Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.400.900 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3349 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 335 ir para página                         

  1 / 3349 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Arantes, Sandra Lucia
Mamede, Marli Villela
Texto completo
Id: lil-350999
Autor: Arantes, Sandra Lucia; Mamede, Marli Villela.
Título: A participação das mulheres com câncer de mama na escolha do tratamento: um direito a ser conquistado / The participation of women with breast cancer in choosing their own treatment: a still unachieved right
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);11(1):49-58, jan.-fev. 2003.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa pretendeu identificar como as mulheres com câncer de mama se percebem enquanto sujeitos no processo de tomada de decisão sobre seu tratamento. Os objetivos foram: identificar determinantes sociais e políticos presentes no processo de socialização dessas mulheres que contribuíram para a adoção de um estilo de participar, e compreender o significado da participação tal como foi percebido por elas no momento de decidirem sobre seu tratamento. A fundamentação teórico-metodológica foi inspirada no Interacionismo Simbólico. A amostra constou de nove mulheres com câncer de mama. A entrevista semi-estruturada conduziu à coleta de dados, assim como as anotações de campo e os dados do prontuário. Tomando-se a dialética hermenêutica como caminho do pensamento interpretativo dos dados, foi possível apreender duas grandes unidades temáticas: 'construção da identidade feminina' e 'estilo de participação na escolha do tratamento', as quais nos permitiram apreender o que, para elas, significou falar de limites e, portanto, de ética. Elas interpretaram que não participaram do processo de tomada de decisão por serem consideradas desqualificadas para decidirem sobre seus corpos e suas vidas - portanto, como sujeitos de obediência à decisão médica, que se fundamenta no princípio da beneficência, sendo que atendimento à saúde se estrutura por meio de relações sociais hierarquizadas cujas relações de poder se dão entre classes, gêneros e saberes.
Descritores: Ética
Neoplasias da Mama
Saúde da Mulher
Tomada de Decisões/ética
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1580.1 - Biblioteca Maria Rosa de Sousa Pinheiro


  2 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Torres, Gilson de Vasconcelos
Texto completo
Id: lil-350986
Autor: Davim, Rejane Marie Barbosa; Torres, Gilson de Vasconcelos; Cabral, Maria Lúcia Nunes; Lima, Vilma Maria de; Souza, Maria Anakarine de.
Título: Auto-exame de mama: conhecimento de usuárias atendidas no ambulatório de uma maternidade escola / Breast self-examination: the knowledge of users assisted in the outpatient unit of a university maternity hospital
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);11(1):21-27, jan.-fev. 2003.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo descritivo desenvolvido no ambulatório de uma Maternidade Escola em, Natal/RN. Objetivou-se identificar o conhecimento e as alterações encontradas no auto-exame de mama e descrever como as mulheres se auto-examinam. A população foi constituída por mulheres referenciadas de outros serviços de saúde, e a amostra constou de 109 mulheres que tinham entre 15 a 83 anos de idade. O instrumento para a coleta de dados foi um formulário de entrevista contendo dados de identificação e acerca do auto-exame de mama. A partir dos dados coletados, identificamos que, das 109 participantes do estudo, 36 (33 por cento) estavam entre 15 a 39 anos de idade; 58 (53 por cento) entre 40 a 58 anos, e 15 (14 por cento), na faixa entre 60 a 83 anos. 75 por cento referem se auto-examinarem e, ao detectarem alguma alteração nas mamas durante o auto-exame, procuraram o médico para o tratamento correto.
Descritores: Autoexame de Mama
Saúde da Mulher
-Idoso de 80 Anos ou mais
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1580.1 - Biblioteca Maria Rosa de Sousa Pinheiro


  3 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Praça, Neide de Souza
Texto completo
Id: lil-350985
Autor: Praça, Neide de Souza; Gualda, Dulce Maria Rosa.
Título: Risco de infecção pelo HIV: como mulheres moradoras em uma favela se percebem na cadeia de transmissão do vírus / The risk of HIV infection: perception of women living in a slum about their participation in the virus transmission chair
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);11(1):14-20, jan.-fev. 2003.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Latino-Americano de DST, 12, Apresentado em: Conferência Panamericana de AIDS, 6, s.l, 1999.
Resumo: O número de casos notificados de AIDS em mulheres, no Brasil, continua em progressão. Esse fato motivou a realização deste estudo que foi desenvolvido com abordagem qualitativa, tendo como referencial teórico a Antropologia Cultural e o método etnográfico para a coleta e a análise dos dados. Objetivou identificar a percepção de risco de infecção pelo HIV, de mulheres moradoras em uma favela localizada na cidade de São Paulo, Brasil. Constou de entrevistas e de observação participante do contexto. Os resultados mostraram que essas mulheres demonstram conhecimentos sobre AIDS e reconhecem as várias formas de transmissão do HIV, bem como medidas de prevenção pela via sexual. Verificou-se, também, que essas mulheres não se vêem suscetíveis à infecção pelo HIV, por meio de seus parceiros, dependendo deles para se manterem saudáveis, bem com a sua família. Essa maneira de pensar e de agir pode estar contribuindo para a heterossexualização da AIDS no país.
Descritores: Infecções por HIV/prevenção & controle
Saúde da Mulher
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1580.1 - Biblioteca Maria Rosa de Sousa Pinheiro


  4 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013093
Autor: Cabral Filho, José Eulálio.
Título: Editorial Dilemmas and Problems / Dilemas e Problemas Editoriais
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);18(2):261-261, Apr.-June 2018.
Idioma: en.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto
Editoração/tendências
Indústria Editorial
Políticas Editoriais
-Saúde da Criança
Saúde Materno-Infantil
Saúde da Mulher
Saúde Materna
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  5 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013090
Autor: Pereira, Thalita Rodrigues Christovam; Dottori, Elissa Hanayama; Mendonça, Flávia Maciel de Aguiar Fernandes; Beleza, Ana Carolina Sartorato.
Título: Assessment of female sexual function in remote postpatum period: a cross-sectional study / Avaliação da função sexual feminina no puerpério remoto: um estudo transversal
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);18(2):289-294, Apr.-June 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: (i) to evaluate female sexual function in remote postpartum period within Brazilian women and (ii) to compare female sexual dysfunction in relation to the mode of delivery. Methods: in this cross-sectional study, two groups of remote postpartum women, who underwent vaginal delivery (n=30) and cesarean (n=48), were studied. The sexual function of participants was assessed through an online Brazilian version of FSFI between 45 and 180 days after delivery. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics using Fisher exact test, and Student t test. Results: based on the data of 78 women who completed the online questionnaire, 78% (n=61) showed sexual dysfunction on remote postpartum period being that the FSFI mean score for vaginal postpartum was 22.17 and for cesarean postpartum, 21.12 (p=0.443). Conclusions: the majority of remote postpartum women showed sexual dysfunction. There was no significant difference found on female sexual function between modes of delivery.

Resumo Objetivos: (i) avaliar a função sexual feminina no puerpério remoto em mulheres brasileiras e (ii) comparar a disfunção sexual feminina em relação a via de parto. Métodos: neste estudo transversal, dois grupos de mulheres no puerpério remoto, que passaram por parto vaginal (n=30) e cesárea (n=48), foram estudados. A função sexual das participantes foi avaliada via online através da versão brasileira do FSFI entre 45 e 180 dias após o parto. Os dados foram analisados pela estatística descritiva e inferencial, utilizando o teste exato de Fisher e o teste t de Student. Resultados: com base nos dados de 78 mulheres que completaram o questionário online, 78% (n=61) apresentaram disfunção sexual no pós-parto remoto, sendo que o escore médio do FSFI foi de 22,17 para o pós-parto vaginal e 21,12 para o puerpério de cesárea, (p=0,443). Conclusões: a maior parte das mulheres no puerpério remoto apresentou disfunção sexual. Não foi encontrada diferença significativa na função sexual feminina entre os tipos de parto.
Descritores: Comportamento Sexual
Disfunções Sexuais Fisiológicas
Período Pós-Parto
Saúde Sexual
-Cesárea
Saúde da Mulher
Parto Normal
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  6 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-859584
Autor: Marinho, Tuâny Figueiredo; Alves, Valdecyr Herdy; Branc, Maria Bertilla Lutterbach Riker; Rodrigues, Diego Pereira; Pereira, Rosângela de Mattos; Marchiori, Giovanna Rosario Soanno.
Título: Percepções valorativas de práticas em banco de leite humano / Value perceptions of practices at a human milk bank / Percepciones valorativas de prácticas en banco de leche humana
Fonte: Cogitare enferm;22(1):01-08, jan.-mar.2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: O estudo objetivou identificar e analisar as percepções valorativas dos profissionais de saúde que atuam no Banco de Leite Humano sobre suas práticas. Trata-se de estudo descritivo de natureza qualitativa, cujos participantes foram 24 profissionais de saúde atuantes em Banco de Leite Humano do estado do Rio de Janeiro. A coleta de dados foi realizada nos meses de julho de 2012 a fevereiro de 2013 por intermédio de entrevista semiestruturada. Na análise de conteúdo temática dos depoimentos, emergiram três categorias: A prática de orientação do aleitamento materno; Doação, pasteurização e distribuição do leite humano: cuidado nutricional; e Afetividade no aleitamento materno como facilitador do vínculo mãe-filho. Os profissionais entrevistados demonstram satisfação com o trabalho que realizam e com o envolvimento em todas as atividades pertinentes ao Banco de Leite Humano (AU).

This study was aimed at identifying and analyzing the value perceptions of health professionals working at the Human Milk Bank about their practices. A descriptive and qualitative study was undertaken. The participants were 24 health professionals working at a Human Milk Bank in the state of Rio de Janeiro. The data were collected between July 2012 and February 2013 through semistructured interviews. In the thematic content analysis of the testimonies, three categories emerged: The practice of guiding breastfeeding; Human milk donation, pasteurization and distribution: nutritional care; and Affection in breastfeeding as a facilitator of the mother-child bond. The interviewed professionals demonstrate satisfaction with their work and with the engagement in all activities relevant to the Human Milk Bank (AU).

El objetivo del estudio fue identificar y analizar las percepciones valorativas de los profesionales de salud que actúan en el Banco de Leche Humano sobre sus prácticas. Se trata de estudio descriptivo del tipo cualitativo, cuyos participantes fueron 24 profesionales de salud que actúan en Banco de Leche Humana del estado de Rio de Janeiro. Los datos fueron recolectados entre julio del 2012 y febrero del 2013 mediante entrevista semiestructurada. En el análisis de contenido temático de los testimonios, emergieron tres categorías: La práctica de orientación de la lactancia materna; Donación, pasteurización y distribución de la leche humana: cuidado nutricional; y Afectividad en la lactancia materna como facilitador del vínculo madre-hijo. Los profesionales entrevistados demuestran satisfacción con el trabajo que efectúan y con el involucramiento en todas las actividades pertinentes al Banco de Leche Human (AU).
Descritores: Saúde da Mulher
Bancos de Leite
Leite Humano
Obstetrícia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1508.9 - Departamento de Enfermagem


  7 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-859575
Autor: Santos, Rita de Cássia Ferreira dos; Pereira, Audrey Vidal; Alves, Valdecyr Herdy; dos Santos, Márcia Vieira; Rodrigues, Diego Pereira; Marchiori, Giovanna Rosário Soanno.
Título: Saúde de mulheres no climatério em sistema prisional / Health status of climacteric women in the prison system / Salud de mujeres en sistema penitenciario durante el climaterio
Fonte: Cogitare enferm;22(1):01-08, jan.-mar.2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivou identificar sinais, sintomas e problemas que afetam a saúde, nos relatos de mulheres que passam pelo período do climatério, quando se encontram privadas de liberdade. Pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa. Entre outubro de 2014 e janeiro de 2015 foram realizadas entrevistas com sete mulheres que se encontravam no período do climatério, ao estarem em um presídio feminino situado no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. A partir da análise temática, foram identificadas duas categorias: Sintomatologia referente ao período do climatério e Problemas que afetam a saúde de mulheres privadas de liberdade. A maioria das entrevistadas passa pelo período do climatério de maneira desconfortável, tendo a saúde afetada de algum modo durante a prisão. Assim, o climatério, sobretudo em situações de privação de liberdade, deve ser mais explorado pelas políticas públicas de saúde contribuindo para melhoria das condições de vida desse grupo específico (AU).

The present study aimed to identify, based on reports, signs, symptoms and problems that affect the health of women in the climacteric period who are serving time in prison. Exploratory and descriptive study with a qualitative approach. Seven climacteric women incarcerated in a female prison in the State of Rio de Janeiro, Brazil, were interviewed from October 2014 to January 2015. After thematic analysis, two categories were identified: Symptoms related to the climacteric period and Problems that affect the health of women deprived of their liberty. Most interviewees reported feeling uncomfortable in the climacteric period, and having health problems in prison. Thus, climacteric, especially in situations of deprivation of liberty, should deserve greater attention of public health policies, to contribute to the improvement of the living conditions of this specific group (AU).

Estudio cuyo objetivo fue identificar señales, síntomas y problemas que atingen la salud en los relatos de mujeres en el periodo del climaterio, cuando están privadas de libertad. Investigación exploratoria, descriptiva, de abordaje cualitativo. Las entrevistas fueron realizadas de octubre de 2014 a enero de 2015 con siete mujeres en el periodo del climaterio que estaban en una cárcel ubicada en el estado de Rio de Janeiro, Brasil. Por medio del análisis temático, se identificaron dos categorías: Sintomatología referente al periodo del climaterio y Problemas que atingen la salud de mujeres privadas de libertad. La mayoría de las entrevistadas siente malestar en el periodo de climaterio, teniendo la salud atingida de algun modo durante la cárcel. Así, el climaterio, sobretodo en situaciones de privación de libertad, debe ser más explorado por las políticas públicas de salud, contribuyendo para mejorar las condiciones de vida de ese grupo específico
Descritores: Prisões
Mulheres
Climatério
Saúde da Mulher
Limites: Feminino
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1508.9 - Departamento de Enfermagem


  8 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-827279
Autor: Neves, Karla Torres de Queiroz; Oliveira, Antonio Wendel Nogueira; Galvão, Thatylla Rayssa Alves Ferreira; Ferreira, Ilziane Tomaz; Mangane, Elisa Matias; de Souza, Leilane Barbosa.
Título: Percepção de usuárias acerca do exame de detecção precoce do câncer de colo uterino / Users' perception of screening tests for preventing cervical cancer / Percepción de usuarias acerca del exame de detección precoz del cáncer de cuello de útero
Fonte: Cogitare enferm;21(4):01-07, Out.-Dez. 2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivou-se descrever a percepção de usuárias acerca do exame de detecção precoce do câncer de colo uterino. Trata-se de pesquisa descritiva desenvolvida em cinco Unidades Básicas de Saúde de um município do interior do estado do Ceará, de janeiro a abril de 2015. Foram entrevistadas 15 usuárias que realizaram exame ginecológico. Os resultados foram submetidos à análise de conteúdo e classificados em categorias: significado do exame, frequência de realização, sentimentos vivenciados e motivos para recusa. As entrevistadas conhecem o objetivo do exame e o realizam periodicamente. A realização por profissional de saúde do sexo masculino pode constituir motivo de recusa do exame. A adesão é influenciada pela relação de confiança com o profissional.Conclui-se que as entrevistadas percebem o exame como importante e que eventuais motivos para a recusa podem ser evitados por meio do fortalecimento de vínculos no serviço (AU).

The present study aimed to describe the perception of users of the test for early detection of cervical cancer. Descriptive study conducted in five Basic Health Units in a city in the inland of the state of Ceará, from January to April 2015. Fifteen women who underwent routine screening tests for early detection of cervical cancer were interviewed. The data produced underwent content analysis and was classified into the following categories: user's perception of the test, frequency of screenings, feelings experienced by the respondents and reasons for refusing cervical screening. The participants are aware of the purpose of the test and periodically undergo the screening. One reason for some women refusing cervical screening is that they do not want it performed by male doctors. Adherence is influenced by a relationship of trust with health professionals. It was concluded that the respondents perceive the test as important and that any possible reasons for refusing cervical screening can be avoided by improving provider-patient relationship in health care (AU).

Fue objetivo del estudio describir la percepción de usuarias acerca de la prueba de detección precoz del cáncer de cuello uterino. Es una investigación descriptiva desarrollada en cinco Unidades Básicas de Salud de un municipio de interior del estado de Ceará, de enero a abril de 2015. Quince usuarias que realizaron prueba ginecológica fueron entrevistadas. Los resultados fueron sometidos al análisis de contenido y clasificados en categorías: significado de la prueba, frecuencia de realización, sentimientos causados y motivos para recusación. Las entrevistadas conocen el objetivo de la prueba y la hacen periodicamente. La realización por profesional de salud del sexo masculino puede constituir motivo de recusación de la prueba. La adhesión es influenciada por la relación de confianza con el profesional. Se concluye que las entrevistadas perciben la prueba como importante y que eventuales motivos para recusación pueden ser evitados por medio del fortalecimiento de vínculos en el servicio (AU).
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde
Neoplasias do Colo do Útero
Saúde da Mulher
Saúde Sexual e Reprodutiva
Teste de Papanicolaou
Limites: Feminino
Responsável: BR1508.9 - Departamento de Enfermagem


  9 / 3349 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1019747
Autor: Duarte, Micheliana Rodrigues; Alves, Valdecyr Herdy; Rodrigues, Diego Pereira; Souza, Kleyde Ventura de; Pereira, Audrey Vidal; Pimentel, Mariana Machado.
Título: Tecnologias do cuidado na enfermagem obstétrica: contribuição para o parto e nascimento / Tecnologías del cuidado en la enfermería obstétrica: contribución para el parto y nacimiento / Care technologies in obstetric nursing: contribution for the delivery and birth
Fonte: Cogitare enferm;24:e54164, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo identificar as tecnologias do cuidado utilizadas por enfermeiras obstétricas em um Centro de Parto Normal. Método estudo descritivo, realizado no Centro de Parto Normal de uma maternidade do município do Rio de Janeiro, com dezoito enfermeiras obstétricas, mediante entrevistas semiestruturada entre junho e setembro de 2016. Os dados coletados foram submetidos à análise de conteúdo na modalidade temática. Resultado a enfermeira obstétrica utiliza métodos não farmacológicos como banho de aspersão, massagem, bola suíça, cavalinho, aromaterapia, musicoterapia, livre movimentação, ambiente acolhedor e presença do acompanhante, como práticas do seu cuidado junto às mulheres. Conclusão a utilização das tecnologias do cuidado permite que as enfermeiras obstétricas valorizem as práticas humanizadas no contexto do parto e nascimento.

RESUMEN Objetivo identificar las tecnologías del cuidado utilizadas por enfermeras obstétricas en un Centro de Parto Normal. Método estudio descriptivo, realizado en el Centro de Parto Normal de una maternidad del municipio de Río de Janeiro, con dieciocho enfermeras obstétricas, mediante entrevistas semiestructuradas entre junio y septiembre de 2016. Los datos recogidos fueron sometidos al análisis de contenido en la modalidad temática. Resultado la enfermera obstétrica utiliza métodos no farmacológicos como baño de aspersión, masaje, bola Suiza, caballito, aromaterapia, musicoterapia, movimientos libres, ambiente acogedor y presencia de acompañante, como prácticas de cuidado a mujeres embarazadas. Conclusión la utilización de las tecnologías del cuidado permite que las enfermeras obstétricas valoricen las prácticas humanizadas en el contexto del parto y nacimiento

ABSTRACT Objective to identify the care technologies used by obstetric nurses in a Normal Birth Center. Method a descriptive study, performed at the Normal Birth Center of a maternity hospital in the city of Rio de Janeiro, with eighteen obstetric nurses, using semi-structured interviews between June and September 2016. The data collected were submitted to thematic type content analysis. Result the obstetric nurse uses non-pharmacological methods such as a spray bath, massage, Swiss ball, horse, aromatherapy, music therapy, free movement, warm environment and presence of the companion, as care practices together with the women. Conclusion the use of care technologies allows obstetric nurses to valorize humanized practices in the context of the delivery and birth.
Descritores: Saúde da Mulher
Parto Humanizado
Parto Normal
Enfermagem Obstétrica
-Obstetrícia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  10 / 3349 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013114
Autor: Silva, Ruan Carlos Gomes da; Silva, Amanda Cristina de Oliveira; Peres, Adrya Lúcia; Oliveira, Sibele Ribeiro de.
Título: Profile of women with cervical cancer attended for treatment in oncology center / Perfil de mulheres com câncer de colo do útero atendidas para tratamento em centro de oncologia
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);18(4):695-702, Oct.-Dec. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to evaluate the sociodemographic, clinical, histopathological, cytopathological and microbiological profile of women with cervical cancer treated at Oncology Center in Pernambuco, located in the city of Caruaru-PE. Methods: a retrospective study was carried out to evaluate the medical records of women with cervical cancer treated for radiotherapy and/or chemotherapy between January 2014 and December 2016. For the analysis of variables, the absolute and relative frequencies were calculated. Results: there was a predominance of cases in the age range between 40 and 59 years (45.37%), non-white race/color (91.75%) and incomplete primary education (44.32%). Squamous carcinoma was present in 85.19% of the cases, with a moderately differentiated histological grade being the most common (53.41%). Most women underwent radiotherapy and associated chemotherapy (72.72%) and had 3 or more pregnancies before diagnosis (73.44%). Cytopathology has more frequently identified high-grade squamous intraepithelial lesion (HSIL) cases (45.83%) and cocci and/or bacilli (66.67%) were the most evident microorganisms. Conclusions: the results showed that the perimenopause age, low educational level, multiparity, cytopathologic result of HSIL and histopathological examination evidencing moderately differentiated squamous cell carcinoma were among the characteristics most related to cervical cancer in the population studied.

Resumo Objetivos: avaliar o perfil sociodemográfico, clínico, histopatológico, citopatológico e microbiológico de mulheres com câncer de colo do útero atendidas em Centro de Oncologia Pernambucano. Métodos: estudo retrospectivo, que avaliou os prontuários de mulheres com câncer de colo do útero atendidas para tratamento radioterápico e/ou quimioterápico entre janeiro de 2014 e dezembro de 2016. Para a análise das variáveis foram calculadas as frequências absolutas e relativas. Resultados: houve predominância de casos na faixa etária entre 40 a 59 anos (45,37%), de raça/cor não branca (91,75%) e com até o ensino fundamental incompleto (44,32%). O carcinoma escamoso esteve presente em 85,19% dos casos, sendo o grau histológico moderadamente diferenciado o mais comum (53,41%). A maioria das mulheres realizaram radioterapia e quimioterapia associadas (72,72%) e apresentaram 3 gestações ou mais antes do diagnóstico (73,44%). A citopatologia identificou, com maior frequência, casos de high-grade squamous intraepithelial lesion(HSIL) (45,83%) e cocos e/ou bacilos (66,67%) foram os microrganismos mais evidentes. Conclusões: os resultados revelaram que a idade perimenopausa, baixo grau de escolaridade, multiparidade, resultado citopatológico de HSIL e exame histopatológico evidenciando carcinoma escamoso moderadamente diferenciado, estavam entre as características mais relacionadas ao câncer de colo do útero na população estudada.
Descritores: Perfil de Saúde
Carcinoma de Células Escamosas
Neoplasias do Colo do Útero/microbiologia
Neoplasias do Colo do Útero/patologia
-Paridade
Radioterapia
Brasil
Saúde da Mulher
Perimenopausa
Tratamento Farmacológico
Escolaridade
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança



página 1 de 335 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde