Base de dados : LILACS
Pesquisa : N02.421.800 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 149 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 149 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119087
Autor: Weller, Silvana; Trillo, Fabiana; Mazur, Viviana; Capresi, Ángeles; Pistani, Laura; Carones, María Laura; Rojo, Agustín; Giorgetti, Graciela; Portnoy, Fabián.
Título: Salud sexual y reproductiva en la Ciudad de Buenos Aires: Situación y respuesta 2019 / Sexual and reproductive health in the City of Buenos Aires: Situation and response 2019.
Fonte: Buenos Aires; s.n; ago. 2020. 75 p. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Actualización de los avances ocurridos durante el año 2019, relacionados con las acciones de la Coordinación Salud Sexual, Sida e ITS, del Ministerio de Salud del Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires, destinada principalmente al equipo de salud involucrado en la política de salud sexual y reproductiva de la Ciudad. Continúa el modelo de análisis del informe 2016-2018, basado en las dimensiones: Determinantes (elementos que dan cuenta del contexto en el que se desarrolla la respuesta ), Población (indicadores que permiten caracterizar la población objetivo de la política pública), Acciones Programáticas (desarrollo institucional del Programa), y Utilización de los servicios (encuentro entre el sistema de salud y las personas usuarias). Incluye un documento anexo que presenta, a modo de Resumen Ejecutivo, una tabla que permite observar el comportamiento de algunos indicadores seleccionados para los años 2016-2019.
Descritores: Comportamento Sexual/estatística & dados numéricos
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
Doenças Sexualmente Transmissíveis/epidemiologia
Coeficiente de Natalidade
Dispositivos Anticoncepcionais/provisão & distribução
Serviços de Saúde Reprodutiva/provisão & distribução
Serviços de Saúde Reprodutiva/estatística & dados numéricos
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Saúde Sexual e Reprodutiva
Serviços Públicos de Saúde/estatística & dados numéricos
Acesso aos Serviços de Saúde/organização & administração
Acesso aos Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR494.1 - Centro de Documentación en Salud
AR494.1; CEDOS/CD 5


  2 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-724590
Autor: Ccosi Ttito, Helber David.
Título: Factores asociados a infertilidad en pacientes atendidos en el Servicio de Reproducción Humana del Hospital Nacional Dos de Mayo Enero 2011 a Diciembre 2012 / Factors associated with infertility in patients treated in the Service of Human Reproduction at the National Hospital Dos de Mayo from January 2011 to December 2012.
Fonte: Lima; s.n; 2013. 51 p. tab, graf.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Facultad de Medicina para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: Objetivo: Determinar los factores asociados a infertilidad en pacientes atendidos en el servicio de Reproducción Humana del Hospital Nacional Dos de Mayo de Enero 2011 a Diciembre 2012. Material y métodos: Se realizó un estudio observacional, descriptivo, retrospectivo y transversal. Se revisaron 465 historias clínicas de pacientes que ingresaron con el diagnostico de Infertilidad en el servicio de Reproducción Humana del Hospital Nacional Dos de Mayo en el periodo correspondiente al estudio. Los datos fueron ingresados en una base de datos en el programa Excel 2007 a partir del cual se realizó el análisis estadístico descriptivo, se realizó pruebas Chi cuadrado cuando fueron apropiadas, se consideró a una p<0,05 como una relación estadísticamente significativa, para lo cual se usó el programa SPSS V.15. Resultados: En el estudio realizado se obtuvo una prevalencia del 48.9 por ciento, el 77.4 por ciento presentaba infertilidad femenina, 16.1 por ciento infertilidad mixta, 6.5 por ciento infertilidad masculina, no se encontró relación estadísticamente significativa. La edad más frecuente de infertilidad fue de 35 a 40 años (32.9 por ciento), se encontró relación estadísticamente significativa para los pacientes entre los 25 y 45 años. El 56.8 por ciento presentaron infertilidad secundaria y el 43.2 por ciento infertilidad primaria. Dentro de los factores asociados femeninos el 58.03 por ciento fueron ovulatorios, 23.8 por ciento tubáricos y 18.13 por ciento uterinos, se encontró relación estadísticamente significativa para los factores femeninos ovulatorios y tubáricos. De las causas ovulatorias el 31.6 por ciento presentó disfunción ovárica, de las causas tubáricas el 16.58 por ciento presento obstrucción de trompas uterinas y de las causas uterinas el 14.51 por ciento presentaron miomas intramurales. De los pacientes que presentaban infertilidad masculina el 100 por ciento tenían anormalidades espermáticas, de ellas el 45 por ciento presentó...
Descritores: Infertilidade/etiologia
Medicina Reprodutiva
Serviços de Saúde Reprodutiva
-Estudo Observacional
Estudos Retrospectivos
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: PE13.1 - Oficina de Biblioteca, Hemeroteca y Centro de Documentación
PE13.1; ME, WP, 570, C41, ej.1. 010000093258; PE13.1; ME, WP, 570, C41, ej.2. 010000093259


  3 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-759039
Autor: Bilac, Elisabete Dória(org); Rocha, Maria Isabel Baltar da Rocha(org).
Título: Saúde reprodutiva na América Latina e no Caribe: temas e problemas / Reproductive health in Latin America and the Caribbean: issues and problems.
Fonte: São Paulo; Editora 34; 1998. 487 p. tab, mapas, graf.
Idioma: pt.
Descritores: América Latina
Saúde Reprodutiva
Saúde Sexual
Saúde Sexual e Reprodutiva
Serviços de Saúde Reprodutiva
Limites: Humanos
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação


  4 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-541285
Autor: Oliveira, Maria Coleta de(org).
Título: Cultura, adolescencia e saúde: Argentina, Brasil e México / Culture, Adolescence and saúde: Argentina, Brazil and Mexico.
Fonte: Campinas; CEDES;COLMEX;NEPO;UNICAMP; 2000. 160 p.
Idioma: es; pt.
Descritores: Serviços de Saúde do Adolescente
Saúde do Adolescente
Serviços de Saúde Reprodutiva
Responsável: AR492.1 - Biblioteca CI- CEDES
AR492.1; 618, Ol41, Ej 1; AR492.1; 618, Ol41, Ej 2


  5 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-662826
Autor: Zambenedetti, Gustavo.
Título: Sala de espera como estratégia de educação em saúde no campo da atenção às doenças sexualmente transmissíveis / The waiting room as a health education strategy in the field of sexually transmitted diseases prevention and care
Fonte: Saúde Soc;21(4):1075-1086, out.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta e discute uma experiência de sala de espera no âmbito da atenção às doenças sexualmente transmissíveis - DST, desenvolvida em um serviço especializado na atenção às DST, localizado em Porto Alegre-RS. O objetivo da sala de espera foi oferecer uma possibilidade de prevenção e educação em saúde, tendo por base uma abordagem participativa e problematizadora, buscando diferenciar-se da lógica prescritiva, centrada na transmissão de informação, hegemonicamente presente nos serviços de saúde. A atividade ocorreu diariamente, antecedendo a consulta médica de homens que procuravam o serviço para atendimento relacionado às DST. Entendida como uma atividade relativa ao campo de competências profissionais (Campos, 2002), foi coordenada por duplas de residentes multiprofissionais (Psicólogos, Nutricionistas, Enfermeiros e Assistentes Sociais). A abordagem da sala de espera utilizou-se das contribuições da prática do aconselhamento em HIV/Aids, buscando trabalhar com aspectos afetivos/emocionais, informativos e avaliação de riscos. Através de uma perspectiva problematizadora, buscou-se interrogar e colocar em análise as relações que as pessoas estabelecem com a sexualidade, as DST e o uso do preservativo. Esta intervenção propiciou maior acesso a informações (sobre as DST, insumos de prevenção, tratamento e testagem anti-HIV) e discussão sobre aspectos relacionados às repercussões das DST na vida afetiva e sexual, reconfigurando o momento de espera em um momento de prevenção e educação em saúde.
Descritores: HIV
Aconselhamento Sexual
Assistência Integral à Saúde
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Educação em Saúde
Medicina Reprodutiva
Serviços de Saúde Reprodutiva
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Testes Anônimos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  6 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933316
Autor: Bastos de Paula, Silvia Helena.
Título: Avaliação de serviços básicos de saúde para a mulher: doenças sexualmente transmissíveis e o cuidado sob a perspectiva da complexidade.
Fonte: São Paulo; s.n; 2008. [216] p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Discute-se o cuidado com a saúde das mulheres na prevenção e assistência às doenças sexualmente transmissíveis (DST), nos serviços de atenção básica do Sistema Único de Saúde na cidade de São Paulo. O propósito foi avaliar este cuidado sob a ótica dos princípios da complexidade, segundo Edgar Morin. Método: Estudo com abordagem qualitativa e transversal, com triangulação de dados, realizado em 2007 em três unidades básicas de saúde (UBS), da cidade de São Paulo. Realizou-se observação, levantamento nos laudos de exames de Papanicolaou emitidos de janeiro a junho de 2007, entrevistas com profissionais e grupo focal com usuárias, com roteiro semi-estruturado e de grupo focal. Para interpretação, buscou-se apoio nos três princípios do pensamento complexo: dialógico, da recursividade organizacional e da representação hologramática. Resultados: Nas UBS observadas, o exame de Papanicolaou é entregue depois de 30 a 40 dias de sua realização e dos 4779 exames, 58% registrou a presença de HPV (1,2%), Tricomoníase (3,3%) Gardnerella (40,4%) Candidiases (8,6%) cocos e bacilos (46%) em média nos três serviços. Considerações: Os indicadores em uso assinalam ainda marcada visão linear do cuidado, ou seja, o dado quantitativo não leva em conta os movimentos de recursividade entre o serviço, o profissional e a usuária, nem as questões dialógicas relativas à mortalidade, prevalência de DST e iniciativas de gerência e de profissionais para a criação de novas estratégias de atendimento. Propõe-se um conjunto de sinalizadores como contribuição a um método de planejar as ações e a organização do cuidado com base nas ocorrências negativas encontradas e a inclusão no planejamento e na avaliação da contribuição de usuárias, tornando-se um indicador para a atenção à mulher, sob a característica de cuidado complexo e culturalmente aceitável.
Descritores: Avaliação de Processos e Resultados em Cuidados de Saúde
Pesquisa Qualitativa
Serviços de Saúde Reprodutiva
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Saúde da Mulher
Limites: Feminino
Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, B327a, 2008


  7 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933171
Autor: Castro, Cláudia Medeiros de.
Título: Questões psicossociais em novas tecnologias reprodutivas: estudo qualitativo em um serviço público de reprodução humana assistida.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 116 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Questões polêmicas relativas às novas tecnologias reprodutivas (NTR) têm sido discutidas por estudiosos de diversas áreas (bioética, psicologia, sociologia). As NTR têm sido também objeto de reivindicação de movimentos sociais. Algumas das questões do debate atual são: a necessidade de controle social dos serviços de reprodução humana assistida; as novas configurações familiares; as motivações psicológicas para a maternidade; a autonomia, a beneficência e a justiça nas escolhas reprodutivas; a possibilidade de pessoas com HIV utilizarem as NTR. A pesquisa teve como objetivo geral conhecer as percepções dos profissionais de um serviço de reprodução humana assistida de um hospital público paulista a respeito da prática assistencial do serviço. O objetivo específico foi conhecer suas considerações sobre os atuais temas polêmicos que envolvem as NTR, especialmente a utilização destas por pessoas soropositivas para o HIV.Foi adotada a metodologia qualitativa de pesquisa, com a utilização de três técnicas: análise documental (sobre o funcionamento do hospital); observação (grupos de casais); entrevistas semi-estruturadas com profissionais da equipe. A análise documental proporcionou dados sobre o hospital e sobre o setor de reprodução humana assistida (números de leitos, atendimentos e procedimentos). A observação dos grupos de casais forneceu informações sobre o fluxo do setor. As entrevistas possibilitaram a elaboração de uma matriz de análise com três grandes temas e respectivos subtemas: especificidades do serviço de reprodução humana (defesa da existência do serviço, necessidadede orientação/aconselhamento, avaliação positiva do serviço); motivos da busca pelas NTR (direito de engravidar, novas configurações familiares, mudança no estilo de vida das mulheres); novas tecnologias reprodutivas e soropositividade para o HIV (demanda de pessoas soropositivas para HIV pelas NTR, razões pelas quais o serviço não oferece o acesso aos soropositivos ...
Descritores: Bioética
Soropositividade para HIV
Psicologia Social
Serviços de Saúde Reprodutiva
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, C355q, 2006


  8 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-512968
Autor: Galastro, Elizabeth Perez.
Título: O lugar dos homens em um serviço de saúde reprodutiva: uma análise de gênero / The health professionals´conceptions about man´s participation in the different aspects of the reproductive process.
Fonte: são Paulo; s.n; 2005. 150 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo analisar as concepções dos profissionais de saúde sobre a participação do homem nos diferentes aspectos do processo reprodutivo. Os eixos teóricos foram a Teoria das Representações Sociais e Gênero...
Descritores: Comportamento Reprodutivo
Homens
Identidade de Gênero
Serviços de Saúde Reprodutiva
-Pesquisa Qualitativa
Serviços de Planejamento Familiar
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-WA550, GALU


  9 / 149 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-486362
Autor: Oliveira, Thays Cristina de; Carvalho, Liliane Pinto; Silva, Marysia Alves da.
Título: O enfermeiro na atenção à saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes / Enfermero en la atención a la salud sexual y reproductiva de los adolescentes / Nurse in the attention of sexual and reproductive health of the adolescents
Fonte: Rev. bras. enferm;61(3):306-311, maio-jun. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo busca compreender a participação dos enfermeiros na atenção à saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes, a forma de acolhimento nas unidades de saúde e a perspectiva da integralidade no processo. A abordagem é qualitativa e o instrumento, a entrevista não estruturada. Os sujeitos são enfermeiros que atuam nas UBS. Os resultados apontam para atendimentos individuais conforme a demanda, e grupais, como em escolas. A integralidade é motivo de preocupação para os enfermeiros, devido aos limites de tempo, capacitação e recursos. Recomendamos novos estudos com base epidemiológica voltados para esse grupo e sobre a participação dos enfermeiros e população nos Conselhos Locais de Saúde, para discussão dos problemas e melhor resolutividade.

The study aimed at understanding the participation of nurses in the attention of sexual and reproductive health of the adolescents, how they are attended in health units and the perspective of the completeness in the process. The apprach is qualitative and a non-structured interview as used for data collection. Results point to individual attendance according to the demand, and occasional, as in schools. Integrality is the reason of major concern the nurses, due to the limitations of time, qualification and resources. We recommend new studies with epidemiological base toward this group and about the participation of the nurses and population in the Local Health Councils to discus the problems and provide a better resolution.

El estudio busco entender la participación de las enfermeras en la atención a la salud sexual y reproductiva de los adolescentes, la forma de atención en las unidades de salud y la perspectiva de la integralidad en el proceso. La abordaje es cualitativa y el instrumento de la entrevista fue no estructurada. Los resultados señalan con respecto a atendimientos individuales como la demanda, y ocasional, como en escuelas. La atención integral es razón de la preocupación por las enfermeras, por lo tanto los límites del tiempo, calificación y de recursos. Recomendamos nuevos estudios con fundamento epidemiologico para esto grupo y en la participación de las enfermeras y de la población en lo Consejo Local de Salud, para mejorar la discusión y garantizar mejor resolutividad.
Descritores: Serviços de Saúde do Adolescente
Papel do Profissional de Enfermagem
Serviços de Saúde Reprodutiva
Sexualidade
Limites: Adolescente
Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 149 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-470807
Autor: Galastro, Elizabeth Perez; Fonseca, Rosa Maria Godoy Serpa da.
Título: A participação do homem na saúde reprodutiva: o que pensam os profissionais de saúde / Participation of men in reproductive health: what health professionals think
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;41(3):454-459, set. 2007.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo avaliar as concepções dos profissionais de saúde sobre a participação do homem nos diferentes aspectos do processo reprodutivo. Os dados foram coletados em um hospital filantrópico da periferia de Belo Horizonte-MG, mediante uma oficina de trabalho. Aqui é apresentado o tema O lugar dos homens no serviço de saúde reprodutiva, parte dos dados do estudo. Foi possível verificar que o homem acompanha sua mulher e o filho nos vários setores dos serviços, porém, mostra-se ausente nas situações de pós-aborto e doação do filho. A precária infra-estrutura física e material do serviço tem sido um dos maiores obstáculos para a assistência integral.

This survey was aimed at analyzing health professionals' concepts concerning male participation in the different aspects of the reproductive process. The data were collected in a philanthropic hospital in the outskirts of Belo Horizonte, in the State of Minas Gerais, by means of a workshop whose theme was: "Men's place in the reproductive health service". The data obtained are part of the results of this study. It was possible to observe that men go with their partners and children to many of the service's sectors, but are absent in situations like post-abortion and child donation for adoption. One of the main obstacles for full assistance has been the precarious physical and material infrastructure of the services.

Esta pesquisa tuvo como objetivo analizar las concepciones de los profesionales de salud, sobre la participación del hombre en los distintos aspectos del proceso reproductivo. Los datos fueron recogidos en un hospital filantrópico de la periferia de Belo Horizonte, Minas Gerais, mediante un taller de trabajo. Aquí se presenta el tema "el lugar de los hombres en el servicio de la salud reproductiva", que es parte de los resultados del estudio. Fue posible verificar que el hombre acompaña a la mujer y al hijo en los varios sectores del trabajo de la salud, pero que él se muestra ausente en las situaciones del pos-aborto y de la donación del hijo. Uno de los mayores obstáculos para que consigamos una asistencia integral es la precaria infraestructura física y material del servicio.
Descritores: Atitude do Pessoal de Saúde
Homens
Serviços de Saúde Reprodutiva
Papel (figurativo)
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde