Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.095.738 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 199 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 199 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Coelho, Julio Cezar Uili
Texto completo
Id: lil-780028
Autor: Freitas, Alexandre Coutinho Teixeira de; Shiguihara, Rafael Shinmi; Monteiro, Ruan Teles; Pazeto, Thiago Linck; Coelho, Júlio Cezar Uili.
Título: Comparative study on liver transplantation with and without hepatocellular carcinoma with cirrhosis: analysis of meld, waiting time and survival / Estudo comparativo em pacientes cirróticos portadores e não portadores de carcinoma hepatocelular submetidos ao transplante hepático: análise do meld, do tempo em lista de espera e da sobrevida
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;29(1):21-25, Jan.-Mar. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Background: Liver transplantation is the usual treatment for hepatocellular carcinoma. Aim : To analyze the MELD score, waiting time and three month and one year survival for liver transplantation in cirrhotic patients affected by hepatocellular carcinoma or not. Methods: This was a retrospective, observational and analytical study of 93 patients submitted to liver transplantation. Results: There were 28 hepatocellular carcinoma and 65 non-hepatocellular carcinoma patients with no differences related to age and sex distribution. The main causes of cirrhosis on hepatocellular carcinoma were hepatitis C virus (57.1%) and hepatitis B virus (28.5%), more frequent than non-hepatocellular carcinoma patients, which presented 27.7% and 4.6% respectively. The physiological and exception MELD score on hepatocellular carcinoma were 11.9 and 22.3 points. On non-hepatocellular carcinoma, it was 19.4 points, higher than the physiological MELD and lower than the exception MELD on hepatocellular carcinoma. The waiting time for transplantation was 96.2 days for neoplasia, shorter than the waiting time for non-neoplasia patients, which was 165.6 days. Three month and one year survival were 85.7% and 78.6% for neoplasia patients, similar to non-neoplasia, which were 77% and 75.4%. Conclusion : Hepatocellular carcinoma patients presented lower physiological MELD score, higher exception MELD score and shorter waiting time for transplantation when compared to non-hepatocellular carcinoma patients. Three month and one year survival were the same between the groups.

Racional : O tratamento habitual do carcinoma hepatocelular é o transplante hepático. Objetivo : Analisar o MELD, o tempo em lista de espera e a sobrevida em três meses e em um ano de pacientes submetidos ao transplante hepático cadavérico e divididos em dois grupos: portadores e não portadores de carcinoma hepatocelular. Método : Estudo analítico, observacional e retrospectivo de 93 pacientes transplantados. Resultados : Os grupos foram similares em relação ao sexo e à idade. Os 28 pacientes com a neoplasia apresentaram maior frequência de vírus da hepatite C (57,1%) e da hepatite B (28,5%) em relação aos 65 não portadores, que foi de 27,7% e 4,6% respectivamente. O MELD fisiológico e corrigido dos portadores de carcinoma hepatocelular foi de 11,9 e 22,3 pontos, enquanto que o dos pacientes sem foi de 19,4 pontos, maior do que o MELD fisiológico e menor do que o MELD corrigido dos portadores. O tempo em lista de espera dos com a neoplasia foi de 96,2 dias, menor do que a dos sem a ela que foi de 165,6 dias. A sobrevida em três meses e em um ano dos pacientes acometidos pela neoplasia foi de 85,7% e 78,6%, igual à sobrevida dos não acometidos que foi de 77% e 75,4%. Conclusão : Os portadores de carcinoma hepatocelular apresentaram menor MELD fisiológico, menor tempo em lista e maior MELD corrigido em relação aos não portadores. A sobrevida em três meses e em um ano foi igual entre os grupos.
Descritores: Carcinoma Hepatocelular/cirurgia
Carcinoma Hepatocelular/complicações
Cirrose Hepática/complicações
Neoplasias Hepáticas/cirurgia
Neoplasias Hepáticas/complicações
-Fatores de Tempo
Taxa de Sobrevida
Estudos Retrospectivos
Listas de Espera
Transplante de Fígado
Carcinoma Hepatocelular/mortalidade
Neoplasias Hepáticas/mortalidade
Modelos Teóricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891464
Autor: Dias, Fabíola Faustino de Machado; Almeida, Samira Scalso de; Almeida, Marcio Dias de.
Título: Assessment and enrolment process for liver transplantation: nursing management through quality indicators / Processo de admissão e inscrição para transplante hepático: gerenciamento de enfermagem por meio de indicadores de qualidade
Fonte: Einstein (Säo Paulo);16(1):eAO3975, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To establish, measure and analyze quality indicators in the evaluation and enrolment process of patients in a liver transplant program. Methods A quantitative and non-experimental research, with data collected from the database of a liver transplant program, from September 2012 to September 2014. Descriptive statistics were used to analyze the quality indicators identified. Results We analyzed 1,311 visits in the transplant outpatient clinic, most males (66.7%), white (65.1%), mean age of 53 (±12.5) years, from the Southeastern Region (91.2%), and from the State of São Paulo (80.8%). The indicators measured were efficiency of patient admission process (54.8%), efficiency of evaluation of transplant indication (39.9%), efficacy of treatment of patients seen in the program (21.8%), and waiting time to inclusion in the waiting list, median of 84 days (36-142). Conclusion The quality indicators analyzed in this study enabled a quantitative view of the process, facilitating management of results and benchmarking with other transplant centers. Continuous monitoring can optimize resource allocation and planning of services in patient's admission process.

RESUMO Objetivo Estabelecer, mensurar e analisar indicadores de qualidade no processo de avaliação e admissão dos pacientes em um programa de transplante hepático. Métodos Pesquisa de abordagem quantitativa não experimental, com dados coletados a partir do banco de dados da gestão de um programa de transplante hepático entre setembro de 2012 e setembro de 2014. Estatística descritiva foi utilizada para analisar os indicadores de qualidade identificados. Resultados Foram analisados 1.311 atendimentos no ambulatório de transplante, a maioria do sexo masculino (66,7%), branca (65,1%), com média de idade de 53 (±12,5) anos, da Região Sudeste (91,2%) e do Estado de São Paulo (80,8%). Os indicadores mensurados foram eficiência do processo de admissão dos pacientes (54,8%), eficiência da avaliação de indicação ao transplante (39,9%), eficácia do tratamento dos pacientes atendidos no programa (21,8%), e tempo de inclusão na lista de espera, com mediana em 84 dias (36-142). Conclusão Os indicadores de qualidade analisados neste estudo possibilitaram uma visão quantitativa do processo, facilitando o gerenciamento de resultados e o benchmarking entre instituições transplantadoras. O monitoramento contínuo pode otimizar a alocação de recursos e o planejamento de serviços relacionados ao processo de admissão do paciente.
Descritores: Listas de Espera
Transplante de Fígado/estatística & dados numéricos
Seleção de Pacientes
Benchmarking/estatística & dados numéricos
Avaliação em Enfermagem
-Fatores de Tempo
Transplante de Fígado/normas
Instalações de Saúde
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alves, Venâncio Avancini Ferreira
Texto completo
Id: biblio-949206
Autor: Nacif, Lucas Souto; Paranagua-Vezozzo, Denise C; Matsuda, Alina; Alves, Venancio Avancini Ferreira; Carrilho, Flair J; Farias, Alberto Queiroz; D'Albuquerque, Luiz Carneiro; Andraus, Wellington.
Título: Higher values in liver elastography and meld score are mortality predictors on liver transplant waiting list / Valores mais altos na elastografia do fígado e pontuação meld são preditores de mortalidade na lista de espera do transplante de fígado
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;31(1):e1360, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Liver elastography have been reported in hepatocellular carcinoma (HCC) with higher values; however, it is unclear to identify morbimortality risk on liver transplantation waiting list. Aim: To assess liver stiffness, ultrasound and clinical findings in cirrhotic patients with and without HCC on screening for liver transplant and compare the morbimortality risk with elastography and MELD score. Method: Patients with cirrhosis and HCC on screening for liver transplant were enrolled with clinical, radiological and laboratory assessments, and transient elastography. Results: 103 patients were included (without HCC n=58 (66%); HCC n=45 (44%). The mean MELD score was 14.7±6.4, the portal hypertension present on 83.9% and the mean transient elastography value was 32.73±22.5 kPa. The median acoustic radiation force impulse value of liver parenchyma was 1.98 (0.65-3.2) m/s and 2.16 (0.59-2.8) m/s in HCC group. The HCC group was significantly associated with HCV infection (OR 26.84; p<0.0001), higher levels of serum alpha-fetoprotein (OR 5.51; p=0.015), clinical portal hypertension (OR 0.25; p=0.032) and similar MELD score (p=0.693). The area under the receiver operating characteristics (AUROC) showed sensitivity and specificity for serum alpha-fetoprotein (cutoff 9.1 ng/ml), transient elastography value (cutoff value 9 kPa), and acoustic radiation force impulse value (cutoff value 2.56 m/s) of 50% and 86%, 92% and 17% and 21% and 92%, respectively. The survival group had a mean transient elastography value of 31.65±22.2 kPa vs. 50.87±20.9 kPa (p=0.098) and higher MELD scores (p=0.035). Conclusion: Elastography, ultrasound and clinical findings are important non-invasive tools for cirrhosis and HCC on screening for liver transplant. Higher values in liver elastography and MELD scores predict mortality.

RESUMO Racional: A elastografia hepática tem sido relatada nos carcinomas hepatocelulares (CHC); porém, não é claro identificar o risco de morbimortalidade na lista de transplante hepático. Objetivo: Avaliar a morbimortalidade com elastografia transitória e escore MELD. Método: Pacientes adultos com cirrose na triagem para transplante de fígado foram incluídos no estudo. Resultados: Foram incluídos 103 pacientes (sem CHC n=58 (66%), CHC n=45 (44%). O escore MELD médio foi de 14,7±6,4, a hipertensão portal foi de 83,9% e o valor médio de elastografia transitória foi de 32,73±22,5 kPa. O valor médio de ARFI (Impulsão de Força de Radiação Acústica) do parênquima hepático foi de 1,98 (0,65-3,2) m/s e 2,16 (0,59-2,8) m/s no grupo CHC. O grupo CHC foi significativamente associado à infecção por vírus da hepatite C (OR 26,84, p<0,0001), níveis mais altos de alfa-feto proteína sérica (OR 5,51; p=0,015), hipertensão portal clínica (OR 0,25; p=0,032) e pontuação MELD semelhante (p=0,693). Os valores de AUROCs (Area Under the Receiver Operating Characteristics) mostraram sensibilidade e especificidade para a alfa-feto proteína sérica (limite de 9,1 ng/ml), valor elastografia transitória (valor de corte 9 kPa) e valor ARFI (valor de corte 2,56 m/s) de 50% e 86%, 92% e 17% e 21% e 92%, respectivamente. O grupo de sobrevivência apresentou valor elastografia transitória médio de 31,65±22,2 kPa vs. 50,87±20,9 kPa (p=0,098) e valores mais elevados de MELD (p=0,035). Conclusão: Valores mais elevados na elastografia do fígado e nos escores MELD predizem a mortalidade.
Descritores: Carcinoma Hepatocelular/mortalidade
Carcinoma Hepatocelular/diagnóstico por imagem
Técnicas de Imagem por Elasticidade
Cirrose Hepática/mortalidade
Cirrose Hepática/diagnóstico por imagem
Neoplasias Hepáticas/mortalidade
Neoplasias Hepáticas/diagnóstico por imagem
-Prognóstico
Valor Preditivo dos Testes
Listas de Espera
Transplante de Fígado
Carcinoma Hepatocelular/cirurgia
Carcinoma Hepatocelular/complicações
Cirrose Hepática/cirurgia
Cirrose Hepática/complicações
Neoplasias Hepáticas/cirurgia
Neoplasias Hepáticas/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1280929
Autor: Rodríguez, Ricardo; Althabe, María; Krynski, Mariela; Montonati, Mercedes; Pilan, María L; Desocio, Belén; Moreno, Guillermo; Salgado, Gladys; Cornelis, Javier; Lenz, Miriam.
Título: Impacto de la pandemia por COVID-19 en un programa de cirugía cardiovascular pediátrica de un hospital público de Argentina / Impact of the COVID-19 pandemic on a pediatric cardiovascular surgery program of a public hospital from Argentina
Fonte: Arch. argent. pediatr;119(4):266-270, agosto 2021. tab, ilus.
Idioma: en; es.
Resumo: Objetivo. Describir el impacto de la pandemia por COVID-19 en el programa de cirugía cardiovascular pediátrica y estimar el tiempo para reducir la lista de espera quirúrgica. Métodos. Estudio descriptivo y retrospectivo. Se compararon resultados quirúrgicos del período preCOVID versus el período COVID. Se utilizó un modelo matemático para estimar el tiempo para reducir la lista de espera. Resultados. Entre el 23 de marzo y el 31 de agosto de 2020 se operaron 83 pacientes, que representan una reducción del 60 %, respecto al período preCOVID. La mediana de edad fue de 6 meses (rango intercuartílico [RIC]: 25-75, 1,8 meses a 2,9 años; p = 0,0023. El tiempo para eliminar la lista de espera varía entre 10 y 19 meses. Conclusiones. El programa tuvo una reducción del 60 %. El tiempo de resolución de la lista de espera puede ser al menos 10 a 19 meses

Objective. To describe the impact of the COVID-19 pandemic on a pediatric cardiovascular surgery program and estimate the necessary time to reduce the surgery waiting list. Methods. Retrospective, descriptive study. Surgical outcomes from the pre-COVID-19 period and COVID-19 period were compared. A mathematical model was used to estimate the time necessary to reduce the waiting list. Results. Between March 23rd and August 31st, 2020, 83 patients underwent surgery, accounting for a 60 % reduction compared to the pre-COVID-19 period. Their median age was 6 months (interquartile range [IQR]: 25-75, 1.8 months to 2.9 years; p = 0.0023). The time necessary to eliminate the waiting list ranges from 10 to 19 months. Conclusions. There was a 60 % reduction in the program. The time required to clear the backlog of cases may range from, at least, 10 to 19 month
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares/tendências
Listas de Espera
Tempo para o Tratamento/tendências
Acesso aos Serviços de Saúde/tendências
Hospitais Públicos/tendências
-Argentina/epidemiologia
Estudos Retrospectivos
Pandemias
COVID-19/prevenção & controle
COVID-19/epidemiologia
Modelos Teóricos
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  5 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Coelho, Julio Cezar Uili
Texto completo
Id: biblio-1130515
Autor: Freitas, Alexandre Coutinho Teixeira de; Coelho, Júlio Cezar Uili; Watanabe, Manoelle Risnei; Lima, Rachel Lins das Chagas.
Título: Relationship between donor quality and recipient gravity in liver transplant / Relação entre a qualidade do doador e a gravidade do receptor de transplante hepático
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(1):e1499, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Tools such as MELD score and DRI are currently used to predict risks and benefits on liver allocation for transplantation. Aim: To evaluate the relation between donor quality and recipient severity on liver allocation. Methods: Liver transplants performed in 2017 and 2018 were evaluated. Data were collected from Paraná's State Government Registry. DRI was evaluated in relation to recipient MELD score and position on waiting list. Results: It was observed relation between DRI and position on waiting list: higher risk organs were allocated to recipients with worse waiting list position. There was no relation between DRI and MELD score. Afrodescendents and elderly donor organs were allocated to lower MELD score and worse waiting list position recipients. Conclusion: There is no relation between DRI and MELD on liver allocation. However, DRI interferes with allocation decision based on recipients waiting list position. Donor race and age interfere on both recipient MELD score and waiting list position

RESUMO Racional: Visando prever riscos e benefícios na alocação de órgãos no transplante hepático, são utilizados sistemas como o MELD, atual critério classificatório da lista de espera de transplantes, e o DRI, ferramenta que avalia fatores de risco do doador. Objetivo: Relacionar a qualidade do doador de fígado com a gravidade do seu receptor. Métodos: Foram avaliados os transplantes hepáticos realizados entre 2017 e 2018 no Estado do Paraná. Os dados foram coletados no sistema eletrônico da Central Estadual de Transplantes. Informações dos doadores foram relacionadas às dos receptores através da relação entre o DRI e o MELD e a posição do receptor na lista de espera. Resultados: Foram avaliados 520 doadores e 520 receptores. Observou-se relação entre DRI e posição na lista de espera: órgãos de doadores com maior risco pelo DRI foram alocados para receptores com pior posição na lista de espera. Não houve correlação entre o DRI e o MELD. No entanto, órgãos de doadores da raça negra ou com idade maior ou igual a 60 anos foram alocados para receptores com MELD mais baixo e com pior posição na lista de espera. Conclusão: Não existe relação entre o DRI e o MELD na distribuição de enxertos hepáticos no Estado do Paraná. O DRI interfere na alocação de acordo com a posição do receptor na lista de espera. A idade e a raça dos doadores interferem na alocação de acordo com o MELD e a posição em lista dos receptores.
Descritores: Doadores de Tecidos
Transplante de Fígado
Transplantados
-Índice de Gravidade de Doença
Sistema de Registros
Listas de Espera
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1284464
Autor: Harbache, Laila Maria Andrade.
Título: Enquanto a cirurgia não chega: a experiência dos pacientes na fila de espera de Artroplastia total de quadril / While the surgery does not come: the experience of the patients waiting for Total Hip Arthroplasty.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2018. 156 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo tem como objetivo geral conhecer o significado que tem para a pessoa a experiência de aguardar na fila de Artroplastia total de quadril. E como objetivos específicos: analisar o significado que tem para a pessoa a experiência de aguardar na fila de Artroplastia total de quadril e propor um plano de cuidado de enfermagem para assistir o paciente que se encontra na fila baseado na teoria de enfermagem de Joyce Travelbee. Estudo do tipo descritivo com abordagem qualitativa, aprovado pelos Comitês de Ética em Pesquisada UERJ e da Instituição campo de coleta de dados, com os seguintes pareceres: CAAE 79594817.8.0000.5282 e 79594817.8.3001.5273, respectivamente. Foi desenvolvido em um Instituto especializado em traumatologia e ortopedia na cidade do Rio de Janeiro com 17 participantes, sendo sete mulheres e dez homens, na faixa etária de 31 a 80 anos. A coleta de dados ocorreu nos meses de março e abril de 2018, onde foram realizadas as entrevistas no referido Instituto. Para tratamento dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo delineada por Bardin, emergindo quatro categorias e seis subcategorias: I- Minha vida antes do comprometimento articular; II- Mudanças na vida frente à limitação articular (Limitações físicas que causam restrição na vida; Modificações na rotina após a doença e Limitações socioafetivas geradas pela doença); III- Sentimentos vivenciados enquanto a cirurgia não vem (Sentimentos vivenciados ao receber o diagnóstico cirúrgico; Sentimentos vivenciados enquanto espera pela cirurgia e Sentimentos vivenciados pelo paciente quando ele é chamado para realizar a cirurgia); IV- Recursos utilizados para gerenciamento dos efeitos da doença enquanto a cirurgia não vem (Família como rede de apoio; Crença religiosa como suporte frente à espera e Busca de tratamentos para amenizar os efeitos da doença). Análise dos resultados se deu à luz da teoria de enfermagem de Joyce Travelbee. Os principais resultados evidenciam que os pacientes precisaram aguardar de 3 a 10 anos pela cirurgia e esse tempo os afetou tanto física quanto psicologicamente, com a piora da dor, aumento das limitações físicas, afastamento do convívio social e prejuízo emocional, trazendo implicações para o cuidado de enfermagem sob a ótica da teoria de Joyce Travelbee. Conclui-se que o tempo de espera prolongado pode afetar integralmente a saúde do paciente, sendo necessário criar estratégias como um acompanhamento por telemonitoramento com vistas a acolher as demandas desses pacientes durante o tempo de espera, favorecendo assim, a redução de danos à saúde.

This study has as general purpose to know the meaning that has for the person the experience of waiting for Total hip arthroplasty. And as specific goals: to analyze the meaning that has for the person the experience of waiting for Total hip arthroplasty and to propose a nursing care plan to assist the patient who is waiting for surgery based on the nursing theory of Joyce Travelbee. It s a descriptive study with a qualitative approach, approved by the Research Ethics Committees UERJ and the Institution data collection field, with the following opinions: CAAE 79594817.8.0000.5282 and 79594817.8.3001.5273, respectively. It was developed in an Institute specialized in traumatology and orthopedics in the city of Rio de Janeiro with 17 participants, being seven women and ten men, in the age group of 31 to 80 years. The data collection took place in March and April of 2018, where the interviews were held at the mentioned Institute. For the data treatment, the content analysis outlined by Bardin was used and four categories and six subcategories emerged: I- My life before the joint involvement; II- Changes in life in the face of joint limitation (Physical limitations that cause restriction in life; Modifications in routine after illness and Socio-affective limitations generated by the disease); III- Feelings experienced while surgery does not come (Experienced feelings when receiving the surgical diagnosis; Feelings experienced while waiting for surgery and Feelings experienced by the patient when he is called to perform the surgery); IV- Resources used to manage the effects of the disease while the surgery does not come (Family as a support network; Religious belief as support in front of waiting and Search for treatments to mitigate the effects of the disease). Analysis of the results was given in light of the nursing theory of Joyce Travelbee. The main results show that patients had to wait from 3 to 10 years for surgery and this time affected them both physically and psychologically, with worsening of pain, increased physical limitations, withdrawal from social life and emotional impairment, with implications for care from the perspective of Joyce Travelbee theory. It is concluded that prolonged waiting time can affect the patient's health, and it is necessary to create strategies such as telemonitoring to meet the demands of these patients during the waiting time, thus favoring the reduction of health damage.
Descritores: Osteoartrite/enfermagem
Artroplastia/enfermagem
Qualidade de Vida
Listas de Espera
Artroplastia de Quadril/enfermagem
Cuidados de Enfermagem
-Ortopedia
Teoria de Enfermagem
Brasil
Pesquisa Metodológica em Enfermagem
Quadril
Articulações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 614.253.5, H255, TE788


  7 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962162
Autor: Nascimento, Maria Isabel do; Silva, Gulnar Azevedo e.
Título: Waiting time for radiotherapy in women with cervical cancer / Tempo de espera para radioterapia em mulheres com câncer do colo do útero
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:92, 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To describe the waiting time for radiotherapy for patients with cervical cancer. METHODS This descriptive study was conducted with 342 cervical cancer cases that were referred to primary radiotherapy, in the Baixada Fluminense region, RJ, Southeastern Brazil, from October 1995 to August 2010. The waiting time was calculated using the recommended 60-day deadline as a parameter to obtaining the first cancer treatment and considering the date at which the diagnosis was confirmed, the date of first oncological consultation and date when the radiotherapy began. Median and proportional comparisons were made using the Kruskal Wallis and Chi-square tests. RESULTS Most of the women (72.2%) began their radiotherapy within 60 days from the diagnostic confirmation date. The median of this total waiting time was 41 days. This median worsened over the time period, going from 11 days (1995-1996) to 64 days (2009-2010). The median interval between the diagnostic confirmation and the first oncological consultation was 33 days, and between the first oncological consultation and the first radiotherapy session was four days. The median waiting time differed significantly (p = 0.003) according to different stages of the tumor, reaching 56 days, 35 days and 30 days for women whose cancers were classified up to IIA; from IIB to IIIB, and IVA-IVB, respectively. CONCLUSIONS Despite most of the women having had access to radiotherapy within the recommended 60 days, the implementation of procedures to define the stage of the tumor and to reestablish clinical conditions took a large part of this time, showing that at least one of these intervals needs to be improved. Even though the waiting times were ideal for all patients, the most advanced cases were quickly treated, which suggests that access to radiotherapy by women with cervical cancer has been reached with equity.

RESUMO OBJETIVO Descrever o tempo de espera para realização de radioterapia em casos de câncer do colo do útero. MÉTODOS Estudo descritivo conduzido com 342 mulheres com câncer do colo do útero encaminhadas para radioterapia primária na Baixada Fluminense, RJ, período de 1995 a 2010. O tempo de espera foi calculado tendo como parâmetro o prazo de 60 dias para obter o primeiro tratamento do câncer e considerando a data da confirmação diagnóstica, a da primeira consulta oncológica e da primeira sessão de radioterapia. A comparação de medianas e proporções foi feita pelos testes de Kruskal Wallis e Qui-quadrado. RESULTADOS A maioria das mulheres (72,2%) iniciou a radioterapia dentro de 60 dias da data da confirmação diagnóstica. A mediana do tempo de espera total foi de 41 dias. Essa mediana piorou ao longo do período e passou de 11 dias (1995 a 1996) para 64 dias (2009 a 2010). A mediana do intervalo entre confirmação diagnóstica e primeira consulta oncológica foi de 33 dias, e da primeira consulta oncológica à primeira sessão de radioterapia, foi quatro dias. Houve diferença estatisticamente significativa (p = 0,003) da mediana do tempo de espera total segundo o estadiamento do tumor, obtendo-se 56 dias, 35 dias e 30 dias para os casos classificados até IIA, IIB-IIIB, e IVA-IVB, respectivamente. CONCLUSÕES Embora a maioria das mulheres tenha tido acesso à radioterapia dentro de 60 dias, a implementação de procedimentos para definição do estadiamento do tumor e restabelecimento das condições clínicas consumiu grande parte do tempo e precisa de aprimoramento. Ainda que o tempo de espera não tenha sido o ideal para todas as pacientes, os casos mais avançados chegaram mais rápido ao tratamento, sugerindo que o acesso à radioterapia para esse tipo de câncer tem sido alcançado com equidade.
Descritores: Neoplasias do Colo do Útero/radioterapia
Listas de Espera
Tempo para o Tratamento
-Agendamento de Consultas
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Estudos Retrospectivos
Acesso aos Serviços de Saúde
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-961459
Autor: Zúñiga-Fajuri, Alejandra; Merino, María del Pilar; Urtubia, Mack.
Título: Una mirada al origen, funcionamiento y desafíos del nuevo sistema de donación y trasplantes chileno / A peek to the origin, functioning and challenges of the new Chilean transplantation system
Fonte: Rev. méd. Chile;146(6):780-785, jun. 2018.
Idioma: es.
Projeto: Fondecyt.
Resumo: Chile made several legal, practical and educational changes to the organ donation and transplant system in recent years, to improve its results. However, studies evaluating these reforms and suggesting further corrections are still pending. Our aim is to assess the new regulations and their reception by both the population and health care providers. Proposals are made to promote the development of a model of Chilean transplantation able to respond to the needs of the population.
Descritores: Obtenção de Tecidos e Órgãos/tendências
Transplante de Órgãos/tendências
-Obtenção de Tecidos e Órgãos/legislação & jurisprudência
Chile
Listas de Espera
Transplante de Órgãos/legislação & jurisprudência
Sistemas de Informação em Saúde/tendências
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 199 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-985819
Autor: Rodrigues-Filho, Edison Moraes; Franke, Cristiano Augusto; Junges, José Roque.
Título: Lung transplantation and organ allocation in Brazil: necessity or utility / Transplante de pulmão e alocação de órgãos no Brasil: necessidade ou utilidade
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:23, jan. 2019.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The philosophy of organ allocation is the result of two seemingly irreconcilable principles: utilitarianism and distributive justice. The process of organ donation and transplantation in Brazil reveals large inequalities between regions and units of the Federation, from the harvesting of organs to their implantation. In this context, lung transplantation is performed in only a few centers in the country and is still a treatment with limited long-term results. The allocation of the few organs harvested for the few procedures performed is defined mainly by chronology, a criterion that is not linked to necessity, which is a criterion of distributive justice, and neither to utility, a criterion of utilitarianism. This article reviews the organ allocation philosophy focusing on the case of lung transplantations in Brazil.

RESUMO A filosofia da alocação de órgãos é resultado de duas vertentes aparentemente inconciliáveis: utilitarismo e justiça distributiva. O processo de doação e transplante de órgãos no Brasil revela grandes desigualdades entre regiões e unidades da federação, desde a captação de órgãos até o implante dos órgãos. Nesse contexto, o transplante de pulmão é realizado em poucos centros no país e ainda é um tratamento, cujos resultados de longo prazo são limitados. A alocação dos poucos órgãos captados para os poucos procedimentos realizados é definida principalmente por meio da cronologia, um critério que nem é vinculado à necessidade, critério da justiça distributiva, e nem à utilidade, critério do utilitarismo. O presente artigo revisa a filosofia da alocação de órgãos com enfoque no caso dos transplantes de pulmão no Brasil.
Descritores: Obtenção de Tecidos e Órgãos/estatística & dados numéricos
Transplante de Pulmão
Seleção de Pacientes
-Obtenção de Tecidos e Órgãos/normas
Brasil
Listas de Espera
Determinação de Necessidades de Cuidados de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 199 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1058882
Autor: Mori, Natália Leite Rosa; Olbrich Neto, Jaime; Spagnuolo, Regina Stella; Juliani, Carmen Maria Casquel Monti.
Título: Resolution, access, and waiting time for specialties in different models of care
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:18, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE This study aimed to identify the treatment demands coming from primary health care units and, based on that, the demand for referrals to medical specialties in reference services. This study is justified by the scarcity of scientific literature on the subject. METHODS This is a cross-sectional study using secondary data on the treatments and referrals made by the primary health care units, throughout 2014, in a municipality of the State of São Paulo, Brazil. The total population treated in 2014 was considered, resulting in 411,177 treatments. RESULTS Out of all treatments performed, the percentage of referrals was of 4.42%, showing that 95,58% of the problems did not need to be referred to another service. A number of 8,897 referrals were made, to 6,850 users, who were mostly women (60.74%). The mean of referrals per patient was 1.3 (min. 1 and max. 8), and 1,604 patients (23.5%) were referred at least twice. CONCLUSIONS Primary health care services have been responsible for a large number of treatments, whereas the demand for referrals has decreased, suggesting that such services have established themselves as a gateway to the health system and achieved the expected solvability, although the waiting time for some specialties is very long.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos
Encaminhamento e Consulta/estatística & dados numéricos
Listas de Espera
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
-Especialização
Brasil
Estudos Transversais
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde