Base de dados : LILACS
Pesquisa : N03.540.452 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 64 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 64 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1223318
Autor: Belintxon Martín, Maider; Zugasti Arrosagaray, Marta; López-Dicastillo, Olga.
Título: Componentes esenciales de organizaciones sanitarias culturalmente competentes: revisión de la literatura / Essential components of culturally competent health organizations: review of the literature
Fonte: Horiz. enferm;30(1):88-98, 2019. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El número de personas migrantes a nivel internacional ha ascendido en todo el mundo, alcanzando actualmente los 244 millones de personas. Este dato representa un 3,3 % de la población mundial. Los estudios muestran mayores tasas de enfermedad, invalidez, muerte y una atención de menor calidad en las personas inmigrantes. El énfasis para mejorar la atención a la diversidad cultural ha estado normalmente en la capacitación de los profesiones, con menos protagonismo del estudio de las organizaciones en las que estos trabajan. Se llevó a cabo una revisión narrativa de la literatura con el objetivo de identificar tanto las características que deberían tener las organizaciones sanitarias para ser culturalmente competentes, como posibles acciones de mejora para proporcionar un cuidado de calidad atendiendo a la diversidad cultural. La literatura muestra que para ser culturalmente competentes las organizaciones deben incluir cinco aspectos: el compromiso organizacional con la diversidad, la existencia de gestores que promuevan acciones enfocadas a la diversidad cultural, el mantenimiento de registros de datos de la población a la que dan cobertura, la presencia de personal diverso trabajando en ellas y la garantía del mantenimiento de una comunicación culturalmente competente. Identificar estos componentes puede ayudar a las organizaciones a analizar sus estructuras y funcionamiento y así planificar acciones que ayuden a reducir las disparidades étnicas, mejorar la calidad de los cuidados, satisfacer las necesidades sociales, culturales y lingüísticas de los pacientes, promover la integración de las personas en el sistema sanitario y finalmente contribuir a la equidad en salud.

The number of international migrants has risen throughout the world, reaching currently 244 million people. This figure represents 3.3% of the world population. Studies show higher rates of illness, disability, death and lower quality care for immigrants. Health professionals and their cultural competency has usually been the focus on research when discussing about cultural diversity care, with less attention paid to the organization in which they work. A narrative review of the literature was carried out aiming at identifying both the characteristics that health organizations should have in order to be culturally competent, and possible improvement actions to provide quality care in response to cultural diversity. The literature shows that in order to be culturally competent, organizations must include five aspects: the organizational commitment to diversity, the existence of managers that promote actions focused on cultural diversity, the maintenance of data records of the population they cover, the presence of diverse personnel working in them and the guarantee of the maintenance of a culturally competent communication. Identifying these components can help organizations to analyze their structures and functioning and thus plan actions that help reduce ethnic disparities in the care that they provide, improve the quality of care, meet social, cultural and linguistic needs of patients, promote the integration of people in the health system and finally contribute to health equity.
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde
Diversidade Cultural
Emigrantes e Imigrantes
Assistência à Saúde Culturalmente Competente
-Organizações de Planejamento em Saúde/organização & administração
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-960268
Autor: Lizano Vega, Merceditas.
Título: Cambios que alimentan la esperanza / Changes that fuel hope
Fonte: Rev. costarric. salud pública;26(1):99-101, ene.-jun. 2017.
Idioma: es.
Descritores: Organização Mundial da Saúde/história
Organizações de Planejamento em Saúde
-Diretores Médicos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  3 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1129294
Autor: Goiás (Estado). Secretaria de Estado da Saúde; .Subsecretaria de Saúde; .Núcleo de Evidências.
Título: Fundação pública de direito privado / Public foundation of private law.
Fonte: Goiânia; SES-GO; 16 set. 2020. 1-3 p.
Idioma: pt.
Resumo: Muitas alternativas de gestão de unidades públicas de saúde têm sido discutidas com o objetivo de aumentar a eficiência destas e garantir melhorias no atendimento e serviços prestados à população em geral. Dentre os diversos modelos de gerência atualmente em voga, como opção à administração direta tem-se: Fundações Públicas de direito público e as de direito privado, Autarquia, Consórcio Público, Empresa Estatal, vínculos paraestatais e de colaboração, Organização Social (OS), Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e Fundação de Apoio.

Many alternatives for the management of public health units have been discussed with the objective of increasing their efficiency and ensuring improvements in care and services provided to the general population. Among the various management models currently in vogue, as an option for direct administration are: Public Foundations of public law and those of private law, Municipality, Public Consortium, State Company, parastate and collaborative links, Social Organization (OS), Civil Society Organization of Public Interest (OSCIP) and Support Foundation.
Descritores: Fundações/classificação
Organizações de Planejamento em Saúde/organização & administração
Administração Hospitalar/tendências
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1759.1 - Biblioteca Professora Ena Galvão


  4 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lana, Francisco Carlos Felix
Texto completo
Id: lil-598583
Autor: Silva, Marysia Alves da; Lana, Francisco Carlos Felix.
Título: Como os enfermeiros percebem a sua atuação nos conselhos de saúde? / How do nurses perceive their role on Health Councils? / ¿Cómo los enfermeros perciben su actuación en los consejos de salud?
Fonte: Rev. bras. enferm;57(1):26-30, jan.-fev. 2004.
Idioma: pt.
Resumo: Trata-se de um estudo que faz parte de dissertação de mestrado sobre a participação dos enfermeiros nos Conselhos de Saúde e tem como objetivo analisar a percepção dos enfermeiros sobre a sua atuação nesses fóruns. Utilizou-se de uma abordagem qualitativa e, como referencial teórico, a Análise do Discurso. Os sujeitos são enfermeiros que atuam, a partir de 1995, nos Conselhos Locais de Saúde e nos Conselhos Municipal e Estadual, sediados em Goiânia, Goiás. As percepções expressas relacionam-se com preocupações em não monopolizar os conselheiros, politização destes, especialmente nos Conselhos Locais, evitar corporativismos, autonomia dos Conselhos, ausência de infra-estrutura, ingerência política, despreparo dos profissionais e necessidade de formação para qualidade política, contribuições que podem dar nas discussões, reflexões, análises grupais, intervenções e relativas a apoio técnico. As perspectivas de esperança referem-se à continuação de mudanças em razão da possibilidade de capacitação de maior número de conselheiros, ao crescimento emancipatório das pessoas para a cidadania e à confiabilidade nas atuais gestões.

This study is part of a Master's thesis on the participation of nurses on Health Councils and aims to analyze the perception nurses have of their role in these forums. A qualitative approach is used with a theoretical referential of Discourse Analysis. The subjects are nurses who have been members of Local and Municipal Health Councils in Goiânia, Goiás State, since 1995. The perceptions expressed are related to their concerns about not monopolizing the councils, about councils - especially local ones - being used for party political purposes, about avoiding corporate positions, about council autonomy, lack of infrastructure, political interference, lack of preparation on the part of professionals and the necessity of training for political quality, the contributions that they can make to discussion, reflection, group analysis, interventions and technical support. Hopeful perspectives refer to continued change in order to qualify a greater number of councilors, to the growing emancipation of people for citizenship and to the reliability of present administrations.

Se trata de un estudio que forma parte de una tesis de Master sobre la participación de los enfermeros en los Consejos de Salud, cuyo objetivo es analizar cómo los enfermeros interpretan su actuación en dichos Consejos.Se utiliza un abordaje calitativo y el referencial teórico es el Análisis del Discurso. Los sujetos son enfermeros, quienes actúan a partir de 1995 en los Consejos Locales de Salud y en los Consejos Municipal y Estadual, con sede en Goiania (Goiás). Lo que perciben se relaciona con las preocupaciones en no monopolizar a los consejeros y la politización de los mismos, y especialmente en los Consejos Locales evitar corporativismos, autonomía de los Consejos, ausencia de infraestructura, ingerencia política, la poca preparación de los profesionales y necesidad de formación para una calidad política, contribuciones que pueden conllevar beneficios a las discusiones, reflexiones, análisis de grupo e intervenciones respecto al apoyo técnico. Las perspectivas de esperanza se refieren a la continuidad de los cambios, a razón de la posibilidad de poder capacitar a un número cada vez mayor de consejeros, al crecimiento y emancipación de la gente para ejercer su ciudadanía y a la confiabilidad en las actuales gestiones.
Descritores: Organizações de Planejamento em Saúde
Enfermagem
-Brasil
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-268406
Autor: Reichmann, Maria de Lourdes Aguiar Bonadilha; Sandoval, Maria Regina Cardoso; Formaggia, Denise Maria Elizabeth; Presotto, Douglas; Nunes, Vania de Fátima Plaza; Santos, Liamara Sirma dos; Glasser, Carmem Moreno; Costa, Marco Antonio Ferreira da.
Título: Manual Técnico do Instituto Pasteur: orientaçäo para projetos de Centros de Controle de Zoonoses (CCZ) / Pasteur Institute Thenical manual: project orientation by Zoonoses Control Centrs.
Fonte: Säo Paulo; Instituto Pasteur; 1998. 45 p. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Zoonoses
Academias e Institutos
Formulação de Projetos
Organizações de Planejamento em Saúde/normas
-Controle de Vetores
Promoção da Saúde/organização & administração
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; R352m


  6 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-100229
Autor: Capote Mir, Roberto.
Título: O processo de organizaçäo e a regionalizaçäo dos serviços / The organization process and the services' regional health planning
Fonte: In: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Instituto de Saúde. Silos: sistemas locais de saúde. s.l, Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Instituto de Saúde, 1987. p.15-26.
Idioma: pt.
Descritores: Organizações de Planejamento em Saúde/organização & administração
Regionalização da Saúde/organização & administração
Sistemas Locais de Saúde
-Brasil
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR1.1/2491.02; BR91.2/1210/Cx.S15


  7 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Almeida, Márcia Furquim de
Texto completo
Id: lil-305492
Autor: Ibanez, Nelson; Bittar, Olímpio José Nogueira Viana; Sá, Evelin Naked de Castro; Yamamoto, Edison Keiji; Almeida, Márcia Furquim de; Castro, Cláudio Gastäo Junqueira de.
Título: Organizaçöes sociais de saúde: o modelo do Estado de Säo Paulo / Social health organizations: the Säo Paulo State model
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;6(2):391-404, 2001. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A experiência de um novo modelo de gestäo dos serviços públicos de saúde implantada no Estado de Säo Paulo é analisada a partir da caracterizaçäo da especificiadade da lei que regulamenta a criaçäo das Organizaçöes Sociais de Saúde, tendo como referencial a gestäo estadual do Sistema Unico de Saúde, seus antecedentes e a situaçäo atual. Os dados apresentados foram coletados a partir de relatórios produzidos pela equipe técnica responsável pelo convênio entre a Secretaria e a Faculdade de Saúde Pública - USP, para acompanhamento do projeto. Os resultados encontrados demonstraram o cumprimento satisfatório por parte das OSS/SUS, a partir das metas estabelecidas no contrato de gestäo pela Secretaria, para o primeiro ano de atividade. Aborda, ainda, as perspectivas do novo modelo e da atual política. Alertam para o fato de que a regulaçäo, através de um novo contrato de gestäo, deve considerar o desempenho das OSS, enfatizando processos, resultados e inserçäo sistêmica, referenciada pela demanda de saúde regional.
Descritores: Modelos Organizacionais
Política
Organizações de Planejamento em Saúde
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  8 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1078919
Autor: São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Sanitária.
Título: 1º Encontro de vigilância sanitária dos ERSAS-SP: relatório final / 1st Meeting of sanitary surveillance of SP-ERSAS: relatory.
Fonte: São Paulo; s.n; 1988. [21] p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Encontro de Vigilância Sanitária dos Ersas - SP, I, Cananéia, SP, 23-25 mar. 1988.
Descritores: Organizações de Planejamento em Saúde
Planejamento em Saúde
Sistemas de Informação
Vigilância Sanitária
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA672, S239ev


  9 / 64 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1068594
Autor: Reichmann, Maria de Lourdes Aguiar Bonadia; Sandoval, Maria Regina Cardoso; Formaggia, Denise Maria Elizabeth; Presotto, Douglas; Nunes, Vania de Fátima Plaza; Santos, Liamara Sirna dos; Glasser, Carmem Moreno; Costa, Marco Antonio da Costa.
Título: Manual Técnico do Instituto Pasteur: orientaçäo para projetos de Centros de Controle de Zoonozes / Pasteur Institute technical manual: centers of Zoonoses Control projects orientation.
Fonte: Säo Paulo; Säo Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Instituto Pasteur; 2000. 45 p. ilus. (Manual Técnico do Instituto Pasteur, 2).
Idioma: pt.
Descritores: Centros de Informação
Organizações de Planejamento em Saúde
Orientação
Zoonoses
-Especificações para Construção
Guias como Assunto
Raiva
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; R352o; BR84.1; M294o


  10 / 64 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-981571
Autor: Council of Ministers of Health of the System for Central American Integration.
Título: Health Plan for Central America and the Dominican Republic 2010 - 2015.
Fonte: s.l; s.n; s.f. 128 p. ilus, tab.
Idioma: en.
Conferência: Apresentado em: XXXI Meeting of COMISCA, San José, 3-4 Dec. 2009.
Resumo: This Health Plan complements the Health Agenda, agreed in the XXIII Forum of the Health Sector of Central America and Dominican Republic Sector (RESSCAD) and approved by the XXIX Meeting of the Council of Ministers of Health of Central America (COMISCA) of the System for Central American Integration (SICA), held in Tegucigalpa in January 31st, 2009. The Subregional Technical Commission for Elaboration of the Agenda and Health Plan (COTESAS) led the process of formulation and dissemination of the Health Agenda for Central America and the Dominican Republic (Subregion). Subsequently, the Technical Commission developed the Health Plan itself, in an intense and extensive process of consultations with the countries and subregional entities. Countless ordinary meetings and virtual sessions of the Commission led to the definition of a conceptual framework for the Health Plan, as well as the identification and definition of expected results, lines of action, indicators, management modalities and monitoring. The Health Plan was designed with inputs from organizations that are part of the family of specialized agencies participating in the SICA. These specialized agencies include the Nutrition Institute for Central America and Panama (INCAP), the Forum for Health, Potable Water and Sanitation of the Dominican Republic (FOCARD-APS), the Council of Institutions of Social Security in Central America and the Dominican Republic (CISSCAD), and the Center for Coordination of Prevention and Natural Disasters in Central America (CEPREDENAC). The Health Plan was designed to benefit from potential inter institutional synergies, and was guided by agreement documents issued by the different entities that are involved in integration efforts in Central America. Some of these agreement documents include the Strategic Social Agenda of the System for Central American Integration (SISCA), the Meso-american Public Health Plan, the Plan for Care of Indigenous Communities, the Subregional Program for Food Security in Central America (PRESANCA), and the Subregional Strategy for Health and the Agro-environment for Central America (ERAS). (AU)
Descritores: Sistemas de Saúde/tendências
República Dominicana
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
-América Central
Desenvolvimento de Pessoal
Atenção à Saúde
Planejamento em Saúde/tendências
Conselhos de Planejamento em Saúde
Organizações de Planejamento em Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde