Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.686.508.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 811 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 82 ir para página                         

  1 / 811 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1140340
Autor: Santos, Layse Tatiane Ferreira; Lopes, Ignês Beatriz Oliveira.
Título: Educação em saúde em comunidades quilombolas: revisão de literatura / Health education in quilombola communities: a literature review / Educación en salud en comunidades quilombolas: revisión de literatura
Fonte: Rev. baiana saúde pública;43(Supl. 1):125-137, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Um dos aportes da promoção de saúde é a educação em saúde, que visa contribuir com o aumento do conhecimento sobre saúde pela comunidade. As comunidades quilombolas são grupos étnico-raciais, minoritários dentro da população negra, que enfrentam algumas dificuldades no acesso aos serviços e ações de educação em saúde. O objetivo deste estudo é realizar uma revisão exploratória da literatura referente às ações de educação em saúde realizadas em comunidades quilombolas brasileiras. Trata-se de uma revisão de literatura, executada nas bases de dados LILACS, PubMed/Medline e SciELO, além de busca nas listas de referências de outros estudos publicados com essa temática. De maneira geral, os estudos encontrados, apontaram algumas das deficiências e necessidades das populações quilombolas, mesmo não sendo demandas espontâneas ou levantadas pela própria comunidade, a utilização de instrumentos aplicados pré e pós intervenção em alguns deles, demonstraram que as atividades contribuíram para a ampliação do conhecimento dos sujeitos sobre sua própria saúde. A educação, a informação e a comunicação em saúde são elementos constitutivos da promoção da saúde, que, segundo a concepção ampliada de saúde, é base constitutiva dos princípios do Sistema Único de Saúde. Por isso, é importante que se criem estratégias para execução de ações de educação em todos os níveis. Neste estudo, constatou-se que a literatura a respeito do tema educação em saúde ainda pode ser muito desenvolvida, principalmente quando se trata de comunidades quilombolas, especificamente.

One of the contributions of health promotion is health education, which helps increases community health knowledge. Quilombola communities are ethnic-racial groups, a minority within the black population, which face some difficulties in accessing health education services and actions. The objective of this study is to carry out an exploratory review of the literature regarding health education actions developed in Brazilian Quilombola communities. This is a review of the literature found in Lilacs, PubMed/Medline and SciELO databases, as well as from searching the reference lists of other studies published on the subject. In general, the studies found pointed out some of the deficiencies and needs of Quilombola populations, even though they were not spontaneous demands raised by the community itself, the use of instruments applied before and after intervention in some of them demonstrated that the activities contributed to the expansion of the subjects' knowledge about their own health. Health education, information and communication were shown to be constitutive elements of health promotion, which according to the broader conception of health is a constitutive basis for the principles of our Unified Health System. It is therefore important to create strategies for implementing educational actions at all levels. The literature on the topic of health education still needs to be further explored, especially when dealing with quilombola communities, specifically.

Uno de los aportes de la promoción de la salud es la educación en salud, que pretende contribuir con el aumento del conocimiento sobre salud por parte de la comunidad. Las comunidades quilombolas son grupos étnico-raciales, minoritarios dentro de la población negra, que enfrentan algunas dificultades en el acceso a los servicios y acciones de educación en salud. El objetivo de este estudio es realizar una revisión exploratoria de la literatura referente a las acciones de educación en salud realizadas en comunidades quilombolas brasileñas. Se trata de una revisión de la literatura, realizada en las bases de datos Lilacs, PubMed/Medline y SciELO, además de búsqueda en las listas de referencias de otros estudios publicados sobre esa temática. En general, los estudios encontrados señalaron algunas deficiencias y necesidades de las poblaciones quilombolas, si bien no fueron demandas espontáneas o planteadas por la propia comunidad, el uso de instrumentos aplicados pre- y posintervención en algunas de ellas demostró que las actividades contribuyeron a la expansión del conocimiento de los sujetos sobre su propia salud. La educación, la información y la comunicación en salud son elementos constitutivos de la promoción de la salud, que, según la concepción ampliada de salud, es base constitutiva de los principios de nuestro Sistema Único de Salud; por lo que es importante la creación de estrategias para ejecutar acciones de educación en salud a todos los niveles. En este estudio, se constató que la literatura acerca del tema educación en salud aún puede desarrollarse más, especialmente cuando se trata de comunidades quilombolas.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Grupos Étnicos
Educação em Saúde
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Promoção da Saúde
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1146053
Autor: Ribeiro, Juliane Portella; Gomes, Giovana Calcagno; Vicente, Bruna Gil; Soares, Marilu Correa; Braga, Luiza Rocha; Santos, Elitiele Ortiz dos.
Título: Perfil do adolescente usuário de crack em tratamento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas / Profile of adolescent user of crack in treatment in the Psychosocial Care Center Alcohol and Drugs / Perfil del adolescente usuario de crack en tratamiento en el Centro de Atención Psicosocial Alcohol y Drogas
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);13:41-49, jan.-dez. 2021. graf, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Caracterizar o perfil dos adolescentes usuários de crack em tratamento no CAPS ADIII de Pelotas/ Rio Grande do Sul. Método: estudo descritivo de abordagem quantitativa realizado com 14 adolescentes usuários de crack em tratamento no CAPS ADIII. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas utilizando o instrumento Teen Addiction Severity Index. Na análise dos dados empregou-se a estatística descritiva através de frequência simples. Resultados: a maioria é do sexo masculino, entre 13 e 17 anos, solteiros, negros. O início do uso de drogas variou de oito e 17 anos. Apresentam ensino fundamental incompleto e abandono escolar. Identificou-se o uso de cocaína/crack e a relação com atividades ilegais. Constatou-se a existência de conflitos familiares. O uso de substancias também é identificado entre os amigos próximos. Conclusão: os resultados apontam para a necessidade de investimentos em ações de promoção à saúde e prevenção ao uso de substâncias

Objective: To characterize the profile of adolescent user of crack in treatment in the CAPS ADIII in Pelotas/Rio Grande do Sul. Method: a descriptive study with a quantitative approach performed with 14 teenage users of crack treatment in the CAPS ADIII. The data collection occurred through interviews using the Teen Addiction Severity Index. In the data analysis was employed descriptive statistics through simple frequency. Results: the majority are male, between 13 and 17 years old, single, black. The onset of drug use ranged from eight to 17 years. They present incomplete elementary education and drop out of school. It was identified the use of cocaine/crack and the relation with illegal activities. The existence of family conflicts was verified. Substance use is also identified among close friends. Conclusion: the results point to the need for investments in actions to promote health and prevent substance use

Objetivo: Caracterizar el perfil del adolescente usuario de crack en tratamiento en el CAPS ADIII de Pelotas/Rio Grande do Sul. Método: estudio descriptivo de abordaje cuantitativo realizado con 14 adolescentes usuarios de crack en tratamiento en el CAPS ADIII. La recolección de datos ocurrió a través de entrevistas utilizando el instrumento Teen Addiction Severity Index. En el análisis de los datos se empleó la estadística descriptiva a través de frecuencia simple. Resultados: la mayoría es del sexo masculino, entre 13 y 17 años, solteros, negros. El inicio del uso de drogas varía de ocho a 17 años. Se presenta una enseñanza fundamental incompleta y abandono escolar. Se identificó el uso de cocaína/crack y la relación con actividades ilegales. Se constató la existencia de conflictos familiares. El uso de sustancias también se identifica entre los amigos cercanos. Conclusión: los resultados apuntan a la necesidad de inversiones en acciones de promoción a la salud y prevención del uso de sustancias
Descritores: Cocaína Crack
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Promoção da Saúde
Serviços de Saúde Mental
-Evasão Escolar
Cocaína
Saúde do Adolescente
Prevenção de Doenças
Conflito Familiar
Usuários de Drogas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  3 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096975
Autor: Nascimento, Andrea dos Santos; Souza, Gabriela Faria de; Silva, Maiara da; Oliveira, Mário Silva de.
Título: "Pretitude" e o Afroperspectivismo em Psicoterapia: Desafios para a Abordagem Gestáltica / "Pretitude" and Afroperspectivism in Psychotherapy: Challenges for the Gestalt Approach / "Pretitude" y Afroperspectivismo en Psicoterapia: Desafíos para el Enfoque de la Gestalt
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;19(4):927-946, mar. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Apresentamos a intervenção do projeto de extensão "Gestalt-Terapia, escuta e acolhimento psicológico de grupos", realizado desde 2018 por alunos extensionistas negros do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Espírito Santo utilizando a abordagem Gestáltica. O objetivo é desenvolver a prática do acolhimento psicológico de grupos, para homens e mulheres negras, principalmente universitários. Para tanto, foram realizados 07 encontros no ano de 2018 (04 participantes) e 15 encontros no ano de 2019 (07 participantes), sendo 04 mulheres e 07 homens, com idades entre 19 e 45 anos. Os encontros aconteceram no Núcleo de Psicologia Aplicada em horário noturno. Os principais recursos terapêuticos são provenientes da expressão verbal e corporal, entretanto, músicas, vivências e atividades de colagens foram agregadas. Os resultados parciais indicaram que os encontros grupais proporcionaram cuidado e reconhecimento de si, do mundo e do outro, e melhora da autoestima na população assistida. Os participantes reconheceram muitos processos que interrompem as trocas afetivas, como resultado do racismo estrutural que a população negra brasileira vivencia. A consciência corporal e afetiva possibilitou uma reaproximação dos afetos positivos entre pessoas negras, de modo a reafirmar as características positivas dessa população. (AU)

We present the intervention of the extension project "Gestalt-Therapy, listening and psychological reception of groups", conducted since 2018 by black extension students of the Psychology Course of the Federal University of Espírito Santo using the Gestaltic approach. The objective is to develop the practice of psychological group reception for black men and women, mainly university students. To this end, 07 meetings were held in 2018 (04 participants) and 15 meetings in 2019 (07 participants), 04 women and 07 men, aged 19 to 45 years old. The meetings took place at the Center for Applied Psychology at night time. The main therapeutic resources came from verbal and body expression, however, songs, experiences and collage activities were added. The partial results indicated that the group meetings provided care and recognition of self, of the world and the other, it also improved self-esteem in the assisted population. The participants recognized many processes that interrupt affective exchanges as a result of the structural racism that the black Brazilian population experiences. Body and affective awareness made it possible to re-approach positive affections among black people in order to reaffirm the positive characteristics of this population. (AU)

Presentamos la intervención del proyecto de extensión "Terapia Gestalt, escucha y acogimiento psicológico de grupos", realizado desde 2018 por estudiantes negros extensionistas del Curso de Psicología de la Universidad Federal do Espírito Santo utilizando el enfoque Gestáltico. El objetivo es desarrollar una práctica de acogimiento psicológico de grupos, para hombres y mujeres negros, principalmente estudiantes universitarios. Para esto, fue realizado 07 encuentros en el año de 2018 (04 participantes) y 15 encuentros en el año de 2019 (07 participantes), siendo 04 mujeres y 07 hombres, con edades comprendidas entre 19 y 45 años. Los encuentros ocurrieron en el Núcleo de Psicología Aplicada en horario nocturno. Los principales recursos terapéuticos provenían de la expresión verbal y corporal, sin embargo, se agregaron la música, las experiencias y actividades de collage. Los resultados parciales indicaron que los encuentros grupales proporcionaron cuidado y reconocimiento de sí mismos, del mundo y del otro, y mejoraron la autoestima de la población asistida. Los participantes reconocieron muchos procesos que interrumpieron, destacándose los intercambios afectivos como resultado de un racismo estructural que la populación negra brasileña experimenta. La consciencia corporal y afectiva posibilitó una reaproximación de los afectos positivos entre personas negras, a modo de reafirmar las características positivas de esta populación. (AU)
Descritores: Psicoterapia
Terapia Gestalt
-Autoimagem
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Racismo
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A


  4 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1145150
Autor: Durand, Michelle Kuntz; Heidemann, Ivonete Teresinha Schülter Buss.
Título: Quilombola women and Paulo Freire's research itinerary / Mujeres quilombolas y el itinerario de investigación de Paulo Freire / Mulheres quilombolas e o itinerário de pesquisa de Paulo Freire
Fonte: Texto & contexto enferm;29:e20180270, Jan.-Dec. 2020.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to understand the relationship of social determinants in health promotion for women living in a quilombola community, through Paulo Freire's Research Itinerary. Method: a qualitative study, with a participatory character, developed through Paulo Freire's Research Itinerary. Ten quilombola women aged between 24 and 54 years, living in the Morro do Fortunato Community, Garopaba, Brazil, participated in the study from April to June 2016. During the three-month-period, the thematic research, codification, decoding and critical unveiling were performed. Results: 20 generating themes were initially investigated which were coded and decoded in eight and unveiled in two significant themes, quilombola women and access, which, when unveiled, deepened the empowerment and the relationship with health promotion in this community. Conclusion: this study enabled women to be aware of their realities and consequent empowerment and fruitful reflections which provided an increase in self-esteem, appreciation and self-care, as well as the perception of their strengths, often muted by the adversities of the day to day.

RESUMEN Objetivo: comprender la relación de los determinantes sociales en la promoción de la salud de las mujeres que viven en una comunidad de quilombolas, a través del Itinerario de Investigación de Paulo Freire. Método: estudio cualitativo, de carácter participativo, desarrollado a través del Itinerario de Investigación de Paulo Freire. Diez mujeres quilombolas de entre 24 y 54 años, que viven en la Comunidad Morro do Fortunato, Garopaba, Brasil, participaron en el estudio de abril a junio de 2016. En el transcurso de estos tres meses, se llevaron a cabo las etapas de investigación temática, codificación, decodificación y presentación crítica. Resultados: inicialmente, se investigaron 20 temas generadores, se codificaron y decodificaron en ocho y se revelaron en dos temas importantes, las mujeres quilombolas y el acceso, que, cuando se revelaron, profundizaron el empoderamiento y la relación con la promoción de la salud en esta comunidad. Conclusión: este estudio permitió el despertar de las mujeres ante sus realidades y el consiguiente empoderamiento y reflexiones fructíferas a las que proporcionaron un aumento de la autoestima, el aprecio y el cuidado personal, así como la percepción de sus fortalezas a menudo amortiguadas por las adversidades del día a día.

RESUMO Objetivo: compreender a relação dos determinantes sociais na promoção da saúde de mulheres moradoras de uma comunidade quilombola, por meio do Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire. Método: estudo de abordagem qualitativa, com caráter participativo, desenvolvido por meio do Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire. Participaram do estudo dez mulheres quilombolas com idade entre 24 e 54 anos, moradoras da Comunidade Morro do Fortunato, Garopaba, Brasil entre os meses de abril a junho de 2016. No transcorrer desses três meses foram realizadas as etapas da investigação temática, a codificação, descodificação e o desvelamento crítico. Resultados: inicialmente foram investigados 20 temas geradores sendo codificados e descodificados em oito e desvelados em duas temáticas significativas, mulheres quilombolas e o acesso, que ao serem desvelados aprofundaram o empoderamento e a relação com a promoção da saúde dessa comunidade. Conclusão: este estudo possibilitou o despertar das mulheres perante suas realidades e consequente empoderamento e frutíferas reflexões às quais proporcionaram a elevação da autoestima, da valorização e cuidado de si, assim como a percepção de suas potencialidades e fortalezas muitas vezes abafadas pelas adversidades do dia a dia.
Descritores: Pesquisa
Mulheres
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Empoderamento
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  5 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-728995
Autor: Teixeira, Carmen Fontes; Araújo, Marcos Vini­cius Ribeiro de.
Título: Formulação da política de saúde da população negra em Salvador: atores e propostas / Formulación de la política de salud de la población negra en Salvador: actores y propuestas / Formulation of the health policy of the black population in Salvador: actors and proposals
Fonte: Rev. baiana saúde pública;37(4), out.-dez. 2013. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O reconhecimento da problemática da saúde da população negra tem subsidiado a mobilização social em torno da formulação de políticas e programas específicos nas três esferas de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo deste artigo é descrever e analisar o processo de formulação da Política de Saúde da População Negra ocorrido em Salvador, no período 2005­2006, com base em extensa revisão documental e análise de entrevistas realizadas com informantes-chave que participaram direta ou indiretamente do processo. Os resultados incluem a caracterização do contexto, a identificação dos atores e a descrição do processo político-institucional desenvolvido pelo Grupo de Trabalho de Saúde da População Negra, criado no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde em 2005, bem como a análise dos problemas identificados e as propostas elaboradas e formalizadas no Plano Municipal de Saúde 2006­2009.

The recognition of the health problem of the black population has subsidized social mobilization around the formulation of specific policies and programs in the three spheres of management of the Unified Health System (SUS). The purpose of this article is to describe and analyze the process of formulating the Health Policy of the Black Population that took place in Salvador, in the 2005­2006 period, based on an extensive document review and analysis of interviews with key informants who participated directly or indirectly in the process. The results include the characterization of the context, the identification of the actors and the description of the political-institutional process developed by the Black Population Health Working Group, created within the scope of the Municipal Health Secretariat in 2005, as well as the analysis of the problems identified and the proposals prepared and formalized in the 2006­2009 Municipal Health Plan.

El reconocimiento del problema de salud de la población negra ha subsidiado la movilización social en torno a la formulación de políticas y programas específicos en los tres ámbitos de gestión del Sistema Único de Salud (SUS). El propósito de este artículo es describir y analizar el proceso de formulación de la Política de Salud de la Población Negra que tuvo lugar en Salvador, en el período 2005-2006, a partir de una extensa revisión documental y análisis de entrevistas con informantes clave que participaron directa o indirectamente en la proceso. Los resultados incluyen la caracterización del contexto, la identificación de los actores y la descripción del proceso político-institucional desarrollado por el Grupo de Trabajo de Salud de la Población Negra, creado en el ámbito de la Secretaría Municipal de Salud en 2005, así como el análisis de los problemas identificados y las propuestas elaboradas y formalizadas en el Plan Municipal de Salud 2006-2009.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Saúde da População
Política de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  6 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Texto completo
Id: lil-789017
Autor: Farias, Katia Peres; Crossetti, Maria da Graça Oliveira; Portella, Marta Georgina Oliveira de Góes; Portella, Vera Catarina.
Título: Práticas em saúde: ótica do idoso negro em uma comunidade de terreiro / Prácticas en salud: visión del anciano negro en una comunidad religiosa afrobrasileña / Health practices: the view of the black elderly population in a terreiro community
Fonte: Rev. bras. enferm;69(4):633-640, jul.-ago. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: compreender as práticas de saúde na ótica do idoso negro em uma comunidade de terreiro. Método: estudo qualitativo, descritivo, sob o referencial do paradigma civilizatório negro-africano constituído pelo complexo cultural negro-africano e pelos elementos estruturantes da cosmovisão africana. Realizadas entrevistas semiestruturadas, de julho a setembro de 2013, com seis idosos negros que pertenciam a uma comunidade de terreiro em Porto Alegre, RS. Resultados: da análise de conteúdo temática emergiram as categorias: Ancestralidade; O caminho para saber e fazer saúde; Saberes e práticas em saúde na comunidade de terreiro; e Complementaridade: fazer saúde no terreiro e medicina tradicional e suas respectivas subcategorias. Conclusão: compreendeu-se a importância dos saberes e práticas das tradições de matriz africana no modo de viver e na forma de produção de saúde sob a ótica do idoso negro o que contribui para o planejamento e intervenções de enfermagem adequadas às necessidades dessa população idosa.

RESUMEN Objetivo: comprender las prácticas de salud en la visión del anciano negro en una comunidad religiosa afrobrasilena. Método: estudio cualitativo, descriptivo, utilizando referencial del paradigma civilizatorio negro-africano, constituido por el complejo cultural negro-africano y por elementos estructurales de la cosmovisión africana. Entrevistas semiestructuradas realizadas de julio a setiembre de 2013 con seis ancianos negros pertenecientes a comunidad religiosa afrobrasilena de Porto Alegre-RS. Resultados: del análisis de contenido temático emergieron las categorias: Ascendencia; Camino para saber y hacer salud; Saberes y prácticas en salud en comunidad religiosa afrobrasilena; y Complementariedad: hacer salud en comunidad religiosa afrobrasilena y medicina tradicional y sus respectivas subcategorias. Conclusión: se comprendió la importancia de saberes y prácticas de tradiciones de matriz africana en el modo de vida y forma de producción de salud en la visión del anciano negro, lo que contribuye a planificar intervenciones de enfermería adecuadas a las necesidades de esta población anciana.

ABSTRACT Objective: to understand health practices of black, elderly people in a terreiro community (community of followers of traditional African-Brazilian religions). Method: qualitative descriptive study under the Black-African paradigm of civilization constituted by the Black-African cultural complex and the structuring elements of the African cosmovision. Semi-structured interviews were carried out from July to September 2013, with six black older people from a terreiro community in Porto Alegre, RS. Results: thematic content analysis resulted in the following categories: Ancestry; Belonging: the way to know and practice health; Health knowledge and practices in terreiro communities; and Complementarity: promoting health in the terreiro and traditional medicine and its respective subcategories. Conclusion: the study understood the importance of having a knowledge of the practices of African traditions in both the lifestyle and health of the older black population to help with nursing planning and interventions in response to their needs.
Descritores: Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Características Culturais
Grupo com Ancestrais do Continente Africano/psicologia
-Brasil
Características de Residência
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120496
Autor: Cordeiro, Rosa Cândida.
Título: Práticas de discriminação racial e de gênero na atenção à saúde de mulheres negras com anemia falciforme / Racial and gender discrimination procedures on behalf of African Brazilian women with sickle-cell anemia.
Fonte: Salvador; s.n; 2007. 91P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Esta dissertação tem como objetivos: analisar práticas de discriminação racial e de gênero nos serviços de saúdes relatadas por mulheres negras com anemia falciforme e identificar e descrever práticas de discriminação racial e de gênero relacionadas ao acesso e a permanência de mulheres negras com diagnóstico de anemia falciforme nos serviços de saúde. A pesquisa foi de natureza qualitativa descritiva. O campo empírico foi a cidade de Salvador e o lócus da pesquisa foi o Distrito Sanitário Cabula/Beiru. Foram entrevistadas dez mulheres com anemia falciforme que se auto-declararam pretas ou pardas. Para coleta de dados utilizou-se a entrevista semi-estruturada e a observação participante, orientada por roteiros específicos. Os dados foram organizados utilizando-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), que consiste em agregar num só discurso-síntese conteúdos discursivos semelhantes. Os depoimentos foram analisados e destes extraídos as idéias centrais equivalentes e respectivas expressões chave para posteriormente com a organização dos depoimentos construir os Discursos do Sujeito Coletivo que descrevem as marcas da anemia falciforme no corpo e na vida dessas mulheres, o tratamento injusto, descortês ou humilhante percebido nas práticas e na organização dos serviços, a conversa depreciativa e a internalização da opressão nos fornecendo pistas de como se concretiza a discriminação racial e de gênero nos serviços de saúde. Os resultados mostram como a vida dessas mulheres foi fortemente marcada pela doença e pelas questões de gênero, raça e classe. Nos fornecem também pistas de como a discriminação racial e de gênero se concretiza dificultando o acesso e a permanência dessas mulheres nos serviços de saúde.(AU)
Descritores: Serviços de Saúde da Mulher
Saúde da Mulher
Racismo
Anemia Falciforme
-Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Vulnerabilidade em Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  8 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1000016
Autor: González Castillo, Daniel David; Martínez Torres, Paúl Santiago; Villacís Vaca, Verónica del Pilar; Villacís Tamayo, Rómulo Abad.
Título: Esclerosis Sistémica en el Hospital Carlos Andrade Marín / Systemical sclerosis in Carlos Andrade Marin Hospital
Fonte: Cambios rev. méd;16(1):40-42, ene. - 2017. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La esclerosis sistémica es una enfermedad crónica multisistémica, caracterizada por alteraciones vasculares, activación inmune y fibrosis de tejidos y órganos. Materiales y métodos: Estudio descriptivo. Pacientes con diagnóstico de Esclerosis Sistémica que cumplieron los criterios de clasificación ACR-EULAR 2013, atendidos en la Unidad de Reumatología del Hospital Carlos Andrade Marín durante el año 2015. Resultados: De 80 pacientes, 18 presentaron esclerosis sistémica en su forma CREST; 32 como CREST incompleto; 14 en la forma difusa; uno con esclerosis sistémica sin esclerosis cutánea; 13 con síndrome de superposición; y, 2 con EMTC. Discusión: Las características clínicas y epidemiológicas de nuestros pacientes coincidieron con las descritas a nivel internacional.

Introduction: Systemic sclerosis is a chronic multisystemic disease characterized by vascular disorders, immune activation, organ and tissue fibrosis. Methods: Descriptive study. Patients diagnosed with systemic sclerosis who met the criteria ACR- EULAR classification 2013, that receive medical care at Carlos Andrade Marín hospital. Results: Prevalence: From 80 patients,18 had systemic sclerosis, full CREST form; 32 had incomplete CREST form; 14 had a diffuse form; one had systemic sclerosis without cutaneous impairment; 13 had overlaping syndrome and two EMTC. Discusion: Clinical and epidemiological characteristics of our patients were consistent with those described in the medical literature.
Descritores: Escleroderma Sistêmico
Incidência
Prevalência
Múltiplas Afecções Crônicas
-Mulheres
Fibrose
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: EC162.1


  9 / 811 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1145220
Autor: Silva, Tatiana Dias; Silva, Sandro Pereira.
Título: Trabalho, população negra e pandemia: notas sobre os primeiros resultados da PNAD Covid-19 / Nota Técnica n. 46 (Diest) : Trabalho, população negra e pandemia: notas sobre os primeiros resultados do PNAD Covid-19.
Fonte: Brasília; IPEA; 2020. 14 p. graf. (Nota Técnica / IPEA. Diest, 46).
Idioma: pt.
Resumo: Servindo-se dos dados apresentados recentemente pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios no âmbito da pandemia (PNAD Covid-19), desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), procuramos compartilhar algumas reflexões sobre a condição laboral da população negra no Brasil. A PNAD Covid-19 visa captar tanto aspectos da crise sanitária quanto seus efeitos no mundo do trabalho a partir de um painel domiciliar, com informações obtidas por contato telefônico (IBGE, 2020a). O questionário é composto por três seções: saúde (sintomas, providências e atendimento médico), trabalho (ocupação, trabalho remoto, afastamento, busca por ocupação e rendimento do trabalho) e rendimentos além do trabalho. O texto encontra-se então organizado da seguinte forma: na seção 2, é apresentado um panorama sucinto sobre as condições do mercado de trabalho brasileiro anteriormente aos efeitos da pandemia; na seção 3, são discutidos alguns dos principais resultados das mudanças do mercado de trabalho brasileiro durante a pandemia e suas diferenças em termos raciais; por fim, são tecidas as conclusões na seção 4.
Descritores: Brasil
Coronavirus
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Infecções por Coronavirus
Mercado de Trabalho
Pandemias
-Brasil
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
[{"text": "BR1541.1"}]


  10 / 811 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-784393
Autor: Boa Sorte, Elionara Teixeira; Nascimento, Enilda Rosendo do; Ferreira, Sílvia Lúcia.
Título: Conhecimento de mulheres quilombolas sobre o câncer do colo uterino / Knowledge of quilombola women about uterine cervical cancer / Conocimiento de mujeres quilombolas sobre el cáncer del colo uterino
Fonte: Rev. baiana enferm;30(1), 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: descrever o conhecimento de mulheres quilombolas sobre o câncer de colo uterino. Metodologia: estudodesenvolvido em comunidade quilombola, localizada no estado da Bahia. Os dados foram obtidos por meio deentrevista semiestruturada e oficina feminista, no período de julho a setembro de 2014. Resultados: as mulheresdemonstraram dificuldade de entendimento sobre a doença e sua localização, sendo identificada como perigosa, feiae que mata; associada ao uso de pílulas anticoncepcionais, à não observância de cuidados tradicionais em relação aoparto, pós-parto e ao exercício livre da sexualidade pelas jovens. Conclusão: ficou evidente o desconhecimento dasparticipantes sobre seu próprio corpo e sobre a etiopatogenia do câncer de colo uterino, mostrando a necessidadee a importância do estabelecimento de atividades educativas participativas.

Objective: describe the knowledge of Quilombola women about cervical cancer. Methodology: the study was conductedin a Quilombola community, located in the Brazilian state of Bahia. The data was collected through semi-structuredinterviews and feminist workshop, in the period from July to September 2014. Result: the women demonstrateddifficulty in understanding the disease and its location, and identified it as dangerous, ugly and as deadly; it wasassociated with the use of birth control pills, the non-respect of traditional care for childbirth, postpartum, and thefree exercise of sexuality by young people. Conclusion: the lack of knowledge of the participants about their own bodywas made evident and about the etiopathology of cervical cancer, demonstrating the necessity and importance ofestablishing participative educational activities

Meta: describir el conocimiento de mujeres Quilombolas sobre el cáncer de cuello uterino. Metodología: estudiodesarrollado en comunidad Quilombola, ubicada en el estado de Bahía. Los datos fueran obtenidos por mediode entrevista semiestructurada y taller feminista, en el periodo de julio a septiembre 2014. Resultado: las mujeresdemostraron dificultad de entendimiento sobre la enfermedad y su localización, siendo identificada como peligrosa,fea y que mata; está asociada al uso de píldora anticonceptiva, el incumplimiento de cuidados tradicionales enrelación al parto, postparto y al ejercicio libre de la sexualidad por las jóvenes. Conclusión: quedó evidente el desconocimiento de las participantes sobre su propio cuerpo y sobre la etiopatogenia del cáncer del cuello uterino,demostrando la necesidad y la importancia del establecimiento de actividades educativas participativas.
Descritores: Neoplasias do Colo do Útero
Saúde da Mulher
Agentes Comunitários de Saúde
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde



página 1 de 82 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde