Base de dados : LILACS
Pesquisa : N03.540.630.480 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906245
Autor: Moreno, Ramon A; Gutierrez, Marco.
Título: Integração com monitores de beira de leito utilizando health level 7 / Integration with bedside monitors using health level 7 / Integración de monitores de cabecera utilizando health level 7
Fonte: J. health inform;8(supl.I):203-210, 2016. ilus, tab.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 15, Goiânia, 27-30 nov. 2016.
Resumo: OBJETIVOS: desenvolver solução para integração de monitores de beira de leito ao Sistema de Informações Hospitalares (SIH). MÉTODOS: Desenvolvimento e implementação de troca de mensagens no padrão Health Level 7, Admit Discharge Transfer (ADT) e Observation (OBX), utilizando a biblioteca HAPI, para cadastro do paciente e coletados parâmetros de monitoramento. Criação de base de dados para seleção e armazenamento dos parâmetros desejados. RESULTADOS: cadastro integrado com o SIH e captura em banco de dados dos parâmetros dos monitores de beira de leito além de interface de teste para visualização dos dados. CONCLUSÃO: Desenvolvido e implementado um sistema para a integração com monitores beira de leito, permitindo uma visão mais abrangente dos dados dos pacientes.

OBJECTIVES: develop solution for integration of bedside monitors to the Hospital Information System (HIS). METHODS: Development and implementation of the exchange of messages using the standard Health Level 7, Admit Discharge Transfer (ADT) and Observation (OBX), using the HAPI library in order to register the patient and to collect parameters from the monitors. It was also created a database in order to support the selection and storage of the desired parameters. RESULTS: registration integrated with HIS and saving of bedside monitors' parameters in database plus test interface for data visualization. CONCLUSION: Developed and implemented a system to integrate with bedside monitors, allowing a more comprehensive view of patient data.
Descritores: Integração de Sistemas
Monitoramento
Nível Sete de Saúde
-Congressos como Assunto
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-739246
Autor: González López, Dahilys; Álvarez Barreras, Liset M; Fernández Orozco, Adrián.
Título: Implementación de estándares DICOM SR y HL7 CDA para la creación y edición de informes de estudios imagenológicos / Implementation of DICOM SR and HL7 CDA standards for the creation and edition of digital imaging reports
Fonte: Rev. cuba. inform. méd;6(1):71-86, ene.-jun. 2014.
Idioma: es.
Resumo: La aparición de nuevas tecnologías de la información, así como estándares y acuerdos, permite la interoperabilidad entre aplicaciones de sistemas de salud en distintas partes del mundo. El presente artículo introduce un estudio que pretende facilitar el uso de estándares y tecnologías disponibles hacia el sector salud, especialmente hacia instituciones hospitalarias. El trabajo parte del uso de los estándares HL7 CDA y DICOM SR para la edición de informes de estudios imagenológicos, debido a que la emisión de estos informes constituye una de las actividades fundamentales de los departamentos de diagnósticos por imágenes. Se describen las principales funcionalidades y características, como base para un sistema informático capaz de adaptarse a los distintos ambientes y escenarios, permitiendo agilizar y estandarizar el proceso que se informatiza. Con la implementación de estos estándares se lograrían sistemas con fuertes características de estandarización, generalidad, flexibilidad, accesibilidad, bajo costo de implementación, bajas necesidades en infraestructura, perdurables en el tiempo e independientes al cambio de la tecnología(AU)

As new information technologies, standards and agreements appear, it has been possible to increase the interoperability among applications in health care systems in the world. This article shows a study that aims to facilitate the use of standards and technologies that are available to the health care field, mainly in hospitals. The work is focused on the usage of HL7 CDA and DICOM SR standards to the edition of reports from imaging studies, because the issuance of these reports is one of the core activities at the departments of imaging diagnostics. The paper describes the main functionalities and features as a basis for a computer system capable of adapt to different environments and scenarios, allowing streamline and standardize the process to be computerized. With the implementation of these standards, highly standardized systems would be achieved, and also features as generality, flexibility, accessibility, low implementation cost, low infrastructure needs, long-lasting and independence of technology change(AU)
Descritores: Processamento de Imagem Assistida por Computador/métodos
Informática Médica/normas
Nível Sete de Saúde
Interoperabilidade da Informação em Saúde
Limites: Seres Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621832
Autor: Fuentes, Maria Lucia Grundel; Alarcon, Gabriel Angel Sánchez; Abete, Marcelo Yelen; Fauquex, Jacques.
Título: Almacenamiento externo de los datos patronímicos de un CDA / External storage of the patronymic data on a CDA
Fonte: J. health inform;3(esp), ago. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: En el Uruguay el Decreto Nº 396/003 sobre Historia clínica electrónica establece que los datos patronímicos tienen que separarse de los datos clínicos salvo contexto de atención medica, el CDA es un documento que normalmente contiene ambos. Utilizamos esta especificación para registrar el documento clínico referente a la ?descripción operatoria?, restringiendo lo patronímico a un solo identificador, el cual permite encontrar los datos almacenados en otro sistema desacoplado. La conciliación del identificador con la información patronímica, se realiza mediante transacciones IHE pertenecientes al perfil PDQ de forma transparente al usuario autorizado, que edita o revisa el documento.

In Uruguay, the Decree No. 396/003 on electronic medical records states that patronymic data must be separated from clinical data except in the medical care context, the CDA is a document that typically contains both. We use this specification to record the clinical document regarding ?operative description?, restricting the patronymic information to a single identifier, which allows to find data stored on another disengaged system. Reconciliation of the identifier with the patronymic information is effected through IHE transactions belonging to the PDQ Profile which it is done transparently to the user authorized to edit or revise the document.
Descritores: Sistemas de Computação
Nível Sete de Saúde
Armazenamento e Recuperação da Informação
Sistemas de Informação
Informática Médica
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621831
Autor: Robles, Juan Carlos Castro; Domingo, Albert; Colomé, Josep Maria; Estevez, Soraya.
Título: HL7 in personal health system component's integration for mental health treatment
Fonte: J. health inform;3(esp), ago. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Help4Mood is a project inside 7th European Framework Programme (FP7) for developing a computational distributed system to support remotely the treatment of patients with major depression at home. Core components are integrated with Health Level Seven (HL7) standard. One of the main goals of this system is to use the paradigm of a Virtual Agent to support the first symptoms of clinician alert of a patient, to interact with him an to prevent some causes of relapse. The system processes inputs from different devices (to monitor sleeping, eating and motor activity) in a decision support system, and the Virtual Agent interacts with the patient before clinical support from hospital is needed. The technical framework is using the open source HL7-standard-based healthcare integration engine, Mirth Connect, to interact with the different subsystems, analyze data and give different priorities for messages in queues. Particularly, the use of standard HL7 will contribute to interest in the project results and the potential impact through the development, dissemination and use, as stated in the analysis of the European commission.

Help4Mood é um projeto do 7 º Programa de Framework Europeu (FP7) para desenvolvimento de um sistema computacional distribuído para apoio remoto de tratamento domiciliar de pacientes com depressão. Os principais componentes são integrados com o padrão Health Level Seven (HL7). Um dos objetivos principais deste sistema é a utilização do paradigma de um agente virtual para apoiar os primeiros sintomas de alerta clínico de um paciente, interagirindo com ele de forma a impedir que algumas ocorrências de recaída. O sistema processa as entradas de dispositivos diferentes (para monitorar a dormir, comer e atividade motora) em um sistema de apoio à decisão, e o Agente Virtual interage com o paciente antes que o atendimento clínico hospitalar seja necessário. O framework usa o código-fonte ?open source? como motor de integração baseado no padrão HL7, chamado ?Mirth Connect? a fim de interagir com os diferentes subsistemas, analisar os dados, e dar prioridades diferentes para as mensagens enviadas. A utilização do padrão HL7, por certo, contribuirá para os resultados do projeto e o impacto potencial através do desenvolvimento, difusão e utilização, como referenciado na análise da Comissão Europeia do programa.
Descritores: Sistemas de Computação
Técnicas de Apoio para a Decisão
Depressão
Nível Sete de Saúde
Saúde Mental
Tratamento Domiciliar
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621830
Autor: Chronaki, Catherine Eleftherios; Kontoyiannis, Vassilis; Panagopoulos, Dimosthenis; Katehakis, Dimitris George; Vourvahakis, Dimitris; Koutentaki-Mountraki, Kyriaki.
Título: Interoperability in disaster medicine and emergency management
Fonte: J. health inform;3(esp), ago. 2011. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Accurate and timely information is critical for health early warning and effective emergency management. Health Information Technology (HIT) standards address the challenge of integrating information from disparate healthcare resources e.g. devices, people, and information systems to support not only the effective handling of emergencies, but also their analysis for long-term resource planning. In the management of emergencies, co-operative use of standards facilitates effective sharing of information among the parties involved in search and rescue, continuous disaster assessment, and public awareness. This paper discusses the cooperative use of interoperability standards from Health Level Seven (HL7), the Organization for the Advancement of Structured Information Standards (OASIS), the European Committee for Standardization (CEN), and other Standards Developing Organizations to harness the power of Information and Communication Technologies (ICT) in emergency preparedness and response. The paper reports on the experience gained from the deployment of ICT in the Satellites for Epidemiology and health early warning (SAFE) civil protection exercise and interoperability considerations in technical solutions to be deployed in the ?POSEIDON? exercise (earthquake followed by tsunami in the Mediterranean) still at the planning stage.

Informações acuradas e na hora oportuna são essenciais para a emissão de alertas precoces de saúde e para a gestão eficaz de situações de calamidade pública. Os padrões de Tecnologia da Informação em Saúde objetivam resolver o desafio de integrar informações de diferentes recursos de saúde, como por exemplo dispositivos, pessoas e sistemas de informação para apoiar não só o tratamento eficaz nas situações de emergência, mas também na sua análise, para planejamento de recursos de longo prazo. Na gestão de emergências, o uso cooperativo de padrões facilita o compartilhamento eficaz de informações entre as partes envolvidas na busca e salvamento, de avaliação de desastres e conscientização pública. Este artigo discute o uso cooperativo de padrões de interoperabilidade do Health Level Seven (HL7), do Organização para o Avanço de Padrões de Informação Estruturados (OASIS), Comité Europeu de Normalização (CEN), e outras normas das organizações produtoras de padões para fortalecer o poder de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) na preparação e resposta a emergências. O artigo relata a experiência adquirida com a utilização das TIC nos satélites de Epidemiologia e de alerta precoce de saúde (SAFE) exercício de protecção civil e os aspectos da interoperabilidade nas soluções técnicas a serem implantados no exercício ?Poseidon? (terremoto seguido de tsunami no Mediterrâneo) ainda em fase de planejamento...
Descritores: Emergências em Desastres
Medicina de Desastres
Planejamento em Desastres
Alerta Rápido
Gestão da Informação
Nível Sete de Saúde
Tecnologia da Informação
Padrões de Referência
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abrahäo, Marivan Santiago
Texto completo
Id: lil-621829
Autor: Abrahão, Marivan Santiago.
Título: Health level seven Brazil
Fonte: J. health inform;3(esp), ago. 2011.
Idioma: pt.
Descritores: Nível Sete de Saúde
Tecnologia da Informação
Informática Médica
-Brasil
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621828
Autor: Blobel, Bernd.
Título: Homenagem / Tribute
Fonte: J. health inform;3(esp), ago. 2011.
Idioma: pt.
Descritores: Pessoas Famosas
Nível Sete de Saúde
Tecnologia da Informação
Informática Médica
-Brasil
Tipo de Publ: Biografia
Editorial
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621825
Autor: Oemig, Frank; Blobel, Bernd.
Título: Establishing semantic interoperability between HL7 v2. x and V3: a communication standards ontology (CSO)
Fonte: J. health inform;3(4), out.-dez. 2011. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Different communication standards in healthcare - esp. HL7 version 2.x and v3 - lack inter- and intra-family compatibility. Bridging between those to establish semantic interoperability using a formal ontology as a mediator in a mapping process has demonstrated that both communication standards have in principle the same underlying architecture. This paper shortly analyses this structure in order to create a communication standards ontology (CSO) based on (basic) formal ontologies (BFO/FO) which is presented thereafter. The paper discusses problems which appeared during the development process and the established solution.

Diferentes padrões de comunicação em saúde como o HL7 versão 2 e a versão 3, falham em compatibilidade inter e intrafamiliar. Unificações entre a interoperabilidade semântica estabelecida usando uma ontologia formal como um mediador no processo de mapeamento tem demonstrado que os padrões de comunicação tem em princípio, a mesma arquitetura de apoio. Este artigo analisa brevemente esta estrutura para criar um padrão de ontologia de comunicação baseado em ontologias formais apresentadas. O artigo discute problemas que surgiram durante o processo de desenvolvimento e a solução estabelecida.

Los diferentes patrones de comunicación para la salud como la versión 2 de HL7 y la versión 3, no a la compatibilidad inter e intra-familiar. Unificaciones entre la interoperabilidad semántica realiza mediante una ontología formal como médico en el proceso de asignación ha demostrado que los patrones de comunicación son, en principio, compatibles con la arquitectura misma. En este artículo se considera que esta estructura para crear una ontología estándar de la Comunicación basados en ontologías formales presentadas. El artículo analiza los problemas que surgieron durante el proceso de desarrollo y el conjunto de soluciones.
Descritores: Sistemas de Computação
Comunicação em Saúde
Nível Sete de Saúde
Informática Médica
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde