Base de dados : LILACS
Pesquisa : N03.540.571.608 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 30 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 30 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964575
Autor: Martins, Mariana Zuaneti; Reis, Heloisa Helena Baldy dos.
Título: "À morte com o sindicato": conflito e emergência de uma greve de jogadores de futebol na Espanha (2011) / "Dying with the union": conflicts and emergence of a football players' strike in Spain (2011) / "La muerte con el sindicato": conflictos y emergencia de la huelga de jugadores de fútbol en España (2011)
Fonte: Movimento (Porto Alegre);24(2):471-482, abr.-jun. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo objetivou descrever e analisar a greve dos jogadores espanhóis de futebol, em 2011, iniciada a partir das orientações sindicais manifestadas em processo anterior e durante o movimento. É fruto de pesquisa documental nos jornais espanhóis El País e Marca, de 2008 a 2013, e notícias do sindicato de jogadores da Espanha. Os documentos foram cotejados a fim da reconstituição da narrativa e análise à luz da ideia de Hyman, da geometria sindical. É mostrado que, após mudança na gestão do sindicato, tentativas foram feitas de mobilização, que gradativamente foram alterando as orientações do sindicato em direção a uma ideologia mais classista, pautada na solidariedade e unidade, mas também integração societal, que possibilitaram a emergência da greve

This article describes and analyzes Spain's 2011 football players' strike under their union's orientation ­ before and during the strike. In order to accomplish this, we conducted documental research on two Spanish newspapers (El País and Marca, from 2008 to 2013) and information provided by the football players' Union. We verified those sources to reconstruct the narrative and analyze it based on Hyman's views on union geometry. Our results suggest that after a change in the union's leadership, attempts at mobilization pointed to a classist ideology based on the concept of solidarity and unity, as well as society integration. The strike emerged in that scenario

Este artículo tiene como objetivo describir y analizar la huelga de futbolistas españoles del año 2011, de las orientaciones sindicales que se pudieron de manifiesto en el proceso previo y durante el conflicto. Este es el resultado de la investigación documental en el diario español El País y el Marca, 2008-2013, así como la información recabada de la Asociación de Futbolistas Españoles. Los documentos han sido cotejados con el fin de la reconstrucción de la narración y posterior análisis, a la luz de la idea de Hyman de la geometría sindical. Se demuestra que, después de un cambio en la gestión del sindicato, se hicieron intentos de movilización, que fueron cambiando gradualmente las orientaciones del sindicato hacia una ideología más clasista, basada en la solidaridad y la unidad, además de la integración social, lo que hizo posible el nacimiento de la huelga
Descritores: Futebol
Greve
Atletas
-Sindicatos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR553.1 - Biblioteca Edgar Sperb


  2 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-976619
Autor: Freire, Julise Carvalho; Oliveira, Francismara Neves de.
Título: Conhecimento social em Piaget: um estudo sobre noções de greve / Social knowledge in Piaget: a study of notions of strike / Conocimiento social en Piaget: un estudio sobre nociones de huelga
Fonte: Psicol. esc. educ;22(3):503-510, set.-dez. 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo investigou a evolução da noção social de greve por meio das significações construídas por alunos de diferentes níveis de escolaridade, tomando-se por base a compreensão de conhecimento social no aporte teórico-metodológico da epistemologia genética. Adotou-se a pesquisa qualitativa, modalidade estudo exploratório, no qual foram empregados entrevista e desenho, apoiados no método clínico-crítico. A amostra configurou-se com 16 alunos, dois de cada série (2º, 4º, 6º e 8º anos do Ensino Fundamental; 1ª e 3ª séries do Ensino Médio e Ensino Superior (2º e 4º anos do curso de Pedagogia). Os resultados revelaram três níveis de compreensão da realidade social. Indicaram que as relações sociais constituem condição necessária, mas não suficiente para o desenvolvimento das noções sociais e que a escola exerce papel fundamental na formação dos sujeitos oportunizando para além do acesso à informação, a construção do conhecimento social.

The study investigated the evolution of the social notion of strike through the meanings constructed by students of different levels of schooling, based on the understanding of social knowledge in the theoretical-methodological contribution of genetic epistemology. We have adopted the qualitative research, exploratory study modality, in which interview and design used, supported by the clinical-critical method. The sample consisted of 16 students, two in each grade (2nd, 4th, 6th and 8th years of elementary school, 1st and 3rd grades of high school and higher education (2nd and 4th year of Pedagogy course). three levels of understanding of social reality. And they indicated that social relations are necessary but not sufficient condition for the development of social notions, and that the school plays fundamental role in the training of subjects, providing access to information, the construction of social knowledge.

En el presente estudio se investigo la evolución de la noción social de huelga por intermedio de las significaciones construidas por alumnos de diferentes niveles de escolaridad, tomándose por base la comprensión de conocimiento social en el aporte teórico-metodológico de la epistemología genética. Se adoptó la investigación cualitativa, modalidad estudio exploratorio, en el cual se empleó entrevista y diseño, apoyados en el método clínico-crítico. La muestra se configuró con 16 alumnos, dos de cada curso (2º, 4º, 6º y 8º cursos de la Enseñanza Básica; 1ª y 3ª cursos de la Enseñanza Secundaria y Enseñanza Universitaria (2º y 4º años do curso de Pedagogía). Los resultados apuntaron tres niveles de comprensión de la realidad social. Indicaron que las relaciones sociales constituyen condición necesaria, pero no suficiente para el desarrollo de las nociones sociales y que la escuela ejerce papel fundamental en la formación de los sujetos dando oportunidad para más allá del acceso a la información, la construcción del conocimiento social.
Descritores: Greve
Conhecimento
Genética
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  3 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-909555
Autor: Moyano-Diaz, Emilio.
Título: Afrontamiento, salud mental y felicidad bajo huelga y ocupación universitaria / Enfrentamento, saúde mental e felicidade sob greve e ocupação da universidade / ScriptCoping, mental health and happiness under strike and university occupation
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003);69(2):153-167, 2017.
Idioma: es.
Resumo: Se identificó la relación entre estrategias de enfrentamiento, salud mental (SM) y felicidad en trabajadores de una universidad en huelga y ocupación estudiantil, de acuerdo con status laboral - académico o administrativo-, grado de concordancia con el movimiento estudiantil y sexo. Ciento sesenta y dos participantes respondieron a la Escala de felicidad subjetiva y estrategias de enfrentamiento, y a la Escala de Goldberg (GHQ12). Obtuvimos y discutimos: 1) el uso del humor está asociado con SM y la felicidad y ésta, a la reevaluación cognitiva, enfrentamiento religioso y bajo enfrentamiento de evitación, 2) mayor malestar por la ocupación - peor SM, 3) no tener acceso a el espacio de trabajo está asociado con peor SM, más con iguales niveles de felicidad que los que tuvieron acceso, 4) el enfrentamiento varía de acuerdo con el status de académico o administrativo y con el sexo, 5) SM y felicidad no varían de acuerdo con el status académico, 6) aquellos que son pro-movimiento estudiantil presentan mejor SM que aquellos que no lo son

Identificamos a relação entre estratégias de enfrentamento, saúde mental (SM) e felicidade em trabalhadores de uma universidade em greve e com ocupação estudantil, de acordo com: o status laboral (acadêmico ou administrativo), o grau de concordância com o movimento estudantil e o sexo. Cento e sessenta e dois participantes responderam à Escala de felicidade subjetiva e estratégias de enfrentamento, e à Escala de Goldberg (GHQ12). Obtivemos e discutimos: 1) o uso de humor está associado à SM e à felicidade e esta, à reavaliação cognitiva, ao enfrentamento religioso e ao baixo enfrentamento de evitação; 2) quanto maior o mal-estar pela ocupação, pior a SM; 3) não ter acesso ao espaço de trabalho está associado com pior SM, mas com iguais níveis de felicidade do que aqueles que tiveram acesso; 4) o enfrentamento varia de acordo com o status de acadêmico ou administrativo e com o sexo; 5) SM e felicidade não variam de acordo com o status acadêmico, 6) aqueles que são pró-movimento estudantil apresentam melhor SM do que aqueles que não são o são

We identify the relationship between coping strategies, mental health (MH) and happiness in university workers during a student's strike-campus occupation, according to the status or role -academic or administrative- , degree of agreement to the social movement claims and gender. One hundred sixty-two participants responded the Coping Strategies and Subjective Happiness Scale, and to the Goldberg GHQ12 Scale. It was obtained and discussed that: 1) the use of humor was related with MH, and this was related to happiness, cognitive reprocessing, religious coping and low avoiding coping; 2) the greater discomfort caused by the occupation of campus the lower MH level; 3) those who had no access to their offices, have worse MH than those who did have access, with equal levels of happiness; 4) coping strategies change according role and gender; 5) there is no differences between role types according to MH or happiness, 6) those who are pro social movement have better MH than those who are not
Descritores: Adaptação Psicológica
Felicidade
Greve
Estudantes
Trabalhadores
-Saúde Mental
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1194.1 - BT - Biblioteca


  4 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-870402
Autor: Souza, Laís Oliveira de.
Título: Quantos gritos cabem em um silêncio?: a visão dos professores da rede de educação do município do Rio de Janeiro sobre trabalho, saúde e ação sindical / How many screams fit in a Silence?: vision of the municipal education network of teachers in Rio de Janeiro on labor, health and trade union action.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2016. 96 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo trata-se, especificamente, da visão dos professores da rede de educação municipal do Rio de Janeiro a respeito dos movimentos de greve ocorridos no ano de 2013 e a sua relação com a saúde. Este tema apresenta-se como objeto desta pesquisa. A greve (2013/2014) dos profissionais de educação do município do Rio de Janeiro não acontecia há quase 20 anos e apesar da resposta violenta e repressora do governo, ganhou força e apoio no bojo manifestações populares ocorridas a partir de junho de 2013. Entende-se que as experiências vividas especificamente pelos profissionais da educação (com intensas manifestações nas ruas) apresenta uma particularidade histórica a ser compreendida, o que justifica este estudo. Para isso, realizou-se uma pesquisa qualitativa de caráter descritivo e exploratório com seis professores. Quanto a técnica de investigação, foram realizadas entrevistas individuais com roteiro semiestruturado. O enfoque teórico-filosófico adotado foi o método dialético. Este estudo vincula-se a uma tradição de pensamento do campo do materialismo histórico e dialético sob a perspectiva de pensamento marxista. No que concerne a análise das entrevistas, foi escolhida a técnica da análise temática, obtendo-se assim as seguintes categorias de análise: metas e avaliações; meritocracia e pressão como formas de gestão; prolongamento da jornada de trabalho; infraestrutura; superlotação das salas de aula; o desejo de reconhecimento; o papel do sindicato; a greve em defesa da educação; conquistas da greve. Conclui-se que a maior conquista trazida com as manifestações dos trabalhadores da rede municipal foi o reencontro com o coletivo de trabalhadores e com a possibilidade de refletir criticamente seu processo de trabalho. Constatou-se o preceito teórico do campo da Saúde do Trabalhador segundo o qual as ações coletivas são espaços de luta e de produção de conhecimento, que podem configurar-se em instrumento para avanços significativos em relação à Saúde do Trabalhador. A partir do resultado obtido com entrevistas feitas com um total de 6 professores, pode-se chegar a conclusão da importância das ações coletivas dos trabalhadores como instrumento de reflexão e modificação de seus processos de trabalho.

In this work we extend the analysis about a vital issue for the Worker's Health field and that is the genesis of the area, which is: the vision of teachers from the city of Rio de Janeiro about the strike movements in 2013 and their relation to health. This theme is presented as an object of this research. The strike (2013/2014) of professional education in the municipality of Rio de Janeiro has not happened for nearly 20 years and despite the violent and repressive response from the government, gained strength and support in the midst demonstrations that took place from June 2013. understood It was found that the experiences specifically for education professionals (with intense demonstrations in the streets) presents a historical particularity to be understood, which justifies this study. For this, we carried out a qualitative study of descriptive and exploratory. From pre-set categories were selected 6 respondents, thus obtaining the following categories of analysis: goals and assessments; meritocracy and pressure as forms of management; extension of the working day; infrastructure; Overcrowding in classrooms; the desire for recognition; the role of the union; the strike in defense of education; Strike achievements. The conclusion, therefore, that the greatest achievement brought with demonstrations of workers in the municipal was the reunion with the collective of workers and the ability to critically reflect their work process. It is important to strengthen the collective actions are spaces of struggle and production of knowledge, which can be configured into an instrument for significant advances in relation to Occupational Health. From the results obtained from interviews with a total of 6 teachers, one can reach the conclusion of the importance of collective action of workers as a tool of reflection and change their work processes.
Descritores: Ensino Fundamental e Médio
Docentes
Sindicatos
Saúde do Trabalhador
Greve
-Entrevistas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; T363.11098153, S729q


  5 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-870392
Autor: Almeida, Hugo Pinto de.
Título: Tudo não é por acaso: exploração, greves, sindicatos surpreendidos e a saúde dos trabalhadores do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro / It is not by chance: exploration, strikes, surprised unions and health of workers at the Petrochemical Complex of Rio de Janeiro.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2016. 123 p. ilus, map.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Esta pesquisa analisa a luta coletiva e sindical dos trabalhadores em sua relação com a saúde, tendo como campo de estudo o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ). No COMPERJ, um conjunto de lutas e greves dos operários da construção civil, como a de 2014, pôs em questão as condições de exploração e a representação sindical da categoria. Com base na Saúde Coletiva/Saúde do Trabalhador, a abordagem teórico-metodológica da investigação compreende as práticas coletivas dos operários do COMPERJ de resistência e enfretamento à exploração capitalista como expressão das contradições do processo de trabalho capaz de contribuir com o conhecimento em saúde dos trabalhadores. Nessa linhagem, enfatizamos a perspectiva da pesquisa participante junto a coletivos de trabalhadores para se gerar transformação. O trabalho de campo incluiu dois momentos, sendo o primeiro a participação em audiências públicas relativas as condições de trabalho do COMPERJ, assembleias da categoria e visitas ao sindicato representativo. O segundo momento compreendeu entrevista semidiretiva e individual com informantes-chave, sendo realizadas ao todo 10 (dez) entrevistas com três grupos: 5 (cinco) com trabalhadores de base do COMPERJ que participaram dos movimentos de greve; 4 (quatro) com diretores do SINDIPETRO-RJ, entidade sindical implicada na luta dos operários e 01 (uma) com técnico do sindicato legalmente investido da representação dos trabalhadores da construção civil do COMPERJ. Os resultados e a discussão destacam um conjunto de reivindicações que traduzem resistência do processo de trabalho, tais como: prolongamento do trabalho, administração por estresse, práticas gerenciais de controle e vigilância do trabalhador, bem como práticas de enfraquecimento coletivo dos trabalhadores, base da resistência operária. Algumas das práticas de enfraquecimento ocorrem pela fragmentação dos trabalhadores através das formas de terceirização presente na obra e as características da estrutura sindical de Estado. No enfrentamento a exploração, os trabalhadores produziram diferentes formas de solidariedade e resistência no sentindo de produção de saúde, sendo uma destas a criação de comissões de base, instância independente do sindicato representativo, devido ao enfraquecimento da organização no local de trabalho. Estas comissões objetivavam organizar as lutas, greves e reivindicações dos trabalhadores da construção civil do COMPERJ. O movimento dos trabalhadores do COMPERJ, apoiado por sindicatos de outras categorias, se constituiu como uma forma de resistência perante as condições de exploração e reafirmando a possibilidade de conquistas e mudanças no processo de trabalho, como também a possibilidade do reencontro com o coletivo de trabalhadores, apesar dos limites impostos pelos patrões e o próprio sindicato legal da categoria que tinham o objetivo de diminuir ou fragmentar a luta operária. A presente dissertação, surgida pela interpelação da luta dos trabalhadores, contribui ao apontar para a necessidade do aprofundamento da realidade dos trabalhadores a partir das suas próprias práticas organizativas e compreendendo assim os próprios limites da estrutura sindical de Estado para a luta pela saúde dos trabalhadores.

This research analyses the collective and trade union struggle of workers in relation to health in the Petrochemical Complex of Rio de Janeiro (CMPERJ). In COMPERJ, a set of struggles and strikes of construction workers, such as the one in 2014, questioned the work conditions and union representation of the category. Based on Public Health / Works` Health, the theoretical and methodological approach of this research includes the collective practices of the COMPERJ workers in regard to resistance and fighting the capitalist exploitation, as an expression of the contradictions of what the work process can contribute to the health knowledge of the workers. In this sense, we conducted participant observation of workers' collectives generating transformation. The fieldwork included two moments: First, participation in public hearings about working conditions in COMPERJ meetings and visits to the Union. In the second moment, we conducted 10 (ten) interviews with three groups: five (5) with COMPERJ workers who participated in the strike movement; 4 (four) with SINDIPETRO-RJ directors, Labour Union involved in the struggle of the workers and 1 (one) with a technical legally invested by the Union to represent COMPERJ constructions workers. The results and discussion highlighted a number of claims that translate the resistance to the work process, such as prolongation of work, stress management, management practices of control and surveillance of the worker at the same time, collective weakening of workers. We emphasize forms of outsourcing this work and the characteristics of the Union structure in the State. In addressing the exploitation, the workers produced different forms of solidarity and resistance in the sense of health production, and formed base commission, an independent body of the representative Union. These commissions organized struggles, strikes and workers' demands from the workplace. The movement of COMPERJ workers, supported by trade unions of other categories, constituted as a form of resistance against the conditions of exploitation, reaffirming the possibility of achievements and changes in the labour process, but also the possibility of reunion with the collective of workers despite the limits imposed by employers and own legal category union. This dissertation, which appeared for the interpellation of the workers' struggle, helps to point out the needs of deepen studies from the real struggles and their own organizational practices of workers for the production of knowledge in Workers` Health.
Descritores: Indústria da Construção
Saúde do Trabalhador
Serviços Terceirizados
-Reivindicações Trabalhistas
Sindicatos
Greve
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; T363.11098153, A447t


  6 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: lil-700616
Autor: Miranda Chavarría, John E.
Título: Huelga de médicos residentes: evidencia de la crisis de valores / Resident doctors strike: evidence of the crisis of values
Fonte: Acta méd. costarric;52(4):260-260, dic. 2010.
Idioma: es.
Descritores: Costa Rica
Pessoal de Saúde
Greve/ética
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  7 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-691003
Autor: Kottow, Miguel.
Título: Huelga de hambre: consideraciones bioéticas / Hunger strike: bioethical considerations
Fonte: Cuad. méd.-soc. (Santiago de Chile);51(3):151-156, 2011.
Idioma: es.
Resumo: Las opiniones bioéticas vertidas en torno a la huelga de hambre de los estudiantes exacerban el conflicto y desenfocan la reflexión al proclamar la inmadurez de los actores y poner en duda la legitimidad ética de poner la vida en riesgo por una causa o un ideal. La bioética aporta poco si solo plantea interrogantes de sentido común en vez de presentar argumentos para enriquecer y agilizar la deliberación, y debatir sobre las influencias externas que desencadenan una decisión privada pero de manifestación pública y alcances políticos. La Declaración de Malta reconoce el trágico dilema ético-médico entre el respeto por la autonomía de los pacientes o protegidos por el médico, frente al igualmente poderoso deber de respetar la vida e impedir una muerte evitable. El dilema entre “dignidad y vida” es trágico porque, no pudiendo ser leal a ambos deberes, la elección necesariamente implica consecuencias nefastas y eventualmente letales. Si bien la decisión de huelga es personal, se trata de una manifestación dirigida a la sociedad, de manera que las decisiones y actitudes reactivas –de médicos, autoridades, dirigentes sociales– serán, quiérase o no, un manifiesto político y deben ser vistas desde la ética de responsabilidad. La bioética ha de cultivar la prudencia, desaconsejando caer en decisiones incorregibles y de consecuencias irreversibles. Es imperioso evitar situaciones trágicas que no pueden resolverse sin altos costos y daños –coerción, deterioro físico, muerte–, propiciando que los movimientos políticos desaconsejen de inicio el uso de la huelga de hambre como medio de presión, por cuanto cualquier desenlace será en mayor o menor grado maleficente.

The students' hunger strike has been inappropriately focused by opinions expressed and published mainly by local bioethicists and other academicians, when arguing that the strikers are immature, and that hunger strikes are ethically illegitimate. Although initiating a hunger strike is a private and personal matter, it is a public expression aiming at political effects. Therefore, influence and interventions by external agents –physicians, authorities, social leaders– have strong political connotations and carry responsibilities that require ethical analysis. Since the outcome of a hunger strike inevitably causes harm and mal eficence –coercion, physical decay, death–, bioethics should strongly advocate that political movements ought to dissuade their supporters from employing the hunger strike as a political pressure tool, for whichever way such a strike finally ends, it will have led to incorrigible decisions and irreversible negative consequences. The Declaration of Malta pinpoints the dilemma between respecting the strikers' autonomy and fulfilling the medical duty of avoiding evitable death. This dilemma between “dignity and life” is the scenario of tragic decisions, where any alternative chosen will have dire consequences and political effects. For this reason, bioethics is called on to exercise and advice prudence.
Descritores: Bioética
Fome
Autonomia Pessoal
Papel do Médico
Greve
-Competência Mental
Responsável: CL331.1 - Biblioteca Colegio Médico de Chile


  8 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-687470
Autor: Siutti, Orestes Walter.
Título: La toma de establecimientos de enseñanza / The occupation of educational establishments
Fonte: Rev. Mus. Fac. Odontol. B.Aires;26(44):4-4, dic. 2012.
Idioma: es.
Descritores: Ensino Fundamental e Médio
Faculdades de Odontologia
Greve
Universidades
-Argentina
Estudantes/psicologia
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  9 / 30 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-653193
Autor: Militão, João Batista; Silva, Luis Fernando.
Título: Normas e decisões judiciais aplicáveis à gestão do trabalho no SUS / Standards and judicial decisions concerning the management of work in SUS.
Fonte: Rio de Janeiro; ENSP; 2012. 168 p. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Gestão em Saúde
Administração de Recursos Humanos
Serviços Terceirizados/legislação & jurisprudência
Sistema Único de Saúde/organização & administração
Trabalhadores/legislação & jurisprudência
-Relações Trabalhistas
Negociação Coletiva/organização & administração
Greve
Setor Público/organização & administração
Setor Público
Sindicatos/organização & administração
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 331.8, M644n


  10 / 30 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-625801
Autor: Souza, Aparecida Neri de.
Título: Sou professor, sim senhor: representações do trabalho docente / I am a teacher, yes sir: representations of teaching work.
Fonte: Campinas; Papirus; 1996. 235 p.
Idioma: pt.
Descritores: Educação
Educação
Greve
Tipo de Publ: Livros de Texto
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação
BR59.2; 371.13, S713s. 56



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde