Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.400.525 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6336 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 634 ir para página                         

  1 / 6336 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1353659
Autor: Ministerio de Salud de Peru. Instituto Nacional de Enfermedades Neoplásicas-INEN (Peru). Departamento de Promoción de la Salud, Prevención y Control Nacional del Cáncer.
Título: Manual de prevención de cáncer ocupacional. Documento técnico / Occupational cancer prevention manual. Technical document.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Instituto Nacional de Enfermedades Neoplásicas. Departamento de Promoción de la Salud, Prevención y Control Nacional del Cáncer; 2018. 54 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La publicación contiene información técnica, y que busca fortalecer las medidas de prevención y control en un entorno laboral donde hay exposición a sustancias y mezclas que están considerados como cancerígenos para el hombre. Es importante desarrollar, estrategias e instrumentos orientadas a los empleadores y trabajadores, para crear una mejor conciencia sobre la salud de los trabajadores y ambientes de trabajo saludables; por lo que se ha determinado identificar y evaluar, cada agente cancerígeno en tres actividades ocupacionales, como Agricultura, Minería, y Salud
Descritores: Carcinógenos
Saúde do Trabalhador
Câncer Ocupacional
Categorias de Trabalhadores
Neoplasias
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-686157
Autor: Silva, Henika Priscila Lima; Jesus, Cleber Souza de.
Título: Sintomas osteomusculares em cirurgiões-dentistas da rede pública / Musculoskeletal symptoms among dentists of the public service
Fonte: Rev. AMRIGS;57(1):44-48, jan.-mar. 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A atividade desenvolvida pelo cirurgião-dentista pode exigir posturas inadequadas, uso de força excessiva e repetitividade de forma a repercutir na saúde e qualidade de vida desses profissionais. Dessa maneira, o presente estudo ocupou-se em descrever a ocorrência de sintomas osteomusculares nos cirurgiões dentistas da rede pública do município de Jequié, BA. Métodos:Estudo transversal de caráter descritivo, com amostra do tipo não probabilística composta por 20 profissionais que se encontravam exercendo a atividade, em centros e unidades de saúde. Aplicou-se como instrumento de coleta o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares e questionário com dados sóciodemográficos e ocupacionais. Os resultados foram analisados por meio do programa SPSS versão 16.0, calculando-se as frequências, médias e desvio padrão. Resultados: Os cirurgiões-dentistas distribuíram-se igualitariamente quanto ao sexo (50%). O grupo estudado apresentou média de idade de 38,5 anos, sendo a maioria casados (70%). Quanto aos aspectos ocupacionais, obteve-se um tempo médio de atuação profissional de 13,9 anos, com jornada média de trabalho de 41 horas semanais, atendendo mais de 14 pacientes/dia (75%). Em relação a dor musculoesquelética, a maior frequência foi na coluna cervical (90%), seguida pela região lombar (80%). Conclusões: Os resultados apontam que a categoria de cirurgiões dentistas possui elevada prevalência de dor osteomuscular, principalmente em regiões cervical, ombro e coluna. De modo que a organização do trabalho desses profissionais contribui para exposição a fatores de riscos ergonômicos, determinando assim para o desenvolvimento de Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho.

Introduction: The activity performed by a dentist may require awkward postures, use of excessive force, and repetition in ways that may affect the health and quality of life of these professionals. Thus, the present study was designed to describe the occurrence of musculoskeletal symptoms in dentists of the public health system of Jequié, BA. Methods: A cross-sectional, descriptive study, with a non-probability sample composed of 20 practicing professionals in centers and health units. To collect information, the Nordic Questionnaire of Musculoskeletal Symptoms and a questionnaire with socio-demographic and occupational data were used. The results were analyzed using SPSS version 16.0, and frequencies, means and standard deviations were calculated. Results: The dentists were distributed equally by sex (50%), with a mean age of 38.5 years, and were mostly married (70%). Regarding occupational aspects, the medium length of professional activity was found to be 13.9 years, working an average of 41 hours a week, and seeing more than 14 patients per day (75%). Concerning musculoskeletal pain, cervical spine (90%) pain was the most frequent, followed by lumbar pain (80%). Conclusions: The results indicate a high prevalence of musculoskeletal pain in the category of dentists, especially in the cervical, shoulder and spine regions. The organization of these professionals' work contributes to their exposure to ergonomic risk factors, thus facilitating the development of Work-Related Musculoskeletal Disorders.
Descritores: Odontólogos
Saúde do Trabalhador
Transtornos Traumáticos Cumulativos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  3 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-686171
Autor: Bortolini, Silvia Mônica; Panazolo, Cristiano Abel; Debarba, Lucas Vinicius Bortoli; Sampietro, Rodnei Bertazzi; Braga, Denis Conci.
Título: Absenteísmo no trabalho por doença no município de Água Doce, Santa Catarina / Disease-related absence from work in Água Doce, Santa Catarina
Fonte: Rev. AMRIGS;57(2):122-126, abr.-jun. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O absenteísmo é o termo designado para a falta do empregado ao trabalho. O conhecimento dos seus vários aspectos e causas permite a exploração integrada do problema, na tentativa de planejar e adotar medidas preventivas corretas e efetivas que favoreçam o trabalhador. O estudo objetivou analisar o absenteísmo dos trabalhadores residentes no município de Água Doce, situado no meio-oeste de Santa Catarina. Métodos: Trata-se de estudo retrospectivo, transversal e descritivo. Foram incluídos os atendimentos nas duas Estratégias de Saúde da Família do município, durante o período de julho a setembro de 2012, que necessitaram de atestado médico após a realização de consulta. As patologias foram agrupadas conforme a Classificação CID – 10. Resultados: Foram emitidos 110 atestados no período. Os pacientes do sexo feminino corresponderam a 53,64% (n=59). A média de afastamento foi 1,45 dia. O setor mais atingido foi o industrial, com 61 atestados (55,46%). As doenças do aparelho respiratório tiveram maior prevalência (26,36%), seguido pelas doenças osteomusculares (24,54%), do aparelho digestivo (10%) e do sistema nervoso (9%). Conclusões: Identificar as causas de absenteísmo permitiu entender quais patologias levaram ao ocorrido, bem como o setor mais acometido na região. O presente estudo corrobora a multifatoriedade do absenteísmo já observada por outros autores.

Introduction: The term absenteeism refers to employees' absence from work. Knowledge of its various aspects and causes allows an integrated exploration of the problem, in an attempt to plan and take effective and correct preventive measures that favor the employee. This study aimed to analyze absenteeism among workers living in the municipality of Água Doce, located in the middle west of Santa Catarina. Methods: This is a retrospective, cross-sectional and descriptive study. We included medical consultations in both services of the Family Health Strategies of the municipality in the Jul-Sept 2012 period that resulted in issuing medical certifi cates after the consultation. Disorders were grouped according to the CID–10 Classifi cation. Results: 110 certifi cates were issued in the period. Female patients accounted for 53.64% (n = 59) of these. Time of absence from work averaged 1.45 days. The sector hit hardest was industry, with 61 certifi cates (55.46%). Respiratory disorders were the most prevalent (26.36%), followed by musculoskeletal (24.54%), digestive (10%) and nervous system (9%) disorders. Conclusions: Identifying the causes of absenteeism allowed to understand which conditions led its occurrence, as well as the most affected sector in the region. This study confi rms the multifactorial nature of work absence as previously observed by other authors.
Descritores: Absenteísmo
Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos
Saúde do Trabalhador
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  4 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1369124
Autor: Acuña Vesga, Andrea Patricia; Díaz Ramírez, Leidy Carine; Almario Barrera, Andrea Johanna; Peñuela Sánchez, Adriana Esperanza; Castellanos Domínguez, Yeny Zulay.
Título: Niveles de ruido generados en procedimientos realizados en una facultad de odontología / Noise levels of dental equipment used in a dental school
Fonte: rev.cuid. (Bucaramanga.2010);13(1):1-10, 20221213.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: Los profesionales del área de odontología se ven expuestos a diferentes tipos de ruidos generados en el ambiente laboral producidos durante el ejercicio de su práctica clínica, originados, entre otros, por el instrumental y los aparatos rotatorios de uso diario. Estos niveles de ruido pueden variar de acuerdo a la especialidad clínica. Objetivo: Determinar el nivel de ruido producido durante los procedimientos odontológicos en las clínicas de una facultad de odontología. Material y Métodos: A partir de un estudio de corte transversal analítico y mediante muestreo no probabilístico a conveniencia se realizó el reconocimiento de las unidades en las especialidades odontológicas a evaluar. Se usó un sonómetro digital BENETECH GM1352, nivel de frecuencia A, rango 30-130 dB, exactitud más o menos 1,5 dB. Se utilizaron las pruebas U de Mann Whitney y Kruskal Wallis para determinar diferencias en los niveles de ruido entre las especialidades odontológicas. Resultados: La mediana del nivel de ruido medido en general fue de 75,94 dB (RIC 74,12 ­ 77,51), la especialidad clínica en la que mayor ruido se identificó fue la operatoria dental (mediana 77,34 y RIC 76,44 ­79,4 dB). Conclusiones: las áreas clínicas operatoria dental, rehabilitación, endodoncia y odontopediatría corresponden a las especialidades donde los niveles de ruido determinados se ajustan a los límites permitidos por la normatividad vigente en Colombia para el ruido medido en ambiente laboral.

Introduction: Dental professionals are exposed to different noise levels in their work environment during their clinical practice, mainly caused by dental instruments and rotary instruments used on a daily basis. Noise levels may vary according to the type of clinical specialty. Objective: To determine noise levels during dental procedures in dental school clinics. Materials and Methods: An analytical cross-sectional study was conducted by means of non-probability convenience sampling to determine dental specialties to be evaluated. BENETECH GM1352 30-130dB Digital Sound Level Meter with accuracy +/- 1.5 dB and A weighting was used for measurements. Mann-Whitney U and Kruskal-Wallis H tests were used to identify differences in noise levels among dental specialties. Results: Measured median noise level was 75.94 dB (RCI 74.21 -77.51), dental surgery was identified to have the highest noise among clinical specialties (median 77.34 and RCI 76.44 -79.4 dB). Conclusions: Dental surgery, oral rehabilitation, endodontics and pediatric dentistry were found to be the clinical specialties where noise exposure is within the limits established by Colombian regulations for noise in the workplace.

Introdução: Os profissionais da área da odontologia estão expostos a diferentes tipos de ruído gerado no ambiente de trabalho produzido durante o exercício da sua prática clínica, proveniente, entre outros, de instrumentos e aparelhos rotativos em uso diário. Estes níveis de ruído podem variar de acordo com a especialidade clínica. Objetivo: Determinar o nível de ruído produzido durante procedimentos odontológicos nas clínicas de uma escola de odontologia. Material e Métodos: Com base em um estudo analítico transversal e por meio de amostragem por conveniência não probabilística, foram levantadas as unidades das especialidades odontológicas a serem avaliadas. Foi utilizado um sonómetro digital BENETECH GM1352, nível de frequência A, faixa de medição 30-130 dB, precisão mais ou menos 1,5 dB. Os testes U de Mann Whitney e Kruskal Wallis foram usados para determinar as diferenças nos níveis de ruído entre as especialidades odontológicas. Resultados: O nível de ruído médio medido globalmente foi de 75,94 dB (RIC 74,12 - 77,51), sendo que a especialidade clínica em que foi identificado o maior ruído foi a cirurgia dentária (média 77,34 e RIC 76,44 -79,4 dB). Conclusões: as áreas clínicas de cirurgia dentária, reabilitação, endodontia e odontologia pediátrica correspondem às especialidades onde os níveis de ruído determinados estão de acordo com os limites permitidos pela regulamentação em vigor na Colômbia para o ruído medido no ambiente de trabalho.
Descritores: Universidades
Saúde do Trabalhador
Odontologia
Ruído
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: CO646.1 - Biblioteca


  5 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1374040
Autor: Nascimento, Flaviana Pereira Bastos; Tracera, Gisele Massante Peixoto; Santos, Katerine Moraes dos; Sousa, Kayo Henrique Jardel Feitosa; Jesus, Sérgio Abreu de; Tomaz, Ana Paula Kelly de Almeida; Zeitoune, Regina Célia Gollner.
Título: Danos à saúde relacionados ao trabalho de enfermeiros em um hospital universitário / Daños a la salud relacionados con el trabajo de enfermeros en un hospital universitario / Work-related health damage of nurses in a university hospital
Fonte: Acta Paul. Enferm. (Online);35:eAPE039014234, 2022. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Resumo Objetivo Analisar os danos à saúde relacionados ao trabalho de enfermeiros em um hospital universitário. Métodos Estudo transversal, quantitativo realizado com 135 enfermeiros de um hospital universitário localizado na região Sudeste do Brasil, entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, com aplicação de questionários para caracterização pessoal e laboral e a Escala de Avaliação de Danos Relacionados ao Trabalho. Utilizou-se estatística descritiva e inferencial para a análise dos dados. Resultados Prevaleceu entre os enfermeiros o adoecimento físico. A avaliação para os danos psicológicos e sociais foi suportável. Os itens "distúrbios digestivos" (2,35±1,18), "mau-humor" (2,41±1,12), "dor de cabeça" (2,58±1,11), "dores no corpo" (2,81±1,15), "dores nas costas" (2,90±1,29), "alterações no sono" (2,96±1,28) e "dores nas pernas" (3,00±1,25) tiveram avaliação crítica pelos enfermeiros, o que representa risco para adoecimento. Não se identificaram associações significativas entre as variáveis pesquisadas e o adoecimento. Conclusão Os enfermeiros estão sujeitos a riscos de adoecimento relacionado ao trabalho no hospital universitário em estudo que deflagram adoecimento físico; sendo o suporte social uma provável explicação para o não adoecimento psicológico e social.

Resumen Objetivo Analizar los daños a la salud relacionados con el trabajo de enfermeros en un hospital universitario. Métodos Estudio transversal, cuantitativo realizado con 135 enfermeros de un hospital universitario ubicado en la región Sureste de Brasil, entre los meses de diciembre de 2018 y febrero de 2019, con la utilización de cuestionarios para caracterización personal y laboral y la Escala de Evaluación de Daños Relacionados con el Trabajo. Se utilizó una estadística descriptiva e inferencial para el análisis de los datos. Resultados Prevaleció entre los enfermeros la dolencia física. La evaluación para los daños psicológicos y sociales fue soportable. Los ítems "disturbios digestivos" (2,35±1,18), "malhumor" (2,41±1,12), "dolor de cabeza" (2,58±1,11), "dolores por el cuerpo" (2,81±1,15), "dolores en la espalda" (2,90±1,29), "alteraciones del sueño" (2,96±1,28) y "dolores en las piernas" (3,00±1,25) tuvieron una evaluación crítica de los enfermeros, lo que representa riesgo para la dolencia. No se identificaron asociaciones significativas entre las variables investigadas y la dolencia. Conclusión Los enfermeros están sujetos a riesgos de dolencia relacionados con el trabajo en el hospital universitario en un estudio que ocasionan dolencia física; el soporte social es una probable explicación para la no dolencia psicológica y social.

Abstract Objective To analyze the work-related health damage of nurses in a university hospital. Methods Cross-sectional, quantitative study conducted with 135 nurses from a university hospital located in the southeast region of Brazil between December 2018 and February 2019 with the application of questionnaires for personal and occupational characterization and the Work-Related Damage Assessment Scale. Descriptive and inferential statistics were used for data analysis. Results Physical illness prevailed among nurses. Psychological and social damage were evaluated as bearable. The items "digestive disorders" (2.35±1.18), "bad mood" (2.41±1.12), "headache" (2.58±1.11), "body pain" (2.81±1.15), "back pain" (2.90±1.29), "sleep disorders" (2.96±1.28) and "leg pain" (3.00 ±1.25) had a critical evaluation by nurses, which represents a risk for illness. No significant associations between the studied variables and illness were identified. Conclusion Nurses are subject to risks for illness related to work in the university hospital under study that trigger physical illness. Social support is a likely explanation for not getting psychologically and socially ill.
Descritores: Condições de Trabalho
Saúde do Trabalhador
Enfermeiras e Enfermeiros
Doenças Profissionais/etiologia
-Estudos Transversais
Medição de Risco
Absenteísmo
Fatores Sociais
Hospitais Universitários
Doenças Profissionais/classificação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  6 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1381445
Autor: Silva, Mayra Hadassa Ferreira; Dias, Thaíse Sara Costa; Braga, Bianca de Araújo Cavalcante; Lucena, Brunna Thais Luckwu de; Oliveira, Luciana Figueiredo de; Trigueiro, Janaína von Söhsten.
Título: Análise do perfil sociodemográfico, laboral e dos riscos ocupacionais de agentes comunitários de saúde / Analysis of the sociodemographic, work profile and occupational risks of community health agents / Análisis del perfil sociodemográfico, laboral y riesgos ocupacionales de los agentes de salud comunitarios
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);14:e11144, 2022. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: delinear o perfil sociodemográfico e laboral de Agentes Comunitários de Saúde bem como investigar os riscos ocupacionais aos quais estão expostos em um município da Região Nordeste. Método: realizado por meio de um questionário autoaplicado com 64 sujeitos, constituído por duas seções: uma relativa aos dados sociodemográficos e laborais e outra com questões acerca dos riscos ocupacionais. Resultados: a maioria dos participantes é do gênero feminino, casada, com o ensino médio completo, fez curso de qualificação, reside na microárea que trabalha e cumpre 40 horas semanais. Elencou-se 5 variáveis como riscos ocupacionais, sendo elas: contato com pessoas infectantes, agressão física, desgaste emocional, problemas interpessoais e ataques de animais. Conclusão: é imperativo que tal profissional seja reconhecido pelo seu potencial. Ademais, que possa ter as suas demandas atendidas e compreendidas, especialmente no que concerne ao modo de enfrentamento às adversidades laborais, o que o faz ser tão suscetível ao adoecimento, comprovado nessa pesquisa

Objective: to outline the sociodemographic and work profile of Community Health Agents as well as to investigate the occupational risks to which they are exposed in a municipality in the Northeast Region. Method: conducted by means of a self-administered questionnaire with 64 subjects, consisting of two sections: one related to sociodemographic and work data and the other with questions about occupational risks. Results: most of the participants are female, married, with complete high school, took a qualification course, live in the micro area that works and work 40 hours a week. Five variables were listed as occupational risks, namely: contact with infectious people, physical aggression, emotional exhaustion, interpersonal problems and attacks by animals. Conclusion: it is imperative that such a professional is recognized for his potential. Furthermore, that he can have his demands met and understood, especially with regard to coping with adversity at work, which makes him so susceptible to illness, as evidenced in this research

Objetivo: esbozar el perfil sociodemográfico y laboral de los Agentes Comunitarios de Salud así como investigar los riesgos laborales a los que están expuestos. Método: realizado mediante un cuestionario autoadministrado con 64 sujetos, que consta de dos apartados: uno relacionado con datos sociodemográficos y laborales y otro con preguntas sobre riesgos laborales. Resultados: la mayoría de los participantes son mujeres, casadas, con bachillerato completo, cursaron un curso de calificación, viven en el área micro que trabaja y trabajan 40 horas semanales. Se enumeraron cinco variables como riesgos laborales, a saber: contacto con personas infecciosas, agresión física, agotamiento emocional, problemas interpersonales y ataques de animales. Conclusión: es imperativo que dicho profesional sea reconocido por su potencial. Además, que sus demandas sean atendidas y comprendidas, especialmente en lo que respecta al afrontamiento de las adversidades laborales, que lo hacen tan susceptible a la enfermedad, como se evidencia en esta investigación
Descritores: Condições de Trabalho
Riscos Ocupacionais
Agentes Comunitários de Saúde/estatística & dados numéricos
-Perfil de Saúde
Saúde do Trabalhador/tendências
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  7 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1381092
Autor: Maquieira, Daniela.
Título: Aportes sindicales en materia de salud laboral / Trade union contributions in the field of occupational health.
Fonte: [Montevideo]; CieJ; [2012?]. 39 p. (Cuadernos del CieJ).
Idioma: es.
Descritores: Condições de Trabalho
Riscos Ocupacionais
Saúde do Trabalhador
Violência no Trabalho
Limites: Humanos
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina
UY1.1; 32L, MAQ


  8 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1381063
Autor: Persczel, Milena Gabrieli; Vieira, Rúbia da Rocha; Conde, Alexandre; Pigozzi, Lucas Bozzetti; Paulus, Marília; Bellan, Mariá Cortina.
Título: Uso de EPIs e seu impacto na saúde do cirurgião-dentista em tempos de Covid-19 / Use of PEES and its impact on the health of the dental surgeon in Covid-19 times
Fonte: Rev. Odontol. Araçatuba (Online);43(3):24-32, set.-dez. 2022. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi identificar quais EPIs foram utilizados pelos cirurgiões-dentistas e a relação destes EPIs com a presença de dores osteomusculares em virtude do novo estilo de vida profissional ocasionado pelo SARS-CoV-2. Foram aplicados dois questionários com a temática por intermédio da plataforma Google Forms®. Os participantes da pesquisa (n= 110) tiveram acesso aos questionários via e-mail e através das redes sociais. A análise de dados foi realizada por meio de teste qui-quadrado com nível de confiança de 95%. Os resultados obtidos demonstraram predomínio de indivíduos do sexo masculino, com idade entre 21 a 29 anos, solteiros, entre 1 a 10 anos de formado, possuindo renda mensal de 1 a 5 salários-mínimos, especialistas, atuando em consultório particular, com atualizações para atendimento durante o período de pandemia. Observou-se relação estatisticamente significativa (p<0,05) na utilização de gorro durante os atendimentos odontológicos para os profissionais que realizaram atualizações para atendimento durante o período de pandemia da COVID-19. Em relação aos demais EPIs não houve relação estatisticamente significativa (p>0,05). No que diz respeito às dores osteomusculares, observou-se relação estatisticamente significativa (p<0,05) apenas entre a utilização de avental descartável e o relato de dores na região do pescoço, ombro e costas. Ademais, não foi possível observar relação estatisticamente significativa (p>0,05) entre EPIs e dores osteomusculares. Pôde-se concluir que uma grande parcela dos cirurgiões-dentistas adotou medidas de proteção contra o novo Coronavírus (SARS-CoV-2), utilizando os EPIs recomendados para executar atendimento durante o período pandêmico. Com relação às dores osteomusculares, os participantes relataram dor com ou sem a utilização de EPIs, porém ao utilizarem avental descartável, houve predominância de sintomatologia na região do pescoço, ombros e coluna(AU)

The aim of this study was to identify which PPE was used by Dental Surgeons and the relationship of this PPE with the presence of musculoskeletal pain due to the new professional lifestyle caused by SARS-CoV-2. Two questionnaires with the theme were applied through the Google Forms® platform. Research participants (n = 110) had access to the questionnaires via e-mail and through social networks. Data analysis was performed using a chi-square test with a 95% confidence level. The results showed a predominance of male individuals, aged between 21 and 29 years old, single, between 1 and 10 years since graduation, having a monthly income of 1 to 5 minimum wages, specialists, working in private practice, with updates for care during the pandemic period. There was a statistically significant relationship (p<0.05) in the use of a cap during dental care for professionals who updated for care during the COVID-19 pandemic period. About the other PPE there was no statistically significant relationship (p>0.05). Regarding musculoskeletal pain, there was a statistically significant relationship (p<0.05) only between the use of a disposable apron and the report of pain in the neck, shoulder, and back. Furthermore, it was not possible to observe a statistically significant relationship (p>0.05) between PPE and musculoskeletal pain. It was concluded that a large portion of dentists adopted protective measures against the new Coronavirus (SARS-CoV-2), using the recommended PPE to perform care during the pandemic period. Regarding musculoskeletal pain, participants reported pain with or without the use of PPE, however, when using a disposable apron, there was a predominance of symptoms in the neck, shoulders, and back(AU)
Descritores: Odontólogos
Dor Musculoesquelética
Equipamento de Proteção Individual
COVID-19
-Ombro
Riscos Ocupacionais
Saúde do Trabalhador
SARS-CoV-2
Ergonomia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR186.1 - Biblioteca Honório Monteiro


  9 / 6336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Miziara, Ivan Dieb
Texto completo
Id: biblio-1376485
Autor: Batlle, Amanda Ribeiro; Carmo, Ana Paula Possar do; Carvalho, Fabiana Iglesias de; Miziara, Ivan Dieb; Miziara, Carmen Silvia Molleis Galego.
Título: Confidencialidade em medicina ocupacional: protegendo informações / Confidentiality in occupational medicine: protecting information / Confidencialidad en medicina del trabajo: protección de información
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);30(1):126-138, jan.-mar. 2022.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A confidencialidade é elemento central da relação médico-paciente e está associada à boa qualidade do atendimento. Contudo, pode ser rompida em conformidade com as normas éticas e legais estabelecidas no país. Este estudo objetiva mostrar os principais aspectos da confidencialidade em medicina ocupacional. Para isso, realizou-se revisão narrativa de literatura sobre o tema, utilizando bases de dados de livre acesso e embasando-se nos códigos de ética médica. A atuação do médico do trabalho envolve o trabalhador, outros profissionais não médicos e o empregador, situação capaz de desencadear conflitos, requerendo que o médico conheça suas obrigações e limites ético-legais. A proteção da confidencialidade respeita os direitos humanos, mas dilemas podem surgir, não bastando obedecer aos ditames éticos, mas sendo necessário essencialmente seguir as normas legais. Este estudo busca mostrar os principais aspectos éticos e legais atualizados referentes à saúde ocupacional.

Abstract Confidentiality is a central element of the physician-patient relationship and is associated with good quality of care. However, it may be broken in accordance with the ethical and legal standards established in the country. This study aims to show the main aspects of confidentiality in occupational medicine. For this, a narrative review of the literature on the subject was carried out, using free access databases and based on the codes of medical ethics. The occupational physician's performance involves the worker, other non-medical professionals and the employer, a situation that may trigger conflicts, requiring physicians to know their obligations and ethical-legal limits. The protection of confidentiality respects human rights, but dilemmas may arise, not only to obey ethical precepts, but to follow legal norms. This study seeks to show the main and updated ethical and legal aspects regarding occupational health.

Resumen La confidencialidad es clave en la relación médico-paciente y está asociada a buena calidad de la atención. Sin embargo, está sujeta a una quiebra de conformidad a lo establecido en las normas éticas y legales en el país. Este estudio pretende mostrar los principales aspectos de confidencialidad en la medicina del trabajo. Para ello, se realizó una revisión narrativa de la literatura en las bases de datos de acceso abierto basándose en códigos de ética médica. El actuar del médico del trabajo involucra al trabajador, a profesionales no médicos y al empleador, lo que puede desencadenar conflictos requiriendo que el médico conozca sus obligaciones y límites ético-legales. La protección de la confidencialidad respeta los derechos humanos, pero pueden surgir dilemas y no solo bastará atenerse a los dictámenes éticos, sino seguir fundamentalmente las normas legales. Los resultados mostraron los principales aspectos éticos y legales actualizados relacionados con la salud laboral.
Descritores: Relações Médico-Paciente
Qualidade da Assistência à Saúde
Saúde do Trabalhador
Autonomia Profissional
Confidencialidade
Códigos de Ética
Ética Médica
Direitos Humanos
Medicina do Trabalho
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 6336 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-315216
Autor: Silva, Lolita Dopico; Zeitoune, Regina Célia Gollner.
Título: Determinando os riscos na enfermagem intensivista / Determing risks on intensive care nursing / Determinando los riesgos en la enfermería intensiva
Fonte: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;6(1):81-87, abr. 2002. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A evolução dos movimentos sociais no mundo contemporâneo permitiu a ampliação de novas formas de análise dos riscos ocupacionais onde não se fica mais preso ao potencial de risco do ambiente mas o que prevalece é a análise do processo de trabalho, processo histórico construído pelos grupos de trabalhadores num determinado momento. Emerge neste raciocínio o referencial de Laurell & Noriega (1989) no qual o processo saúde doença do trabalhador é entendido como um fato coletico e social. Calcado neste referencial apresenta-se os riscos do trabalho da enfermagem intensivista em contrapartida à tabela de riscos que oficialmente é reconhecida pelo Minsitério da Saúde, como um primeiro passo no desvelar e revelar dos riscos a que está sujeito o trabalhador da enfermagem.
Descritores: Riscos Ocupacionais
Saúde do Trabalhador
-Enfermagem em Saúde Pública
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação



página 1 de 634 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
WXIS|fatal error|unavoidable|recxref/read|