent of immunization coverage among at risk populations, may help to guide immunization efforts, as well as increase the effectiveness of rabies control and prevention programs. Aim: To determine the proportion of wildlife veterinarians in Chile, as part of a group at risk of rabies transmission. Methods: An electronic survey was sent to wildlife veterinarians in Chile. Results: We found that veterinarians in Chile work mainly with carnivores and deer compared to other mammals (p < 0.001), rarely works with bats (p = 0.6572). Most of the participants had been bitten by domestic animals, while a lesser proportion (29%) by wild animals. Most of the participants never received rabies vaccination (53%), while within the group that had started a rabies vaccination scheme, a substantial proportion (39%) did not complete it. Discussion and conclusion: Identify the vaccination status of risk groups is important for infectious disease control and prevention programs, as this information helps to identify priority groups during outbreaks or vaccine scarcity. Wildlife veterinarians in Chile are at risk of rabies transmission and should be included in rabies prevention programs, especially considering their vulnerability and lack of biosafety practices. Increasing education in rabies epidemiology and prevention is urgently needed in veterinary faculties in Chile.

Introducción: La rabia es una enfermedad infecciosa mortal pero prevenible. Establecer si existe una adecuada inmunización pre-exposición contra la rabia en un grupo de riesgo, puede ayudar a enfocar los esfuerzos de inmunización para hacer efectivos los programas de control y prevención de la enfermedad. Objetivo: Determinar mediante una encuesta la proporción de veterinarios de fauna silvestre como grupo de riesgo que han recibido inmunización contra la rabia. Métodos: Se realizó una encuesta electrónica a veterinarios de fauna de vida silvestre de Chile. Resultados: Los veterinarios encuestados tienden a trabajar con carnívoros y ciervos en comparación con otros mamíferos (p < 0,001), rara vez con murciélagos (p = 0,6572). La mayoría de los encuestados había sido mordido por animales domésticos y una proporción menor (29%) por animales silvestres. La mayoría nunca había sido vacunado contra la rabia (53%), mientras que del grupo que sí había recibido vacunación anti-rábica, una importante proporción (39%) no completó el esquema de vacunación. Sorprendentemente, este grupo de profesionales rara vez trabaja con murciélagos (p = 0,6572), lo que puede reducir su exposición a linajes de rabia transmitida por murciélagos. Discusión y Conclusión: Identificar el estado de inmunización contra la rabia en grupos de riesgo es una información importante para evaluar los programas de prevención y control de enfermedades infecciosas y podría ayudar a identificar grupos prioritarios en situaciones de brote o escasez de vacuna. Los veterinarios de fauna de vida silvestre en Chile constituyen un grupo vulnerable: no mantienen prácticas de bioseguridad necesarias y tienen riesgo de adquirir la encefalitis rábica por lo que deberían ser considerados en los programas de prevención pre-exposición de la enfermedad. La educación sobre la epidemiología y prevención de la rabia es urgente en las facultades de medicina veterinaria en Chile.
Descritores: Doenças Profissionais/prevenção & controle
Vacinas Antirrábicas/administração & dosagem
Raiva/prevenção & controle
Vacinação/estatística & dados numéricos
Médicos Veterinários/estatística & dados numéricos
-Animais Selvagens
Chile
Vigilância da População
Limites: Adulto
Animais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde