Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.824.245.175 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 202 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 21 ir para página                         

  1 / 202 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1247751
Autor: Ghillodia, Aarti; Gandhi, Balaji Karunanithi.
Título: Efeito da manipulação visceral na dor, mobilidade e incapacidade funcional em pessoas com capsulite adesiva de ombro direito / Effect of visceral manipulation on pain, mobility and functional disability in subjects with right shoulder Adhesive Capsulitis
Fonte: Rev. Pesqui. Fisioter;10(4):715-723, Nov. 2020. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: A capsulite adesiva é uma condição dolorosa comum e debilitante da articulação glenohumeral que afeta cerca de 2 a 5% da população. Os órgãos internos e o sistema musculoesquelético são interligados por meio das membranas de sustentação. A tensão nessas membranas pode causar ainda mais restrições mecânicas, dor nas estruturas musculoesqueléticas e também restringir a mobilidade de órgãos viscerais. OBJETIVO: Explorar o efeito da manipulação visceral específica de órgãos na capsulite adesiva em pessoas afetadas no ombro direito. METODOLOGIA: Vinte indivíduos com capsulite adesiva foram avaliados para elegibilidade, dos quais 14 foram recrutados usando o método de amostragem por conveniência. Duas sessões de manipulação visceral comparada com manipulação placebo foram administradas nas primeiras duas semanas, seguidas de duas sessões de manipulação visceral do fígado nas duas semanas seguintes. O goniômetro digital, o nível de dor, a incapacidade no ombro e o esfigmomanômetro modificado foram usados para medir os resultados pré e pós intervenção. RESULTADOS: A comparação dos resultados entre os grupos mostrou uma diferença estatisticamente significativa nos escores de amplitude de movimentos [flexão (p = 0,001), rotação externa (p = 0,001), rotação interna (p = 0,001)], dor no ombro e escore do índice de incapacidade (0,004). Nenhuma mudança significativa foi observada no resultado de força. CONCLUSÃO: Duas sessões de manipulação visceral para o fígado podem ser benéficas na melhora da mobilidade do ombro direito, dor e incapacidade.

Adhesive capsulitis is a common, painful and debilitating condition of the glenohumeral joint affecting about 2-5% of the population. Internal organs and musculoskeletal system are inter-connected through the support membranes. Tension in these support membranes may further cause mechanical restrictions and pain in musculoskeletal structures and also restrict the mobility of the visceral organ. OBJECTIVE: To explore the effect of organ specific visceral manipulation on adhesive capsulitis in subjects with right shoulder adhesive capsulitis. METHODOLOGY: Twenty subjects with adhesive capsulitis were assessed for eligibility, out of which fourteen subjects were recruited using convenience sampling method. Two sessions of Placebo Visceral Manipulation was administered for the first two weeks, followed by a two sessions of visceral manipulation of liver for next two weeks. Digital goniometer, Shoulder pain and disability index and Modified sphygmomanometer were used to measure the pre and post outcomes. RESULTS: Between group comparison of the outcomes showed a statistically significant difference in the shoulder range of motions scores [flexion (p=0.001), external rotation (p=0.001) and internal rotation (p=0.001)] and Shoulder pain and disability index score (0.004). No significant changes were observed in the strength outcome. CONCLUSION: Two sessions of visceral manipulation for the liver may be beneficial in improving the right shoulder mobility, pain and disability
Descritores: Bursite
-Dor
Mobilidade Ocupacional
Responsável: BR333.2 - Biblioteca - Campus II


  2 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1012167
Autor: Ceballos-Granados, Catalina; Yepes-Delgado, Carlos Enrique; Jiménez-Oyuela, Claudia.
Título: Experiencias en reconversión laboral: trabajadores que asisten a un consultorio de seguridad social en colombia / Experiences in labor reconversion: workers attending a social security office in colombia / Experiências em reconversão laboral: trabalhadores que foram a um consultorio de segurança social em colômbia
Fonte: Hacia promoc. salud;24(2):75-90, jul.-dic. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Objetivo: describir experiencias del proceso de reconversión de mano de obra en pacientes con patología laboral que asistieron al Consultorio de Seguridad Social Integral de la Facultad de Medicina de la Universidad de Antioquia. Metodología: se usaron algunas técnicas de la Teoría Fundada para la recolección y análisis simultáneos. Se realizaron ocho entrevistas semiestructuradas a pacientes que aceptaron participar. La información se transcribió y se analizó con la codificación abierta y axial de la Teoría Fundada. Resultados: los pacientes describen en su experiencia múltiples fallas en sus procesos de rehabilitación y reintegro laboral, además de limitaciones para la inclusión laboral y social posterior a un evento de origen laboral. Conclusiones: la reconversión de mano de obra no está garantizada para los pacientes que participaron en este estudio. En Colombia la normatividad en materia de la reconversión es discordante con las experiencias de vida de los participantes de este estudio. Es importante evaluar el tema de reconversión de mano de obra desde otros puntos de vista como lo son las empresas y las ARL, con el fin de comprender de manera más amplia lo que está pasando en materia de reconversión de mano de obra con nuestros pacientes.

Abstract Objective: to describe the experiences of the process of reconversion of labor in patients with occupational pathology who attended the Comprehensive Social Security Office of the Faculty of Medicine at Universidad de Antioquia. Methodology: some techniques from the Grounded Theory for simultaneous data collection and analysis were used. Eight semi-structured interviews were conducted with patients who agreed to participate. The information was transcribed and analyzed using the open and axial coding of the Grounded Theory. Results: patients described multiple failures in their experience during the processes of rehabilitation and labor reintegration as well as limitations for labor and social inclusion at the workplace and in society after a work-related incident. Conclusions: Reconvention of the workforce is not guaranteed for the patients who participated in this study. In Colombia, regulations concerning it are not consistent with the life experiences of those participating in this study. It is important to discuss this issue from other points of view such as those of companies and occupational risk insurance providers in order to better understand the career mobility situation of our patients.

Resumo Objetivo: descrever experiências do processo de reconversão de mão de obra em pacientes com patologia laboral que foram ao Consultório de Segurança Social Integral da Faculdade de Medicina da Universidade de Antioquia. Metodologia: usaram-se algumas técnicas da Teoria Fundada para a coleta e análises simultâneos. Realizaram-se oito entrevistas semiestruturadas a pacientes que aceitaram participar. A informação se transcreveu e se analisou com a codificação aberta e axial da Teoria Fundada. Resultados: os pacientes descrevem em sua experiência múltiplos falhas em seus processos de reabilitação e reincorporação laboral, além de limitações para a inclusão laboral e social posterior a um evento de origem laboral. Conclusões: a reconversão de mão de obra não está garantida para os pacientes que participaram neste estudo. Em Colômbia a normatividade em matéria da reconversão é discordante com as experiências de vida dos participantes deste estudo. É importante avaliar o tema de reconversão de mano de obra desde outros pontos de vista como o são as empresas e as ARL (Asseguradora de Risco Laboral), com o fim de compreender de maneira mais ampla o que está passando em matéria de reconversão de mão de obra com nossos pacientes.
Descritores: Mobilidade Ocupacional
-Reabilitação Vocacional
Previdência Social
Avaliação da Deficiência
Limites: Adulto
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO54.4


  3 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1089025
Autor: Barros, Alexandra.
Título: Inventário de Crenças de Carreira e Empregabilidade / Career and Employability Beliefs Inventory / Inventario de Creencias de Carrera y Empleabilidad
Fonte: Aval. psicol;19(1):78-86, jan.-abr. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho reporta o desenvolvimento do Inventário de Crenças de Carreira e Empregabilidade que permite avaliar crenças facilitadoras de comportamentos e atitudes adaptativos dos indivíduos face a transições de carreira. O ICEB tem 38 itens e seis escalas: Esforço/Realização, Proatividade/Iniciativa, Flexibilidade/Abertura às mudanças, Aceitação de desafios/Riscos, Otimismo e Autonomia. São apresentadas as etapas de construção e os dados referentes às características psicométricas do instrumento, com uma amostra de 395 estudantes, 206 do sexo masculino e 189 do sexo feminino, entre os 18 e os 26 anos com média etária de 21,21 anos. Os índices de consistência interna e os indicadores de validade são satisfatórios, posicionando o ICEB como um instrumento promissor, podendo fundamentar intervenções vocacionais que visem facilitar transições na carreira.(AU)

The present study reports the development of the Career and Employability Beliefs Inventory (Inventário de Crenças de Carreira e Empregabilidade - ICEB), which aims to evaluate beliefs that may correspond to the adaptive behaviors and attitudes of individuals facing career transitions. The ICEB has 38 items and 6 scales: Striving/Achievement, Proactivity/Initiative, Flexibility/Openness to change, Acceptance of challenges/Risks, Optimism, and Autonomy. We present the construction phases and report data regarding the psychometric characteristics of the instrument, studied with a sample of 395 students, 206 male and 189 female, with a mean age of 21.21 years. The internal consistency and validity indicators were satisfactory, presenting the ICEB as a promising instrument that supports the planning of vocational interventions aimed at facilitating career transitions.(AU)

El presente trabajo reporta el desarrollo del Inventario de Creencias de Carrera y Empleabilidad (ICEB) que permite evaluar creencias facilitadoras que puedan corresponder a conductas y actitudes adaptativas de los individuos frente a transiciones de carrera. El ICEB dispone de 38 ítems y 6 escalas: Esfuerzo/Realización, Proactividad /Iniciativa, Flexibilidad/Apertura a los cambios, Aceptación de retos/Riesgos, Optimismo y Autonomía. Son presentadas las etapas de construcción y los datos referentes a las características psicométricas del instrumento, estudiado con una muestra de 395 estudiantes, 206 del sexo masculino y 189 del sexo femenino, con una media de edad de 21,21 años. Los índices de consistencia interna y los indicadores de validez son satisfactorios, posicionando al ICEB como un instrumento promisorio, pudiendo fundamentar intervenciones vocacionales que busquen facilitar transiciones en la carrera.(AU)
Descritores: Escolha da Profissão
Mobilidade Ocupacional
-Reprodutibilidade dos Testes
Análise Fatorial
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  4 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Id: lil-391438
Autor: Heimerdinger, Antonio Clemente.
Título: El docente de la Facultad de Medicina y su status dentro del escalafón Escuela Luis Razetti: juicio crítico / The teaching personel of the Faculty of Medicine and the status in the Faculty positions Luis Razetti school: critical judgement
Fonte: Gac. méd. Caracas;111(2):134-156, abr.-jun. 2003.
Idioma: es.
Descritores: Mobilidade Ocupacional
Faculdades de Medicina
Pesquisa
Médicos
-Venezuela
Medicina
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  5 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1100180
Autor: Justino, Adriana; Brandão, Maria Regina Ferreira.
Título: Significado de ser jogador de vôlei em fase de transição de carreira / Meaning to be volleyball player in career transition phase / Significado de ser jugador de voleibol en proceso de transición de carrera
Fonte: Psicol. Estud. (Online);21(2):257-266, abr.-jun. 2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o significado atribuído a ser jogador de voleibol por atletas da categoria sub 19 em processo de transição de carreira. Foram avaliados dezesseis jogadores do sexo masculino, idades entre 17 e 18 anos, por meio de dados biográficos, questões fechadas e da pergunta geradora: "O que significa para você ser um jogador de vôlei? A análise dos discursos foi feita através dos procedimentos propostos por Miles e Huberman (2004). Foram obtidas quatro categorias de respostas: habilidades psicoemocionais e comportamentais; emoções no esporte; reconhecimento e retorno financeiro; competências como atleta/jogador. Segundo estes atletas, o significado do esporte está especialmente na paixão pela prática, mas também no aperfeiçoamento da tática e da técnica, no desenvolvimento de habilidades psicoemocionais e de comportamento, no reconhecimento profissional e pouco no retorno financeiro. Compreender o significado de ser jogador pode ser a chave para a elaboração de um plano de preparação psicológica que vise dar suporte às necessidades neste momento de escolha profissional.

The objective of this study is to assess the meaning of being that a volleyball player for the under-19 players who are experiencing a transition in their in career. Sixteen male players aged 17 and 18 were evaluated, by being asked the triggering question "What does being a volleyball player mean to you?" The analysis of the discourses was carried out according to the procedures recommended by Miles & Huberman (2004). Four response categories resulted: psychoemotional and behavioral skills, emotions in sport, recognition and financial return, skills as an athlete/player. The athletes showed that the meaning of sport lies especially in the passion for practice, but also, in the improving of their tactics and techniques, in the development of psychoemotional and behavioral skills, in the professional recognition and, to a lesser degree, in the financial aspect. Most athletes state they intend to continue in the juvenile sports categories, therefore, understanding the meaning of this activity in their life can be the key to the elaboration of a plan of psychological preparation whose aim is to provide support to their needs in this moment of professional choice.

El objeto de este estudio fue el de evaluar el significado de ser jugador de voleibol para jugadores de categoría sub-19 en proceso de transición de carrera.Se evaluaron dieciséis jugadores del sexo masculino, con edades entre 17 y 18 años, por medio de una pregunta generadora "¿Qué significa para ti el hecho de ser un jugador de vóleibol?" El análisis de los discursos se realizó según los procedimientos recomendados por Miles & Huberman (2004). Fueron obtenidas cuatro categorías de respuestas: habilidades psicoemocionales y comportamentales, emociones en el deporte, reconocimiento y retorno financiero, competencias como atleta/jugador. Los atletas han demostrado que el significado del deporte está en el perfeccionamiento de la táctica y de la técnica, en el desarrollo de habilidades psicoemocionales y de comportamiento, en el reconocimiento profesional y poco en el aspecto financiero. La mayoría de los atletas afirma que pretende permanecer en el deporte juvenil; por lo tanto, comprender qué significa esta actividad en sus vidas puede ser la llave para elaboración de un plan de preparación psicológica, con vistas a dar soporte a sus necesidades en este momento de elección profesional.
Descritores: Mobilidade Ocupacional
Voleibol/psicologia
Atletas/psicologia
-Aptidão
Comportamento
Apoio Financeiro
Escolha da Profissão
Comportamento do Adolescente/psicologia
Emoções
Desempenho Atlético/psicologia
Psicologia do Esporte
Esportes Juvenis/tendências
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  6 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-533925
Autor: Santos, Tânia Steren dos.
Título: Discriminações, estímulos e obstáculos no campo profissional da medicina: um olhar de gênero e gerações / Discrimination, incentives, and obstacles in the professional field of medicine: a vision of gender and generations
Fonte: Trab. educ. saúde;7(3), nov. 2009-fev. 2010. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo aborda, de forma comparativa, a realidade objetiva e representações de homens emulheres sobre seu trabalho na medicina e as interfaces com a esfera doméstica. São analisados discriminações, estímulos e obstáculos para a carreira profissional, na perspectiva de gênero e gerações.Os dados foram coletados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), integrando técnicas quantitativas e qualitativas. Os resultados indicam que, para explicar os fatores de estímulo para a carreira,as mulheres parecem voltar-se mais para elementosda vida privada enquanto os homens enfatizam maisalguns fatores externos. Ambos salientam a importânciade ter um ?modelo? de profissional tomado como ideal para o exercício profissional e um ambiente acadêmico positivo, com apoio institucional e bom relacionamento com os colegas de trabalho. Entre os obstáculos: excesso de trabalho, falta de tempo e dificuldades financeiras, observando-se diferenciações de gênero quanto à vida familiar e problemas pessoais. Foram salientadas as ?vantagens comparativas?das mulheres no desempenho das suas atividades.Este estudo pode contribuir para a implementação de ações positivas para a melhoria das condições do trabalho profissional e da equidade de gênero, tanto na esfera pública quanto na privada.

This article discusses, in a comparative way, the objective reality and representations of men and women concerning their work in medicine and the interfaces with the domestic sphere. Discrimination, incentives, and obstacles in careers are analyzed from the perspective of gender and generations. Data was collected at the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), integrating quantitative and qualitative techniques. The results indicate that in order to explain career incentive factors, women seem to give more importance to private life elements while men put more emphasis on external factors. Both stress the importance of having a 'model' professional as ideal for professional practice and a positive academic environment with institutional support and good relationships with coworkers. Among the obstacles are overwork, lack of time, and financial difficulties, observing that there are differences of gender in regards to family life and personal problems. Women's 'comparative advantages' were highlighted in carrying out their activities. This study may contribute to the implementation of positive actions to improve the conditions of work life and gender equity, in both the public and private spheres.
Descritores: Medicina/tendências
Mobilidade Ocupacional
Preconceito
Sociedades/normas
-Brasil
Identidade de Gênero
Programa de Estímulos e Incentivos
Recursos Humanos em Hospital
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  7 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135774
Autor: Prado, Renata Muniz; Fleith, Denise de Souza.
Título: Mulheres talentosas no brasil: trajetórias e desafios profissionais na sociedade contemporânea / Mujeres talentosas en brasil: trayectorias y desafios profesionales em la sociedad / Talented women in brazil: trajectories and career challenges in contemporary society
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e46906, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO. Este estudo investigou a trajetória de mulheres talentosas de acordo com o Mega-Modelo de Desenvolvimento de Talentos, concebido por Subotnik, Olszewski-Kubilius e Worrell (2011), analisando a relação existente entre as dimensões individuais, contextuais e interpessoais no seu percurso profissional. Foram realizadas cinco entrevistas com mulheres eminentes em cinco áreas de atuação: educação, comunicação, recursos humanos, publicidade e literatura brasileira. Os resultados foram analisados conforme a Teoria Fundamentada nos Dados. Verificou-se que independente da área em que atuam e de diferenças encontradas em relação à idade, formação educacional e estrutura familiar, fatores como resistência a estereótipos de gênero, trabalho como fonte de transformação social, presença de mentores, suporte emocional da família, oportunidades, otimismo e resiliência foram decisivos para a expressão e desenvolvimento de seus potenciais. Esses fatores foram classificados como facilitadores e variáveis de proteção frente às adversidades encontradas. Compreender o talento feminino envolve considerar a inter-relação das dimensões psicológicas, sociais e culturais.

RESUMEN. En este estudio se investigó la trayectoria de mujeres talentosas de acuerdo con el Mega-Modelo de Desarrollo de Talentos concebido por Subotnik, Olszewski-Kubilius y Worrell (2011), analizando la relación existente entre las dimensiones individuales, contextuales e interpersonales en su recorrido profesional. Se realizaron cinco entrevistas con mujeres eminentes en cinco áreas de actuación: educación, comunicación, recursos humanos, publicidad, y literatura brasileña. Los resultados fueron analizados conforme a la Teoría Fundamentada en los Datos. Se verificó que independientemente del área en que actúan y de diferencias encontradas en relación a la edad, formación educativa y estructura familiar, factores como resistencia a estereotipos de género, trabajo como fuente de transformación social, presencia de mentores, apoyo familiar emocional, oportunidades, optimismo y resiliencia fueron decisivos para la expresión y el desarrollo de sus potenciales. Estos factores se clasificaron como facilitadores y variables de protección frente a las adversidades encontradas. Comprender el talento femenino implica considerar la interrelación de las dimensiones psicológicas, sociales y culturales.

ABSTRACT. This study investigated the trajectory of talented women according to the Mega-Model of Talent Development conceived by Subotnik, Olszewski-Kubilius and Worrell (2011), analyzing the relationship between individual, contextual and interpersonal dimensions in their professional career. Five interviews were conducted with eminent women in five areas: education, communication, human resources, advertising, and Brazilian literature. The results were analyzed according to the Grounded Theory. Regardless of the area where they work and the differences found in relation to age, educational background and family structure, factors such as resistance to gender stereotypes, work as a source of social transformation, presence of mentors, emotional family support, opportunities, optimism and resilience were decisive for the expression and development of their potentials. These factors were classified as facilitators and protection variables against the adversities faced in life. Understanding female talent involves considering the interrelationship of psychological, social, and cultural dimensions.
Descritores: Aptidão
Mulheres Trabalhadoras/psicologia
-Mobilidade Ocupacional
Núcleo Familiar/psicologia
Recursos Humanos
Literatura
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089504
Autor: Engstrom, Elyne Montenegro; Hortale, Virginia Alonso; Moreira, Carlos Otávio Fiuza.
Título: Trajetória profissional de egressos de Curso de Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde no Município de Rio de Janeiro, Brasil: estudo avaliativo / The professional path of postgraduates of a professional master's degree in primary health care in the municipality of Rio de Janeiro, Brazil: an evaluative study
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(4):1269-1280, abr. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Visando estudar a trajetória de egressos de duas turmas de Mestrado Profissional realizou-se estudo exploratório, com questionário eletrônico on line, anônimo, com quatro blocos: pessoal; atividade profissional atual; relação do curso-situação profissional e ainda perguntas abertas para pontos positivos/negativos. Resultados: a maioria mantinha-se na área da atenção primária e em serviços públicos; na assistência à saúde e muitos como preceptores; desenvolviam atividade no trabalho relacionada ao curso e 75% relatam alto o impacto do curso. Menor efeito foi percebido na remuneração e maiores na formação profissional, nas redes de relações; no crescimento pessoal e no trabalho. As estratégias pedagógicas ativas foram bem avaliadas. Conclusão: metodologia de avaliação factível e aplicável para sistemas de acompanhamento de egressos; permite conhecer a relação formação e trabalho.

Abstract A four-block exploratory study was conducted with an electronic online, anonymous questionnaire to study the path of postgraduates from two professional master's degree classes, as follows: personal, current professional activity, course-professional situation relationship, and open-ended questions for positive/negative points. Results: Most of them remained in the primary care area and public services; in health care and as tutors; developed a course-related work activity, and 75% reported a high impact of the course. A lower effect was perceived in the remuneration. A higher effect was noted in the professional training, the networks of relationships, personal growth, and work. The active pedagogical strategies were well evaluated. Conclusion: This is a feasible and applicable evaluation method for graduate monitoring systems, and it allows knowing the relationship between training and work.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Mobilidade Ocupacional
Educação de Pós-Graduação
-Brasil
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos
Currículo
Rede Social
Renda
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 202 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135789
Autor: Barros, Suzane Carvalho da Vitória; Mourão, Luciana.
Título: Trajetória profissional de mulheres cientistas à luz dos estereótipos de gênero / Carrera profesional de las mujeres científicas a la luz de los estereotipos de género / Professional career of women scientists in the light of gender stereotypes
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e46325, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO. A ciência foi instituída por homens e a atuação feminina nesse campo foi negada por longos anos. Apesar da redução das desigualdades de gênero no mundo da pesquisa, a tardia e menor inserção feminina ainda tem suas marcas nesse universo. Assim, este estudo teve como objetivo analisar os discursos de pesquisadoras brasileiras acerca das suas trajetórias profissionais com foco nas relações de gênero e no processo de escolha de carreira. Participaram nove mulheres docentes permanentes em programas de pós-graduação stricto sensu, com diversidade de áreas do conhecimento e de níveis na carreira científica. Sete entrevistas foram realizadas pessoalmente e duas com interação de áudio e vídeo. Foi utilizado um roteiro com perguntas-estímulo e, posteriormente, os relatos passaram por uma análise de conteúdo categorial. Os resultados em geral apontaram que as escolhas de carreira das pesquisadoras não passaram por situações explícitas de preconceito ou desigualdade de gênero, mas suas trajetórias profissionais sim. Os resultados são discutidos à luz da literatura da área e sugeridos novos estudos que permitam ampliar as reflexões sobre a temática.

RESUMEN. La ciencia fue instituida por hombres y la acción femenina en este campo fue negada por muchos años. A pesar de la reducción de las desigualdades de género en el mundo de la investigación, la inserción femenina tardía y menor todavía tiene sus marcas en este universo. Este estudio analiza el discurso de los investigadores brasileños sobre su carrera con un enfoque en las relaciones de género y el proceso de elección de carrera. Participaron nueve profesoras permanentes en programas de estudios de posgrado stricto sensu de distintos niveles de carrera. Se utilizó un guion con preguntas estímulo e informes vinieron más adelante, a través de un análisis de contenido categorial. Los resultados mostraron que las opciones de carrera de los investigadores no han explicitado situaciones de desigualdad de género o el sesgo, pero sus trayectorias profesionales sí. Los resultados sugieren estudios adicionales que permiten ampliar las reflexiones sobre el tema.

ABSTRACT Science was established by men, and women work in this field has been denied for many years. Despite the reduction of gender inequalities in the research world, the late and lower female insertion still has its brands in this universe. Thus, this study aimed to analyze the discourse of Brazilian researchers about their careers with a focus on gender relations and the process of career choice. Participants were nine women, permanent teachers in stricto sensu graduate studies programs, with diverse areas of knowledge and scientific career levels. Seven interviews were conducted in person and two with audio and video interaction. We used a script with stimulus-questions and, later, reports were analyzed according to the categorical content. The overall results showed that career choices of women researchers did not go through explicit situations of prejudice or gender inequality, but their professional trajectories did. The results are discussed in the light of the literature in the area and suggested further studies that allow enlarging the reflections on the subject.
Descritores: Ciência
Mulheres Trabalhadoras/educação
-Fatores Socioeconômicos
Escolha da Profissão
Mobilidade Ocupacional
Domínios Científicos
Estereotipagem de Gênero
Identidade de Gênero
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  10 / 202 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-915179
Autor: Spinelli De Oliveira, Elisabeth; Braga, Ana P; Magrini, Leandro.
Título: Quo vadis? Career of Brazilian ethologists earning a doctoral degree in 2010 / Quo vadis? A carreira dos Etólogos no Brasil que obtiveram seu título de Doutor em 2010
Fonte: Curr. Ethol;15(1):14-29, 2016.
Idioma: en.
Resumo: Fifty two doctors (22 male, 30 female) got a degree in Ethology in 2010, according to a previous study; 46 curricula vitae (21 male, 25 female), 88% of the initial group, provided career information at Plataforma Lattes database during a life-span of six years. Employability was high, at least 90% for both sexes. 48% of doctors work at the public sector, holding stable jobs; 40% are professors at public universities. Fellowships provide 10 positions (19%), and the private sector nine jobs (17%); mostly at private universities (15%). Men occupy the majority of positions at public universities (14 of 21, representing 67%), while most women are holding positions at the private sector or as public servants outside professorship (nine out of 13, corresponding to 69%). 70% of fellowship holders are women. 96% advised or are advising academic works. 89% of all are co-authors of at least one peer-reviewed article: a total of 366 reports (male= 166, female= 170; 61 articles.year-1; 1.5 article.year-1.doctor-1). 56% of doctors graduate at Institutions located in the Southeast region, where most graduation programs are. A clear regional transference of doctors is observed when employment is considered, in this case the participation of the Southeast region shrinks to 30%. This indicates a role played by the Southeast region as disseminator of animal behavior knowledge within Brazil. This opens the possibility of an equitable relationship among regions in Brazil concerning higher education in Ethology. It is foreseen a positive effect upon the knowledge of the particular fauna of Brazilian regions, diverse and numerous, and mostly unknown from the ethological point of view. In our sample women are in slightly greater number than men, and are involved in mentoring and publishing, as well as men. Most females holding doctorate in Ethology work in less stable jobs (at private institutions or holding temporary fellowships) and probably endure less favorable conditions regarding research and remuneration. Not surprisingly this is the scenario seen in 30 out of 35 countries of the Organisation for Economic Co-operation and Development community, including in countries like USA and Germany. So it is not enough just to support accessibility; special attention should be given to assure fair working conditions for all. Our data also show a favorable scenario for Ethology in Brazil, mostly associated with the public educational system that is tuition-free and dependent of governmental resources. Recent governmental cutbacks for Science and Technology may curb further expansion of Ethology in Brazil

Cinquenta e dois doutores(as) (22 masculino, 30 feminino) defenderam teses em Etologia em 2010, de acordo com um estudo prévio; 46 curricula vitae (21 masculino, 25 feminino), 88% do grupo inicial, forneceram informações a partir de consulta à base de dados da Plataforma Lattes, durante seis anos. A empregabilidade foi alta, de pelo menos 90% para ambos os sexos. 48% dos doutores(as) trabalham no setor público, e têm empregos estáveis; 40% são professores(as) em universidades públicas. Dez posições são ocupadas por bolsistas (19%), e o setor privado é responsável por nove empregos (17%); a maioria deles em universidades privadas (15%). Homens ocupam a maioria das posições nas universidades públicas (14 de 21, representando 67%), enquanto que a maioria das mulheres tem posição no setor privado ou são servidoras públicas não docentes (nove de 13, correspondendo a 69%). Setenta por cento dos pesquisadores bolsistas são mulheres. 96% supervisionaram ou estão supervisando trabalhos acadêmicos. A maioria (89%) é coautor(a) de pelo menos um artigo peer-reviwed: um total de 366 publicações (masculino= 166, feminino= 170; 61 artigos.ano-1; 1,5 artigos.ano-1.autor-1). 56% dos doutores fizeram Pós Graduação em Instituições do sudeste brasileiro, onde a maioria dos programas de Pós Graduação está situada. Observa-se uma clara transferência regional de doutores quando se considera os empregos ocupados, nesse caso a participação do sudeste se reduz a 30%. Este dado indica que o sudeste pode ser considerado um disseminador de conhecimentos sobre comportamento animal dentro do Brasil. É possível se antever um futuro de relações de maior igualdade entre as regiões brasileiras em relação ao ensino superior de Etologia. Efeitos positivos são previstos com relação ao conhecimento de faunas muito particulares das regiões brasileiras, que são diversas e numerosas, além de majoritariamente pouco conhecidas do ponto de vista etológico. Na presente amostra as mulheres estão ligeiramente mais representadas em número do que os homens, e estão envolvidas em atividades de orientação e publicação, tanto quanto os homens. Entretanto, a maioria das doutoras trabalha em empregos menos estáveis (em instituições privadas ou como bolsistas temporárias), e provavelmente convivem com condições menos favoráveis tanto com relação à pesquisa e à remuneração. Não surpreendentemente este é o cenário visto em 30 dos 35 países da Organisation for Economic Co-operation and Development, inclusive em países como os Estados Unidos e a Alemanha. Não é suficiente, portanto, aumentar a acessibilidade; atenção especial deve ser dispensada de maneira a assegurar condições adequadas de trabalho para todos(as). Os dados também mostram um cenário favorável para a Etologia no Brasil, principalmente no sistema público de educação, que é isento de taxas e dependente de fundos governamentais. Cortes recentes no orçamento governamental da Ciência e Tecnologia podem interferir com a continuidade da expansão da Etologia no Brasil
Descritores: Mobilidade Ocupacional
Mercado de Trabalho
Etologia/educação
-Brasil
Identidade de Gênero
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite



página 1 de 21 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde