Base de dados : LILACS
Pesquisa : N03.219.151 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 941 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 95 ir para página                         

  1 / 941 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096413
Autor: Fernandes, Roberta Arinelli; Ribeiro-Pereira, Ana Carolina Padula; Decimoni, Tassia; Ferrarezzo, Franciele; Zillmer, Vinicius Danzmann; Aquino, Joyce Tarabay Lopes.
Título: Tratamento do HIV/AIDS no Brasil: impacto da adesão sobre a utilização de recursos e custos / HIV/AIDS treatment in Brazil: impact of adherence on resource utilization and costs
Fonte: J. bras. econ. saúde (Impr.) = Braz. j. health econ.;12(1):81-87, Abril/2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Determinar o impacto da adesão ao tratamento antirretroviral sobre a utilização de recursos e custos relacionados ao manejo do HIV/AIDS no Brasil. Métodos: Uma revisão sistemática da literatura foi conduzida em dezembro/2019. Foram incluídos estudos com pacientes adultos, brasileiros, com diagnóstico de HIV/AIDS, que apresentassem dados de adesão terapêutica, utilização de recursos e custos associados ao tratamento. Resultados: Foram localizadas 964 referências, três delas elegíveis para inclusão. O custo total foi estimado em 227.362,00 BRL em seis meses (N = 100 ­ custos diretos e indiretos) e em 579.264,80 BRL por ano (N = 157 ­ custos diretos) em indivíduos aderentes ao tratamento. Já em 40 pacientes não aderentes, o custo total estimado, considerando apenas os custos diretos, foi de 136.023,25 BRL por ano. Ao padronizar essas estimativas pelo período de análise e tamanho amostral, pacientes não aderentes demonstram um menor custo total quando comparados àqueles aderentes ao tratamento [170.029,06 BRL (custos diretos) versus 184.479,24 BRL (custos diretos) e 227.362,00 BRL (custos diretos e indiretos)]. No entanto, o grupo de pacientes não aderentes ao tratamento demonstrou maior custo, com diferença estatisticamente significativa para consultas e necessidade de internação hospitalar. A razão de custo-efetividade incremental para indivíduos aderentes à terapia antirretroviral (7.622 BRL por resposta clínica) foi menor quando comparada ao grupo de indivíduos não aderentes (9.716 BRL por resposta clínica). Conclusões: Apesar da escassez de estudos que avaliem a relação entre a adesão ao tratamento e os custos com o manejo do HIV/AIDS no Brasil, os achados corroboram a hipótese de que a não adesão ao tratamento pode gerar um maior custo.

Objective: To determine the impact of adherence to antiretroviral treatment on resource utilization and costs in the management of HIV/AIDS patients in Brazil. Methods: A systematic review was conducted in December 2019. Eligibility criteria considered Brazilian adults with HIV/AIDS, presenting data on treatment adherence, resource utilization, and treatment-associated costs. Results: The search retrieved 964 references and three were eligible for inclusion. Total cost was estimated at 227,362.00 BRL in six months (N = 100 ­ direct and indirect costs) and 579,264.80 BRL per year (N = 157 ­ direct costs) in individuals adhering to the treatment. In 40 non-adherent patients, estimated total cost, considering only direct costs, was 136,023.25 BRL per year. When estimates were standardized by the analysis period and sample size, non-adherent patients demonstrate a lower total cost when compared to those adhering to the treatment [170,029.06 BRL (direct costs) versus 184,479.24 BRL (direct costs) and 227,362.00 BRL (direct and indirect costs)]. However, the group of patients who did not adhere to the treatment showed a higher cost, with a statistically significant difference, for consultations and the need for hospitalization. Incremental cost-effectiveness ratio for adherent (7,622 BRL per clinical response) was smaller when compared to non-adherent group (9,716 BRL per clinical response). Conclusions: Despite the scarcity of studies evaluating the relationship between adherence to treatment and costs with the management of HIV/AIDS in Brazil, data found corroborates the hypothesis that non-adherence to treatment may be associated with higher costs.
Descritores: Infecções por HIV
Cooperação do Paciente
Custos e Análise de Custo
Antirretrovirais
Responsável: BR600 - DESD - Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento


  2 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096412
Autor: Telheiro, Viviane Silva; Veras, Bruna Medeiros Gonçalves de; Saturnino, Luciana Tarbes Mattana.
Título: Custo direto da judicialização dos sistemas de infusão contínua de insulina (Sici) no município do Rio de Janeiro / Direct cost of the judicialization of continuous insulin infusion systems (Sici) in the city of Rio de Janeiro
Fonte: J. bras. econ. saúde (Impr.) = Braz. j. health econ.;12(1):71-80, Abril/2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Estimar o custo direto anual da judicialização dos sistemas de infusão contínua de insulina (Sici), no município do Rio de Janeiro, entre 2015 e 2017, e analisar as características dos processos relacionados à referida tecnologia. Métodos: Estudo transversal descritivo que analisou os pareceres técnicos emitidos pelo Núcleo de Assessoria Técnica em Ações de Saúde e os respectivos processos judiciais. As informações relacionadas aos custos foram provenientes do relatório de solicitação de empenho da Central de Atendimento às Demandas Judiciais do Estado do Rio de Janeiro e de orçamentos fornecidos pelos fabricantes/distribuidores. Resultados: Foram avaliados 189 processos emitidos. A média de idade dos autores dos processos foi de 25,1 anos e 57,1% eram do sexo feminino. Em 98 casos (51,9%), o documento utilizado no processo foi proveniente de médicos da rede pública de saúde. O juiz deferiu o pleito em 153 processos (80,9%). De um total de 75 médicos prescritores, nove foram responsáveis por 43,9% das prescrições, demonstrando uma concentração das prescrições em determinados profissionais. O valor estimado de custo direto acumulado (2015- 2017) decorrente da judicialização dos Sici, no município do Rio de Janeiro, corresponde a R$ 6,9 milhões, o que representa 6,7% dos gastos de judicialização da saúde no mesmo período. Conclusão: Considerando que a tecnologia analisada é recorrentemente judicializada, os dados coletados podem gerar informações úteis para os gestores governamentais da área da saúde, na avaliação da eficiência na alocação dos recursos públicos, para os profissionais que trabalham na assistência judiciária e para os juízes.

Objective: To estimate the annual direct cost of the Judicialization of Continuous Insulin Infusion Systems (Sici), in the city of Rio de Janeiro, between 2015 and 2017. Methods: It is a cross sectional study that analyzed the technical opinions on the Sici issued by the Core of Technical Advice on Health Actions and the respective judicial processes. The information related to the costs was obtained from the Report of Request for Compromise provided by the Center of Attendance to the Lawsuits of the state of Rio de Janeiro and budgets of the manufacturer /distributors. Results: There were 189 processes and the average age of the authors was 25.1 years and that the majority was female (57.1%). In 98 cases (51.9%) the document used in the process came from doctors of the public health network. The judge granted the suit in 153 cases (80.9%). Nine physicians were responsible for 43.9% of the prescriptions, out of a total of 75 prescribing physicians, demonstrating a concentration of prescribing physicians. The estimated value of accumulated direct cost (2015-2017), due to the Sici's judicialization in the city of Rio de Janeiro, corresponds to R$ 6.9 million, which represents 6.7% of health care expenditures in the same period. Conclusion: Considering that the technology under review is repeatedly judicialized, the data collected can generate useful information to public healthcare decision makers, the evaluation of efficiency in the allocation of public resources, and professionals working in legal aid or for the judges themselves.
Descritores: Sistemas de Infusão de Insulina
Custos e Análise de Custo
Judicialização da Saúde
Responsável: BR600 - DESD - Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento


  3 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096408
Autor: Pasquini Netto, Harli; Ramires, Yohanna; Aguiar, Bianca Fontana; Lind, Jolline; Gajardo, Priscila Del Pilar Arriagada; Ramos, Moacir Pires; Rocha, Jaime Luis Lopes.
Título: Custo-minimização da troca entre imunoglobulinas de diferentes vias e marcas: sustentabilidade relacionada ao tratamento na saúde suplementar / Cost minimizing the switching between immunoglobulin of different routes and brands: of treatment-related in the supplementary health
Fonte: J. bras. econ. saúde (Impr.) = Braz. j. health econ.;12(1):32-38, Abril/2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar custo-minimização da troca entre as versões intravenosa (IVIg) e subcutânea (SCIg) das imunoglobulinas (Ig) em operadora de saúde com mais de 500.000 vidas. Métodos: Estudo retrospectivo, transversal, descritivo, seguido de custo-minimização entre os pacientes que utilizaram IVIg, de 1º de outubro de 2018 a 30 de setembro de 2019. Simulou-se a troca entre as IVIg e SCIg, objetivando descrever a economia de uma hipotética substituição. Estabeleceram-se como critérios de exclusão: o não pagamento e a liberação com dose acima de 60.000 mg. Após exclusão, calcularam-se as despesas totais, somando-se os custos do produto e taxas de infusão. Resultados: Evidenciou-se que 133 pacientes, totalizando 1.175 liberações, utilizaram IVIg no período avaliado. Identificou-se a utilização de 34.797.500 mg de IVIg, por 10 especialidades, totalizando R$ 12.408.192,50 de despesas. Quando aplicada simulação, há uma potencial economia de recursos de até 29,83%, dependendo da SCIg escolhida. Conclusão: A análise econômica no tratamento com imunoglobulinas evidenciou significativa relevância, pois contribui com o uso adequado da terapêutica garantindo a sustentabilidade do sistema de saúde. Medicamentos subcutâneos apresentam-se como uma opção custo-minimizatória em comparação ao tratamento intravenoso para saúde suplementar brasileira.

Objective: Cost-minimization evaluation of the switch from intravenous (IVIg) to subcutaneous (SCIg) immunoglobulin (Ig) in a Brazilian Health Maintenance Organization (HMO), with more than 500.000 lives. Methods: This is a retrospective, transversal and descriptive study, followed by a cost-minimization analysis among patients using IVIg between 2018, October, 1st and 2019, September, 30th. The simulation was performed supposing the exchange from IVIg to SCIg, in order to calculate possible savings. Exclusion criteria: non-payment (gloss), and infusions with doses above 60.000 miligrams. After exclusion, total expenditures were calculated by summing product and infusion costs. Results: There were133 patients, with1,175 IVIg infusion events in the period evaluated. It was identified the use of 34,797,500 milligrams of IVIg, for 10 specialties, with R$ 12,408,192.50 of final expenditure. The simulation previews hypothetical reduction in the final cost of up to 29.83%, depending on the SCIg brand chosen. Conclusion: The economic analysis in the treatment with immunoglobulins showed significant relevance, as it contributes to the appropriate use of therapy ensuring the sustainability of the health system. Subcutaneous drugs are a cost-minimizing option compared to intravenous treatment for Brazilian HMOs.
Descritores: Imunoglobulina G
Medicina Baseada em Evidências
Custos e Análise de Custo
Saúde Suplementar
Administração Intravenosa
Responsável: BR600 - DESD - Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento


  4 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-897494
Autor: Danski, Mitzy Tannia Reichembach; Pedrolo, Edivane; Boostel, Radamés; Wiens, Astrid; Felix, Jorge Vinícius Cestari.
Título: Custos da infecção relacionada a cateter venoso central em adultos: revisão integrativa / Costos de la infección relacionada al catéter venoso central em adultos: revisión integradora / Costs of central venous catheter-related infections in adults: integrative review
Fonte: Rev. baiana enferm;31(3):e18394, 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo conhecer o impacto financeiro da infecção primária de corrente sanguínea para as organizações hospitalares. Método revisão integrativa desenvolvida nas bases de dados LILACS e EMBASE com MEDLINE, publicadas entre jun/2005 e jun/2015 com os descritores: cateteres venosos centrais, infecções relacionadas a cateter e custos e análises de custos. Resultados foram elencadas 13 publicações e houve predomínio de estudos de coorte retrospectiva, desenvolvidos na Europa ou Estados Unidos com pacientes críticos. O custo para um episódio de infecção variou de $24.090 até $34.544. Estudos europeus encontraram valores entre €16.814 e €29.909. A infecção aumentou os dias de internação entre 1,5 e 26 dias, e a mortalidade entre 1,8% e 34%. Conclusão as infecções relacionadas ao cateter representaram um custo elevado para as organizações hospitalares e, devido à discrepância entre os valores em diferentes países, há necessidade de avaliar o custo em cada realidade.

Objetivo conocer el impacto financiero de la infección primaria de corriente sanguínea para las organizaciones hospitalarias. Método revisión integradora desarrollada en las bases de datos LILACS y EMBASE con MEDLINE, publicadas entre jun/2005 y jun/2015 con los descriptores: catéteres venosos centrales, infecciones relacionadas a catéter y costos y análisis de costos. Resultados fueron listados 13 publicaciones y hubo predominio de estudios de cohorte retrospectiva, desarrollados en la Europa o Estados Unidos con pacientes críticos. El costo para un episodio de infección varió de $24.090 a $34.544. Estudios europeos encontraron valores entre €16.814 y €29.909. La infección aumentó los días de internación entre 1,5 y 26 días, y la mortalidad entre 1,8% y 34%. Conclusión las infecciones relacionadas al catéter representaron un costo elevado para las organizaciones hospitalarias y, debido a la discrepancia entre los valores en diferentes países, hay una necesidad de evaluar el costo en cada realidad.

Objective to know the financial impact of primary bloodstream infection for hospital organizations. Method integrative review carried out in the LILACS and EMBASE databases with MEDLINE, published between June 2005 and June 2015 with the descriptors: central venous catheters, catheter-related infections and costs and cost analyses. Results thirteen publications were included, and there was predominance of retrospective cohort studies conducted in Europe and the United States with critical patients. The cost for an episode of infection ranged from $ 24,090 to $ 34,544. European studies found values between €16,814 and €29,909. The infection increased the length of hospitalization between 1.5 and 26 days, and the mortality between 1.8% and 34%. Conclusion catheter-related infections incur a high cost for hospital organizations, and it is necessary to assess the cost in the case of each country because of discrepant values in different nations.
Descritores: Cateterismo Venoso Central
Infecção Hospitalar
Custos e Análise de Custo
Infecções Relacionadas a Cateter
Enfermagem Baseada em Evidências
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  5 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1101762
Autor: Nilson, Eduardo Augusto Fernandes; Andrade, Rafaella da Costa Santin; Brito, Daniela Aquino de; Oliveira, Michele Lessa de.
Título: Custos atribuíveis a obesidade, hipertensão e diabetes no Sistema Único de Saúde, Brasil, 2018 / Costs attributable to obesity, hypertension, and diabetes in the Unified Health System, Brazil, 2018 / Costos atribuibles a la obesidad, la hipertensión y la diabetes en el Sistema Único de Salud de Brasil, 2018
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;44:e32, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo. Estimar os custos atribuíveis a hipertensão arterial, diabetes e obesidade no Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil em 2018. Métodos. Realizou-se uma estimativa dos custos atribuíveis a doenças crônicas não transmissíveis a partir dos riscos relativos e das prevalências populacionais de hipertensão, diabetes e obesidade, considerando custos de hospitalizações, procedimentos ambulatoriais e medicamentos distribuídos pelo SUS para tratamento dessas doenças. As informações de custo foram obtidas nos sistemas de informação em saúde disponíveis no SUS. A análise explorou os custos das doenças segundo sexo e idade na população adulta. Resultados. Os custos totais de hipertensão, diabetes e obesidade no SUS alcançaram 3,45 bilhões de reais (R$) (IC95%: 3,15 a 3,75) em 2018, ou seja, mais de 890 milhões de dólares (US$). Desses custos, 59% foram referentes ao tratamento da hipertensão, 30% ao do diabetes e 11% ao da obesidade. No total, 72% dos custos foram com indivíduos de 30 a 69 anos de idade e 56%, com mulheres. Considerando separadamente a obesidade como fator de risco para hipertensão e diabetes, os custos atribuíveis a essa doença chegaram a R$ 1,42 bilhão (IC95%: 0,98 a 1,87), ou seja, 41% dos custos totais. Conclusões. As estimativas dos custos atribuíveis às principais doenças crônicas associadas à alimentação inadequada evidenciam a grande carga econômica dessas doenças para o SUS. Os dados mostram a necessidade de priorizar políticas integradas e intersetoriais para a prevenção e o controle da hipertensão, do diabetes e da obesidade e podem apoiar a defesa de intervenções como medidas fiscais e regulatórias para alcançar os objetivos da Década de Ação das Nações Unidas sobre Nutrição.(AU)

ABSTRACT Objective. To estimate the cost attributable to arterial hypertension, diabetes and obesity in the Unified Health System of Brazil in 2018. Method. The study estimated the cost attributable to non-communicable chronic diseases based on relative risk and population prevalence of hypertension, diabetes, and obesity, considering the cost of hospitalizations, outpatient procedures, and medications distributed by the SUS to treat these diseases. Cost data were obtained from SUS information systems. The analysis explored the cost of disease according to sex and age in the adult population. Results. The total cost of hypertension, diabetes, and obesity in the SUS reached R$ 3.45 billion (95%CI: 3.15-3.75) in 2018, that is, more than US$ 890 million. Of this amount, 59% referred to the treatment of hypertension, 30% to diabetes, and 11% to obesity. The age group from 30 to 69 years accounted for 72% of the total costs, and women accounted for 56%. When obesity was considered separately as a risk factor for hypertension and diabetes, the cost attributable to this diseases reached R$ 1.42 billion (95%CI: 0.98-1.87), i.e., 41% of the total cost. Conclusions. The estimates of costs attributable to the main chronic diseases associated with inadequate diet revealed a heavy economic burden of these disorders for the SUS. The data show the need to prioritize integrated and intersectoral policies for the prevention and control of hypertension, diabetes, and obesity, and may support the advocacy for interventions such as fiscal and regulatory measures to ensure that the objectives of the United Nations Decade of Action on Nutrition are met.(AU)

RESUMEN Objetivo. Estimar los costos atribuibles a la hipertensión arterial, la diabetes y la obesidad en el Sistema Único de Salud (SUS) de Brasil en el 2018. Métodos. Se estimaron los costos atribuibles a las enfermedades crónicas no transmisibles a partir de los riesgos relativos y de las tasas de prevalencia poblacional de hipertensión, diabetes y obesidad, teniendo en cuenta los costos de hospitalización, los procedimientos ambulatorios y los medicamentos distribuidos por el SUS para el tratamiento de esas enfermedades. Los datos de costos se obtuvieron en los sistemas de información de salud disponibles en el SUS. En el análisis se exploraron los costos de las enfermedades según el sexo y la edad de la población adulta. Resultados. Los costos totales atribuibles a la hipertensión, la diabetes y la obesidad en el SUS alcanzaron R$ 3,450 milliones (IC 95%: de 3,15 a 3,75) en el 2018, o sea, más de US$ 890 millones. De esos costos, 59% correspondió al tratamiento de la hipertensión, 30% al de la diabetes y 11% al de la obesidad. En total, 72% de los costos correspondieron a personas de 30 a 69 años y 56%, a mujeres. Al considerarse por separado la obesidad como factor de riesgo de hipertensión y diabetes, los costos atribuibles a esa enfermedad alcanzaron R$ 1.420 millones (IC 95%: de 0,98 a 1,87), o sea, 41% del total. Conclusiones. Las estimaciones de los costos atribuibles a las principales enfermedades crónicas relacionadas con la alimentación inadecuada ponen de manifiesto la pesada carga económica de esas enfermedades para el SUS. Los datos muestran la necesidad de priorizar políticas integradas e intersectoriales para la prevención y el control de la hipertensión, la diabetes y la obesidad, y permiten apoyar la defensa de intervenciones como medidas fiscales y regulatorias para alcanzar los objetivos del Decenio de las Naciones Unidas de Acción sobre la Nutrición.(AU)
Descritores: Política Pública
Sistema Único de Saúde/organização & administração
Diabetes Mellitus/epidemiologia
Hipertensão/epidemiologia
Obesidade/epidemiologia
-Avaliação em Saúde/economia
Brasil/epidemiologia
Prevalência
Custos e Análise de Custo/economia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1145879
Autor: Botelho, Fábio; Peixoto, Clovis Pereira; Almeida, Ademir Trindade; Botelho, Gabriella Laura Peixoto.
Título: Methods of cultivation and technical coefficients of peanuts in the Bahian Recôncavo / Métodos de cultivo e coeficientes técnicos do amendoim no Recôncavo Baiano
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e0582019, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to collect information about peanut cultivation methods adopted by family farmers in the Bahian Recôncavo (region that surrounds the bay in the state of Bahia, Brazil), using a specific form and also direct information from farmers. An ethnobotanical survey was carried out in the mesoregion of the Bahian Recôncavo in the following municipalities: Conceição do Almeida, Cruz das Almas, Maragogipe, São Felipe, São Felix, Sapeaçú and Laje (Vale do Jequiriçá), where 60 local farmers answered a nonstructured questionnaire about peanut cultivation. The cultivation system was estimated based on technical coefficients related to peanut cultivation in the area evaluated. The peanut cultivation system is carried out by family farmers from the Bahian Recôncavo who employ outdated practices and do not use the required basic steps. The technical coefficients analyzed show that the cultivation of peanut is an unprofitable activity when considering the high cost of production in this region, even though productivity is higher than in the entire state as well as in the Northeast region. Farmers in the Bahian Recôncavo do not consider the actual production costs of peanuts since they use seeds from previous crops and do not account for the labor costs of family members. There is a lack of active and continuous technical assistance to family farmers, not only in relation to the cultivation system, but also the possibility of other destinations for peanuts produced in the region.(AU)

O objetivo deste estudo foi levantar informações sobre os métodos de cultivo da cultura do amendoim, adotados por agricultores familiares do Recôncavo Baiano, utilizando-se de um formulário específico e de informações diretas dos agricultores. Foi realizado um levantamento etnobotânico nos municípios da mesorregião do Recôncavo Baiano: Conceição do Almeida, Cruz das Almas, Maragogipe, São Felipe, São Félix, Sapeaçú e no município de Laje (Vale do Jequiriçá), onde 60 agricultores foram entrevistados, por meio de um questionário não estruturado, referente ao cultivo do amendoinzeiro no Recôncavo Baiano. A estimativa do sistema de cultivo foi realizada com base em coeficientes técnicos referentes ao cultivo do amendoinzeiro na área de estudo. O sistema de cultivo do amendoim é realizado por agricultores familiares do Recôncavo Baiano utilizando práticas ultrapassadas, destituídas das etapas básicas necessárias. Os coeficientes técnicos analisados demonstram que o cultivo do amendoinzeiro é uma atividade pouco lucrativa ao se levar em consideração o alto custo de produção nessa região, mesmo a produtividade sendo maior quando comparada com a do estado, assim como com a da região Nordeste. Os agricultores do Recôncavo Baiano não consideram os custos de produção real do amendoim, uma vez que utilizam sementes de cultivos anteriores e não contabilizam os custos de mão de obra dos familiares. Falta aos agricultores familiares assistência técnica atuante e continuada, não só com relação ao sistema de cultivo como também com a possibilidade de outras destinações para o amendoim produzido na região.(AU)
Descritores: Arachis
Agricultura/métodos
-Cooperação Técnica
Coleta de Dados
Custos e Análise de Custo
Eficiência
Fazendeiros
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  7 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049883
Autor: Lakryc, Eli; Rodrigues, Rodrigo; Panovyk, Danylo; Monteleone, Pedro; Motta, Eduardo.
Título: Modelo de impacto orçamentário da aplicação do single embryo transfer consecutivo comparado com o double embryo transfer em tratamentos de fertilização in vitro no Sistema de Saúde Suplementar / Budget impact model of the use of consecutive single embryo transfers compared to double embryo transfer in in vitro fertilization procedures in the Brazilian Private Healthcare System
Fonte: J. bras. econ. saúde (Impr.) = Braz. j. health econ.;11(3):231-243, Dezembro/2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Estimar o impacto orçamentário em cinco anos da incorporação da técnica de SET (single embryo transfer) sequencial no Sistema de Saúde Suplementar brasileiro (SSSB). Métodos: Foram consideradas taxas de nascidos vivos de 41% e de gemelaridade de 2% e 30% para SET e DET (double transfer embryo), respectivamente. Os custos dos procedimentos foram, em sua maioria, obtidos das tabelas SIMPRO, CBHPM e CMED. Para a estimativa da população elegível, foram consideradas mulheres de 20 a 35 anos registradas no Datasus e taxas de infertilidade e de uso de fertilização in vitro (FIV) da literatura. Estimou-se em 20% e 80% o uso de SET sequencial e DET, respectivamente, com incorporação da primeira em 45%, 50%, 55%, 65% e 75% dos casos nos cinco anos subsequentes. Resultados: Considerando cenários com reembolso de um a dois ciclos de SET sequencial e inclusão ou não do valor dos medicamentos, o impacto orçamentário em cinco anos seria entre R$ 10.231.387 e R$ 16.123.874 em operadoras de grande porte, R$ 1.054.174 e R$ 1.661.297 em operadoras de médio porte e R$ 173.700 e R$ 273.738 em operadoras de pequeno porte. Em cenário com aumento progressivo do uso de SET sequencial sem alteração no modelo de reembolso atual, foi estimada economia de R$ 59.319.276 para o SSSB em cinco anos. Conclusões: O uso de SET sequencial (vs. DET) em procedimentos de FIV é potencialmente menos oneroso para o SSSB referente a custos de pré-natal, parto e complicações. Em cenário de incorporação progressiva, o custo incremental foi estimado em R$ 8-13 mil/paciente.

Objective: To estimate the five-year budget impact of incorporating the sequential single embryo transfer (SET) technique into the Brazilian Supplementary Healthcare System (BSHS). Methods: Live birth rates of 41% and multiple pregnancy rates of 2% and 30% were considered for SET and DET (double transfer embryo), respectively. The costs of the procedures were mostly obtained from e SIMPRO, CBHPM and CMED tables. To estimate the eligible population, we considered women aged 20-35 years registered in DATASUS, and infertility and in vitro fertilization (IVF) rates from the literature. The use of sequential SET and DET was estimated as 20% and 80%, respectively, with incorporation of the first in 45%, 50%, 55%, 65% and 75% of cases in the subsequent five years. Results: Considering scenarios with reimbursement of 1 to 2 cycles of sequential SET and inclusion or not of the drugs in the reimbursement, the budget impact in five years would be between BRL 10,231,387-16,123,874 in large operators, BRL 1,054,174-1,661,297 in midsize operators and BRL 173,700-273,738 in small operators. In a scenario of progressive increase of the use of sequential SET with no change in the current reimbursement model, we estimated a saving of BRL 59,319,276 for the BSHS in five years. Conclusions: The use of sequential SET (vs. DET) in IVF procedures is potentially less costly for BSHS for prenatal, child-birth and complication costs. In the scenario of progressive incorporation and full reimbursement of the procedure, the incremental cost was estimated at BRL 8-13 thousands/patient.
Descritores: Custos e Análise de Custo
Saúde Suplementar
Transferência de Embrião Único
Infertilidade
Responsável: BR600 - DESD - Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento


  8 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100616
Autor: Concilio, María Celeste; Lejtman, Ariana Milena; Ocampo, Evangelina Noelí; Thompson, Victoria Melina.
Título: Análisis del costo diferencial entre la alimentación apta celíaca y no celíaca / Analysis of the differential cost between celiac and non-celiac apt food
Fonte: Diaeta (B. Aires);37(169):18-26, oct.-dic. 2019.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: la población argentina exhibe una elevada prevalencia de enfermedad celíaca (1/100) y la alimentación es su único tratamiento, por ende, el costo de la dieta es un factor clave para la adherencia. Objetivos: calcular el costo diferencial de la dieta de una mujer adulta celíaca vs. no celíaca basado en la Canasta Básica de Alimentos (CBA) y en el patrón alimentario propuesto por las Guías Alimentarias para la Población Argentina (GAPA). Estimar la proporción que representa en base al Salario Mínimo Vital y Móvil (SMVM) en ambos casos. Materiales y método: se tomaron alimentos trazadores extraídos de la plataforma digital de un hipermercado durante el mes de septiembre y diciembre del 2018 para realizar los cálculos de costo de la dieta, considerando los alimentos de más bajo precio. Resultados: el costo de la alimentación propuesta por las GAPA arrojó una diferencia de un 55,27% superior para la población celíaca (+ $1410,08) para septiembre y de un 48,60% (+ $1537,63) para el mes de diciembre. El costo mensual representó un incremento de 13,18% del SMVM para septiembre y de 13,61% para diciembre para la población celíaca. Tomando la CBA, el costo diferencial de la dieta mensual fue mayor (89,27% más cara, equivalente a 1182,76 pesos más) para el mes de septiembre, y 46,81% que equivalen a $886,10 para diciembre. Representó un incremento de 11,06% del SMVM para septiembre y de 7,84% para diciembre. Conclusiones: la alimentación para una mujer adulta celíaca representa un costo mayor que para una mujer adulta no celíaca en la CABA. Este es uno de los factores que contribuye a la no adherencia al tratamiento de la enfermedad, siendo la alimentación la única estrategia para tratarla(AU).

Introduction: Argentinian population exhibits a high prevalence of celiac disease (1/100) and feeding is the only treatment; therefore, the cost of diet is a key factor for adherence. Objectives: to calculate the differential cost of the diet of an adult celiac woman vs. non-celiac one, based on the Basic Food Basket (BFB) and on the dietary pattern proposed by the Dietary Guidelines for the Argentine Population (GAPA). Estimate the proportion that represents based on the Minimum Living Wage (MLW) in both cases. Materials and method: tracers extracted from the digital platform of an hypermarket were taken during September and December 2018 to calculate the cost of the diet, considering the lowest-priced foods. Results: the cost of food proposed by GAPA showed a difference of 55.27% higher for the celiac population ($ 1410.08 more) in September and of 48.60% ($ 1537.63 more) in December. The monthly cost represented an increase of 13.18% for the MLW in September and 13.61% in December for the celiac population. Taking the BFB, the differential cost of the monthly diet was higher (89.27% more expensive, equivalent to 1182.76 pesos more) in September, and 46.81%, equivalent to $ 886.10, in December. It represented an increase of 11.06% for the MLW in September and of 7.84% in December. Conclusions: the food for a celiac adult woman is higher than for a nonceliac adult woman in CABA. This is one of the factors that contributes to non-adherence to the treatment of the disease; food being the only strategy to treat it(AU).
Descritores: Doença Celíaca
Custos e Análise de Custo
-Alimentos
Responsável: AR489.1 - Biblioteca


  9 / 941 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1141915
Autor: Reis, Catarina Isabel Ferreira Viveiros Tavares dos; Maximiano, Marisa da Silva; Ferreira, Pedro Henrique Gaspar Cordeiro; Querido, Ana Isabel Fernandes; Sargento, Ana Lúcia Marto; Carvalho, Henrique Amado; Leal, Susana Cristina Henriques; Oliveira, Sandra Margarida Bernardes de.
Título: Care4Value: medição de valor em saúde em Unidades de Cuidados Continuados Integrados / Care4Value: medición del valor en salud en Unidades de Cuidados Continuos Integrados / Care4Value: measuring value in health in Integrated Continuous Care Units
Fonte: Acta Paul. Enferm. (Online);33:eAPE20190279, 2020. graf.
Idioma: pt.
Projeto: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito do Programa Portugal 2020, por meio do COMPETE 2020.
Resumo: Resumo Objetivo: Desenvolver uma plataforma digital para a otimização do processo de coleta de dados de escalas clínicas e monitoramento desses dados com vista à medição do valor em saúde. Métodos: Por meio de uma metodologia de investigação-ação, o desenvolvimento da plataforma incluiu abordagens qualitativas e quantitativas, em três fases: grupos focais com uma equipe multidisciplinar de investigadores e profissionais de saúde da UCCI do estudo-piloto; análise dos dados clínicos em formato de pré-teste de uma amostra de 21 usuários da UCCI para categorizar diferentes graus de complexidade; e, análise de informação financeira, aos custos operacionais da UCCI, relativa ao momento de permanência dos mesmos 21 usuários. O desenvolvimento iterativo e incremental da plataforma permitiu coletar feedback dos usuários como forma de melhoria. Resultados: A plataforma inclui 3 módulos: aplicativo móvel; dashboard; e módulo de importação. A plataforma centraliza os dados coletados e disponibiliza-os por meio de um dashboard . Os dados são coletados por aplicativo móvel e/ou por um módulo de importação que consome dados de sistemas clínicos existentes. Conclusão: O aplicativo móvel está apto a ser utilizado por profissionais de saúde e cuidadores, e o dashboard apresenta informações de acompanhamento clínico dos usuários e monitoramento dos seus ganhos em saúde.

Resumen Objetivo: Desarrollar una plataforma digital para optimizar el proceso de recolección de datos de escalas clínicas y monitoreo de estos datos con el fin de medir el valor en salud. Métodos: Mediante una metodología de investigación-acción, el desarrollo de la plataforma incluyó enfoques cualitativos y cuantitativos, en tres fases: grupos focales con un equipo multidisciplinario de investigadores y profesionales de la salud de la UCCI del estudio piloto, análisis de los datos clínicos en formato de prueba piloto de una muestra de 21 usuarios de la UCCI para categorizar los diferentes niveles de complejidad, y análisis de la información financiera, costos operativos de la UCCI, relativos al momento de permanencia de los mismos 21 usuarios. El desarrollo repetitivo y progresivo de la plataforma permitió recolectar feedback de los usuarios como forma de mejoría. Resultados: La plataforma incluye tres módulos: aplicación móvil, dashboard y módulo de importación. La plataforma centraliza los datos recolectados y los exhibe mediante un dashboard . Los datos son recolectados por aplicación móvil o por un módulo de importación que consume datos de sistemas clínicos existentes. Conclusión: La aplicación móvil es apta para ser utilizada por profesionales de la salud y cuidadores, y el dashboard presenta información de seguimiento clínico de los usuarios y monitoreo de sus ganancias en salud.

Abstract Objective: To develop a digital platform for optimizing data collection processes with medical scales and monitoring data for measuring value in health. Method: Using an investigative intervention methodology, a platform was developed including qualitative and quantitative approaches in three phases: focal groups were conducted by a multidisciplinary team of investigators and healthcare providers at the pilot study site, an Integrated Continuous Care Unit (UCCI); data from a sample of 21 UCCI users was analyzed as a pre-test to classify different levels of complexity; UCCI financial data and operational costs were collected and analyzed during the 21 users stay at the UCCI. The platform's iteractive and incremental development allowed for the collection of as a form of improvement. Results: The platform includes three modules: a mobile application; a dashboard; and an import module. Data collected on the platform are centralized and shown on the dashboard. Data are collected using a mobile application and/or an import module to input data from existing medical systems. Conclusion: The mobile application is ready to be used by healthcare providers and caregivers. The dashboard shows users' clinical follow-up and health gain data for monitoring.
Descritores: Doença Crônica
Custos e Análise de Custo
Aplicativos Móveis
Cuidados de Enfermagem
-Estudos de Avaliação como Assunto
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  10 / 941 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1146063
Autor: Souza Júnior, Edison Vitório de; Moreira, Sávio Luiz Ferreira; Rosa, Randson Souza; Cruz, Diego Pires; Boery, Rita Narriman Silva de Oliveira; Boery, Eduardo Nagib.
Título: Morbidade hospitalar e impactos financeiros por urolitíase na Bahia, Brasil / Hospital morbidity and financial impacts for urolithiasis in Bahia, Brazil / Morbilidad hospitalaria y impactos financieros por urolitiasis en Bahía, Brasil
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);13:50-56, jan.-dez. 2021. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: descrever os casos de morbidade hospitalar e impactos financeiros por urolitíase no estado da Bahia, Brasil no período de 2012 a 2016. Métodos: trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo e transversal baseado no banco de dados secundários do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. As variáveis coletadas foram: sexo, faixa etária, custos e raça/cor notificados no período citado. Resultados: foram registrados 15.171 casos de morbidade hospitalar por urolitíase, o que corresponde a 0,46% do total das internações. A maior prevalência ocorreu na macrorregião leste (n=6.920), entre o sexo masculino (n=7.815), em idade entre 35 e 39 anos (n=1.877) e cor/raça ignorada (n=8.031). A urolitíase gerou um impacto financeiro superior a 5,5 milhões de reais ao Sistema Único de Saúde. Conclusão: de acordo com os resultados, observa-se a necessidade de tornar a macrorregião leste como prioritária para as ações de controle e prevenção da patologia

Objective: to describe the cases of hospital morbidity and financial impacts for urolithiasis in the state of Bahia, Brazil, 2012-2016. Methods: this was an epidemiological, cross-sectional and descriptive study based on secondary data from the Information Technology Department of the Unified Health System. The variables collected were: sex, age groups, costs and race notified in the cited period. Results: it were registered 15.171 cases of hospital morbidity for urolithiasis, which corresponds to 0,46% of all hospitalizations. The greatest prevalence occurred in the east macro region (n=6.920), among males (n=7.815), aged between 35 and 39 years old (n=1.877) and ignored color/ race (n=8.031). The urolithiasis generated a financial impact superior to 5,5 millions of reais to the Single Health System. Conclusion: according to the results, there is the need to make the east macro region as priority for actions of control and prevention of the pathology

Objetivo: describir los casos de morbilidad hospitalaria por urolitiasis en el estado de Bahía, Brasil, 2012-2016. Método: estudio epidemiológico, descriptivo y transversal, utilizando los datos obtenidos en lo Departamento de Informática del Sistema Único de Salud. Las variables recolectadas fueron: sexo, grupo de edad, gastos y raza notificados em el período citado. Resultados: se han registrados 15.171 casos de hospitalizaciones por urolitiasis, que corresponde a 0,46% del total de las hospitalizaciones. La mayor prevalencia ocurrió en la macrorregión leste (n=6.920), entre lo sexo masculino (n=7.815), de grupo etario entre 35 y 39 años (n=1.877) y color/raza ignorada (n=8.031). La urolitiasis ha generado un impacto financiero superior a 5,5 millones de reales al Sistema Único de Salud. Conclusión: de acuerdo con los resultados constata la necesidad de volver la macrorregión leste como prioritaria para las acciones de control y prevención de la patología
Descritores: Morbidade
Gastos em Saúde
Custos e Análise de Custo
Urolitíase/epidemiologia
Hospitalização/estatística & dados numéricos
-Sistema Único de Saúde
Prevalência
Prevenção de Doenças
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição



página 1 de 95 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde