Base de dados : LILACS
Pesquisa : N03.219.521.346.506.849 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2230 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 223 ir para página                         

  1 / 2230 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Ribeiro, Mário Sérgio
Texto completo
Id: lil-530944
Autor: Siano, Adriana Kelmer; Ribeiro, Luiz Cláudio; Santiago, Aline Evangelista; Ribeiro, Mário Sérgio.
Título: Análise descritiva de exames periciais iniciais de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social apresentando transtornos mentais / Initial medical assessment of the Brazilian National Institute of Social Security Insured with mental disorders: descriptive analysis
Fonte: HU rev;35(1):25-34, jan.-mar. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Em análise descritiva preliminar do perfil sócio-demográfico, clínico e previdenciário dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foram verificadas as variáveis relativas aos exames periciais iniciais concluídos entre julho/2004 e dezembro/2006. Os segurados passaram por exame pericial inicial em Juiz de Fora - MG, em decorrência do requerimento de Auxílio-doença, com diagnóstico principal de transtorno mental. As informações, contidas em banco de dados, foram fornecidas pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). Predominaram segurados do sexo feminino (66,8%) e residentes em Juiz de Fora (83,9%), com idade média de 44,3 anos. Registros inespecíficos sobre a atividade laborativa foram encontrados em 22,2% dos casos; quanto ao vínculo com o INSS, 41,2% dos segurados eram autônomos e 30,7% estavam desempregados; o tempo médio de filiação à Previdência foi de 14,4 anos e o de contribuição de 7,6 anos. Os diagnósticos mais frequentes foram de "transtornos menores do humor" (39,6%) e "transtornos de ansiedade" (34,5%); as comorbidades recorrentes foram psiquiátricas (33,6%); mudanças no diagnóstico do exame pericial inicial, em relação ao benefício anterior, aconteceram em mais de 50% dos registros. Foram considerados incapazes 63,8% dos segurados que, em média, estariam doentes há 1,9 anos e incapazes há 37,6 dias na data do requerimento; o tempo médio de afastamento foi de 307,8 dias e os benefícios renovados, em média, 2,6 vezes. Os resultados evidenciam possíveis falhas no trabalho dos Peritos, quanto ao adequado registro de dados clínicos e previdenciários. Sugerem ainda possíveis relações entre requerimentos de Auxílio-doença por transtornos mentais e local de residência, desemprego e informalidade do mercado de trabalho.

This is a preliminary analysis of the sociodemographic, clinical and social security profile of subjects requiring sickness-benefit, undergoing initial medical assessment, and receiving the diagnosis of a mental disorder as their main diagnosis, at the Brazilian National Institute of Social Security (INSS) in Juiz de Fora - MG, Brazil. A descriptive analysis of the variables concerning the initial medical assessment concluded between July, 2004 and December, 2006, and contained in the DATAPREV databank, was undertaken. Most were female (66.8%), had a mean age of 44.3 years, and lived in Juiz de Fora (83.9%). Non-specific records about the work activity were found in 22.2% of the cases; 41.2% of those insured were self-employed and 30.7% were unemployed; the mean affiliation and contribution times were 14.4 years and 7.6 years, respectively. The most frequent diagnoses were "minor mood disorders" (39.6%) and "anxiety disorders" (34.5%); the most frequent co-morbidities were psychiatric (33.6%); in more than 50% of the records there were changes in the diagnosis at the initial medical assessment in relation to the previous benefit granted. 63.8% were considered disabled (mean illness and disability times at benefit requirement of 1.9 years and 37.6 days, respectively); mean sick-leave amounted to 307.8 days; the benefits were renewed 2.6 times on average. The results showed a possible failure to correctly record clinical and social security data. There might be a correlation of sickness-benefit requirements due to mental disease with place of living, unemployment and informality in the labor market.
Descritores: Seguro por Invalidez
Transtornos Mentais
-Previdência Social/economia
Limites: Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  2 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-130537
Autor: Brasil. Ministério da Previdência Social.
Título: A Previdência Social e a Revisäo Constitucional / Social Security and the constitutional review.
Fonte: Brasília; CEPAL; 1993. 300 p. ilus, tab, graf. (Pesquisas, 1).
Idioma: pt.
Descritores: Previdência Social/legislação & jurisprudência
-Brasil
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/2500.00; BR599.1; 10001009072, AG


  3 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-130536
Autor: Brasil. Ministério da Previdência Social.
Título: A Previdência Social e a revisäo constitucional / Social Security and the constitutional review.
Fonte: Brasília; CEPAL; 1993. 127 p. (Debates, 1).
Idioma: pt.
Descritores: Previdência Social/legislação & jurisprudência
-Brasil
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/2539.00; BR599.1; 10001009075, AG


  4 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Ribeiro, Mário Sérgio
Texto completo
Id: lil-530865
Autor: Siano, Adriana Kelmer; Ribeiro, Luiz Cláudio; Santiago, Aline Evangelista; Ribeiro, Mário Sérgio.
Título: Relevância dos transtornos mentais entre as perícias médicas de requerentes de auxílio-doença na Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Juiz de Fora - Minas Gerais / Relevance of mental disorders among expertise examinations on working disability performed at the Executive Administration of National Institute of Social Security (INSS) in Juiz de Fora - Minas Gerais - Brazil
Fonte: HU rev;34(4):235-242, out.-dez. 2008. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Ao longo do tempo, observam-se variações importantes na conclusão sobre os requerimentos de auxílio-doença previdenciário. Uma das ações fundamentais no processo de concessão desse benefício é a avaliação realizada pelos peritos médicos do Instituto Nacional do Seguro Social- NSS. Nesse âmbito, quadros subjetivos, como os transtornos mentais, constituem uma das mais complexas categorias a serem avaliadas e, freqüentemente, aparecem como justificativa da incapacidade laborativa. Os objetivos foram identificar a freqüência relativa do diagnóstico de transtorno mental como justificativa para o requerimento de auxílio-doença entre as agências da Gerência Executiva do INSS de Juiz de Fora e discutir a relevância do mesmo no processo de avaliação pericial da incapacidade laborativa, considerando o vínculo empregatício dos requerentes. Realizou-se um estudo retrospectivo com levantamento e análise descritiva de dados contidos no banco SABI-Gestão do INSS sobre perícias concluídas entre julho/2004 e dezembro/2006. Neste estudo, os transtornos mentais foram a terceira razão de incapacidade presumida, aumentando de 13% para 19% entre o primeiro e o último trimestre avaliados. Os segurados sem vínculo empregatício representaram 66% daqueles com diagnóstico de transtornos mentais, e seus requerimentos foram indeferidos mais freqüentemente que aqueles de empregados: 38% e 26% respectivamente. A freqüência de deferimento em perícias devido a transtornos mentais reduziu de 69% para 44% entre o primeiro e o último trimestre avaliados. O aumento no número de indeferimentos nas perícias incluídas neste estudo sugere maior rigor na concessão de auxílio-doença pela perícia médica a segurados com diagnósticos de transtornos mentais ao longo do período avaliado.

One of the tasks of the Forensic Medicine Division of the INSS is to evaluate a secured person's labor capacity. To accomplish this task, subjective problems, such as Mental Disorders, represent one of the most complex medical categories to be evaluated and often appear as the reason for labor disability. To assess the relative frequency of mental disorders as main reason for the claiming of disability benefit among INSS facilities of the Executive Administration of Juiz de Fora and to discuss the relevance of these disorders on the process of expertise evaluations on working disability, considering the employment status of claimers. Retrospective study analyzing data recovered from an official data bank derived from expertise evaluations concluded between July/2004 and December/2006. Mental disorders were the third most frequent reason for presumed incapability registered, increasing from 13% to 19% from the first to the last trimester evaluated. Secured persons without formal working situation represented 66% of those that received a mental disorder diagnose and their requirements were denied more frequently than those of secured citizens who were employed at the time of the examination (38% and 26%, respectively). The frequency of grant of requirements in expertise evaluations for mental disorders decreased from 69% to 44% between the first and last trimesters evaluated. The increase of unfulfilled requests suggests a greater rigidness for the granting of health benefits by the Forensic Medicine Division of the INSS to secured individuals with a diagnosis of mental disorders during the evaluated period.
Descritores: Previdência Social/estatística & dados numéricos
Transtornos Mentais/patologia
-Salários e Benefícios
Prova Pericial
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  5 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-946373
Autor: Lemos, Viviam Cristina H.
Título: Previdência é notícia: Envelhecimento da População x Previdência/Aposentadoria / Pension Fund is news: Aging x Pension Fund/Retirement
Fonte: Rev. Kairós;12(6,n.esp.):53-67, 2009.
Idioma: pt.
Resumo: O olhar da imprensa escrita para o envelhecimento e previdência realizado pelo grupo de pesquisa Longevidade, Envelhecimento e Comunicação abre novos caminhos para a reflexão ao identificar tendências do jornalismo impresso da cidade de São Paulo quanto à percepção da velhice. Este artigo apresenta uma análise sobre os aspectos previdenciários cobertos pelos jornais impressos da metrópole, os quais trazem sistematicamente o tema Previdência/Aposentadoria, tal o grau de interação do assunto com questões sócio-econômicas nacionais.

The look of the press on aging and retirement conducted by the Longevity, Aging and Communication research group opens up new avenues for reflection in by identifying trends in the printed journalism in the city of Sao Paulo as to the way old age is perceived. This article presents an analysis of the pension fund aspects covered by the newspapers printed the metropolis, which bring up systematically the Pension Fund/Retirement subject, such is the degree of interaction of the matter with domestic socio-economic issues.
Descritores: Aposentadoria
Previdência Social
Envelhecimento
Jornais como Assunto
Limites: Seres Humanos
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  6 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-914774
Autor: Sousa, Yanna Gomes de; Medeiros, Paulo César de; Medeiros, Soraya Maria de.
Título: Benefícios acidentários concedidos aos idosos no Brasil / Accident benefits granted to elderly people in Brazil / Beneficios por accidentes otorgados a personas mayores en Brasil
Fonte: Rev. Kairós;19(2):227-242, jun. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo foi caracterizar os tipos de benefícios acidentários concedidos aos idosos no Brasil, a partir dos registros de dados contidos no Anuário Estatístico da Previdência Social/Ministério da Previdência Social dos anos de 2011 a 2015. É um estudo retrospectivo com abordagem quantitativa de caráter descritivo. A busca priorizou os registros de benefícios acidentários concedidos aos idosos, ou seja, com 60 anos ou mais de idade registrados. Puderam-se verificar, após a realização desta pesquisa, dados importantes sobre acidentes de trabalho, no Brasil, na faixa etária de 60 anos ou mais de idade. Outro fator relevante a ser considerado é que as informações desta pesquisa pretendem constituir instrumento que se considera relevante para a reflexão do processo de trabalho de pessoas idosas no que diz respeito aos indicadores que a pesquisa aborda, visto que estas taxas estimam o risco de o idoso sofrer acidente do trabalho e consequentemente demandar concessões de benefícios acidentários.

The objective of the study was to characterize the types of accident benefits granted to the elderly in Brazil, based on the data records contained in the Statistical Yearbook of Social Security/Ministry of Social Security, for the years 2011 to 2015. This is a retrospective study, with a quantitative and descriptive approach. The search prioritized the records of accident benefits granted to the elderly, that is, at the age of 60 years or more. This survey allowed observing important data on occupational accidents in Brazil in the age group of 60 years or more. Another important factor to consider is that the information in this research intends to be an important instrument for the reflection of the working process of elderly people in relation to the indicators addressed by the research, since those rates estimate the risk of the elderly to suffer an occupational accident and consequent to the granting of accident benefits.

El objetivo de este estudio fue caracterizar los tipos de beneficios otorgados a personas mayores en Brasil, a partir de los registros de datos contenidos en el Anuario Estadístico de la Seguridad Social / Ministerio de la Seguridad Social, para los años 2011 a 2015. Se trata de un estudio retrospectivo con el enfoque cuantitativo y descriptivo. La búsqueda dio prioridad a los registros de beneficios por accidentes otorgados a las personas mayores, es decir, a la edad de 60 años o más. Otro factor importante a considerar es que la información contenida en esta investigación pretende ser una herramienta que se considere relevante a la reflexión del proceso de trabajo de edad avanzada con respecto a los indicadores que investigan direcciones ya que las tasas estas estiman el riesgo de los mayores sufren accidentes de trabajo y, en consecuencia, la demanda de concesiones de beneficios por accidentes.
Descritores: Previdência Social
Idoso
Acidentes de Trabalho
Benefícios do Seguro
Limites: Seres Humanos
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  7 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974828
Autor: Falcão, Sérgio da Cunha; França, Inácia Sátiro Xavier de.
Título: Morbidade e mortalidade em pessoas com deficiência na previdência social do brasil / Morbilidad y mortalidad en personas con discapacidad en la previsión social de brasil / Morbidity and mortality in disabled persons of the social security in brazil
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(2):242-249, Abr.-Jun. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivou-se descrever a prevalência das doenças e coeficiente de mortalidade encontrados nas pessoas com deficiência que recebem o benefício assistencial da Lei Orgânica de Assistência Social do Brasil. Estudo descritivo, documental, com abordagem quantitativa, realizado no Sistema Único de Informações de Benefícios do Ministério da Previdência Social, envolvendo os benefícios concedidos que estavam, em outubro de 2012, ativos, suspensos, ou cessados por óbito ou outros motivos. Os dados foram obtidos utilizando-se um formulário. Entre os mais de dois milhões de pessoas com benefícios ativos, as mais frequentes doenças foram 30,2% mentais, 11,4% neurológicas e 5,6% congênitas. Nas pessoas com benefícios cessados por óbito, as doenças com maior prevalência foram: neoplasias (13,2%); doenças mentais (11,2%); doenças do aparelho circulatório (10,6%). O coeficiente de mortalidade foi de 141 óbitos por cada mil pessoas com deficiência com benefício assistencial em manutenção. As doenças mentais e as neoplasias predominam nas pessoas com benefícios ativos e cessados por óbito, respectivamente. O coeficiente de mortalidade nas pessoas com deficiência que recebem o benefício é 22 vezes maior que o da população brasileira.

RESUMEN El objetivo del estudio fue describir la prevalencia de las enfermedades y el coeficiente de mortalidad encontrados en las personas con discapacidad que reciben el beneficio asistencial de la Ley Orgánica de Asistencia Social de Brasil. Estudio descriptivo, documental, con enfoque cuantitativo, realizado en el Sistema Único de Informaciones de Beneficios del Ministerio de la Previsión Social, involucrando los beneficios concedidos que estaban, en octubre de 2012, activos, suspensos, o cesados por fallecimiento u otros motivos. Los datos fueron obtenidos utilizándose un formulario. Entre los más de dos millones de personas con beneficios activos, las enfermedades más frecuentes fueron: 30,2% mentales, 11,4% neurológicas y 5,6% congénitas. En las personas con beneficios cesados por fallecimiento, las enfermedades con mayor prevalencia fueron: neoplasias (13,2%); enfermedades mentales (11,2%); enfermedades del sistema circulatorio (10,6%). El coeficiente de mortalidad fue de 141 óbitos por cada mil personas con discapacidad con el beneficio asistencial en mantenimiento. Las enfermedades mentales y las neoplasias predominan en las personas con beneficios activos y cesados por óbito, respectivamente. El coeficiente de mortalidad en las personas con discapacidad que reciben el beneficio es 22 veces mayor que el de la población brasileña.

ABSTRACT The aim of this study is to describe the morbidity and mortality of disabled persons who receive the Benefit of Continued Provision of the Organic Law on Social Assistance of Brazil. Descriptive study documentary with a quantitative approach, performed in the Single System Benefits Information of the Ministry of Social Welfare, involving any benefits that were, in October 2012, active, suspended, or terminated by death or other reasons. The data were obtained using a form. Among the more than two million people with active benefits, the most common disorders were mental (30.2 %), neurological (11.4%) and congenital (5.6%). In people with benefits terminated by death, disease with the highest prevalence were: neoplasms (13.2%), mental disorders (11.2%), diseases of the circulatory system (10.6%). The mortality rate was 141 deaths per thousand disabled people with assistance benefit for maintenance. Mental illnesses and cancers are prevalent in people with active benefits and terminated by death, respectively. The mortality rate among people with disabilities receiving the benefit is 22 times larger than that of the Brazilian population.
Descritores: Morbidade
Mortalidade
Pessoas com Deficiência
-Previdência Social
Serviço Social
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-369194
Autor: Organización Panamericana de la Salud.
Título: Orientaciones estrategicas y prioritarias programaticas de la Organización Panamericana de la Salud en el cuadrienio 1991-1994 / Strategic orientations and program priorities for the Pan American Health Organization during the quadrennium 1991-1994.
Fonte: Washington, D.C; s.n; jul. 20, 1990. 46 p. (CSP23/14).
Idioma: en; es.
Conferência: Apresentado em: Conferencia Sanitaria Panamericana, 23, Apresentado em: Reunión del Comité Regional, 42, Washington, D.C, 24-29 sept. 1990.
Símbolo: CSP23/14.
Descritores: Conferência Sanitária Pan-Americana
Inflação
Obtenção de Fundos/tendências
Organização Pan-Americana da Saúde
Planos e Programas de Saúde/organização & administração
Planejamento Estratégico
Prioridades em Saúde/tendências
Sistemas de Saúde
-América Latina
Cooperação Técnica
Desenvolvimento de Pessoal
Infraestrutura Sanitária
Promoção da Saúde
Previdência Social
Sistemas Locais de Saúde
Vigilância Nutricional
Responsável: US1.1 - HQ Library
US1.1, PAHO COLL/CSP23/14 Es


  9 / 2230 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: lil-361050
Autor: Maceira, Daniel.
Título: Dimensiones horizontal y vertical en el aseguramiento social en salud de América Latina y el Caribe / Vertical and horizontal dimensions in health social insurance in Latin America and Caribe.
Fonte: s.l; OPS; Mar. 2001. 44 p. tab, graf. (LAC-RSS. Iniciativa Reforma Sector Salud, 3, ed. esp).
Idioma: es.
Projeto: USAID. Colaboración para la Reforma de la Salud.
Descritores: Administração de Serviços de Saúde
Previdência Social/organização & administração
-América Latina
Previdência Social
Indicadores Básicos de Saúde
Órgãos Governamentais
Região do Caribe
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Research Support, U.S. Gov't, Non-P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3778.00


  10 / 2230 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-42378
Autor: Melo, Humberto Gomes de.
Título: Novas diretrizes para o financiamento do setor saúde / New guidelines for the financing of the health sector
Fonte: In: Brasil. Ministério da Saúde. Anais da 8ª Conferência Nacional de Saúde. s.l, Brasil. Ministério da Saúde. Centro de Documentaçäo, 1987. p.225-225.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Conferência Nacional de Saúde, 8, Brasília, 17-21 mar. 1986.
Descritores: Assistência à Saúde
Previdência Social
Serviços de Saúde
-Brasil
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/393.09



página 1 de 223 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde