Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.400.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3549 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 355 ir para página                         

  1 / 3549 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729066
Autor: Chirelli, Mara Quaglio; Tonhom, Silvia Franco da Rocha; Ferreira, Akemi Fuonke; Santos, Franciele de Oliveira; Beluci, Thaise; Santos, Urânia Gomes dos.
Título: Educação permanente nos municípios: a formação por competência dialógica / La educación permanente en los municipios: la formación para la competencia lógica / Permanent education in municipalities: training for dialogic competence
Fonte: Rev. baiana saúde pública;38(2), abr.-jun. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A educação permanente em saúde tem sido um grande desafio para transformar a realidade das práticas profissionais e da organização do trabalho. Relata-se a experiência da construção do desempenho dos integrantes do Núcleo de Educação Permanente de uma região de saúde no interior do estado de São Paulo. Essa construção, a partir do referencial da competência dialógica por meio de ciclos pedagógicos, juntamente com a Metodologia da Problematização, proporcionou o movimento dialógico entre o mundo do trabalho e o processo de formação dos profissionais de saúde; contribuiu para a reflexão e a transformação da prática; facilitou as discussões no campo de conhecimento dos participantes, e resultou na construção coletiva dos desempenhos dos integrantes desse núcleo. Conclui-se que o processo agregou conhecimentos relevantes para o desempenho desses profissionais na implantação e na manutenção do processo de educação permanente nos serviços de saúde.

The permanent education in health has been a major challenge in transforming the reality of professional practices and work organization. The experience of building the performance of members of the Center for Permanent Education in a health region located in the countryside São Paulo state, Brazil, has been reported. This process, based on the reference of dialogic competence, by means of pedagogical cycles with the Problematization Methodology, provided a dialogic movement between the world of work and the training process of health professionals; it contributed with the reflection and the transformation of practice; it facilitated discussions in the field of knowledge of the participants, resulting in the construction of collective performances of the members of this center. The conclusion is that the process has added relevant knowledge to the performance of these professionals in the implementation and maintenance of permanent education in health services.

La educación permanente en la salud ha sido un gran desafío en la transformación de la realidad de las prácticas profesionales y la organización del trabajo. Presentamos la experiencia de la construcción del desempeño de los miembros del Centro de Educación Permanente de una región de salud en el interior de São Paulo, Brasil. Esa construcción, a partir del referencial de la competencia dialógica, por medio de ciclos pedagógicos, juntamente con la Metodología de Problematización, proporcionó el movimiento dialógico entre el mundo del trabajo y el proceso de formación de los profesionales de salud; contribuyó para mejorar la reflexión y transformación de la práctica; facilitó las discusiones en el campo de conocimiento de los participantes, lo que resultó la construcción colectiva de los desempeños de los miembros de ese centro. Se concluye que el proceso añadió conocimientos relevantes para el desempeño de esos profesionales en la implementación y el mantenimiento del proceso de educación permanente para servicios de salud.
Descritores: Competência Profissional
Prática Profissional
Saúde da Família
Desenvolvimento de Pessoal
Capacitação em Serviço
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-737656
Autor: Mendes, Juliana Delalibera Thobias; Brito, Cristiane Miryam Drumond de; Silva, Elaine Gomes da.
Título: O ato de cozinhar em uma sala de espera / El acto de cocinar en una sala de espera / The act of cookinng in a waiting room
Fonte: Rev. baiana saúde pública;38(3), jul.-set. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Verificar se o ato de cozinhar na sala de espera de uma Unidade de Saúde da Família é capaz de ser um potencial educador em saúde e gerar reflexões acerca da alimentação enquanto provedora de sentido, de comunicação e de transformação na saúde das pessoas. Métodos: A pesquisa, de cunho qualitativo-descritiva, desenvolveu-se a partir do ato de cozinhar na sala de espera em uma Unidade de Saúde da Família no município de São Carlos, São Paulo. Foram utilizados a metodologia de observação participante, transcrita em diários de campo, e um roteiro prévio elaborado pela pesquisadora, aplicado em oito encontros. Foram abordadas questões referentes ao Guia Alimentar para População Brasileira, além disso, realizou-se a preparação de receitas saudáveis e econômicas a cada encontro. Resultados: Os resultados do estudo demonstraram que cozinhar neste espaço despertou outros sentidos que até então não haviam sido vividos no local. Tal experiência modificou a relação com a espera, trouxe reflexões para os participantes sobre seus hábitos alimentares e estimulou a alimentação saudável, de modo a tornar claro o fato de que ela pode ser saborosa e compatível com seus modos de vida. Houve participação de 26 mulheres e três crianças durante os oito encontros. Conclusão: O ato de cozinhar, em uma sala de espera de uma Unidade de Saúde da Família, proporcionou a transformação de um ambiente típico de um serviço de saúde em um espaço potencial de educação em saúde.

Objective: To verify if the act of cooking in the waiting room of a Family Health Care Unit can be a potential health educator and also to encourage patients to reflect on eating habits as a way to stimulate feelings, communication, and transformation in people's health. Methods: A qualitative-descriptive research about cooking in a waiting room of a Family Health Care Unit was carried out in the city of São Carlos, São Paulo, Brazil. The methodology used was participant observation based on diaries transcribed at field, and a prior script prepared by the researcher, which was applied in eight meetings. The Food Guide for the Brazilian Population was considered and it was prepared a healthy and low-cost meal at each one of the meetings. Results: The study demonstrated that cooking in the waiting room awakened feelings that have never been experienced in this place before. This activity changed the association with waiting habit, and participants were stimulated to think about their eating habits and it has even encouraged them to eat healthily, since the activity makes clear the fact that it can be tasteful and compatible with their lifestyles. A total of 26 women and three children participated in eight meetings. Conclusion: The act of cooking in a waiting room of a Family Health Care Unit transformed a typical environment of a health service in a potential space for health education.

Objetivo: Investigar si el acto de cocinar en la sala de espera del una Unidad de Salud de la Familia puede ser un potencial educador de salud y generar reflexiones acerca de la alimentación como proveedora de sentido, de comunicación y de transformación en la salud de las personas. Métodos: El estudio tuvo naturaleza cualitativa-descriptiva desarrollada a partir del acto de cocinar en la sala de espera en una Unidad de Salud de la Familia en São Carlos, São Paulo, Brasil. Se utilizó la metodología de la observación participante, que se transcribe en diarios de campo, y un guión que fue elaborado previamente por la investigadora y utilizado en ocho reuniones. Fueron hechas cuestiones en cuanto a la Guía de Alimentos para la Población Brasileña, y fueron preparadas recetas saludables y de bajo precio a cada reunión. Resultados: Los resultados del estudio mostraron que cocinar en ese espacio despierta otros sentidos, que hasta entonces no se habían vivido en ese lugar. Esa actividad ha cambiado la relación con el hábito de esperar, los participantes fueron estimulados a pensar acerca de sus hábitos alimenticios e incluso les ha animado a alimentarse de forma saludable, ya que la actividad deja claro el hecho de poder ser de buen gusto y compatible con su estilo de vida. Hubo la participación de 26 mujeres y tres niños en ocho reuniones. Conclusión: El acto de cocinar en una sala de espera en la Unidad de Salud de la Familia proporciona la transformación de un entorno típico de un servicio de salud en un área potencial de la educación en salud.
Descritores: Saúde da Família
Educação em Saúde
Culinária
Ciências da Nutrição
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  3 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moysés, Samuel Jorge
Texto completo
Id: biblio-1039530
Autor: Kfouri, Maria da Graça; Moysés, Simone Tetu; Gabardo, Marilisa Carneiro Leão; Nascimento, Antonio Carlos; Rosa, Saulo Vinicius da; Moysés, Samuel Jorge.
Título: The feminization of dentistry and the perceptions of public service users about gender issues in oral health / A feminização da odontologia e as percepções dos usuários do serviço público sobre as questões de gênero em saúde bucal
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(11):4285-4296, nov. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract It was investigated the perception of service users in relation to the professional practice of dentists, based on gender differences. The Primary Care Assessment Tool (PCATool) was applied to 900 users of the Public Service in Curitiba, PR, Brazil. Sixty clinics were selected using random sampling, divided between conventional Primary Health Care (PHC) Units and PHC with Family Health System Units. The attributes of PHC that compound the PCATool were analyzed. A question was added about user preference regarding the gender of the dental professional, thus generating four dyads derived from user gender/dentist gender (FF, FM, MM, MF). The attributes were linked to the dyads by applying the independent sample t test. Using logistic regression, the dyads were linked to 23 factors relating to scaled-up care in PHC. Many users showed a clear preference for being attended by female dentists. Users who prefer to be cared for by women tend to better evaluate PHC on issues related to "active listening", while those who prefer to be cared for by male dentists highlight the attributes of "care integration" and "community guidance". In other factors and attributes studied, there is no difference between the care given by men or women, regardless the unit.

Resumo Investigou-se a percepção dos usuários do serviço quanto à prática profissional dos dentistas, com base em diferenças de gênero. O Primary Care Assessment Tool (PCATool) foi aplicado a 900 usuários do Serviço Público de Curitiba, PR, Brasil. Sessenta clínicas odontológicas foram selecionadas usando amostragem aleatória, divididas entre unidades de Atenção Primária à Saúde (APS) convencional e unidades de APS com Estratégia Saúde da Família. Os atributos da APS no PCATool foram analisados. Uma questão foi adicionada acerca da preferência do usuário em relação ao gênero do dentista, gerando quatro díades derivadas da combinação do gênero do usuário/gênero do dentista (FF, FM, MM, MF). Os atributos foram ligados às díades pelo teste t para amostras independentes. Por regressão logística, as díades foram relacionadas a 23 fatores referentes aos cuidados ampliados na APS. Muitos usuários mostraram preferência por dentistas mulheres. Esses tendem a avaliar melhor os cuidados de saúde primários quanto à "escuta ativa e qualificada", enquanto aqueles que preferem ser atendidos por homens destacam os atributos de "integração do cuidado" e "orientação comunitária". Em outros fatores e atributos estudados, não há diferença entre o atendimento prestado por homens ou mulheres, independentemente da unidade.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos
Relações Dentista-Paciente
Odontologia/estatística & dados numéricos
Odontólogos/estatística & dados numéricos
-Prática Profissional
Brasil
Saúde Bucal
Saúde da Família/estatística & dados numéricos
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Odontólogas/estatística & dados numéricos
Preferência do Paciente/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055779
Autor: Biff, Daiane; Pires, Denise Elvira Pires de; Forte, Elaine Cristina Novatzki; Trindade, Letícia de Lima; Machado, Rosani Ramos; Amadigi, Felipa Rafaela; Scherer, Magda Duarte dos Anjos; Soratto, Jacks.
Título: Cargas de trabalho de enfermeiros: luzes e sombras na Estratégia Saúde da Família / Nurses' workload: lights and shadows in the Family Health Strategy
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):147-158, jan. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Estudo multicêntrico, de abordagem qualitativa, que buscou identificar os elementos que podem aumentar ou reduzir as cargas de trabalho do enfermeiro da Saúde da Família. Foram abordados 40 enfermeiros, de 36 equipes, das cinco Regiões do Brasil, consideradas exitosas segundo o prescrito na Política Nacional da Atenção Básica e com boa avaliação no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. A coleta de dados foi realizada pela triangulação de instrumentos, utilizando-se entrevista semiestruturada, observação e estudo documental, de 2013 a setembro de 2016. Os achados foram analisados com base na Análise Temática de Conteúdo e categorizados com auxílio do software Atlas.ti. Identificou-se que os elementos que mais influenciam o aumento das cargas são a precariedade e déficits no ambiente de trabalho, materiais e equipamentos, somados ao déficit numérico da força de trabalho e ao excesso de demanda assistencial. Entretanto, o trabalho em equipe, reconhecimento pelo trabalho realizado, vínculo com usuários e bom relacionamento interpessoal contribuem para diminuir as cargas. Ressalta-se a dialética presente nos elementos do processo de trabalho com influência de condições objetivas, do momento e da forma como são manejados.

Abstract This study was multicenter with a qualitative approach, which sought to identify the elements that can increase or reduce the workloads of the Family Health nurse. Forty nurses were interviewed, from 36 teams from five regions of Brazil, considered successful according to the requirements of the National Policy of Primary Care and with good evaluation in the National Program for Improvement in Primary Care Access and Quality. Data collection was performed by instrument triangulation, using a semi-structured interview, observation and documentary study, from 2013 to September 2016. The findings were analyzed based on the Thematic Content Analysis and categorized with the help of Atlas.ti software. It was identified that the elements that most influence the increase of the workloads are the precariousness and deficits in the work environment, materials and equipment, added to the numerical deficit of the workforce and the excess of health care demand. However, teamwork, recognition for the performed work, bonding with users and good interpersonal relationships, all contribute to reduce the workloads. We highlight the dialectic present in the elements of the work process. They can increase or decrease workloads influenced by objective conditions, the moment and way they are handled.
Descritores: Enfermagem
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
-Brasil
Saúde da Família
Enfermagem Familiar
Pesquisa Qualitativa
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, Ana Lucia
Texto completo
Id: biblio-1055784
Autor: Pigozi, Pamela Lamarca; Machado, Ana Lúcia.
Título: Os cuidados da Estratégia Saúde da Família a um adolescente vítima de bullying: uma cartografia / Mapping the provision of care to an adolescent victim of school bullying by the Family Health Strategy in Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):353-363, jan. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O cuidado ao adolescente envolvido em situações de "bullying" é necessariamente intersetorial, de tal modo que ultrapassa os limites do cenário escolar e amplia-se para o setor da saúde. Partindo desse princípio, este estudo buscou cartografar a produção do cuidado ofertada a um adolescente em situações de "bullying" pela Estratégia Saúde da Família. Para tal fim, foi utilizado o método da cartografia, através do fluxograma analisador e do diário de campo. Deste modo, mapas do cuidar foram produzidos pelos profissionais de saúde, entretanto esse cuidar mostrou-se descompassado, árido e pouco resolutivo. Apesar disso, através do uso dos instrumentos de pesquisa, foi possível inaugurar outras formas de amparo ao adolescente. A equipe, ao visualizar seu trajeto em busca de suporte, repensou modos engessados de fazer saúde e, assim, tornou-se possível produzir um cuidado com outras possibilidades de vida, para além do aspecto biológico. A atenção à saúde do adolescente envolvido com o "bullying" mostrou-se oscilante na Estratégia Saúde da Família. No entanto, por meio da cartografia, ficou evidente o papel crucial da atenção primária em suportar o adolescente, o que poderia contribuir para a cessação do ciclo da violência.

Abstract The provision of care to adolescents who are victims of bullying is necessarily intersectoral and, as such, goes beyond the limits of the school context. Underpinned by this principle, this study mapped the care provided to an adolescent victim of bullying by the Family Health Strategy, using cartography to elaborate an analytical flow chart of the pathway taken by the patient through the health service. The care maps produced by the health professionals involved in the process showed that care was out of step, dry and had a low level of resolvability. Despite these findings, the use of this instrument allowed the health team to propose other forms of support for the adolescent. After visualizing the pathway taken by the patient through the care network, the team was able to rethink limiting approaches to health care and discover other care possibilities that go beyond physical dimensions. The care provided by the Family Health Strategy was shown to be inconsistent. However, the mapping activity clearly showed that primary care services play a crucial role in providing appropriate support to adolescent victims of bullying and breaking the cycle of violence.
Descritores: Serviços de Saúde do Adolescente/organização & administração
Bullying
-Instituições Acadêmicas
Brasil
Saúde da Família
Limites: Humanos
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Tomasi, Elaine
Texto completo
Id: biblio-1101108
Autor: Seus, Thamires Lorenzet; Silveira, Denise Silva da; Tomasi, Elaine; Thumé, Elaine; Facchini, Luiz Augusto; Siqueira, Fernando Vinholes.
Título: Estrutura para o trabalho e composição de equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família: pesquisa nacional - Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ), 2013 / Estructura para el trabajo y composición de equipos del Núcleo de Apoyo a la Salud de la Familia, Brasil: encuesta nacional - Programa de Mejora del Acceso y la Calidad (PMAQ), 2013 / Structure for the work and composition of Family Health Support Unit teams: national survey - Program for Improving Primary Health Care Access and Quality (PMAQ), 2013
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;28(3):e2018510, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Ações de Saúde do Ministério da Saúde.
Resumo: Objetivo: descrever a estrutura das equipes dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) quanto a espaços físicos, formação recebida, educação permanente e profissionais que apoiam as equipes de Atenção Básica à Saúde no Brasil, em 2013. Métodos: estudo descritivo, com dados da fase de avaliação externa do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ). Resultados: as 1.773 equipes de NASF utilizam, principalmente, consultórios compartilhados na unidade básica de saúde (UBS) (85,7%); para 63,4% dos profissionais, foi oferecida formação específica quando iniciaram o trabalho no NASF, e para 67,4%, educação permanente; as equipes receberam o apoio principalmente de fisioterapeutas (87,4%) e profissionais de educação física (87,0%). Conclusão: as equipes de NASF têm estrutura de acordo com o preconizado nas diretrizes; há profissionais do NASF que não receberam formação específica para o trabalho.

Objetivo: describir la estructura de los equipos de Núcleos de Apoyo a la Salud de la Familia (NASF) en relación a espacios físicos, formación recibida, educación permanente y profesionales que apoyan a los equipos de Atención Básica de Salud (ABS) en Brasil, el 2013. Métodos: estudio descriptivo, transversal, con datos de la fase de evaluación externa del Programa de Mejora del Acceso y la Calidad de la Atención Básica (PMAQ). Resultados: los 1.773 equipos de NASF utilizan principalmente consultorios compartidos en la unidad básica de salud (UBS) (85,7%); para el 63,4% de los profesionales se ofreció formación específica cuando iniciaron el trabajo en el NASF, y para el 67,4%, educación permanente; los equipos recibieron el apoyo de fisioterapeutas (87,4%) y de profesionales de Educación Física (87%). Conclusión: los equipos del NASF tienen estructura de acuerdo con lo preconizado en las directrices del NASF; hay profesionales del NASF que no recibieron entrenamiento específico para el trabajo.

Objective: to describe the structure of Family Health Support Unit (FHSU) teams with regard to physical space, training received, continuing education and professionals that support Primary Health Care (PHC) teams in Brazil, in 2013. Methods: this is a descriptive study using data from the external evaluation stage of the Program for Improving Primary Health Care Access and Quality (PMAQ). Results: the 1,773 FHSU teams mainly used shared clinics at primary health care centers (85.7%); 63.4% of professionals were offered specific training when they started work at their FHSU, while 67.4% were offered continuing education; the teams received support mainly from physiotherapists (87.4%) and Physical Education professionals (87,0%). Conclusion: the structure available for FHSU teams is in accordance with the guidelines; some FHSU professionals have not received any specific training for the job.
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente/organização & administração
Atenção Primária à Saúde/normas
Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Estrutura dos Serviços/organização & administração
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/normas
-Qualidade da Assistência à Saúde
Brasil
Saúde da Família
Estudos Transversais
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  7 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1129855
Autor: Danielle Brandão Carneiro, Joana; Gomes Oliveira, Arlete Maria; Zanin, Luciane; Martão Flório, Flávia; Frazão, Paulo.
Título: Residência multiprofissional em saúde da família: percepções e sentidos para residentes graduados em odontologia / Multiprofessional residence in family health: perceptions and meanings for residents graduated in dentistry / Residencia multiprofesional en salud de la familia: percepciones y sentidos para residentes graduados en odontología
Fonte: Rev. baiana saúde pública;42(2), 01/06/2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se desvelar os sentidos que graduados em odontologia participantes de programas de residência multiprofissional em saúde da família (RMSF) atribuem a esta modalidade de formação. Realizou-se entrevista semiestruturada com residentes de oito programas de diferentes regiões do país e as narrativas sobre o significado da RMSF para sua formação foram examinadas com base na análise de conteúdo do tipo temática. A maio-ria dos entrevistados declarou-se do sexo feminino (29/37) e tinha entre 20 e 30 anos de idade (33/37). A interpretação do material resultou em quatro categorias: formação para o Sistema Único de Saúde (SUS); Estratégia Saúde da Família; colaboração interprofissional; integralidade da atenção, subcategorizada em humanização do cuidado e rede de aten-ção. Indicaram-se evidências empíricas de que esses programas são muito relevantes para complementar a formação dos profissionais de odontologia que pretendem atuar no SUS.

The objective of this research was to unveil the meanings that undergraduates in dentistry participating in multiprofessional residency programs in family health (MRFH) attribute to this training modality. A semi-structured interview was conducted with residents of eight programs from different regions of the country and the narratives about the meaning of the MRFH for their formation were examined based on the thematic content analysis. Most participants were between 20 and 30 years of age (33/37). The interpretation of the material resulted in four categories: formation for Brazilian Health System (SUS); Family Health Strategy; interprofessional collaboration; integrality of care, subcategorized in humanization of care and care network, indicating by empirical evidences that these programs are very relevant to complement the training of dentistry professionals who intend to work in SUS.

Se objetivó desvelar los sentidos que graduados en Odontología, participantes de programas de residencia multiprofesional en salud de la familia (RMSF), atribuyen a esta modalidad de formación. Se realizó una entrevista semiestructurada con residentes de ocho programas de diferentes regiones del país, y las narrativas sobre el significado de la RMSF para su formación se examinaron con base en el análisis de contenido de tipo temático. La mayoría tenía entre 20 y 30 años de edad (33/37) y era del sexo femenino (29/37). La interpretación del material resultó cuatro categorías: formación para el Sistema Único de Salud (SUS); Estrategia Salud de la Familia; colaboración interprofesional; e integralidad de la atención, subcategorizada en humanización del cuidado y red de atención. Las evidencias empíricas indicaron que esos programas son muy relevantes para complementar la formación de los profesionales de Odontología que pretenden actuar en el SUS.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Odontologia em Saúde Pública
Saúde da Família
Pessoal de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  8 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1128193
Autor: São Paulo (Cidade). Prefeitura Municipal. Comitê Executivo da São Paulo Carinhosa na Saúde.
Título: São Paulo Carinhosa: Toda hora é hora de cuidar - caderno da equipe / São Paulo Caring: every time it's time to take care - team notebook.
Fonte: São Paulo; Prefeitura de São Paulo; 2016. 112 p.
Idioma: pt.
Resumo: A política municipal São Paulo Carinhosa foi criada com o objetivo de fortalecer os vínculos afetivos das famílias e promover o desenvolvimento infantil integral, desde a gestação, e em especial de 0 a 3 anos de idade, das crianças paulistanas. A São Paulo Carinhosa nasceu em 2013, inspirada no Brasil Carinhoso. Vincula-se diretamente ao Gabinete do Prefeito e seu Comitê Gestor é constituído por 14 secretarias municipais. Na saúde, estamos recebendo o apoio do Ministério da Saúde, por meio da Coordenação de Saúde da Criança, para a implementação das visitas domiciliares, e para isso contamos com as Equipes de Saúde da Família e com a experiência já bem-sucedida do Projeto Nossas Crianças: Janelas de Oportunidades. Procurando agregar valor e oferecer às Equipes de Saúde da Família, em especial Enfermeiros e Agentes Comunitários, e aos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) alguns recursos complementares, nesta publicação São Paulo Carinhosa ­ Toda Hora é Hora de Cuidar ­ Caderno da Equipe, foram acrescentados alguns temas que não estavam incluídos ainda na edição anterior do "Nossas Crianças: Janelas de Oportunidades." O capítulo sobre a "Estrutura, funcionamento da política municipal São Paulo Carinhosa e fluxograma das visitas domiciliares", tem por finalidade permitir que todos os membros da equipe, bem como os gestores envolvidos, tenham conhecimento do programa e do seu funcionamento, de forma a poder apoiar o trabalho das equipes de saúde, na referência e contrarreferência das crianças e suas famílias quando necessário, bem como no estabelecimento e fortalecimento das redes de proteção às famílias nos territórios. Um dos temas incluídos refere-se aos três diálogos que favorecem a formação do vínculo, que foi elaborado pela equipe de médicos, enfermeiros e psicólogos, também docentes da Universidade Federal do Ceará, a partir de sua experiência no Instituto da Primeira Infância (IPREDE), e toma por base conceitos do Programa Internacional de Desenvolvimento Infantil More Inteligent and Sensitive Child. Outro tema incluído decorreu da oficina sobre o brincar que foi promovida pelo Comitê Técnico-Executivo da São Paulo Carinhosa Saúde, na etapa preparatória do curso de formação para a visita domiciliar. O texto inclui o conceito de infância e as principais diretrizes necessárias para orientar e apoiar as famílias com relação à importância do brincar e como favorecer esta atividade estão. Um último tema incluído diz respeito à experiência dos parques sonoros na educação infantil, iniciativa criada pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a São Paulo Carinhosa, ressignificando os sons e a música na dimensão do brincar da criança. Ao tratar desta experiência, oportuniza-se às equipes de saúde ampliar seu conhecimento e práticas sobre as vivências educacionais das crianças atendidas, podendo assim também dialogar com elas durante as orientações referentes ao brincar.
Descritores: Desenvolvimento Infantil
Saúde da Criança
Assistência Integral à Saúde
-Família
Educação Infantil
Saúde da Família
Colaboração Intersetorial
Estratégia Saúde da Família
Políticas Públicas de Saúde
Promoção da Saúde
Governo Local
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 3549 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1147676
Autor: São Paulo (Cidade). Prefeitura Municipal. Comitê Executivo da São Paulo Carinhosa na Saúde..
Título: São Paulo Carinhosa: Toda hora é hora de cuidar - caderno da família / São Paulo Caring: every time it's time to take care - family notebook.
Fonte: São Paulo; Prefeitura de São Paulo; abr. 2016. 40 p.
Idioma: pt.
Resumo: O Caderno da Família Toda Hora é Hora de Cuidar, juntamente com o Caderno da Equipe de Saúde, integram o Projeto Nossas Crianças: Janelas de Oportunidades, que está sendo incorporado pelas ações da saúde da São Paulo Carinhosa, política municipal para o desenvolvimento integral na primeira infância. Este material foi elaborado com o objetivo de oferecer subsídios teóricos e práticos para as equipes da Estratégia Saúde da Família. O Caderno da Equipe aprofunda os temas do Caderno da Família, trazendo informações sobre o acompanhamento pré-natal e o desenvolvimento de crianças de até 3 anos, além de orientações práticas sobre como trabalhar as famílias. Pretende-se com esta iniciativa ampliar as ações de promoção do desenvolvimento infantil por meio do fortalecimento dos cuidados (e dos cuidadores) familiares, envolvendo todos neste imenso desafio: famílias, profissionais de saúde, educadores infantis, assistentes sociais, gestores, membros de organizações governamentais e não governamentais.
Descritores: Desenvolvimento Infantil
Saúde da Criança
-Serviços de Saúde Escolar
Família
Educação Infantil
Saúde da Família
Colaboração Intersetorial
Assistência Integral à Saúde
Promoção da Saúde
Governo Local
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 3549 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-901283
Autor: Contreras-García, Yolanda; Sobarzo Rodríguez, Paulina; Manríquez- Vidal, Camilo.
Título: Caracterización del apoyo social percibido durante el posparto y la presencia de depresión materna / Characterization of Perceived Social Support During Postpartum and the Presence of Maternal Depression
Fonte: Rev. cuba. obstet. ginecol;43(1):0-0, ene.-mar. 2017. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: el período de posparto es una etapa de vulnerabilidad biopsicosocial en la mujer. Se reconoce una prevalencia de depresión posparto en Chile de un 27,2 por ciento a un 41,3 por ciento. Por otra parte, el apoyo social puede ser un factor protector para este periodo. Objetivo: relacionar las características del apoyo social percibido y la presencia de depresión materna en el periodo de posparto. Métodos: estudio transversal correlacional, de 76 mujeres en periodo de posparto (30 días a 1 año), sanas y sin antecedentes de depresión. Se les evaluó sintomatología depresiva, percepción del apoyo social y funcionamiento familiar. Se agregó un cuestionario de variables biosociales, obstétricas y relacionales, previo consentimiento informado y autorización del comité de ética del centro de salud. El análisis se realizó con el programa estadístico SPSS versión 19.0. Se aplicó un análisis descriptivo univariado, bivariado y multivariado con un nivel de significación estadística menor de 0,05. Resultados: la depresión fue detectada en 27,6 por ciento de las puérperas. La asociación entre la presencia de depresión posparto con la percepción del apoyo social, resultaron estadísticamente significativas al igual que la funcionalidad familiar y la percepción de la relación con la pareja y la madre. Las variables biosociales y obstétricas no resultaron significativas para la presencia de depresión. Conclusiones: los factores protectores de la depresión materna identificados fueron: el apoyo social percibido, el funcionamiento familiar y aspectos relacionales con la pareja y la madre(AU)

Introduction: The postpartum period is a time of bio-psychosocial vulnerability in women, recognizing the prevalence of postpartum depression in Chile from 27.2 percent to 41.3 percent. Moreover, social support may be a protective factor for this period. Objective: to relate the characteristics of perceived social support and the presence of maternal depression in the postpartum period. Methods: A correlational cross-sectional study was led on 76 healthy women in postpartum period (30 days to 1 year), and without a history of depression. Depressive symptomatology, social support perception, and family functioning were evaluated. A questionnaire of biosocial, obstetrical and relational variables was added, with prior informed consent and authorization from the ethics committee of the health center. The statistical analysis was performed with SPSS version 19.0, using descriptive univariate, bivariate and multivariate a statistical significance level less than 0.05. Results: Postpartum depression was detected in a 27, 6 percent. The association between depressions with social support perception was statistically significant, as family functioning and the relationship with their partners and mothers. Biosocial and obstetric variables were not significant for the presence of depression. Conclusions: Perceived social support, family functioning and relational aspects with their partners and mothers are protective factors for maternal depression, compared with other variables(AU)
Descritores: Apoio Social
Depressão Pós-Parto/prevenção & controle
Depressão Pós-Parto/epidemiologia
-CELL LINE0
Saúde da Família
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional



página 1 de 355 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde