Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.606 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 347 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 35 ir para página                         

  1 / 347 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1020702
Autor: Notaro, Karine Antunes Marques; Corrêa, Allana dos Reis; Tomazoni, Andréia; Rocha, Patrícia Kuerten; Manzo, Bruna Figueiredo.
Título: Cultura de segurança da equipe multiprofissional em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal de hospitais públicos / Safety culture of multidisciplinary teams from neonatal intensive care units of public hospitals / Cultura de seguridad del equipo multiprofesional en Unidades de Cuidados Intensivos Neonatales en hospitales públicos
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);27:e3167, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
Resumo: Objetivo analisar a cultura de segurança da equipe multiprofissional em três Unidades de Terapia Intensiva Neonatal de hospitais públicos de Minas Gerais, Brasil. Método estudo tipo survey, transversal, desenvolvido com 514 profissionais de saúde. Utilizou-se o instrumento Hospital Survey on Patient Safety Culture, sendo os dados submetidos à análise estatística descritiva por meio do software R, versão 3.3.2. Resultados os achados mostraram que nenhuma dimensão obteve escore de respostas positivas acima de 75% para ser considerada como área de força. A dimensão "Resposta não punitiva ao erro" foi classificada como área crítica da cultura de segurança do paciente com 55,45% das repostas. Contudo, foram identificadas áreas com potencial para melhoria, como "Trabalho em equipe na unidade" (59,44%) e "Expectativas e ações do supervisor/chefia para a promoção da segurança do paciente" (49,90%). Conclusão nenhuma das dimensões foi considerada como área de força, o que aponta que a cultura de segurança ainda não está integralmente implementada nas unidades avaliadas. Recomenda-se um olhar crítico sobre as fragilidades do processo de segurança dos pacientes, a fim de buscar estratégias para a adoção de uma cultura de segurança positiva, beneficiando pacientes, familiares e profissionais.

Objective analyze the safety culture of multidisciplinary teams from three neonatal intensive care units of public hospitals in Minas Gerais, Brazil. Method a cross-sectional survey conducted with 514 health professionals, using the Hospital Survey on Patient Safety Culture; data were subjected to a descriptive statistical analysis in software R-3.3.2. Results the findings showed that none of the dimensions had a positive response score above 75% to be considered as a strength area. The dimension 'Nonpunitive response to error' was classified as a critical area of the patient safety culture, present in 55.45% of the responses. However, areas with potential for improvements were identified, such as 'Teamwork within units' (59.44%) and 'Supervisor/manager's expectations and actions to promote patient safety' (49.90%). Conclusion none of the dimensions was considered as a strength area, which indicates safety culture has not been fully implemented in the evaluated units. A critical look at the weaknesses of the patient safety process is recommended in order to seek strategies for the adoption of a positive safety culture to benefit patients, family members and health professionals.

Objetivo analizar la cultura de seguridad del equipo multiprofesional en tres Unidades de Cuidados Intensivos Neonatales en hospitales públicos de Minas Gerais, Brasil. Método estudio tipo survey, transversal, desarrollado con 514 profesionales de salud. Se utilizó el instrumento Hospital Survey on Patient Safety Culture, y los datos se sometieron a análisis estadístico descriptivo por medio del software R, versión 3.3.2. Resultados los resultados revelaron que ninguna dimensión obtuvo puntuación de respuestas positivas por encima del 75% para ser considerada como área de fuerza. La dimensión «Respuesta no punitiva al error¼ fue clasificada como área crítica de la cultura de seguridad del paciente con el 55,45% de las repuestas. Sin embargo, se identificaron áreas con potencial de mejora, como «Trabajo en equipo en la unidad¼ (59,44%) y «Expectativas y acciones del supervisor/jefe para la promoción de la seguridad del paciente¼ (49,90%). Conclusión ninguna de las dimensiones se consideró como área de fuerza, lo que indica que la cultura de seguridad aún no está integralmente implementada en las unidades valoradas. Se recomienda una mirada crítica sobre las fragilidades del proceso de seguridad de los pacientes, con el fin de buscar estrategias para la adopción de una cultura de seguridad positiva, para beneficiar a pacientes, familiares y profesionales.
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente/estatística & dados numéricos
Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/normas
Assistência Centrada no Paciente/normas
Segurança do Paciente/normas
-Fatores de Tempo
Brasil
Cultura Organizacional
Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1097372
Autor: Schuh, Laísa Xavier; Krug, Suzane Beatriz Frantz; Possuelo, Lia.
Título: Cultura de segurança do paciente em unidades de urgência/emergência / Culture of patient safety in urgency/emergency units / Cultura de seguridad del paciente en unidades de urgencia / emergência
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);12:616-621, jan.-dez. 2020. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: analisar as especificidades positivas de profissionais de enfermagem acerca da cultura de segurança do paciente em unidades de urgência/emergência. Método: pesquisa de abordagem quantitativa, de delineamento transversal, realizada em sete municípios integrantes da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde do Rio Grande do Sul, em suas respectivas unidades hospitalares com atendimento de urgência/emergência. A amostra foi composta por 112 profissionais de enfermagem e, como instrumento de coleta de dados, foi utilizado o questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC), na versão traduzida para a língua portuguesa. Resultados: os resultados revelaram as dimensões "expectativas sobre o seu supervisor/ chefe e ações promotoras de segurança do paciente" (78,5%) e "trabalho em equipe dentro das unidades" (76,5%) como as principais em receber respostas positivas. Conclusão: o estudo revela que as unidades de urgência/emergência possuem áreas fortes para o desenvolvimento de uma assistência qualificada e segura

Objective: to analyze the positive specificities of nursing professionals about the culture of patient safety in emergency / emergency units. Method: a cross-sectional, quantitative approach research, carried out in seven municipalities of the 13th Regional Health Coordination of Rio Grande do Sul, in their respective hospital units with emergency / emergency care. The sample was composed by 112 nursing professionals and, as a data collection instrument, the Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) questionnaire was used in the Portuguese language version. Results: the results revealed the dimensions "expectations about their supervisor / supervisor and actions that promote patient safety" (78.5%) and "teamwork within the units" (76.5%) as the main ones in receiving responses positive. Conclusion: The study reveals that emergency / emergency units have strong areas for the development of qualified and safe care

Objetivo: analizar las especificidades positivas de profesionales de enfermería acerca de la cultura de seguridad del paciente en unidades de urgencia / emergencia. Método: investigación de abordaje cuantitativo, de delineamiento transversal, realizada en siete municipios integrantes de la 13ª Coordinadora Regional de Salud de Rio Grande do Sul, en sus respectivas unidades hospitalarias con atención de urgencia / emergencia. La muestra está formada por 112 profesionales de enfermería y, como un instrumento de recolección de datos, se utilizó el cuestionario de la Encuesta sobre el Hospital de Cultura de Seguridad del Paciente (HSOPSC) en la versión traducida al portugués. Resultados: los resultados revelaron las dimensiones "expectativas sobre su supervisor / jefe y acciones promotoras de seguridad del paciente" (78,5%) y "trabajo en equipo dentro de las unidades" (76,5%) como las principales en recibir respuestas positivo. Conclusión: el estudio revela que las unidades de urgencia / emergencia poseen áreas fuertes para el desarrollo de una asistencia calificada y segura
Descritores: Cultura Organizacional
Emergências
Segurança do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  3 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096504
Autor: Lopez, Evelyn da Costa Martins Silva; Cruz, Elaine Drehmer de Almeida; Alpendre, Francine Taporosky; Batista, Josemar.
Título: Cultura de segurança do paciente em unidades cirúrgicas de hospitais de ensino / Culture of patient safety in surgical units of teaching hospitals / Cultura de seguridad del paciente en unidades quirúrgicas de hospitales escuela
Fonte: REME rev. min. enferm;24:e-1298, fev.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar a cultura de segurança em unidades cirúrgicas de três hospitais de ensino paranaenses. Método: survey, transversal, com coleta de dados realizada entre 2017 e 2018, em três hospitais com administração federal, estadual e privada. Utilizou-se o questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture, que analisa 12 dimensões da cultura de segurança; aquelas com índices ≥75% foram consideradas fortalecidas. Resultados: a dimensão "trabalho em equipe dentro das unidades" foi identificada como fortalecida no hospital privado (77,8%); nos demais, nenhuma dimensão mostrou cultura fortalecida. Os profissionais do hospital privado externaram, significativamente, percepção menos negativa em seis dimensões de cultura. Comparados aos profissionais médicos, a Enfermagem apresentou percepção mais positiva, com diferença significativa para quatro dimensões. Conclusão: a administração privada estimula a cultura de segurança, quando comparada à pública. As dimensões frágeis são expressivas em todos os segmentos de trabalhadores, tornando-se desafio para promover cultura positiva em unidades cirúrgicas de hospitais de ensino. (AU)

Objective: to analyze the safety culture in surgical units of three teaching hospitals in Paraná. Method: a cross-sectional survey, with data collection, carried out between 2017 and 2018, in three hospitals with federal, state and private administration. We used the Hospital Survey on Patient Safety Culture questionnaire, which analyzes 12 dimensions of the safety culture; we considered those with rates ≥75% as strengthened. Results: the dimension "teamwork within the units" was identified as strengthened in the private hospital (77.8%); in the others, no dimension showed a strengthened culture. The professionals of the private hospital significantly expressed a less negative perception in six dimensions of culture. Compared to medical professionals, Nursing showed a more positive perception, with a significant difference for four dimensions. Conclusion: private administration encourages a culture of security when compared to public administration. The fragile dimensions are expressive in all segments of workers, making it a challenge to promote a positive culture in surgical units of teaching hospitals.(AU)

Objetivo: analizar la cultura de seguridad en unidades quirúrgicas de tres hospitales docentes del estado de Paraná. Método: encuesta transversal, con recogida de datos realizada entre 2017 y 2018, en tres hospitales de administración federal, estatal y privada. Se utilizó el cuestionario Hospital Survey on Patient Safety Culture que analiza 12 dimensiones de la cultura de seguridad; aquéllas con tasas ≥75% se consideraron fortalecidas. Resultados: se identificó la dimensión "trabajo en equipo dentro de las unidades" como fortalecida en el hospital privado (77.8%); en los demás, ninguna dimensión mostró una cultura fortalecida. Los profesionales del hospital privado expresaron significativamente una percepción menos negativa en seis dimensiones de la cultura. En comparación con los profesionales médicos, la enfermería mostró una percepción más positiva, con una diferencia significativa en cuatro dimensiones. Conclusión: la administración privada fomenta una cultura de seguridad, en comparación con la pública. Las dimensiones frágiles son expresivas en todos los segmentos de los trabajadores. Por ello, promover la cultura positiva en las unidades quirúrgicas de los hospitales escuela se ha vuelto un reto.(AU)
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde
Cultura Organizacional
Assistência Perioperatória
Segurança do Paciente
Hospitais de Ensino
-Enfermagem Perioperatória
Administração Hospitalar
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  4 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889952
Autor: Figueiredo, Marcelo Gonçalves; Alvarez, Denise; Adams, Ricardo Nunes.
Título: O acidente da plataforma de petróleo P-36 revisitado 15 anos depois: da gestão de situações incidentais e acidentais aos fatores organizacionais / El accidente de la plataforma de petróleo P-36 revisado 15 años después: de la gestión de situaciones incidentales y accidentales a los factores organizativos / Revisiting the P-36 oil rig accident 15 years later: from management of incidental and accidental situations to organizational factors
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(4):e00034617, 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: O acidente com a plataforma P-36 na Bacia de Campos, Rio de Janeiro, Brasil, se configura como um dos grandes desastres internacionais da indústria do petróleo. Nosso objetivo na reflexão aqui empreendida é: (a) verificar, com base em um caso específico, a questão do papel que exerce a dimensão humana na confiabilidade de sistemas de elevada complexidade - com foco na gestão de situações incidentais e acidentais -, capazes de acarretar acidentes de grande magnitude. E, ao nos debruçarmos sobre tal intento, somos remetidos à necessidade de (b) dar visibilidade à interveniência de alguns dos fatores organizacionais como elementos que podem contribuir para agravar o grau de risco da atividade em plataformas offshore, conduzindo a análise para além das chamadas causas imediatas. No que tange aos métodos de investigação, tomamos por base, principalmente, a pesquisa documental (com destaque para os relatórios da Petrobras, ANP/DPC e CREA-RJ) e as interlocuções que mantivemos com três profissionais que atuaram na P-36. Os resultados indicam que a gestão das situações incidentais e acidentais, na qual se circunscrevem as tomadas de decisão em contextos emergenciais, deve se valer da contribuição que os trabalhadores podem agregar no sentido de apontar e discutir com os gestores certas lacunas do processo, por intermédio do compartilhamento e da flexibilização de decisões e da análise coletiva das situações de risco. Indicam também que determinados fatores organizacionais contribuíram para a ocorrência do sinistro, corroborando estudos nacionais e internacionais acerca de grandes acidentes, que apontam para a necessidade de mudança no enfoque adotado pela gerência das empresas do setor petrolífero.

Resumen: El accidente con la plataforma P-36 en la Cuenca de Campos, Rio de Janeiro, Brasil, se configura como uno de los grandes desastres internacionales de la industria del petróleo. Nuestro objetivo en la reflexión aquí expuesta es: (a) verificar, en base a un caso específico, la cuestión del papel que ejerce la dimensión humana en la confiabilidad de los sistemas de elevada complejidad -centrándose en la gestión de situaciones incidentales y accidentales-, capaces de acarrear accidentes de gran magnitud. Y, al abordar esta cuestión, nos remiten a la necesidad de (b) dar visibilidad a la intervención de algunos de los factores organizativos, como elementos que pueden contribuir a agravar el grado de riesgo de la actividad en plataformas offshore, conduciendo el análisis más allá de las denominadas causas inmediatas. En lo que se refiere a los métodos de investigación, tomamos como base, principalmente, la investigación documental (destacando los informes de Petrobras, ANP/DPC y CREA-RJ) y las interlocuciones que mantuvimos con tres profesionales que actuaron en la P-36. Los resultados indican que la gestión de las situaciones incidentales y accidentales, en la que se circunscriben las tomas de decisión en contextos de emergencias, debe valerse de la contribución que los trabajadores pueden añadir, en lo referente a apuntar y discutir con los gestores ciertas lagunas del proceso, mediante el reparto y la flexibilización de decisiones y el análisis colectivo de las situaciones de riesgo. Indican también que determinados factores organizativos contribuyeron a la ocurrencia del siniestro, corroborando estudios nacionales e internacionales acerca de grandes accidentes, que señalan la necesidad de cambios en el enfoque adoptado por la gerencia de las empresas del sector petrolífero.

Abstract: The accident with the P-36 oil rig in the Campos Basin in Rio de Janeiro State, Brazil, was one of the petroleum industry's worst international disasters. Based on this specific case, the article aims to (a) verify the role of the human dimension in the reliability of highly complex systems, with a focus on the management of incidental and accidental situations with the potential to lead to large-scale accidents. The analysis should help (b) shed light on some of the organizational factors that can increase the risk level in offshore activities, beyond the so-called immediate causes. The methodology involves mainly document research (especially the reports produced by Petrobras, ANP/DPC, and CREA-RJ) and interviews with three professionals that worked on the P-36 rig. The results indicate that the management of incidental and accidental situations in which emergency decisions are made should take advantage of contribution by the workforce, who can identify gaps in the process and discuss them with managers. This involves shared and more flexible decisions and collective analysis of risk situations. The findings also suggest that certain organizational factors contributed to the accident, corroborating domestic and international studies of major accidents and pointing to the need for a shift in the focus adopted by oil companies' management.
Descritores: Acidentes de Trabalho/prevenção & controle
Poluição por Petróleo/prevenção & controle
Indústria de Petróleo e Gás/organização & administração
Prevenção de Acidentes
-Gestão de Riscos
Brasil
Cultura Organizacional
Entrevistas como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Relatório Técnico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1087983
Autor: Silveira, Cássio.
Título: O significado da prática profissional e do ensino em unidade básica de saúde: um estudo de cultura organizacional no Centro de Saúde-Escola Barra Funda / The meaning of the professional practice and teaching in a basic unit of health: a study of organizational cultura in Centro de Saúde.
Fonte: São Paulo; s.n; 1999. 177 p. graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Estudo de cultura organizacional realizado no Centro de Saúde- Escola Barra Funda abrangendo os aspectos históricos de sua formação e trajetória, as concepções de funcionários e professores envolvidos nos trabalhos de assistência, ensino e pesquisa, com o objetivo de compreender o significado da organização para os que nela atuam servindo a população que habita, transita ou trabalha na área de abrangência da unidade de saúde. O estudo propiciou uma compreensão da unidade sob a perspectiva das mudanças ocorridas no perfil da clientela assistida e as transformações que foram sendo desenvolvidas para acompanhar a dinâmica social. Ao serem incorporados ao serviço segmentos sociais até então não assistidos de forma sistemática - moradores de rua e profissionais do sexo, por exemplo, pode-se inferir que as transformações internas à organização não ocorrem pela imposição dessa dinâmica exterior à mesma, mas pela existência de concepções e práticas que justificam a afirmação de um serviço público voltado para a compreensão dessa dinâmica social e as possíveis soluções que podem ser viabilizadas. Neste sentido, concluiu-se que a atuação da unidade está respaldada na promoção e proteção à saúde da população orientadas por uma sensibilidade com relação às questões sociais.

A study of organizational cultura accomplished in the Centro de Saúde-Escola Barra Funda in which were taken both in consideration the historical aspects of its formation and trajectory, and the employees and teachers conceptions involved in the works of assistance, teaching and research, objectifying to understand the meaning of the organization for the ones that act serving the population that inhabit, work or transit in the area of the health unit . The study propitiated an understanding of the unit under the perspectiva of the changes happened in the profile of attended clientele and the necessary transformations that were being developed to accompany the social dynamics. The incorporation of social segments to the service which were not attended before in a systematic way - street inhabitants and prostitutes, for example - an inference was done that the organization internal transformations didn't happen for the imposition of that external dynamics, but for the existence of conceptions and practices that justify the statement of a public service turned to the understanding of that social dynamics and the possible feasible solutions. In this sense, the conclusion is that the performance of the unit is concerned with the promotion and protection of the population health guided by a sensibility in relation to the social issues.
Descritores: Prática Profissional
Cultura Organizacional
Centros de Saúde
Promoção da Saúde
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  6 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1068834
Autor: Fernandes, Marli.
Título: Devires circenses / Circus duties.
Fonte: São Paulo; s.n; 2004. 163 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O presente trabalho tem como tema o acontecimento-circo a partir das intersecções com novos grupos circenses, o teatro fisico e o circo-dança, oriundos da Escola de Circo Picadeiro, todos localizados em São Paulo, emergentes da nova estética circense. O acontecimento-circo não é um "efeito isolado", não se trata de uma ocorrência de fatos, há agenciamentos de uma dada estética circense somados ao conjunto de (de)composições vivas e criadas por conexões, disjunções e integrações heterogêneas, multiplicidades coexistentes com o real, conforme os modos deleuzeanos...
Descritores: Cultura Organizacional
Organizações/tendências
Participação da Comunidade
-Arte
Evolução Cultural
Organização Social
Sociedades
Limites: Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Humanos
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
BR1764.1; T, B, F41d


  7 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-830507
Autor: Toso, Greice Letícia; Golle, Lidiane; Magnago, Tânia Solange Bosi de Souza; Herr, Gerli Elenise Gehrke; Loro, Marli Maria; Aozane, Fabiele; Kolankiewicz, Adriane Cristina Bernat.
Título: Cultura de segurança do paciente em instituições hospitalares na perspectiva da enfermagem / Evaluación de la cultura seguridad del paciente en las instituciones hospitalarias en perspectiva de enfermería / Patient safety culture in hospitals within the nursing perspective
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(4):e58662, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Avaliar o clima de segurança do paciente na perspectiva dos profissionais de enfermagem atuantes em hospitais no interior do Estado do Rio Grande do Sul. Métodos Estudo transversal, com 637 profissionais de enfermagem de duas instituições hospitalares. Coleta de dados pelo Questionário de Atitude de Segurança, Safety Atitudes Questionnaire, no segundo semestre de 2014. Ponto de corte para avaliação positiva foi ≥75 pontos. Resultados Os escores por domínios na avaliação geral foram: 76 (clima de trabalho em equipe), 73 (clima de segurança), 88 (satisfação no trabalho), 59 (percepção do estresse), 66 (percepção da gerência da unidade), 65 (percepção da gerência do hospital) e 80 (condições de trabalho). Ao comparar médias entre as instituições, evidenciaram-se melhores condições de trabalho na instituição privada. Conclusões Os resultados podem servir para o planejamento e a organização das ações, tendo em vista os baixos escores em relação ao clima de segurança, gerência e percepção de estresse.

RESUMEN Objetivo Evaluar el clima de seguridad del paciente desde la perspectiva de las enfermeras que trabajan en hospitales en el interior del Estado de Rio Grande do Sul. Método Estudio transversal, con 637 profesionales de enfermería de dos hospitales. Para la recolección de datos se utilizó el Cuestionario de Actitud de Seguridad, Safety Atitudes Questionnaire, en el segundo semestre de 2014. El punto de corte para la evaluación positiva fue ≥75 puntos. Resultados Las calificaciones de dominios de la evaluación de conjunto fueron: 76 (clima de trabajo en equipo), 73 (clima de seguridad), 88 (satisfacción en el trabajo), 59 (estrés percibido), 66 (percepción de la gestión de la unidad), 65 (percepción gestión hospitalaria) y 80 (condiciones de trabajo). Al comparar los promedios entre las instituciones fue evidente mejores condiciones de trabajo en la institución privada. Conclusión Resultados pueden servir para la planificación y organización de acciones, de seguridad, gestión y percepción de estrés.

ABSTRACT Objective Evaluate the atmosphere regarding patient safety from the perspective of active nurses in hospitals in a country town of Rio Grande do Sul State. Methods Cross-sectional study with 637 nursing professionals from two hospitals. Data collection through Safety Attitudes Questionnaire, in the second half of 2014. Cutoff for positive assessment was ≥75 points. Results The scores for domains in the overall assessment were: 76 (team work atmosphere), 73 (safety atmosphere), 88 (job satisfaction), 59 (perceived stress), 66 (perception of unit management), 65 (perception of hospital management) and 80 (work conditions). When comparing averages between institutions, the private institution showed better working conditions. Conclusions Results can be used to plan and organize actions, given the low scores in relation to the safety atmosphere, management and stress perception.
Descritores: Cultura Organizacional
Segurança do Paciente
Satisfação no Emprego
-Atitude do Pessoal de Saúde
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Gestão da Segurança
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-782967
Autor: Vegro, Thamiris Cavazzani; Rocha, Fernanda Ludmilla Rossi; Camelo, Silvia Helena Henriques; Garcia, Alessandra Bassalobre.
Título: Cultura organizacional de um hospital privado / Cultura organizacional de un hospital privado / Organizational culture of a private hospital
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(2):e49776, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Avaliar os valores e as práticas que caracterizam a cultura organizacional de um hospital privado do interior do Estado de São Paulo na perspectiva dos trabalhadores de enfermagem. Métodos Estudo quantitativo, descritivo e transversal cuja coleta de dados ocorreu de janeiro a março de 2013, utilizando-se o Instrumento Brasileiro para Avaliação da Cultura Organizacional. Participaram 21 enfermeiros e 62 técnicos e auxiliares de enfermagem. As respostas dos participantes foram codificadas em categorias numéricas, constituindo uma base de dados eletrônica, sendo analisada pelo programa Statistical Package for the Social Sciences. Resultados Escores de valores de profissionalismo cooperativo (3,24); valores de rigidez hierárquica (2,83); valores de profissionalismo individual (2,69); valores de bem-estar (2,71); práticas de integração externa (3,73); práticas de recompensa e treinamento (2,56) e práticas de promoção do relacionamento (2,83). Conclusão Na percepção dos trabalhadores, existe cooperação no trabalho, a instituição busca a satisfação do cliente e um bom relacionamento interpessoal, apesar de haver rigidez hierárquica.

RESUMEN Objetivo Evaluar los valores y prácticas que caracterizan a la cultura organizacional de un hospital privado en el estado de São Paulo en la perspectiva de la enfermería. Métodos Estudio cuantitativo, descriptivo y transversal, donde la recolección de datos se realizó de enero a marzo de 2013, se utilizó el Instrumento Brasileño para Evaluación de la Cultura Organizacional. 21 enfermeras y 62 técnicos y auxiliares de enfermería participaron. Las respuestas se codificaron en categorías numéricas, lo que constituye una base de datos electrónica, analizada por el programa Statistical Package for the Social Sciences. Resultados Puntuaciones de los valores cooperativos de profesionalidad (3,24); valores de rigidez jerárquicos (2,83); valores individuales de profesionalidad (2,69); valores de bienestar (2,71); prácticas de integración externa (3,73); prácticas de recompensa y entrenamiento (2,56) y las prácticas de promoción de la relación (2.83). Conclusión En la percepción de los trabajadores, existe cooperación en el lugar de trabajo, la institución busca la satisfacción del cliente y la buena relación interpersonal, aunque hay rigidez jerárquica.

ABSTRACT Objective To assess the values and practices that characterize the organizational culture of a private hospital in the state of São Paulo in the perspective of nursing professionals. Methods Quantitative, descriptive, cross-sectional study. Data collection was conducted between January and March 2013 using the Brazilian Instrument for Assessing Organizational Culture. Twenty-one nurses and sixty-two nursing aides and technicians participated in the study. The responses of the participants were coded into numerical categories, generating an electronic database to be analyzed by means of the software Statistical Package for the Social Sciences. Results Scores of cooperative professionalism values (3.24); hierarchical strictness values (2.83); individual professionalism values (2.69); well-being values (2.71); external integration practices (3.73); reward and training practices (2.56); and relationship promotion practices (2.83). Conclusion In the perception of workers, despite the existence of hierarchical strictness there is cooperation at work and the institution pursues customer satisfaction and good interpersonal relationships.
Descritores: Cultura Organizacional
Hospitais Privados
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
-Competência Profissional
Valores Sociais
Brasil
Atitude do Pessoal de Saúde
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Satisfação no Emprego
Pessoa de Meia-Idade
Enfermeiras e Enfermeiros
Assistentes de Enfermagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 347 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Radunz, Vera
Texto completo
Id: biblio-960724
Autor: Fermo, Vivian Costa; Radünz, Vera; Rosa, Luciana Martins da; Marinho, Monique Mendes.
Título: Atitudes profissionais para cultura de segurança do paciente em unidade de transplante de medula óssea / Actitudes profesionales para cultura de seguridad del paciente en unidade de transplante de medula ósea / Professional attitudes toward patient safety culture in a bone marrow transplant unit
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(1):e55716, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Identificar as atitudes dos profissionais da saúde que evidenciem a cultura de segurança do paciente em unidade de Transplante de Medula Óssea. Métodos Estudo quantitativo, survey transversal, realizado em unidade de Transplante de Medula Óssea de Santa Catarina/Brasil. Aplicado Questionário de Atitudes de Segurança com 33 profissionais, em agosto e setembo de 2013. Avaliadas 37 atitudes contempladas entre as seis dimensões que avaliam a cultura de segurança do paciente. Utilizou-se a estatística descritiva e inferencial, com realização dos testes Anova e Kruskall-Wallis, sendo considerado significativo p-valor igual ou menor 0,05. Resultados As atitudes referentes a dimensão "satisfação no trabalho" se mostraram positivas para a cultura de segurança do paciente, sendo que houve diferença significava entre os profissionais nesta dimensão (p-valor de 0,05). As demais dimensões não foram avaliadas positivamente. Conclusão É necessário fortalecer as atitudes dos profissionais para a cultura de segurança do paciente na unidade investigada.

RESUMEN Objetivo Identificar las actitudes de profesionales de salud que muestran la cultura de seguridad del paciente en la unidad de Unidad de Trasplante de Médula Ósea. Métodos Estudio cuantitativo y transversal, realizado en Unidad de Trasplante de Médula Ósea de Santa Catarina/Brasil. Recolección de datos, desarrollado con el Cuestionario de Actitudes de Seguridad con 33 profesionales, se llevó a cabo en agosto y septiembre de 2013. Evaluadas 37 actitudes entre las seis dimensiones de la cultura de seguridad del paciente. Se utilizó estadística descriptiva e inferencial, con la realización de las pruebas de ANOVA y Kruskal-Wallis, considerando significativo p-valor de 0,05 o menos. Resultados Las actitudes en relación a dimensión "satisfacción en el trabajo" fueron positivos para la cultura de seguridad del paciente con diferencia significaba entre los profesionales de esta dimensión. Conclusión Es necesario fortalecer las actitudes de los profissionales para la seguridad de los pacientes en la unidad investigada.

ABSTRACT Objective To identify the attitude of health professionals toward the patient safety culture at a bone marrow transplant unit. Methods Quantitative research approach, cross-sectional survey conducted at a bone marrow transplant unit in Santa Catarina, Brazil. Data were collected using a Safety Attitudes Questionnaire with 33 health professionals in August and September of 2013. A total of 37 attitudes were assessed according to six safety dimensions of patient safety culture. Data were analysed by applying descriptive and inferential statistics, ANOVA and the Kruskal-Wallis test with a p value equal to or under 0.05. Results Attitudes regarding the dimension "job satisfaction" were positive for the patient safety culture, and there was a significant difference between the professionals in this dimension (p-value 0.05). The other dimensions were not assessed positively. Conclusion The attitudes of health professionals toward patient safety must be strengthened.
Descritores: Recursos Humanos em Hospital/psicologia
Brasil
Cultura Organizacional
Atitude do Pessoal de Saúde
Transplante de Medula Óssea
-Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Gestão da Segurança
Pesquisas sobre Serviços de Saúde
Unidades Hospitalares
Relações Interprofissionais
Satisfação no Emprego
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 347 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1004100
Autor: Moreira, Felice Teles Lira dos Santos; Callou, Regiane Clarice Macêdo; Albuquerque, Grayce Alencar; Oliveira, Roberta Meneses.
Título: Estratégias de comunicação efetiva no gerenciamento de comportamentos destrutivos e promoção da segurança do paciente / Estrategias de comunicación efectiva en la gestión de comportamientos destructivos y promoción de la seguridad del paciente / Effective communication strategies for managing disruptive behaviors and promoting patient safety
Fonte: Rev. gaúch. enferm;40(spe):e20180308, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo OBJETIVO Descrever e analisar estratégias de comunicação interprofissional efetiva no gerenciamento de comportamentos destrutivos no trabalho hospitalar e promoção da segurança do paciente. MÉTODOS Estudo descritivo e qualitativo, desenvolvido com 29 profissionais de saúde de hospital público no Ceará, Brasil. Os dados foram coletados em 2014, mediante entrevista em profundidade, analisados pela técnica de análise de conteúdo, com o software MAXQDA®, e discutidos segundo referenciais da segurança do paciente. RESULTADOS Emergiram 27 unidades de contexto da análise do conteúdo abordando estratégias de comunicação efetiva para gerenciamento de comportamentos destrutivos, destacando-se: reuniões em equipe com diálogo aberto, avaliação de desempenho e feedback; e exercício da liderança com ênfase no suporte individual, treinamentos, reconhecimento e respeito mútuos. CONCLUSÕES Estratégias individuais e grupais focalizadas em habilidades de comunicação e estabelecimento de respeito mútuo no trabalho atuam como barreiras a comportamentos destrutivos e, se adequadamente instituídas, têm impacto positivo na segurança do paciente.

Resumen OBJETIVO Describir y analizar estrategias de comunicación interprofesional efectiva en la gestión de comportamientos destructivos en el trabajo hospitalario y promoción de la seguridad del paciente. MÉTODOS Estudio descriptivo y cualitativo, desarrollado con 29 profesionales de salud de hospital público en Ceará, Brasil. Los datos fueron recolectados en 2014, mediante entrevista en profundidad, analizados por la técnica de análisis de contenido, con el software MAXQDA®, y discutidos según referenciales de la seguridad del paciente. RESULTADOS Emergieron 27 unidades de contexto del análisis del contenido abordando estrategias de comunicación efectiva para gestión de comportamientos destructivos, destacándose: reuniones en equipo con diálogo abierto, evaluación de desempeño y feedback; y ejercicio del liderazgo con énfasis en el soporte individual, entrenamientos, reconocimiento y respeto mutuos. CONCLUSIONES Estrategias individuales y grupales enfocadas en habilidades de comunicación y establecimiento de respeto mutuo en el trabajo actúan como barreras a comportamientos destructivos y, si adecuadamente instituidas, tienen impacto positivo en la seguridad del paciente.

Abstract OBJECTIVE To describe and analyze strategies for professionals to communicate effectively when managing disruptive behaviors at the hospital and to promote patient safety. METHODS This is a descriptive and qualitative study conducted with 29 health professionals at a public hospital in Ceará, Brazil. Data were collected in 2014 by means of an in-depth interview, analyzed using the content analysis technique with MAXQDA® software, and discussed according to patient safety references. RESULTS The interview transcripts resulted in 27 contextual units of analysis that address effective communication strategies for managing disruptive behaviors, such as team meetings with open dialogue; performance evaluation and feedback; and exercising leadership with emphasis on individual support, training, recognition, and mutual respect. CONCLUSIONS Individual and group strategies that focus on communication skills and establishing mutual respect at work act as barriers for disruptive behavior and, if properly adopted, have a positive impact on patient safety.
Descritores: Atitude do Pessoal de Saúde
Má Conduta Profissional
Segurança do Paciente
Relações Interprofissionais
-Recursos Humanos em Hospital/psicologia
Brasil
Cultura Organizacional
Entrevistas como Assunto
Negociação
Comunicação Interdisciplinar
Pesquisa Qualitativa
Bullying
Hospitais Públicos
Liderança
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 35 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde