Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.729 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 270 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 27 ir para página                         

  1 / 270 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961049
Autor: Sousa, Anderson Reis de; Pereira, Álvaro; Paixão, Gilvânia Patrícia do Nascimento; Pereira, Nadirlene Gomes; Campos, Luana Moura; Couto, Telmara Menezes.
Título: Repercussions of imprisonment for conjugal violence: discourses of men / Repercussões da prisão por violência conjugal: o discurso de homens / Repercusiones de prisión por violencia conyugal: el discurso de los hombres
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);24:e2847, 2016. graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia.
Resumo: ABSTRACT Objective: to know the consequences that men experience related to incarceration by conjugal violence. Methods: qualitative study on 20 men in jail and indicted in criminal processes related to conjugal violence in a Court specialized in Family and Domestic Violence against women. The interviews were classified based on Collective Subject Discourse method, using NVIVO(r) software. Results: the collective discourse shows that the experience of preventive imprisonment starts a process of family dismantling, social stigma, financial hardship and psycho-emotional symptoms such as phobia, depression, hypertension, and headaches. Conclusion: due to the physical, mental and social consequences of the conjugal violence-related imprisonment experience, it is urgent to look carefully into the somatization process as well as to the prevention strategies regarding this process.

RESUMO Objetivo: conhecer as repercussões da prisão por violência conjugal para os homens. Métodos: estudo qualitativo com 20 homens que foram presos e respondem a processo criminal por violência conjugal em uma Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. As entrevistas foram categorizadas com base no método do Discurso do Sujeito Coletivo, com auxílio do software NVIVO(r). Resultados: o discurso coletivo revela que a vivência da prisão preventiva desencadeia desagregação familiar, estigma social, dificuldades financeiras e sintomatologia de caráter psicoemocional, como fobia, depressão, hipertensão e cefaleia. Conclusão: diante das repercussões físicas, mentais e sociais de experienciar a prisão em decorrência de violência conjugal, urge um olhar acerca do processo de somatização do vivido, da mesma maneira que estratégias de prevenção do fenômeno.

RESUMEN Objetivo: conocer las repercusiones de prisión, por violencia conyugal, en los hombres. Métodos: estudio cualitativo con 20 hombres que fueron presos y responden por caso criminal de violencia conyugal, en una Juzgado de Violencia Doméstica y Familiar contra la Mujer. Las entrevistas fueron categorizadas con base en el método del Discurso del Sujeto Colectivo, con auxilio del software NVIVO(r). Resultados: el discurso colectivo revela que la vivencia de prisión preventiva desencadena desagregación familiar, estigma social, dificultades financieras y sintomatología de carácter psicoemocional, como fobia, depresión, hipertensión y cefalea. Conclusión: delante de las repercusiones físicas, mentales y sociales, de experimentar la prisión como consecuencia de violencia conyugal, es urgente examinar el proceso de somatización de esa experiencia, de la misma manera que encontrar estrategias de prevención de ese fenómeno.
Descritores: Prisioneiros
Violência Doméstica
-Entrevistas como Assunto
Saúde do Homem
Fatores Sociológicos
Transtornos Mentais/etiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  2 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1015327
Autor: Faccioli, José Luis; De Simone, Cecilia Jorgelina.
Título: Algunos psicofármacos disminuyeron la reincidencia de episodios de violencia en presos excarcelados / Some psychotropic drugs decreased the recidivism of episodes of violence in released prisoners
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;22(1):e001070, abr. 2019. tab..
Idioma: es.
Descritores: Prisioneiros/estatística & dados numéricos
Psicoterapia/estatística & dados numéricos
Psicotrópicos/administração & dosagem
Violência/estatística & dados numéricos
Crime/estatística & dados numéricos
-Prescrições de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Assistência ao Convalescente
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/terapia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  3 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-984781
Autor: Flores, Nelia Maria Portugal; Smeha, Luciane Najar.
Título: Mães presas, filhos desamparados: maternidade e relações interpessoais na prisão / Arrested mothers, helpless children: motherhood and interpersonal relationships in prison
Fonte: Physis (Rio J.);28(4):e280420, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste estudo foi elucidar a repercussão da prisão da mulher no âmbito da maternidade e das relações interpessoais, estabelecidas antes e durante o cumprimento da pena. Trata-se de pesquisa exploratória e transversal com delineamento qualitativo, com 15 participantes presas em regime fechado. Foram realizadas 13 entrevistas semiestruturadas e três grupos focais entre abril e julho de 2017. Os dados obtidos foram submetidos a uma análise de conteúdo. Concluiu-se que a precariedade das relações interpessoais estabelecidas durante o cumprimento da pena influencia na possibilidade do exercício da maternidade no contexto prisional. Por isso, é necessário investimento para mediar o ambiente prisional, a fim de torná-lo mais favorável às relações interpessoais entre as presas, o que poderá propiciar um ambiente menos hostil para o acolhimento de visitantes, tendo em vista o fortalecimento dos vínculos com filhos e familiares.

Abstract This study aimed to elucidate the repercussion of the imprisonment of women in the context of maternity and interpersonal relations established before and during the fulfillment of the sentence. This is an exploratory and cross-sectional research with a qualitative design, with 15 participants arrested in closed regime. A total of 13 semi-structured interviews and 3 focus groups were conducted between April and July 2017. The data were submitted to a content analysis. It was concluded that the precariousness of interpersonal relations, established during the fulfillment of the sentence, influence the possibilities of exercising maternity in the prison context. Therefore, investments are needed to mediate the prison environment, making it more conducive to interpersonal relationships among prisoners, which may provide a less hostile environment for the reception of visitors, with a view to strengthening ties with children and relatives.
Descritores: Prisioneiros
Isolamento Social
Mulheres/psicologia
Brasil
Poder Familiar
Pesquisa Qualitativa
Emoções
Relações Interpessoais
Relações Mãe-Filho
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  4 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-963025
Autor: Fabrini, Vanessa Cristina Neves; Carvalho, Brígida Gimenez; Mendonça, Fernanda de Freitas; Guariente, Maria Helena Dantas.
Título: Cuidado a pessoas com tuberculose privadas de liberdade e a educação permanente em saúde / Care for people deprived of freedom with tuberculosis and permanent education in health / Cuidado de personas con tuberculosis privadas de libertad y la educación permanente en salud
Fonte: Trab. educ. saúde;16(3):1057-1077, Sept.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A tuberculose é um dos principais agravos a ser enfrentado no mundo, e a alta incidência na população privada de liberdade (904,9/100 mil habitantes, em 2013) contribui para a dimensão do problema. Este estudo apresenta a análise baseada em pesquisa-ação, desenvolvida em uma intervenção institucional que usou a Educação Permanente em Saúde para reorganização do cuidado prestado às pessoas com tuberculose e privadas de liberdade. Participaram da pesquisa os trabalhadores de enfermagem de uma penitenciária do Paraná, por meio de sete oficinas de Educação Permanente em Saúde. Três delas tematizaram o trabalho em equipe, acolhimento e corresponsabilidade; em outras duas, discutiram-se aspectos atuais da doença, a prática de cuidado desenvolvida e uma nova proposta de trabalho foi construída pela equipe. As duas últimas monitoraram a proposta implantada e corrigiram falhas. A pesquisa-ação articulada à Educação Permanente em Saúde mostrou-se apropriada ao desenvolvimento da intervenção, possibilitou a mudança de práticas dos trabalhadores e a transformação do cuidado às pessoas com tuberculose na instituição.

Abstract Tuberculosis is one of the main grievances to be combated throughout the world, and the high incidence among the population that is deprived of freedom (904.9/100 thousand inhabitants, in 2013) contributes to increase the dimension of the problem. This study presents the analysis based on action research, which was developed through an institutional intervention that used Ongoing Education in Health to reorganize the care provided to those deprived of freedom who have tuberculosis. The participants of the research were the nursing workers at a penitentiary in the state of Paraná, Brazil; the workers participated in seven Ongoing Education in Health workshops. Three of the workshops were on team work, user embracement and joint responsibility; two other workshops discussed the current aspects of the disease, the care practice developed, and a new work proposal was established by the team. The last two workshops monitored the implemented proposal and corrected mistakes. The action research combined with the Ongoing Education in Health was adequate regarding the development of the intervention, and enabled the change in the practices of the workers and the transformation of the care for people with tuberculosis in that institution.

Resumen La tuberculosis es uno de los principales problemas de salud a enfrentar en el mundo y la alta incidencia en la población privada de libertad (904,9/100 mil habitantes, en el 2013) contribuye a la magnitud del problema. Este estudio presenta el análisis con base en una investigación-acción, desarrollada en una intervención institucional que usó la Educación Permanente en Salud para reorganizar la atención brindada a las personas con tuberculosis y privadas de libertad. Participaron de la investigación los trabajadores de enfermería de una prisión del estado de Paraná, por medio de siete talleres de Educación Permanente en Salud. En tres de ellas se tematizó el trabajo en equipo, recepción y corresponsabilidad; en otras dos se discutieron aspectos actuales de la enfermedad, la práctica de atención desarrollada y se elaboró una nueva propuesta de trabajo por parte del equipo. En las últimas dos se supervisó la propuesta implantada y se corrigieron errores. La investigación-acción articulada a la Educación Permanente en Salud se mostró apropiada al desarrollo de la intervención, posibilitó el cambio de prácticas de los trabajadores y la transformación de la atención de las personas con tuberculosis en la institución.
Descritores: Prisioneiros
Tuberculose
Enfermagem
Educação Continuada
Cuidados de Enfermagem
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  5 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-891927
Autor: Amorim-Gaudêncio, Carmen; Correia-de-Oliveira, Karmem Gouveia; Braz, Lucas Felício Gil; Figueiredo Filho, Valmir Nunes de.
Título: Promoção de comportamentos proativos em reeducandos em processo de reintegração: Um relato de experiência / Promoting proactive behavior of convicts in process of social reintegration: An experience report / Promoción de comportamientos proactivos en condenados en proceso de reintegración social: Un relato de experiencia
Fonte: Estud. psicol. (Natal);22(2):152-159, June 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O presente relato baseia-se em um projeto de extensão universitária da Universidade Federal da Paraíba, realizado com condenados do regime aberto, semiaberto e livramento condicional que trabalham na Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e em seus convênios. O trabalho prático de intervenção foi realizado com base nos princípios da Terapia Cognitivo-Comportamental e teve como objetivo proporcionar uma formação continuada através da promoção de comportamentos socialmente adaptados e aperfeiçoamento das relações interpessoais no trabalho. A partir do processo de intervenção, observou-se uma implementação de comportamentos pró sociais e diminuição da reincidência criminal.

This report presents results of a university extension project from the "Universidade Federal da Paraiba", performed with convicts serving on open regime, semi-open regime and parole, who are working in the State Secretary for Penitentiary Administration and its covenants. The practical work of intervention was conducted in accordance with the principles of Cognitive Behavioral Therapy, and aimed at providing continued education through the promotion of social adapted behavior and the improvement of interpersonal relationships at work. From the intervention process, it was observed an implementation of pro social behaviors and reduced recidivism.

El presente relato es fruto de un proyecto de extensión universitaria de la "Universidade Federal da Paraíba", realizado con condenados de segundo y tercer grado o libertad condicional que trabajan en la Secretaria de Estado de Administración de Prisiones y en sus convenios. El trabajo práctico de intervención se realizó fundamentado en los principios de la Terapia Cognitivo-Conductual, y tuvo como objetivo proporcionar una formación continuada mediante la promoción de comportamientos socialmente adaptados y mejora de las relaciones interpersonales en el trabajo. Con la intervención, se observó la implementación de comportamientos pro sociales y disminución de la reincidencia criminal.
Descritores: Prisioneiros
Socialização
Terapia Comportamental
Terapia Cognitiva
Resiliência Psicológica
Relações Interpessoais
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1274.1 - Biblioteca Central Zila Mamede


  6 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Alzira Maria Paiva de
Leal, Nilma Cintra
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-969506
Autor: Magalhães, José Luiz de Oliveira; Araújo, Ana Albertina de; Silva, Leonardo Oliveira da; Coutinho, Ilyana Oliveira; Lima, Juliana Figueiredo da Costa; Almeida, Alzira Maria Paiva de; Leal, Nilma Cintra.
Título: Incremento da baciloscopia no diagnóstico de tuberculose pulmonar em pessoas privadas de liberdade / Increment of the microscopy in the diagnosis of pulmonary tuberculosis in inmates
Fonte: Rev. bras. anal. clin;50(3):250-254, dez.16, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar um procedimento de fácil execução e baixo custo para incrementar o diagnóstico da tuberculose entre pessoas privadas de liberdade sem riscos de contaminação para profissionais de laboratório. Métodos: Amostras de escarro foram analisadas por baciloscopia após tratamento com hipoclorito de sódio e sedimentação espontânea em comparação à baciloscopia direta convencional, cultura pelo método Ogawa-Kudoh e o teste molecular rápido pelo sistema Xpert®MTB/RIF. Para as análises estatísticas foram empregados os programas Open Epi e SPSS. Resultados: De 436 amostras de escarro submetidas ao cultivo 71 foram positivas (verdadeiros positivos) e dessas 50 foram positivas pela baciloscopia direta convencional e 67 pela baciloscopia do escarro processado, o que corresponde a um incremento de 29% na positividade. Conclusão: O procedimento proposto preserva as vantagens e aumenta a sensibilidade da baciloscopia direta convencional. A implementação dessa técnica para diagnóstico entre grupos vulneráveis em locais de acesso e recursos limitados poderá aumentar a identificação de casos de tuberculose pulmonar.
Descritores: Prisioneiros
Escarro
Tuberculose
Diagnóstico
Mycobacterium tuberculosis
-Pessoal de Laboratório
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  7 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-979228
Autor: Barsaglini, Reni Aparecida; Vaillant, Camila Brito.
Título: "Um agente prisional de menor": identidade e percepções do agente socioeducativo sobre a instituição, os adolescentes e a sua ocupação / "A juvenile prison officer": identity and perceptions of the socio-educational agent about the institution, adolescents and their occupation
Fonte: Saúde Soc;27(4):1147-1163, Out.-Dez. 2018.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
Resumo: Resumo Agentes socioeducativos são profissionais atuantes em instituições que abrigam adolescentes cumprindo medida socioeducativa de internação. Pressupondo que os significados e as práticas do agente são influenciados pela e influenciam a constituição da vida social dos adolescentes e da instituição, este texto analisa as percepções desses profissionais quanto à sua identidade articulada às percepções sobre a instituição de internação e os adolescentes. Valemo-nos da fenomenologia para compreender a fluidez da ação, combinada com a sociologia da vida cotidiana, que toma os planos macro e microssociológico na análise social. Os dados advieram de sete meses de trabalho de campo em uma unidade de internação masculina em Mato Grosso, tendo 11 agentes entrevistados com roteiro semiestruturado, adotando-se a análise temática. Os resultados versam sobre os atrativos da profissão (estabilidade, salário, amizade, aprendizagens); sobre a instituição e a profissão (contradições entre discurso e prática, equiparando-se à prisão) e sobre os adolescentes (permanência da visão histórica do "menor" pobre, abandonado e em perigo ou infrator e perigoso). A constituição da identidade é relacional, indissociada do contexto, e os agentes vivenciam as repercussões das contradições e precariedades. Na porosidade e permeabilidade das interações forjam-se e são forjados pessoas, profissionais, grupos e instituições - indissociados: gentes e coisas.

Abstract Socio-educational agents are professionals who work in institutions that house adolescents fulfilling socio-educational measures of detention. Assuming that the meanings and practices of the agent are influenced by and influence the social life constitution of the adolescents and institution, this text analyzes the perceptions of these professionals regarding their identity articulated to the perceptions about the detention institution and the adolescents. We have used phenomenology to understand the fluidity of action, combined with the sociology of everyday life, that considers macro and micro-sociological planes in the social analysis. The data came from a seven-month field work in a male detention unit in Mato Grosso, Brazil, and from 11 agents interviewed with a semi-structured questionnaire, adopting thematic analysis. The results are on the attractiveness of the profession (stability, salary, friendship, learning); on the institution and the profession (contradictions between discourse and practice, equating it to prison) and on adolescents (continuance of the historical view of a poor, abandoned, endangered or harmful and dangerous minor). The constitution of identity is relational, separated from the context, and agents experience the repercussions of contradictions and precariousness. In the porosity and permeability of interactions, individuals, professionals, groups and institutions - indissociated -, people and things forge and are forged.
Descritores: Prisões
Psicologia Educacional
Psicologia Social
Serviço Social
Adolescente
Crime
Capacitação Profissional
-Prisioneiros/educação
Menores de Idade
Educação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-990985
Autor: Mebarak-Chams, Moisés; Quiroz-Molinares, Nathalia; Jiménez-Gómez, Fernando.
Título: Evaluación de la responsabilidad criminal en una muestra de reclusos(as) en la ciudad de Barranquilla, Colombia, con el R-CRAS / Evaluation of the criminal liability in a sample of inmates in Barranquilla, Colombia with the R-CRAS / Avaliação da responsabilidade criminal em uma amostra de prisioneiros(as) na cidade de Barranquilla, Colômbia, com o R-CRAS
Fonte: Rev. crim;60(3):195-204, oct.-dic. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen La responsabilidad criminal es un concepto objeto de estudio para la psicología forense. Se ha definido como la capacidad cognitiva de una persona para apreciar la naturaleza de lo injusto de su acto. En Latinoamérica, y de manera más específica en Colombia, no ha sido ampliamente estudiada, y existe escasa literatura sobre los instrumentos que permiten evaluarla. En este estudio se buscó establecer la responsabilidad criminal de 154 reclusos(as) sindicados y acusados por el delito de homicidio, utilizando el instrumento R-CRAS de Rogers (1986), el cual ha sido adaptado para Colombia por Mebarak y Jiménez (2010), con el fin de ampliar esta línea de investigación. Se pudo encontrar que a pesar de que la mayoría de reclusos reconocen su participación, culpa e implicaciones en los eventos relacionados con el crimen por el cual se encuentran recluidos, existe un porcentaje que aún no logra comprender la ilicitud de su acto (19,8%). Además, mucha información que se requiere para realizar una evaluación completa no era proporcionada por los centros carcelarios, y esto dejó un amplio vacío. Frente a esta situación, se necesitan mayores intervenciones de la psicológica forense en las prisiones, y sobre todo el desarrollo de instrumentos de evaluación que permitan una mejor aproximación frente a esta problemática. Se discuten las implicaciones.

Abstract Criminal responsibility is a concept under consideration in the field of forensic psychology. It has been defined as the cognitive capacity of a person to appreciate the nature of unfairness of his act. In Latin America, and more specifically in Colombia, it has not been widely studied and there is little literature on the instruments that allow it to be evaluated. This study aims to determine the criminal responsibility of 154 Colombian homicides, using the R-CRAS instrument of Rogers (1986) which has been adapted in Colombia by Mebarak and Jiménez (2010), in order to broaden this line of research. It was found that the most of the of inmates recognize their participation, guilt and implications in the events related to the crime for which they are being held, there is a percentage (19,8%) of them who have not understood the illicitness of their act yet. Also, a lot of information required to develop a comprehensive evaluation was not provided by the prison, leaving a substantial gap. Faced with this situation, there is a need for greater forensic psychological intervention in prisons and, above all, the development of evaluation instruments that allow a better approach to this problem. The implications of these findings are discussed.

Resumo A responsabilidade criminal é um conceito objeto de estudo para a psicologia forense. Tem sido definida como a habilidade cognitiva de uma pessoa para apreciar a natureza do injusto do seu ato. Na América Latina, y de maneira mais específica na Colômbia, não tem sido amplamente estudada, e existe escassa literatura sobre os instrumentos que permitem avaliá-la. No estudo se procurou estabelecer a responsabilidade criminal de 154 prisioneiros(as) indiciados e acusados pelo delito de homicídio, utilizando o instrumento R-CRAS de Rogers (1986), o qual tem sido adaptado para Colômbia por Mebarak e Jiménez (2010), com o fim de ampliar essa linha de pesquisa. Foi possível identificar que apesar de que a maioria dos prisioneiros reconhecem sua participação, culpa e implicações nos eventos relacionados com o crime pelo qual foram presos, existe uma porcentagem que ainda não consegue compreender a ilicitude do seu ato (19,8%). Além, muita informação requerida para fazer uma avaliação completa não era proporcionada pelos centros penitenciários, e isso deixou um amplo vácuo. Diante dessa situação, se necessitam maiores intervenções da psicologia forense nas prisões, e sobretudo o desenvolvimento de instrumentos de avaliação que permitam uma melhor aproximação perante dessa problemática. Se discutem as implicações.
Descritores: Psicologia
-Prisões
Prisioneiros
Tamanho da Amostra
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  9 / 270 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962585
Autor: Nicholls, Leslie; Cuestas, Fedra.
Título: Penalización del aborto: violencia política y abusos de la memoria en Chile / Penalization of abortion: political violence and abuse of memory in Chile
Fonte: Saúde Soc;27(2):367-380, abr.-jun. 2018.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Chile es uno de los seis países en el mundo en los cuales el aborto está criminalizado. Aunque ya en 1931 la legislación chilena permitía interrumpir embarazos en determinadas circunstancias, en 1989, al final de la dictadura militar de Pinochet, la legislación fue modificada, prohibiendo el aborto en toda circunstancia. Desde el retorno de la democracia al país hace 27 años, ningún Gobierno ha empujado una legislación que despenalice el aborto. En el 2015 la Presidenta Bachelet envió una moción al Parlamento para legislar el aborto en tres causales específicas. Aquella moción ha hecho surgir el ultraconservadurismo de la derecha y centroderecha chilena, quienes, intentando desvirtuar el debate público y legislativo, plantean que se trata de una estrategia para legalizar el aborto libre, comparando dicha figura con las muertes, torturas y desapariciones políticas de más de mil personas ocurridas durante la dictadura en nuestro país. Este artículo intenta dar cuenta de la situación legislativa, cultural, y del manejo biopolítico del aborto en Chile durante los últimos años.

Abstract Chile is one of the six countries in the world where abortion is criminalized. Although in 1931 chilean legislation allowed to interrupt pregnancies under certain circumstances, in 1989 and by the end of Pinochet's dictatorship, legislation was modified in order to forbid abortions under any circumstance. Since the return of democracy in the country 27 years ago, no government has pushed a legislation to decriminalize abortion. In 2015 President Bachelet sent a motion to the Parliament in order to legislate abortion in three specific cases. That motion has ignited the ultraconservadurism of the chilean right wing, who, trying to distort both public and legislative debate saying it is a strategy to allow abortions (not just under certain circumstances, as the presidential motion says), comparing this with deaths, torture and political disappearences of more than a thousand people occured during the dictatorship in our country. This article tries to make a review of the legislative and cultural situation, as well as the biopolitical management of the abortion in Chile over the last years.
Descritores: Sistemas Políticos
Prisioneiros
Aborto Criminoso
Chile
Aborto Induzido
Violações dos Direitos Humanos
Violência contra a Mulher
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 270 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960694
Autor: Fernandes, Márcia Astrês; Bezerra, Myrna Mayra; Moura, Fernanda Maria de Jesus Sousa Pires de; Alencar, Nadyelle Elias Santos; Lima, Francisca Fabiana Fernandes; Castro, Augusto Everton Dias.
Título: Infecções sexualmente transmissíveis e as vivências de mulheres em situação de reclusão / Sexually transmitted infections and the experiences of women in situations of imprisonment / Infecciones de transmisión sexual y las experiencias de las mujeres en situación de aislamiento
Fonte: Rev. enferm. UERJ;24(6):e27774, nov.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: conhecer os riscos que caracterizam as detentas como um grupo susceptível a infecções sexualmente transmissíveis (IST); revelar as reações frente ao diagnóstico; e discutir a importância do aconselhamento em saúde. Método: pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, realizada em uma penitenciária feminina de Teresina/Piauí, com nove presidiárias portadoras de IST/ Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). A coleta de dados, realizada com entrevista semiestruturada, ocorreu entre agosto e setembro de 2010. Os depoimentos foram gravados, transcritos e realizada análise de conteúdo. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Piauí, CAEE: 4891.0.000.044-10. Resultados: o uso de drogas ilícitas, múltiplos parceiros sexuais e sexo desprotegido foram os comportamentos de risco mais frequentes para IST/AIDS. Diante do diagnóstico, as reações foram marcadas por tristeza, medo, receio do julgamento/rejeição familiar, raiva e barganha. Além disso, o aconselhamento em saúde é indispensável ao enfrentamento destas infecções. Conclusão: aconselhamento de enfermagem e suporte emocional são ferramentas decisivas na ocasião do diagnóstico de uma IST/AIDS.

Objective: to know the risks that characterize women prisoners as a susceptible group to sexually transmitted infections-(STI), to reveal the reactions to the diagnosis and to discuss the importance of health counselling. Method: descriptive research with qualitative approach. It occured in a feminine prison-Teresina/Piauí, with nine women prisoners living with STI/AIDS. The data collection, with a semi-structured form, was carried out between August-September of 2010. The interviews were recorded, transcripted and the content analysis was made. This study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Piauí, (CAAE No 4891.0.000.044-10). Results: use of illicit drugs, multiple sexual partners and unprotected sex were the most frequent risk behaviours. Facing the diagnosis, the reactions were sadness, scare, fear of family judgment/rejection, anger and bargain. Moreover, the health counselling is indispensable to cope with these infections. Conclusion: nursing counselling and emotional support are decisive tools when there is a STI/AIDS diagnmosis.

Objetivo: conocer los riesgos que caracterizan a las reclusas como un grupo susceptible a infecciones de transmisión sexual (ITS), revelar acciones frente a el diagnóstico y discutir la importancia de la asesoría en salud. Método: investigación descriptiva con enfoque cualitativo. Se llevó a cabo en un centro penitenciario femenino -Teresina/Piauí, con nueve presidiarias con diagnóstico de IST/AIDS. La recogida de datos fué realizada con formulario semi-estructurado, entre agosto y septiembre de 2010. Las entrevistas fueron grabadas, despues se realizó transcripción y análisis de contenido. Estudio aprobado por el Comité de Ética da Universidad Federal de Piauí, CAAE: 4891.0.000.044-10. Resultados: uso de drogas ilícitas, múltiplas parejas sexuales y relaciones sexuales sin protección fueron los comportamientos de riesgo más frecuentes para el IST/AIDS. Con el diagnóstico, las reacciones se caracterizaron por tristeza, miedo, miedo de rechazo/juicio de la familia, la ira y la negociación. Además, consejos sobre la salud son esenciales para la lucha contra estas infecciones. Conclusíon: asesoría de enfermería y apoyo emocional son herramientas claves en el momento del diagnóstico de una ITS/AIDS.
Descritores: Prisioneiros
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis/diagnóstico
Doenças Sexualmente Transmissíveis/psicologia
Enfermagem
Intervenção na Crise
-Prisões
Doenças Sexualmente Transmissíveis/enfermagem
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
Análise Qualitativa
Epidemiologia Descritiva
Saúde da Mulher
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)



página 1 de 27 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde