Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.095 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 119 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 119 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1282019
Autor: Canuto, Liliane Ecco; Silva, Angela Fernandes Leal da; Pinheiro, Luiza Sanchez Palacio; Canuto Júnior, Júlio Cesar Arruda; Santos, Nereida Lúcia Palko dos.
Título: Estudo da demanda de uma equipe da Estratégia Saúde da Família que utiliza o acesso avançado como modelo de organização da agenda / Study of the demand for a Family Health Strategy (FHS) team that uses advanced access (AA) as a model for organizing the agenda / Estudio de la demanda de un equipo de Estrategia de Salud de la Familia que utilice el acceso avanzado como modelo para la organización de la agend
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;16(43):2378, 20210126. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Introducción: El acceso oportuno y la continuidad de la atención son dos importantes medidas operativas para la práctica de la atención en Atención Primaria de Salud (APS). Objetivo: Realizar un estudio de demanda de un equipo de Estrategia de Salud de la Familia (ESF) que utilice el acceso avanzado (AA) como modelo para la organización de la agenda. Métodos: se trata de un análisis documental, cuantitativo, descriptivo y retrospectivo realizado en un equipo de la ESF en Río de Janeiro. Los datos 1410 se recopilaron en una hoja de cálculo de Microsoft® Excel® en Google Drive, se utilizaron en el proceso de trabajo del equipo y se tabularon y analizaron en hojas de cálculo de Microsoft Excel®. Se incluyeron registros del período de agosto y septiembre de 2017 y se excluyeron los registros en los que no se llenó el motivo de la consulta (MC). Los MC fueron codificados en base a las demandas, quejas y necesidades expresadas en las narrativas de los usuarios, y se adaptaron a la conformidad de la codificación CIAP (Clasificación Internacional de Atención Primaria). Resultados: De los 1392 registros de MC del resto de usuarios, 149 no fueron atendidos por inasistencia, reprogramación o evasión, totalizando 1243 registros analizados. Predominó el sexo femenino, con edades comprendidas entre los 55 y los 59 años, visitas realizadas en demanda espontánea, por la mañana, principalmente en las primeras horas de la recepción y con quejas generales y no específicas. Conclusión: Con AA parece haber una mayor accesibilidad para los usuarios que podrán tener acceso de primer contacto más fácilmente para resolver sus problemas. La realización del estudio de demanda permite recabar datos para la elaboración de un plan para una mejor organización de la agenda, reflejándose en un mejor servicio a la población de manera resuelta, oportuna e integral.

Introduction: Timely access and continuity of care are two important operational measures for the practice of care in Primary Health Care (PHC). Purpose: Conduct a study of the demand for a Family Health Strategy (FHS) team that uses advanced access (AA) as a model for organizing the schedule. Methods: It is a documentary, quantitative, descriptive and retrospective analysis carried out in an FHS team in Rio de Janeiro. The 1410 pieces of data were collected in a Microsoft® Excel® spreadsheet in Google Drive, used in the team's work process and were tabulated and arranged in Microsoft Excel® spreadsheets. Records from August and September 2017 were included, while records in which the reason for the consultation (RC) was not filled out were excluded. The RC were coded based on the demands, complaints and needs expressed in the users' narratives, and adapted to the conformity of the ICPC (International Classification of Primary Care). Results: Of the 1392 RC records of the remaining users, 149 were not attended due to absence, rescheduling or evasion, totaling 1243 records covered. There was a predominance of the following variables: females, aged between 55 and 59 years old, spontaneous demand queries, visits in the morning, mainly in the first hours of the reception and about general and non-specific complaints. Conclusions: With AA there seems to be greater accessibility for users who receive first contact access more easily to solve their problems. Carrying out the demand study makes it possible to collect data for the elaboration of a plan for a better organization of the agenda, reflecting in a better service to the population in a resolute, timely and integral way.

Introdução: O acesso oportuno e a continuidade do cuidado são duas medidas operacionais importantes para a prática dos cuidados na Atenção Primária à Saúde (APS). Objetivo: Realizar um estudo da demanda de uma equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF) que utiliza o acesso avançado (AA) como modelo de organização da agenda. Métodos: Trata-se de uma análise documental, quantitativa, descritiva e retrospectiva realizada em uma equipe da ESF no Rio de Janeiro. Os 1410 dados foram coletados em uma planilha do Microsoft® Excel® no Google Drive, utilizada no processo de trabalho da equipe e foram tabulados e analisados em planilhas do Microsoft Excel®. Foram incluídos os registros do período de agosto e setembro de 2017 e excluídos os registros no qual o motivo da consulta (MC) não foi preenchido. Os MC foram codificados a partir de demandas, queixas e necessidades expressas nas narrativas dos usuários, e adaptadas à conformidade da codificação da CIAP (Classificação Internacional de Atenção Primária). Resultados: Dos 1392 registros de MC dos usuários restantes, 149 não foram atendidos por motivo de falta, reagendamento ou evasão, totalizando 1243 registros analisados. Predominou o sexo feminino, faixa etária entre 55 e 59 anos, atendimentos realizados em demanda espontânea, pela manhã, principalmente nas primeiras horas do acolhimento e com queixas gerais e não-específicas. Conclusão: Com o AA parece haver uma acessibilidade maior aos usuários que poderão ter o acesso de primeiro contato mais facilmente para a resolução dos seus problemas. Realizar o estudo da demanda possibilita o levantamento de dados para a elaboração de um planejamento para uma melhor organização da agenda refletindo em um melhor atendimento à população de forma resolutiva, oportuna e integral
Descritores: Agendamento de Consultas
Atenção Primária à Saúde
Classificação Internacional de Doenças
Estratégia Saúde da Família
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  2 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962162
Autor: Nascimento, Maria Isabel do; Silva, Gulnar Azevedo e.
Título: Waiting time for radiotherapy in women with cervical cancer / Tempo de espera para radioterapia em mulheres com câncer do colo do útero
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:92, 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To describe the waiting time for radiotherapy for patients with cervical cancer. METHODS This descriptive study was conducted with 342 cervical cancer cases that were referred to primary radiotherapy, in the Baixada Fluminense region, RJ, Southeastern Brazil, from October 1995 to August 2010. The waiting time was calculated using the recommended 60-day deadline as a parameter to obtaining the first cancer treatment and considering the date at which the diagnosis was confirmed, the date of first oncological consultation and date when the radiotherapy began. Median and proportional comparisons were made using the Kruskal Wallis and Chi-square tests. RESULTS Most of the women (72.2%) began their radiotherapy within 60 days from the diagnostic confirmation date. The median of this total waiting time was 41 days. This median worsened over the time period, going from 11 days (1995-1996) to 64 days (2009-2010). The median interval between the diagnostic confirmation and the first oncological consultation was 33 days, and between the first oncological consultation and the first radiotherapy session was four days. The median waiting time differed significantly (p = 0.003) according to different stages of the tumor, reaching 56 days, 35 days and 30 days for women whose cancers were classified up to IIA; from IIB to IIIB, and IVA-IVB, respectively. CONCLUSIONS Despite most of the women having had access to radiotherapy within the recommended 60 days, the implementation of procedures to define the stage of the tumor and to reestablish clinical conditions took a large part of this time, showing that at least one of these intervals needs to be improved. Even though the waiting times were ideal for all patients, the most advanced cases were quickly treated, which suggests that access to radiotherapy by women with cervical cancer has been reached with equity.

RESUMO OBJETIVO Descrever o tempo de espera para realização de radioterapia em casos de câncer do colo do útero. MÉTODOS Estudo descritivo conduzido com 342 mulheres com câncer do colo do útero encaminhadas para radioterapia primária na Baixada Fluminense, RJ, período de 1995 a 2010. O tempo de espera foi calculado tendo como parâmetro o prazo de 60 dias para obter o primeiro tratamento do câncer e considerando a data da confirmação diagnóstica, a da primeira consulta oncológica e da primeira sessão de radioterapia. A comparação de medianas e proporções foi feita pelos testes de Kruskal Wallis e Qui-quadrado. RESULTADOS A maioria das mulheres (72,2%) iniciou a radioterapia dentro de 60 dias da data da confirmação diagnóstica. A mediana do tempo de espera total foi de 41 dias. Essa mediana piorou ao longo do período e passou de 11 dias (1995 a 1996) para 64 dias (2009 a 2010). A mediana do intervalo entre confirmação diagnóstica e primeira consulta oncológica foi de 33 dias, e da primeira consulta oncológica à primeira sessão de radioterapia, foi quatro dias. Houve diferença estatisticamente significativa (p = 0,003) da mediana do tempo de espera total segundo o estadiamento do tumor, obtendo-se 56 dias, 35 dias e 30 dias para os casos classificados até IIA, IIB-IIIB, e IVA-IVB, respectivamente. CONCLUSÕES Embora a maioria das mulheres tenha tido acesso à radioterapia dentro de 60 dias, a implementação de procedimentos para definição do estadiamento do tumor e restabelecimento das condições clínicas consumiu grande parte do tempo e precisa de aprimoramento. Ainda que o tempo de espera não tenha sido o ideal para todas as pacientes, os casos mais avançados chegaram mais rápido ao tratamento, sugerindo que o acesso à radioterapia para esse tipo de câncer tem sido alcançado com equidade.
Descritores: Neoplasias do Colo do Útero/radioterapia
Listas de Espera
Tempo para o Tratamento
-Agendamento de Consultas
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Estudos Retrospectivos
Acesso aos Serviços de Saúde
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962124
Autor: Nagata, Delsa; Gutierrez, Eliana Battaggia.
Título: Characteristics of HIV patients who missed their scheduled appointments / Características dos pacientes com HIV que faltaram a consultas agendadas
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:95, 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: To analyze whether sociodemographic characteristics, consultations and care in special services are associated with scheduled infectious diseases appointments missed by people living with HIV. METHODS: This cross-sectional and analytical study included 3,075 people living with HIV who had at least one scheduled appointment with an infectologist at a specialized health unit in 2007. A secondary data base from the Hospital Management & Information System was used. The outcome variable was missing a scheduled medical appointment. The independent variables were sex, age, appointments in specialized and available disciplines, hospitalizations at the Central Institute of the Clinical Hospital at the Faculdade de Medicina of the Universidade de São Paulo, antiretroviral treatment and change of infectologist. Crude and multiple association analysis were performed among the variables, with a statistical significance of p ≤ 0.05. RESULTS: More than a third (38.9%) of the patients missed at least one of their scheduled infectious diseases appointments; 70.0% of the patients were male. The rate of missed appointments was 13.9%, albeit with no observed association between sex and absences. Age was inversely associated to missed appointment. Not undertaking anti-retroviral treatment, having unscheduled infectious diseases consultations or social services care and being hospitalized at the Central Institute were directly associated to missed appointments. CONCLUSIONS: The Hospital Management & Information System proved to be a useful tool for developing indicators related to the quality of health care of people living with HIV. Other informational systems, which are often developed for administrative purposes, can also be useful for local and regional management and for evaluating the quality of care provided for patients living with HIV.

RESUMO OBJETIVO: Analisar se características sociodemográficas e consultas e atendimentos em especialidades estão associados à falta de pessoas vivendo com HIV em consultas agendadas de infectologia. MÉTODOS: Neste estudo transversal e analítico foram incluídas 3.075 pessoas vivendo com HIV, com pelo menos uma consulta de infectologia agendada em unidade de saúde especializada em 2007. Foi utilizada base de dados secundários do Sistema de Informação e Gestão Hospitalar. A variável desfecho foi a falta em consulta agendada. As variáveis independentes foram sexo, idade, consultas e atendimentos em especialidades e disciplinas disponíveis, internações no Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, tratamento antirretroviral e troca de médico infectologista. Realizada análise de associação bruta e múltipla entre as variáveis, com significância estatística se p ≤ 0,05. RESULTADOS: Mais de um terço (38,9%) dos pacientes faltaram em pelo menos uma consulta de infectologia; 70,0% dos pacientes eram do sexo masculino. A taxa de faltas foi de 13,9%, mas não foi observada associação entre sexo e falta. A idade foi inversamente associada à falta. Não estar em tratamento antirretroviral, comparecer à consulta de infectologia sem agendamento ou a atendimento de serviço social e ser internado no Instituto Central foram diretamente associados à falta. CONCLUSÕES: O Sistema de Informação e Gestão Hospitalar mostrou ser instrumento útil para a elaboração de indicadores relacionados à qualidade da atenção à saúde de pessoas vivendo com HIV. Outros sistemas de informação, frequentemente desenvolvidos para finalidades administrativas, também podem ser úteis para gestão local e regional e para avaliação da qualidade da atenção aos pacientes vivendo com HIV.
Descritores: Agendamento de Consultas
Infecções por HIV/tratamento farmacológico
Cooperação do Paciente/estatística & dados numéricos
-Fatores Socioeconômicos
Brasil
Estudos Transversais
Antirretrovirais/uso terapêutico
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1004510
Autor: Vidal, Tiago Barra; Rocha, Suelen Alves; Harzheim, Erno; Hauser, Lisiane; Tesser, Charles Dalcanale.
Título: Scheduling models and primary health care quality: a multilevel and cross-sectional study / Modelos de agendamento e qualidade da atenção primária: estudo transversal multinível
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:38, jan. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To evaluate whether the scheduling model influences the perception of the user about the quality of primary health care centers. METHODS This is a cross-sectional and population-based study that measured the quality of centers by the Primary Care Assessment Tool (PCATool-Brazil), applied to adult users (n = 409) from 11 health centers in Florianópolis, state of Santa Catarina. Multilevel analysis was used to verify the relationship between the score of general quality of the primary health care and the scheduling model. The independent variables (age, skin color, scheduling model, panel size by primary health team, poverty ratio as income proxy, number of health teams, presence of economically interest areas, number of medical appointments in one year per primary health team, number of people treated in one year per health team), with p < 0.20 were selected for the multilevel model, which was adjusted with aggregates of information from users and health centers. RESULTS The health center that used advanced access had a general score of 7.04, while those using a weekly carve-out had a score of 6.26; the carve-out every 15 days, score of 5.87; and the traditional carve-out, score of 6.29. CONCLUSIONS The scheduling model of advanced access had a positive effect on the quality of primary health care, in the perception of users.

RESUMO OBJETIVO Avaliar se o modelo de agendamento influencia a percepção do usuário sobre a qualidade dos serviços da atenção primária à saúde. MÉTODOS Estudo transversal de base populacional que mediu a qualidade dos serviços pelo instrumento Primary Care Assessment Tool (PCATool-Brasil), aplicado aos usuários adultos (n = 409) de 11 centros de saúde em Florianópolis, SC. A análise multinível foi utilizada para verificar a relação entre o escore de qualidade geral da atenção primária à saúde e o modelo de agendamento. As variáveis independentes (idade, cor da pele, modelo de agendamento, população por equipe de saúde da família, proporção de pobreza como proxy de renda, número de equipes de saúde da família, presença de áreas de interesse social, número de consultas médicas em um ano por equipe de saúde da família, número de pessoas atendidas em um ano por equipe de saúde) com p < 0,20 foram selecionadas para o modelo multinível, que foi ajustado com agregados de informações dos usuários e dos centros de saúde. RESULTADOS O centro de saúde que utilizava acesso avançado apresentou o escore geral 7,04, enquanto os que utilizavam carve-out semanal tiveram escore 6,26, carve-out quinzenal escore 5,87 e tradicional escore 6,29. CONCLUSÕES O modelo de agendamento acesso avançado teve um efeito positivo na qualidade da atenção primária à saúde, na percepção dos usuários.
Descritores: Agendamento de Consultas
Atenção Primária à Saúde/normas
Qualidade da Assistência à Saúde/normas
Inquéritos e Questionários/normas
-Atenção Primária à Saúde/métodos
Padrões de Referência
Fatores de Tempo
Brasil
Estudos Transversais
Análise Multivariada
Reprodutibilidade dos Testes
Satisfação do Paciente/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1043338
Autor: Bertoldi, Andrea Dâmaso; Mielke, Grégore Iven; Guttier, Marília Cruz; Neumann, Nelson Arns; Dalabona, Caroline; Boing, Alexandra Crispim; Silveira, Mariângela Freitas.
Título: Use of antibiotics in the health care unit: 2015 Pelotas Birth Cohort / Uso de antibióticos no local do atendimento: Coorte de Nascimentos de Pelotas de 2015
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:92, jan. 2019. tab.
Idioma: en.
Projeto: Wellcome Trust.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To estimate the use of the first dose of antibiotics in the health care unit in children from the 2015 Pelotas Birth Cohort at 24 months. METHODS A total of 4,014 children were monitored. We used descriptive statistics and Poisson regression to analyze the association between socioeconomic and demographic variables, participation in daycare units, in the activities of the Pastoral da Criança and in the Primeira Infância Melhor program, low birth weight, hospitalization between 12 and 24 months, place of medical appointment, prevalence of medical appointment in the last 30 days, prescription of antibiotics, and administration of the first dose in the health care unit. RESULTS A total of 1,044 children had medical appointments in the last 30 days, of which 45% were prescribed antibiotics and only 10.5% were administered the first dose of this medication in the health care unit. Children with brown, yellow or indigenous skin color were administered 2.5 times more antibiotics than white children. Children whose mothers had 12 years or more of education were administered 83.0% fewer antibiotics than those whose mothers had up to 4 years of education. Among those who were hospitalized for 12 to 24 months, the use of antibiotics was almost four times higher than among those who were not. Among the children served by the Brazilian Unified Health System (SUS), only 15.3% were administered the first dose of antibiotic in the health care unit. When compared with children served by private health care or health plan, administration of the first dose in the SUS was 76.0% higher. CONCLUSIONS Despite the efforts related to the Pastoral da Criança campaign "Antibiotic: first dose immediately," adherence to the provision of antibiotics in the health care unit is still low. Strategies are necessary and urgent so children have access to the first dose of antibiotics in the health care unit.

RESUMO OBJETIVO Estimar o uso da primeira dose do antibiótico no local de atendimento nas crianças da Coorte de Nascimentos de Pelotas de 2015 aos 24 meses. MÉTODOS Foram acompanhadas 4.014 crianças. A associação entre variáveis socioeconômicas e demográficas, participação em creche, nas ações da Pastoral da Criança e no programa Primeira Infância Melhor, baixo peso ao nascer, internação entre 12 e 24 meses, local da consulta, prevalência de consulta nos últimos 30 dias, prescrição de antibióticos e recebimento da primeira dose no local de atendimento foi analisada por meio de estatística descritiva e regressão de Poisson. RESULTADOS Tiveram consulta nos últimos 30 dias 1.044 crianças, das quais 45% receberam prescrição de antibiótico e apenas 10,5% receberam a primeira dose dessa medicação no local de atendimento. Crianças de cor da pele parda, amarela ou indígena tiveram um uso de antibiótico 2,5 vezes maior que o das brancas. Já as crianças cujas mães tinham 12 anos ou mais de escolaridade usaram 83,0% menos antibióticos que aquelas cujas mães tinham até quatro anos de estudo. Entre aquelas que foram internadas entre 12 e 24 meses, o uso de antibiótico foi quase quatro vezes maior do que entre as que não foram. Entre as crianças atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), apenas 15,3% receberam a primeira dose do antibiótico no local de atendimento. Quando comparado com o de crianças atendidas por financiamento particular ou convênio, o recebimento da primeira dose no SUS chegou a ser 76,0% superior. CONCLUSÕES Apesar dos esforços relacionados à campanha da Pastoral da Criança "Antibiótico: primeira dose imediata", ainda é baixa a adesão ao fornecimento de antibióticos no local de atendimento. Estratégias são necessárias e urgentes para que as crianças tenham acesso à primeira dose de antibióticos no local de atendimento.
Descritores: Pesquisas sobre Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
Antibacterianos/administração & dosagem
-Agendamento de Consultas
Prescrições de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Fatores Socioeconômicos
Fatores de Tempo
Brasil/epidemiologia
Saúde da Criança/estatística & dados numéricos
Prevalência
Estudos de Coortes
Hospitalização/estatística & dados numéricos
Mães
Programas Nacionais de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mendes, Regina Ferraz
Texto completo
Id: biblio-1056889
Autor: Silva, Aryvelto Miranda; Nogueira, Básia Rabelo; Leal, Thalles Anthony Chaves; Prado Júnior, Raimundo Rosendo; Mendes, Regina Ferraz.
Título: Physiological and Behavioral Manifestations of Children and Teenagers with Down Syndrome During the Dental Appointment: A Comparative Cross-Sectional Study
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;20:e4658, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: To measure the heart rate (HR) and the behavior of children and teenagers with Down Syndrome (DS) during the dental appointment. Material and Methods: Two groups (n = 52), of both genders, aged 2-14 years, matched by age group were formed: study group (SG) - individuals with DS and control group (CG) - normotypical school children. The participants were submitted to clinical examination and prophylaxis. An oximeter was used to measure the HR at five moments of the dental consultation: before entering the practice room (T0), when sitting in the dental chair (T1), during the clinical examination (T2), during prophylaxis (T3) and immediately after prophylaxis (T4). Behavior, classified according to the Frankl Scale, was observed at T3. Mann Whitney, Kruskal-Wallis, Dunn and Pearson's Chi-square tests were used to analyze and compare variables (significance level at 5%). Results: In SG, a significant difference in HR was observed according to the moment of dental appointment (p<0.001 SG; 0.3385 CG). The highest HR value in SG was observed at T3 (median 110.00; IIQ 96.00-124.00), the only moment significantly different (p<0.001) from HR values for CG. A difference in behavior between groups (p<0.001) was also observed. Conclusion: HR of individuals with DS varied throughout the dental appointment, and they also had a higher prevalence of uncooperative behavior.
Descritores: Sintomas Comportamentais/psicologia
Estudos Transversais/métodos
Síndrome de Down
Consultórios Odontológicos
Frequência Cardíaca
Monitorização Fisiológica
-Agendamento de Consultas
Encaminhamento e Consulta
Brasil/epidemiologia
Distribuição de Qui-Quadrado
Estudos Transversais
Estatísticas não Paramétricas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  7 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056895
Autor: Garrido, Juan Carlos; Matamala, Daniela; Cartes-Velásquez, Ricardo; Campos, Valeria.
Título: Improving Dental Service Utilization Rate Using a Proactive Telephone-Based Scheduling Strategy in Primary Healthcare
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;20:e5043, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: To determine the effect of a proactive telephone-based scheduling strategy to improve dental service utilization rate in primary healthcare. Material and Methods: A retrospective study was carried out based on the dental appointments' records of a primary healthcare center before-strategy and after-strategy periods. The variables studied for both periods were the number of dental appointments requested, dental appointments undergone, no-shows, and available quotas. Data collection was performed by two researchers between May and June 2018. Descriptive statistics were used to calculate the absolute and relative frequencies. Results: A total of 10,193 records of dental appointments were registered within the two periods. After-strategy period, dental appointments undergone increased by 16,7%, no-shows decreased by 3%, and available quotas decreased by 21.3%. Conclusion: A proactive telephone-based scheduling strategy increased the dental service utilization rate in primary healthcare.
Descritores: Agendamento de Consultas
Atenção Primária à Saúde
Odontologia em Saúde Pública/educação
Serviços de Saúde Bucal
-Chile/epidemiologia
Estudos Retrospectivos
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  8 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1012430
Autor: Zepeda-Diaz, Carlos Felipe.
Título: Factores que Afectan la Duración de los Tratamientos de Ortodoncia en un Servicio Público de Salud / Factors that Affect the Duration of Orthodontic Treatment in Public Health Services
Fonte: Int. j. odontostomatol. (Print);13(3):321-324, set. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN: La duración de los tratamientos de ortodoncia siempre ha sido una de las mayores preocupaciones, tanto en los pacientes como en los Ortodoncistas. El proposito de esta investigacion fue determinar la magnitud de las inasistencias a los controles por parte de los pacientes y como estas y otras variables, influyen en la duración de los tratamientos de Ortodoncia en el Centro de Salud Familiar (CESFAM) Dr. Victor Manuel Fernandez, Servicio de Salud de Concepcion, Chile. Se realizo un estudio descriptivo, de tipo transversal, retrospectivo, en el que se utilizaron las fichas clínicas de todos los pacientes que fueron dados de alta por los Ortodoncistas del CESFAM Dr. V. M. F. durante el año 2017. La tabulación se realizó en Microsoft Excel y el análisis estadístico se hizo en InfoStat 17. Se incluyeron 246 pacientes, con una edad de ingreso promedio de 13,6 años. La maloclusion predominante fue la Clase I de Angle (71 %). Estos pacientes tuvieron una duracion de tratamiento promedio de 33,9 meses. Se concluyó que a mayor cantidad de inasistencias, el tratamiento de ortodoncia tuvo una duración mayor.

ABSTRACT: The duration of orthodontic treatments has always been one of the biggest concerns, both in patients and for orthodontists. The purpose of this investigation was to determine the magnitude of the absences to the controls of the patients and how they influence the duration of the orthodontic treatments in the CESFAM Dr. Victor Manuel Fernandez, Concepcion, Chile. A descriptive, cross-sectional, retrospective study was carried out, in which the clinical records of all patients discharged by the Orthodontists of CESFAM Dr. V.M.F. during the year 2017 were analyzed. The tabulation was performed in Microsoft Excel and the statistical analysis was carried out in InfoStat 17. In total, 246 patients were included, with an average age of admission of 13.6 years. The predominant malocclusion was Class I of Angle (71 %). These patients had an average treatment duration of 33.9 months. It was further concluded that the length of orthodontic treatment, was also affected by the increased number of times patients failed to show for treatment.
Descritores: Centros Comunitários de Saúde
Aparelhos Ortodônticos Fixos
Dente Molar
-Agendamento de Consultas
Sistemas de Gerenciamento de Base de Dados/instrumentação
Software
Chile
Saúde Pública
Modelos Estatísticos
Resultado do Tratamento
Pacientes não Comparecentes/estatística & dados numéricos
Duração da Terapia
Má Oclusão
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1253157
Autor: Shibukawa, Bianca Machado Cruz,; Rissi, Gabrieli Patrício,; Uema, Roberta Tognolo Borota,; Merino, Maria de Fátima Garcia Lopes,; Cheffer, Maycon Hoffmann,; Higarashi, Ieda Harumi,.
Título: Comportamento faltoso em serviços de saúde materno-infantil: revisão integrativa da literatura / Non-attendance in maternal-child health services: an integrative literature review
Fonte: Rev. eletrônica enferm;23:1-10, 2021.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: identificar evidências científicas acerca dos motivos de não comparecimento em consultas nos serviços de saúde materno-infantil. Método: revisão integrativa conduzida nas bases CINAHL, BDENF, Scopus, Web of Science, PubMed, EMBASE, Science Direct e BVS, sem limitação do ano de publicação, seguindo a ferramenta PRISMA. Definiu-se como população os pacientes faltosos nas consultas agendadas. Resultados: identificaram-se 308 estudos, destes selecionaram-se 63 para a leitura na íntegra e três para amostra final. Os principais motivos relacionados ao comportamento faltoso, envolveram condições socioeconômicas, acessibilidade geográfica e a compreensão dos usuários quanto à importância do comprometimento com a saúde, todas situações que podem favorecer um desfecho desfavorável ao binômio. Conclusão: concluiu-se que a escassez de artigos acerca do tema justifica a realização de novos estudos voltados ao aprofundamento acerca das dificuldades encontradas pelas famílias, a fim de traçar estratégias que auxiliem a minimizar os efeitos deletérios da falta de acompanhamento.

Objective: to identify scientific evidence about the reasons for not attending appointments at maternal and child health services. Method: integrative review conducted at the bases CINAHL, BDENF, Scopus, Web of Science, PubMed, EMBASE, Science Direct and VHL databases, without limitation of the year of publication, following the PRISMA tool. The population was defined as patients who missed scheduled appointments. Results: 308 studies were identified, 63 were selected for full reading and three for the final sample. The main reasons related to defaulting behavior involved socioeconomic conditions, geographic accessibility and users' understanding of the importance of health commitment, all situations that can favor an unfavorable outcome for the binomial. Conclusion: it was concluded that the scarcity of articles on the topic justifies further studies aimed at deepening the difficulties encountered by families, in order to devise strategies that help to minimize the harmful effects of lack of follow-up.
Descritores: Atenção Secundária à Saúde
-Agendamento de Consultas
Serviços de Saúde Materno-Infantil
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  10 / 119 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046957
Autor: Grande Ratti, María Florencia; Frid, Santiago Andrés.
Título: Evaluación de llamada telefónica como primera aproximación para el manejo de la demanda de médicos generalistas ingleses / Evaluation of the telephone call as the first approach for management the demand of English general practitioners
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;22(3):e00199, nov. 2019.
Idioma: es.
Descritores: Agendamento de Consultas
Consulta Remota/métodos
Gerenciamento da Prática Profissional/organização & administração
Medicina Geral/métodos
-Padrões de Prática Médica/organização & administração
Atitude do Pessoal de Saúde
Entrevistas como Assunto/métodos
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Análise Custo-Benefício
Consulta Remota/organização & administração
Consulta Remota/estatística & dados numéricos
Estudos Observacionais como Assunto
Preferência do Paciente
Medicina Geral/organização & administração
Medicina Geral/estatística & dados numéricos
Clínicos Gerais/psicologia
Clínicos Gerais/estatística & dados numéricos
Reino Unido
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde