Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.400.548 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 29 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 29 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729013
Autor: Setenta Andrade, Cristina; Pereira Silva, Alisson; Pereira Silva, Alciene; Pinto, Roque.
Título: Qualidade ambietal e saúde da população em canvieiras - Bahia: aspectos epidemiológicos de saneamento básico e prevalência de parasitoses numa reserva extrativista / Calidad amientall y la salud de la población en canavieira - bahia: aspecctos epidemiológicos de saneamiento básico y la prevalencia de parásitos en una reserva extractiva / Environmental qaality and population health in canavieiras - baia: epidemiologgical aspects of basic sanitation and the prevalence of parasites in an extractive reserve
Fonte: Rev. baiana saúde pública;37(2), abr.-jun. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Pretende-se discutir os nexos entre a degradação ambiental e o predomínio de parasitos específicos numa reserva extrativista. Trata-se de uma pesquisa epidemiológica com abordagem baseada num estudo epidemiológico, descritivo, com corte transversal, realizada com auxílio do mapeamento georreferenciado, na zona urbana da cidade de Canavieiras, Bahia, Brasil. Os resultados coprológicos foram correlacionados com variáveis ambientais e analisados pelo teste de Tukey com 5% de probabilidade. A investigação assinalou uma positividade de mais de 90% de parasitoses em toda a população amostral, com ocorrência do Ascaris lumbricoides em mais de 50% em cada um dos setores analisados. A alta ocorrência de parasitoses nesta comunidade, formada predominantemente por pescadores e marisqueiros, aponta para a falta de saneamento básico e a degradação dos recursos naturais indispensáveis para manutenção do modo de vida local, corroborando a indissociabilidade entre a saúde da população e a qualidade ambiental do seu entorno.

This article intends to discuss the links between environmental degradation and the prevalence of specific parasites in an extractive reserve. This is an epidemiological research with an approach of occurrence, based on an individual, observational and cross-sectional study, with the aid of geo-referenced mapping in the urban area of Canavieiras, Bahia, Brazil. The parasitological results were correlated with environmental variables and analyzed by Tukey test with 5% margin of error. The investigation reported a positivity of more than 90% of parasites across the sample population, with occurrence of Ascaris lumbricoides more than 50% in each of the sectors analyzed. The high incidence of parasitic infections in this community, made up predominantly of fishermen and shellfish gatherers, points to the lack of sanitation and degradation of natural resources essential to maintaining the local way of life, supporting the inseparability between population health and environmental quality of their surroundings.

Se trata de discutir aquí los vínculos entre la degradación ambiental y la prevalencia de parásitos específicos en una reserva extractiva en Brasil. Se trata de un estudio epidemiológico con un enfoque basado en el estudio epidemiológico, descriptivo, transversal, realizado con recursos de la cartografía georeferenciada en el área urbana de la ciudad de Canavieiras, en el Estado de Bahia, Brasil. Los resultados del examen coprológico se correlacionaron con variables ambientales analizadas mediante la prueba de Tukey con 5% de margen de error. La investigación ha indicado un resultado positivo para más de 90% de parásitos en toda la muestra de la población, con la aparición de Ascaris lumbricoides en más de 50% en cada uno de los sectores analizados. La alta incidencia de parásitos en esta comunidad, formada principalmente por pescadores y marisqueros, apunta a la falta de saneamiento y la degradación de los recursos naturales esenciales para el mantenimiento de la forma de vida local, ratificando la inseparabilidad entre la salud de la población y la calidad ambiental de su entorno.
Descritores: Doenças Parasitárias
Ascaris lumbricoides
Qualidade Ambiental
Saneamento Básico
Saúde da População
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1007408
Autor: Moscoso, Nebel; Lago, Fernando.
Título: Impacto del gasto en salud en el status de salud poblacional: el caso argentino / The impact of health expenditures on the population's health status: the argentine case
Fonte: Rev. Asoc. Med. Bahía Blanca;16(4):110-116, oct-dic, 2006.
Idioma: es.
Resumo: El presente trabajo tiene por objetivo analizar el impacto de los recursos asignados al cuidado de la salud sobre el status de salud poblacional en Argentina. Para cumplir con el objetivo se analiza en primer lugar cuáles son las variables que determinan el status de salud de una población en términos generales y el peso relativo de cada una de ellas sobre la producción total de salud. En la segunda parte se muestran algunos indicadores sanitarios de Argentina en relación al resto del mundo, en un intento de especificar el nivel de salud de nuestra población. Dadas las diferencias encontradas en relación a los resultados de salud pese a no manifestarse grandes discrepancias en términos del gasto total asignado como porcentaje de PIB, en la tercera parte se examinan las posibles causas de dicho fenómeno. Finalmente, y a modo de conclusión se exponen posibles estrategias para conducir el gasto en salud hacia políticas sanitarias que conlleven a mejores resultados.

The objective of this work is to analyze the impact of the resources assigned to health care on the population's health status in Argentina. In order to reach this objective, in first place, we analyze which are the variables that determine the health status of a population in general and the relative weigh of each of them on the whole health production. Secondly, we show some health indicators in Argentina in comparison with the rest of the world, in an attempt to specify the health level of our population. Given the differences found regarding the health results in spite of the fact that no great discrepancies were found regarding the total expense assigned as GDP percentage, in the third part we examine the possible causes of such phenomenon. Finally, as a conclusion, we present possible strategies to lead health expenditures towards health policies that imply better results.
Descritores: Política de Saúde
-Características da População
Políticas de Controle Social
Saúde da População
Gasto per capita em Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo de Avaliação
Responsável: AR393.1 - Centro de Información y Documentación Dr H. Urquiola


  3 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1020851
Autor: Acosta-Reyes, Jorge; Navarro-Lechuga, Edgar; Benitez, Juan Camilo; Bravo, Elsa; Goenaga, Eloina; Galindo, José Israel; Walteros-Acero, Diana Marcela.
Título: Health-Related quality of life of an adult population sample in Barranquilla, Colombia / Calidad de vida relacionada con salud en una muestra de población adulta en Barranquilla, Colombia
Fonte: Rev. salud pública;20(6):730-736, nov.-dic. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective The aim of this study was to estimate values of health-related quality of life (HRQOL) by focusing on the physical and mental health of an adult population sample in the city of Barranquilla, Colombia. Materials and methods Cross-sectional study with 368 adults representing an adult population. The questionnaires included the health-related quality of life "CDC-Healthy Days", the Zung Self-Rating Depression Scale, and the Overall Disability Sum Score. The prevalence of fair or poor health status (FPH), frequent physical distress (FPD), frequent mental distress (FMD), and frequent activity limitation (FAL) was estimated according to socio-demographic characteristics, presence of depression, and physical disability. Results The mean age of 368 adults was 45.6 ± 18.3 years; 55.7% were males. Only 21% of this population considered their general health to be fair or poor. The prevalence of FPH, FPD, FMD and FAL was higher in women than in men, and increased with greater severity of depression and higher physical disability. Moreover, 12% of the population presented with mild depression, 3.8% with moderate depression, and less than 1% with severe depression. 94% of this population did not have an arms or legs disability. Discussion This study provides HRQOL values for an adult sample of the population of Barranquilla, Colombia. Overall, the HRQOL of this population, with subtle differences, is similar to other reports from Colombia. In general, women and people with depression and physical disabilities had a worse quality of life.(AU)

RESUMEN Objetivo Estimar los valores de la calidad de vida relacionada con la salud (CVRS) enfocados en la salud física y mental de una muestra de población adulta en la ciudad de Barranquilla, Colombia. Métodos Estudio transversal, con 368 adultos. Los cuestionarios consistían en escala de calidad de vida relacionada con la salud "CDC-Healthy Days", la Escala de Depresión de Zung y el Puntaje General de la Discapacidad. La prevalencia del estado de salud regular o deficiente (FPH), el estrés físico frecuente (FPD), el estrés mental frecuente (FMD) y la limitación de la actividad frecuente (FAL) se estimaron según las características sociodemográficas, la presencia de depresión y la discapacidad física. Resultados La edad promedio de los 368 adultos fue de 45.6 ± 18.3 años, 55.7% fueron hombres. El 21% de esta población consideraba que su salud general era justa o pobre. La prevalencia de FPH, FPD, FMD y FAL fue mayor en mujeres que en hombres; incrementó con mayor severidad de depresión y con mayor discapacidad física en esta población. El 12% tenía depresión leve, 3.8% tenía depresión moderada y menos del 1% depresión grave. El 94% de esta población no tenía una discapacidad de brazos o piernas. Discusión Este estudio proporciona valores de CVRS en una muestra adulta de la población de Barranquilla, Colombia. En general, la CVRS de esta población, con pequeñas diferencias, es similar a otros estudios de Colombia. En general, las mujeres, las personas con depresión y discapacidades físicas tenían una peor calidad de vida.(AU)
Descritores: Qualidade de Vida
Depressão/epidemiologia
Saúde da População/estatística & dados numéricos
-Estudos Transversais/instrumentação
Inquéritos e Questionários
Colômbia/epidemiologia
Limites: Humanos
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Barcellos, Christovam
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1102876
Autor: Barcellos, Christovam.
Título: Uma nova geografia e o direito à informação e comunicação: a sobrevida em meio à pandemia de Covid-19 / A new geography and the right to information and communication: the survival in the midst of the pandemic of Covid-19 / Una nueva geografía y el derecho a la información y a la comunicación: la sobrevida en medio de la pandemia de Covid-19
Fonte: RECIIS (Online);14(2):461-472, abr.-jun. 2020. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Em entrevista à Reciis, o geógrafo e sanitarista, Christovam Barcellos, reflete sobre a influência das condições socioambientais no estado de saúde das populações, um tema que adquiriu ainda mais relevância depois de uma sequência de desastres ambientais ocorridos recentemente no Brasil. A pandemia da Covid-19 o fez retomar alguns estudos, que podem contribuir para pensar de forma ampla sobre as diversas questões sociais e de saúde envolvidas nas situações de emergência sanitária que alteram o cotidiano das pessoas e da sociedade. Contribuindo para as ações de controle à pandemia do novo coronavírus no estado do Rio de Janeiro e no Brasil, o vice-diretor de pesquisa do Instituto de Comunicação, Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz) relata o desafio de propor decisões oportunas e baseadas em dados que, apesar da ideia geral de preservar a vida, conforme o uso podem pôr em risco as pessoas mais vulneráveis num contexto de profundas incertezas relacionadas à Covid-19 e às desigualdades sociais históricas do Brasil. O pesquisador revela que esta pandemia produzirá uma nova organização socioespacial com a formação de grupos que podem ser mais solidários ou, ao contrário, individualistas. Para Barcellos, a pandemia também reforçará a relevância da ciência e da saúde pública para a sociedade, de modo que, na pós-pandemia, o direito às tecnologias de informação e comunicação qualificadas será pauta necessária para uma agenda de combate às desigualdades.
Descritores: Entrevista
Infecções por Coronavirus
Comunicação em Saúde
Pandemias
Geografia
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Meio Ambiente
Saúde da População
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1058868
Autor: Acosta-Reyes, Jorge; Navarro-Lechuga, Edgar; Benitez, Juan C; Bravo, Elsa; Goenaga, Eloina; Galindo, José I; Walteros-Acero, Diana M.
Título: Health-related quality of Life of an adult population sample in Barranquilla, Colombia / Calidad de vida relacionada con salud en una muestra de población adulta en Barranquilla, Colombia
Fonte: Rev. salud pública;21(1):70-76, ene.-feb. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective The aim of this study was to estimate values of health-related quality of life (HRQOL) by focusing on the physical and mental health of an adult population sample in the city of Barranquilla, Colombia. Materials and Methods Cross-sectional study with 368 adults representing an adult population. The questionnaires included the health-related quality of life "CDC-Healthy Days", the Zung Self-Rating Depression Scale, and the Overall Disability Sum Score. The prevalence of fair or poor health status (FPH), frequent physical distress (FPD), frequent mental distress (FMD), and frequent activity limitation (FAL) was estimated according to socio-demographic characteristics, presence of depression, and physical disability. Results The mean age of 368 adults was 45.6 ± 18.3 years; 55.7% were males. Only 21% of this population considered their general health to be fair or poor. The prevalence of FPH, FPD, FMD and FAL was higher in women than in men, and increased with greater severity of depression and higher physical disability. Moreover, 12% of the population presented with mild depression, 3.8% with moderate depression, and less than 1% with severe depression. 94% of this population did not have an arms or legs disability. Discussion This study provides HRQOL values for an adult sample of the population of Barranquilla, Colombia. Overall, the HRQOL of this population, with subtle differences, is similar to other reports from Colombia. In general, women and people with depression and physical disabilities had a worse quality of life.(AU)

RESUMEN Objetivo Estimar los valores de la calidad de vida relacionada con la salud (CVRS) enfocados en la salud física y mental de una muestra de población adulta en la ciudad de Barranquilla, Colombia. Métodos Estudio transversal, con 368 adultos. Los cuestionarios consistían en escala de calidad de vida relacionada con la salud "CDC-Healthy Days", la Escala de Depresión de Zung y el Puntaje General de la Discapacidad. La prevalencia del estado de salud regular o deficiente (FPH), el estrés físico frecuente (FPD), el estrés mental frecuente (FMD) y la limitación de la actividad frecuente (FAL) se estimaron según las características sociodemográficas, la presencia de depresión y la discapacidad física. Resultados La edad promedio de los 368 adultos fue de 45.6 ± 18.3 años, 55.7% fueron hombres. El 21% de esta población consideraba que su salud general era justa o pobre. La prevalencia de FPH, FPD, FMD y FAL fue mayor en mujeres que en hombres; incrementó con mayor severidad de depresión y con mayor discapacidad física en esta población. El 12% tenía depresión leve, 3.8% tenía depresión moderada y menos del 1% depresión grave. El 94% de esta población no tenía una discapacidad de brazos o piernas. Discusión Este estudio proporciona valores de CVRS en una muestra adulta de la población de Barranquilla, Colombia. En general, la CVRS de esta población, con pequeñas diferencias, es similar a otros estudios de Colombia. En general, las mujeres, las personas con depresión y discapacidades físicas tenían una peor calidad de vida.(AU)
Descritores: Qualidade de Vida
Depressão/epidemiologia
Avaliação da Deficiência
Saúde da População/estatística & dados numéricos
-Estudos Transversais/instrumentação
Questionário de Saúde do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1047216
Autor: Alfie, José.
Título: Editorial / Editorial
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);39(2):35-35, jun. 2019.
Idioma: es.
Descritores: Educação em Saúde
Promoção da Saúde
Hospitais Universitários
-Serviços Preventivos de Saúde
Saúde Pública
Saúde da População
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  7 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-859822
Autor: Cassemiro, Klécia Marília S. de Melo; Santos, Imeide Pinheiro dos.
Título: PROGRAMA VIGIDESASTRES: FLUXO OPERACIONAL EM SITUAÇÃO DE INUNDAÇÃO EM MUNICÍPIO DA CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA / VIGIDESASTRES PROGRAM: OPERATIONAL FLOW IN FLOOD SITUATION IN A MUNICIPALITY OF CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA / PROGRAMA VIGIDESASTRES: FLUJO OPERACIONAL EN SITUACIÓN DE INUNDACIÓN EN MUNICIPIO DE LA CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA
Fonte: Rev. baiana saúde pública;40 (2016)(Supl. 2 SUVISA):https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.nS2.a2701, Set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O Programa Vigidesastres visa a proteção da saúde da população contra as consequências dos desastres apoiado nas estratégias de gestão do risco, considerando a magnitude do risco para definir as prioridades de ação. Este artigo apresenta um relato de experiência do processo de construção do fluxo de operacionalização do Programa Vigidesastres na situação de desastre no município de Lajedinho, Bahia. São expostos os critérios de operacionalização do Programa Vigidesastres, as ações direcionadas para a etapa da prevenção do risco, manejo do desastre e, finalmente, a reabilitação, mediante análises dos locais seguros para reconstrução das estruturas de saúde, seguida da elaboração de plano de preparação e resposta com base nas experiências vivenciadas, incluindo o controle de vetores. A situação de desastre no município de Lajedinho contribuiu para análise e revisão das ações implementadas pelo Programa Vigidesastres na construção de um fluxo de ação mais efetivo, com uma resposta mais rápida, a fim de diminuir novos impactos ao município e à população.

Vigidesastres Program aims to protect the health of the population against the consequences of disasters based on risk management strategies, considering the magnitude of the risk to define priorities for action. This article presents an experience report on the process of construction of the operational flow of Vigidesastres Program in disaster situation in the municipality of Lajedinho, Bahia. The criteria for operationalization of Vigidesastres Program are presented, as well as the actions directed to the stage of risk prevention, disaster management and, finally, rehabilitation, through the analysis of safe places for the reconstruction of health structures, followed by the preparation plan elaboration and experiences based response, including vector control. The disaster situation in the municipality of Lajedinho contributed to the analysis and review of the actions implemented by Vigidesastres Program for the elaboration of a more effective flow of action, with faster response, in order to reduce new impacts to the municipality and its population.

El Programa Vigidesastres tiene como objetivo proteger la salud de la población contra las consecuencias de los desastres basado en las estrategias de gestión de riesgos, teniendo en cuenta la magnitud del riesgo para establecer prioridades de acción. Este artículo presenta un relato de experiencia del proceso de construcción del flujo de operacionalización del Programa Vigidesastres en la situación de desastre en el municipio de Lajedinho, Bahía. Los criterios para el funcionamiento del Programa Vigidesastres son expuestos, las acciones dirigidas a la etapa de prevención de riesgos, la gestión del desastre y finalmente la rehabilitación a través del análisis de lugares seguros para la reconstrucción de las instalaciones de salud, seguida de la preparación del plan de desarrollo y la respuesta basada en experiencias pasadas, incluyendo el control de vectores. La situación de desastre en el municipio de Lajedinho contribuyó a análisis y revisión de las acciones llevadas a cabo por el Programa Vigidesastres en la construcción de un flujo más efectivo de la acción, con una respuesta más rápida con el fin de reducir los nuevos impactos a la municipalidad y a la población.
Descritores: Gestão de Riscos
Desastres
Saúde da População
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  8 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-737676
Autor: Silva, Karina Maia da; Leite, Simone Paiva.
Título: Concepções de saúde e doença apresentadas por uma população atendida pela estratégia saúde da família / Health and disease concepts enunciated by a population attended by family health strategy
Fonte: Rev. APS;17(3), set. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo analisa as concepções de saúde e doença de pacientes atendidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF) em uma cidade do sul de Minas Gerais, Brasil. Ao conhecer os conceitos de saúde e doença da comunidade, que sofrem influências das condições sociais, econômicas e ambientais tanto do individual quanto do coletivo, a equipe de saúde da família poderá superar as dificuldades de acesso e promover a saúde garantindo equidade, qualidade e humanização à população atendida. Trata-se de uma pesquisa qualitativa para a qual se utilizou entrevista semiestruturada. Foram entrevistados 20 sujeitos. Para análise dos dados, foi utilizada a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Mesmo notando que alguns indivíduos apresentam um conceito mais amplo de saúde, englobando ideias preventivas e de promoção de saúde, para outros a saúde é basicamente a ausência de doença. Esta, ainda, pode só ser significativa para alguns quando está em uma fase sintomática ou apresentar gravidade. Portanto já se observam algumas questões a serem trabalhadas a fim de que a comunidade possa estar mais atenta às suas reais condições de saúde, até mesmo para terem participação frente a políticas de saúde. Nota-se que se trata de uma população que aceitou o modelo de atenção proposta pelas ESFs, no qual a interação da equipe de saúde da família pode ser mais efetiva em propor condutas de mudança de comportamento da população, melhorando assim os índices de saúde.

The study analyzes the concepts of health and illness of patients served by the Family Health Strategy (FHS) in a southern city of Minas Gerais, Brazil. By knowing the concepts of health and illness in the community, that suffer influences of social, economic and environmental conditions, on individual and the collective motter, the family health team can overcome the difficulties of access and promote health by ensuring equity, quality and humanization in the care of the population. This is a qualitative survey which used semi-structured interview. We interviewed 20 subjects. For data analysis methodology was used the Collective Subject Discourse. Even noting that some individuals have a broader concept of health, including ideas of health prevention and promotion, to others health is basically the absence of disease. This concept can only be significant for some when disease is in a symptomatic phase or show severity. Therefore, it is already observed some issues going to elaborate so that the community can be more attentive to their actual health condition, for them to participate in the health policies. Note that this is a population that has accepted the model of care proposed by the ESFs, in which the interaction of the family health team can be more effective in order to propose conducts to change the population behavior, thus improving health indices.
Descritores: Processo Saúde-Doença
Estratégia Saúde da Família
-Saúde da População
Promoção da Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 29 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-689516
Autor: Queiroz, Rebecka Dyana; Silva, Alice Santos Santos; Silva, Wendson Oliveira; Lima, Larissa Thiara; Melo, Kamilla Mendonça; Oliveira, Carla Grasiela.
Título: Conhecimento da população do bairro Farolândia sobre o programa saúde da família ( PSF) / Population of knowledge about the neighborhood Farolândia family health program (PSF)
Fonte: Rev. APS;16(1), 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Desde sua criação, em 1988, o Sistema Único de Saúde - SUS - tem tido como um de seus objetivos integralizar a atenção à saúde da população, deixando de lado o caráter curativo dos serviços de saúde para assumir uma nova postura de prevenção e promoção da saúde. O presente estudo teve como objetivo verificar o conhecimento da população sobre o Programa de Saúde da Família (PSF). Pesquisa de campo, exploratória, quantitativa e descritiva. A coleta de dados foi realizada através da aplicação de formulário a 20 moradores do bairro Farolândia, constituído de 10 questões objetivas, que foram analisadas por estatística descritiva simples e demonstradas através de gráficos e tabelas. Apesar de o bairro Farolândia estar localizado na zona sul e possuir uma unidade de saúde que é referência em Aracaju, a grande maioria da população (75%) desconhece a sigla PSF. Dos entrevistados, 75% não souberam responder qual a função do PSF. Observamos que 75% das pessoas entrevistadas são leigas em relação ao conhecimento da equipe que compõe o PSF e das 25% que souberam responder, todas citaram os agentes comunitários de saúde, pois estes sempre estão fazendo visitas domiciliares, principalmente durante os surtos de dengue. 90% dos entrevistados necessitam dos serviços prestados pelo posto, uma vez que elas não dispõem de planos de saúde ou por outros motivos, como campanhas de vacinação. Com uma estrutura física considerada satisfatória para boa parte dos entrevistados (70%), a UBS ainda precisa melhorar o atendimento ao público, pois 39% dos entrevistados sentem-se insatisfeitos. Com relação às atividades desenvolvidas pelo PSF, a resposta mais citada foi consultas, com 90% do total esperado, sendo seguida das visitas domiciliares que ficaram com 80%. Foram consideradas também atividades do PSF: a distribuição de medicamentos por 75%; o acompanhamento de pacientes crônicos, como hipertensos e diabéticos (65%), de pacientes com hanseníase e tuberculose (40%) e de pessoas acometidas por DST?s (35%); 60% responderam distribuição de anticoncepcionais. Com 55%, empataram a distribuição das camisinhas, as consultas de pré-natal e os exames de lâmina; 50% acreditam que o PSF acompanha o crescimento e desenvolvimento infantil e com 10% das citações ficou a vacinação. Conclui-se que a população do bairro Farolândia desconhece o PSF e os trabalhos desenvolvidos por ele, sendo que há a necessidade de informar a população e despertar nas pessoas o interesse de conhecer um projeto tão importante que foi implantado para assegurar uma melhor qualidade na saúde da população.

Since its inception in 1988, the Health System - SUS - has had as one of its objectives fully paid health care for the population, leaving aside the curative health services to take a new approach to prevention and promotion health. This study aimed to determine the population?s knowledge about the Family Health Program (PSF). Field research, exploratory, descriptive and quantitative. Data collection was performed by applying a form Farolândia 20 residents of the neighborhood, consisting of 10 objective questions, which were analyzed by descriptive statistics and demonstrated through graphs and tables. Although the neighborhood Farolândia be located in an area that has a reference in Aracaju, the vast majority of the population (75%) know the acronym PSF. Of the respondents, 75% answer to what function the PSF. We observed that 75% of respondents are in relation to lay knowledge of the team that makes up the PSF and 25% who know how to answer, all cited the community health workers, because they are always making home visits, especially during outbreaks of dengue. 90% of respondents require the services provided by post, since they do not have health insurance or other reasons, such as vaccination campaigns. With a physical structure satisfactory for most of the respondents (70%), UBS still needst to improve service to the public, because 39% of respondents feel dissatisfied. Regarding the activities of the PSF: the function most remembered were the consultations, cited by 90% of respondents, being followed by home visits were 80%, 75% answered about the distribution of medicines, 65% believe that activity is also PSF monitor chronically patients, such as hypertension and diabetes 40% leprosy and tuberculosis and 35% people suffering from STDs, 60% responded distribution of contraceptives, with 55% tie the distribution of condoms, queries prenatal exams and blade, 50 % believe that the PSF accompanying child growth and development and 10% of the citations was vaccination. It is conclude that the population of the district Farolândia don ?t know in detail the PSF and the work he, and there is a need to inform the public and arouse people?s interest in knowing such an important project that has been deployed to ensure a better quality population health.
Descritores: Conhecimento
Estratégia Saúde da Família
-Saúde da População
Serviços de Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  10 / 29 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-686961
Autor: Costa, Mônica Maria Crespo; Barbosa, Marcondes José Pachecoi; Freitas, Vânia Cristina; Albuquerque, Paulette Cavalcanti.
Título: Amigos do bairro contra a dengue: a experiência do Distrito Sanitário III da Secretaria de Saúde do Recife, na implantação de um projeto de participação popular em saúde / Neighborhood Friends against Dengue: the experience of District Three, City of Recife Health Department,in implementing a community participation health project
Fonte: Rev. APS;15(4), 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo objetiva relatar a experiência do Projeto Amigos do Bairro contra Dengue, que consistiu na busca pelo envolvimento da população nas atividades de controle do Aedes aegypti. Trata-se de estudo descritivo, desenvolvido a partir de resgate histórico e documental. Participaram 363 moradores, capacitados para desenvolver ações tipo mutirões e gincanas. Em Encontro, os moradores expuseram o processo de mobilização sustentável, que pode se caracterizar como nova forma de participação popular no controle de endemias. Concluiu-se que pouco se tem avançado com relação à participação da comunidade no controle de endemias e que este projeto inovou pela estratégia de envolvimento da população.

The article aims to describe the experience of the Neighborhood Friends against Dengue Project, which consisted of seeking community involvement in activities to control Aedes aegypti. This is a descriptive study, developed from historical and documentary research. The participants were 363 residents equipped to develop actions such as collaborative efforts and competitions. At the events, residents presented the process of sustainable mobilization, which can be characterized as a new form of community participation in the control of endemic diseases. It was concluded that the project presents a strategy for engaging the population, and reinforces the need for community participation, and its incorporation in government guidelines, in controlling endemic diseases.
Descritores: Dengue
Saúde da População
-Controle de Doenças Transmissíveis
Educação em Saúde
Participação da Comunidade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde