Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.528 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 76 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 76 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-962934
Autor: Reis, Marcos Aurélio Seixas dos; Gabriel, Carmen Silvia; Zanetti, Ariane Cristina Barboza; Bernardes, Andrea; Laus, Ana Maria; Pereira, Leonardo Régis Leira.
Título: Medicamentos potencialmente perigosos: identificação de riscos e barreiras de prevenção de erros em terapia intensiva / Medicamentos potencialmente peligrosos: identificación de riesgos y barreras de prevención de errores en terapia intensiva / Potentially hazardous drugs: identification of risks and error prevention barriers in intensive care
Fonte: Texto & contexto enferm = Texto e contexto enfermagem;27(2):e5710016, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: investigar o conhecimento dos profissionais de enfermagem e farmacêuticos em relação à identificação de medicamentos potencialmente perigosos, bem como verificar o reconhecimento das barreiras de prevenção de erros nas instituições hospitalares. Método: estudo transversal, tipo inquérito, realizado em unidades de terapia intensiva de quatro hospitais. Um questionário construído e validado com base nas informações disponibilizadas pelo Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos foi utilizado para coleta de dados. Para análise dos dados utilizou-se o software Statistical Package for the Social Sciences, versão 22.0 e o teste de Kruskal-Wallis para investigar diferença dos resultados entre as categorias profissionais. Adotou-se o nível significância de 0,05. Resultados: foram incluídos 126 profissionais, entre os elegíveis para participação. Dentre os 33 medicamentos potencialmente perigosos indicados no instrumento, nenhum foi identificado como tal pela totalidade de respondentes, embora 17 fossem utilizados por mais de 95% dos entrevistados. Não foi observada diferença estatisticamente significante nas respostas das diferentes categorias profissionais quanto à identificação desses medicamentos. Em relação às medidas de prevenção de erros, os enfermeiros constituíram a categoria profissional que distinguiu em maior número a existência de barreiras. Conclusão: este estudo apontou importantes lacunas no reconhecimento dos medicamentos potencialmente perigosos e adoção incipiente de barreiras para prevenção de incidentes, caracterizando situações de fragilidade nos hospitais por implicar na ruptura inicial das barreiras, especialmente quando os profissionais de saúde estão inseridos em um ambiente de alta complexidade.

RESUMEN Objetivo: investigar el conocimiento de los profesionales de enfermería y farmacéuticos en relación a la identificación de medicamentos potencialmente peligrosos, así como el reconocimiento de las barreras de prevención de errores en su uso en las instituciones hospitalarias. Método: estudio transversal, tipo averiguación, realizado en las unidades de terapia intensiva de cuatro hospitales. Un cuestionario construido y validado en base a las informaciones ofrecidas por el Instituto para las Prácticas Seguras en el Uso de Medicamentos fue utilizado para la recolección de datos. Para el análisis de los datos se usó el software Statistical Package for the Social Sciences, versión 22.0 y el test de Kruskal-Wallis para investigar la diferencia de los resultados entre las categorías profesionales. Se adoptó el nivel significancia de 0,05. Resultados: fueron incluidos 126 profesionales entre los elegibles para esa participación. Entre los 33 medicamentos potencialmente peligrosos indicados en el instrumento, ninguno de ellos fue identificado como tal por la totalidad de los respondientes, aunque 17 de ellos fueran utilizados por más del 95% de los entrevistados. No fue observada ninguna diferencia estadísticamente significativa en las respuestas de las diferentes categorías profesionales sobre la identificación de esos medicamentos. En relación a las medidas de prevención de errores, los enfermeros constituyeron la categoría profesional que distinguió en mayor número la existencia de barreras. Conclusión: este estudió señaló importantes lagunas en el reconocimiento de los medicamentos potencialmente peligrosos y la adopción incipiente de barreras para la prevención de incidentes, caracterizando situaciones de fragilidad en los hospitales por implicar la ruptura inicial de las barreras, especialmente, cuando los profesionales de la salud están insertados en un ambiente de alta complejidad.

ABSTRACT Objective: to investigate the knowledge of nursing professionals and pharmacists in relation to the identification of potentially hazardous drugs, as well as the recognition of error prevention barriers in their use in hospital institutions. Method: cross-sectional survey performed in intensive care units of four hospitals. A questionnaire constructed and validated based on the information provided by the Institute for Safe Practices in Drug Use was used for data collection. Statistical Package for Social Sciences, version 22.0 and the Kruskal-Wallis test were used to analyze the data between the professional categories. The significance level was set at 0.05. Results: 126 professionals were included, among those eligible for participation. Of the 33 potentially hazardous drugs indicated in the instrument, none were identified as such by all respondents, although 17 were used by more than 95% of respondents. No statistically significant difference was observed in the responses of the different professional categories regarding the identification of these drugs. Regarding the measures of error prevention, nurses were the professional category that distinguished the existence of barriers at a higher rate. Conclusion: this study pointed to important gaps in the recognition of potentially hazardous drugs and incipient adoption of barriers to prevent incidents, characterizing situations of fragility in hospitals because it implies the initial rupture of barriers, especially when the health professionals are inserted in high-complexity services.
Descritores: Farmacêuticos
Gestão de Riscos
Enfermagem
Cuidados Críticos
Assistência Hospitalar
Farmacovigilância
Segurança do Paciente
Sistemas de Medicação
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  2 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-516501
Autor: Vara, Ana María.
Título: Cómo medicalizar la vida diaria: la creación de enfermedades o disease mongering / Medicalizing people´s daily life, creating disease or disease mongering
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;11(5):130-132, sept.-oct. 2008.
Idioma: es.
Resumo: En esta editorial se describe el problema de la medicalización de la vida diaria de las personas con fines económicos o de marketing, por medio de la creación de enfermedades o la exageración de situaciones fisiológicas, asociándolas con posibles sufrimientos o patologías ("disease mongering"). Se citan ejemplos como la calvicie, la timidez y ataques de pánico, el colon irritable y las disfunciones sexuales. Además, se analiza el rol de los médicos, los médicos de comunicación y la industria farmacéutica en esta problemática.
Descritores: Automedicação
Marketing
Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem
Tratamento Farmacológico/tendências
Sistemas de Medicação
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  3 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950566
Autor: Moraes, Flávia Silva de; Souza, Mariana Lima Cerqueira de; Lucchetti, Giancarlo; Lucchetti, Alessandra Lamas Granero.
Título: Trends and disparities in the use of cholinesterase inhibitors to treat Alzheimer's disease dispensed by the Brazilian public health system - 2008 to 2014: a nation-wide analysis / Tendência e desigualdade no uso de anticolinesterásicos para tratamento de doença de Alzheimer dispensados pelo sistema de saúde público do Brasil - 2008 e 2014: uma análise nacional
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;76(7):444-451, July 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT In light of the high cost of dementia treatment, there is legislation authorizing free distribution of cholinesterase inhibitors to those suffering from Alzheimer's disease in Brazil. However, the existence of this free distribution does not guarantee adequate distribution. Objectives The present study aimed to investigate the trends of prescriptions and the coverage of Alzheimer's disease treatment using cholinesterase inhibitors from public pharmacies dispensing high-cost drugs in Brazil. Methods This was a retrospective study that collected data from the Brazilian public Unified Health System. All cholinesterase inhibitors distributed at no cost to Brazilians during the year 2014, as well as the estimated number and percentages of patients who used these medications, were evaluated and compared to data from the year 2008. Results Our estimates indicated that 9.7% of the population having dementia syndromes used cholinesterase inhibitors, as well as 16.1% of those with Alzheimer's disease in Brazil. A clear disparity was noted between the use and distribution of cholinesterase inhibitors, depending on the region in which they were found. Over time, an increase in the distribution of cholinesterase inhibitors has been noted. In 2008, that use was 12.0% whereas, in 2014, it was 16.1%, an increase of 34% in six years. Conclusion It was estimated that 16.1% of patients with Alzheimer's disease in Brazil use cholinesterase inhibitors. These values have increased and, in spite of not being satisfactory, they indicate a potential for improvement. However, there is still a significant disparity among the regions.

RESUMO Devido ao custo alto de tratamento, existe uma legislação autorizando a distribuição sem custo de anticolinesterásicos para pacientes com doença de Alzheimer no Brasil. Entretanto, a existência dessa distribuição gratuita nem sempre garante uma distribuição adequada. Objetivos O presente estudo objetiva investigar a distribuição e desigualdades no uso de anticolinesterásicos (AChE) dispensados pelo Sistema de Saúde Público do Brasil. Métodos Estudo retrospectivo que coletou dados do Sistema Único de Saúde brasileiro. Foram avaliados todos os anticolinesterásicos distribuídos sem custo no Brasil durante o ano de 2014, assim como o número estimado e a porcentagem de pacientes que usavam essa medicação. Esses dados foram comparados com o ano de 2008. Resultados Estima-se que 9,7% da população que possui síndromes demenciais usa anticolinesterásicos, assim como 16,1% dos pacientes com doença de Alzheimer. Uma clara desigualdade entre o uso e a distribuição dos anticolinesterásicos foi encontrada, variando de acordo com a região. Houve um aumento na distribuição de anticolinesterásicos ao longo do tempo. Em 2008, o uso era de 12% e, em 2014, foi de 16,1%, resultando em um aumento de 34% em 6 anos. Conclusão Estima-se que 16,1% dos pacientes com doença de Alzheimer no Brasil usam anticolinesterásicos. Esses valores tiveram um aumento e, embora ainda não sejam satisfatórios, eles indicam um potencial de melhora. Entretanto, ainda foi evidenciada uma significante desigualdade entre as regiões.
Descritores: Inibidores da Colinesterase/uso terapêutico
Disparidades em Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos
Doença de Alzheimer/tratamento farmacológico
Sistemas de Medicação/estatística & dados numéricos
-Brasil
Saúde Pública
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1149886
Autor: Gomes de Medeiros, Suzane; Pereira Santos, Viviane Euzébia.
Título: Sistema de medicação e segurança do paciente à luz da teoria da complexidade / Sistema de medicación y seguridad del paciente a la luz de la teoría de la complejidad / Medication and Patient Safety System in View of the Complexity Theory
Fonte: Rev. cuba. enferm;35(2):e2214, abr.-jun. 2019. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Introdução: Um sistema é formado por partes coordenadas que possuem funções próprias e se articulam com o todo. Na saúde, o sistema de medicação é complexo e envolve várias etapas, as quais devem ser seguras para proporcionar um cuidado de qualidade. Caso esse sistema apresente fragilidades, erros podem acontecer em uma ou mais de suas fases, o que interfere na segurança do paciente. Objetivo: Refletir sobre a complexidade do sistema de medicação e sua interface com a segurança do paciente a partir dos conceitos da teoria de Edgar Morin. Métodos: Estudo reflexivo desenvolvido a partir de leituras correlacionadas com a área temática, através de artigos científicos disponíveis nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online e Biblioteca Virtual em Saúde. A seleção dos materiais aconteceu em agosto de 2016. Conclusão: A articulação entre o paradigma da complexidade e o sistema de medicação permite vislumbrar oportunidades de melhorias na qualidade do cuidado seguro. Entretanto, para uma maior compreensão desses sistemas, novas investigações necessitam ser desenvolvidas de forma a contribuir efetivamente com a assistência à saúde dos pacientes(AU)

RESUMEN Introducción: Un sistema está formado por partes coordinadas que poseen funciones propias y se articulan con el todo. En la salud, el sistema de medicación es complejo e involucra varias etapas, las cuales deben ser seguras para proporcionar un cuidado de calidad. Si este sistema presenta fragilidades, los errores pueden ocurrir en una o más de sus fases, lo que interfiere en la seguridad del paciente. Objetivo: Reflexionar sobre la complejidad del sistema de medicación y su interfaz con la seguridad del paciente a partir de los conceptos de la teoría de Edgar Morin. Métodos: Estudio reflexivo desarrollado a partir de lecturas correlacionadas con el área temática, a través de artículos científicos disponibles en las bases de datos Scientific Electronic Library Online y Biblioteca Virtual en Salud. La selección de los materiales tuvo lugar en agosto de 2016. Conclusión: La articulación entre el paradigma de la complejidad y el sistema de medicación permite vislumbrar oportunidades de mejoras en la calidad del cuidado seguro. Sin embargo, para una mayor comprensión de estos sistemas, nuevas investigaciones necesitan ser desarrolladas de forma a contribuir efectivamente con la asistencia a la salud de los pacientes(AU)

ABSTRACT Introduction: A system consists of coordinated parts having their own functions and articulated with the whole. In health, the medication system is complex and involves several stages, which must be safe to provide quality care. If this system exhibits weaknesses, errors can occur in one or more of its stages, which interferes with patient safety. Objective: To reflect on the complexity of the medication system and its interface with patient safety based on the concepts of Edgar Morin's theory. Methods: Reflective study carried out from readings correlated with the thematic field, through scientific articles available in SciELO databases and in the Virtual Health Library. The selection of the materials took place in August 2016. Conclusions: The articulation between the complexity paradigm and the medication system allows us to glimpse opportunities for improvements in the quality of safe care. However, for a better understanding of these systems, new research needs to be developed to contribute effectively with patient health care(AU)
Descritores: Atenção à Saúde/métodos
Segurança do Paciente
Sistemas de Medicação
-Erros de Medicação/efeitos adversos
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  5 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1137063
Autor: Reis, Ubiane Oiticica Porto; Passos, Silvia da Silva Santos; Santos, Luciano Marques; Reis, Marcelo Silva; Berhends, Jamille Sampaio; Meira, Carolina Madeiro.
Título: Erros no preparo e na administração de medicamentos intravenosos / Errores en la preparación y administración de medicamentos intravenosos / Errors in the preparation and administration of intravenous drugs
Fonte: Rev. baiana enferm;34:e36450, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo identificar os erros no preparo e na administração de medicamentos intravenosos. Método estudo observacional e descritivo realizado de 694 doses de medicamentos intravenosos realizadas pelos profissionais de enfermagem em pacientes adultos nas unidades de Emergência, Internamento e Unidade de Terapia Intensiva de um hospital de pequeno porte do recôncavo da Bahia, Brasil. Os dados foram coletados em março e abril de 2019, por meio da observação não participante, tendo como instrumento dois roteiros de observação. As variáveis descritivas foram analisadas por meio da distribuição de frequência absoluta e relativa. Resultados destacou-se os erros de técnica com observação da ocorrência de 60% de erros de técnica do preparo e 75% de erros de técnica de administração dos medicamentos intravenosos. Conclusão Tanto no preparo quanto na administração dos medicamentos intravenosos, foram identificados erros de técnica e de horário, apontando a necessidade de implementação de estratégias voltadas para a segurança do paciente.

Objetivo identificar errores en la preparación y administración de medicaciones intravenosas. Método estudio observacional y descriptivo, realizado con 694 dosis de medicaciones intravenosas realizadas por profesionales de enfermería en pacientes adultos en las Unidades de Emergencia, Internación y Cuidados Intensivos de un pequeño hospital en el recóncavo de Bahía, Brasil. Los datos fueron recolectados en los meses de marzo y abril de 2019, mediante observación no participante, utilizando dos guiones de observación como instrumento. Las variables descriptivas se analizaron mediante la distribución de frecuencia absoluta y relativa. Resultados se observaron errores técnicos, con ocurrencia del 60% de errores de técnica de preparación y 75% de errores de técnica de administración de fármacos intravenosos. Conclusión tanto en la preparación como en la administración de medicamentos por vía intravenosa se identificaron errores en la técnica y en el tiempo, señalando la necesidad de implementar estrategias orientadas a la seguridad del paciente.

Objective to identify errors in the preparation and administration of intravenous drugs. Method observational and descriptive study. 694 doses of intravenous medications performed by nursing professionals in adult patients were observed in the Emergency, Inpatient and Intensive Care Units of a small hospital in the recôncavo of Bahia, Brazil. Data were collected in March and April 2019, through non-participant observation, using two observation scripts as instruments. Descriptive variables were analyzed using the absolute and relative frequency distribution. Results the occurrence of 60% of errors in the preparation technique and 75% of errors in the technique of administering intravenous drugs was highlighted. Conclusion both in the preparation and administration of intravenous medications, errors in technique and time were identified, pointing out the need to implement strategies aimed at patient safety.
Descritores: Administração Intravenosa
Erros de Medicação
Equipe de Enfermagem
-Conduta do Tratamento Medicamentoso
Sistemas de Medicação/normas
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  6 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-990655
Autor: Magalhães, Ana Maria Müller de; Kreling, Angélica; Chaves, Enaura Helena Brandão; Pasin, Simone Silveira; Castilho, Bárbara Motta.
Título: Medication administration - nursing workload and patient safety in clinical wards / Administração de medicamentos - carga de trabalho de enfermagem e segurança do paciente em unidades clínicas hospitalares / Administración de medicamentos - carga de trabajo de enfermería y seguridad del paciente en unidades clínicas
Fonte: Rev. bras. enferm;72(1):183-189, Jan.-Feb. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to analyze the characteristics of the work organization performed by nursing staff regarding medication administration procedures and their implications on the workload of these professionals and on patient safety. Method: the study design is exploratory, with mixed method research and an ecological restorative approach. Data were collected between January 2014 and March 2015, in three inpatient units of a teaching hospital in the south of Brazil, by means of photo walkabout and focus groups, in the qualitative step. In the quantitative phase data were collected from the 162 lists of patients assigned to nursing technicians during their work shifts. Results: the administration of medications has an impact on the professionals' workload and patient safety. Final considerations: there are weaknesses in the process that may contribute to medication administration errors, which are related to the number of doses and the number of patients assigned to each professional.

RESUMO Objetivo: analisar as características da organização do trabalho da equipe de enfermagem quanto aos procedimentos de administração de medicamentos e suas implicações na carga de trabalho desses profissionais e na segurança do paciente. Método: estudo exploratório, com método misto de pesquisa e abordagem restaurativa ecológica. Os dados foram coletados entre janeiro de 2014 e março de 2015, em três unidades de internação de um hospital universitário do sul do Brasil, por meio de caminhada fotográfica (CF) e grupos focais (GF) na etapa qualitativa. Na fase quantitativa, foram coletados dados das 162 listas de pacientes atribuídos aos técnicos de enfermagem durante seus turnos de trabalho. Resultados: a administração de medicamentos impacta na carga de trabalho dos profissionais e na segurança dos pacientes. Considerações finais: as fragilidades existentes no processo podem contribuir para erros na administração de medicamentos, que estão relacionados com o número de doses e ao número de pacientes atribuídos a cada profissional.

RESUMEN Objetivo: analizar las características de la organización del trabajo real del equipo de enfermería en cuanto a los procedimientos de administración de medicamentos y sus implicaciones en la carga de trabajo de estos profesionales y en la seguridad del paciente. Método: investigación exploratoria con método mixto y enfoque ecológico y restaurativo. Los datos fueron recolectados entre enero de 2014 y marzo de 2015 en tres unidades de internación de un hospital universitario del sur de Brasil, por medio de caminada fotográfica (CF) y grupos focales (GF) en la etapa cualitativa. En la fase cuantitativa, se recogieron datos de las 162 listas de pacientes asignados a los técnicos de enfermería durante sus turnos de trabajo. Resultados: la administración de medicamentos tiene un impacto en la carga de trabajo de los profesionales y en la seguridad del paciente. Consideraciones finales: hay debilidades en el proceso que pueden contribuir a los errores de administración de medicamentos, que están relacionados con el número de dosis y el número de pacientes asignados a cada profesional.
Descritores: Carga de Trabalho/psicologia
Segurança do Paciente/normas
Sistemas de Medicação/normas
-Quartos de Pacientes/organização & administração
Brasil
Carga de Trabalho/normas
Grupos Focais/métodos
Pesquisa Qualitativa
Erros de Medicação/enfermagem
Erros de Medicação/estatística & dados numéricos
Sistemas de Medicação/tendências
Enfermeiras e Enfermeiros/normas
Enfermeiras e Enfermeiros/psicologia
Assistentes de Enfermagem/normas
Assistentes de Enfermagem/psicologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-962871
Autor: Souta, Maristela Monteschi; Telles Filho, Paulo Celso Prado; Vedana, Kelly Graziani Giacchero; Pedrão, Luiz Jorge; Miasso, Adriana Inocenti.
Título: Medication system: analysis of actions taken by professionals in psychiatric units / Sistema de medicacíon: análisis de las acciones profesionales en unidades psiquiátricas / Sistema de medicação: análise das ações dos profissionais em unidades de internação psiquiátrica
Fonte: Texto & contexto enferm = Texto e contexto enfermagem;25(4):e0170015, 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT This study analyzed the medication systems in psychiatric units of a general hospital and a psychiatric hospital in the state of São Paulo, Brazil. It is a quantitative and cross-sectional, exploratory survey study with 144 professionals from the areas of medication, nursing and pharmacy. Data were collected by direct, non-participative observation and by medical records review. Data were analyzed using descriptive statistics. Factors that affect patient safety, such as interruptions during prescription, handwritten changes to electronic prescriptions, limited handling of the electronic prescription system, unavailable clinical pharmacy, mistakes in activities related to the preparation and administration of medications and other factors were identified. The study reveals the susceptible points for the occurrence of medication errors in psychiatric hospitalization departments and discusses recommendations and technological resources that can promote security in the medication system.

RESUMEN Este estudio analizó los sistemas de medicación en unidades psiquiátricas de un hospital general y de un hospital psiquiátrico del interior del estado de Sao Paulo, en Brasil. Estudio cuantitativo, transversal y exploratorio. Participaron de la encuesta 144 profesionales de medicina, enfermería y farmacia. Los datos fueron obtenidos por medio de observación no participante directa y revisión de fichas médicas y se analizaron por estadística descriptiva. Fueron identificados factores que no favorecen la seguridad del paciente como: interrupciones durante la actividad de prescripción; modificaciones escritas en prescripciones electrónicas; restricciones en la manipulación del sistema electrónico de prescripción, indisponibilidad farmacéutica; fallas en las actividades relacionadas en la preparación y administración de los medicamentos, y otros factores. Este estudio revela puntos vulnerables para casos de errores de medicación en servicios de internación psiquiátrica y discute recomendaciones y recursos tecnológicos que pueden promover la seguridad en el sistema de medicación.

RESUMO Este estudo analisou os sistemas de medicação em unidades de psiquiatria de um hospital geral e de um hospital psiquiátrico, do interior de São Paulo, Brasil. Trata-se de estudo quantitativo, transversal, tipo survey exploratório e realizado com 144 profissionais da medicina, enfermagem e farmácia. Os dados foram coletados por observação não participante direta e revisão em prontuários e foram analisados por estatística descritiva. Foram identificados fatores que desfavorecem a segurança do paciente como interrupções, durante a atividade de prescrição, alterações manuscritas em prescrições eletrônicas, restrições no manuseio do sistema eletrônico de prescrição, indisponibilidade de farmácia clínica, falhas nas atividades relacionadas ao preparo e à administração dos medicamentos e outros. Este estudo revela pontos vulneráveis para a ocorrência de erros de medicação em serviços de internação psiquiátrica e discute recomendações e recursos tecnológicos que podem promover a segurança no sistema de medicação.
Descritores: Saúde Mental
Gestão da Segurança
Erros de Medicação
Sistemas de Medicação
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  8 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: biblio-1003447
Autor: Araújo, Patrícia Rebouças; Lima, Francisca Elisângela Teixeira; Ferreira, Mayara Kelly Moura; Oliveira, Shérida Karanini Paz de; Carvalho, Rhanna Emanuela Fontenele Lima de; Almeida, Paulo César de.
Título: Medication administration safety assessment tool: Construction and validation / Instrumento de evaluación de la seguridad en la administración de medicamentos: Construcción y validación / Instrumento para avaliação da segurança na administração de medicamentos: construção e validação
Fonte: Rev. bras. enferm;72(2):329-336, Mar.-Apr. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To build and validate the Patient Safety Assessment in Medication Administration (ASPAM - Avaliação da Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos) tool. Method: Methodological study in which the construction, Content Validation Index (CVI), construct validation (factorial analysis) and reliability were performed in terms of homogeneity (Cronbach's Alpha). Results: The ASPAM reached CVI of 0.77 for simplicity, 0.76 for clarity and 0.93 for relevance. The exploratory factorial analysis was adequate for the tool (Kaiser-Meyer-Olkim of 0.66 and Bartlett's sphericity with p <0.001). The Cronbach's Alpha end of the scale with 28 items was 0.85. Conclusion: The ASPAM tool was valid and reliable for the identification of risk-generating conditions for the occurrence of Adverse Drug Events.

RESUMEN Objetivo: Construir y validar el instrumento Evaluación de la Seguridad del Paciente en la Administración de Medicamentos (ASPAM - Avaliação da Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos). Método: El estudio metodológico en que se procedió a la construcción, el Índice de Validación de Contenido (IVC), la validación de constructo (análisis factorial) y la confiabilidad, en términos de homogeneidad (Alfa de Cronbach). Resultados: La ASPAM alcanzó IVC de 0,77 para simplicidad, 0,76 para claridad y 0,93 para relevancia. El análisis factorial exploratorio se mostró adecuado para el instrumento (Kaiser-Meyer-Olkim de 0,66 y la esfericidad de Bartlett con p <0,001). El Alfa de Cronbach final de la escala con 28 ítems fue de 0,85. Conclusión: El instrumento ASPAM se mostró válido y confiable para la identificación de condiciones generadoras de riesgo para ocurrencia de eventos adversos a los medicamentos.

RESUMO Objetivo: Construir e validar o instrumento Avaliação da Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos (ASPAM). Método: Estudo metodológico em que se procederam a construção, o Índice de Validação de Conteúdo (IVC), a validação de construto (análise fatorial) e a confiabilidade, em termos de homogeneidade (Alfa de Cronbach). Resultados: A ASPAM alcançou IVC de 0,77 para simplicidade, 0,76 para clareza e 0,93 para relevância. A análise fatorial exploratória mostrou-se adequada para o instrumento (Kaiser- Meyer-Olkim de 0,66 e a esfericidade de Bartlett com p<0,001). O Alfa de Cronbach final da escala com 28 itens foi de 0,85. Conclusão: O instrumento ASPAM mostrou-se válido e confiável para a identificação de condições geradoras de risco para ocorrência de eventos adversos aos medicamentos.
Descritores: Segurança do Paciente/normas
Sistemas de Medicação/normas
-Brasil
Intervalos de Confiança
Inquéritos e Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Estudos de Validação como Assunto
Segurança do Paciente/estatística & dados numéricos
Sistemas de Medicação/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 76 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1020554
Autor: Sassaki, Renata Longhi; Cucolo, Danielle Fabiana; Perroca, Marcia Galan.
Título: Interruptions and nursing workload during medication administration process / Interrupciones y carga de trabajo de enfermería durante la administración de medicamentos / Interrupções e carga de trabalho de enfermagem durante a administração de medicamentos
Fonte: Rev. bras. enferm;72(4):1001-1006, Jul.-Aug. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To investigate the sources and causes of interruptions during the medication administration process performed by a nursing team and measure its frequency, duration and impact on the team's workload. Métodos: This is an observational study that timed 121 medication rounds (preparation, administration and documentation) performed by 15 nurses and nine nursing technicians in a Neonatal Intensive Care Unit in the countryside of the state of São Paulo. Resultados: 63 (52.1%) interruptions were observed. In each round, the number of interruptions that happened ranged from 1-7, for 127 in total; these occurred mainly during the preparation phase, 97 (76.4%). The main interruption sources were: nursing staff - 48 (37.8%) − and self-interruptions - 29 (22.8%). The main causes were: information exchanges - 54 (42.5%) − and parallel conversations - 28 (22%). The increase in the mean time ranged from 53.7 to 64.3% (preparation) and from 18.3 to 19.2% (administration) - p≤0.05. Conclusão: Interruptions in the medication process are frequent, interfere in the workload of the nursing team and may reflect on the safety of care.

RESUMEN Objetivo: Examinar las fuentes y las causas de interrupciones durante el proceso de administración de medicamentos realizado por el personal de enfermería y también medir su frecuencia, duración e impacto sobre la carga de trabajo de estos. Métodos: Estudio observacional con tiempos cronometrados durante 121 rondas de medicación (preparación, administración y documentación) realizadas por 15 enfermeros y 9 técnicos de enfermería en una Unidad de Cuidado Intensivo Neonatal en el interior de São Paulo. Resultados: Se observaron 63 (52,1%) interrupciones. En cada ronda, ocurrieron de 1-7, totalizando 127, principalmente en la fase de preparación, 97 (76,4%). Las principales fuentes fueron: el personal de enfermería -48 (37,8%)-, y las autointerrupciones -29 (22,8%)-. Ya las principales causas fueron: el intercambio de información -54 (42,5%)- y la conversación paralela -28 (22%)-. El incremento del promedio del tiempo varió del 53,7% al 64,3% (preparación) y del 18,3% al 19,2% (administración) p≤0,05. Conclusión: Las interrupciones en el proceso medicamentoso son frecuentes, interfieren en la carga de trabajo de la enfermería y pueden comprometer la seguridad del cuidado.

RESUMO Objetivo: Investigar fontes e causas das interrupções durante o processo de administração de medicamentos realizado pela equipe de enfermagem e mensurar sua frequência, duração e impacto sobre a carga de trabalho. Métodos: Observacional com tempos cronometrados durante 121 rodadas de medicação (preparo, administração e documentação) realizadas por 15 enfermeiros e nove técnicos de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal no interior de São Paulo. Resultados: Foram observadas 63 (52,1%) interrupções. Em cada rodada, ocorreram de 1-7totalizando 127, principalmente na fase de preparo, 97 (76,4%). As principais fontes constituíram-se em: equipe de enfermagem − 48 (37,8%) − e autointerrupções − 29(22,8%). Já as principais causas: troca de informações - 54 (42,5%) − e conversa paralela - 28 (22%). O aumento do tempo médio variou de 53,7 a 64,3% (preparo) e de 18,3 a 19,2% (administração) p≤0,05. Conclusão: Interrupções no processo medicamentoso são frequentes, interferem na carga de trabalho da enfermagem e podem refletir na segurança do cuidado.
Descritores: Carga de Trabalho/normas
Sistemas de Medicação/normas
Cuidados de Enfermagem/normas
Cuidados de Enfermagem/psicologia
-Estudos de Tempo e Movimento
Fatores de Tempo
Brasil
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal/organização & administração
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal/estatística & dados numéricos
Estudos Transversais
Carga de Trabalho/psicologia
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Gestão da Segurança/métodos
Gestão da Segurança/normas
Gestão da Segurança/estatística & dados numéricos
Erros de Medicação/enfermagem
Erros de Medicação/prevenção & controle
Sistemas de Medicação/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 76 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119048
Autor: Almeida, Viviane Saraiva de,; Andrade, Marilda,; Querido, Danielle Lemos,; Christoffel, Marialda Moreira,; Alves, Angelina Maria Aparecida,; Esteves, Ana Paula Vieira dos Santos,.
Título: O processo de trabalho de um time de medicação na perspectiva de uma pesquisa-ação / The work process of a medication team from an action research perspective
Fonte: Rev. eletrônica enferm;21:1-11, 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivou-se descrever e analisar o processo de trabalho do time de medicação na unidade de terapia intensiva neonatal. Pesquisa-ação realizada com 21 enfermeiros de uma unidade neonatal de um hospital universitário. Foram realizadas entrevistas, pesquisa documental, observação sistemática e seminários para a coleta e análise temática dos dados. O estudo apontou três categorias: dificuldades encontradas no processo de trabalho do time de medicação; caracterização dos recursos materiais e ambiente de trabalho; padronização do processo de trabalho do time de medicação. As principais barreiras apontadas foram a falta de padronização do processo de trabalho e a ausência e/ou atualização de instrumentos que subsidiam sua prática. Desta forma, a partir das ações do grupo foram elaborados os seguintes produtos: fluxograma do processo de trabalho; construção e padronização de impressos; atualização de Protocolos Operacionais Padrão e atribuições da equipe de enfermagem; padronização de material de almoxarifado, farmácia e apoio.

This study aimed to describe and analyze the work process of the medication team in a neonatal intensive care unit. This action research was carried out with the participation of 21 nurses at a university hospital neonatal unit. Interviews were conducted, along with documental research, systematic observation and workshops for data collection and thematic analysis. The study indicated three categories: difficulties encountered in the work process of the medication team; description of material resources and working environment; and standardization of the work process of the medication team. The principal barriers indicated were lack of standardization of the work process and the absence and/or updating of instruments supporting work practices. As such, the following products were elaborated from the group actions: work process flowchart; development and standardization of printouts; updating of Standard Operational Protocols and duties of the nursing team; and standardization of storeroom, pharmacy and support material.
Descritores: Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Sistemas de Medicação
-Fluxo de Trabalho
Segurança do Paciente
Sistemas de Medicação/organização & administração
Limites: Humanos
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde