Base de dados : LILACS
Pesquisa : N02.278.421.389 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 543 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 55 ir para página                         

  1 / 543 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cardoso, Maria Manuela Vila Nova
Texto completo
Id: biblio-985060
Autor: Duarte, Sabrina da Costa Machado; Stipp, Marluci Andrade Conceição; Cardoso, Maria Manuela Vila Nova; Büscher, Andreas.
Título: Patient safety: understanding human error in intensive nursing care / Seguridad del paciente: comprendiendo el error humano en la asistencia de enfermería en cuidados intensivos / Segurança do paciente: compreendendo o erro humano na assistência de enfermagem em terapia intensiva
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;52:e03406, 2018.
Idioma: en; pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze the active failures and the latent conditions related to errors in intensive nursing care and to discuss the reactive and proactive measures mentioned by the nursing team. Method: Qualitative, descriptive, exploratory study conducted at the Intensive Care Unit of a general hospital. Data were collected through interviews, participant observation and submitted to lexical analysis in the ALCESTE® software and to ethnographic analysis. Results: 36 professionals of the nursing team participated in the study. The analysis originated three lexical classes: Error in intensive care nursing; Active failures and latent conditions related to errors in the intensive care nursing team; Reactive and proactive measures adopted by the nursing team regarding errors in intensive care. Conclusion: Reactive and proactive measures influenced the safety culture, in particular, the recognition of errors by professionals, contributing to their prevention, safety and quality care.

RESUMEN Objetivo: Analizar las fallas activas y las condiciones latentes relacionadas con los errores en la asistencia enfermera en cuidados intensivos y discutir las medidas reactivas y proactivas referidas por el equipo de enfermería. Método: Estudio cualitativo, exploratorio, llevado a cabo en el Centro de Cuidados Intensivos de un hospital general. Se recogieron los datos mediante entrevistas y observación participativa. Dichos datos fueron sometidos al análisis lexical por el software ALCESTE® y al análisis etnográfico. Resultados: Participaron 36 componentes del equipo de enfermería. El corpus analizado originó tres clases lexicales: El error en la asistencia enfermera en cuidados intensivos; Fallas activas y condiciones latentes relacionadas con el error del equipo enfermero en cuidados intensivos; medidas reactivas y proactivas adoptadas por el equipo de enfermería ante el error en los cuidados intensivos. Conclusión: Las medidas reactivas y proactivas influenciaron la cultura de seguridad, en especial, el reconocimiento del error por los profesionales, contribuyendo a su prevención y a una asistencia segura y de calidad.

RESUMO Objetivo: Analisar as falhas ativas e as condições latentes relacionadas aos erros na assistência de enfermagem em terapia intensiva e discutir as medidas reativas e proativas referidas pela equipe de enfermagem. Método: Estudo qualitativo, descritivo, exploratório. realizado no Centro de Terapia Intensiva de um hospital geral. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e observação participante e submetidos à análise lexical pelo software ALCESTE® e à análise etnográfica. Resultados: Participaram 36 componentes da equipe de enfermagem. O corpus analisado originou três classes lexicais: O erro na assistência de enfermagem em terapia intensiva; Falhas ativas e condições latentes relacionadas ao erro da equipe de enfermagem na terapia intensiva; Medidas reativas e proativas adotadas pela equipe de enfermagem frente ao erro na terapia intensiva. Conclusão: As medidas reativas e proativas influenciaram a cultura de segurança, em especial, o reconhecimento do erro pelos profissionais, contribuindo para a sua prevenção e uma assistência segura e de qualidade.
Descritores: Erros Médicos
Pesquisa Qualitativa
Segurança do Paciente
Enfermagem de Cuidados Críticos
-Entrevista
Hospitais Gerais
Unidades de Terapia Intensiva
Antropologia Cultural
Cuidados de Enfermagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  2 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1019343
Autor: SHISHENG, HAO; LING, XIAO; HUILING, WANG; ZHONGCHUN, LIU; CAI, NAN; GAOHUA, WANG.
Título: Mental health resources and awareness of anxiety and depressive disorders in general hospitals in China
Fonte: Arch. Clin. Psychiatry (Impr.) = Rev. psiquiatr. clín. (São Paulo) = Psiquiatria clínica;46(4):107-112, July-Aug. 2019. tab.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Science and Technology of China; . National Natural Science Foundation of China.
Resumo: Abstract Background Mental health disorders are common in China. There is a lack of knowledge and resources of mental health in China. Objectives To assess the levels of psychiatric resources and services in general hospitals in China. Methods Data regarding psychiatric departments, wards and staff were collected from 57 general hospitals in four provinces of China (Hubei, Zhejiang, Heilongjiang and Yunnan) between April 2014 and June 2014. Questionnaires were distributed to 1,200 non-psychiatric clinicians. Results Among the 57 hospitals, 50 provided mental health services, 36 had mental health wards, and seven had neither mental health clinics nor wards. The median number of mental health clinicians was six per hospital. The median number of specialized nurses was 42 per hospital. A total of 1,152 non-psychiatric clinicians with a career duration of 9.4 ± 8.9 years returned completed questionnaires. Only 6.9% reported a good understanding of the manifestation of anxiety and depressive disorders, 4.5% reported a good understanding of the diagnostic criteria, and 3.8% reported a good understanding of the treatment protocols. Discussion There is inadequate awareness of anxiety and depressive disorders among non-psychiatric clinicians in general hospitals in China. This awareness/understanding increased with increasing hospital level.
Descritores: Hospitais Gerais
Transtornos Mentais
Serviços de Saúde Mental/provisão & distribuição
-Transtornos de Ansiedade
China
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Saúde Mental/educação
Estudos Transversais
Pessoal de Saúde/educação
Transtorno Depressivo
Recursos em Saúde/provisão & distribuição
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  3 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1016001
Autor: Mello, Mariana Sanches de.
Título: Ações para a prevenção e controle da resistência bacteriana em hospitais de grande porte de Minas Gerais / Actions for the prevention and control of bacterial resistance in large hospitals in Minas Gerais.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2019. 158 p. graf, tab, ilus, mapa.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As infecções relacionadas à Assistência à Saúde são eventos adversos que comprometem a segurança dos pacientes. Aproximadamente 70% delas são associadas a microrganismos resistentes aos antibióticos. Mesmo com as recomendações para sua prevenção, as taxas de infecção por bactérias resistentes e sua disseminação continuam alarmantes e podem estar correlacionadas a fatores do contexto organizacional e a não adesão às recomendações das diretrizes nacionais e internacionais. Diante disso, objetivou-se avaliar como tem se dado, na prática clínica dos hospitais de grande porte do Estado de Minas Gerais, a adoção às medidas de prevenção e controle da disseminação da resistência bacteriana. Foi realizado um estudo transversal nos hospitais gerais de grande porte de Minas Gerais, no período de fevereiro de 2018 a abril de 2019. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (CAAE: 30782614.3.0000.5149). A participação das instituições se deu de forma voluntária e, após consentimento do seu responsável legal, realizaram-se entrevistas com gestores, coordenadores do controle de infecções, do núcleo de segurança do paciente, das unidades de internação e das unidades de terapia intensiva. Paralelo às entrevistas, foram observadas as unidades assistenciais dos hospitais quanto à adoção às medidas de prevenção e controle da resistência bacteriana pela equipe multiprofissional, comparando a política e a cultura organizacional da instituição, para o enfrentamento do problema em questão na prática clínica. Foram elegíveis 30 hospitais. Observou-se o predomínio de instituições na macrorregião Centro (43,3%; N=13), não acreditadas (63,3%; N=19) e com nível de complexidade alta-média (60,0%; N=18). O número total de leitos variou entre 348 a 1080. Sobre as ações de prevenção e controle da resistência bacteriana 86,7% (N=26) dos hospitais, utilizavam culturas de vigilância e 73,3% (N=22) adotavam medidas de descolonização; 93,3% (N=28) afirmaram instituir precaução de contato para pacientes portadores de bactérias resistentes e 60,0% (N=18) identificavam tais leitos; 56,7% (N=17) mantinham o paciente em isolamento e 30,0% (N=09) individualizavam os artigos adotados para assistência. No tocante à orientação de antibióticos, 93,3% (N=28) possuíam protocolos para profiláticos e 86,7% (N=26) realizavam auditorias; 86,7% (N=26) para terapêuticos e 83,3% (N=25) executavam auditorias. Evidenciou-se que, em 58,3% (N=35) dos postos de enfermagem, sabão e álcool estavam lado a lado nas pias e que 96,7% (N=58) dos profissionais de saúde das unidades não possuíam álcool em gel em almotolias de bolso. A verificação das condutas das instituições diante da contenção da resistência se deu por meio de um escore que avaliou o hospital quanto à existência de protocolos e auditoria de antibióticos, ao conhecimento dos cinco momentos de higienização das mãos, à identificação das precauções padrão e de contato, o que levou à classificação de 83,3% (N=25) dos hospitais como adesão parcial, 13,3% (N=04) deficiente e 3,4% (N=01) não adotam as medidas de prevenção da resistência bacteriana. As medidas para a contenção da resistência bacteriana não estão consolidadas na prática clínica dos hospitais.(AU)

Health Care Infections are adverse events that compromise patient safety. Approximately 70% of them are associated with antibiotic-resistant microorganisms. Even with recommendations for their prevention, rates of infection by resistant bacteria and their spread remain alarming and may be correlated with organizational context factors and non-adherence to the recommendations of the national and countries. The objective of this study was to evaluate the adoption, in the clinical practice of large hospitals in the State of Minas Gerais, of measures to prevent and control the spread of bacterial resistance. A cross-sectional study was carried out at large general hospitals in Minas Gerais from February 2018 to April 2019. The project was approved by the Ethics and Research Committee of the Federal University of Minas Gerais (CAAE: 30782614.3.0000.5149). Participation of the institutions occurred voluntarily and after the consent of their legal guardian, interviews were conducted with managers, infection control coordinators, the patient safety nucleus, the hospitalization units and the intensive care units. Parallel to the interviews, hospital care units were observed regarding the adoption of measures for prevention and control of bacterial resistance by the multiprofessional team, comparing the institution's policy and organizational culture, in order to address the problem in clinical practice. 30 hospitals were eligible. It was observed the predominance of institutions in the central macro-region (43.3%, N = 13), non-accredited (63.3%, N = 19) and high-medium complexity level (60.0%, N = 18). Regarding the actions of prevention and control of bacterial resistance, 86.7% (N = 26) of the hospitals used surveillance cultures and 73.3% (N = 22) adopted measures of decolonization; 93.3% (N = 28) reported establishing contact precaution for patients with resistant bacteria and 60.0% (N = 18) identified such beds; 56.7% (N = 17) kept the patient in isolation and 30.0% (N = 09) individualized the articles adopted for care. Concerning the orientation of antibiotics, 93.3% (N = 28) had protocols for prophylactics and 86.7% (N = 26) performed audits; 86.7% (N = 26) for therapeutic and 83.3% (N = 25) performed audits. It was evidenced that in 58.3% (N = 35) of the nursing, soap and alcohol stations were side by side in the sinks and that 96.7% (N = 58) of the health professionals of the units did not have gel alcohol in pocket pockets. The verification of the behavior of the institutions against the restraint of resistance occurred through a score that evaluated the hospital for the existence of protocols and audit of antibiotics, knowledge of the five moments of hand hygiene, identification of standard and contact precautions, which led to the classification of 83.3% (N = 25) of the hospitals as partial adherence, 13.3% (N = 04) deficient and 3.4% (N = 01) did not adopt measures of prevention of bacterial resistance, demonstrating that the measures are not adopted integrally in clinical practice.(AU)
Descritores: Infecção Hospitalar/prevenção & controle
Farmacorresistência Bacteriana
-Desinfecção das Mãos
Inquéritos e Questionários
Estudos Retrospectivos
Controle de Infecções
Dissertações Acadêmicas
Hospitais Gerais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-QW45, MEAC


  4 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-890999
Autor: Cao, Fei; Salem, Haitham; Nagpal, Caesa; Teixeira, Antonio L.
Título: Prolonged delirium misdiagnosed as a mood disorder / Delirium prolongado diagnosticado como transtorno de humor
Fonte: Dement. neuropsychol;11(2):206-208, Apr.-June 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Delirium can be conceptualized as an acute decline in cognitive function that typically lasts from hours to a few days. Prolonged delirium can also affect patients with multiple predisposing and/or precipitating factors. In clinical practice, prolonged delirium is often unrecognized, and can be misdiagnosed as other psychiatric disorders. We describe a case of a 59-year-old male presenting with behavioral and cognitive symptoms that was first misdiagnosed as a mood disorder in a general hospital setting. After prolonged delirium due to multiple factors was confirmed, the patient was treated accordingly with symptomatic management. He evolved with progressive improvement of his clinical status. Early diagnosis and management of prolonged delirium are important to improve patient prognosis and avoid iatrogenic measures.

RESUMO Delirium pode ser conceituado como o declínio agudo na função cognitiva que geralmente dura de horas a dias. O delírio prolongado também pode afetar pacientes com múltiplos fatores predisponentes e/ou precipitantes. Na prática clínica, o delírio prolongado é muitas vezes não reconhecido, e pode ser diagnosticado como outros transtornos psiquiátricos. Aqui, descrevemos o caso de um homem de 59 anos apresentando sintomas comportamentais e cognitivos que foi diagnosticado inicialmente com transtorno de humor em um hospital geral. Após ser diagnosticado delirium prolongado devido a múltiplos fatores, o paciente foi tratado de acordo, evoluindo com melhora progressiva do seu estado clínico. O diagnóstico e o manejo precoces do delirium prolongado são importantes para melhorar o prognóstico do paciente e evitar medidas iatrogênicas.
Descritores: Transtornos do Humor
Delírio
Hospitais Gerais
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  5 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1023014
Autor: Corrêa, Gisele Mussi.
Título: Cargas de trabalho e desgaste do operador de terminal de computador de um hospital público / Não consta.
Fonte: São Paulo; s.n; 1997. 169 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo tem como finalidade analisar as cargas de trabalho a que estão expostos os Operadores de Terminal de computador e o processo de desgaste por elas gerado, através da própria percepção desses trabalhadores. O referencial teórico e metodológico e de sustentação desse estudo é o materialismo histórico e dialético e a determinação social como teoria explicativa do processo saúde-doença. Nesse referencial opta-se pela sistematização teórico-metodológica realizada por LAURELL; NORIEGA (1989) e SILVA (1996) para as intermediações cargas de trabalho e desgaste evidenciando o pólo saúde da relação trabalho-saúde. com este estudo, verifica-se que estes trabalhadores têm, no conteúdo do seu trabalho com a informática, até as atividades de trabalho de atendimento ao público e de teleatendimento. A interação dos Operadores de Terminal de computador com os meios/instrumentos de trabalho e com as formas de organização do trabalho os expõe a todos os tipos de carga: físicas, químicas, biológicas, fisiológicas, mecânicas e psíquicas, sendo que as cargas que foram expressas de modo mais intenso pelso trabalhadores foram as fisiológicas e as pasíquicas. Na exposição dos trabalhadores a estas cargas, evidencia-se o processo de desgaste biopsíquico expresso pela morbidade por eles referida. O resultado do estudo permite evidenciar que estes trabalhadores estão sujeitos à sobrecarga de trabalho devido ao número insuficiente de funcionários, executam tarefas que exigem umalto nível de componente cognitivo e psíquico e, em contrapartida, verifica-se que suas potencialidades inte;ectuais são inibidas e desvalorizadas. Assim, constata-se, a partir da análise dos dados obtidos, que os meios/instrumentos de trabalho e a organização do trabalho são geradores do seu desgaste físico e mental. No perfil de morbidade, verifica-se que a principal expressão do desgaste é a síndrome denominada Lesões por Esforços Repetitivos ) (L. E. R.). Desta forma, neste nível de determinação, cargas de trabalho e desgaste, consegue-se captar a relação trabalho-saúde a que estão sujeitos estes trabalhadores

This study aims at knowing the loads of work to which the computer Terminal Operators are exposed and the strained process produced by them, according to the point of view of these workers themselves. The theoretical and methodological referential which supports this study is the historical and dialectical materialism and the social determination, as a theory explaining the health-illness process. In this referential, the theoretical-methodological systematization by LAUREL; NORIEGA (1989) and SILVA (1996) was chosen in order to intermediate loads of work and strained process, making evident the heath pole of the work-heath relationship. With this study, it was realized that these workers have different kinds of activities during their work time, which are from simple data digitization on computers to the public attendance and phone answering. The interaction of the Computer Terminal Operators and their ways/instruments of work and with the organization forms of work exposes these workers to all kinds of loads: physical, chemical, biological, physiological, mechanical and psychical. Both physiological and physical were the loads expressed more intensely by the workers. The results of this study permits to evidence that, 1) these workers are liable to a overload of work due to the reduced number of workers; 2) they perform tasks which require a high level of cognitive and psychical component, and their intellectual potentialities are inhibited and depreciated.Therefore, analysing the results, it can be verified that the main expression of strain process is the syndrome named Repetitive Strain Injuries (R. S. I.). So, in this level of determination, loads of work and strained process, it's possible to understand the work-health relationship to which these workers belong
Descritores: Saúde do Trabalhador
Hospitais Gerais
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  6 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rossi, Lídia Aparecida
Texto completo
Id: lil-761697
Autor: Paiva, Luciana; Monteiro, Damiana Aparecida Trindade; Pompeo, Daniele Alcalá; Ciol, Márcia Aparecida; Dantas, Rosana Aparecida Spadotti; Rossi, Lídia Aparecida.
Título: Readmissions due to traffic accidents at a general hospital / Readmissões por acidentes de trânsito em um hospital geral / Reinternaciones por accidentes de tráfico en un hospital general
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);23(4):693-699, July-Aug. 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: AbstractObjective: to verify the occurrence and the causes of hospital readmissions within a year after discharge from hospitalizations due to traffic accidents.Methods: victims of multiple traumas due to traffic accidents were included, who were admitted to an Intensive Care Unit. Sociodemographic data, accident circumstances, body regions affected and cause of readmission were collected from the patient histories.Results: among the 109 victims of traffic accidents, the majority were young and adult men. Most hospitalizations due to accidents involved motorcycle drivers (56.9%). The causes of the return to the hospital were: need to continue the surgical treatment (63.2%), surgical site infection (26.3%) and fall related to the physical sequelae of the trauma (10.5%). The rehospitalization rate corresponded to 174/1,000 people/year.Conclusion: the hospital readmission rate in the study population is similar to the rates found in other studies. Victims of severe limb traumas need multiple surgical procedures, lengthier hospitalizations and extended rehabilitation.

ResumoObjetivo:verificar a ocorrência e as causas de reinternações até um ano após a alta de hospitalizações, devido a acidentes de trânsito.Métodos:foram incluídas vítimas de traumas múltiplos, por acidentes de trânsito, admitidas numa Unidade de Terapia Intensiva. Dados sociodemográficos, circunstâncias do acidente, regiões corporais atingidas e causa da readmissão foram coletados dos prontuários dos pacientes.Resultados:das 109 vítimas de acidentes de trânsito, a maioria eram homens jovens e adultos. O maior número de internações por acidentes envolveu motociclistas (56,9%). As causas de retorno ao hospital foram: necessidade de continuidade do tratamento cirúrgico (63,2%), infecção de sítio cirúrgico (26,3%) e queda relacionada às sequelas físicas do trauma (10,5%), sendo a taxa de reinternação de 174/1.000 pessoas/ano.Conclusão:a taxa de readmissão hospitalar na população estudada é semelhante às encontradas em outros estudos. Vítimas de traumas graves de extremidade necessitam de múltiplos procedimentos cirúrgicos, maior tempo de internação hospitalar e reabilitação prolongada.

ResumenObjetivo:verificar la ocurrencia y las causas de reinternaciones hasta un año después del alta de hospitalaria, debido a accidentes de tráfico.Métodos:fueron incluidas víctimas de traumas múltiples, por accidentes de tráfico, admitidas en una Unidad de Terapia Intensiva. Fueron recolectados de las fichas médicas de los pacientes: datos sociodemográficos, circunstancias del accidente, regiones corpóreas afectados y causa de la readmisión.Resultados:de las 109 víctimas de accidentes de tráfico, la mayoría eran hombres jóvenes y adultos. El mayor número de internaciones por accidentes se relacionó con motociclistas (56,9%). Las causas de retorno al hospital fueron: necesidad de continuar el tratamiento quirúrgico (63,2%), infección de sitio quirúrgico (26,3%) y caída relacionada a las secuelas físicas del trauma (10,5%), siendo la tasa de reinternación de 174/1.000 personas/año.Conclusión:la tasa de readmisión hospitalaria en la población estudiada es semejante a las encontradas en otros estudios. Víctimas de traumas graves de extremidades necesitan de múltiples procedimientos quirúrgicos, mayor tiempo de internación hospitalaria y rehabilitación prolongada.
Descritores: Readmissão do Paciente/estatística & dados numéricos
Ferimentos e Lesões
Acidentes de Trânsito
-Ferimentos e Lesões/terapia
Ferimentos e Lesões/epidemiologia
Estudos Retrospectivos
Hospitais Gerais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002168
Autor: Rocke, John; Ahmed, Shadaba.
Título: Transnasal Esophagoscopy-Our Experience
Fonte: Int. arch. otorhinolaryngol. (Impr.);23(1):7-11, Jan.-Mar. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction Transnasal esophagoscopy (TNE) is a widely used tool both in the diagnosis and treatment of patients presenting complaints within the head and the neck. This is because this investigative adjunct examination provides the advantage of visualizing above the level of the cricopharyngeus muscle when compared to the more widely used esophagogastroduodenoscopy (EGD). Objectives We have assessed if the implementation of TNE within a district general hospital (DGH) was feasible, and investigated if the resources of our patients could be better directed away from other investigations such as barium swallow and EGD in favor of this novel technique. The TNE technique has been largely applied in central teaching hospitals within the United Kingdom, but there are still no published reports of a DGH investigating its applicability in this smaller-sized clinical environment. Method We have analyzed our theater database to find all the patients who had undergone TNE, and recorded their reason for presenting, the preceding investigations, and the procedural findings. Results Inmost cases, the TNEwas conducted without technical issues, and we were able to identify positive findings in 43% of the patients who underwent Esophagogastroduodenoscopy (EGD).Wewere able to treat patients successfully during the investigationwhen a cricopharyngeal stricture or narrowing was found. A normal EGD did not preclude further investigations with TNE. All but one of our patients were treated as day-case procedures. Conclusion Transnasal esophagoscopy can be successfully delivered within a DGH. A previous EGD does not mean that the TNE will not reveal positive findings due to its superior visualization of the pharynx and the upper esophagus. (AU)
Descritores: Esofagoscopia/métodos
-Transtornos de Deglutição/diagnóstico
Coleta de Dados
Endoscopia do Sistema Digestório/métodos
Dilatação/métodos
Hospitais Gerais
Limites: Seres Humanos
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Conjunto de Dados
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  8 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1015232
Autor: Cordero-Maldonado, Emmanuel; García-Domínguez, Juana Angélica; Romero-Quechol, Guillermina Margarita; Flores-Padilla, Luis; Trejo-Franco, Juana.
Título: Dimensiones de la relación interpersonal del profesional de enfermería en una unidad de segundo nivel / Dimensions of interpersonal relationship of the nursing professional in a second-level unit
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;27(2):89-96, Abr-Jun 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: las relaciones interpersonales tienen gran variedad de contextos. La familia y el trabajo son la base de los grupos sociales y de la sociedad en su conjunto. Objetivo: describir las dimensiones de la relación interpersonal del profesional de enfermería en una unidad de segundo nivel. Métodos: estudio transversal analítico, en el que se incluyeron 75 profesionales de enfermería. Se elaboró un instrumento validado por ronda de expertos, con alfa de Cronbach de 0.960, el cual estuvo conformado por tres dimensiones (comunicación, trabajo en equipo y manejo de conflictos) y tuvo un total de 53 ítems, elaborados con la técnica de Likert. Se utilizó estadística descriptiva y pruebas no paramétricas. Resultados: las relaciones interpersonales fueron regulares (54.7%). Al hacer las correlaciones de comunicación, trabajo en equipo y manejo de conflictos se encontró una p < 0.005. Conclusiones: el nivel regular de las relaciones interpersonales en el profesional de enfermería ofrece un área de oportunidad para mejorarlas.

Introduction: Interpersonal relationships have a great variety of contexts. Family and work are the bases of social groups and society as a whole. Objective: To describe the dimensions of the interpersonal relationship of the nursing professional in a second level unit. Methods: Analytical cross-sectional study including 75 nursing professional. An instrument validated by an expert round, with Cronbach's alpha of 0.960, was elaborated. This instrument was formed by three dimensions communication, teamwork and conflicto management) with a total of 53 items, made with a Likert scale. Descriptive statistics and nonparametric tests were used. Results: Interpersonal relationships were regular (54.7%). Once the correlations of communication, teamwork and conflict management were made, a significance of p < 0.005 was found. Conclusions: Interpersonal relationships were at a regular level, suggesting windows of opportunity to improve interpersonal relationships in nursing.
Descritores: Ambiente de Trabalho
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Comunicação
Conflito (Psicologia)
Hospitais Gerais
Hospitais Públicos
Relações Interpessoais
Recursos Humanos de Enfermagem
-México
Limites: Seres Humanos
Responsável: MX346.1 - CENAIDS - Centro Nacional de Investigación Documental en Salud


  9 / 543 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1009514
Autor: Elsas, Berenice Xavier.
Título: Intervenção de saúde mental em hospital geral: um modelo de abordagem para enfermeiros / Não consta.
Fonte: São Paulo; s.n; 1987. 170 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O estudo foi planejado com vistas a obtenção de um modelo de intervenção em Saúde Mental adequado a pacientes internados há mais de dez dias em hospitais gerais. A pesquisa foi desenvolvida em duas partes: a Parte I foi desenvolvida com quarenta pacientes internados no Hospital A, na cidade de São Paulo e a Parte II implementada no Hospital B, no Rio de Janeiro. As condições dos pacientes eram semelhantes em ambos os hospitais. Foram identificadas as necessidades fundamentais dos pacientes do Hospital A construindo-se a partir destas o plano de intervenção em saúde mental e o instrumento de avaliação do mesmo. A utilização do método de intervenção em Saúde Mental facilitou o desenvolvimento do relacionamento interpessoal, a ressocialização dos pacientes hospitalizados, manifestação de sentimentos diversos e o envolvimento dos pacientes em sua recuperação. Permitiu, pois, a manifestação dos problemas emocionais e despertou o interesse pela ajuda mútua.
Descritores: Saúde Mental
Hospitais Gerais
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  10 / 543 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1008698
Autor: Kurcgant, Paulina.
Título: Estudo sobre avaliação de desempenho de enfermeiras nos hospitais gerais do município de São Paulo, 1983 / Não consta.
Fonte: São Paulo; s.n; 1984. 268 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O desempenho profissional das enfermeiras não resulta apenas da formação profissional básica recebida. Resulta também dos incentivos e oportunidades de aprimoramento pessoal e técnico que lhe são ou não oferecidos pela sociedade, como um sistema sócio-econômico-político-cultural, e, pela organização, como um subsistema desse sistema maior no qual a enfermeira exerce profissão. Entretanto, para a organização oferecer oportunidades para o desenvolvimento desse pessoal, é necessário que ela conheça o desempenho de seu pessoal, que analisa as características pessoais e organizacionais que nele interferem e que avalie a sistemática utilizada na apreciação desse desempenho. Por esse motivo, o presente estudo teve, como objetivo, "conhecer como estão sendo desenvolvidos os programas de avaliação de desempenho das enfermeiras nos hospitais gerais do Município de São Paulo". O estudo foi realizado em seis hospitais assim distribuídos: três governamentais. um lucrativo e dois não lucrativos tendo sido entrevistadas 89 enfermeiras, sendo seis chefes de Serviço de Enfermagem, 12 Enfermeiras Avaliadoras e 71 Enfermeiras Avaliadas. Foram analisados os seguintes componentes do programa: objetivos do programas; elementos responsáveis pela avaliação; preparo desses elementos; frequência das avaliações; técnicas utilizadas e instrumentos e métodos de avaliação adotados. Foram analisados também os sentimentos que envolvem as enfermeiras na avaliação. Os dados obtidos pelas entrevistas com as enfermeiras e a análise desses dados pela literatura pertinente, possibilitaram a evidência de pontos pacíficos e críticos desses programas. Os dados obtidos permitiram as seguintes conclusões: o sistema formador e o sistema utilizador não preparam as enfermeiras para as atividades de avaliação, mas, apesar disso, as enfermeiras sentem-se seguras quando avaliam; os hospitais utilizam, principalmente, a avaliação para a admissão, demissão e promoção do pessoal, enquanto as enfermeiras consideram que deveria ser utilizada, principalmente, para o aprimoramento do pessoal; os instrumentos de avaliação adotados contém, em maior número, prognosticadores pessoais, enquanto a literatura preconiza maior número de prognosticadores profissionais; o significado que as Enfermeiras Avaliadoras dão aos prognosticadores não coincide, na sua maioria, com o das respectivas Enfermeiras Avaliadas; os métodos adotados para a avaliação são considerados "métodos voltados para o passado", enquanto a literatura preconiza o uso de "métodos voltados para o futuro", foram considerados positivos os sentimentos que predominam nas enfermeiras após a avaliação. Constatou-se também, que os componentes dos programas adotados pelos hospitais do estudo, não apresentam diferenças significativas.
Descritores: Avaliação de Desempenho Profissional
Hospitais Gerais
Enfermeiras e Enfermeiros
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1



página 1 de 55 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde