Base de dados : LILACS
Pesquisa : N02.278.421.556.508 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1003 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 101 ir para página                         

  1 / 1003 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1177524
Autor: Andrade, Talita Moreira.
Título: Reabilitação psicossocial em hospital psiquiátrico: as representações e práticas dos trabalhadores / Psychosocial rehabilitation in psychiatric hospital: the representations and practice of workers.
Fonte: São Paulo; s.n; 2012. 154 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Diante do expressivo número de Hospitais Psiquiátricos no Estado de São Paulo, que continuam presentes no atendimento das pessoas com transtornos mentais mesmo frente à política de desinstitucionalização e a priorização do atendimento nos serviços substitutivos, surge a questão se os profissionais que trabalham neles conhecem e discutem o conceito de reabilitação psicossocial e como trabalham no contexto da Reforma Psiquiátrica. Este estudo objetivou analisar as possibilidades e impossibilidades de se implantar estratégias de reabilitação psicossocial em hospitais psiquiátricos, foi escolhido como objeto as representações que os trabalhadores têm sobre a reabilitação psicossocial e como categorias analíticas, as representações sociais e o processo de trabalho em saúde. Os dados foram coletados no período entre novembro e dezembro de 2011, por meio de entrevistas semiestruturadas com questões norteadoras, junto a dezoito trabalhadores dos lares abrigados em um hospital psiquiátrico no Município de São Paulo. Após a transcrição das falas, os dados foram analisados conforme a metodologia de análise temática. A análise dos discursos dos entrevistados revelou temas que por aproximação configuraram a categoria Processo de Trabalho: Os temas que formaram esta categoria foram: o agente, instrumentos, objeto, finalidade e as dificuldades e facilidades do processo de trabalho. Também foram encontrados temas que por aproximação configuraram a categoria Processo de Reabilitação Psicossocial: objeto, instrumentos e finalidade do processo de reabilitação psicossocial.A categoria representações sociais possibilitou compreender a concepção dos trabalhadores sobre a reabilitação psicossocial; sendo sua finalidade independência, aumento do poder contratual, resgate da cidadania e dos direitos: de morar, trabalhar e reestabelecer laços sociais. A categoria analítica processo de trabalho desvelou o próprio processo de trabalho da equipe e o processo de reabilitar; os discursos apresentaram contradições em que coexistem as concepções embasadas no modelo da psiquiatria tradicional e concepções coerentes com as da reabilitação psicossocial. O que limita as possibilidades de reabilitação é: a precariedade da rede de saúde mental em São Paulo, escassez de recursos humanos e materiais, resistência por parte das famílias. As possibilidades ocorrem pela superação das práticas centradas na doença para práticas centradas nas necessidades materiais e psicossociais da pessoa. Os trabalhadores compreendem o hospital psiquiátrico como local de zero troca, reiterando vasta literatura sobre o tema, por isso, a finalidade do processo de trabalho é a alta do morador. Pode-se dizer que o trabalho nos lares abrigados proporciona a desospitalização do paciente e uma permanência com possibilidade de vida mais digna do que em enfermarias, pois tem a possibilidade de habitar e não simplesmente estar. Entretanto, é importante salientar que os moradores continuam sob o poder do hospital psiquiátrico e da equipe, limitados às normas institucionais, menos rígidas em relação às das enfermarias, mas ainda presentes, o que a análise revelou ser entendido pelos trabalhadores, evidenciando uma superação em relação à concepção do hospital como protetor ou local para tratar a crise.

Facing the expressive number of psychiatric hospitals in the state of São Paulo, which are still present in the assistance of people with mental disorders even facing the politics of desinstitutionalization and the prioritization in the assistance of substitutive services, arises the question whether the professional who works in them know and discuss the concept of psychosocial rehabilitation and how they work in the context of Psychiatric Reform. This study aimed in analyzing the impossibilities of implanting strategies of psychosocial rehabilitation in psychiatric hospitals, it was chosen as object the social representations in which workers have about the psychosocial rehabilitation and as analytical categories the social representations and in health work process. The data were collected between the periods from November to December of 2011, by means of semi-structured interviews with leading questions, with eighteen workers from shelters in a psychiatric hospital in the city of São Paulo. After the voices transcriptions, the data were analyzed following the methodology of thematics analysis. The analysis of the interviewed people have revealed themes that per approaching set the category Process of Work: the themes which have formed this category were : the agent, the instruments, objects, purpose and the difficulties and facilities in the process of work. There were also found themes that per approaching set the category Process in Psychosocial Rehabilitation: object, instruments and purpose in the process of psychosocial rehabilitation. The category social representations have allowed to make it understood the conception of workers about the psychosocial rehabilitation, being its purpose the independency, increase of contractual power, rescue of citizenship and the rights:of living, working and reestablish social bonds. The analytical category process of work unveiled the own team process of work and the process of rehabilitate; the discourses have shown contradictions where there is the coexistence the conceptions based on the model of traditional psychiatry and conceptions consistent with the psychosocial rehabilitation one. What limits the possibilities of rehabilitation are: the precariousness in the mental health of public services in São Paulo, lack of human resources and materials, resistance from part of the families. The possibilities are given in the overcoming of practices centered in the disease for centered practices in the persons material and psychosocial necessities. The workers comprehend the psychiatric hospital as a place of zero Exchange, reiterating wide literature about the theme, thats why the purpose in the work process is the cure of the inhabitant. We could say that the work in the shelters allows the patient not to be in the hospital any longer with the chance of a healthier life than in the nursing, because there is the chance of living and not simply being. However, it is important to mention that the inhabitants keep under the control of the psychiatric hospital and its staff, being limited to the institutional, less strict when comparing to the nursing ones, but yet present, the analysis have shown it was understood by the workers making it evident an overcoming in relation to the concept of the hospital as a protector or a place to treat the crisis
Descritores: Hospitais Psiquiátricos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  2 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Carvalho, Maria Cecília de Araújo
Cavalcanti, Maria Tavares
Texto completo
Id: biblio-890381
Autor: Silva, Paulo Roberto Fagundes da; Carvalho, Maria Cecília de Araújo; Cavalcanti, Maria Tavares; Echebarrena, Rodrigo Cunha; Mello, Adriana Santos de; Dahl, Catarina Magalhães; Lima, Débora Bastos de; Souza, Flávia Mitkiewicz de.
Título: Desinstitucionalização de pacientes de longa permanência de um hospital psiquiátrico no Rio de Janeiro / Deinstitutionalization of long stay patients in a psychiatric hospital in Rio de Janeiro
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(7):2341-2352, Jul. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A Critical Time Intervention (CTI) é uma intervenção de saúde mental limitada no tempo a períodos considerados críticos, geralmente ofertada a pessoas com transtornos mentais em situação de transição. O presente estudo avalia o impacto da utilização da Intervenção para Períodos de Transição (CTI-BR) sobre o desempenho social e a qualidade de vida em uma população de pessoas em processo de desinstitucionalização, que deixaram um hospital psiquiátrico após longa internação. A população estudada foi dividida em dois grupos e um deles recebeu o programa CTI como intervenção adicional. Os resultados apontaram que nas áreas avaliadas a presença da intervenção CTI não apresentou evidência de vantagens em relação ao programa habitual da instituição realizado isoladamente. Quando o grupo de pacientes é analisado em seu conjunto é evidenciada uma evolução positiva em relação ao comportamento social e melhora da sua percepção sobre a própria saúde mental. Os resultados obtidos indicam a possibilidade de pessoas idosas oriundas de longa internação em hospital psiquiátrico viverem em dispositivos residenciais comunitários supervisionados por equipes de acompanhamento clínico.

Abstract Critical Time Intervention (CTI) is a time-limited mental health intervention offered to people with mental disorders during critical/transition periods. This study assesses the impact of CTI-BR on social performance and quality of life within a population in the process of deinstitutionalization, after long-term hospitalization in a psychiatric institution. The study population was split into two groups, one of which received CTI plus the regular care. Results showed no advantage of the intervention compared to the regular programs provided by the institution. When study participants are analyzed as a group, we found positive improvement regarding their social functioning and self-perception of their mental-health. Results show that it is possible for elderly patients discharged from long-term psychiatric care to live in residential facilities in the community, supervised by clinical teams.
Descritores: Serviços Comunitários de Saúde Mental/organização & administração
Desinstitucionalização/métodos
Hospitais Psiquiátricos
Transtornos Mentais/terapia
-Equipe de Assistência ao Paciente/organização & administração
Qualidade de Vida
Autoimagem
Fatores de Tempo
Brasil
Estudos Longitudinais
Hospitalização
Transtornos Mentais/psicologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1100285
Autor: Silveira, Luísa Horn de Castro; Rocha, Cristianne Maria Famer Rocha; Rocha, Kátia Bones; Zanardo, Gabriela Lemos de Pinho.
Título: O outro lado da porta giratória: apoio comunitário e saúde mental / The other side of the revolving door: community support and mental health / El otro lado de la puerta giratoria: apoyo comunitario y salud mental
Fonte: Psicol. Estud. (Online);21(2):325-335, abr.-jun. 2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: A Reforma Psiquiátrica tem como princípio fundamental o cuidado em liberdade e prevê a internação breve em hospital geral apenas quando esgotados os recursos extra-hospitalares. No entanto, as múltiplas reinternações em unidades psiquiátricas ainda são comuns no cotidiano hospitalar. O foco desse estudo está no que acontece para além dos portões do hospital, analisando elementos da vida comunitária dos portadores de sofrimento psíquico e se essas experiências se relacionam de alguma forma com a frequente necessidade de hospitalização. Para tanto, buscou-se investigar a percepção sobre apoio comunitário em usuários com alto número de internações, comparando com a de usuários de primeira internação, na unidade psiquiátrica de um hospital geral de Porto Alegre. Os resultados mostraram que a comunidade é uma potente fonte de ajuda em situações de crise, porém, usuários com múltiplas internações têm essas redes enfraquecidas e um afastamento maior da Atenção Básica, em relação aos usuários de primeira internação. Dessa forma, a família se torna a principal fonte de apoio, o que gera sobrecarga, e o hospital ganha um status diferenciado na vida desses usuários, considerado a única alternativa em situações de crise.

The Psychiatric Reform has, as a fundamental principle, the treatment carried out outside the hospital, considering that the hospitalization should be an option only when the extra-hospital resources are not effective enough. However, multiple psychiatric readmissions are still frequent. The present study focuses on what happens outside of the hospital doors, analyzing elements of the community life of people who suffer from mental disorders,questioning if those experiences are related to the frequent necessity of hospitalization. Therefore, the perception of community support was investigated in patients with a high number of readmissions, in comparison with patients in their first hospitalization, in a general hospital in Porto Alegre (Brazil). The results showed that the community is a powerful source of help in crisis situations; nevertheless, the readmitted patients have weaker social bonds and a longer distance from the Atenção Básica (Primary Care), in comparison with the other group. For that reason, the family becomes the main source of support, what leads to an overburden for the relatives, and the hospital acquires a special status for these people, who see the hospital as the only alternative in a situation of crisis.

La Reforma Psiquiátrica tiene como principio fundamental el cuidado en libertad, con la posibilidad de recurrir a breves hospitalizaciones en hospital general, solamente cuando los recursos comunitarios resultan insuficientes. Sin embargo, los múltiples ingresos en unidades psiquiátricas siguen siendo comunes en la rutina de los hospitales. El enfoque de este estudio se radica en lo que sucede más allá de las puertas del hospital, haciendo un análisis de los elementos de la vida comunitaria de las personas con sufrimiento mental, y si esas experiencias están relacionadas de alguna manera con la frecuente necesidad de hospitalización. Con este fin, hemos tratado de investigar la percepción de apoyo comunitario en pacientes con alto número de ingresos, en comparación con pacientes en su primera hospitalización en la unidad psiquiátrica de un hospital general en Porto Alegre (Brasil). Los resultados mostraron que la comunidad es una poderosa fuente de ayuda en situaciones de crisis, pero los pacientes con múltiples ingresos han debilitado estas redes y están más lejos de la Atención Primaria, en comparación con el otro grupo. Por lo tanto, la familia se convierte en su principal fuente de apoyo, lo que genera sobrecarga, y el hospital recibe un status diferente en la vida de esos pacientes, considerado la única alternativa en situaciones de crisis.
Descritores: Apoio Social
Saúde Mental
Participação da Comunidade/psicologia
-Readmissão do Paciente
Atenção Primária à Saúde
Estresse Psicológico/psicologia
Relações Familiares/psicologia
Hospitalização
Hospitais Psiquiátricos
Transtornos Mentais/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  4 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-2328
Autor: Costa, George Vasconcelos Calheiros de Oliveira; Silva, Larice Caroline de Barros; Cavalcante, Jairo Calado; Melo Neto, Valfrido Leão de; Duarte, Sandra Reis.
Título: Prevalência de tuberculose pulmonar e sintomáticos respiratórios em um hospital psiquiátrico de referência em Alagoas / Prevalence of pulmonary tuberculosis and respiratory symptomatic subjects in a referral psychiatric hospital in Alagoas State / Prevalencia de tuberculosis pulmonar y sintomáticos respiratorios de un hospital psiquiátrico de referencia de Alagoas
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;28(4):521-528, 30/12/2015. tabela.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a prevalência de tuberculose pulmonar (TBP) bacilífera e sintomáticos respiratórios (SR) em um hospital psiquiátrico público de referência em Alagoas, Brasil. Métodos: Pesquisa transversal quantitativa conduzida nas alas de internação do Hospital Escola Portugal Ramalho por meio de questionários contendo dados demográficos, epidemiológicos e sociais, de março a abril de 2013. Grupos estabelecidos: SR, submetidos às coletas para baciloscopia, e assintomáticos (AR). Resultados: Participaram do estudo 143 pacientes, sendo 61,5% (n=88) homens, 51,7% (n=74) adultos jovens, 30,8% (n=44) analfabetos e 41,3% (n=59) com alguma condição debilitante associada. A prevalência de TBP bacilífera encontrada foi de 0,69% (n=1). Os SR representaram 14,7% (n=21) da amostra e foram associados ao grupo de pacientes internados há mais de dois anos e sem perspectiva de alta (p=0,01), e ao hábito de fumar (p=0,02). Conclusão: Encontrou-se nesse grupo uma alta prevalência de TBP bacilífera, se comparada à da população brasileira, sendo os SR associados ao maior tempo de internação hospitalar e ao hábito de fumar.

Objective: To evaluate the prevalence of bacilliferous pulmonary tuberculosis (PTB) and respiratory symptomatic (RS) subjects in a referral public psychiatric hospital in Alagoas, Brazil. Methods: Quantitative cross-sectional research conducted in the hospital wards of Portugal Ramalho Hospital School by means of questionnaire forms addressing demographic, epidemiological and social data, from March to April 2013. Groups established: RS, which underwent sputum collections for bacilloscopy, and asymptomatic subjects (RA). Results: The study included 143 participants, with 61.5% (n=88) males, 51.7% (n=74) young adults, 30.8% (n=44) illiterate and 41.3% (n=59) presenting some debilitating comorbid condition. The prevalence of bacilliferous PTB was found at 0.69% (n=1). RS represented 14.7% (n=21) of the sample and were associated with the group of patients hospitalized for over two years and without prospect of discharge (p=0.01), and to smoking (p=0.02). Conclusion: A high prevalence of bacilliferous PTB was found in this group, compared to that found in the Brazilian population, and RS subjects were associated with longer hospitalization length and smoking.

Objetivo: Evaluar la prevalencia de la tuberculosis pulmonar (TBP) bacilífera y de los sintomáticos respiratorios de un hospital público psiquiátrico de referencia en Alagoas, Brasil. Métodos: Investigación transversal cuantitativa realizada en las alas de internación del Hospital Escuela Portugal Ramalho a través de cuestionarios con datos demográficos, epidemiológicos y sociales entre marzo y abril de 2013. Grupos establecidos: los Sintomáticos Respiratorios (SR), conducidos a realizar la baciloscopia y los asintomáticos respiratorios (AR). Resultados: Participaron del estudio 143 pacientes, el 61,5% (n=88) hombres, el 51,7% (n=74) adultos jóvenes, el 30,8% (n=44) analfabetos y el 41,3% (n=59) con alguna debilidad asociada. La prevalencia de TBP bacilífera encontrada fue del 0,69% (n=1). Los SR representaron el 14,7% (n=21) de la muestra y estuvieron asociados al grupo de pacientes ingresados hacía más de dos años y sin perspectiva de alta hospitalaria (p=0,01) y el hábito de fumar (p=0,02). Conclusión: En este grupo se encontró elevada prevalencia de TBP bacilífera al comparar a la población brasileña y los SR estuvieron asociados al mayor tiempo de ingreso hospitalario y el habito de fumar.
Descritores: Tuberculose Pulmonar
Fumar
Hospitais Psiquiátricos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1176939
Autor: Ardila Gómez Sara; Agrest Martín; Abadi Daniel; Cáceres Carmen.
Título: El aporte de los pares al trabajo en salud mental: consideraciones acerca de las relaciones entre los sistemas formales e informales de ayuda. Relato de una experiencia / [Peers contribution to mental health work: considerations on the relationship between formal and informal help. A case study in a mental health facility in Buenos Aires].
Fonte: Vertex rev. argent. psiquiatr;24(112):465-71, 2013 Nov-Dec.
Idioma: es.
Resumo: Including peers to the mental health workforce has been part of a larger debate regarding specificity and incumbencies of peers' work, as well as their relationship with other workers. While some members of the workforce are proposing to train peers to have them help in different settings and interventions, others see them as unfair and underprepared competitors trying to replace them. Based on this debate, and from a Collective Health perspective on the concept of "care", this paper supports the idea that, since they put "care" as central to anything done by the mental health workforce, peers could be crucial to practices in Mental Health. An experience that took place in a Day Hospital in Buenos Aires City, conversed within a group dedicated to reflect on peers' support, is analyzed in order to unveil the relationship between peers and professionals, as well as peers' specificity. It is withstand that one of the main contributions of including peers is to help professionals think more about the relational dimension of their work and about the way they treat, call and refer to patients.
Descritores: Grupo Associado
Serviços de Saúde Mental/organização & administração
Transtornos Mentais/terapia
-Argentina
Hospitais Psiquiátricos
Humanos
Saúde da População Urbana
Tipo de Publ: Resumo em Inglês
Artigo de Revista
Responsável: AR5.1 - Centro de Gestión del Conocimiento y las Comunicaciónes


  6 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-984187
Autor: Lara, Ana Paula Martins; Volpe, Fernando Madalena.
Título: Evolução do perfil das internações psiquiátricas pelo Sistema Único de Saúde em Minas Gerais, Brasil, 2001-2013 / The evolution of the profile of psychiatric admissions via the Unified Health System in Minas Gerais, Brazil, 2001-2013
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(2):659-668, Feb. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste artigo é analisar a evolução no perfil das internações psiquiátricas pelo Sistema Único de Saúde em hospitais psiquiátricos do Estado de Minas Gerais entre 2001 e 2013. Os dados foram obtidos através do Departamento de Informática do SUS. A análise de tendência deu-se através de procedimentos de regressão, em que o ano foi variável independente e as variáveis dependentes foram as características dos pacientes (sexo, idade, diagnóstico) e das internações (localidade, natureza jurídica do hospital, tempo de permanência). Foram incluídas 202. 188 internações em 25 hospitais. Houve alterações significativas no perfil nosológico das internações psiquiátricas, com elevação da proporção das internações por transtornos ligados ao abuso de substâncias e redução por transtornos psicóticos. O estudo se insere no contexto da reforma da assistência à saúde mental em Minas Gerais, produzindo informações relevantes para subsidiar as políticas de saúde mental na direção à universalização, humanização e superação das desigualdades de acesso aos serviços de saúde.

Abstract The scope of this article is to analyze the evolution of the profile of psychiatric admissions via the Unified Health System in psychiatric hospitals of the State of Minas Gerais, Brazil, between 2001 and 2013. Data were obtained from the Information Technology Department of the Unified Health System. The analyses of trends were conducted by regression procedures, in which the independent variable was the year, and the dependent variables were the patients (sex, age, diagnosis) and admission characteristics (city, hospital administrative status, length of internment). A total of 202,188 admissions to 25 hospitals were appraised. There were significant changes in the diagnostic profiles of psychiatric admissions during the period under scrutiny, notably an increase in the proportion of admissions for substance abuse-related disorders and a reduction for psychotic disorders. This study is in tune with the context of the reform of mental healthcare in Minas Gerais, providing relevant input to support the mental health policies towards universalization, humanization and the overcoming of inequalities in access to health services.
Descritores: Hospitalização/tendências
Hospitais Psiquiátricos/estatística & dados numéricos
Transtornos Mentais/epidemiologia
Programas Nacionais de Saúde
-Brasil/epidemiologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/epidemiologia
Política de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Tempo de Internação
Transtornos Mentais/terapia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147086
Autor: Rocha, Bárbara Pereira da; Sales, Camila Cristiane Formaggi; Benedetti, Gabriella Michel dos Santos; Vieira, Tereza Maria Mageroska; Oliveira, Magda Lucia Félix de.
Título: O cuidado à pessoa mentalmente adoecida e internada: vivências e percepções da equipe multiprofissional / El cuidado de la persona mentalmente enferma y hospitalizada: experiencias y percepciones del equipo multiprofesional / The care for the mentally ill and hospitalized person: experiences and perceptions of the multiprofessional team
Fonte: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min;10(1):3686, out. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Compreender as vivências e percepções da equipe multidisciplinar de um hospital psiquiátrico, ao cuidar de pessoas mentalmente adoecidas. Método: Estudo descritivo-exploratório, de abordagem qualitativa, com a participação de 12 profissionais da equipe multiprofissional de um hospital psiquiátrico. O roteiro de coleta de dados, semiestruturado, foi respondido em dois meses. Os relatos foram analisados, por meio da análise de conteúdo. Resultados: Dos relatos emergiram três categorias: Enfrentando desafios ao atuar em um hospital psiquiátrico; Consolidando sentimentos e habilidades a partir do cuidado; Ressignificando o cuidado em um hospital psiquiátrico, por meio das quais se evidenciou que, apesar de inúmeras dificuldades vivenciadas, esse cuidado tem produzido nos profissionais sentimentos de gratidão e satisfação, sobrepondo-se, por vezes, aos desafios experienciados. Novos significados que os fazem dispor de suas habilidades profissionais e pessoais, para qualificar e otimizar a assistência, contribuem para a humanização da assistência. Conclusão: Ressaltam-se dificuldades estruturais, como fontes adicionais de financiamento, para o suprimento de recursos humanos e materiais, com vistas a minimizar o excesso de carga de atividades, valorização do trabalho realizado e reconhecimento dos profissionais( AU)

Objective: To understand the experiences and perceptions of the multidisciplinary team of a psychiatric hospital that provides care for individuals with mental illness. Method: Descriptive-exploratory, qualitative study carried out with 12 professionals of a multiprofessional team of a psychiatric hospital. Semi-structured interviews were made in two months. Data analysis was performed using content analysis. Results: From the reports, three categories occurred: Facing challenges from working in a psychiatric hospital; Consolidating feelings and skills from providing care and, Giving a new meaning to the care provided in a psychiatric hospital. Despite many difficulties, the professionals experienced feelings of gratitude and satisfaction, sometimes overcoming the challenges. In addition these new meanings enhance professional skills to qualify and optimize care, and their human dimensions, contributing to the humanization of care. Conclusion: There is an urgent need for other sources of financing for the supply of human and material resources, to minimize the overload of activities, value the professionals and their work performed (AU)

Objetivo: comprender las experiencias y percepciones del equipo multidisciplinario de un hospital psiquiátrico que atiende a personas con enfermedades mentales. Método: Estudio descriptivo-exploratorio, con enfoque cualitativo, realizado con 12 profesionales del equipo multidisciplinario de un hospital psiquiátrico. Los guiones de la entrevista semiestructurada fueron respondidos en dos meses. El análisis de datos se realizó a través del análisis de contenido. Resultados: Del análisis de los relatos surgieron tres categorías: enfrentar desafíos cuando se trabaja en un hospital psiquiátrico; Consolidando sentimientos y habilidades en función de la atención realizada y, redefiniendo la atención que realizan en el hospital psiquiátrico, a través de la cual se demostró que a pesar de las numerosas dificultades experimentadas, esta atención ha producido sentimientos de gratitud y satisfacción en los profesionales, anteponiendose, a veces, a los desafíos experimentados, además de encender nuevos significados que los hacen tener, no solo sus habilidades profesionales para calificar y optimizar la atención, sino también sus dimensiones humanas, lo que ha contribuido a la humanización de la atención. Conclusión: Se enfatiza la necesidad de otras fuentes de financiamiento, para el suministro de recursos humanos y materiales, a fin de minimizar la sobrecarga de actividades, la valorización del trabajo realizado y el reconocimiento de los profesionales (AU)
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente
Pessoal de Saúde
Empatia
Hospitais Psiquiátricos
Responsável: BR1259.1 - DIBIB - Divisão de Biblioteca


  8 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-702594
Autor: Silva, Martinho Braga e.
Título: Um caso entre a saúde mental e os direitos humanos: as versões e a vítima / A case about mental health and human rights: its versions and its victim
Fonte: Physis (Rio J.);23(4):1257-1275, 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: No contexto da primeira condenação do Brasil por violação de direitos humanos, o "Caso Damião Ximenes", procura-se compreender suas condições de possibilidade, destacando a diversidade de versões sobre o caso e a construção social de um de seus elementos: a vítima. Uma abordagem antropológica que põe em relevo as formas sociais de classificação é adotada, e documentos midiáticos, governamentais e científicos são objeto de descrição e análise. Saberes jurídicos e médicos são mobilizados para gerar versões divergentes acerca da morte da vítima, a "apuração dos fatos" sobrepondo-se à "vistoria do corpo", gerando consenso sobre a causa da morte por maus-tratos. A classificação da vítima como uma pessoa com "deficiência", e não "transtorno mental", contribui para a condenação, a perícia tornando-se fundamental para o desfecho do caso.

In the context of Brazil's first conviction for violation of human rights, the "Damiao Ximenes Case", we seek to understand its conditions of possibility, highlighting the several versions about the case and the social construction of one of its elements: the victim. An anthropological approach that emphasizes the social forms of classification is adopted, and media, government and scientific documents are the object of description and analysis. Legal and medical knowledge are mobilized to generate different versions about the death of the victim, the "fact-finding" overriding the " body inspection ", generating consensus on the cause of death by maltreatment. The classification of the victim as a person with "disability", and not "mental disorder", contributes to the condemnation, and the expertise becomes crucial to the outcome of the case.
Descritores: Violência
Saúde Mental
Estado
Hospitais Psiquiátricos
Direitos Humanos
Transtornos Mentais
-Brasil
Vítimas de Crime/história
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  9 / 1003 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055747
Autor: Nunes, Mônica de Oliveira; Lima Júnior, João Mendes de; Portugal, Clarice Moreira; Torrenté, Maurice de.
Título: Reforma e contrarreforma psiquiátrica: análise de uma crise sociopolítica e sanitária a nível nacional e regional / Psychiatric reform and counter-reform: an analysis of a socio-political and sanitary crisis at national and regional level
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4489-4498, dez. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo aborda as mudanças político-legais e assistenciais no âmbito das políticas públicas de saúde mental no Brasil, demonstrando seus efeitos de Contrarreforma Psiquiátrica. Com base em uma análise documental, foi possível explicitar as tensões geradas nesse processo, com suas repercussões sobre a Reforma Psiquiátrica Brasileira, enquanto processo complexo, especialmente sobre a Rede de Atenção Psicossocial. É discutido, como um caso paradoxal de Contra-Contrarreforma, o exemplo do estado da Bahia, pela sua recente proposta de fechamento dos hospitais psiquiátricos, na direção de uma anunciada intenção de desinstitucionalização das pessoas internadas, que não coincide com o momento da mudança de política de saúde mental brasileira. Conclui-se que o risco de aprofundamento da crise sanitária, social e econômica em todo o território nacional demanda o incremento de medidas de advocacy e mobilização, no sentido de evitar perdas de mecanismos de proteção social, o que também contempla a saúde mental, que simultaneamente se coloca como ameaça aos direitos humanos e à inclusão de pessoas em sofrimento psíquico, mas também como uma oportunidade de reimpulsionar uma reforma que estava em pleno devir.

Abstract This article addresses recent political, legal and welfare changes to mental health policies in Brazil, demonstrating their effects of Psychiatric Counter-Reform. Based on documentary analysis, we explain the tensions generated by this process, with its repercussions for the complex process of Brazilian Psychiatric Reform, particularly for the Psychosocial Healthcare Network. We discuss the paradoxical case of Counter-Counter-Reform, using the state of Bahia as an example because of its recent proposal to close psychiatric hospitals with the announced aim of deinstitutionalizing people who have been hospitalized, which does not coincide with this moment of change in Brazilian mental health policy. We conclude that the risk of the worsening of the sanitary, social and economic crisis in the country requires increased advocacy and mobilization measures, in order to prevent the loss of social protection mechanisms, which also include mental health. This crisis simultaneously poses a threat to human rights and to the inclusion of people in psychological distress, at the same time as it presents an opportunity to reinvigorate a reform that was at the peak of activity.
Descritores: Psiquiatria
Saúde Mental
Reforma dos Serviços de Saúde/história
-Política
Política Pública
Brasil
Desinstitucionalização
Recessão Econômica
Fechamento de Instituições de Saúde
Hospitais Psiquiátricos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1003 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-688882
Autor: Magnus, Cláudia de Negreiros; Merlo, Álvaro Roberto Crespo.
Título: A construção de saúde, entre o servir e a servidão: das relações entre servidores de um hospital psiquiátrico público / The construction of health, between serving and servitude: relations between servers in a public psychiatric hospital
Fonte: Cad. psicol. soc. trab;15(2):175-188, dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta um recorte da dissertação de mestrado cujo objetivo foi compreender a dinâmica do trabalho de profissionais de saúde mental de um hospital psiquiátrico público do estado do Rio Grande do Sul. O estudo aponta a forma danosa como o trabalho está organizado nesta instituição e suas implicações em relação à subjetividade, refletindo intensamente nas relações de trabalho entre os servidores. O aporte metodológico utilizado foi o da psicodinâmica do trabalho. As evidências foram obtidas por meio das falas do coletivo dos servidores proveniente de duas unidades de internação de pacientes agudos, constituídas por usuários de crack. Os servidores apontam como principal fator de sofrimento no trabalho a qualidade das relações entre colegas. Nas conclusões, ressalta-se a importância de espaços de discussão na instituição e do reconhecimento para a mobilização subjetiva, o que possibilitaria à rede coletiva desafiar a sua organização, operando assim intervenções contra servidão e a favor da construção da saúde.

This article presents part of the dissertation research with the objective of understanding the dynamics of the work of mental health professionals in a public psychiatric hospital in the state of Rio Grande do Sul. The study shows how damaging the work is managed in this institution and its implications in relation to subjectivity, reflecting intensely in working relationships between the servers. The methodological approach used was the psychodynamics of work. The evidence was obtained through interviews with servers from two units for acute patients (crack addicts). They indicate the quality of relationships between colleagues as the main drawback at work. In conclusion, the importance of opportunities for discussion within the institution and of recognizing subjective mobilization is emphasized, which would allow the network of servers to challenge their organization, thus acting against servitude and in favor of the construction of health.
Descritores: Atitude do Pessoal de Saúde
Condições de Trabalho
Relações Interpessoais
Relações Trabalhistas
-Hospitais Psiquiátricos
Serviços de Saúde Mental/organização & administração
Serviços de Saúde Mental
Limites: Humanos
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite



página 1 de 101 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde