Base de dados : LILACS
Pesquisa : N02.421.320 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1166 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 117 ir para página                         

  1 / 1166 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-975096
Autor: Instituto Jenny de Andrade Faria de Atenção à Saúde do Idoso e da MulherOliveira, Samanta Bárbara Vieira de; Instituto Jenny de Andrade Faria de Atenção à Saúde do Idoso e da MulherBarroso, Soraya Coelho Costa; Instituto Jenny de Andrade Faria de Atenção à Saúde do Idoso e da MulherBicalho, Maria Aparecida Camargos; Reis, Adriano Max Moreira.
Título: Profile of drugs used for self-medication by elderly attended at a referral center / Perfil de medicamentos utilizados por automedicação por idosos atendidos em centro de referência
Fonte: Einstein (Säo Paulo);16(4):eAO4372, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To determine the profile of medications used for self-medication by the elderly. Methods A cross-sectional study based on interviews with elderly seen at a reference center for Elderly Health of a teaching hospital, from July 2014 to July 2015. Clinical, demographic and pharmacotherapeutic data were collected. Results A total of 170 elderly were interviewed, 85.9% female, and the median age was 76 years. The frequency of self-medication was 80.5%. The most used medications for self-medication were central acting muscle relaxants, analgesics and antipyretics, non-steroidal anti-inflammatory and antirheumatic agents. Among the elderly who practiced self-medication, 55.5% used drugs that were inappropriate for the elderly, according to Beers criteria of 2015, and 56.9% used medications that showed therapeutic duplicity with the prescribed drugs. We identified 57 drugs used for self-medication, of which 30 (52.6%) were classified as over-the-counter and 27 (47.4%) as prescription drugs. Approximately 68.6% of elderly had at least one interaction involving drugs prescribed and those used for self-medication. Conclusion The practice of self-medication was frequent in the elderly studied. The widespread use of over-the-counter drugs and/or potentially inappropriate medications for elderly increases the risk of drug interactions and adverse events.

RESUMO Objetivo Determinar o perfil dos medicamentos utilizados por automedicação por idosos. Métodos Estudo transversal baseado em entrevistas com idosos atendidos de julho de 2014 a julho de 2015 em um centro de referência na Atenção à Saúde do Idoso de um hospital de ensino. Foram coletadas informações clínicas, demográficas e farmacoterápicas. Resultados Entrevistaram-se 170 idosos, 85,9% eram mulheres e a mediana de idade foi 76 anos. A frequência de automedicação foi 80,5%. Os medicamentos mais utilizados por automedicação foram relaxantes musculares de ação central, analgésicos e antipiréticos, além dos anti-inflamatórios e antireumáticos não esteroidais. Entre os idosos que praticaram automedicação, 55,5% utilizaram medicamentos inapropriados para idosos, segundo os critérios de Beers de 2015, e 56,9% utilizam medicamentos que apresentavam duplicidade terapêutica com os medicamentos prescritos. Foram identificados 57 medicamentos utilizados por automedicação, e 30 (52,6%) eram classificados como isentos de prescrição e 27 (47,4%) como de venda sob prescrição médica. Cerca de 68,6% dos idosos apresentavam pelo menos uma interação envolvendo medicamentos prescritos e utilizados por automedicação. Conclusão A prática de automedicação foi elevada nos idosos estudados. O amplo uso de medicamentos de venda livre e/ou potencialmente inapropriados para idosos aumenta o risco de interações medicamentosas e de eventos adversos.
Descritores: Automedicação/estatística & dados numéricos
Serviços de Saúde para Idosos/estatística & dados numéricos
-Atividades Cotidianas
Estudos Transversais
Polimedicação
Interações Medicamentosas
Medicamentos sem Prescrição/normas
Prescrição Inadequada/estatística & dados numéricos
Reconciliação de Medicamentos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891413
Autor: Viana, Stéphanie de Souza Costa; Arantes, Tiago; Ribeiro, Sabrina Corrêa da Costa.
Título: Interventions of the clinical pharmacist in an Intermediate Care Unit for elderly patients / Intervenções do farmacêutico clínico em uma Unidade de Cuidados Intermediários com foco no paciente idoso
Fonte: Einstein (Säo Paulo);15(3):283-288, July-Sept. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To discuss the role of the clinical pharmacist in hospital care of critical elderly patients. Methods Critical patients aged 60 years and over admitted by the clinical staff to an Intermediate Care Unit were followed-up for 4 months regarding their drug therapies. Medical prescriptions were reviewed daily on the basis of patients' clinical conditions, with the view to identify opportunities for optimization of drug therapies, contributing to safer prescribing, reduced discomfort and correct and rational use of drugs. Results A total of 386 prescriptions were reviewed and 212 pharmaceutical interventions performed; 64.3% of prescriptions were classified as accepted with changes, 28.5% not accepted and 7.2% verbally accepted with no changes. Interventions included drug therapy indications, directions for dose adjustment, reduction of the use of potentially inappropriate medications for older patients, prescription adjustments, discontinuing unnecessary drugs, among others. Conclusion The significant number of interventions accepted by the healthcare staff supports the relevance of the clinical pharmacist as a member of the multiprofessional team, especially in care of the elderly.

RESUMO Objetivo Discutir o papel do farmacêutico clínico no cuidado hospitalar de pacientes críticos, idosos. Métodos Ao longo do período de 4 meses, foi realizado o acompanhamento farmacoterapêutico de pacientes críticos com 60 anos ou mais, admitidos pela equipe de Clínica Médica em uma Unidade de Cuidados Intermediários. Diariamente, foram realizadas avaliações das prescrições médicas, frente ao quadro clínico, a fim de encontrar oportunidades de otimização da farmacoterapia prescrita, contribuindo para a maior segurança da prescrição, a redução de desconfortos, e o uso correto e racional de medicamentos. Resultados Foram avaliadas 386 prescrições e realizadas 212 intervenções farmacêuticas, sendo 64,3% destas classificadas como aceitas com alteração na prescrição, 28,5% não aceitas e 7,2% aceitas verbalmente, porém sem alteração na prescrição. As intervenções envolviam indicações farmacoterapêuticas, orientações para ajustes de dose, redução do uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos, ajustes de prescrição, suspensão de medicamentos desnecessários, entre outras. Conclusão O significativo número de intervenções aceitas pela equipe da saúde reforça o papel que o farmacêutico clínico tem a desempenhar na equipe multiprofissional, sobretudo quando direcionados ao cuidado de idosos.
Descritores: Farmacêuticos
Serviço de Farmácia Hospitalar/estatística & dados numéricos
Prescrições de Medicamentos
Serviços de Saúde para Idosos
-Equipe de Assistência ao Paciente
Serviço de Farmácia Hospitalar/normas
Hospitalização
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039727
Autor: Magalhães, Mariana Santos; Santos, Fabiana Silvestre dos; Reis, Adriano Max Moreira.
Título: Factors associated with the use of potentially inappropriate medication by elderly patients prescribed at hospital discharge / Fatores associados ao uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos na alta hospitalar
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO4877, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To analyze the frequency of use of potentially inappropriate medication prescribed to elderly at hospital discharge from a public hospital, considering the Brazilian Consensus on Potentially Inappropriate Medication for Elderly, and to identify the associated factors. Methods Patients aged ≥60 years, admitted in clinical and geriatric units of a public hospital were invited to participate in the study. The information about the use of medicines was collected from the patient's electronic record and through telephone contact. The Brazilian Consensus on Potentially Inappropriate Medication for Elderly was used to classify the medication, regardless of the clinical condition. Results A total of 255 elders were included in this study. The frequency of use of potentially inappropriate medication by elderly was 58.4%. The potentially inappropriate medication use in elderly was positively associated with the presence of depression (odds ratio of 2.208) and polypharmacy (odds ratio of 2.495). The hospitalization in a geriatric unit showed an inverse association with the potentially inappropriate medication use in elderly (odds ratio of 0.513). Conclusion The frequency of potentially inappropriate medication prescription to elderly upon hospital discharge was high. The presence of depression and polypharmacy were directly associated with use of potentially inappropriate medication in the elderly. Admission to the geriatric clinic has become a protection factor for the use of potentially inappropriate medication in elderly. Strategies to improve the elderly pharmacotherapy should implemented aiming at healthcare quality and safety in the transition of care.

RESUMO Objetivo Analisar a frequência de uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos na prescrição de alta hospitalar de idosos de um hospital público, considerando o Consenso Brasileiro de Medicamentos Potencialmente Inapropriados para Idosos, e identificar os fatores associados. Métodos Pacientes com idade ≥60 anos, internados nas unidades de clínica médica e geriátrica de um hospital público, foram convidados para participar do estudo. As informações sobre o uso de medicamentos foram coletadas do prontuário eletrônico do paciente e confirmadas por contato telefônico. O Consenso Brasileiro de Medicamentos Potencialmente Inapropriados para Idosos independente da condição clínica foi utilizado para a classificação dos medicamentos. Resultados Foram incluídos no estudo 255 idosos. A frequência de uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos foi de 58,4%. O uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos foi associado positivamente à presença de depressão (razão de chance de 2,208) e polifarmácia (razão de chance de 2,495). A internação em unidade de geriatria apresentou associação inversa com uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos (razão de chance de 0,513). Conclusão A frequência de prescrição de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos na alta hospitalar foi alta. Depressão e polifarmácia estiveram diretamente associadas ao uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos. Ficar internado na clínica geriátrica mostrou-se fator protetor para uso de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos. Estratégias para melhorar a farmacoterapia do idoso devem ser implementadas, visando à qualidade assistencial e à segurança na transição do cuidado.
Descritores: Alta do Paciente/estatística & dados numéricos
Prescrição Inadequada/estatística & dados numéricos
Lista de Medicamentos Potencialmente Inapropriados
Serviços de Saúde para Idosos/estatística & dados numéricos
-Brasil
Estudos Transversais
Polimedicação
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1090078
Autor: Andrade, Suzana Carvalho Vaz de; Marcucci, Rosa Maria Bruno; Faria, Lilian de Fátima Costa; Paschoal, Sérgio Márcio Pacheco; Rebustini, Flávio; Melo, Ruth Caldeira de.
Título: Health profile of older adults assisted by the Elderly Caregiver Program of Health Care Network of the City of São Paulo / Perfil de saúde dos idosos assistidos pelo Programa Acompanhante de Idosos na Rede de Atenção à Saúde do Município de São Paulo
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO5263, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT Objective To assess the health profile of community-dwelling older adults, according to sex, assisted by the Elderly Caregiver Program of the City of São Paulo. Methods Secondary data of 535 older adults, assisted by ten Elderly Caregiver Program teams from the southern region of São Paulo, were collected from medical records and the Multidimensional Evaluation of Older People in Primary Care, after verifying the inclusion and exclusion criteria for the study and obtaining subjects' consent. Results Older adults assisted by this program were predominantly female (77.6%), mean age of 76.2±8.0 years. They had negative self-rated health (67.8%), difficulties in instrumental activities of daily living (68.4%) and signs of mood changes (60.3%). A high prevalence of older adults with vision problems (58.8%), polypharmacy (58.1%), memory-related complaints (55.8%) and multiple morbidities (50.6%) were observed. The prevalence of multiple morbidities, polypharmacy, cognitive impairment and signs of mood changes were higher in women. On the other hand, men reported more hearing problems than women. Conclusion The poorer health conditions of the older adults in this study, evidenced by a high prevalence of subjects with negative self-rated health, difficulties in instrumental activities of daily living, multiple morbidities, polypharmacy and other complaints (sensorial changes, depressive and cognitive symptoms), reinforce the importance of this program as a long-term care policy and as a way to ensure these older adults can continue living in their communities.

RESUMO Objetivo Analisar o perfil de saúde de idosos residentes na comunidade, de acordo com o sexo, cadastrados no Programa Acompanhante de Idosos do Município de São Paulo. Métodos Os dados secundários de 535 idosos assistidos por dez equipes do Programa Acompanhante de Idosos da região sul de São Paulo foram coletados a partir da consulta em prontuários e da Avaliação Multidimensional da Pessoa Idosa na Atenção Primária, após verificados os critérios de inclusão e exclusão para o estudo e a autorização dos idosos selecionados. Resultados Os idosos assistidos por este programa eram predominantemente do sexo feminino (77,6%), apresentavam média de idade 76,2±8,0 anos, tinham autoavaliação negativa de saúde (67,8%), comprometimento das atividades instrumentais da vida diária (68,4%) e indícios de alterações de humor (60,3%). Foi observada alta prevalência de idosos com dificuldades para enxergar (58,8%), polifarmácia (58,1%), queixas de problemas de memória (55,8%) e com múltiplas morbidades (50,6%). Na comparação entre os sexos, a presença de múltiplas morbidades, polifarmácia, queixas cognitivas e sinais de alterações de humor foi maior entre as mulheres. Por outro lado, a demanda de maior prevalência entre os homens foi referente a dificuldades em ouvir. Conclusão As piores condições de saúde desses idosos, constatadas pela alta prevalência de autoavaliação negativa de saúde, pelo comprometimento das atividades instrumentais da vida diária, por múltiplas morbidades, pela polifarmácia e outras queixas (alterações sensoriais, sintomas depressivos e alterações cognitivas), reafirmam a importância deste programa como política de cuidados de longa duração e para a manutenção destes idosos residindo na comunidade.
Descritores: Avaliação Geriátrica/estatística & dados numéricos
Serviços de Saúde para Idosos/estatística & dados numéricos
-Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Atividades Cotidianas
Nível de Saúde
Prevalência
Inquéritos e Questionários
Fatores de Risco
Idoso Fragilizado/estatística & dados numéricos
Fatores Etários
Distribuição por Idade
Polimedicação
Fragilidade/epidemiologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lenardt, Maria Helena
Texto completo
Id: biblio-1287907
Autor: Mello, Bruno Henrique de; Lenardt, Maria Helena; Moraes, Dayana Cristina; Setoguchi, Larissa Sayuri; Seima, Marcia Daniele; Betiolli, Susanne Elero.
Título: Cognitive impairment and physical frailty in older adults in secondary health care / Deterioro cognitivo y fragilidad física en ancianos en atención secundaria de salud / Alteração cognitiva e fragilidade física em idosos da atenção secundária à saúde
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;55:e03687, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze the association between cognitive impairment and physical frailty in older adults in secondary health care. Method: This is a cross-sectional study carried out with people aged ≥ 60 years, assisted at a geriatric and gerontology outpatient clinic. For cognitive screening, the Mini Mental State Examination, the semantic verbal fluency test, and frailty assessment using the physical frailty phenotype were used. The likelihood ratio test was applied to the predictive model. Results: 407 older adults participated in the study. Cognitive impairment was observed in 58.5% (n=238) of the sample, being higher in frail (n=66; 75%). A change in the semantic verbal fluency test was identified in 22% (n=90), with a higher prevalence in pre-frail patients (55.5%; n=226). It was identified 2.5 times more chance of a frail older person, when compared to a non-frail one, to have cognitive impairment (95% CI, +0.947 - 0.322). The chance for alteration in the semantic verbal fluency test was 5.4 times higher in frail compared to non-frail ones (95% CI, 1.68 - 0.38). Conclusion: A relationship was observed between cognitive impairment and physical frailty. Screening for frailty in geriatric nursing practice and the implementation of specific care is recommended.

RESUMEN Objetivo: Analizar la asociación entre el deterioro cognitivo y la condición de fragilidad física en ancianos en atención secundaria de salud. Método: Estudio transversal, realizado con personas ≥ 60 años, atendidas en el ambulatorio de geriatría y gerontología. Para el cribado cognitivo se utilizó el Mini Examen del Estado Mental y el Test de Fluidez Verbal Semántica y la valoración de la fragilidad mediante el fenotipo de fragilidad física. Se aplicó la prueba de razón de verosimilitud al modelo predictivo. Resultados: Participaron del estudio 407 ancianos. La alteración cognitiva se observó en el 58,5% (n=238) de la muestra, siendo mayor en frágiles (n=66; 75%). Se identificó un cambio en la prueba de fluidez verbal semántica en el 22% (n=90), con mayor prevalencia en pacientes prefrágiles (55,5%; n=226). Se identificó 2,5 veces más probabilidades de que una persona anciana frágil, en comparación con una no frágil, tuviera deterioro cognitivo (IC del 95%, +0,947 - 0,322). La probabilidad de alteración en la prueba de fluidez verbal semántica fue 5,4 veces mayor en frágiles en comparación con no frágiles (IC del 95%, 1,68 - 0,38). Conclusión: Hubo relación entre deterioro cognitivo y fragilidad física. Se recomienda el cribado de la fragilidad en la práctica de enfermería geriátrica y la implementación de cuidados específicos.

RESUMO Objetivo: Analisar a associação entre alteração cognitiva e a condição de fragilidade física em idosos na atenção secundária à saúde. Método: Estudo de corte transversal, realizado com pessoas com idade ≥ 60 anos, atendidas no ambulatório de geriatria e gerontologia. Para o rastreio cognitivo, empregou-se o Mini Exame do Estado Mental e o Teste de Fluência Verbal Semântica, e avaliação da fragilidade mediante o fenótipo de fragilidade física. O Teste da Razão de Verossimilhança foi aplicado para o modelo preditivo. Resultados: Participaram do estudo 407 idosos. A alteração cognitiva foi observada em 58,5% (n=238) da amostra, sendo superior em frágeis (n=66; 75%). Identificou-se alteração no Teste de Fluência Verbal Semântica em 22% (n=90), com maior prevalência em pré-frágeis (55,5%; n=226). Identificou-se 2,5 vezes mais chance de um idoso frágil, quando comparado ao não frágil, apresentar alteração cognitiva (IC 95%, +0,947 - 0,322). A chance para alteração no Teste de Fluência Verbal Semântica foi 5,4 vezes maior em frágeis se comparada a não frágeis (IC 95%, 1,68 - 0,38). Conclusão: Observou-se relação entre a alteração cognitiva e fragilidade física. Recomenda-se o rastreio da fragilidade na prática de enfermagem geriátrica e a implementação de cuidados específicos.
Descritores: Enfermagem Geriátrica
Serviços de Saúde para Idosos
-Idoso Fragilizado
Testes de Estado Mental e Demência
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  6 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: lil-531505
Autor: Rangel Rivera, Julio César; Lauzardo García del Prado, Gema; Quintana Castillo, Maritzabel; Gutiérrez Hernández, María Elena; Gutiérrez Hernández, Norlistaymi.
Título: Necesidad de crear programas de promoción y prevención en el adulto mayor / The need of creating promotion and prevention programs in third age people
Fonte: Rev. cuba. estomatol;46(1), ene.-mar. 2009.
Idioma: es.
Resumo: Actualmente la promoción y prevención de salud ocupan un lugar cimero en el mundo de la Estomatología, por lo que se impone evaluar y renovar nuestros programas de forma tal que sea cada vez más preventiva y educacional, con el objetivo de mejorar la calidad de vida de nuestros pacientes. La población geriátrica ha mostrado una crecimiento intenso a escala nacional e internacional, cuyo estimado de la población mayor de 60 años ascenderá para el 2010 un 17 por ciento o más. Esto hace reflexionar que cada día más personas sobrepasan las barreras cronológicas que el hombre ha situado como etapa de vejez, lo que ha convertido al envejecimiento poblacional en un reto para las sociedades modernas, ya que aunque se considera como uno de los logros más importantes de la humanidad, al mismo tiempo se transforma en un problema, si no se es capaz de brindar soluciones adecuadas a las consecuencias que del mismo se derivan. Esta revisión bibliográfica pretende actualizar conocimientos sobre la necesidad de aplicar un programa de promoción y prevención que beneficie a los pacientes con 60 años o más, rehabilitados o no protésicamente(AU)

At the present time health promotion and prevention has a significant place in Stomatology world, this is necessary to assess and to renovate our programs in such a way that each time it be more preventive and educational, to improve life quality of our patients. Geriatric population has showed a intense growing at national land international scale, whose estimate of the people older than 60 years will increase for 2010 year in a 17 percent or more. We must to think about that every day more persons exceed the chronologic barriers placed by men as a stage of old age, converting thus population aging in a challenge for present societies, since although we consider it as one of more important achievement of the mankind, and at the same time it is transformed in a problem, if we not be able to give proper solutions to consequences derived from it. These bibliographic reviews try to update the knowledges on need of to apply a promotion and prevention program that being of benefit for patients older than 60 years or more, rehabilitated or not from the point of view prosthestic(AU)
Descritores: Promoção da Saúde/métodos
Prevenção de Doenças
Serviços de Saúde para Idosos
-Literatura de Revisão como Assunto
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-948525
Autor: Barros, Ticyanne Soares; Miranda, Karla Corrêa Lima; Coelho, Manuela de Mendonça Figueirêdo.
Título: Idosos com HIV/AIDS: compreendendo a base ideológica de suas vivências / Older adults with HIV/AIDS: understanding the ideology of their experiences / Ancianos con VIH/SIDA: comprensión de base ideológica de sus vivencias
Fonte: Rev. enferm. UERJ;26:e12978, jan.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: compreender a base ideológica presente nas vivências de idosos com diagnóstico de infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Método: estudo qualitativo, que utilizou o método criativo e sensível e a análise de discurso francesa, realizado em um encontro grupal com cinco idosos acompanhados em Centro de Testagem e Aconselhamento de um município da região metropolitana de Fortaleza, Ceará. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, parecer nº 212.243 e CAAE 08453412.5.0000.5044. Resultados: os relatos dos idosos direcionaram a formação discursiva Vida resignada, atitude imobilizada!, caracterizada por quatro situações existenciais: concepções controversas sobre a violência física na infância; um negócio chamado AIDS; falta de resposta e culpabilização relacionadas à infecção pelo HIV; amparo na fé. Conclusão: apesar de a maioria das situações trazidas pelos idosos terem sido penosas, não houve tentativa de reação, apenas imobilização e resignação, direcionando a uma ideologia colonizadora.

Objective: to understand the ideological basis in the experiences of older adults diagnosed with Human Immunodeficiency Virus (HIV) infection and Acquired Immunodeficiency Syndrome (AIDS). Methods: this qualitative study was conducted using the creative, sensitive method and French discourse analysis in a group meeting of five older adults monitored at a Counseling and Testing Center in a municipality of the Fortaleza metropolitan region, Ceará. The project was approved by the research ethics committee (No. 212.243 and CAAE 08453412.5.0000.5044). Results: the older adults' accounts framed the discursive formation Resigned life, immobilized attitude!, characterized by four existential situations: controversial conceptions regarding physical violence in childhood; a business called AIDS; guilt and lack of response related to HIV infection; and faith-based support. Conclusion: although most of the situations raised by the older adults were painful, there was no attempt to react, only immobility and resignation, leading to an ideology of colonization.

Objetivo: comprender la base ideológica presente en las vivencias de los ancianos con diagnóstico de infección por el Virus de la Inmunodeficiencia Humana y Síndrome de la Inmunodeficiencia Adquirida (VIH/AIDS). Método: investigación cualitativa que utilizó el método creativo y sensible y el análisis del discurso francés, realizada en reunión grupal con cinco ancianos acompañados en Centro de Pruebas y Asesoramiento, de una ciudad de la región metropolitana de Fortaleza, Ceará. El proyecto fue aprobado por el Comité de Ética en Investigación, dictamen nº 212.243 y CAAE 08453412.5.0000.5044. Resultados: de los discursos de los ancianos emergió la formación discursiva ¡Vida resignada, actitud inmovilizada!, caracterizada por cuatro situaciones existenciales: concepciones controvertidas sobre la violencia física en la infancia; una cosa llamada SIDA; falta de respuesta y sentimiento de culpabilidad relacionado con la infección por el VIH; apoyo en la fe. Conclusión: aunque la mayoría de las situaciones presentadas por los ancianos hayan sido dolorosas, no hubo intento de reacción, sino inmovilización y resignación, señalando una ideología colonizadora.
Descritores: Infecções por HIV/psicologia
Saúde do Idoso
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/psicologia
Serviços de Saúde para Idosos
-Pesquisa Qualitativa
Cuidados de Enfermagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  8 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-948427
Autor: Oliveira, Fabiana Maria Rodrigues Lopes de; Costa, Kátia Nêyla de Freitas Macedo; Pontes, Maria de Lourdes de Farias; Batista, Patrícia Serpa de Souza; Barbosa, Keylla Talitha Fernandes; Fernandes, Maria das Graças Melo.
Título: Fatores de risco associados à hospitalização em idosos atendidos na atenção primária de saúde / Hospitalization-related risk factors in older adults receiving primary health care / Factores de riesgo asociados con la hospitalización en ancianos atendidos en la atención primaria de salud
Fonte: Rev. enferm. UERJ;26:e15488, jan.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: avaliar os fatores de risco associados à hospitalização de idosos por meio do instrumento de predição de risco de admissão hospitalar. Método: estudo transversal, realizado com idosos cadastrados na Estratégia de Saúde da Família. Os dados foram coletados em uma amostra de 368 idosos. Para análise, foi utilizada a estatística descritiva e o modelo de regressão logística binária. Projeto aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa, com número de CAAE: 22372413.5.0000.5188. Resultados: nos idosos com risco alto para hospitalização, predominaram aqueles com autopercepção de saúde média; uma internação hospitalar e mais de seis consultas médicas no último ano; diabéticos; doença cardiovascular; sexo feminino; com apoio social e faixa etária entre 60-74 anos. Conclusão: considerando os malefícios da hospitalização para saúde da pessoa idosa, e sua possibilidade de prevenção, os fatores de risco para hospitalização devem ser conhecidos pelos profissionais de enfermagem com vistas a diminuir a ocorrência desses eventos.

Objective: to evaluate risk factors associated with the hospitalization of older adults using a hospital admission risk prediction instrument. Method: in this cross-sectional study of a sample of 368 older adults enrolled in the Family Health Strategy, data were collected from February to April 2014, and treated by descriptive analysis and binary logistic regression modelling. The project was approved by the research ethics committee (CAAE number: 22372413.5.0000.5188). Results: the older adults at high risk of hospitalization predominantly reported fair self-rated health; a hospital admission and more than six medical appointments in the prior year; diabetes; cardiovascular disease; female sex; social support; and age 60-74 years. Conclusion: considering the adverse effects of hospitalization on the health of older adults, and the possibility of preventing them, nursing professionals should know the risk factors for hospitalization in order to reduce the occurrence of such events. Descriptors: Risk factors; hospitalization; health of the elderly; primary health care.

Objetivo: evaluar los factores de riesgo asociados a la hospitalización de ancianos a través del instrumento de predicción de riesgo de admisión hospitalaria. Método: estudio transversal, realizado con ancianos registrados en la Estrategia de Salud de la Familia. Los datos fueron recolectados de febrero a abril de 2014, con una muestra de 368 ancianos. Para el análisis se utilizó la estadística descriptiva y el modelo de regresión logística binaria. Proyecto aprobado en el comité de ética, número de CAAE: 22372413.5.00.00.5188. Resultados: Entre los ancianos con alto riesgo de hospitalización, predominaron aquellos que definían su salud como mediana; una internación hospitalaria y más de seis consultas médicas durante el último año; diabéticos; enfermedad cardiovascular; sexo femenino; con apoyo social y franja de edad entre 60-74 años. Conclusión: considerando los maleficios de la hospitalización para la salud de la persona mayor, y su posibilidad de prevención, los factores de riesgo para hospitalización deben ser conocidos por los profesionales de enfermería objetivando disminuir la ocurrencia de estos eventos.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Saúde do Idoso
Enfermagem de Atenção Primária
Serviços de Saúde para Idosos
Hospitalização
-Brasil
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  9 / 1166 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: lil-584486
Autor: Gonzáles Ramos, Rosa María; Herrera López, Isis Bárbara; Osorio Núñez, Maritza; Madrazo Ordaz, Deysi.
Título: Principales lesiones bucales y factores de riesgo presentes en población mayor de 60 años / Leading oral lesions and risk factors present in a population aged over 60 years
Fonte: Rev. cuba. estomatol;47(1):105-114, ene.-mar. 2010.
Idioma: es.
Resumo: Se efectuó un estudio descriptivo en la población mayor de 60 años del área de salud de la Policlínica Moncada, que recibieron atención en la Facultad de Estomatología Raúl González Sánchez, Ciudad de La Habana, durante el año 2006, para determinar los factores de riesgo asociados con la aparición de lesiones bucales, su distribución según edad y sexo, además de identificar el tipo de lesión y su localización anatómica. Se estudiaron 352 ancianos a los que se les aplicó una encuesta para identificar la presencia de factores de riesgo y se realizó un examen físico de la cavidad bucal y el cuello para detectar las lesiones y su localización. Como principales resultados se obtuvo que el 60,7 por ciento de los ancianos presentaron factores de riesgo; los más frecuentes fueron: la ingestión de alimentos condimentados y calientes en un 83,4 por ciento, el hábito de fumar en un 82,1 por ciento seguido del uso de prótesis y el alcoholismo, ambos con 72,4 por ciento. El sexo masculino fue el más afectado en un 58,2 por ciento, el factor de riesgo que predominó fue la ingestión de alcohol en un 75,7 por ciento. En las mujeres el uso de prótesis fue el factor de riesgo que predominó con un 73,3 por ciento, seguido del hábito de fumar; la edad más afectada fue la de más de 80 años en un 41,7 por ciento. El 48,5 por ciento presentaban lesiones, el épulis fisurado fue el más representativo en un 39,1 por ciento, la estomatitis subprotésica con un 35,6 por ciento. La localización anatómica encontrada con mayor afectación fue el paladar duro, encía inferior y mucosa del carrillo. Se evidenció con estos resultados la falta de calidad de las actividades de educación para la salud, ya que predominaron estilos de vida perjudiciales a la salud(AU)

A descriptive study was conducted in a population aged over 60 from the health area of Moncada polyclinic seen in Raúl González Sánchez Stomatology Faculty of Ciudad de La Habana during 2006 to determine the risk factors associated with appearance of oral lesions, its distribution according age and sex and also to identify the type of lesion and its anatomic location. A total of 352 elderlies were studied by means of a survey to identify the presence of risk factors and an oral cavity and neck physical examination to detect the lesions and their locations. Leading results showed that the 60,7 percent of elderlies had risk factors where the more frequent were: seasoned and hot foods ingestion in the 83,4 percent, smoking in the 82m1 percent followed by the use of prostheses and alcoholism, both for a 72m4 percent. Male sex was the more involved in a 58m2 percent, the predominant risk factor was the alcohol ingestion in a 75m7 percent. In female sex the use of prostheses was the predominant risk factor with a 73.3 percent followed by smoking; the more involved age was over 80 years sin a 41,7 percent. The 48,5 percent has lesions; the fissure of epulis was more representative in a 39,1 percent, the subprosthetic stomatitis with a 35,6 percent. The more involved anatomical location founded was the hard palate, lower gum and cheek mucosa. With these results it was possible to confirm the quality lack of health education activities since there were lifestyles harmful for health(AU)
Descritores: Estomatite/etiologia
Educação em Saúde Bucal/métodos
Fatores de Risco
Serviços de Saúde para Idosos
Assistência Odontológica para Idosos/métodos
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Palato Duro/lesões
Estilo de Vida
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  10 / 1166 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-508197
Autor: Veras, Renato.
Título: A reestruturação do abrigo Cristo Redentor: o macroasilo transformado em uma minicidade / Cristo redentor shelter under reform: a huge shelter became a small town / La restructuration d'asile Cristo Redentor: un grand asile transformé dans une petit ville
Fonte: Physis (Rio J.);7(2):85-104, jul.-dez. 1997. mapas, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O crescimento do grupo etário dos idosos em nosso país trouxe à tona a carência de serviços qualificados para o atendimento deste segmento populacional. A UnATI/UERJ foi convidada a reestruturar uma das maiores instituições de idosos no país, o Abrigo Cristo Redentor. Este artigo apresenta os principais desafios assumidos: a integração"dediferentes grupos etários e sociais, as transformações do modelo assistencial, a estruturação do centro de convivência e de cuidados diurno e a implantação de procedimentos gerenciais. A contribuição da Saúde Mental na reforma psiquiátrica serviu de parâmetro para várias defmições. Lamentavelmente o projeto foi abortado em seu início.

The significant growth of the aging population in contemporary Brazil is forcing society to face the challenge of the lack of facilities with acceptable standards of care. UnATI/UERJ was entitled to promote a deep reform in one of the biggest institutions of Brazil devoted to the care and shelter for older people - Abrigo Cristo Redentor. The paper deseribes the main lines of this proeess, unfortunately interrupted in its very beginnings: the promotion of eommon aetivities for different ages and social strata; the implementation of a eenter for leisure and dayeare and the improvement of managerial proeedures. Mental health reform eould be viewed as a paradigm of the ehanges proposed, most of them short-lived.

La eroissanee du groupe de la population âgée au Brésil nous fait penser à la manque des serviees qualifiés pour la soigner. UnATI/UERJ a eté invité a reformer et répenser une des grandes instituitions du Brésil eonsaerée au soin et au abri des âgés - l' Asile Cristo Redentor. L' article en question indique les principaux défis endossés: l'integration de différents âges et groupes sociaux, le ehangement du modele d'assistanee, la eonstruetion d'un eentre de loisir et d' attention dans la journée et l' amélioration des eonduites de gestion. La réforme de la Santé Mentale peut être entendue eomme un paradigma des éehanges souhaitées. Malheureusement le projet a été frustré au début.
Descritores: Saúde do Idoso Institucionalizado
Serviços de Saúde para Idosos/organização & administração
Instituição de Longa Permanência para Idosos
Casas de Saúde
-Administração em Saúde
Limites: Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C



página 1 de 117 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde