Base de dados : LILACS
Pesquisa : N02.278.035 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 375 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 38 ir para página                         

  1 / 375 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1140180
Autor: Mendes, Roger William Moraes; Francisco, Antonio Marcos Coldibelli; Tostes, Carla Benedita da Silva; Reis, Júlia dos; Von Atzingen, Augusto Castelli.
Título: Objeção de consciência na dinâmica do atendimento ao aborto legal em Minas Gerais / Conscientious objection to legal abortion in Minas Gerais state
Fonte: Femina;48(11):646-653, 20201130. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: O objetivo do estudo foi verificar a existência da objeção de consciência na atenção integral à saúde das vítimas de violência sexual, bem como conhecer a estrutura de atendimento das instituições credenciadas na rede de atenção à vítima de violência sexual no Estado de Minas Gerais. Métodos: Trata-se de um estudo de campo de caráter quantitativo, transversal, descritivo e analítico, com proposta de coleta de dados das instituições credenciadas ao atendimento às vítimas de violência sexual no estado. O instrumento foi entregue aos(às) coordenadores(a) desses serviços. Resultados: Verificou-se que 11% dos serviços não possuem médicos e 31% não fornecem treinamento para esse tipo de atendimento. Foi revelado que 85% dessas instituições já encontraram pacientes que desejam fazer o aborto legal, mas 83% delas não tiveram seu pedido atendido. Houve 60% da presença de objeção de consciência por parte de toda a equipe médica, sendo o principal motivo religioso (57%). Conclusão: O sistema de assistência no Estado não está preparado para o atendimento integral às vítimas de violência sexual, principalmente no quesito resolução do aborto legal, sendo a objeção de consciência o maior obstáculo. Faz-se necessária uma rede de referência e contrarreferência funcionante para amenizar esse problema tão sério e evidente. Espera-se que o resultado da pesquisa crie espaços de diálogo dentro do Estado que favoreçam ações adequadas sobre o aborto legal e respeitem o profissional médico se houver objeção de consciência.(AU)

Objective: The aim of this study was to verify the existence of conscientious objection to comprehensive health care for the victim of sexual violence, as well as to understand the service structure of institutions authorized in the health care system for victims of sexual violence in the state of Minas Gerais. Methods: This is a quantitative, cross-sectional, descriptive, and analytical field study aiming to collect data from institutions authorized to assist victims of sexual violence in the state. The instrument was handed in to the coordinators of these services. Results: It was found that 11% have no physician in service and that 31% had no training for this type of care. It was revealed that 85% of these institutions have already encountered patients wishing to have a legal abortion, but 83% of them have not had their request granted. There was a 60% presence of conscientious objection by the entire medical team, the main reason being religious (57%). Conclusion: The assistance system is not prepared for comprehensive care for victims of sexual violence, especially in terms of legal abortions, with conscientious objection being the main obstacle. A functional referral and counter-referral system is needed to alleviate such a serious and evident problem. It is hoped that the research results will promote dialogues in the state that favor appropriate actions on legal abortion, and respect the medical professional, in case of conscientious objection.(AU)
Descritores: Bioética
Aborto Induzido/legislação & jurisprudência
Aborto Induzido/ética
Aborto Legal/legislação & jurisprudência
Aborto Legal/ética
Instituições de Assistência Ambulatorial/ética
-Brasil
Estudos Transversais
Recusa do Paciente ao Tratamento
Violência contra a Mulher
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  2 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-843648
Autor: Pinho, Clarissa Mourão; Dâmaso, Bruno Felipe Remigio; Gomes, Eduardo Tavares; Trajano, Maria de Fátima Cordeiro; Andrade, Maria Sandra; Valença, Marília Perrelli.
Título: Religious and spiritual coping in people living with HIV/Aids / Estrategias de afrontamiento religioso y espiritual en personas que viven con VIH/SIDA / Coping religioso e espiritual em pessoas vivendo com HIV/Aids
Fonte: Rev. bras. enferm;70(2):392-399, Mar.-Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: evaluate the religiosity and the religious/spiritual coping of people living with HIV/Aids. Method: descriptive, cross-sectional study with quantitative approach, conducted in a reference HIV/Aids outpatient clinic in a university hospital of Recife-PE, Brazil, from June to November 2015. At total of 52 people living with HIV/Aids (PLWHA) participated in the research, which employed own questionnaire, the Duke University Religion Index (DUREL), and the Religious/Spiritual Coping Scale (RCOPE). Results: the sample presented high indices of organizational religiosity (4.23±1.66), non-organizational religiosity (4.63±1.50), and intrinsic religiosity (13.13±2.84). Positive RCOPE was used in high mean scores (3.66±0.88), and negative RCOPE had low use (2.12 ± 0.74). In total, use of RCOPE was high (3.77±0.74), having predominated the positive RCOPE (NegRCOPE/PosRCOPE ratio=0.65±0.46). Conclusion: it is evident the importance of encouraging religious activity and RCOPE strategies, seen in the past as inappropriate interventions in clinical practice.

RESUMEN Objetivo: evaluar la religiosidad y las estrategias de afrontamiento religioso-espiritual en personas que viven con VIH/SIDA. Método: estudio transversal, descriptivo, con abordaje cuantitativo, llevado a cabo en un ambulatorio de referencia en VIH/SIDA de un hospital universitario de la ciudad de Recife, Brasil, entre junio y noviembre de 2015. Del estudio, han participado 52 sujetos que viven con VIH/ SIDA, en lo cual se empleó cuestionario propio, la escala de religiosidad Duke, versión brasileña, y la escala de afrontamiento religiosoespiritual (CRE). Resultados: la muestra presentó altos índices de religiosidad organizacional (4,23±1,66), no organizacional (4,63±1,50) e intrínseco (13,13±2,84). Se utilizó CRE positivo en puntajes medio altos (3,66±0,88), y CRE negativo en bajos (2,12±0,74). En total, la utilización de CRE fue alta (3,77±0,74), siendo predominante CRE positivo (razón CREN/CREP = 0,65±0,46). Conclusión: se muestra relevante alentar las actividades religiosas y estrategias de CRE, en el pasado conocidas como inapropiadas en la práctica clínica.

RESUMO Objetivo: avaliar a religiosidade e o coping religioso-espiritual de pessoas que vivem com HIV/aids. Método: trata-se de estudo transversal, descritivo, com abordagem quantitativa, realizado em um ambulatório de referência em HIV/aids de um hospital universitário do Recife-PE, entre junho e novembro de 2015. Participaram da pesquisa 52 pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA), utilizando-se questionário próprio, a escala de índice de religiosidade de Duke e a escala de coping religioso-espiritual (CRE). Resultados: a amostra apresentou elevados índices de religiosidade organizacional (4,23 ± 1,66), não organizacional (4,63 ± 1,50) e intrínseca (13,13 ± 2,84). O CRE positivo foi utilizado em escores médios altos (3,66 ± 0,88), e o CRE negativo teve baixo uso (2,12 ± 0,74). No total, o uso do CRE foi alto (3,77 ± 0,74), tendo predominado o CRE positivo (razão CREN/CREP = 0,65 ± 0,46). Conclusão: torna-se evidente a relevância de encorajar atividade religiosa e estratégias de CRE, vistas no passado como intervenções inadequadas dentro da prática clínica.
Descritores: Adaptação Psicológica
Infecções por HIV/psicologia
Espiritualidade
-Psicometria/instrumentação
Psicometria/métodos
Brasil
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
HIV-1/patogenicidade
Instituições de Assistência Ambulatorial/organização & administração
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Martino, Milva Maria Figueiredo de
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898234
Autor: Silva, Rosângela Marion da; Zeitoune, Regina Célia Gollner; Beck, Carmem Lúcia Colomé; Martino, Milva Maria Figueiredo de; Prestes, Francine Cassol; Loro, Marli Maria.
Título: Chronotype and work shift in nursing workers of university hospitals / Cronotipo y turno de trabajo en trabajadores de enfermería de hospitales universitarios / Cronotipo e turno de trabalho em trabalhadores de enfermagem de hospitais universitários
Fonte: Rev. bras. enferm;70(5):958-964, Sep.-Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Science and Technology Council.
Resumo: ABSTRACT Objective: To identify the predominant chronotype in nursing workers who work in surgical clinics of university hospitals and to verify the association with work shift. Method: Cross-sectional study, performed in surgical clinics of university hospitals in the Southern region of Brazil. The sample of 270 nursing workers answered questions of socio-occupational characterization, of health and the Morningness-Eveningness Questionnaire of Horne and Östberg. We performed a descriptive and bivariate analysis with the help of the SPSS software and confidence interval of 95%. Results: The indifferent chronotype predominated (45.2%). There were significant differences between occupational categories and variables "age" (p<0.001), "use of medication" (p=0.035) and "choice of work shift" (p=0.001). There was an association between the chronotype and the variables "work leave due to illness" (p=0.021), "children" (p=0.025), "use of medication" (p=0.018) and "work shift" (p=0.001). Conclusion: The chronotype remained indifferent, and the results confirmed association between chronotype and work shift.

RESUMEN Objetivo: Identificar el cronotipo predominante en trabajadores de enfermería que actúan en clínicas quirúrgicas de hospitales universitarios y verificar asociación con el turno de trabajo. Método: Estudio transversal realizado en clínicas quirúrgicas de hospitales universitarios de la región sur de Brasil. La muestra de 270 trabajadores de enfermería respondió cuestiones de caracterización sociolaboral, de salud y el Cuestionario de Matutinidad-Vespertinidad de Horne y Östberg. Se realizó un análisis descriptivo y bivariado con ayuda del software SPSS y un intervalo de confianza del 95%. Resultados: Predominó el cronotipo intermedio (45,2%). Se observó una diferencia significativa entre las categorías profesionales y las variables "edad" (p <0,001), "uso de medicación" (p = 0,035) y "opción por el turno de trabajo" (p = 0,001). Se identificó asociación entre el cronotipo y las variables "alejado del trabajo por motivo de enfermedad" (p = 0,021), "hijo (s)" (p = 0,025), "uso de medicación" (p = 0,018) y "turno de trabajo" (p = 0,001). Conclusión: Predominó el cronotipo intermedio, y los resultados confirmaron la asociación entre cronotipo y turno de trabajo.

RESUMO Objetivo: Identificar o cronotipo predominante em trabalhadores de enfermagem que atuam em clínicas cirúrgicas de hospitais universitários e verificar associação com o turno de trabalho. Método: Estudo transversal, realizado em clínicas cirúrgicas de hospitais universitários da região Sul do Brasil. A amostra de 270 trabalhadores de enfermagem respondeu questões de caracterização sociolaboral, de saúde e o Questionário de Matutinidade-Vespertinidade de Horne e Östberg. Realizou-se análise descritiva e bivariada com auxílio do software SPSS e intervalo de confiança de 95%. Resultados: Predominou o cronotipo indiferente (45,2%). Houve diferença significativa entre as categorias profissionais e as variáveis "idade" (p<0,001), "uso de medicação" (p=0,035) e "opção pelo turno de trabalho" (p=0,001). Foi identificada associação entre o cronotipo e as variáveis "afastado do trabalho por motivo de doença" (p=0,021), "filho(s)" (p=0,025), "uso de medicação" (p=0,018) e "turno de trabalho" (p=0,001). Conclusão: Predominou o cronotipo indiferente, e os resultados confirmaram a associação entre cronotipo e turno de trabalho.
Descritores: Ritmo Circadiano
Pessoal de Saúde/psicologia
Instituições de Assistência Ambulatorial/tendências
Jornada de Trabalho em Turnos/psicologia
-Psicometria/instrumentação
Psicometria/métodos
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Recursos Humanos
Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios/enfermagem
Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios/normas
Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios/psicologia
Jornada de Trabalho em Turnos/efeitos adversos
Hospitais Universitários/organização & administração
Pessoa de Meia-Idade
Enfermeiras e Enfermeiros/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1129519
Autor: Tocantins. Secretaria de Estado da Saúde.; .Superintendência de Vigilância em Saúde. Diretoria de Vigilância das Doenças Vetoriais e Zoonoses. Gerência de Vigilância e Controle de Doenças Tropicais Negligenciadas. Assessoria de Zoonoses e Animais Peçonhentos.
Título: Pontos de atendimentos para terapia antivenenos, no estado do TOCANTINS, por região de saúde e municípios / Service points for poison therapy in the state of TOCANTINS, by health region and municipalities.
Fonte: Palmas; [S.n]; 6 jun. 2019. 7 p.
Idioma: pt.
Resumo: Apresenta os 32 municípios com Pontos de Atendimentos para a terapia antiveneno, descritos por região de saúde e município no Estado do Tocantins para ações da vigilância de acidentes por animais peçonhentos.

It presents the 32 municipalities with Service Points for antivenom therapy, described by health region and municipality in the State of Tocantins for actions of surveillance of accidents by venomous animals.

Presenta los 32 municipios con Puntos de Servicio para la terapia antiveneno, descritos por región sanitaria y municipio en el Estado de Tocantins para acciones de seguimiento de accidentes por animales venenosos.

Il présente aux 32 communes des points de service pour la thérapie antivenimeuse, décrits par région sanitaire et commune de l'Etat de Tocantins pour des actions de surveillance des accidents par animaux venimeux.
Descritores: Pneumonia Viral/prevenção & controle
Mordeduras e Picadas/tratamento farmacológico
Zoonoses/complicações
Animais Venenosos/imunologia
-Antivenenos/uso terapêutico
Área Programática de Saúde
Instituições de Assistência Ambulatorial/organização & administração
Limites: Humanos
Animais
Tipo de Publ: Guia
Estudo Observacional Veterinário
Responsável: BR1965


  5 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898456
Autor: Santos, Vanessa da Frota; Pedrosa, Samyla Citó; Aquino, Priscila de Souza; Lima, Ivana Cristina Vieira de; Cunha, Gilmara Holanda da; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz.
Título: Social support of people with HIV/AIDS: the Social Determinants of Health Model / Soporte social de personas con VIH/SIDA: Modelo de la Determinación Social de la Salud / Suporte social de pessoas com HIV/Aids: Modelo da Determinação Social da Saúde
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.1):625-630, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze the social support of people with HIV/AIDS from the perspective of the Social Determinants of Health Model. Method: This was a cross-sectional study conducted in 2015 in an infectious disease outpatient clinic. The sample was made up of 116 people with HIV/AIDS. The data was collected through interviews, using a sociodemographic form and a social support scale. The data was analyzed using descriptive statistics, and Student's t-tests and Mann-Whitney tests were performed to determine the association between social support and the social determinants of health. Results: Total social support was satisfactory, emotional support was influenced by smoking (p=0.0432) and instrumental support, by the number of people in the household (p=0.0003). The main source of instrumental and emotional support was relatives living outside the household, corresponding to 66.7% and 56.1%, respectively. Conclusion: It was found that smokers havelower emotional support and people living alone received less instrumental support.

RESUMEN Objetivo: Analizar el soporte social de personas con VIH/SIDA en la perspectiva del Modelo de la Determinación Social de la Salud. Método: Estudio transversal realizado en 2015 en un servicio de Infectología. Muestra integrada por 116 personas con VIH/SIDA. Datos recolectados mediante entrevista, utilizándose formulario sociodemográfico y escala de soporte social. Los datos se analizaron por estadística descriptiva. Se realizaron los tests T de Student y Mann-Whitney para verificar la asociación entre el soporte social y los determinantes sociales de salud. Resultados: El soporte social total fue satisfactorio, el soporte emocional resultó influido por consumo de tabaco (p=0,0432), y el instrumental, por cantidad de personas en el domicilio (p=0,0003). La principal fuente de apoyo del soporte instrumental y emocional fueron los familiares externos al ámbito doméstico, representando 66,7% y 56,1%, respectivamente. Conclusión: Se evidenció que los fumadores presentan menor soporte emocional, y aquellos que viven solos reciben menor soporte instrumental.

RESUMO Objetivo: analisar o suporte social de pessoas com HIV/Aids, na perspectiva do Modelo da Determinação Social da Saúde. Método: estudo transversal, realizado em 2015, em um ambulatório de infectologia. A amostra constituiu-se de 116 pessoas com HIV/Aids. A coleta de dados ocorreu mediante entrevista, utilizando-se o formulário sociodemográfico e a escala de suporte social. Os dados foram analisados por estatística descritiva, e realizaram-se os Testes T de Student e Mann-Whitney para verificar a associação entre o suporte social e os determinantes sociais de saúde. Resultados: o suporte social total foi satisfatório, o suporte emocional foi influenciado pelo uso de tabaco (p=0,0432) e o instrumental, pelo número de pessoas no domicílio (p=0,0003). A principal fonte de apoio do suporte instrumental e emocional foram os familiares externos ao ambiente doméstico representando 66,7% e 56,1%, respectivamente. Conclusão: evidenciou-se que fumantes apresentam menor suporte emocional e que pessoas que residem sozinhas recebem menor suporte instrumental.
Descritores: Apoio Social
Determinantes Sociais da Saúde/tendências
-Brasil
Fumar
Distribuição de Qui-Quadrado
Infecções por HIV/complicações
Infecções por HIV/psicologia
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Estatísticas não Paramétricas
Grupos de Populações Continentais/estatística & dados numéricos
Instituições de Assistência Ambulatorial/organização & administração
Instituições de Assistência Ambulatorial/tendências
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898507
Autor: Rosa, Anderson da Silva; Santana, Carmen Lúcia Albuquerque de.
Título: Street Clinic as good practice in Collective Health / Consultório na Rua como boa prática em Saúde Coletiva / Consultorio en la Calle como buena práctica en Salud Colectiva
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.1):465-466, 2018.
Idioma: en.
Descritores: Pessoas em Situação de Rua
Saúde Pública/métodos
Instituições de Assistência Ambulatorial/estatística & dados numéricos
-Brasil
Saúde Pública/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-898549
Autor: Carvalho, Silvana Linhares de; Ferreira, Marília Araripe; Medeiros, Juliana Mineu Pereira; Queiroga, Anne Caroline Ferreira; Moreira, Tatiana Rebouças; Negreiros, Francisca Diana da Silva.
Título: Conversation map: an educational strategy in the care of elderly people with diabetes mellitus / Mapa de conversación: estrategia educativa de cuidado al anciano con diabetes mellitus / Mapa de conversação: estratégia educativa no cuidado ao idoso com diabetes mellitus
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.2):925-929, 2018.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To report the experience of using diabetes conversation maps as an educational strategy for diabetic elderly people. Method: Experience report, conducted from July to December 2016 in a specialized outpatient clinic for diabetics, in Fortaleza, Ceará, Brazil. A total of 72 users participated, between diabetics and those accompanying them. Results: The participants talked about issues that were not addressed in personal consultations, and could see themselves through the stories of others, thus realizing they were not alone and that others also experienced the same difficulties as them. Through empathy and the accounts of others, participants built knowledge and practices for their own daily lives. Final Considerations: The conversation map enables professionals to empower patients with diabetes, promoting self-care and ensuring better control over the disease, in order to prevent or delay the onset of related complications.

RESUMEN Objetivo: Relatar la experiencia de utilización de mapas de conversación sobre diabetes como estrategia educativa para el anciano diabético. Método: Relato de experiencia desarrollado de julio a diciembre de 2016, realizado en servicio ambulatorio de atención de diabéticos, en Fortaleza, Ceará, Brasil. Participaron 72 pacientes, entre diabéticos y acompañantes. Resultados: Los participantes conversaron sobre temas no informados en las consultas individuales, pues el participante se observa en el relato del otro y, cuando se expresa, percibe que no está solo; otros también pasan por las mismas dificultades. Mediante la empatía y el discurso del otro, el participante construye saberes y prácticas para su propio día a día. Consideraciones Finales: El mapa de conversación permite que el profesional realice el empoderamiento del paciente con diabetes, promoviendo el autocuidado y garantizando mejor el control de la enfermedad, de modo tal de prevenir o retardar el surgimiento de complicaciones relacionadas.

RESUMO Objetivo: Relatar a experiência da utilização de mapas de conversação em diabetes como estratégia educativa ao idoso diabético. Método: Relato de experiência, desenvolvido de julho a dezembro de 2016, realizado em ambulatório especializado no atendimento de diabéticos, em Fortaleza, Ceará, Brasil. Participaram 72 usuários, entre diabéticos e acompanhantes. Resultados: Os participantes discorreram sobre assuntos que não são relatados nas consultas individuais, pois o participante se vê por meio do relato do outro e, quando se expressa, percebe que não está sozinho, outros também passam pelas mesmas dificuldades. Mediante a empatia e a fala do outro, o participante constrói saberes e práticas para o próprio cotidiano. Considerações Finais: O mapa de conversação permite ao profissional realizar o empoderamento do paciente com diabetes, promovendo o autocuidado e garantindo melhor controle da doença, de forma a prevenir ou retardar o surgimento de complicações relacionadas.
Descritores: Diabetes Mellitus/terapia
Geriatria/métodos
-Brasil
Entrevistas como Assunto
Diabetes Mellitus/psicologia
Instituições de Assistência Ambulatorial/organização & administração
Geriatria/tendências
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-882958
Autor: Coelho, Raquel; Garcia, Sabrina; Marcondes, Larissa; da Silva, Flaviane; de Paula, Aline; Kalinke, Luciana.
Título: Compromiso de la calidad de vida de mujeres con cáncer de mama sometidas a quimioterapia en la atención pública y privada / Comprometimento da qualidade de vida de mulheres com câncer de mama submetidas a quimioterapia no atendimento público e privado / Impact on the quality of life of women with breast cancer undergoing chemotherapy in public and private care
Fonte: Invest. educ. enferm;36(1):e4, Feb 15 2018.
Idioma: en.
Resumo: Objective. To compare the general quality of life of women with breast cancer undergoing chemotherapy in a public and a private institution. Methods. Longitudinal observational study including 115 women with breast cancer in an outpatient chemotherapy treatment at two health institutions, one public and one private, in the city of Curitiba (Brazil). The Quality of Life Questionnaire-C30 and the Quality of Life Questionnaire - Breast Cancer Module instruments were applied at three moments of treatment (onset, 40-50 days, and 85-95 days after initiation). Results. Women's global health status was affected in both groups since the first phase of chemotherapy (76.2 points in the private institution and 74.6 points in the public institution, considering 100 points = maximum health). In both groups there was worsening of quality of life over time, which was lower in women in the private institution (second phase = 75.0 and third phase = 74; p=0.47), compared to those in the public institution (second phase = 71.5 and third phase 69.1; p=0.02). Regarding the type of institution, the most committed functions were the emotional and social in the private, and physical and pain in the public. Conclusion. The global quality of life of women with breast cancer deteriorated as a result of chemotherapy in both institutions, and it was lower in those receiving private care. Nursing should consider the type of institution responsible for women's care in order to provide comprehensive care that considers the functions affected at each phase of treatment.(AU)

Compromiso de la calidad de vida de mujeres con cáncer de mama sometidas a quimioterapia en la atención pública y privada Objetivo. Comparar la calidad de vida general de mujeres con cáncer de mama sometidas a quimioterapia en una institución pública y otra privada. Métodos. Estudio observacional longitudinal en el que participaron 115 mujeres con cáncer de mama en tratamiento ambulatorio de quimioterapia en dos instituciones de salud, una pública y una privada, de la ciudad de Curitiba (Brasil). Los instrumentos Quality of Life Questionnaire-C30 y Quality of Life Questionnaire - Breast Cancer Module se aplicaron en tres momentos del tratamiento (inicio, 40-50 días y 85-95 días post-inicio). Resultados. La calidad de vida global de las mujeres ya estaba afectada en ambos grupos desde la primera etapa de la quimioterapia (76.2 puntos en la privada y 74.6 puntos en la pública, siendo 100 puntos el equivalente de máxima salud). También se pudo apreciar que, aunque en ambos grupos hubo empeoramiento de la calidad de vida con el tiempo, este fue menor en las mujeres en la atención privada (segunda etapa = 75.0 y tercera etapa = 74; p=0.47), comparadas con las que recibieron atención pública (segunda etapa = 71.5 y tercera etapa 69.1; p=0.02). Según tipo de institución, las funciones más comprometidas fueron la emocional y la social en la privada, y la física y el dolor en la pública. Conclusión. La calidad de vida global de las mujeres con cáncer de mama se deterioró como consecuencia de la quimioterapia en las dos instituciones, siendo menor en las que recibieron atención privada. Enfermería debe también considerar el tipo de institución responsable de la atención de la mujer, con el fin de brindar un cuidado integral que tenga en cuenta las funciones afectadas en cada fase da tratamiento.(AU)

Objetivo. Comparar a qualidade de vida geral de mulheres com câncer de mama submetidas a quimioterapia em uma instituição pública e outra privada. Métodos. Estudo observacional, longitudinal, em que participaram 115 mulheres com câncer de mama em tratamento ambulatorial de quimioterapia em duas instituições de saúde, uma pública e uma privada, na cidade de Curitiba (Brasil). Os instrumentos Quality of Life Questionnaire-C30 e Quality of Life Questionnaire ­ Breast Cancer Module foram aplicados em três momentos do tratamento (início, 40-50 dias e 85-95 dias após o início). Resultados. A qualidade de vida global das mulheres foi afetada em ambos os grupos desde a primeira fase da quimioterapia (76.2 pontos na privada e 74.6 pontos na pública, sendo 100 pontos o equivalente ao máximo de saúde). Também foi possível observar em ambos os grupos que houve piora na qualidade de vida ao longo do tempo, esta foi menor nas mulheres em atendimento privado (segunda etapa = 75.0 e terceira etapa = 74; p=0.47), comparadas com aquelas que receberam atenção pública (segunda etapa = 71.5 e terceira etapa 69.1; p=0.02). De acordo com o tipo de instituição, as funções mais comprometidas foram a emocional e a social na privada, e física e a dor na pública. Conclusão. A qualidade de vida global das mulheres com câncer de mama deteriorou-se em consequência da quimioterapia nas duas instituições, sendo esta menor naquelas que recebem atenção privada. A enfermagem deve considerar o tipo de instituição responsável pelo atendimento das mulheres, a fim de fornecer um atendimento integral que leve em consideração as funções afetadas em cada fase do tratamento.(AU)
Descritores: Qualidade de Vida
Neoplasias da Mama
Setor Público
Setor Privado
Instituições de Assistência Ambulatorial
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO103.1 - Biblioteca


  9 / 375 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977610
Autor: Lucoveis, Maria do Livramento Saraiva; Gamba, Mônica Antar; Paula, Maria Angela Boccara de; Morita, Ana Beatriz Pinto da Silva.
Título: Degree of risk for foot ulcer due to diabetes: nursing assessment / Grado de riesgo para las úlceras en los pies por diabetes: evaluación de enfermería / Grau de risco para úlceras nos pés por diabetes: avaliação de enfermagem
Fonte: Rev. bras. enferm;71(6):3041-3047, Nov.-Dec. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To classify the level of risk for foot ulcers in people with diabetes mellitus and identify their main predictive risk factors. Method: Exploratory, descriptive study, in which patients were assessed in a municipal ambulatory of São Paulo through nursing consultation, following the guidelines of the International Consensus on the Diabetic Foot. Data were descriptively analyzed. Results: The analyzed population was composed of 50 longevous and retired people, with household income of up to two minimum wages, with dermato-neurofunctional risk factors and unfavorable clinical indicators, and 66% had Risk 1; 16% Risk 2; 6% Risk 3 and 12% Risk 4. Of this analyzed total, 96% never had their feet examined with the Semmes-Weinstein monofilament. Conclusion: The data found indicate the importance of careful feet examination in people with diabetes by the nursing staff to identify future risks of ulcers and, thus, prevent them.

RESUMEN Objetivo: Clasificar el grado de riesgo para las ulceraciones en los pies de las personas con diabetes mellitus e identificar sus principales factores de riesgo predictivos. Método: Estudio exploratorio, descriptivo, en el cual los pacientes fueron evaluados en un ambulatorio municipal de São Paulo por medio de la consulta de enfermería, según las directrices del International Consensus on the Diabetic Foot. Los datos fueron analizados descriptivamente. Resultados: La población analizada fue de 50 personas, longevos jóvenes, jubilados, con ingresos familiares de hasta dos salarios mínimos, con factores de riesgo dermato-neurofuncionales e indicadores clínicos desfavorables, siendo que el 66% presentó riesgo 1; el 16% de riesgo 2; el 6% riesgo 3; y el 12% de riesgo 4. De ese total analizado, el 96% nunca tuvo los pies examinados con el monofilamento de Semmes-Weinstein. Conclusión: Los datos encontrados apuntan la importancia de la evaluación cuidadosa de los pies de las personas con diabetes por la enfermería para identificar los riesgos futuros de ulceraciones y, de esta forma, prevenirlos.

RESUMO Objetivo: Classificar o grau de risco para ulcerações nos pés de pessoas com diabetes mellitus e identificar seus principais fatores de risco preditivos. Método: Estudo exploratório, descritivo, onde os pacientes foram avaliados em um ambulatório municipal de São Paulo por meio da consulta de enfermagem, segundo diretrizes do International Consensus on the Diabetic Foot. Os dados foram analisados descritivamente. Resultados: a população analisada foi de 50 pessoas, longevos jovens, aposentados, renda familiar de até dois salários mínimos, com fatores de risco dermato-neuro-funcionais e indicadores clínicos desfavoráveis, sendo que 66% apresentaram risco 1; 16% risco 2; 6% risco 3 e 12% risco 4. Dentre estes, 96% nunca tiveram seus pés examinados com o monofilamento de Semmes Weinstein. Conclusão: Os dados encontrados apontam a importância da avaliação criteriosa dos pés das pessoas com diabetes pela enfermagem para identificar os riscos futuros de ulcerações, e desta forma trabalhar a prevenção dos mesmos.
Descritores: Pé Diabético/classificação
Neuropatias Diabéticas/complicações
-Programas de Rastreamento/métodos
Programas de Rastreamento/estatística & dados numéricos
Fatores de Risco
Instituições de Assistência Ambulatorial/organização & administração
Instituições de Assistência Ambulatorial/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Avaliação em Enfermagem/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 375 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977642
Autor: Nicacio, Talita Rodrigues; Toledo, Vanessa Pelegrino; Garcia, Ana Paula Rigon Francischetti.
Título: From alienation to the nursing clinic: care of patients with psychiatric comorbidity / De la alienación a la clínica de la enfermería: cuidado a los pacientes psiquiátricos con comorbilidad / Da alienação à clínica da enfermagem: cuidado aos pacientes psiquiátricos com comorbidade
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.5):2229-2236, 2018.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to understand how nurses of mental health care for psychiatric patients with clinical comorbidities. Method: qualitative study based on the referential of historical and dialectical materialism. Interviews with nurses were conducted using semi-structured script. Sample determined in snowball. The interviews were recorded and transcribed in full. The data were analyzed through content analysis, including: organization and exhaustive reading of the material, exploration, grouping data into thematic units, processing of results, and interpretation. Results: the role of nurses is marked by the dialectic between knowing and not knowing, a movement that revealed two categories: clinic of psychiatric nursing, and alienation and subordination of nurse in the care process. Final considerations: the development of the nursing clinic, based on the therapeutic relationship, favors integral care towards the patient, whereas alienation/subordination distances the nurse from care and impairs care.

RESUMEN Objetivo: conocer cómo los enfermeros de salud mental cuidan a pacientes psiquiátricos con comorbilidades clínicas. Método: estudio cualitativo basado en el referencial del materialismo histórico y dialéctico. Se realizaron entrevistas a enfermeros mediante guión semiestructurado. Muestreo determinado de bola de nieve. Las entrevistas fueron grabadas e íntegramente transcriptas. Los datos fueron analizados por medio del análisis de contenido, contemplando: organización y lectura exhaustiva del material, exploración, agrupamiento de los datos en unidades temáticas, tratamiento de los resultados e interpretación. Resultados: la actuación de los enfermeros está marcada por la dialéctica entre saber y no saber, movimiento que reveló dos categorías: clínica de la enfermería psiquiátrica y alienación y subordinación del enfermero en el proceso de cuidar. Consideraciones finales: el desarrollo de la clínica de la enfermería pautada en la relación terapéutica favorece el cuidado integral al paciente, mientras la alienación/subordinación aleja al enfermero del cuidado y perjudica la asistencia.

RESUMO Objetivo: Conhecer como os enfermeiros de saúde mental cuidam de pacientes psiquiátricos com comorbidades clínicas. Método: Estudo qualitativo embasado no referencial do materialismo histórico e dialético. Foram realizadas entrevistas com enfermeiros utilizando roteiro semiestruturado; amostra determinada em bola de neve. As entrevistas foram gravadas e transcritas na íntegra. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo, contemplando: organização e leitura exaustiva do material, exploração, agrupamento dos dados em unidades temáticas, tratamento dos resultados e interpretação. Resultados: A atuação dos enfermeiros é marcada pela dialética entre saber e não-saber, movimento que revelou duas categorias: clínica da enfermagem psiquiátrica; e alienação e subordinação do enfermeiro no processo de cuidar. Considerações finais: O desenvolvimento da clínica da enfermagem, pautada na relação terapêutica, favorece o cuidado integral ao paciente, enquanto a alienação/subordinação afasta o enfermeiro do cuidado e gera prejuízos na assistência.
Descritores: Alienação Social/psicologia
Comorbidade
Transtornos Mentais/complicações
-Pesquisa Qualitativa
Instituições de Assistência Ambulatorial/organização & administração
Transtornos Mentais/psicologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 38 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde