Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.400.548 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 23 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 23 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-689516
Autor: Queiroz, Rebecka Dyana; Silva, Alice Santos Santos; Silva, Wendson Oliveira; Lima, Larissa Thiara; Melo, Kamilla Mendonça; Oliveira, Carla Grasiela.
Título: Conhecimento da população do bairro Farolândia sobre o programa saúde da família ( PSF) / Population of knowledge about the neighborhood Farolândia family health program (PSF)
Fonte: Rev. APS;16(1), 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Desde sua criação, em 1988, o Sistema Único de Saúde - SUS - tem tido como um de seus objetivos integralizar a atenção à saúde da população, deixando de lado o caráter curativo dos serviços de saúde para assumir uma nova postura de prevenção e promoção da saúde. O presente estudo teve como objetivo verificar o conhecimento da população sobre o Programa de Saúde da Família (PSF). Pesquisa de campo, exploratória, quantitativa e descritiva. A coleta de dados foi realizada através da aplicação de formulário a 20 moradores do bairro Farolândia, constituído de 10 questões objetivas, que foram analisadas por estatística descritiva simples e demonstradas através de gráficos e tabelas. Apesar de o bairro Farolândia estar localizado na zona sul e possuir uma unidade de saúde que é referência em Aracaju, a grande maioria da população (75%) desconhece a sigla PSF. Dos entrevistados, 75% não souberam responder qual a função do PSF. Observamos que 75% das pessoas entrevistadas são leigas em relação ao conhecimento da equipe que compõe o PSF e das 25% que souberam responder, todas citaram os agentes comunitários de saúde, pois estes sempre estão fazendo visitas domiciliares, principalmente durante os surtos de dengue. 90% dos entrevistados necessitam dos serviços prestados pelo posto, uma vez que elas não dispõem de planos de saúde ou por outros motivos, como campanhas de vacinação. Com uma estrutura física considerada satisfatória para boa parte dos entrevistados (70%), a UBS ainda precisa melhorar o atendimento ao público, pois 39% dos entrevistados sentem-se insatisfeitos. Com relação às atividades desenvolvidas pelo PSF, a resposta mais citada foi consultas, com 90% do total esperado, sendo seguida das visitas domiciliares que ficaram com 80%. Foram consideradas também atividades do PSF: a distribuição de medicamentos por 75%; o acompanhamento de pacientes crônicos, como hipertensos e diabéticos (65%), de pacientes com hanseníase e tuberculose (40%) e de pessoas acometidas por DST?s (35%); 60% responderam distribuição de anticoncepcionais. Com 55%, empataram a distribuição das camisinhas, as consultas de pré-natal e os exames de lâmina; 50% acreditam que o PSF acompanha o crescimento e desenvolvimento infantil e com 10% das citações ficou a vacinação. Conclui-se que a população do bairro Farolândia desconhece o PSF e os trabalhos desenvolvidos por ele, sendo que há a necessidade de informar a população e despertar nas pessoas o interesse de conhecer um projeto tão importante que foi implantado para assegurar uma melhor qualidade na saúde da população.

Since its inception in 1988, the Health System - SUS - has had as one of its objectives fully paid health care for the population, leaving aside the curative health services to take a new approach to prevention and promotion health. This study aimed to determine the population?s knowledge about the Family Health Program (PSF). Field research, exploratory, descriptive and quantitative. Data collection was performed by applying a form Farolândia 20 residents of the neighborhood, consisting of 10 objective questions, which were analyzed by descriptive statistics and demonstrated through graphs and tables. Although the neighborhood Farolândia be located in an area that has a reference in Aracaju, the vast majority of the population (75%) know the acronym PSF. Of the respondents, 75% answer to what function the PSF. We observed that 75% of respondents are in relation to lay knowledge of the team that makes up the PSF and 25% who know how to answer, all cited the community health workers, because they are always making home visits, especially during outbreaks of dengue. 90% of respondents require the services provided by post, since they do not have health insurance or other reasons, such as vaccination campaigns. With a physical structure satisfactory for most of the respondents (70%), UBS still needst to improve service to the public, because 39% of respondents feel dissatisfied. Regarding the activities of the PSF: the function most remembered were the consultations, cited by 90% of respondents, being followed by home visits were 80%, 75% answered about the distribution of medicines, 65% believe that activity is also PSF monitor chronically patients, such as hypertension and diabetes 40% leprosy and tuberculosis and 35% people suffering from STDs, 60% responded distribution of contraceptives, with 55% tie the distribution of condoms, queries prenatal exams and blade, 50 % believe that the PSF accompanying child growth and development and 10% of the citations was vaccination. It is conclude that the population of the district Farolândia don ?t know in detail the PSF and the work he, and there is a need to inform the public and arouse people?s interest in knowing such an important project that has been deployed to ensure a better quality population health.
Descritores: Conhecimento
Estratégia Saúde da Família
-Saúde da População
Serviços de Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  2 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-686961
Autor: Costa, Mônica Maria Crespo; Barbosa, Marcondes José Pachecoi; Freitas, Vânia Cristina; Albuquerque, Paulette Cavalcanti.
Título: Amigos do bairro contra a dengue: a experiência do Distrito Sanitário III da Secretaria de Saúde do Recife, na implantação de um projeto de participação popular em saúde / Neighborhood Friends against Dengue: the experience of District Three, City of Recife Health Department,in implementing a community participation health project
Fonte: Rev. APS;15(4), 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo objetiva relatar a experiência do Projeto Amigos do Bairro contra Dengue, que consistiu na busca pelo envolvimento da população nas atividades de controle do Aedes aegypti. Trata-se de estudo descritivo, desenvolvido a partir de resgate histórico e documental. Participaram 363 moradores, capacitados para desenvolver ações tipo mutirões e gincanas. Em Encontro, os moradores expuseram o processo de mobilização sustentável, que pode se caracterizar como nova forma de participação popular no controle de endemias. Concluiu-se que pouco se tem avançado com relação à participação da comunidade no controle de endemias e que este projeto inovou pela estratégia de envolvimento da população.

The article aims to describe the experience of the Neighborhood Friends against Dengue Project, which consisted of seeking community involvement in activities to control Aedes aegypti. This is a descriptive study, developed from historical and documentary research. The participants were 363 residents equipped to develop actions such as collaborative efforts and competitions. At the events, residents presented the process of sustainable mobilization, which can be characterized as a new form of community participation in the control of endemic diseases. It was concluded that the project presents a strategy for engaging the population, and reinforces the need for community participation, and its incorporation in government guidelines, in controlling endemic diseases.
Descritores: Dengue
Saúde da População
-Controle de Doenças Transmissíveis
Educação em Saúde
Participação da Comunidade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  3 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-686959
Autor: Cruz, Pérola Liciane Baptista; Sampaio, Sueli Fátima; Gomes, Thiago Luccas Correa dos Santos.
Título: O uso de práticas complementares por uma equipe de saúde da família e sua população / Complementary Pratical use for a Primary Health Care Team and your population
Fonte: Rev. APS;15(4), 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Considerando os preceitos da Política Nacional de Atenção Básica, do desenvolvimento de ações em saúde relacionadas à prevenção e promoção da saúde, e reafirmando os princípios do SUS de integralidade, resolutividade, vínculo, continuidade, a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares foi proposta para a busca de uma ampliação das possibilidades do cuidado. No entanto, após quase cinco anos de sua publicação, no cotidiano profissional e dos serviços essas práticas ainda são incipientes. Este trabalho objetivou investigar o uso de práticas complementares por uma comunidade pertencente à área de abrangência de uma Unidade de Saúde da Família, assim como a visão dos profissionais ali atuantes. A opção foi pela pesquisa qualitativa, com coleta de dados, por meio de entrevista semi-estruturada junto aos participantes. Para análise dos resultados se utilizou da técnica de análise de conteúdo proposto por Bardin. Os resultados apontam para o uso, pela maioria dos participantes pertencentes à população do território de práticas relacionadas às plantas medicinais, com uma forte influência do conhecimento advindo da tradição familiar. Quanto aos profissionais não há ocorrência do uso freqüente das terapias complementares, bem como a aproximação com o tema e prática do mesmo é inócua. Conclui-se que há necessidade em se proporcionar uma ampla aproximação dos profissionais junto à política destas práticas, com vistas ao amadurecimento para a inclusão destas nos serviços do SUS.

According to the precepts of the Politics of the National Primary Care, development of public health efforts related to prevention and health promotion, and reaffirming the principles of SUS, integrated, problem solving, commitment, continuity, the National Politics on Integrative and Complementary Practices (PNPIC), was thought the search for an expansion of opportunities for care. But after nearly five years of publication of this politics, not found in everyday services such practices entered. This study aimed to investigate the use of complementary practices in a community belonging to the area covered by a Family Health Unit and also the view of professionals. Qualitative research which was conducted semi-structured interviews with participants and used the technique of content analysis to analyze and discuss. It was found the use by populations practices related mainly medicinal plants, and this knowledge came mostly from family tradition. However no indication was found frequently by professionals of complementary therapies, they also bring little or no approach to the subject. Thus demonstrating the need for disclosure of PNPIC and discussions about the possibility of inclusion in SUS services.
Descritores: Saúde da Família
Saúde da População
-Atenção Primária à Saúde
Terapias Complementares
Promoção da Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  4 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-876092
Autor: Oliveira, Rosalvo de Jesus; Lima, Wilza Carla Mota Brito.
Título: Participação social no Sistema Único de Saúde: o envolvimento da população de Alagoinhas / Social participation in SUS: the involvement of the population from alagoinhas / Participación social en el SUS: la participación de la población Alagoinhas
Fonte: Rev. baiana saúde pública;40 (2016)(4):https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n4.a1567, dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho é uma reflexão sobre a participação social no Sistema Único de Saúde. O objetivo foi analisar a participação da população de Alagoinhas, Bahia, no Sistema Único de Saúde. Para isso, optou-se por uma pesquisa qualitativa, utilizando roteiros semiestruturados aplicados a seis trabalhadores e oito usuários do referido sistema, nas áreas de abrangência de duas unidades de saúde da família e seis conselheiros municipais. Os dados empíricos revelaram que a população em análise não participa ativamente do Controle Social no Sistema Único de Saúde e que o Conselho Municipal de Saúde é pouco atuante em seu papel deliberativo frente às demandas de saúde do município. Concluiu-se que a participação popular no Sistema Único de Saúde em Alagoinhas, Bahia, não é apoiada pelos Gestores de Saúde na formulação de uma política que a incentive, bem como não há uma articulação que dê suporte aos Conselhos Municipais de Saúde, para que possam desempenhar suas ações de forma significativa.

This work is a reflection about social participation to the Unified Health System. The objective was to analyze the participation of the population from Alagoinhas, Bahia, to the Unified Health System. For this purpose, a qualitative research was selected, using semi-structured questionnaires applied to six workers and eight users of the system mentioned, within the area comprised by two family health unities and six municipal counselors. Empirical data reveal that the population does not take part actively in the Social Control in the Unified Health System and that the Municipal Health Council is little active in its deliberative role towards the health demands of the municipality. In conclusion, popular participation to the Unified Health System in Alagoinhas, Bahia, is not supported by the health managers for the formulation of a policy to stimulate it, as well as there is no articulation which supports Municipal Health Council, in order to significantly develop its actions.

PARTICIPACIÓN SOCIAL EN EL SUS: LA PARTICIPACIÓN DE LA POBLACIÓN ALAGOINHAS
Descritores: Sistema Único de Saúde
Participação Social
Saúde da População
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  5 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1048182
Autor: Alfie, José.
Título: Editorial / Editorial
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);39(3):75-75, sept. 2019.
Idioma: es.
Descritores: Educação em Saúde/tendências
Promoção da Saúde
-Saúde da População
Hospitais Universitários
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  6 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1047216
Autor: Alfie, José.
Título: Editorial / Editorial
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);39(2):35-35, jun. 2019.
Idioma: es.
Descritores: Educação em Saúde
Promoção da Saúde
Hospitais Universitários
-Serviços Preventivos de Saúde
Saúde Pública
Saúde da População
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  7 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023297
Autor: Alfie, José.
Título: Editorial / Editorial
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);38(1):3-3, mar. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Saúde da População
Promoção da Saúde
-Serviços Preventivos de Saúde
Saúde Pública
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  8 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023007
Autor: Alfie, José.
Título: Editorial / Editorial
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);38(2):51-51, jun. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Saúde Pública
Educação em Saúde
Saúde da População
Hospitais Universitários
-Serviços Preventivos de Saúde
Promoção da Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  9 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1021537
Autor: Santos Júnior, Claudio José dos; Silva, John Victor dos Santos; Lima, Eden Erick Hilário Tenório de; Bezerra, Waldez Cavalcante.
Título: Coletivo Bee, luta LGBTT e saúde integral: diversidade sexual e de gênero no ambiente universitário / Bee collective, LGBTT fight and integral health: sexual and gender diversity in the university environment / Colectivo Bee, lucha LGBTT y salud integral: diversidad sexual y de género en el medio ambiente universitario
Fonte: RECIIS (Online);13(3):634-646, jul.-set. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo trata-se de um trabalho descritivo sobre o Coletivo Bee, um movimento estudantil pertencente à Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas que surgiu com o objetivo de implantar o movimento LGBTT na Universidade para discutir o preconceito de gênero e de orientação sexual, por meio de ações de empoderamento e de emancipação das minorias LGBTTs. Ao longo de sua trajetória, o Coletivo desenvolveu atividades como reuniões para discussão das temáticas relacionadas ao movimento, organização de eventos, atividades de protestos, cyber ativismo, participação na regulamentação e implantação do uso do nome social, entre outras atividades com finalidade de trazer a reflexão sobre a cidadania e a saúde da população LGBTT. Sua importância esteve concentrada na integração de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais à sociedade e, sobretudo, na busca de assegurar o direito ao acesso integral aos serviços da rede pública de saúde e fortalecer a Política Nacional de Saúde Integral LGBTT na formação universitária.

This article is about a descriptive work about the Bee Collective, a student movement belonging to the State University of Health Sciences of Alagoas, which came up with the objective of implanting the LGBTT movement in the University to discuss gender bias and sexual orientation, through actions of empowerment and emancipation of LGBTT minorities. Throughout its history, the Collective has developed activities such as meetings to discuss issues related to the movement, organization of events, protest activities, cyber activism, participation in regulation and implementation of the social name, among other activities to bring the reflection on the citizenship and health of the LGBTT population. Its importance was focused on the integration of lesbians, gays, bisexuals, transvestites and transsexuals into society and, above all, in the quest to ensure the right to full access to public health services and to strengthen the National LGBTT Comprehensive Health Policy in university education.

Este artículo trata sobre un trabajo descriptivo sobre Bee Collective, un movimiento estudiantil perteneciente a la Universidad Estatal de Ciencias de la Salud de Alagoas, que tuvo el objetivo de implantar el movimiento LGBTT en la universidad para discutir el sesgo de género y la orientación sexual, a través de acciones de empoderamiento y emancipación de las minorías LGBTT. A lo largo de su historia, el Colectivo ha desarrollado actividades como reuniones para discutir temas relacionados con el movimiento, organización de eventos, actividades de protesta, ciberactivismo, participación en la regulación y la implementación del nombre social, entre otras actividades para llevar la reflexión sobre la ciudadanía y salud de la población LGBTT. Su importancia se centró en la integración de lesbianas, gays, bisexuales, travestis y transexuales en la sociedad y, sobre todo, en la búsqueda de garantizar el derecho al pleno acceso a los servicios de salud pública y de fortalecer la Política nacional de salud integral LGBTT en la educación universitaria.
Descritores: Política Pública
Equidade em Saúde
Minorias Sexuais e de Gênero
Ativismo Político
Política de Saúde
-Universidades
Participação da Comunidade
Sexualidade
Estudantes de Saúde Pública
Saúde da População
Direitos das Minorias
FREE RADICALSABDOMINAL INJURIES
Promoção da Saúde
Saúde Holística
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  10 / 23 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1022728
Autor: Alfie, José.
Título: Editorial / Editorial
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);38(3):91-91, sept. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Educação em Saúde
Saúde da População
Hospitais Universitários
-Serviços Preventivos de Saúde
Saúde Pública
Promoção da Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde