Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.526.702.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 194 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 194 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1090041
Autor: Dixe, Maria dos Anjos Coelho Rodrigues; Gordo, Clementina Maria Gomes de Oliveira; Catarino, Helena Borges Pereira; Kraus, Teresa; Menino, Eva Patricia da Silva Guilherme.
Título: Effects of an education program on knowledge and self-perception of school personnel in preparing to care for type 1 diabetes students / Efeitos de um programa de educação nos conhecimentos e na autopercepção dos educadores escolares na preparação para cuidar de crianças diabéticas tipo 1
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO5101, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To assess the academic and professional background of school personnel; to assess the impact of the Diabetes + Support given by School Personnel to Children with Type 1 Diabetes Program on the school personnel's knowledge and confidence to support students with type 1 diabetes; to compare their level of knowledge with the academic and professional variables of the school personnel. Methods A quasi-experimental pre-test/post-test study design without a Control Group. Study with a sample of 129 (before intervention - T0) and 113 (after intervention - T1) pre-school to secondary school personnel from participating schools, with at least one student with type 1 diabetes. The project was approved by the Ethics Committee of the Portuguese Ministry of Education. Results Most school personnel included in the study were teachers (51.2%). After training, they were more confident than before to support children with type 1 diabetes (p<0.05). Regarding knowledge levels, the differences between T0 (10.8±2.8; P 50 =11) and T1 (13.7±2.1; P 50 =11) were statistically significant (p<0.001). Of the 113 school personnel who participated in the final assessment, 89 (78.85%) increased their level of knowledge. Conclusion The program was effective to enhance knowledge and boost confidence to support students with diabetes.

RESUMO Objetivo Avaliar a formação acadêmica e profissional dos educadores escolares; avaliar o impacto do Diabetes + Apoio dado pelo Programa Responsáveis Escolares pelas Crianças com Diabetes Tipo 1 no nível de conhecimento e de confiança dos educadores escolares, para apoiar os alunos com diabetes tipo 1; comparar o nível de conhecimento dos educadores escolares com suas variáveis acadêmicas e profissionais. Métodos Estudo quasi-experimental, do tipo pré-teste/pós-teste sem Grupo Controle, realizado em amostra de 129 (antes da intervenção - T0) e 113 (pós-intervenção - T1) educadores escolares, da pré-escola ao ensino secundário, que trabalhavam em escolas com pelo menos uma criança/jovem com diabetes tipo 1. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética do Ministério da Educação de Portugal. Resultados A maioria dos educadores escolares incluídos no estudo era professor (51,2%). Após a intervenção, os educadores escolares sentiram-se mais confiantes do que antes, para apoiar crianças com diabetes tipo 1 (p<0,05). Em relação aos níveis de conhecimento, as diferenças entre T0 (10,8±2,8; P50=11) e T1 (13,7±2,1; P50=11) foram estatisticamente significantes (p<0,001). Dos 113 educadores escolares que participaram da avaliação final, 89 (78,85%) aumentaram seu nível de conhecimento. Conclusão O programa foi eficaz para aumentar o conhecimento e a confiança dos educadores escolares para apoiar as crianças/jovens com diabetes tipo 1.
Descritores: Autoimagem
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Diabetes Mellitus Tipo 1
Capacitação de Professores/estatística & dados numéricos
Pessoal de Educação/educação
-Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Educação em Saúde/organização & administração
Inquéritos e Questionários
Escolaridade
Ensaios Clínicos Controlados não Aleatórios como Assunto
Professores Escolares/psicologia
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-978317
Autor: Miranda Padilla, Alessandra; Barrios Cuartas, Daniela; Duque Henao, Luisa F; Burgos Arroyo, Edinson A; Salazar Flórez, Jorge E.
Título: Conocimientos sobre TDAH de los docentes de primaria de colegios públicos de Sabaneta, Antioquia / Knowledge About ADHD in Primary Teachers of Public Schools of Sabaneta, Antioquia
Fonte: Rev. colomb. psiquiatr;47(3):165-169, jul.-set. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivos: La presente investigación tiene como propósito describir los conocimientos de los docentes de básica primaria sobre el trastorno por déficit de atención e hiperactividad (TDAH), mediante entrevistas sobre información general, síntomas/diagnóstico y tratamiento, además de la autoeficiencia percibida. Métodos: Se realizó un estudio descriptivo transversal de tipo poblacional, en el que participaron 62 docentes de colegios públicos del municipio de Sabaneta. Los maestros fueron evaluados mediante la adaptación española de la Knowledge of Attention Deficit Hyperactivity Disorder (KADDS), una escala de estimación compuesta por 36 ítems de 3 alternativas de respuesta (verdadero, falso y no sé). Resultados: Los docentes contestaron correctamente a poco menos de la mitad de todos los ítems del cuestionario (48,52%). En concreto, fue en la subescala de síntomas/diagnóstico en la que tuvieron más aciertos, con un 69,35%, seguida de la subescala de tratamiento (45,30%) y, finalmente, la de información general (38,60%). Conclusiones: Según los datos obtenidos, se ratifica la necesidad de realizar intervenciones en este tema, para que esto se vea reflejado en nuevas técnicas de enseñanza que faciliten el aprendizaje y el desarrollo de los niños que padecen el trastorno.

ABSTRACT Objectives: The present research aims to describe the knowledge of elementary school teachers about attention deficit hyperactivity disorder (ADHD) through interviews about general information, symptoms/diagnosis and treatment, in addition to perceived self-efficacy. Methods: A descriptive cross-sectional population study was carried out, involving 62 teachers from public schools in the municipality of Sabaneta. The teachers were evaluated by the Spanish adaptation of the Knowledge of Attention Deficit Hyperactivity Disorder (KADDS), an estimation scale composed of 36 items of three alternative answers (true, false and I do not know). Results: Teachers correctly answered a little less than half of the items in the total questionnaire (48.52%). Specifically, it was in the subscale of dymptoms/diagnosis in which they presented more hits with 69.35%, followed by the treatment subscale (45.30%), and finally the general information (38.60%). Conclusions: According to the data obtained, the need for interventions on the subject is confirmed, so that this is reflected in new teaching techniques that facilitate the learning and development of children with the disorder.
Descritores: Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade
Conhecimento
Docentes
-Instituições Acadêmicas
Terapêutica
Desenvolvimento Infantil
Adaptação
CYCLAMATESABDOMINAL INJURIES
Diagnóstico
Ego
Professores Escolares
Aprendizagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CO78 - Asociación Colombiana de Psiquiatría


  3 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Andrade, Selma Maffei de
Texto completo
Id: biblio-903200
Autor: Dias, Douglas Fernando; Loch, Mathias Roberto; González, Alberto Durán; Andrade, Selma Maffei de; Mesas, Arthur Eumann.
Título: Insufficient free-time physical activity and occupational factors in Brazilian public school teachers / Atividade física insuficiente no tempo livre e fatores ocupacionais em professores de escolas públicas
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:68, 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação Araucária do Paraná.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To evaluate if perceived occupational factors are associated with insufficient free-time physical activity in Brazilian public school teachers. METHODS The relationship between insufficient physical activity (< 150 minutes/week) and variables related to work was analyzed in 978 elementary and high school teachers calculating the prevalence ratio (PR) and 95% confidence interval (95%CI) in Poisson regression models, adjusted for sociodemographic and health variables. RESULTS The prevalence of insufficient physical activity was 71.9%, and this condition was associated independently with the perception of bad or regular balance between personal and professional life (PR = 1.09; 95%CI 1.01-1.18), perception that standing time affects the work (PR = 1.16; 95%CI 1.01-1.34), low or very low perception of current ability for the physical requirements of work (PR = 1.21; 95%CI 1.08-1.35), and temporary employment contract (PR = 1.13; 95%CI 1.03-1.25). The teaching of physical education was associated with lower prevalence of insufficient physical activity (PR = 0.78; 95%CI 0.64-0.95). CONCLUSIONS The perception of adverse working conditions is associated with increased prevalence of insufficient physical activity in teachers and should be considered for the promotion of physical activity in this population.

RESUMO OBJETIVO Analisar se fatores ocupacionais percebidos estão associados à atividade física insuficiente no tempo livre em professores de escolas públicas. MÉTODOS A relação entre atividade física insuficiente (< 150 minutos/semana) e variáveis relacionadas ao trabalho foi analisada em 978 professores do ensino fundamental e médio mediante o cálculo da razão de prevalência (RP) e intervalo de confiança de 95% (IC95%) em modelos de regressão de Poisson, ajustados por variáveis sociodemográficas e de saúde. RESULTADOS A prevalência de atividade física insuficiente foi de 71,9%, e essa condição associou-se de maneira independente com percepção de equilíbrio entre vida pessoal e profissional ruim ou regular (RP = 1,09; IC95% 1,01-1,18), percepção de que o tempo de permanência em pé afeta o trabalho (RP = 1,16; IC95% 1,01-1,34), percepção de capacidade atual para as exigências físicas do trabalho baixa ou muito baixa (RP = 1,21; IC95% 1,08-1,35) e contrato de trabalho temporário (RP = 1,13; IC95% 1,03-1,25). Ministrar disciplina de educação física associou-se com menor prevalência de atividade física insuficiente (RP = 0,78; IC95% 0,64-0,95). CONCLUSÕES A percepção de condições de trabalho negativas associa-se à maior prevalência de atividade física insuficiente em professores e devem ser consideradas para a promoção de atividade física nessa população.
Descritores: Exercício Físico/psicologia
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Comportamento Sedentário
Professores Escolares/estatística & dados numéricos
Doenças Profissionais/etiologia
Doenças Profissionais/epidemiologia
-Valores de Referência
Fatores Socioeconômicos
Fatores de Tempo
Brasil/epidemiologia
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Fatores Etários
Distribuição por Sexo
Distribuição por Idade
Dor Crônica/etiologia
Dor Crônica/epidemiologia
Pessoa de Meia-Idade
Doenças Profissionais/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-903236
Autor: Silva, Bárbara Gabriela; Chammas, Tiago Visacre; Zenari, Marcia Simões; Moreira, Renata Rodrigues; Samelli, Alessandra Giannella; Nemr, Kátia.
Título: Analysis of possible factors of vocal interference during the teaching activity / Análise de possíveis fatores de interferência no uso da voz durante atividade docente
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:124, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To measure the risk of dysphonia in teachers, as well as investigate whether the perceptual-auditory and acoustic aspects of the voice of teachers in situations of silence and noise, the signal-to-noise ratio, and the noise levels in the classroom are associated with the presence of dysphonia. METHODS This is an observational cross-sectional research with 23 primary and secondary school teachers from a private school in the municipality of São Paulo, Brazil, divided into the groups without dysphonia and with dysphonia. We performed the following procedures: general Dysphonia Risk Screening Protocol (General-DRSP) and complementary to speaking voice - teacher (Specific-DRSP), voice recording during class and in an individual situation in a silent room, and measurement of the signal-to-noise ratio and noise levels of classrooms. RESULTS We have found differences between groups regarding physical activity (General-DRSP) and particularities of the profession (Specific-DRSP), as well as in all aspects of the perceptual-auditory vocal analysis. We have found signs of voice wear in the group without dysphonia. Regarding the vocal resources in the situations of noise and silence, we have identified a difference for the production of abrupt vocal attack and the tendency of a more precise speech in the situation of noise. Both the signal-to-noise ratio and the room noise levels during class were high in both groups. CONCLUSIONS Teachers in both groups are at high risk for developing dysphonia and have negative vocal signals to a greater or lesser extent. Signal-to-noise ratio was inadequate in most classrooms, considering the standards for both children with normal hearing and with hearing loss, as well as equivalent noise levels.

RESUMO OBJETIVO Mensurar o risco de disfonia em professores, bem como investigar se os aspectos vocais perceptivo-auditivos e acústicos em situação de ruído, a relação sinal-ruído e os níveis de ruído em sala de aula estão associados à presença de disfonia. MÉTODOS Pesquisa transversal observacional com 23 professores da educação infantil e ensino fundamental de uma escola particular do município de São Paulo divididos nos grupos sem disfonia e com disfonia. Foram realizados os seguintes procedimentos: protocolo de rastreio de risco de disfonia geral (PRRD-Geral) e complementar para voz falada - professor (PRRD-Específico), gravação da voz durante aula e em situação individual em sala silenciosa, medição da relação sinal-ruído e dos níveis de ruído das salas de aula. RESULTADOS Foram encontradas diferenças entre os grupos quanto à atividade física (PRRD-Geral) e particularidades da profissão (PRRD-Específico), bem como em todos os aspectos da análise vocal perceptivo-auditiva. No grupo sem disfonia, foram encontrados sinais de desgaste da voz. Quanto aos recursos vocais nas situações de ruído e silêncio, identificamos diferença para produção de ataque vocal brusco e tendência de uma fala mais precisa na situação-ruído. Tanto a relação sinal-ruído quanto os níveis de ruído das salas durante a aula foram elevados nos dois grupos. CONCLUSÕES Os professores dos dois grupos estão expostos a riscos elevados para o desenvolvimento de disfonias e apresentam sinais vocais negativos em maior ou menor grau. A relação sinal-ruído apresentou-se inadequada em grande parte das salas de aula, considerando-se as normas tanto para crianças com audição normal quanto para aquelas com perda auditiva, assim como os níveis de ruído equivalentes.
Descritores: Medida da Produção da Fala
Disfonia/etiologia
Professores Escolares
Ruído Ocupacional/efeitos adversos
Doenças Profissionais/etiologia
-Ensino/estatística & dados numéricos
Estudos Transversais
Análise de Variância
Medição de Risco
Disfonia/diagnóstico
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1058885
Autor: Silva, Jefferson Peixoto da; Fischer, Frida Marina.
Título: Multiform invasion of life by work among basic education teachers and repercussions on health / Invasão multiforme da vida pelo trabalho entre professores de educação básica e repercussões sobre a saúde
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:03, 2020.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT INTRODUCTION: Several studies have pointed to a scenario of precariousness and illness among teachers. However, the way the profession resonates with the personal life of teachers has not received significant attention, even if it is common for them to take work home. OBJECTIVE: This study investigated the repercussion of work on the everyday life of teachers and its implication on the health-disease process. METHODS: This is a qualitative study based on individual semi-structured interviews, complemented by a form of sociodemographic characterization. Data were analyzed by thematic coding with the aid of the MAXQDA 12 software. This study included 29 teachers from four public schools of the municipal and state networks of regular and full day education of São Paulo, in addition to the principal of each school. RESULTS: The results indicated that the illnesses arising from work have been projected on the personal life of teachers. We identified four main forms of manifestation of this type of invasion: continuous link with work by successive frustrations; moral harassment; uninterrupted pending matters; and interference over the private course of life. CONCLUSION: The social and pathogenic suffering caused by the invasion of life by work pointed to this phenomenon as one of the elements that can help explain the recurrent clinical pictures of illness among teachers.

RESUMO INTRODUÇÃO: Diversos estudos têm apontado para um cenário de precarização e adoecimento entre os professores. Entretanto, o modo como o trabalho repercute sobre a vida pessoal de professores não tem recebido significativa atenção, mesmo que lhes seja comum levar trabalho para casa. OBJETIVO: Este estudo investigou a repercussão do trabalho sobre a vida pessoal cotidiana de professores e sua implicação sobre o processo saúde-doença. MÉTODOS: Estudo qualitativo que se utilizou de entrevistas individuais semiestruturadas, complementadas por formulário de caracterização sociodemográfica. Os dados foram analisados por meio de codificação temática com auxílio do software MAXQDA 12. Participaram do estudo 29 professores de quatro escolas públicas das redes municipal e estadual dos ensinos regular e integral de São Paulo, além dos seus respectivos diretores. RESULTADOS: Os resultados indicaram que os agravos advindos do trabalho têm se projetado sobre a vida pessoal dos professores. Identificamos quatro formas principais de manifestação desse tipo de invasão: vinculação contínua com o trabalho por: frustrações sucessivas; abalo moral; pendências ininterruptas; e interferência sobre o curso privado da vida. CONCLUSÃO: O sofrimento de amplitude social e de tipo patogênico que a invasão da vida pelo trabalho produz apontou para este fenômeno como um dos elementos que podem ajudar a explicar os recorrentes quadros de adoecimento dos professores.
Descritores: Saúde do Trabalhador
Professores Escolares/psicologia
Satisfação no Emprego
-Instituições Acadêmicas
Desejabilidade Social
Brasil
Setor Público
Pesquisa Qualitativa
Pessoa de Meia-Idade
Doenças Profissionais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1280483
Autor: Silva, Francisca Vilena da; Jales, Renata Dantas; Pereira, Ivoneide Lucena; Almeida, Luana Rodrigues de; Nogueira, Jordana de Almeida; Almeida, Sandra Aparecida de.
Título: Childhood transgenderity under the perspective of elementary school teachers / A transgeneridade infantil sob a ótica de professores de ensino fundamental / Transgeneridad infantil desde la perspectiva de los profesores de primaria
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);29:e3459, 2021. graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective: to analyze teachers' conceptions about transgenderity in childhood and to identify the possibilities and limits of working with these children in the school context. Method: a qualitative research study, carried out with 23 teachers from two municipal elementary schools. Semi-structured interviews were used to produce empirical material. As an analytical resource, the content analysis technique, thematic modality, was used. Results: six thematic categories emerged in the set of empirical material: There is transgenderity in childhood; The construction of gender identity and roles in childhood; The experience of trans children in the school context; Trans children: How to deal with?; Discussing the differences in the classroom: Is this the way?; and Dilemmas of school and family interaction. It was found that the gender dichotomy is reinforced in the classroom, causing tensions and stereotyped divisions for male and female roles. Various forms of violence have been reproduced by classmates and teachers, who, due to lack of knowledge or to unpreparedness, reinforce concepts and attitudes that lead to the maintenance of exclusion. Conclusion: the schools find it difficult to promote the inclusion of trans children. It is necessary to create strategies aimed at raising awareness and training the professionals who make up the school environment, especially teachers in the initial grades.

Objetivo: analisar as concepções de professores sobre a transgeneridade na infância e identificar as possibilidades e os limites de trabalho com essas crianças no contexto escolar. Método: pesquisa qualitativa, realizada com 23 professores de duas escolas municipais de ensino fundamental. Para produção do material empírico, empregaram-se entrevistas semiestruturadas. Como recurso analítico recorreu-se à técnica de análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: no conjunto do material empírico, emergiram seis categorias temáticas: Transgeneridade na infância existe; A construção de identidade e papéis de gênero na infância; A vivência de crianças trans no contexto escolar; Crianças trans: como lidar?; Discutir as diferenças em sala de aula: é o caminho?; Dilemas da interação escola e família. Constatou-se que a dicotomia de gênero é reforçada na sala de aula, ocasionando tensões e divisões estereotipadas para os papéis masculino e feminino. Diversas formas de violência vêm sendo reproduzidas por coleguinhas e professores, que por falta de conhecimento ou despreparo reforçam concepções e atitudes que levam à manutenção da exclusão. Conclusão: as escolas têm dificuldades para promover a inclusão de crianças trans. Faz-se necessária a criação de estratégias voltadas para a sensibilização e capacitação dos profissionais que compõem o ambiente escolar, sobretudo os professores das séries iniciais.

Objetivo: analizar las concepciones de los docentes sobre la transgeneridad en la infancia e identificar las posibilidades y límites de trabajar con estos niños en el contexto escolar. Método: investigación cualitativa, realizada con 23 profesores de dos escuelas primarias municipales. Para la producción de material empírico se utilizaron entrevistas semiestructuradas. Como recurso analítico se utilizó la técnica de análisis de contenido, modalidad temática. Resultados: de todo el material empírico surgieron seis categorías temáticas: La transgeneridad en la infancia existe; Construcción de roles de identidad y género en la infancia; Experiencia de los niños trans en el contexto escolar; Niños trans: ¿cómo tratarlos? Discutir las diferencias en el aula: ¿es el camino?; Dilemas de la interacción escuela y familia. Se verificó que la dicotomía de género se refuerza en el aula, provocando tensiones y divisiones estereotipadas para los roles masculino y femenino. Compañeros y profesores vienen reproduciendo diversas formas de violencia, por desconocimiento o falta de preparación refuerzan conceptos y actitudes que sostienen la exclusión. Conclusión: las escuelas tienen dificultades para promover la inclusión de niños trans. Es necesario crear estrategias dirigidas a sensibilizar y capacitar a los profesionales que integran el entorno escolar, especialmente a los docentes en los grados iniciales.
Descritores: Instituições Acadêmicas
Pré-Escolar
Educação Infantil
Ensino Fundamental e Médio
Pesquisa Qualitativa
Docentes
Pessoas Transgênero
Disforia de Gênero
Professores Escolares
Identidade de Gênero
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  7 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1134693
Autor: Costa, Yago Pessoa da; Gantois, Petrus; Batista, Gilmário Ricarte.
Título: Coeficientes de performance preditores da vitória do set no voleibol escolar / Coefficient of performance predictors of set victory in school volleyball
Fonte: J. Phys. Educ. (Maringá);31:e3112, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O desempenho técnico-tático é fundamental para a vitória no voleibol, deste modo, é importante identificar indicadores associados com a vitória no set. Assim, o objetivo do presente estudo foi identificar e associar os coeficientes de performance técnico-tático em função do resultado do set no voleibol feminino escolar. Participaram do estudo atletas escolares, com idade entre 12 e 14 anos. Foram analisados 27 jogos, resultando em 57 sets, 7194 ações (saque= 2380; recepção de saque= 2157; levantamento= 1358; e ataque= 1299). Posteriormente, foi calculado o coeficiente de performance por ação e set. Utilizou-se de regressão logística binária, para verificar a associação dos coeficientes de performance com a vitória do set. O coeficiente de performance de saque classificado como "bom" mostrou-se como principal preditor de vitória no set (OR = 29,46), seguido por levantamento "bom" (OR= 15,87), e ataque "bom" (OR= 7,32). O saque é o principal preditor de performance no presente estudo, seguido pelo levantamento e ataque. Esses resultados sugerem que o saque deve ser priorizado no treinamento, já que aumenta as chances de vitória no set.

ABSTRACT Technical-tactical performance is essencial to victory in volleyball, so it is important to identify indicators associated with winning the set. Thus, the aim of this study was to identify and associate the technical-tactical coefficient of performance based on the result of the set in the school female volleyball. School athletes participated in the study (age between 12-14 years old). 27 match were analyzed, resulting in 57 sets, 7194 actions (serve= 2380, serve reception= 2157, set= 1358; and attack= 1299). Subsequently, the performance coefficient per action and set was calculated. Binary logistic regression was used to verify the association of the performance coefficients with victory of the set. The serve performance coefficient classified as "good" proved to be a major victory predictor set (OR= 29.46), followed by set classified as "good" (OR= 15.87), and attack classified as "good" (OR= 7.32). The serve is the major predictor in the present study, followed by serve and attack. These results suggest that serve should be prioritized in training, as it increases the chances of victory.
Descritores: Desempenho Atlético/educação
Voleibol
-Educação Física e Treinamento
Instituições Acadêmicas
Esportes/educação
Eficiência
Aspectos Técnicos
Atletas/educação
Tutoria
Professores Escolares
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135523
Autor: Enikawati, Marianti; Fauziah, Eva; Budiardjo, Sarworini Bagio.
Título: Effect of First Aid Management of Dental Avulsion Posters on Primary School Teachers Knowledge
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;20:e0061, 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: HIBAH PITTA.
Resumo: Abstract Objective: To investigate the effect of deploying a "First Aid Management of Dental Avulsion" poster in a primary school setting to improve teachers' knowledge. Material and Methods: The present study was conducted at public primary schools in central Jakarta, with 54 teachers meeting the inclusion criteria. The questionnaire contained 13 questions, divided into two sections. The first section consisted of questions about sex, age, education, length of service, field of education, and whether the teacher had received first aid management education before. The second section consisted of 7 questions about the teacher's knowledge regarding dental avulsion and its management. Baseline knowledge was defined by using a questionnaire and then teachers were shown the educational poster covering the first aid management of dental avulsion. Next, the teachers answered a post-education questionnaire, which included the same questions as the first questionnaire. A paired t-test or Wilcoxon's signed-rank test was used based on the distribution of data to determine the significance of the differences between before and after education. Results: The median score before reading the poster was 5, while the median score after reading it was 10. The difference was statistically significant. Conclusion: "First Aid Management of Dental Avulsion" poster could improve the knowledge of primary school teachers in Jakarta.
Descritores: Avulsão Dentária/diagnóstico
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Traumatismos Dentários/prevenção & controle
Primeiros Socorros
Professores Escolares
-Inquéritos e Questionários
Estatísticas não Paramétricas
Indonésia/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  9 / 194 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1091935
Autor: Conejo, L Diego; Carmiol, Ana M.
Título: Conocimientos sobre la lectoescritura emergente y prácticas en las aulas para su promoción: Un estudio con docentes de Educación preescolar en Costa Rica / Emergent Literacy Knowledge and Classroom Practices for its promotion: a Study with Preschool Education Teachers in Costa Rica
Fonte: Rev. Costarric. psicol;36(2):105-121, jul.-dic. 2017. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Las concepciones y los conocimientos docentes afectan la práctica docente y esta, a su vez, influye en los logros de desarrollo en lectoescritura emergente de los niños preescolares. Esta investigación explora las valoraciones docentes de prácticas efectivas en el aula para la promoción de la lectoescritura emergente y sus conocimientos sobre conciencia fonológica y fonemas. Una muestra conformada por 284 docentes a cargo de salones de educación preescolar contestó un cuestionario en línea. Los resultados indicaron diferencias según tipo de universidad en la cual se tituló la docente. Las docentes graduadas de universidades públicas otorgaron mayor importancia a prácticas efectivas en el aula para la promoción de la lectoescritura emergente que las docentes graduadas de universidades privadas. Si bien la mayoría de participantes consideró la conciencia fonológica como un factor importante para el desarrollo de la lectoescritura, los conocimientos sobre esta fueron deficientes en toda la muestra. Igualmente, los conocimientos docentes sobre los fonemas y su habilidad para identificarlos en palabras concretas también fueron deficientes. Estos y otros hallazgos se discuten a la luz de sus implicaciones para la promoción de la calidad en la educación preescolar costarricense.

Abstract Teachers' conceptions and knowledge affect their practices, and teachers' practices influence preschoolers' early literacy development. This study explores how much teachers value classroom practices previously proven to be effective in promoting early literacy development, and how much teachers know about phonological awareness and phonemes. A sample of 284 preschool teachers filled out an online questionnaire. Results showed differences as a function of the kind of university where teachers obtained their university degree. Teachers who graduated from public universities considered practices proven to be effective to promote early literacy more important than teachers who graduated from private universities. Although most participants considered phonological awareness an important factor for early literacy development, knowledge about it was deficient across the whole sample. Teachers' knowledge about phonemes and their abilities to identify phonemes in specific words were deficient. Findings are discussed in light of their implications for promoting quality preschool education in Costa Rica.
Descritores: Leitura
Critérios de Admissão Escolar
Redação
Educação Pré-Escolar
Professores Escolares/psicologia
Transtornos da Linguagem
-Costa Rica
Educação
Fonoaudiologia
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Revisão
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  10 / 194 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1091756
Autor: Silva, Mirella Cassia da; Arantes, Ana; Elias, Nassim Chamel.
Título: Uso de histórias sociais em sala de aula para crianças com autismo / Uso de historias sociales en clase para niños con autismo / Use of social stories in classroom to children with autism
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e43094, 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Indivíduos com o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) podem apresentar déficits em comportamentos sociais, como linguagem e interações interpessoais. Intervenções utilizando histórias sociais têm mostrado resultados promissores no ensino de comportamentos socialmente adequados e na redução de comportamentos socialmente inadequados em sala de aula, entre outros ambientes. Histórias sociais são personalizadas a partir do repertório comportamental de cada criança e apresentam as contingências de reforçamento envolvidas no comportamento desejado, no próprio ambiente em que o comportamento ocorre. O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos da apresentação de histórias sociais na aprendizagem de comportamentos adequados e na redução de comportamentos inadequados de crianças com TEA em sala de aula. Os participantes foram dois meninos de seis e nove anos de idade, com diagnóstico de TEA, que apresentavam comportamentos inadequados diante de demanda social em ambiente escolar. Comportamentos-alvo para cada participante foram inseridos nas histórias sociais que mostravam as contingências do comportamento inadequado e da resposta alternativa adequada. Antes do início do período em que os comportamentos ocorriam com maior frequência, as histórias foram lidas para as crianças e as frequências dos comportamentos-alvo foram registradas durante a aula. Comportamentos adequados eram reforçados e os inadequados eram seguidos de procedimentos de correção. Os resultados indicaram aumento nos comportamentos adequados e diminuição nos inadequados para os dois participantes, e a diminuição da frequência de outros comportamentos inadequados não tratados diretamente na história social como efeito do engajamento em repertórios adequados de participação nas tarefas em sala de aula. Portanto, as histórias sociais parecem representar uma estratégia promissora na redução de comportamentos inadequados e aumento de adequados em sala de aula, com tempo curto de aplicação e baixo custo de construção dos materiais utilizados.

RESUMEN Los individuos con autismo pueden presentar déficit en comportamientos sociales, como lenguaje e interacciones interpersonales. Las intervenciones que utilizan historias sociales han apuntado resultados prometedores en la enseñanza de comportamientos socialmente adecuados y en la reducción de comportamientos socialmente inadecuados en clase, entre otros ambientes. Las historias sociales son personalizadas a partir del repertorio conductual de cada niño y presentan las contingencias de refuerzo involucradas en el comportamiento deseado, en el propio ambiente en que el comportamiento ocurre. El objetivo de este estudio fue verificar los efectos de la presentación de historias sociales en el aprendizaje de comportamientos adecuados y en la reducción de comportamientos inadecuados de niños con autismo en clase. Los participantes fueron dos niños de 6 y 9 años de edad, con diagnóstico de autismo, que presentaban comportamientos inadecuados ante demanda social en ambiente escolar. Los comportamientos objetivo para cada participante fueron insertados en las historias sociales que mostraban las contingencias del comportamiento inadecuado y de la respuesta alternativa adecuada. Antes del inicio del período en que los comportamientos ocurrían con más frecuencia, las historias fueron leídas para los niños y las frecuencias de los comportamientos objetivo se registraron durante la clase. Los comportamientos adecuados se reforzaban y los inadecuados se seguían de procedimientos de corrección. Los resultados indicaron aumento en los comportamientos adecuados y disminución en los inadecuados para los dos participantes, y también la disminución de la frecuencia de otros comportamientos inadecuados no tratados directamente en la historia social como efecto del compromiso en repertorios adecuados de participación en las tareas en el aula. Por lo tanto, las historias sociales parecen representar una estrategia prometedora en la reducción de comportamientos inadecuados y aumento de adecuados en el aula, con tiempo corto de aplicación y bajo costo de construcción de los materiales utilizados.

ABSTRACT Individuals with Autism Spectrum Disorder (ASD) may present deficits in social behaviors such as language and interpersonal interactions. Interventions that use social stories have shown promising results in teaching socially appropriate behaviors and in reducing socially inappropriate behaviors in the classroom, among other environments. Social stories are personalized from behavioral repertoire of each child and present the contingencies of reinforcement involved in the desired behavior, in the very environment in which the behavior occurs. The aim of this study was to verify the effects of social stories in the learning of appropriate behaviors and in the reduction of inappropriate behaviors of children with ASD in the classroom. The participants were two boys, 6 and 9 years old, diagnosed with ASD, who presented inadequate behaviors in response to social demands in school environment. Target behaviors for each participant were inserted into social stories that showed contingencies of inappropriate behavior and the appropriate alternative response. Before the beginning of the period in which the behaviors occurred more frequently, the stories were read to the children and the frequencies of target behaviors were recorded during class. Appropriate behaviors were encouraged and inappropriate ones were followed by correction procedures. Results indicated an increase in appropriate behaviors and a decrease in inappropriate behaviors for both participants, as well as a decrease in frequency of other inappropriate behaviors not directly addressed in the social stories as an effect of engagement in adequate repertoires of participation in classroom tasks. Therefore, social stories seem to represent a promising strategy in reducing inappropriate behaviors and increasing appropriate ones in the classroom, with short application time and low cost of construction of the materials used.
Descritores: Ensino/psicologia
Transtorno do Espectro Autista/psicologia
História
-Leitura
Instituições Acadêmicas/tendências
Ajustamento Social
Comportamento Social
Análise e Desempenho de Tarefas
Comunicação
Habilidades Sociais
Professores Escolares/psicologia
Relações Interpessoais
Aprendizagem
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde