Base de dados : LILACS
Pesquisa : N02.421.726.708 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 26 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 26 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-236628
Autor: Mesquita, Fábio; Ribeiro, Maurides de Melo.
Título: As estratégias de reduçäo de danos junto a usuários de drogas injetáveis (a troca de seringas): aspectos médicos legais / Damage reduction stratey beside injectable drugs usuaries (syringe's change): medical and legal aspects
Fonte: In: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Programa Estadual de DST/AIDS. Atualidades em DST/AIDS: reduçäo de danos. Säo Paulo, SECRETARIA DA SAÚDE, 1998. p.61-75.
Idioma: pt.
Descritores: Programas de Troca de Agulhas/tendências
Estratégias Locais
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
-Política Pública
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/epidemiologia
Sistemas de Saúde
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; M583e


  2 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-236627
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Programa Estadual de DST/AIDS.
Título: Atualidades em DST/AIDS: reduçäo de danos / DST/AIDS news: damage reduction.
Fonte: Säo Paulo; SECRETARIA DA SAÚDE; 1998. 94 p.
Idioma: pt.
Descritores: Programas de Troca de Agulhas
Controle de Doenças Transmissíveis
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Transtornos do Comportamento Social
HIV
Estratégias Locais
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; S239r


  3 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-981521
Autor: Tejeda, Iris; Espinal Palacios, Ana Gabriela; Fontecha Rodríguez, Delia Bernardeth; Sosa Contreras, Magín Eduardo; Fuentes Medina, Marcela Iveth; Padgett Murillo, Ricardo Javier.
Título: Absceso post-inyección en personas que asistieron a la Unidad de Salud La Joya. Tegucigalpa, Honduras / Post-Injection Abscess in patients attending health Unit La Joya, Tegucigalpa, Honduras
Fonte: Rev. fac. cienc. méd. (Impr.);11(1):26-34, ene.-jun. 2014. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La presente investigación es sobre absceso post-inyección en el centro de salud La Joya. Objetivo: Establecerlos factores de riesgo deabscesopost-inyección en pacientesque asistieron ala unidad de salud. Material y Métodos: Tipo de estudio retrospectivo transversal. Se revisó un total de 3,256 expedientes de personas que acudieron a la unidad de salud La Joya, Tegucigalpa, de enero a octubre de 2012, se elaboró una hoja de registro para recolectar información de los expedientes clínicos, los formularios de atención ambulatoria, y entrevistas telefónicas con los pacientes que presentaron absceso post inyección. Así mismo, se elaboró una encuesta de 12 preguntas cerradas aplicada al personal de la unidad de salud. Para determinar el grado de contaminación y agentes existentes en el área de tratamiento de la unidad de salud, se tomó muestras para cultivo microbiológico del personal de salud, del ambiente y del material y equipo. Resultados: 15 pacientes resultaron con absceso en la región glútea, el 93% fueron del sexo femenino, en su mayoría obesas (60%), de 4-59 años de edad (80%), con higiene personal diaria deficiente. La mayor parte del personal afirmó utilizar las normas de asepsia en la aplicación de inyecciones y mantener los principios básicos de desinfección de superficies en el área de tratamiento. En el análisis microbiológico se reportó crecimiento bacteriano en todas las muestras tomadas, incluyendo las muestras de manos del personal de salud. Conclusión: Son diversos los factores de riesgo para la formación de abscesos glúteos post inyección, se señalan factores particulares del paciente, factores relacionados con el personal y los propios del área de inyecciones del centro de salud La Joya; las medidas de asepsia y de aseo en el área, reduce la incidencia de abscesos glúteos post-inyección y de sus complicaciones...(AU)
Descritores: Assepsia/normas
Programas de Troca de Agulhas/estatística & dados numéricos
Reação no Local da Injeção/complicações
Injeções Intramusculares/métodos
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-762388
Autor: Fontes, Barbara Ventura; Vasconcelos, Sandra Regina Ferreira.
Título: Anexo E. Uso único para os dispositivos de injeção / Annex E. Use only for injection devices
Fonte: In: Sousa, Paulo; Mendes, Walter. Segurança do paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde. v. 1. Rio de Janeiro, Fiocruz;EAD, 2014. p.430-437.
Idioma: pt.
Descritores: Prevenção de Doenças
Reutilização de Equipamento
Programas de Troca de Agulhas
Seringas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 362.104258, S725s


  5 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-652948
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Coordenação Nacional de DST e Aids.
Título: Manual de redução de danos / Manual harm reduction.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2001. 112 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Abuso de Substâncias por Via Intravenosa/prevenção & controle
EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
HIV
Programas de Troca de Agulhas
Drogas Ilícitas
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/transmissão
Limites: Humanos
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 616.97(81), B823m, (Série Manuais nº 42). 1216


  6 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-606598
Autor: Elias, Lucília de Almeida; Bastos, Francisco Inacio.
Título: Saúde pública, redução de danos e a prevenção das infecções de transmissão sexual e sanguínea: revisão dos principais conceitos e sua implementação no Brasil / Public health, damage containment and the prevention of blood-borne and sexually transmitted infections: a review of the core concepts and their implementation in Brazil
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;16(12):4721-4730, dez. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo aborda o contexto histórico e o marco conceitual da implantação dos programas de redução de danos no campo da saúde pública, com ênfase nos programas brasileiros. A presente revisão teve como objetivo principal investigar a pertinência atual de tais programas no enfrentamento das infecções de transmissão sexual e sanguínea, em especial, a AIDS e a hepatite C. Os resultados sistematizados pela literatura nacional e internacional indicam que as ações práticas de redução de danos são mais efetivas quando integradas a outras medidas de saúde pública, guiadas por princípios em comum. Iniciativas de redução de danos afinadas com princípios de saúde pública não se prendem a modelos, nem se esgotam em cuidados de saúde propriamente ditos. Abrangem diversas modalidades de ações pragmáticas, com base em políticas públicas, devem estar em sintonia com a comunidade desde seu planejamento, e serem executadas em parceria com esta.

This article assesses the historical context and the conceptual frame of setting up damage containment programs in the field of public health, with special emphasis on the Brazilian experience. The survey seeks to assess the relevance of such programs in the ongoing efforts to curb the spread of blood-borne and sexually transmitted infections, especially AIDS and hepatitis C. Findings from both the Brazilian and the international literature demonstrate that practical damage containment initiatives tend to be more effective when integrated with other public health measures based on common goals. Damage containment initiatives, aligned with the basic principles of public health do not limit themselves to a priori models or health care per se. They encompass a variety of pragmatic measures based on public policies and should be in line with the demands of the communities since the moment of their inception and implemented in the context of full partnership with such communities.
Descritores: Patógenos Transmitidos pelo Sangue
Controle de Infecções
Saúde Pública
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
-Brasil
Programas de Troca de Agulhas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-527609
Autor: Dias, Aline Inglez de Souza.
Título: Políticas de redução de danos no Brasil e as lições aprendidas de um modelo americano / Harm-reduction policies in Brazil and the lessons learned from an american model.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2008. 105 p. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As políticas públicas voltadas para o consumo de drogas no Brasil, durante muito tempo enfatizaram a repressão, mantendo o uso de drogas basicamente atrelado ao campo da justiça. Nesse cenário, pouco espaço restava para o exercício da saúde pública. Nesse sentido, as ações de redução de danos desempenharam um papel central no campo da saúde pública. Contudo, é importante destacar que os resultadosdas estratégias da redução de danos estão circunscritos ao campo da saúde, não interferindo com outros problemas significativos relacionados ao consumo de drogas tais como: tráfico, crime organizado, lavagem de dinheiro e sobrecarga do sistema penitenciário. Tendo em vista o cenário nacional e internacional das políticas sobre drogas e da redução de danos, pretendemos trabalhar na linha de lições aprendidas,registrando e discutindo as práticas observadas em um modelo americano de pesquisa e atendimento aos UDI: o UFO (You Find-Out) Study. Nesse sentido, foram considerados aspectos tais como acesso ao usuário, aderência aos serviços, dificuldades de financiamento e avaliação de resultados. As etapas do estudo envolveram pesquisa documental, observação sistemática do trabalho com a elaboração de um diário de campo, participação em reuniões de equipe e entrevistas com informantes chave. A partir desse estudo, destacamos algumas características doprojeto UFO que poderiam contribuir para a formulação de políticas de redução de danos no cenário brasileiro. O UFO parece ser um bom exemplo de aplicação de iniciativas de redução de danos associadas à pesquisa, no atendimento a usuários de drogas injetáveis. O projeto tem obtido relativo sucesso no acesso e adesão dessapopulação, que de outra forma, talvez não tivesse meios de acessar serviços sociais e de saúde e, conseqüentemente, diminuir os riscos e danos associados ao uso injetável de drogas.
Descritores: Prevenção de Doenças
Redução do Dano
Política de Saúde
Drogas Ilícitas
-Anfetaminas/efeitos adversos
Bebidas Alcoólicas/efeitos adversos
Metanfetamina/efeitos adversos
Programas de Troca de Agulhas
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; R362.29, D541p


  8 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ribeiro, José Mendes
Texto completo
Id: lil-458299
Autor: Fonseca, Elize Massard da; Nunn, Amy; Souza-Junior, Paulo Borges; Bastos, Francisco Inácio; Ribeiro, José Mendes.
Título: Descentralização, AIDS e redução de danos: a implementação de políticas públicas no Rio de Janeiro, Brasil / Decentralization, AIDS, and harm reduction: the implementation of public policies in Rio de Janeiro, Brazil
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;23(9):2134-2144, set. 2007. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo avalia como a descentralização dos recursos e ações do Programa Nacional de DST e AIDS influenciou as transferências de recursos para os programas de prevenção ao HIV/AIDS entre usuários de drogas injetáveis no Rio de Janeiro, Brasil (1999-2006). Foram avaliados os efeitos da política de descentralização sobre as transferências de recursos para os Programas de Redução de Danos (PRD) no Rio de Janeiro. A descentralização das transferências para os PRD no Rio de Janeiro se efetivou em 2006, com a virtual supressão do financiamento federal direto, obrigando estes programas a buscarem fontes alternativas de financiamento. Constata-se uma fragilidade dos PRD no Estado, agravada pela redução recente do volume de recursos. Dos 22 programas, existentes em 2002, o Estado passou a contar, em 2006, com apenas dois programas, financiados pelo Estado e por um município. A descontinuidade dessas ações pode vir a favorecer a reemergência da epidemia de AIDS nesta população, o que reclama um processo de descentralização mais gradual e melhor pactuado dessas iniciativas.

This paper assesses how decentralization of resources and initiatives by the Brazilian National SDT/AIDS Program has impacted the transfer of funds for programs to prevent HIV/AIDS among injecting drug users in Rio de Janeiro, Brazil (1999-2006). The effects of the decentralization policy on Rio de Janeiro's Syringe Exchange Programs (SEPs) are assessed in detail. Decentralization effectively took place in Rio de Janeiro in 2006, with the virtual elimination of any direct transfer from the Federal government. The elimination of direct transfers forced SEPs to seek alternative funding sources. The structure of local SEPs appears to be weak and has been further undermined by current funding constraints. Of 22 SEPs operating in 2002, only two are still operational in 2006, basically funded by the State Health Secretariat and one municipal government. The current discontinuity of SEP operations may favor the resurgence of AIDS in the IDU population. A more uniform, regulated decentralization process is thus needed.
Descritores: Redução do Dano
Infecções por HIV/prevenção & controle
Alocação de Recursos para a Atenção à Saúde/economia
Programas Nacionais de Saúde/normas
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Política Pública
-Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/economia
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
Brasil
Assistência à Saúde/normas
Financiamento Governamental
Reforma dos Serviços de Saúde
Implementação de Plano de Saúde
Infecções por HIV/economia
Alocação de Recursos para a Atenção à Saúde/normas
Programas de Troca de Agulhas/economia
Programas de Troca de Agulhas/normas
Formulação de Políticas
Abuso de Substâncias por Via Intravenosa/prevenção & controle
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-438322
Autor: Lima, Maria Angélica Mariottini de; Justo, Luís Pereira; Formigoni, Maria Lúcia de Oliveira Souza.
Título: Troca de seringas na cidade de São Paulo: uma estratégia de redução de danos para usuários de drogas injetáveis / Needle exchange in São Paulo city: a harm reduction strategy for injection drug users
Fonte: J. bras. psiquiatr;54(4):286-292, out.-dez. 2005. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Realizar uma revisão da literatura sobre a troca de seringas como estratégia de redução de danos (RD) e relatar a implantação de um programa desse tipo no município de São Paulo. Método: a) Busca: bases de dados como a Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scielo e Medline; livros; sites de Ministério da Saúde, Prefeitura Municipal de São Paulo, Google e Reduc; Jornal DST/AIDS - Cidade de São Paulo; Boletim Epidemiológico de AIDS do Município de São Paulo e informações de especialistas da área; b) entrevistas com três membros envolvidos no Projeto de Redução de Danos da Cidade de São Paulo, unidade Butantã (PRD Sampa). Resultados: A revisão da literatura sugere que os programas de troca de seringas realizados em outros países estão contribuindo para a diminuição da incidência de contaminação por HIV entre os usuários de drogas injetáveis. Embora os dados não tenham sido colhidos a partir de estudos sistematizados, os indicadores epidemiológicos da prefeitura de São Paulo sugerem redução do número de novos casos de HIV positivo após a implantação do programa. Conclusões: Faz-se necessária uma sistematização do processo de avaliação para comprovar a efetividade desse tipo de programa.
Descritores: Abuso de Substâncias por Via Intravenosa/complicações
Brasil
Redução do Dano
Higiene
Infecções por HIV/epidemiologia
Infecções por HIV/prevenção & controle
Infecções por HIV/transmissão
Programas de Troca de Agulhas
Uso Comum de Agulhas e Seringas/efeitos adversos
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  10 / 26 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-424983
Autor: Burrows, Dave.
Título: Advocacy and coverage of needle exchange programs: results of a comparative study of harm reduction programs in Brazil, Bangladesh, Belarus, Ukraine, Russian Federation, and China
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;22(4):871-879, abr. 2006. tab.
Idioma: en.
Resumo: Para prevenir ou mitigar uma epidemia de AIDS entre usuários de drogas injetáveis (UDI), atividades eficazes devem ser implementadas numa escala suficiente para atingir e ajudar um número suficiente de usuários e, portanto, modificar seus comportamentos de risco em relacão ao uso de drogas e práticas sexuais. Um estudo recente do UNAIDS sobre "locais de cobertura alta", ao adotar as estratégias propostas acima, demonstrou que um dos elementos centrais para atingir uma cobertura alta é a advocacy permanente e bem-elaborada. Locais de reducão de danos que apresentavam altas taxas de cobertura foram estudados através de uma revisão bibliográfica e visitas aos locais de maior cobertura, incluindo entrevistas com informantes principais, revisão de dados estatísticos dos servicos e análise de dados para poder documentar os passos que levaram à ampliacão do alcance dos projetos, à definicão da cobertura dos programas e às licões aprendidas. Os programas de reducão de danos podem alcancar uma ampla cobertura de UDI. Além da coleta de dados rotineiros, os programas devem monitorar os projetos para definir o alcance sistemático (ou seja, dos UDI que estão em contato permanente com os servicos de reducão de danos). A advocacy é fundamental para alcancar taxas de cobertura altas.
Descritores: Programas de Troca de Agulhas
Formulação de Projetos
Abuso de Substâncias por Via Intravenosa
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
-Assunção de Riscos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde