Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.209.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 388 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 39 ir para página                         

  1 / 388 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055730
Autor: Schenkman, Simone; Bousquat, Aylene Emilia Moraes.
Título: Alteridade ou austeridade: uma revisão acerca do valor da equidade em saúde em tempos de crise econômica internacional / Alterity or austerity: a review on the value of health equity in times of international economic crises
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4459-4473, dez. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Nas últimas décadas, o sistema capitalista, transformado por meio de crises mais agressivas e globais, tem submetido a sociedade à austeridade fiscal e tensionado a garantia dos direitos à saúde, como imposição para ampliar a eficiência e efetividade dos sistemas de saúde. A equidade em saúde, por outro lado, opera como fator protetor em relação aos efeitos nocivos da austeridade sobre a saúde da população. O objetivo deste artigo é analisar o efeito da crise financeira global quanto à valorização da equidade em saúde frente à efetividade nas comparações internacionais de eficiência dos sistemas de saúde na literatura científica. Realizada revisão integrativa, com busca nas bases de dados PubMed e BVS, de 2008-18, com análise cross-case. O equilíbrio entre equidade e efetividade deve ser buscado desde o financiamento até os resultados em saúde, de modo eficiente, como forma de fortalecimento dos sistemas de saúde. A escolha entre alteridade ou austeridade deve ser feita de forma explícita e transparente, com resiliência dos valores societais e princípios de universalidade, integralidade e equidade.

Abstract In recent decades, the global and aggressive crises-transformed capitalist system has subjected society to fiscal austerity and strained the assurance of its right to health, as an imposition to increase health systems efficiency and effectiveness. Health equity, on the other hand, provides protection against the harmful effects of austerity on population health The aim of this article is to analyse the effect of the global financial crisis on how health equity is considered against effectiveness in international comparisons of health systems efficiency in the scientific literature. Integrative review, based on PubMed and VHL databases searches, 2008-18, and cross-case analysis. The balance between equity and effectiveness must be sought from health financing to results, in an efficient way, as a means to strengthening health systems. The choice between alterity or austerity must be made explicitly and transparently, with resilience of societal values and the principles of universality, integrality and equity.
Descritores: Reforma dos Serviços de Saúde/economia
Equidade em Saúde/economia
Internacionalidade
Recessão Econômica
Financiamento da Assistência à Saúde
-Eficiência Organizacional
Capitalismo
Assistência à Saúde/economia
Alocação de Recursos/economia
Determinantes Sociais da Saúde
Direito à Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde/economia
Acesso aos Serviços de Saúde/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089514
Autor: Monteiro, Baltazar Ricardo.
Título: Indicadores de monitorização e desempenho nas unidades de saúde familiar e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável na saúde (ODS 3): uma análise comparada em Portugal no período de 2013-2018 / Monitoring and performance indicators in family health units and the objectives of Sustainable Development Goals (SDG 3) in health: a comparative analysis in Portugal in the 2013-2018 period
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(4):1221-1232, abr. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo É considerável a escala da transformação necessária para alcançar todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O terceiro ODS (ODS3), explicitamente, está relacionado com a saúde, visando assegurar vidas saudáveis e bem-estar para todos, em todas as idades. Os Cuidados de Saúde Primários (CSP), neste contexto, constituem a espinha dorsal de um sistema de saúde que pode melhorar a saúde das pessoas, reduzir a despesa e diminuir as desigualdades. Uma forte orientação do sistema para os CSP deve ser temporalmente estável, desde a sua reformulação. Esta análise utiliza o estudo de caso instrumental. Este tipo de estudo de caso oferece a oportunidade de aprender sobre os acontecimentos. Analisamos e debatemos 13 indicadores, comparando ao longo do tempo, os resultados obtidos pela tipologia de unidades de saúde existentes em Portugal: USF-A, USF-B, UCSP, UCSP-M. Os resultados demonstrados são discrepantes, quando se comparam as USF e as UCSP e podem contribuir para o aprofundamento das desigualdades de acesso. Este é um problema que se relaciona com a governação clínica e não com o modelo de unidade de saúde. O empoderamento das coordenações e a melhoria de eficácia da gestão intermédia é aqui fundamental.

Abstract The scale of transformation required to achieve all Sustainable Development Goals (SDGs) is considerable. The third SDG (SDG3) is explicitly health-related to ensure healthy lives and well-being for all, at all ages. Primary care (PHC), in this context, is the backbone of a health system that can improve people's health, reduce spending and inequalities. A robust system orientation towards PHC must be temporally stable since its reformulation. This analysis uses an instrumental case study. This type of case study provides the opportunity to learn about events. We analyzed and debated 13 indicators, comparing over time, the results obtained by the type of Portuguese health units: USF-A, USF-B, UCSP, UCSP-M. The results show some discrepancies when comparing USFs and UCSPs and may contribute to the deterioration of access inequalities. This is a problem related to clinical governance and not the health unit model. Empowering coordination and improving the effectiveness of middle management is crucial.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Indicadores Básicos de Saúde
Eficiência Organizacional
Medicina de Família e Comunidade/organização & administração
Desenvolvimento Sustentável
Objetivos
-Portugal
Atenção Primária à Saúde/economia
Reembolso de Incentivo/economia
Fatores de Tempo
Saúde da Família/economia
Medicina de Família e Comunidade/economia
Promoção da Saúde/organização & administração
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135787
Autor: Pietrani, Elina Eunice Montechiari; Feijoo, Ana Maria Lopez Calvo de.
Título: A psicologia organizacional em uma perspectiva fenomenológica-hermenêutica: a produtividade em questão / La psicología organizacional en una perspectiva fenomenológicahermenéutica: la productividad en questión / The organizational psychology in a phenomenological-hermeneutic perspective: the productivity in question
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e42516, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO. Neste estudo procura-se explicitar como a exigência de produtividade se encontra presente no processo de treinamento e desenvolvimento que se articula nas organizações pela psicologia. Por meio de um pensar calcado na tecnocracia, a relação que o trabalhador detém com seu trabalho e, por tabela, sua qualificação, passou a ser medida pela sua produção, requisito fundamental para a manutenção do indivíduo na organização. Com base no pensamento fenomenológico-hermenêutico, tal como elaborado por Martin Heidegger, o objetivo deste artigo é apresentar outra proposta em psicologia e suas práticas no contexto corporativo. Nesta proposta, procura-se deslocar a ênfase depositada na produtividade excessiva para o processo singular, de forma a valorizar o modo como cada um se articula com sua tarefa laboral. Com isso, importa pensar como cada um se apropria de sua relação com o trabalho, considerando que a exigência de produção excessiva se edifica no contexto epocal no qual o trabalho e o trabalhador vêm se articulando e que Heidegger denomina de era da técnica.

RESUMEN. En este estudio se busca explicar cómo el requisito de productividad está presente en el proceso de formación y desarrollo que se articula en las organizaciones por la Psicología. Por intermedio de un pensamiento basado en la tecnocracia, la capacidad del trabajador comenzó a medirse por su producción, un requisito fundamental para el mantenimiento del individuo en la organización. Basado en el pensamiento fenomenológico-hermenéutico, como elaborado por Martin Heidegger, el objetivo de este artículo es presentar otra propuesta en psicología y sus prácticas en la organización. En esta propuesta, el énfasis pasa de la productividad excesiva al proceso singular para valorar la forma en que cada uno se articula con su tarea de trabajo. Con esto se trata de respectar el hombre singular según su ritmo, ya que cada uno se apropia de su manera de la relación con el trabajo, teniendo en cuenta que la demanda de producción excesiva se construye en el contexto actual en el que el trabajo y el trabajador se han estado articulando y lo que Heidegger llama de era de la técnica.

ABSTRACT This study sought to explain how the demand for productivity is present in the training and development process that is articulated in organizations by Psychology. Through thinking based on technocracy, the relationship that the worker has with his work and, according to his qualification, started to be measured by his production, a fundamental requirement for the maintenance of the individual in the organization. Based on phenomenological-hermeneutic thinking, as elaborated by Martin Heidegger, the objective of this study was to present another proposal in psychology and its practices in the organization. In this proposal, we sought to shift the emphasis placed on excessive productivity to the singular process, in order to value the way in which each one articulates with his work task. With this, it is important to think about how each one appropriates his relationship with work, considering that the demand for excessive production is built in the epochal context, in which work and the worker has been articulating and what Heidegger calls the era of technique.
Descritores: Psicologia/organização & administração
Organizações
Eficiência Organizacional
Hermenêutica
-Desenvolvimento de Pessoal
Emprego/psicologia
Capacitação Profissional
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  4 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1143497
Autor: Santiago, Eneida; Dias, Maiango.
Título: A produção em psicologia do trabalho e organizacional nos simpósios da anpepp / Producción en psicología del trabajo y de la organización en simposios de anpepp / Production in work and organizational psychology at anpepp symposia
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e48431, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO. Este artigo objetiva analisar a produção referente à subárea psicologia do trabalho e organizacional relatada nos Simpósios da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (ANPEPP), locus privilegiado de discussões sobre a construção presente e os desafios futuros da pesquisa em psicologia no Brasil. Realizou-se a análise dos relatórios dos Grupos de Trabalho inscritos nas 18 edições dos Simpósios da ANPEPP (1988 a 2018); do total de 677 trabalhos, 61 foram analisados por descreverem em suas proposições questões teórico-metodológicas relativas ao universo do trabalho e das organizações. Os resultados indicam que, desde os primeiros simpósios, os Grupos de Trabalho em Psicologia do Trabalho e Organizacional tematizaram discussões sobre a fragilidade da formação para a área, em nível de graduação e pós-graduação, o que se desdobraria na restrita produção de conhecimento e desafios para a inserção profissional. Posteriormente, a questão da interdisciplinaridade e dos fundamentos teórico-metodológicos entraram em foco; mais recentemente, a necessidade da internacionalização da produção científica assumiu o protagonismo das discussões. Como encerramento, são indicadas as limitações que a estratégia metodológica impôs diante da riqueza do material consultado. Novos estudos poderão aprofundar a análise qualitativa da produção referida, revelando características diferenciais dos subcampos.

RESUMEN. Este artículo tiene como objetivo analizar la producción referente a la subárea de Psicología del Trabajo y de la Organización informada en los Simposios de la Asociación Nacional de Investigación y Estudios de Posgrado en Psicología (ANPEPP), un lugar privilegiado de discusiones sobre la construcción actual y los desafíos futuros de la investigación en Psicología en Brasil. Análisis de los informes de los Grupos de Trabajo registrados en las 18 ediciones de los Simposios ANPEPP (1988 a 2018). De un total de 677 obras, 61 fueron analizadas para describir en sus propuestas cuestiones teóricas y metodológicas relacionadas con el universo del trabajo y las organizaciones. Los resultados indican que, desde los primeros simposios, los Grupos de Trabajo en Psicología Ocupacional y Organizacional tuvieron discusiones sobre la fragilidad en la educación de pregrado y posgrado, que se desarrollaría en la producción restringida de conocimiento y desafíos para la inserción profesional. Posteriormente, se enfoco el tema de la interdisciplinariedad y los fundamentos teórico-metodológicos. Más recientemente, la necesidad de internacionalización de la producción científica ha tomado la delantera en las discusiones. En conclusión, se indican las limitaciones que la estrategia metodológica impuso a la riqueza del material consultado. Otros estudios pueden profundizar el análisis cualitativo de la producción referida, revelando características diferenciales de los subcampos.

ABSTRACT. This article aims to analyze the production related to the Work and Organizational Psychology subarea reported in the Symposia of the National Association of Research and Postgraduate Studies in Psychology (known in Brazil as Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia - ANPEPP), a privileged locus of discussions about the current construction and the future challenges of research in Psychology in Brazil. An analysis of the reports of the Working Groups registered in the 18 editions of the ANPEPP Symposia (1988 to 2018) was carried out. From 677 works, 61 were analyzed for describing in their propositions theoretical and methodological issues related to the universe of work and organizations. The results indicate that, since the first symposium, the Working Groups in Work and Organizational Psychology have discussed the fragility at the undergraduate and postgraduate levels, which would unfold in the reduced knowledge production and challenges for professional insertion. Subsequently, the issue of interdisciplinarity and theoretical-methodological foundations came into focus; more recently, the need for the internationalization of scientific production has taken the lead role in discussions. As a closure, the limitations that the methodological strategy imposed before the wealth of the consulted material are indicated. Further studies may deepen the qualitative analysis of the referred production, revealing different characteristics of the subfields.
Descritores: Psicologia
Atividades Científicas e Tecnológicas
-Eficiência Organizacional
Congressos como Assunto
Avaliação de Programas e Instrumentos de Pesquisa
Desempenho Profissional
Aprendizagem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  5 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-772277
Autor: Flores H, Corina; Díaz M, León; Luz, Verónica; Rodríguez S, Pascual; Páramo, Daniel.
Título: Evaluación cuantitativa de la satisfacción laboral en personal directivo y operativo de empresas de calzado y cuero usuarios del IMSS, como modelo de atención / Quantitative evaluation of job satisfaction in leather and footwear workers affiliated to the IMSS as model attention
Fonte: Cienc. Trab;17(54):202-206, dic. 2015. tab.
Idioma: es.
Resumo: INTRODUCCIÓN: La satisfacción laboral está determinada por factores propios del trabajador en conjunto con variables del trabajo, esto es, por elementos intrínsecos y extrínsecos; la ausencia de uso no necesariamente determina la presencia de otros. OBJETIVO: La finalidad de este estudio fue evaluar la satisfacción laboral del personal con giros distintos. MATERIALES Y MÉTODOS: El diseño del estudio fue transversal comparativo, teniendo como unidad de muestreo a los trabajadores de dos empresas: una de calzado y otra de cuero, ambas ubicadas en la ciudad de León, Guanajuato, México, y cuyos trabajadores están adscritos al IMSS como proceso de atención. Para identificar el grado y tipo de satisfacción laboral en los trabajadores y directivos de dos empresas manufactureras, una de calzado (n = 51) y otra de curtiduría (n = 24), se aplicó una Escala de Satisfacción Laboral. Estos trabajadores pertenecen al Subsistema de salud adheridos al IMSS. RESULTADOS: Se compararon los resultados entre las submuestras y con los valores estandarizados. La mayoría de los factores de satisfacción identificados en este estudio estuvieron relacionados con el contenido del trabajo y se corresponden con características de las tareas (identidad, interés, variedad, significatividad). Así, atendiendo a la teoría bifactorial de Herzberg. CONCLUSIÓN Y DISCUSIÓN: En cuanto a los factores de contexto de trabajo, llamados higiénicos, únicamente el factor "ambiente social" o relaciones interpersonales destacaron entre los más mencionados. Los grupos mencionados arriba no sienten insatisfacción en el proceso de atención en los servicios de salud, de hecho ven el subsistema al que pertenecen como una ventaja en caso de un accidente en lo personal y familiar. Al evaluarse la satisfacción laboral general (de los dos grupos) se observa que existe una satisfacción general buena de acuerdo con el puntaje estandarizado. Específicamente la satisfacción intrínseca se mostró más elevada (p ≤ 0.001) en la empresa de cuero (puntaje promedio de 35.45 ± 2.87) que en la de calzado (34.67 ± 2.49).

INTRODUCTION: Job satisfaction is determinated by own worker's factors related to different variables either intrinsinc and extrinsic elements that belong to their own job. The absence of one of them not necessarily determines the presence of other. OBJECTIVE: To assess job satisfaction in two different companies: leather products and footwear. METHODS AND MATERIALS: A comparative cross-sectional study was realized with sampling units including workers of two companies: leather products and footwear, in León, Guanajuato, México. All workers were affiliated to the IMSS for health care. Job satisfaction scale was applied to identify the level and type of job satisfaction among workers and managers: leather products (n = 24) and footwear (n = 51). RESULTS: The results of subsamples and standardized values were compared. Most satisfaction factors were related to job contents and features to corresponding tasks (identity, interest, variety, meaningfulness). Thus, based on the two-factor theory of Herzberg. CONCLUSION AND DISCUSSION: About the work context factors, called hygienic factors only "social environment" or related highlighted more among the most frequently mentioned. The groups mentioned did not feel dissatisfaction in the process of care in health services in fact the feeling is like an advantage in case of accident to themselves or their families. When evaluating the general job satisfaction in both groups, we observed a good overall satisfaction according to the standardized score. Specifically, the intrinsic satisfaction was higher (p ≤ 0.001) in leather workers (average score 35.45 ± 2.87) than in the footwear workers (34.67 ± 2.49).
Descritores: Satisfação no Emprego
Categorias de Trabalhadores/psicologia
-Sapatos
Previdência Social
Estudos Transversais
Saúde do Trabalhador
Eficiência Organizacional
México
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1141356
Autor: Mello, Maria Cristina de.
Título: Carga de trabalho em enfermagem: indicadores de tempo em unidades de Clinica Médica, Cirúrgica e Terapia Intensiva Adulto / Nursing workload: time indicators in units of medical, Surgical Clinic and Adult Intensive Care.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. 228 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Este estudo teve por objetivo analisar os indicadores de tempo da carga de trabalho da equipe de enfermagem, em unidades de Clínica Médica, Cirúrgica e de Terapia Intensiva Adulto. O método foi estudo de caso, observacional, transversal de natureza quantitativa, realizado no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. Os instrumentos metodológicos foram organizados em três etapas: adequação do instrumento classificação de atividades proposto por Mello (2002) à linguagem padronizada de intervenções de enfermagem NIC - Classificação das Intervenções de Enfermagem, por meio da técnica de mapeamento cruzado; validação do instrumento das intervenções/atividades de enfermagem, utilizando a técnica oficina de trabalho e mensuração da frequência e do tempo despendido nas intervenções/atividades de enfermagem, utilizando o método amostragem do trabalho. Foram identificadas 126 intervenções de enfermagem, 24 classes de intervenções e sete Domínios da NIC, 14 atividades associadas e nove atividades pessoais. A carga de trabalho das três unidades foi mensurada, por meio do método amostragem do trabalho. A amostra das observações foi realizada com intervalo de 10min, durante 7 dias, sendo obtidas 25.308 observações do trabalho dos profissionais de enfermagem nas unidades estudadas. Os enfermeiros das Clínicas Médicas, Cirúrgica e Terapia Intensiva Adulto, despenderam o tempo, respectivamente, 34,7%, 35,7% e 37,9% em intervenções de cuidado direto; 43,8%, 43,5% e 40% em intervenções de cuidado indireto; 3,9%, 6,1% e 5,3% em atividades associadas e 17,6%, 14,7% e 16,8% em atividades pessoais. Os técnicos/auxiliares de enfermagem despenderam, respectivamente, 50,1%, 48,7% e 61,8% em intervenções de cuidado direto; 20%, 21,7% e 11,8% em intervenções de cuidado indireto; 4,7%, 5,3% e 4% em atividades associadas e 25,2%, 24,3% e 22,4% em atividades pessoais. O tempo médio estimado para cadaintervenção/atividade foi de 10min. na Clínica Médica, 8,5min. na Cirúrgica e 8,6min. na Terapia Intensiva Adulto. O tempo médio de cuidado por leito, nas 24 horas foi de 4h: na Clínica Médica sem leitos de alta dependência 4,4h e 6,2h para os leitos de alta dependência; de 4,6h na Clínica Cirúrgica e 11,6h na Terapia Intensiva Adulto. A produtividade dos enfermeiros atingiu nas Clínicas Médica 82%, Cirúrgica 85% e na Terapia Intensiva Adulto 83%. A produtividade dos técnicos/auxiliares de enfermagem atingiu nas Clínicas Médica, Cirúrgica eTerapia Intensiva Adulto, respectivamente, 75%, 76% e 78%. De acordo com a Taxonomia adotada, o Domínio de maior representatividade à equipe de enfermagem e aos enfermeiros foi o Domínio Sistema de Saúde, com a intervenção Documentação, a mais frequente. Para os técnicos/auxiliares de enfermagem, o Domínio Fisiológico Complexo com a intervenção Administração de Medicamentos como a mais frequente. Ao se comparar o tempo obtido nas intervenções realizadas nas unidades com o tempo estimado na NIC verificou-se que 43,4% das intervenções de cuidado direto e 18% das intervenções de cuidado indireto estão dentro do intervalo de tempo estimado na NIC. Este estudo permitiu identificar indicadores de carga de trabalho nas dimensões quantitativa e qualitativa, nas unidades estudadas de um hospital geral, de ensino, de média complexidade, considerado referência nacional na assistência de enfermagem.

The aim of this study was to analyze time indicators of the nursing staff workload in hospitalization units of medical, surgical clinic and intensive adult care. It was a cross-sectional, observational, case-study with a quantitative approach carried out in the University Hospital of the São Paulo University. The methodology was organized into three steps: adjustment of the classification Instrument of activities proposed by Mello (2002) regarding standardized language of nursing interventions NIC - Nursing Interventions Classification, by means of a cross-mapping technique; validation of the intervention / nursing activities, using a workshop technique and measuring the amount of time and time spent on interventions / nursing activities by the work sampling method. We identified 126 nursing interventions, 24 intervention classes, seven NIC domains, 14 associated activities and nine personal activities. The workload of the three units was measured by the work sampling method. A sample of observations was performed with an interval of 10 minutes, during seven days and 25,308 observations were obtained from the nursing staff work in the analyzed units. Time spent by nurses of the medical, surgical clinic and from the adult intensive care were as follows: 34.7%, 35.7% and 37.9% in direct care interventions; 43.8%, 43.5% and 40% in indirect care; 3.9%, 6.1% and 5.3% in associated activities and 17.6%, 14.7% and 16.8% in personal activities. Time spent by the technicians / nursing assistants were, respectively, 50.1%, 48.7% and 61.8% in direct care interventions; 20%, 21.7% and 11.8% in indirect care; 4, 7%, 5.3% and 4% in associated activities and 25.2%, 24.3% and 22.4% in personal activities. The mean times estimated for each intervention / activity was 10min. in the medical clinic, 8.5 min. in the surgical and 8.6 min. in adult intensive care. The mean time of care per bed in 24- hour period was4 h at the general medical clinic without high dependency beds, 4.4 h in the medical clinic with high dependency beds and 6.2 h for high-dependency beds; 4.6 h in the surgical clinic and 11.6 h in the adult intensive care. The nurse´s productivity in the clinic has reached 82%, 85% in the surgical clinic and 83% in the adult intensive care. The productivity of technicians / nursing assistants in the medical and surgical clinic and intensive care has reached, respectively, 75%, 76% and 78%. According to the adopted taxonomy, the domain of greater representation for the nursing staff and for nurses was the Health System Domain and the Documentation intervention was addressed as the most frequent. For technicians / nursing assistants the Complex Physiologic Domain with the Drug Administration intervention as of the greatest occurrence. When comparing the time obtained in interventions performed in the units with estimated time according to NIC, it was found that 43.4% of direct care interventions and 18% of indirect care interventions are within the range of the estimated time at the NIC. This study identified indicators of workload in quantitative and qualitative dimensions, the units studied in a general hospital, teaching, of medium complexity, considered a national reference in nursing care.
Descritores: Eficiência Organizacional
Unidades de Terapia Intensiva
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  7 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-990496
Autor: Nogueira, Cláudio André Gondim; Forte, Sérgio Henrique Arruda Cavalcante.
Título: Efeitos intersetoriais e transversais e seus impactos sobre a efetividade das políticas públicas nos municípios do Ceará / Efectos intersectoriales y transversales y sus impactos sobre la efectividad de las políticas públicas en los municipios de ceará / Intersectoral and transversal effects and their impacts on the effectiveness of public policies in Ceara's municipalities
Fonte: Rev. adm. pública (Online);53(1):64-83, Jan.-Feb. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Identificar em quais circunstâncias a intersetorialidade e a transversalidade ocorrem no âmbito das políticas públicas se mostra fundamental para aumentar sua efetividade. Assim, este estudo integrou dois arcabouços teóricos relacionados à pobreza e à atratividade, visando a captar seus efeitos. A estimação econométrica com dados para os municípios cearenses evidenciou, por exemplo, que o crescimento econômico e as políticas públicas que o estimulam, além de favorecer a redução dos níveis de pobreza, também podem aumentar a atratividade de determinado município. Por outro lado, iniciativas que estimulam a urbanização e a requalificação dos espaços aumentam sua atratividade e, ainda, favorecem a redução da pobreza. Assim, ressalta-se a necessidade de pesquisar como as características do local e de sua população podem afetar a efetividade das políticas públicas.

Resumen Identificar en qué circunstancias la transversalidad y la intersectorialidad se producen en el contexto de las políticas públicas es esencial para aumentar su efectividad. Por ello, este estudio integró dos marcos teóricos relacionados con la pobreza y la atractividad, con el objetivo de captar sus efectos. La estimación econométrica con datos para los municipios de Ceará evidenció, por ejemplo, que el crecimiento económico y las políticas públicas que estimulan y favorecen la reducción de los niveles de pobreza también pueden aumentar la atractividad de un determinado municipio. Por otro lado, las iniciativas que fomentan la urbanización y la recalificación de espacios aumentan su atractividad y también ayudan a reducir la pobreza. Asimismo, se resalta la necesidad de investigar cómo las características del lugar y de su población pueden afectar la efectividad de las políticas públicas.

Abstract Identifying under what circumstances transversality and intersectoriality take place within the scope of public policies is fundamental to increase their effectiveness. Thus, two theoretical frameworks related to poverty and attractiveness were integrated, aiming to capture the existing effects. The econometric estimation with data for Ceara's municipalities showed, for example, that economic growth and the public policies that stimulate it, besides favoring the reduction of poverty levels, can also increase the attractiveness of a given municipality. On the other hand, initiatives that stimulate the urbanization and the requalification of spaces, increase their attractiveness and, also, favor the reduction of poverty. In addition, it was emphasized the need to investigate how the characteristics of the place and its population can affect the effectiveness of policies.
Descritores: Política Pública
Colaboração Intersetorial
Eficiência Organizacional
Governo
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977619
Autor: Silva, Talita Ingrid Magalhães; Cavalcante, Ricardo Bezerra; Santos, Regina Consolação dos; Gontijo, Tarcísio Laerte; Guimarães, Eliete Albano de Azevedo; Oliveira, Valeria Conceição de.
Título: Diffusion of the e-SUS Primary Care innovation in Family Health Teams / Difusión de la innovación e-SUS Atención Primaria en Equipos de Salud de la Familia / Difusão da inovação e-SUS Atenção Básica em Equipes de Saúde da Família
Fonte: Rev. bras. enferm;71(6):2945-2952, Nov.-Dec. 2018.
Idioma: en.
Projeto: Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel; . FAPEMIG; . APQ.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze the diffusion of e-SUS Primary Care innovation in Family Health Teams. Method: A qualitative approach case study, based on Innovation Diffusion Theory and Technology Acceptance Model. We conducted 62 interviews and observation of professionals from Family Health Teams in six municipalities of Minas Gerais State, between March 2016 and January 2017. The data were treated through Categorical Thematic Content Analysis and, systematized, with Atlas.ti software . Results: It was verified that although the e-SUS Primary Care strategy is recognized as a technological innovation, situations predominate that weaken its acceptance as: incompatibilities with the work process; sudden deployment, poor training; work overload; resistance; and negative impacts on health care. Conclusion: The diffusion of the e-SUS Primary Care strategy as a technological innovation has presented potential situations of its rejection, conforming as challenges to be overcome.

RESUMEN Objetivo: Analizar la difusión de la innovación e-SUS Atención Primaria en Equipos de Salud de la Familia. Método: Estudio de caso de abordaje cualitativo, fundamentado en la Teoría de la Difusión de la Innovación y Modelo de Aceptación de Tecnologías. Se realizaron 62 entrevistas y observación de profesionales de Equipos de Salud de la Familia en seis municipios de Minas Gerais, entre marzo de 2016 y enero de 2017. Los datos fueron tratados a través del Análisis de Contenido Temático Categorial y, sistematizados, con el software Atlas.ti. Resultados: Se verificó que a pesar de que la estrategia e-SUS Atención Primaria es reconocida como una innovación tecnológica, predominan situaciones que debilitan su aceptación como: incompatibilidades con el proceso de trabajo; implantación de forma súbita, capacitación deficiente; sobrecarga de trabajo; resistencia; e impactos negativos sobre la asistencia. Conclusión: La difusión de la estrategia e-SUS Atención Primaria como una innovación tecnológica ha presentado situaciones potencializadoras de su rechazo, conformándose como desafíos a ser superados.

RESUMO Objetivo: Analisar a difusão da inovação e-SUS Atenção Básica em Equipes de Saúde da Família. Método: Estudo de caso de abordagem qualitativa, fundamentado na Teoria da Difusão da Inovação e Modelo de Aceitação de Tecnologias. Realizamos 62 entrevistas e observação de profissionais de Equipes de Saúde da Família em seis municípios de Minas Gerais, entre março de 2016 e janeiro de 2017. Os dados foram tratados através da Análise de Conteúdo Temático Categorial e, sistematizados, com o software Atlas.ti. Resultados: Verificou-se que apesar de a estratégia e-SUS Atenção Básica ser reconhecida como uma inovação tecnológica, predominam situações que fragilizam a sua aceitação como: incompatibilidades com o processo de trabalho; implantação de forma súbita, capacitação deficiente; sobrecarga de trabalho; resistências; e impactos negativos sobre a assistência. Conclusão: A difusão da estratégia e-SUS Atenção Básica como uma inovação tecnológica tem apresentado situações potencializadoras de sua rejeição, conformando-se como desafios a serem superados.
Descritores: Inovação Organizacional
Equipe de Assistência ao Paciente/tendências
Atenção Primária à Saúde/métodos
Eficiência Organizacional/normas
Pesquisa Qualitativa
-Atenção Primária à Saúde/normas
Brasil
Saúde da Família/normas
Eficiência Organizacional/tendências
Sistemas de Informação em Saúde/tendências
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1104350
Autor: Franco Enríquez, Jesús Gabriel.
Título: La paradoja de la productividad en las empresas / The paradox of productivity in companies
Fonte: Salud trab. (Maracay);26(2):95-97, dic. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Eficiência Organizacional
Eficiência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  10 / 388 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120697
Autor: Santana, Geovana Raimunda Silva.
Título: Avaliação da capacidade de gestão terceirizada de unidade básica de saúde / Evaluation of the third party management capacity of a basic health unit.
Fonte: Salvador; s.n; 2008. 129P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo avalia a capacidade de gestão terceirizada nas dimensões organizacional, operacional e da sustentabilidade em uma unidade básica com pronto-atendimento, no município de Salvador, Bahia. O arcabouço teórico está embasado na reforma do aparelho do Estado e no triângulo de governo de Matus. É um estudo de caso avaliativo, com abordagem qualitativa e quantitativa, no modelo de pesquisa interessada, cujo objetivo é apontar problemas e corrigir os rumos da gestão. A matriz dos indicadores foi construída com base nos princípios da integralidade, resolutividade e controle social instituídos pelo Sistema Único de Saúde, e os princípios da transparência, flexibilidade e autonomia de gestão que regem o novo gerencialismo público. Esses princípios sustentam a opção da adoção de modelos de gestão oriundos do privado em serviços públicos como os de saúde, considerados como não exclusivos do Estado e podendo ser executados para o setor público pelo setor privado. Os dados primários foram obtidos através de entrevistas estruturadas com informantes-chaves e os dados secundários através de análise documental e pesquisa em jornal. Os resultados demonstram fragilidade nas dimensões organizacional e de sustentabilidade e um desempenho razoável na dimensão operacional pela organização que terceiriza a gestão. Também apontam para o não cumprimento dos princípios orientadores dos indicadores selecionados. Nesse sentido, os resultados indicam que é necessária uma intervenção imediata para superar as fragilidades da gestão, sem a qual existirá comprometimento da Unidade Básica de Saúde (UBS) em assegurar a oferta de ações e serviços de saúde à população no longo prazo.(AU)
Descritores: Enfermagem Primária
Atenção Terciária à Saúde
Centros de Saúde
Eficiência Organizacional
Gestão em Saúde
-Serviços Básicos de Saúde
Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde



página 1 de 39 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde