Base de dados : LILACS
Pesquisa : N01.824.245.350 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 39 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 39 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1004065
Autor: Baptista, Ana Terra Porciúncula; Souza, Norma Valéria Dantas de Oliveira; Gallasch, Cristiane Helena; Varella, Thereza Christina Mó Y Mó Loureiro; Noronha, Isabela da Rosa; Noronha, Isabele da Rosa.
Título: Adoecimento de trabalhadores de enfermagem no contexto hospitalar / Illness among nursing workers in the hospital context / Enfermedad de los trabajadores de enfermería en el contexto del hospital
Fonte: Rev. enferm. UERJ;26:e31170, jan.-dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: determinar as questões de saúde que levam os profissionais de enfermagem a licenciarem-se do trabalho por mais de 15 dias ou sofrerem readaptação funcional. Métodos: pesquisa documental, retrospectiva com abordagem quantitativa. Foram analisados 886 registros de afastamentos da equipe de enfermagem de um hospital universitário. Os dados foram apresentados por meio de estatística descritiva. Resultados: os afastamentos dos trabalhadores foram atribuídos, principalmente, transtornos mentais e comportamentais (22,6%), seguidos das doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo (24,4%) dos casos. Em relação aos motivos que levaram os profissionais a sofrerem readaptação funcional, captou-se como principal causa as doenças osteomusculares (56,3%), registrando-se em seguida os transtornos mentais (18,8%). Conclusão: os trabalhadores possuem elevado índice de adoecimento por doenças osteomusculares, no entanto, preocupa o crescente adoecimento mental. Portanto, é necessário intensificar medidas protetoras para prevenção do adoecimento e melhoradas condições laborais.

Objective: to determine the health problems that lead nursing professionals to leave work for more than 15 days or to undergo functional readjustment. Methods: in this quantitative, retrospective, documentary study, 886 records of absence of the nursing staff at an university hospital were examined. Data were presented using descriptive statistics. Results: workers' absences were attributed mainly to mental and behavioral disorders (22.6%), followed by musculoskeletal system and connective tissue diseases (24.4%). The main causes that led nursing staff to undergo functional rehabilitation, were musculoskeletal diseases (56.3%), followed by mental disorders (18.8%). Conclusion:nursing workers display high rates of illness from musculoskeletal diseases; however, growing mental illness is worrisome. Therefore, it is necessary to intensify protective measures to prevent illness and improve working conditions.

Objetivo: determinar los problemas de salud que llevan a los profesionales de enfermería al alejamiento del trabajo por más de 15 días o a una readaptación funcional. Métodos: investigación documental, retrospectiva con enfoque cuantitativo. Se analizaron 886 registros de alejamientos del equipo de enfermería en un hospital universitario. Los datos se presentaron a través de estadística descriptiva. Resultados: los alejamientos de los trabajadores se atribuyeron principalmente a trastornos mentales y comportamentales (22,6%), y a las enfermedades del sistema músculo esquelético y del tejido conjuntivo (24,4%). Respecto a los motivos que llevaron a los profesionales a pasar por readaptación funcional, las principales causas fueron las enfermedades músculo esqueléticas (56,3%) y, después, trastornos mentales (18,8%). Conclusión: los trabajadores tienen una elevada tasa de enfermedades musculo esqueléticas, sin embargo, es preocupante el creciente número de enfermedades mentales. Por lo tanto, es necesario intensificar las medidas de protección para prevenir enfermedades y mejorar las condiciones de trabajo.
Descritores: Saúde do Trabalhador
Enfermagem
Readaptação ao Emprego
Licença Médica
Estresse Ocupacional
Doenças Profissionais
-Riscos Ocupacionais
Serviço Hospitalar de Enfermagem
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  2 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-907991
Autor: Gracioli, Jocelaine Cardoso; Lima, Suzinara Beatriz Soares de; Fonseca, Dienifer Fortes da; Fonseca, Graziele Gorete Portella da; Rabello, Simone kroll; Eberhardt, Thaís Dresch.
Título: Estratégias utilizadas por enfermeiros na readaptação funcional de trabalhadores de enfermagem / Strategies used by nurses in the functional readjustment of nursing workers / Estrategias utilizadas por los enfermeros en la readaptación funcional de los trabajadores de enfermería
Fonte: REME rev. min. enferm;21:[1-8], 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Conhecer as estratégias de enfermeiros ao receber o trabalhador de enfermagem em readaptação funcional. Metodologia: estudo qualitativo, descritivo exploratório, realizado em um hospital universitário no Sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada com 19 enfermeiros, entre maio e julho de 2016. Para análise e interpretação dos dados, optou-se pela proposta operativa de Minayo. Resultados: as informações convergiram para duas categorias: acolhimento e cuidado com o trabalhador em readaptação funcional no cenário laboral; planejamento do processo de readaptação do trabalhador de enfermagem. Conclusões: os enfermeiros perceberam o acolhimento, a negociação e o processo de comunicação, como estratégias a serem utilizadas para melhor readaptação do trabalhador de enfermagem que retorna ao trabalho permeado pelo cuidado e respeito às limitações laborais, requerendo uma integração entre a equipe e o membro readaptado.

To know the nurse's strategies upon receiving the Nursing worker in functional readjustment. Methodology: A qualitative exploratory descriptive research performed in a teaching hospital in the southern region of Brazil. The data were collected through semi structured interview swith 19 nurses between May and July 2016. It was used Minayo's operative proposal for the data analysis and interpretation. Results: The information merged in two categories: User embracement and worker in functional readjustment care at the work setting; planning of the readjustment process for the Nursing worker. Conclusions: The nurses perceived the user embracement, the negotiation and the communication process as strategiesto be utilized for a better readjustment of the Nursing worker returning to work, alongside the care and respect to the work limitations, requiring integration between the staff and the readjusted employee.

Conocer las estrategias de los enfermeros para recibir a los trabajadores de enfermería en readaptación funcional. Metodología: estudio cualitativo, descriptivo y exploratorio realizado en un hospital universitario del sur de Brasil. Los datos se recogieron en entrevistas semiestructuradasa 19 enfermeros, entre mayo y julio de 2016. Para el análisis e interpretación de datos se optó por la propuesta operativa Minayo. Resultados: las informaciones se agruparon en dos categorías: la acogida y la atención al trabajador en readaptación funcional en el entorno laboral; planificación del proceso de readaptación del trabajador de enfermería. Conclusiones: los enfermeros entienden que la acogida, la negociación y el proceso de comunicación son estrategias para mejorar la readaptación del trabajador de enfermería que regresa al trabajo caracterizado por la atención yrespeto a las limitaciones laborales, lo cual requiere la integración entre el equipo y el miembro readaptado.
Descritores: Readaptação ao Emprego
Gestão em Saúde
Enfermagem
Saúde do Trabalhador
Pesquisa Qualitativa
Condições de Trabalho
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  3 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-360560
Autor: Vivarta, Veet(coord).
Título: Mídia e deficiência / Media and disability.
Fonte: Brasília; ANDI;Fundação Banco do Brasil; 2003. 184 p. ilus, tab. (Diversidade, 2).
Idioma: pt.
Projeto: Fundação Banco do Brasil. Diversidade.
Descritores: Pessoas com Deficiência
Meios de Comunicação de Massa
-Educação Especial
Jornalismo
Justiça Social
Políticas Editoriais
Preconceito
Readaptação ao Emprego
Relações Familiares
Sistemas de Informação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3765.00; BR276.2; 316.774, V421m, e.2


  4 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999702
Autor: Hanashiro, Regina; Correia, Viviane Duarte; Sugawara, Andre Tadeu.
Título: Inclusão social no mercado de trabalho de pacientes amputados em processo de reabilitação / Social inclusion in the labor market of amputees in the process of rehabilitation
Fonte: Acta fisiátrica;25(3), set. 2018.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Conhecer o processo de inclusão social no mercado de trabalho, do paciente amputado, e identificar alterações socioeconômicas, após o processo de reabilitação, além de contribuir para o levantamento de dados socioeconômicos acerca da pessoa com deficiência. Método: Pesquisa retrospectiva, quantitativa e qualitativa, sob a perspectiva dialética. Os dados foram obtidos por meio do Protocolo de Avaliação Social Institucional e relatórios sociais dos pacientes amputados, que passaram pelo ambulatório, após alta do processo em um Centro de Reabilitação no município de São Paulo, no período de abril a setembro de 2016. Resultados: Os sujeitos da pesquisa (23) foram, em sua maioria do gênero masculino (20), em idade ativa (média simples de 39,5 anos), com nível de escolaridade no ensino médio (9). A maioria (21) absteve das atividades laborais. Após a instalação da deficiência, houve queda na renda familiar. Inicialmente, (17) usufruem de benefícios previdenciários, (1) benefício assistencial, e (4) estão em processo de solicitação de benefício. Durante o tratamento reabilitativo, houve redução dos benefícios previdenciários (de 17 para 15), aumento nos benefícios assistenciais (3), (1) aguarda concessão de benefício, e 3 obtiveram alta do INSS. Conclusão: Os resultados apontam que os pacientes amputados sofrem alterações socioeconômicas, após a instalação da deficiência, decorrentes à abstenção as atividades laborais e rebaixamento na renda, apontando para a importância da proteção previdenciária e assistencial. Fatores como idade, escolaridade e quantidade de internações favoreceram o retorno dos pacientes amputados no mercado de trabalho.
Descritores: Readaptação ao Emprego
Pessoas com Deficiência
Mercado de Trabalho
Amputação
-Estudos Retrospectivos
Pesquisa Qualitativa
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-704957
Autor: Macêdo, Márcia Cristina Matos; Chamlian, Therezinha Rosane; Leal, Caio Augusto Pereira; Bonilha, Mariana Matteis Martins; Rezende, Flávia.
Título: Retorno ao trabalho de pacientes com amputação traumática de membros inferiores / Return to work in traumatic lower limb amputees patients
Fonte: Acta fisiátrica;20(4), dezembro.
Idioma: pt.
Resumo: O paciente com amputação traumática é, em geral, aquele com pouca ou nenhuma comorbidade e está no auge da vida produtiva. Mesmo em condições de reabilitação adequada, diversos autores têm citado dificuldade no processo de retorno à atividade laborativa, e a sua relação com outros determinantes além da aptidão física. Objetivo: Avaliamos o índice de retorno ao trabalho após reabilitação de pacientes atendidos no Lar Escolar São Francisco de Jan/2007 a Dez/2010 com amputação traumática de membros inferiores. Método: Foram pesquisados os fatores sociais e econômicos possivelmente relacionados a esse desfecho. A amostra final foi de 13 pacientes, todos com amputação unilateral, com uso regular da prótese. Dois eram do sexo feminino. Nove (69%) retornaram ao trabalho. Outras seqüelas consideráveis estavam presentes em 23% dos pacientes - lesão de plexo braquial e dor fantasma - e se mostrou o fator isolado mais importante para o não retorno ao trabalho. Resultados: Não encontramos relação importante entre retorno ao trabalho e fatores como recebimento de benefício previdenciário, idade ou amputação por acidente de trabalho. Conclusão: Há dados ainda inconclusivos que justificam a realização de novos estudos sobre a relação independente entre os diversos fatores mencionados e o retorno ao trabalho de pacientes amputados.

Generally, traumatic amputee patients have little or no comorbidities, and they are at the apogee of productive life. Even in good rehabilitation program conditions, the literature points to difficulties in the return-to-work process, and its relationship with other determinants besides physical aptitude. Objective: We studied the rate of return-to-work after the rehabilitation process at Lar Escola São Francisco between January of 2007 and December of 2010 of patients that had undergone traumatic lower limb amputation. Method: Social and economic factors were studied that might have been related to returning to work. The final sample was 13 patients; all of them were unilateral amputees, who used prostheses regularly. Two of them were female. Nine of them (69%) returned to work. In 23% of the cases, other important sequelae were present - brachial plexus injuries and phantom pain - which appeared as the most important single factor for not returning to work. Results: We found no important relationship between returning to work and other factors such as paid benefits, age, or amputation due to work accident. Conclusion: The data is still inconclusive, which calls for more studies on the independent relationship between the various factors mentioned and amputee patients returning to work.
Descritores: Readaptação ao Emprego
Extremidade Inferior/patologia
Amputados/reabilitação
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-876750
Autor: Pereira, Anelise Bertolino; Karino, Marcia Eiko; Martins, Júlia Trevisan; Scholze, Alessandro Rolim; Galdino, Maria José Quina; Ribeiro, Renata Perfeito.
Título: Perfil de trabalhadores readaptados em um hospital público do Sul do Brasil / Profile of labor readjusted workers at a public hospital in Southern Brazil
Fonte: Rev. bras. med. trab;15(4):317-323, out.-dez. 2017.
Idioma: en.
Resumo: Objetivo: Identificar o perfil sociodemográfico, ocupacional e clínico de trabalhadores readaptados de um hospital público. Método: Estudo transversal com 40 trabalhadores readaptados de um hospital universitário do Sul do Brasil. Para a coleta de dados utilizou-se um instrumento com questões relacionadas ao perfil sociodemográfico, ocupacional e clínico. Foram realizadas análises descritivas com frequências relativas e absolutas. Resultados: Houve predomínio do sexo feminino (72,5%), faixa etária entre 54 e 59 anos (35%) e escolaridade de nível técnico (37,5%). A maioria dos readaptados fazia parte da equipe de enfermagem (62,5%) e o principal motivo que desencadeou a readaptação foram os distúrbios osteomusculares, mentais e de comportamento. Conclusão: Infere-se que a readaptação dos profissionais pode estar relacionada com os fatores vivenciados no ambiente laboral dos hospitais.

Objective: To establish the sociodemographic, occupational and clinical profile of labor readjusted workers at a public hospital. Method: Cross-sectional study conducted with 40 labor readjusted workers at a university hospital in Southern Brazil. Data collection was performed by means of an instrument with questions for sociodemographic, occupational and clinical profile. Descriptive analysis of relative and absolute frequencies was performed. Results: Female sex (72.5%), age range 54 to 59 years old (35%) and technical education level (37.5%) predominated. Most labor readjusted workers were members of the nursing staff (62.5%), and the main reasons for readjustment were musculoskeletal mental and behavioral disorders. Conclusion: One might infer that labor readjustment might related to factors present in the hospital work environment.
Descritores: Ambiente de Trabalho
Saúde do Trabalhador
Readaptação ao Emprego/estatística & dados numéricos
Pessoal de Saúde
-Brasil
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-876574
Autor: Saboya, Francisca Talitta Muniz(edt); Oliveira, Elisangela de Castro Freitas(com).
Título: Um estudo sobre a competência no trabalho e novos paradigmas organizacionais à luz do modelo IMBA / A study about competence at work and new organizational paradigms based on the IMBA-Model
Fonte: Rev. psicol. (Fortaleza, Online);3(1):[110-126], jan.-jun. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa surge a partir de reflexões teóricas e de práticas sobre competências para o trabalho, especificamente, competências adequadas e ideais para os colaboradores, para a consecução de objetivos organizacionais e suas relações com as definições e utilizações do conceito no âmbito do modelo IMBA (Integração de pessoas com deficiência no mercado de trabalho) sobre competências para o trabalho, que traz definições sobre competências e sua forma de aplicação na busca da adequação de pessoas aos seus postos de trabalho. Foram elaborados questionamentos baseados na teoria vigente e no modelo nomeado para nortear a atual pesquisa, assim resumidos: questões sobre as transformações no mundo do trabalho, sobre o próprio conceito de competência e sua inserção nos novos paradigmas organizacionais e a forma de identificação e operacionalização de competências no nível individual. Após uma abordagem de cunho teórico, foram aplicados um questionário e uma entrevista com os temas mencionados. Os dados foram levantados, tratados e analisados qualitativamente, o que viabilizou a identificação de determinadas competências relevantes para cada grupo de colaboradores e suas respectivas percepções na organização abordada sobre a forma de seleção dessas competências. Foi realizado um mapeamento das competências na situação real de trabalho a partir de material baseado no modelo IMBA. O conceito, conforme descrito e trabalhado no nomeado padrão ajudou no mapeamento de competências e na sua análise pelos colaboradores participantes. Foi alcançado o objetivo central da pesquisa de relacionar o tema das competências, a partir da análise de uma situação real organizacional, com os instrumentos do modelo IMBA.

This research arises from reflections on theoretical and practical skills for work, specifically, appropriate skills and ideal for employees to achieve organizational objectives and their relationship with the definitions and uses of the concept under the model IMBA on working skills (Integration of persons with disabilities in the labor market), that brings definitions of competence and its mode of administration in the pursuit of appropriate people to their jobs that were the starting point of this study. Some questions were mapped based on current theory and the project itself nominated for this research, summarized as follows: questions about the changes in the workplace, the concept of competence and its insertion into the new paradigms and organizational form of identification and operationalization of skills at the individual level. After a theoretical approach through contributions of various kinds and especially from the IMBA project, we applied a questionnaire and an interview with the matters referred, whose treatment had qualitative data collected for subsequent analysis. It was possible to identify specific skills relevant to each group of employees surveyed in the organization and their perceptions of these employees on how to select these skills. As the project took an IMBA mapping skills in a real work situation addressed. The concept, as described and IMBA worked on the project can be translated into reality and helped the local organizational skills mapping and analysis by participating employees. It can be argued that the study achieved the goal of relating the issue of skills, from the analysis of a real organization with the tools of the IMBA model.
Descritores: Competência Profissional
-Fortalecimento Institucional
Pessoas com Deficiência
Readaptação ao Emprego
Mercado de Trabalho
Psicologia Industrial
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR6.3 - Biblioteca de Ciências Humanas


  8 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-795863
Autor: Ciconato, Aline; Cariacari, Pamela; Haddad, Maria do Carmo Fernandez Lourenço; Rossaneis, Mariana Angela; Birolim, Marcela Maria.
Título: Estado de saúde e perfil ocupacional dos trabalhadores readequados e readaptados de uma universidade pública / Health status and occupational profile of readapted and readjusted workers at a public university
Fonte: Espaç. saúde (Online);17(1):49-55, jul.2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Identificar o estado de saúde e o perfil ocupacional dos trabalhadores readequados e readaptados de uma universidade pública. Método: Estudo transversal, realizado com 92 servidores das áreas técnico-administrativas e docentes de uma universidade estadual pública. Para coleta de dados utilizou-se um instrumento de caracterização contendo dados sociodemográficos, ocupacionais e de saúde dos servidores. Resultados: Dos 92 servidores,73,9% eram do sexo feminino; 98,9% dos motivos da readequação e readaptação estão relacionados a limitações por distúrbio físico. Em relação à categoria profissional, 48,9% dos readequados/readaptados exerciam a função de serviços gerais. Identificou-se que a readaptação e readequação contribuíram para a diminuição dos afastamentos por doenças e as aposentadorias precoces,representando uma medida que permite ao trabalhador restabelecer sua saúdes em abandonar o mercado de trabalho ainda em idade produtiva. Conclusão: Intervenções de promoção à saúde e prevenção de agravos relacionados ao trabalho são necessárias e devem ser desenvolvidas no ambiente no qual o trabalhador atua. Ainda, politicas pública se organizacionais devem ser desenvolvidas e implementadas a fim de incluir o profissional readequado/readaptado no contexto organizacional e assim reduzir o impacto socioeconômico e na qualidade de vida desse trabalhador...

To identify health statusand occupational profile of workerswhohad thefunction changed or were upgraded at a public university. MethOd Cross-sectional study involving 92 officers of technical-administrativeand teaching staff of a public state university. For data collectionwe used an instrument for characterization containing officers' sociodemographic, occupational and health data. Results Of the 92 servers, 73.9% were female; 98.9% of the reasons for readjustment and readaptation are related to limitations due to physical disorders. Regarding the occupational category,48.9% of thosewhochanged function/were readapted were from the general services staff. It was identified that readaptation and readjustment contributed to the reduction of absenteeism due to illness and early retirement, representing ameasure that allows workers to restore their health without leaving the labor market still in a productive age. cOnclusiOn Interventions for health promotion and prevention of work-related diseases are necessary and should be developed in the work environment. Moreover, publicand organizational policies should be developed and implemented to include the readapted/ readjusted professional in the organizational context, and thus reduce the impact on socioeconomic status andquality of life of workers.KeYWORds: employment...
Descritores: Mobilidade Ocupacional
Readaptação ao Emprego
Enfermagem
Saúde do Trabalhador
Universidades
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR512.1 - Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde


  9 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Lopes, Roseli Esquerdo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-787849
Autor: Bregalda, Marília Meyer; Lopes, Roseli Esquerdo.
Título: A reabilitação profissional no INSS: caminhos da terapia ocupacional / Vocational rehabilitation at the National Social Security Institute: paths of occupational therapy
Fonte: Saúde Soc;25(2):479-493
Idioma: pt.
Resumo: Este texto traz dados de uma pesquisa que objetivou identificar e compreender práticas e concepções delineadas pela terapia ocupacional no Serviço de Reabilitação Profissional no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), no estado de São Paulo. Compreende-se que a reabilitação profissional, que visa a proporcionar aos segurados os meios para reingresso no mercado de trabalho e que é atribuída oficialmente ao Ministério da Previdência Social, dialoga com a saúde, com a educação e com as políticas e ações de trabalho e emprego. Os dados foram coletados por meio de um questionário encaminhado às terapeutas ocupacionais do INSS no referido estado, bem como por entrevistas realizadas com parte delas, abordando temáticas que foram categorizadas para a análise do que relatam acerca de suas práticas e concepções, enfatizando pontos reflexivos sobre limites, possibilidades e desafios nessa atuação e ampliando a discussão para a estrutura do Serviço. É apontada uma série de fatores que implicariam uma avaliação mais negativa que positiva de sua atuação no Instituto, os quais estariam mais vinculados a questões estruturais do Serviço. Creem, todavia, na melhoria dessa estrutura, indicando a necessidade do incremento das possibilidades oferecidas, de uma maior participação e responsabilização por parte das empresas, da construção de um trabalho articulado com os demais setores governamentais e da sociedade civil, além da ampliação e da reformulação da legislação que trata da reabilitação profissional no Brasil.

This article presents data from a research that aimed to identify and understand the practices and concepts of occupational therapy in the Vocational Rehabilitation Program of the National Social Security Institute (INSS), in the state of São Paulo. Vocational rehabilitation aspires to provide means for workers to reenter the job market, being associated with health, education, and labor and employment. Data were collected through a questionnaire sent to occupational therapists, as well as through interviews with some of them. We discussed themes that were categorized to analyze their practices and concepts and highlighted topics that allowed us to reflect on the limits, possibilities and challenges faced by these workers, examining the structure of the program as well. A number of factors imply that their performance at the INSS is more negative than positive, which could be related to structural issues of the program. However, the therapists believe in improving its structure and point out the need to increase the possibilities offered, allowing for a greater participation and responsibility of companies, for more combined efforts with other government sectors and the civil society and for the expansion and reformulation of the Brazilian legislation on vocational rehabilitation.
Descritores: Readaptação ao Emprego
Saúde do Trabalhador
Terapia Ocupacional
Serviços de Reabilitação
Reabilitação Vocacional
-Mercado de Trabalho
Política Pública
Previdência Social
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 39 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-756576
Autor: Macaia, Amanda Aparecida Silva; Fischer, Frida Marina.
Título: Teachers returning to work after sick leave for mental disorders / Retorno ao trabalho de professores após afastamentos por transtornos mentais
Fonte: Saúde Soc;24(3):841-852, jul.-set. 2015.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq; . FAPESP.
Resumo: The present study evaluates the significance of the process of public school teachers returning to work following sick leave for mental and behavioral disorders. It is a qualitative study conducted with 20 elementary school teachers currently active or undergoing retraining. Data was obtained thru individual interviews, focus groups and a questionnaire, which included socioeconomic data and work conditions, during 2011 and 2012. Data was analyzed by means of thematic categorization. Most participants were women, average age of 44 years old, and working 43.2 hours per week. Among those who were active teachers, returning to work was associated with the reasons that led to the sick leave, their ability to accomplish actual work and the possibility of being valued at work. Regarding teachers undergoing retraining, the impacts of returning to work included the conflict of returning to the classroom or being away from it. It was paramount to discuss their professional identity in order to understand the process of returning to work for the teachers undergoing retraining. Two themes were common to both groups of teachers: the role of the school managerial team during the process of returning to work and the prejudice they faced in the work environment. It was not possible to approach returning to work without discussing the sick leave process. The performed analyses, by the point of view of the participants, revealed a number of topics to understand the process of sick leave and returning to work, as well as the living and working conditions of the teachers.

Este estudo analisa os sentidos de retorno ao trabalho atribuídos por professores servidores públicos após afastamentos por transtornos mentais e comportamentais. Tratou-se de pesquisa qualitativa com 20 professores, ativos e em readaptação funcional, do ensino fundamental. A coleta de dados ocorreu entre 2011 e 2012, por meio de entrevistas individuais, grupos focais e questionário socioeconômico e de condições de trabalho. A análise de dados foi realizada por codificação temática para o estabelecimento de uma estrutura de ideias. A maioria dos participantes era de mulheres. A média de idade era 44 anos e de jornada de trabalho de 43,2 horas/semana. Os sentidos de retorno ao trabalho para os professores ativos estavam ancorados nas ideias relacionadas aos motivos do afastamento, à capacidade para o trabalho e à valorização do trabalho. Para os professores readaptados, os sentidos atribuídos refletiram conflitos entre retornar à sala de aula ou manter-se readaptado. Discutir e compreender a identidade profissional foram primordiais no entendimento do processo de retorno dos professores readaptados. Dois temas associados ao retorno foram transversais a ambos os conjuntos de professores: o papel da equipe gestora neste processo e os preconceitos no ambiente de trabalho. Não foi possível abordar o retorno ao trabalho sem considerar o afastamento. A análise sobre os sentidos de retorno ao trabalho, na perspectiva dos próprios professores, disponibilizou uma série de elementos para a compreensão do processo de afastamento e retorno e das condições de vida e trabalho nesta categoria profissional. Observa-se a premência em favorecer ações de retorno ao trabalho no ambiente escolar como determinante da saúde dos professores.
Descritores: Absenteísmo
Readaptação ao Emprego
Docentes
Transtornos Mentais
Saúde do Trabalhador
Licença Médica
Jornada de Trabalho
Condições de Trabalho
-Ambiente de Trabalho
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde