Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.776 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 57 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 57 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-763931
Autor: Dell'Agnolo, Cátia Millene; Belentani, Leda Maria; Costa, Jaquilene Barreto da; Carvalho, Maria Dalva de Barros; Pelloso, Sandra Marisa.
Título: Sintomas depressivos em mulheres profissionais do sexo / Depressive symptoms in female sex workers los síntomas / Depresivos en mujeres trabajadoras del sexo
Fonte: Rev. baiana enferm;26(3), 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo descritivo, transversal, objetivou avaliar a presença de sintomas depressivos em mulheres profissionaisdo sexo de um município do Noroeste do Paraná e sua correlação com variáveis sociodemográficas e profissionais.Foram estudadas 18 mulheres profissionais do sexo, com idade variando entre 19 a 64 anos com média de38,11±11,55 anos. Do total 10 (55,6%) mulheres possuíam ensino fundamental incompleto e duas eram analfabetas.A maioria das mulheres (72,2%) pertencia à raça branca e não possuía companheiro (72,2%). Das mulheresavaliadas, todas apresentaram sintomas indicativos de depressão, distribuídos em mínimos (38,95%), leves (33,3%)e moderados (27,8%). Concluiu-se que a totalidade das mulheres profissionais do sexo avaliadas no municípioestudado apresenta sintomas depressivos.

This descriptive cross-sectional study evaluated the presence of depressive symptoms in female sex workers in a city ofnorthwest Paraná and its correlation with socio-demographic and professional. We studied 18 female sex workers,and ages ranged from 19 to 64 years with a mean of 38.11 ± 11.55 years. Total of 10 women had high school and twowere illiterate. Most women (72.2%) belonged to the white race and had no partner (72.2%). Of the women studied,all showed symptoms of depression, divided into minimal (38.95%), lightweight (33.3%) and moderate (27.8%). Itwas concluded that all sex workers women assessed in the city studied presented depressive symptoms.

Estudio de enfoque descriptivo, transversal que tuvo como objetivo evaluar la presencia de síntomas depresivosen mujeres trabajadoras del sexo de un municipio del noroeste de Paraná y su correlación con las variablessociodemográficas y profesionales. Se estudiaron 18 trabajadores del sexo con edades comprendidas entre los 19a 64 años, con una media de 38,11±11,55 años. De ese total, 10 mujeres (55,6%) poseían estudios primariosincompletos y dos eran analfabetas. La mayoría de las mujeres (72,2%) pertenecían a la raza blanca y (72,2%) notenían compañero. De las mujeres estudiadas, todas presentaron síntomas indicativos de depresión, distribuidos enun mínimo (38,95%), leve (33,3%) y moderado (27,8%). Se concluye que la totalidad de las mujeres profesionalesdel sexo, evaluadas en el municipio en estudio, presenta síntomas depresivos.
Descritores: Fatores de Risco
Saúde da Mulher
Depressão
Profissionais do Sexo
-Fatores Socioeconômicos
Serviços de Saúde da Mulher
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  2 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1139638
Autor: Passos, Taciana Silveira; Almeida-Santos, Marcos Antonio.
Título: Anuncios de mujeres brasileñas en la industria transnacional del sexo en un sitio web español / Brazilian women announcements in the transnational sex industry on a Spanish website / Anúncios de mulheres brasileiras na indústria transnacional do sexo em um site Espanhol
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(35):82-111, maio-ago. 2020. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Este es un estudio cuantitativo que tuvo como objetivo analizar las tendencias y los patrones de comportamiento de las trabajadoras sexuales con nacionalidad brasileña en un sitio web español. La muestra consistió en 486 anuncios tomados del sitio web Pasion.com entre 2018-2019. Se realizó una descripción estadística de los perfiles anunciados, seguida de un análisis de contenido utilizando la estrategia de minería de datos y el desarrollo de modelos predictivos de Poisson para datos contables. Los anuncios se distribuyen principalmente en zonas turísticas costeras. El análisis de contenido reveló códigos sobre servicios sexuales ofrecidos y prácticas de riesgo relacionadas con la salud y la seguridad. Entre los comportamientos de riesgo, se encontraron términos que se refieren al sexo sin protección y al uso ilícito de drogas. Las preferencias de los clientes incluyen mujeres de piel parda menores de 20 años y mayores de 40 años que ofrecen servicio de lluvia dorada, alcohol y trabajan de forma independiente.

Abstract This study combines quantitative and qualitative methods to analyze the trends and behavior patterns of Brazilian sex workers on a Spanish website. The sample consisted of 486 ads taken from the website Pasion.com, between 2018-2019. We performed a statistical description of the advertised profiles followed by content analysis through data mining strategy, and the development of Poisson predictive models for countable data. The ads are distributed mainly in coastal tourist areas. The content analysis revealed codes of the sexual services offered and risk practices related to health and safety. Among the risk behaviors, terms were found that refer to unprotected sex and illicit drug use. Customer preferences include women with brown skin under 20 and over 40 who offer golden shower, alcohol and work independently.

Resumo Trata-se de um estudo quali-quanti que teve como objetivo analisar tendências e padrões de comportamento de profissionais do sexo de nacionalidade brasileira em um site espanhol. A amostra consistiu em 486 anúncios coletados no site Pasion.com entre 2018 2019. Foi realizada uma descrição estatística dos perfis anunciados, seguida de uma análise de conteúdo por meio da estratégia de data mining e o desenvolvimento de modelos preditivos de Poisson para dados contáveis. Os anúncios são distribuídos principalmente em áreas turísticas costeiras. A análise de conteúdo revelou códigos sobre serviços sexuais oferecidos e práticas de risco relacionadas à saúde e segurança. Dentre os comportamentos de risco, foram encontrados termos que se referem a sexo desprotegido e uso de drogas ilícitas. As preferências dos clientes incluem mulheres de pele parda com menos de 20 anos e com mais de 40 anos que oferecem serviço de chuva dourada, álcool e trabalham independentes.
Descritores: Trabalho Sexual
Comportamento Sexual
Mulheres Trabalhadoras
Redes de Comunicação de Computadores
Emigrantes e Imigrantes
Profissionais do Sexo
-Espanha
Brasil
Internet
Sexo sem Proteção
Rede Social
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  3 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1149705 LILACS-Express
Autor: Couto, Pablo Luiz Santos; Gomes, Antônio Marcos Tosoli; Pereira, Samantha Souza da Costa; Vilela, Alba Benemérita Alves; Flores, Tarcísio da Silva; Porcino, Carle.
Título: Situações de vulnerabilidades em saúde vivenciadas por trabalhadoras sexuais em tempos de pandemia da covid-19 / Situaciones de vulnerabilidades en salud experimentadas por las trabajadoras sexuales en tiempos de pandemia de covid-19 / Situations of health vulnerabilities experienced by sex workers in times of covid-19 pandemic
Fonte: Rev. baiana enferm;35:e37327, 2021.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo refletir sobre as situações de vulnerabilidades em saúde vivenciadas por trabalhadoras sexuais durante a pandemia decorrente da infecção pelo SARS-CoV-2. Método trata-se de estudo reflexivo, fundamentado no referencial teórico conceitual da vulnerabilidade em quatro dimensões: ontológica, epidemiológica, simbólica e político-programática. Resultado a saúde das profissionais do sexo, na experiência cotidiana do trabalho sexual, tem sido um desafio para os governos entre todos os grupos associados a estigmas e populações vulneráveis, justamente por serem marginalizados socialmente. Isso se configura como importante para a compreensão desse fenômeno em meio à crise financeira, econômica e de saúde que pessoas de diferentes nações sofrem diante do progresso da SARS-CoV-2. Conclusão as situações de vulnerabilidade em saúde decorrente da infecção pelo SARS-CoV-2 que expõem as profissionais do sexo são consolidadas, principalmente, pela ausência do Estado na proteção sócio legal e na garantia dos direitos humanos, para que essas mulheres adquiram condições de enfrentamento e prevenção.

Objetivo reflexionar sobre las situaciones de vulnerabilidades en salud experimentadas por las trabajadoras sexuales durante la pandemia resultante de la infección por SARS-CoV-2. Método se trata de un estudio reflexivo, basado en el marco teórico conceptual de vulnerabilidad en cuatro dimensiones: ontológica, epidemiológica, simbólica y política-programática. Resultado la salud de las trabajadoras sexuales, en la experiencia diaria del trabajo sexual, ha sido un desafío para los gobiernos entre todos los grupos asociados con estigmas y poblaciones vulnerables, precisamente porque están socialmente marginadas. Esto es importante para entender este fenómeno en medio de la crisis financiera, económica y de salud que sufren personas de diferentes naciones ante el progreso del SARS-CoV-2. Conclusión las situaciones de vulnerabilidad a la salud resultantes de la infección por SARS-CoV-2 a que exponen las trabajadoras sexuales se consolidan, principalmente, por la ausencia del Estado en la protección social-jurídica y en la garantía de los derechos humanos, para que estas mujeres adquieran condiciones de enfrentamiento y prevención.

Objective to reflect on the situations of health vulnerabilities experienced by sex workers during the pandemic resulting from SARS-CoV-2 infection. Method this is a reflective study, based on the conceptual theoretical framework of vulnerability in four dimensions: ontological, epidemiological, symbolic and political-programmatic. Result the health of sex workers, in the daily experience of sexual work, has been a challenge for governments among all groups associated with stigmas and vulnerable populations, precisely because they are socially marginalized. This is important for understanding this phenomenon in the midst of the financial, economic and health crisis that people from different nations suffer before the progress of SARS-CoV-2. Conclusion the situations of health vulnerability resulting from the SARS-CoV-2 infection that expose sex workers are consolidated, mainly, by the absence of the State in the social-legal protection and in the guarantee of human rights, so that these women acquire conditions of coping and prevention.
Descritores: Infecções por Coronavirus
Vulnerabilidade em Saúde
Profissionais do Sexo
-Pandemias
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  4 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055739
Autor: Jacques-Aviñó, Constanza; Andrés, Anna de; Roldán, Llanos; Fernández-Quevedo, Manuel; Olalla, Patricia García de; Díez, Elia; Romaní, Oriol; Caylà, Joan A.
Título: Trabajadores sexuales masculinos: entre el sexo seguro y el riesgo. Etnografía en una sauna gay de Barcelona, España / Male sex workers: between safe sex and risk. Ethnography in a gay sauna in Barcelona, Spain
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4707-4716, dez. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Esta etnografía se realizó en Barcelona, ciudad que ofrece diferentes recursos de ocio homosexual, como las saunas gay. El objetivo fue analizar desde los estudios sobre género y masculinidades, cómo se articula la sexualidad, la percepción sobre la infección por VIH y otras infecciones de transmisión sexual (ITS), y las medidas preventivas en trabajadores sexuales masculinos (TSM) usuarios de saunas gay. Se realizaron 10 entrevistas en profundidad y observación entre 2012 y 2016. Las prácticas de sexo seguro son más frecuentes con clientes, mientras que las de riesgo se realizan más con parejas no comerciales. La orientación sexual juega un rol relevante, los homosexuales asumen más prácticas de riesgo en el trabajo sexual que los heterosexuales. Consumo de drogas o la escasez de redes de apoyo se relacionaron con mayor vulnerabilidad social y conductas de riesgo. Contraer el VIH aún genera miedo, mientras que tener otras ITS se percibe como parte de la vida sexual de un hombre. El TSM afianza una masculinidad con múltiples parejas sexuales, breadwinner y por otra parte, cuestiona un modelo heteronormativo. Las intervenciones para la prevención del VIH e ITS en este colectivo, deberían considerar los determinantes sociales como las precarias alternativas laborales y el ofrecer mayor soporte social.

Abstract This ethnography was conducted in Barcelona, a city that provides different gay leisure resources, such as gay saunas. We aimed to analyze from studies on gender and masculinities, how sexuality, perception of HIV infection and other sexually transmitted infections (STIs), and preventive measures are articulated in gay sauna male sex workers (MSW). Ten in-depth interviews and observation were conducted between 2012 and 2016. Safe sex practices are more frequent with clients, while risk practices are carried out more with non-commercial partners. Sexual orientation plays an important role. Homosexuals assume riskier practices in sex work than heterosexuals. Drug use or lack of support networks were associated with higher social vulnerability and risk behaviors. Contracting HIV still creates fear, while having other STIs is perceived as part of a man's sexual life. The MSW affirms masculinity with concurrent sexual partners, breadwinner, and on the other hand, questions a heteronormative model. Interventions for the prevention of HIV and STIs in this group should consider social determinants such as inferior work alternatives and the provision of more significant social support.
Descritores: Banho a Vapor
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
Sexo Seguro/psicologia
Sexo sem Proteção/psicologia
Masculinidade
Profissionais do Sexo/psicologia
-Apoio Social
Espanha
Doenças Sexualmente Transmissíveis/transmissão
Infecções por HIV/prevenção & controle
Infecções por HIV/transmissão
Homossexualidade Masculina
Heterossexualidade
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/complicações
Pesquisa Qualitativa
Relações Interpessoais
Antropologia Cultural
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1118822
Autor: Patrício, Anna Cláudia Freire de Araújo,; Ferreira, Milenna Azevedo Minhaqui,; Rodrigues, Brenda Feitosa Lopes,; Santos, Thayná Dias dos,; Silva, Richardson Augusto Rosendo da,.
Título: Análise de conceito da vulnerabilidade ao HIV/aids em mulheres profissionais do sexo / Concept analysis of vulnerability to HIV/aids in female sex workers
Fonte: Rev. eletrônica enferm;20:1-18, 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivou-se analisar o conceito de vulnerabilidade ao Vírus da Imunodeficiência Humana/Síndrome da Imunodeficiência Adquirida em mulheres profissionais do sexo. Seguiram-se as oito etapas do modelo proposto por Walker e Avant, quais sejam: seleção do conceito; objetivos da análise conceitual; identificação dos possíveis usos do conceito; determinação dos atributos definidores; identificação do caso modelo; identificação de caso adicional (contrário); identificação de antecedentes e consequentes; e definição de referenciais empíricos. Os 36 estudos selecionados mostraram que o conceito elaborado para vulnerabilidade a essas enfermidades em mulheres profissionais do sexo envolveu aspectos sociais, econômicos, de saúde prévia, individuais, direitos, acessibilidade, gestão e relacionados ao parceiro. Os antecedentes foram: educação/analfabetismo; necessidade financeira; Infecções Sexualmente Transmissíveis. Consequentes: isolamento social, Infecção ao Vírus da Imunodeficiência Humana e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis. O estudo contribuiu fortalecendo o corpo científico da enfermagem, subsidiando o desenvolvimento de tecnologias de prevenção dessas enfermidades voltadas para essa população.

The aim of this study was to analyze the concept of vulnerability to the Human Immunodeficiency Virus/Acquired Immunodeficiency Syndrome among female sex workers. The eight stages of the model proposed by Walker and Avant were followed, which are: concept selection; purpose of the conceptual analysis; identification of all possible uses of the concept; determination of the defining attributes; identification of a model case; identification of an additional (contrary) case; identification of antecedents and consequences; and definition of empirical referents. The 36 selected studies show that the concept elaborated for vulnerability to these infirmities in female sex workers involved social, economic, prior health, individual, direct, accessibility and administration aspects besides aspects related to partners. The antecedents were education/illiteracy; financial necessity; Sexually Transmitted Infections. The consequences were social isolation, Infection with the Human Immunodeficiency Virus and other Sexually Transmitted Infections. The study makes a contribution to strengthen the body of scientific work on nursing, by supporting the development of technology aimed at this population for the prevention of these infirmities.
Descritores: HIV
Profissionais do Sexo
-Doenças Sexualmente Transmissíveis
Prevenção de Doenças
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  6 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Elucir, Gir
Texto completo
Id: biblio-843674
Autor: Magalhães, Rosilane de Lima Brito; Teles, Sheila Araújo; Reis, Renata Karina; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz; Gir, Elucir.
Título: Low completion rate of hepatitis B vaccination in female sex workers / Esquema incompleto de vacunación contra hepatitis B en mujeres profesionales del sexo / Baixa completude da vacina contra hepatite B em mulheres profissionais do sexo
Fonte: Rev. bras. enferm;70(3):489-494, May-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to assess predictive factors for noncompletion of the hepatitis B vaccination schedule in female sex workers in the city of Teresina, Northeastern Brazil. Method: 402 women were interviewed and, for those who did not wish to visit specialized sites, or did not know their hepatitis B vaccination status, the vaccine was offered at their workplaces. Bi- and multivariate analyses were performed to identify potential predictors for noncompletion of the vaccination schedule. Results: of the 284 women eligible for vaccination, 258 (90.8%) received the second dose, 157/258 (60.8%) and 68/258 (26.3%) received the second and third doses, respectively. Working at clubs and consuming illicit drugs were predictors for noncompletion of the vaccination schedule. Conclusion: the high acceptability of the vaccine's first dose, associated with low completion rates of the vaccination schedule in sex workers, shows the need for more persuasive strategies that go beyond offering the vaccine at their workplaces.

RESUMEN Objetivo: Evaluar factores predictores del no completamiento del esquema de vacunación contra la hepatitis B en mujeres que se prostituyen en Teresina, noreste de Brasil. Método: Fueron entrevistadas 402 mujeres. Para las que se negaron a ir a lugares especializados o desconocían su situación de vacunación contra la hepatitis B, la vacuna fue ofrecida en lugar de trabajo. Fueron efectuados análisis multivariados para identificar potenciales predictores del no completamiento del esquema de vacunación. Resultados: de las 284 mujeres elegibles para vacunación, 258 (90,8%) recibieron primera dosis, 157/258 (60,8%) y 68/258 (26,3%) recibieron segunda y tercera dosis. Trabajar en burdeles y consumir drogas fueron factores predictores de no completamiento del esquema (p<0,05). Conclusión: La elevada aceptación de la primera dosis, asociada al bajo completamiento del esquema de vacunación en profesionales del sexo, evidencia necesidad de una estrategia más persuasiva, más allá de la oferta de vacunación en el lugar de trabajo.

RESUMO Objetivo: avaliar fatores preditores de não completude do esquema vacinal contra hepatite B em mulheres que se prostituem em Teresina, Nordeste do Brasil. Método: Um total de 402 mulheres foi entrevistado e, para as que se negaram a irem a lugares especializados, ou desconheciam sua situação vacinal contra hepatite B, a vacina foi oferecida no local do trabalho. Análises bi e multivariadas foram realizadas para identificar potenciais preditores de não completude do esquema vacinal. Resultados: Das 284 mulheres elegíveis para vacinação, 258 (90,8%) receberam a primeira dose, 157/258 (60,8%) e 68/258 (26,3%) receberam a segunda e terceira doses. Trabalhar em boates e consumir drogas ilícitas foram preditores de não completude do esquema vacinal (p<0,05). Conclusão: A elevada aceitabilidade da primeira dose da vacina, associada à baixa completude do esquema vacinal em profissionais do sexo, evidencia a necessidade de estratégia mais persuasiva que vá além da oferta da vacina no local de trabalho.
Descritores: Vacinação/estatística & dados numéricos
Vacinas contra Hepatite B/uso terapêutico
Adesão à Medicação/psicologia
Profissionais do Sexo/psicologia
-Brasil
Estudos Transversais
Análise Multivariada
Fatores de Risco
Vacinas contra Hepatite B/farmacologia
Adesão à Medicação/estatística & dados numéricos
Profissionais do Sexo/estatística & dados numéricos
Hepatite B/prevenção & controle
Hepatite B/psicologia
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Elucir, Gir
Texto completo
Id: biblio-990533
Autor: Magalhães, Rosilane de Lima Brito; Borges, Braulio Vieira de Sousa; Oliveira, Vanessa Moura Carvalho de; Brito, Giselle Mary Ibiapina; Resende, Ana Karysa Alves; Gir, Elucir.
Título: Fatores associados à realização do exame citopatológico em mulheres profissionais do sexo / Factores asociados a la realización del exámen citopatológico en mujeres profesionales del sexo / Factors associated with the performance of cytopathological examination in female sex workers
Fonte: Rev. baiana enferm;32:e25931, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos estimar a prevalência autorreferida da realização do exame citopatológico do colo do útero em mulheres profissionais do sexo e investigar a associação entre a realização desse teste e os dados socioeconômicos e comportamentais. Método estudo analítico transversal, com 416 mulheres profissionais do sexo, em uma capital do nordeste brasileiro entre janeiro de 2014 e fevereiro de 2015. Resultados a prevalência autorreferida de realização do exame citopatológico do colo do útero foi de 47,8%. Houve associações entre a realização do teste e a renda (p=0,001), a escolaridade (p=0,001), a religião (p=0,001), a forma de acesso ao serviço (p=0,003) e o uso de contraceptivo (p=0,003). Conclusão mulheres profissionais do sexo apresentaram baixa prevalência para realização do exame citopatológico do colo do útero, fato que ocorre especialmente entre as mulheres mais empobrecidas, pouco escolarizadas e com dificuldade de acesso aos serviços de saúde.

Objetivos estimar la prevalencia autorreferida de la realización del examen citopatológico del cuello uterino en mujeres profesionales del sexo e investigar la asociación entre la realización de ese test y los datos socioeconómicos y comportamentales. Método estudio analítico transversal, con 416 mujeres profesionales del sexo, en una capital del noreste brasileño entre enero de 2014 y febrero de 2015. Resultados la prevalencia autorreferida de la realización del examen citopatológico del cuello uterino fue del 47,8%. Hubo asociaciones entre la realización del test y la renta (p=0,001), la escolaridad (p=0,001), la religión (p=0,001), la forma de acceso al servicio (p=0,003) y el uso de anticonceptivos (p=0,003). Conclusión mujeres profesionales del sexo presentaron baja prevalencia para la realización del examen citopatológico del cuello uterino, hecho que ocurre especialmente entre mujeres más empobrecidas, poco escolarizadas y con dificultad de acceso a los servicios de salud.

Objectives to estimate the self-reported prevalence for performing the cervical cytopathological examination in female sex workers and investigate the association between its performance and the socioeconomic and behavioral data. Method a cross-sectional study with 416 female sex workers in a capital city of the Brazilian Northeast between January 2014 and February 2015. Results the self-reported prevalence for performing the cervical cytopathological examination was 47.8%. There were associations between the performance of the test and income (p=0.001), schooling (p=0.001), religion (p=0.001), service access (p=0.003), and contraceptive use (p=0.003). Conclusion female sex workers presented a low prevalence for performing the cervical cytopathological examination, especially among the poorest women, with little education, and with difficulty accessing health services.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Mulheres
Prevalência
Profissionais do Sexo
Teste de Papanicolaou
Acesso aos Serviços de Saúde
-Papillomaviridae
Sexo
Neoplasias do Colo do Útero/prevenção & controle
Colo do Útero
Estudos Transversais
HIV
Anticoncepcionais
Infecções por Papillomavirus/prevenção & controle
Educação
Escolaridade
Prevenção Secundária
Renda
Limites: Humanos
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  8 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Camargo, Brigido Vizeu
Texto completo
Id: biblio-1042122
Autor: Patrício, Anna Cláudia Freire de Araújo; Bezerra, Valéria Peixoto; Nogueira, Jordana Almeida; Moreira, Maria Adelaide Silva Paredes; Camargo, Brígido Vizeu; Santos, Jiovana de Souza.
Título: Knowledge of sex workers about HIV/AIDS and its influence on sexual practices / Conocimiento de los profesionales del sexo sobre el VIH/SIDA y su influencia en las prácticas sexuales / Conhecimento de profissionais do sexo sobre HIV/Aids e influência nas práticas sexuais
Fonte: Rev. bras. enferm;72(5):1311-1317, Sep.-Oct. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: assess the knowledge of sex workers about HIV/AIDS and its influence on sexual practices. Method: Ninety women participated in the study. The Scientific Knowledge Test about HIV/AIDS and sexual practices was used. The Wald test was applied to verify the relationship between knowledge and sexual practices with statistical significance of p<0.05. Results: the score of 61.7% of correct answers in all three dimensions stands out; 72.2% have sexual intercourse without a condom in exchange for a large amount of money; 53.3% have sex during the menstrual period; 62.2% have sexual intercourse with drug users; 75.6% have sex with clients showing lesions on the penis or anus. The B coefficient (-0.19) showed that the higher the knowledge about HIV/AIDS, the lower the practice of risky sexual behaviors. Conclusion: the influence of knowledge about HIV/AIDS on sexual practices was not statistically significant, but the sexual practices and insufficient knowledge about prevention, physiological and behavioral attributes were observed.

RESUMEN Objetivo: evaluar el conocimiento de los profesionales del sexo sobre el VIH/SIDA y su influencia en las prácticas sexuales. Método: Participaron 90 mujeres. Se utilizó la Prueba de Conocimiento Científico sobre el VIH/SIDA y las prácticas sexuales. Se aplicó el test Wald para comprobar la relación entre el conocimiento y las prácticas sexuales con p <0,05 estadísticamente significativo. Resultados: se destacan el puntaje de un 61,7% en aciertos en las respuestas de las tres dimensiones; Un 72,2% practican sexo sin preservativo a cambio de una suma financiera mayor; Un 53,3% practican sexo durante el período menstrual; Un 62,2% tiene relación sexual con usuario de drogas; y un 75,6% con clientes que estaban presentando heridas en el pene o ano. El coeficiente B(-0,19) reveló que cuanto más se tiene conocimiento sobre el VIH/SIDA, menos es la adopción de prácticas sexuales arriesgadas. Conclusión: no se comprobó la relación estadísticamente significativa de la influencia del conocimiento sobre el VIH/SIDA en las prácticas sexuales, pero se observó la adopción de prácticas sexuales arriesgadas y conocimiento insuficiente en cuanto a la prevención, así como los atributos fisiológicos y comportamentales.

RESUMO Objetivo: avaliar o conhecimento de profissionais do sexo sobre HIV/Aids e sua influência nas práticas sexuais. Método: Participaram 90 mulheres. Utilizou-se o Teste de Conhecimento Científico sobre o HIV/Aids e práticas sexuais. Aplicou-se teste Wald para verificar a relação entre conhecimento e práticas sexuais com p<0,05 estatisticamente significativo. Resultados: destacam-se o escore de 61,7% de acertos de respostas nas três dimensões; 72,2% praticam sexo sem preservativo em troca de quantia financeira maior; 53,3% praticam sexo em período menstrual; 62,2% possuem relação sexual com usuário de drogas; 75,6% com cliente apresentando feridas no pênis ou ânus. O coeficiente B(-0,19) revelou que quanto maior o conhecimento sobre HIV/Aids, menor a adoção de práticas sexuais de risco. Conclusão: a influência do conhecimento sobre HIV/Aids nas práticas sexuais não se apresentou estatisticamente significativa, porém observou-se a realização de práticas sexuais de risco e conhecimento insuficiente quanto a prevenção, atributos fisiológicos e comportamentais.
Descritores: Comportamento Sexual/psicologia
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Profissionais do Sexo/psicologia
-Comportamento Sexual/estatística & dados numéricos
Infecções por HIV/prevenção & controle
Infecções por HIV/psicologia
Inquéritos e Questionários
Profissionais do Sexo/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1123523
Autor: Couto, Pablo Luiz Santos,; Gomes, Antonio Marcos Tosoli,; Porcino, Carle,; Rodrigues, Valquíria Viana,; Vilela, Alba Benemérita Alves,; Flores, Tarcísio da Silva,; Suto, Cleuma Sueli Santos,; Paiva, Mirian Santos,.
Título: Entre dinheiro, autoestima e ato sexual: representações sociais da satisfação sexual para trabalhadoras sexuais / Between money, self-esteem and the sexual act: social representations of female sexual satisfaction for sex workers
Fonte: Rev. eletrônica enferm;22:1-8, 2020.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a centralidade na estrutura das representações sociais elaboradas por trabalhadoras sexuais sobre satisfação sexual. Método: Estudo qualitativo, fundamentado na abordagem estrutural da Teoria das Representações Sociais. Realizado com 69 prostitutas da região do Alto Sertão Produtivo Baiano. Utilizou-se um roteiro para aplicação do Teste de Associação Livre de Palavras e Entrevista em Profundidade, cujas respostas foram analisadas com o auxílio dos softwares EVOC e IRAMUTEQ. Resultados: A centralidade representacional das trabalhadoras sexuais sobre satisfação sexual está estruturada nos termos dinheiro e satisfação, esse último como sinônimo de prazer. Tais termos revelaram três dimensões representacionais transversais: autoestima, ato sexual e financeira. Assim, as representações sociais sobre satisfação sexual estiveram centradas na satisfação financeira e sexual. Conclusão: As representações permitem sugerir que enfermeiras repensem suas práticas de cuidado dispensadas às trabalhadoras sexuais, para além da prevenção de agravos, focando nos aspectos subjetivos da sexualidade, que é uma necessidade humana básica.

Objective: To analyze the centrality in the structure of social representations elaborated by female sex workers about sexual satisfaction. Method: Qualitative study, based on the structural approach of the Theory of Social Representations. It was carried out with 69 prostitutes from the region of the High Productive Backlands of Bahia. A script was used for the application of the Free Association of Words Test and Interview in Depth, whose answers were analyzed with the help of EVOC and IRAMUTEQ software. Results: The representative centrality of female sex workers on sexual satisfaction is structured in terms of money and satisfaction, the latter as synonymous with pleasure. These terms revealed three transversal representational dimensions: self-esteem, sexual act, and financial. Thus, the social representations on sexual satisfaction were centered on financial and sexual satisfaction. Conclusion: The representations allow us to suggest that nurses rethink their care practices for female sexual workers, beyond the prevention of harm, focusing on the subjective aspects of sexuality, which is a basic human need.
Descritores: Vulnerabilidade Social
Profissionais do Sexo
Saúde Sexual
-Satisfação Pessoal
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  10 / 57 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Szwarcwald, Célia Landmann
Texto completo
Id: biblio-1042210
Autor: Damacena, Giseli Nogueira; Szwarcwald, Célia Landmann; Souza Júnior, Paulo Roberto Borges de; Ferreira Júnior, Orlando da Costa; Almeida, Wanessa da Silva de; Pascom, Ana Roberta Pati; Pimenta, Maria Cristina.
Título: Application of the Respondent-Driven Sampling methodology in a biological and behavioral surveillance survey among female sex workers, Brazil, 2016 / Aplicação da metodologia Respondent-Driven Sampling em pesquisa biológica e comportamental com mulheres trabalhadoras do sexo, Brasil, 2016
Fonte: Rev. bras. epidemiol;22(supl.1):e190002, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Respondent-Driven Sampling (RDS) has been used in surveys with key populations at risk of HIV infection, such as female sex workers (FSW). This article describes the application of the RDS method among FSW in 12 Brazilian cities, during a survey carried out in 2016. Methodology: A biological and behavioral surveillance study carried out in 12 Brazilian cities, with a minimum sample of 350 FSW in each city. Tests were performed for HIV, syphilis, and hepatitis B and C infections. A social-behavioral questionnaire was also applied. Results: The sample was comprised of 4,328 FSW. For data analysis, the sample was weighted according to each participant's network size (due consideration to the implications of RDS complex design and to the effects of homophilia are recommended). Discussion: Although RDS methods for obtaining a statistical sample are based on strong statistical assumptions, allowing for an estimation of statistical parameters, with each new application the method has been rethought. In the analysis of whole-sample data, estimators were robust and compatible with those found in 2009. However, there were significant variations according to each city. Conclusion: The achieved sample size was of great relevance for assessing progress and identifying problems regarding the prevention and treatment of Sexually Transmitted Infections. New RDS studies with more time and operational resources should be envisaged. This could further network development.

RESUMO Introdução: O método de amostragem Respondent-Driven Sampling (RDS) tem sido utilizado em inquéritos com populações-chave sob maior risco de infecção pelo HIV, como as mulheres trabalhadoras do sexo (MTS). Este artigo tem o objetivo de descrever a implementação do RDS entre MTS em 12 cidades brasileiras em 2016. Metodologia: Trata-se de um estudo de vigilância biológica e comportamental realizado em 12 cidades brasileiras, com amostra mínima de 350 MTS em cada cidade. Foram realizados testes para infecções por HIV, sífilis, hepatites B e C, e aplicou-se questionário sociocomportamental. Resultados: Participaram 4.328 MTS. Para a análise dos dados, foi elaborada uma ponderação amostral considerando o tamanho da rede de cada participante; recomenda-se que o desenho complexo de amostragem por RDS e o efeito de homofilia sejam considerados. Discussão: Apesar de o RDS ser fundamentado em pressupostos estatísticos para obtenção de uma amostra probabilística e possibilitar estimação de parâmetros estatísticos, ele vem sendo repensado a cada nova aplicação. Na análise dos dados na totalidade da amostra, os estimadores mostraram-se robustos e coerentes aos encontrados em 2009. Entretanto, constataram-se grandes variações por cidade. Conclusão: O tamanho amostral alcançado foi de grande relevância para avaliar avanços e identificar problemas a respeito da prevenção e assistência às infecções sexualmente transmissíveis. Ressalta-se a necessidade de pensar estudos RDS com maior tempo e recursos para implementação, o que poderia permitir um melhor desenvolvimento das redes.
Descritores: Sífilis/epidemiologia
Infecções por HIV/epidemiologia
Vigilância da População/métodos
Inquéritos Epidemiológicos/métodos
Hepatite C/epidemiologia
Profissionais do Sexo/estatística & dados numéricos
-Brasil/epidemiologia
Inquéritos e Questionários
Fatores de Risco
Amostragem
Cidades
Tamanho da Amostra
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde