Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.600 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 985 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 99 ir para página                         

  1 / 985 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1104448
Autor: Monroy-Sanchez, Diana Carolina.
Título: Naturaleza del acceso a los servicios de salud mental de la población adulta víctima del conflicto armado en Colombia / Access to mental health services by the adult population victim of the armed conflict in Colombia / Natureza do acesso a serviços de saúde mental da população adulta vítima do conflito armado na Colômbia
Fonte: Rev. salud bosque;10(1):1-15, 2020.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. La salud es un derecho fundamental que, además de jugar un papel muy importante por su valor, cumple una función significativa en el desarrollo humano y social. En Colombia, la población víctima del conflicto armado es considerada vulnerable en este aspecto, pues tiene una alta probabilidad de padecer problemas mentales, los cuales, según sugieren algunos estudios, están asociados a determinantes individuales, organizacionales y sociales; además, el acceso a los servicios de salud mental en esta población es limitado. Objetivo. Realizar una revisión documental de la naturaleza del acceso a los servicios de salud mental en la población adulta víctima del conflicto armado en Colombia.Discusión. Los factores asociados al acceso a los servicios de salud mental de la población adulta víctima del conflicto armado pueden abordarse de acuerdo con tres dimensiones: disposición de los servicios de salud, barreras de acceso a los servicios de salud mental y resultados en materia de salud. Los principales hallazgos del presente estudio revelan que, a diferencia de la población general, las víctimas del conflicto armado presentan mayores dificultades en las barreras personales y económicas para acceder a los servicios de salud mental, barreras que incluyen el desconocimiento de los servicios de salud y la dificultad en la articulación intersectorial. Conclusiones. El acceso a los servicios de salud mental en la población general continúa mostrando dificultades debido a barreras de diferente orden: personales, económicas, geográficas, organizacionales y socioculturales, barreras que de igual forma se exacerban en población víctima del conflicto armado.

Introduction: Health is a fundamental right that in addition to playing a very important role for its own value, plays a significant role in human and social development. In Colombia, the population victim of the conflict is considered vulnerable and has a high probability of suffering from mental problems. Access to mental health services in this population is limited and studies are based on their individual, organizational and social determinants. Objective: Make a documentary review of the nature of access to mental health services for the adult population victim of armed conflict.Discussion: The factors associated with access to mental health services for the adult population victim of the armed conflict can be addressed according to the following dimensions: Disposition of health services, barriers to access to mental health services and results in health matter. The main findings reveal that, unlike the general population, victims of the armed conflict have greater difficulties in personal and economic barriers, which include ignorance about health services and, difficulty in the articulation of actions among organizations. Conclusions: Access to mental health services in the general population continues to show difficulties due to barriers of different order: personal, economic, geographical, organizational and sociocultural. These barriers are exacerbated in the population victim of the armed conflict.

Introdução. A saúde é um direito fundamental que, além de desempenhar um papel muito importante, desempenha um papel significativo no desenvolvimento humano e social. Na Colômbia, a população vítima do conflito armado é considerada vulnerável a esse respeito, visto que possui alta probabilidade de sofrer problemas mentais, associados a determinantes individuais, organizacionais e sociais. Porém, o acesso aos serviços de saúde mental nessa população é limitado. Objetivo. Realizar uma revisão documental do acesso a serviços de saúde mental na população adulta vítima do conflito armado na Colômbia.Discussão. Os fatores associados ao acesso a serviços de saúde mental da população adulta vítima do conflito armado podem ser abordados a partir de três dimensões: prestação de serviços de saúde, barreiras ao acesso a serviços de saúde mental e resultados de saúde. Os principais achados deste estudo revelam que, diferentemente da população em geral, as vítimas do conflito armado apresentam maiores dificuldades nas barreiras pessoais e econômicas ao acesso aos serviços de saúde mental, barreiras que incluem o desconhecimento dos serviços de saúde e a dificuldade institucional da articulação intersetorial.Conclusões. O acesso aos serviços de saúde mental na população em geral continua mostrando dificuldades devido a barreiras dpo tipo: pessoal, econômica, geográfica, organizacional e sociocultural (2,3), barreiras que são igualmente exa-cerbadas na população vítima do conflito armado.
Descritores: Estresse Psicológico
Barreiras ao Acesso aos Cuidados de Saúde
-População
Humanos
Colômbia
Acesso aos Serviços de Saúde
Serviços de Saúde Mental
Responsável: CO647.9 - Universidad El Bosque


  2 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1104429
Autor: Grajales Toro, Sebastian; Correa Silva, Juan Pablo; Cano Uribe, Sara; Lopera Garcia, Damaris; Perez Orozco, Danna Jackeline; Alvarez Hernandez, Karen.
Título: Asociación entre calidad de vida relacionada con salud y factores sociodemográficos y antropométricos en una institución de salud de Medellín, Colombia / Association between quality of life related to health and sociodemographical and anthropometric factors in a colombian health institution / Associação entre qualidade de vida relacionada à saúde e fatores sociodemográficos e antropométricos em uma instituição de saúde colombiana
Fonte: Rev. salud bosque;10(1):41-51, 2020. Tab, Ilus.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. La calidad de vida relacionada con la salud se define como la percepción subjetiva e influenciada por el estado de salud actual sobre la capacidad para realizar aquellas actividades importantes para un individuo, la cual puede verse afectada en el adulto mayor por procesos de envejecimiento. Objetivo. Caracterizar la calidad de vida relacionada con la salud y las posibles asociaciones con factores antropométricos y sociodemográficos de la población adulta mayor. Materiales y métodos. Se realizó un estudio descriptivo con intención analítica y de corte transversal en el que se evaluó la calidad de vida relacionada con la salud en adultos mayores. La población de estudio estuvo constituida por 145 personas con edades entre los 70 y 92 años que participaron voluntariamente en el estudio y a quienes se les aplicó el cuestionario SF-36 con preguntas sociales y demográficas, además se realizó toma de medidas de talla y peso. Con la información recolectada se procedió a realizar un análisis univariado. Resultados. El 60,7 % de los participantes presentó una buena calidad de vida relacionada con salud. Dentro de las características sociodemográficas se encontró que el 63,4 % eran mujeres, el 67,6 % pertenecían a estrato medio-alto, el 67,6 % tenía escolaridad básica-media, el 81,4 % pertenecía al régimen contributivo y el 48,3 % tenía sobrepeso. Conclusiones. Es necesario implementar programas de protección y cubrimiento en seguridad social al adulto mayor que beneficien especialmente al género femenino, a adultos mayores de edades avanzadas y a los pertenecientes al régimen subsidiado de seguridad social.

Introduction: Quality of life is related to health, thus defined as the subjective perception of an individual ́s current capacity to carry out meaningful activities. Such perception is influenced by the current state of health which is turn affected by aging processes. Objective: To characterize the quality of life related to health and its possible associations with the anthropometric and sociodemographic characteristics. Methodology: A cross-sectional study was carried out to assess health-related quality of life in the elderly. The study counted 145 participants, ranging from the ages between sixty and ni- nety-two, who voluntarily participated in the study; A health- related quality of life questionnaire (SF-36) with social and demographic questions was administered. Height and weight measurements were also taken. With this information, a univariate analysis was carried out. Results: For the total result of the SF-36 questionnaire, it was found that 60.7% of the participants presented a good quality of life related to health.63.4% of the participants in this study were women and, 67.6% of the overall sample were placed as having upper-middle income. Also, most of the participants were found to have basic schooling (67.6). Regarding social security, 81.4% of the sample belonged to social security health plans and (48.3%) was found to have overweight. Conclusions: As a result of the analysis carried out, recommendations such as the implementation of social security protection and coverage programs for the elderly, specifically benefitting the females, older adults and those belonging to the subsidized social security system, can be provided.

Introdução. A qualidade de vida relacionada à saúde é definida como a percepção subjetiva e influenciada pelo estado atual de saúde sobre a capacidade de realizar as atividades importantes de uma pessoa, frequentemente afetadas pelo processo de envelhecimento. Objetivo. Caracterizar a qualidade de vida relacionada à saúde e possíveis associações com fatores antropométricos e sociodemográficos na população idosa. Materiais e métodos. Foi realizado um estudo descritivo com intenção analítica e um estudo transversal, avaliando a qualidade de vida relacionada à saúde em idosos. A população do estudo foi composta por 145 pessoas com idades entre 70 e 92 anos, que participaram voluntariamente do estudo e para quem foi aplicado o questionário SF-36 com questões sociais e demográficas, além de medidas de altura e peso. Com as informações coletadas, foi realizada uma análise univariada. Resultados. 60,7% dos participantes apresentaram boa qualidade de vida relacionada à saúde. Entre as características sociodemográficas, verificou-se que 63,4% eram mulheres, 67,6% pertenciam à classe média alta, 67,7% possuíam ensino médio-médio (67,6), 81,4% pertenciam ao sistema contributivo e 48,3% estavam acima do peso. Conclusões. É necessário implementar programas de proteção e cobertura da previdência social para idosos que beneficiem especialmente o sexo feminino, idosos de idade avançada e pertencentes ao sistema subsidiado.
Descritores: Nível de Saúde
-População
Qualidade de Vida
Envelhecimento
Colômbia
Limites: Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: CO647.9 - Universidad El Bosque


  3 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-483636
Autor: Santos, Vera Lopes dos(org).
Título: Distritos sanitários especiais indígenas: diretrizes para implantar o Programa de DST/Aids / Indians special local health systems. Guidelines for implant the DST/Aids program.
Fonte: Brasília; Brasil. Ministério da Saúde; 2005. 94 p.
Idioma: pt.
Descritores: HIV
Doenças Sexualmente Transmissíveis
População
Programas Nacionais de Saúde
Serviços de Saúde do Indígena
Sistemas Locais de Saúde
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Índios Sul-Americanos
Responsável: BR344.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de SantAnna
BR344.1; 616.97:616.98=1-82, S237d


  4 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-474400
Autor: Silva, Nina Laurindo da; Silva, João Batista Teodoro da; Jesus, Christiane Herold de.
Título: O cuidado à saúde da população em situação de rua / The care population health in situation of street
Fonte: In: Caraciolo, Joselita Maria Magalhães; Shimma, Emi. Adesão: da teoria à pratica: experiências bem sucedidas no EStado de São Paulo. São Paulo, Centro de Referencia e Treinamento DST/Aids, 2007. p.265-282. (Prevenção às DST/Aids).
Idioma: pt.
Descritores: Terapia Antirretroviral de Alta Atividade
Acesso aos Serviços de Saúde
População
Pessoas em Situação de Rua
Limites: Humanos
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; L2450


  5 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-474391
Autor: Caraciolo, Joselita Maria de Magalhães.
Título: Adesão na população em situação de rua / Adhesion in the population in situation of street
Fonte: In: Caraciolo, Joselita Maria Magalhães; Shimma, Emi. Adesão: da teoria à pratica: experiências bem sucedidas no EStado de São Paulo. São Paulo, Centro de Referencia e Treinamento DST/Aids, 2007. p.140-145. (Prevenção às DST/Aids).
Idioma: pt.
Descritores: Terapia Antirretroviral de Alta Atividade
População
Pessoas em Situação de Rua
Limites: Humanos
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; L2450


  6 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-399067
Autor: Oliveira, Fatima.
Título: Saude da população negra - Brasil ano 2001 / Black population health - Brazil year 2001.
Fonte: Brasilia; Organizacao Pan-Americana de Saude; 2003. 342 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Demografia
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Grupos Étnicos
População
Saúde Pública
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1. 1835


  7 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-378540
Autor: Organizacao Pan-Américana da Saúde. Programa de Saúde Ambiental. Desenvolvimento e Fortalecimento dos Sistemas Locais de Saúde na Transformacao dos Sistemas Nacionais de Saúde.
Título: Programa marco de atencao ao meio ambiente / Frame program of attention to environment.
Fonte: Brasília; Organizacao Pan-Américana da Saúde; 1998. 237 p. ilus. (OPAS/BRA/HEP/009/97).
Idioma: pt.
Símbolo: OPAS/BRA/HEP/009/97.
Descritores: Água
Ar
Meio Ambiente
Qualidade do Solo
Conservação de Alimentos
Economia
Educação em Saúde
Fauna
Flora
Indicadores de Morbimortalidade
Infraestrutura Sanitária
Participação da Comunidade
População
Serviços de Saúde do Trabalhador
Sistemas Locais de Saúde
Monitoramento Epidemiológico
-Brasil
Responsável: US1.1 - HQ Library
US1.1, PAHO COLL/WA670.O68p 1998


  8 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-279719
Autor: Brasil.Ministério da Saúde. Coordenaçäo Nacional de DST e AIDS.
Título: Comportamento sexual da populaçäo brasileira e percepçöes do HIV/AIDS / Sexual behavior of the brazilian population e perception of the HIV/AIDS.
Fonte: Brasilia; Ministério da Saúde; out. 2000. 248 p. tab, graf. (Avaliaçäo, 4).
Idioma: pt.
Resumo: Esta publicaçäo corresponde a um relatório contendo uma análise descritiva dos resultados relativos a diversos tópicos cobertos pela pesquisa "Comportamento Sexual da Populaçäo Brasileira e Percepçöes do HIV/AIDS
Descritores: Comportamento Sexual
Demografia
Análise Socioeconômica
Características da População
Fatores Socioeconômicos
Perfil de Saúde
População
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-HIV
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; L1094; BR1310.1; L1093; BR1310.1; L1092


  9 / 985 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Lebräo, Maria Lúcia
Laurenti, Ruy
Id: lil-279716
Autor: Gotlieb, Sabina Léa Davidson; Lebräo, Maria Lúcia; Jorge, Maria Helena Prado de Mello; Laurenti, Ruy.
Título: Estatísticas de saúde / Health statistics.
Fonte: Säo Paulo; EPU; 1987. 186 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Bioestatística
Estatística
População
Saúde Pública
-Brasil
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; L1075


  10 / 985 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-217872
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenaçäo de Regiöes de Saúde-3.
Título: Reorganizaçäo dos serviços de saúde na C.R.S - 3 / Reorganization health services at C.R.S - 3.
Fonte: Säo Paulo; Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde; 1993. 75 p. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Organização e Administração/normas
Serviços de Saúde/organização & administração
-BENZPHETAMINETEMEFOS
Mortalidade Infantil
Morbidade
Causas de Morte
Número de Leitos em Hospital/provisão & distribução
Evasão Escolar/estatística & dados numéricos
Formulação de Projetos
Indicadores Básicos de Saúde
Planejamento em Saúde/estatística & dados numéricos
Política Organizacional
População
Urbanização
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; S239r



página 1 de 99 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde