Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.677.460 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 13 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 13 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961156
Autor: Neves, Teresa; Graveto, João; Rodrigues, Victor; Marôco, João; Parreira, Pedro.
Título: Organizational commitment, psychometric qualities and invariance of the Meyer and Allen Questionnaire for Portuguese Nurses / Commitment organizacional, qualidades psicométricas e invariância do questionário de Meyer e Allen em enfermeiros portugueses / Compromiso organizacional, cualidades psicométricas e invarianza del cuestionario de Meyer y Allen para enfermeros portugueses
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);26:e3021, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Supported by Escola Superior de Enfermagem de Coimbra; . Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem; . Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P..
Resumo: ABSTRACT Objective: to evaluate the psychometric qualities of the Portuguese version of the Organizational Commitment Questionnaire for the nursing context, through confirmatory analysis and invariance, aiming to evaluate the reliability, internal consistency, construct validity and external validity of the instrument. Method: confirmatory factor analysis of the Portuguese version of the questionnaire was carried out with a sample of 850 nurses, in hospital context. The analysis was complemented using specification search. Goodness of fit was evaluated through different indices. Reliability, internal consistency and construct validity were estimated. The invariance of the model was evaluated in two subsamples of the same sample, in order to confirm the external validity of the factorial solution. Results: the refined model demonstrated good overall fit (χ2/df=6.37; CFI=0.91; GFI=0.92; RMSEA=0.08; MECVI=0.62). The factorial structure was stable (λ:Δχ2(14)=18.31; p=0;193; Intercepts: Δχ2(14)=22.29; p=0.073; Covariance: Δχ2(3)=6.01; p=0.111; Residuals: Δχ2(15)=22.44; p=0.097). Conclusion: the simplified model of the questionnaire demonstrated adequate goodness of fit, representing a stable factorial solution. The instrument was fit to monitor and evaluate the organizational commitment of Portuguese nurses.

RESUMO Objetivo: avaliar as qualidades psicométricas da versão portuguesa do Questionário de Comprometimento Organizacional, para o contexto da enfermagem, através de análise confirmatória e de invariância, visando a confiabilidade, consistência interna, validade de construto e a validade externa do instrumento. Método: procedeu-se à análise fatorial confirmatória da versão portuguesa do questionário, numa amostra de 850 enfermeiros, em contexto hospitalar. Complementou-se a análise com recurso à pesquisa de especificação. A qualidade de ajustamento foi avaliada através de diferentes índices. Estimou-se a confiabilidade, consistência interna e validade de construto. A invariância do modelo foi avaliada em duas subamostras, da amostra global, por forma a confirmar a validade externa da solução fatorial. Resultados: O modelo obtido após refinamento demonstrou bom ajustamento global (χ2/df=6,37; CFI=0,91; GFI=0,92; RMSEA=0,08; MECVI=0,62). A estrutura fatorial revelou-se estável (λ:Δχ2(14)=18,31; p=0,193; Interceptos: Δχ2(14)=22,29; p=0,073; Covariância: Δχ2(3)=6,01; p=0,111; Resíduos: Δχ2(15)=22,44; p=0,097). Conclusão: o modelo simplificado do questionário revelou boa qualidade de ajustamento, apresentando uma solução fatorial estável. O instrumento revelou-se ajustado para monitorizar e avaliar o comprometimento organizacional dos enfermeiros portugueses.

RESUMEN Objetivo: evaluar las propiedades psicométricas de la versión portuguesa del Cuestionario de Compromiso Organizacional para el contexto de enfermería a través del análisis de confirmación e invarianza, para evaluar la fiabilidad, la consistencia interna, la validez de constructo y la validez externa del instrumento. Método: se procedió a un análisis factorial confirmatorio de la versión en portugués del cuestionario, con una muestra de 850 enfermeros en el ámbito hospitalario y se complementó el análisis con un recurso a la investigación de especificación. La calidad del ajuste se evaluó a través de diferentes índices. Se estimó la confiabilidad, la consistencia interna y la validez de constructo. La invarianza del modelo fue evaluada en dos sub-muestras de la muestra global, para confirmar la validez externa de la solución factorial. Resultados: el modelo obtenido tras el refinamiento demostró un buen ajuste global (χ2/df=6,37; CFI=0,91; GFI=0,92; RMSEA=0,08; MECVI=0,62). La estructura factorial reveló estable (λ:Δχ2(14)=18,31; p=0,193; Interceptos: Δχ2(14)=22,29; p=0,073; Covariancia: Δχ2(3)=6,01; p=0,111, Residuos: Δχ2(15)=22,44; p=0,097). Conclusión: el modelo simplificado del cuestionario demostró una buena calidad de ajuste, presentando una solución factorial estable. El instrumento resultó estar ajustado para monitorear y evaluar el compromiso de la organización de los enfermeros portugueses.
Descritores: Psicometria/estatística & dados numéricos
Pesquisa em Administração de Enfermagem/estatística & dados numéricos
Recursos Humanos de Enfermagem/provisão & distribução
-Lealdade ao Trabalho
Avaliação de Recursos Humanos em Saúde
Estudo de Validação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-728602
Autor: Sanches, Elizabeth Navas; Próspero, Elisete Navas Sanches; Stuker, Henri; Borba Júnior, Moacir César de.
Título: Organização e trabalho: padrões de comprometimento dos profissionais que atuam na estratégia saúde da família / Organization and work: commitment patterns of professionals performing in the family health strategy / Organización y trabajo: estándares de comprometimiento de los profesionales que actúan en la estrategia salud familiar
Fonte: Rev. eletrônica enferm;12(2):294-300, abr.-jun. 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Compreender os vínculos com o trabalho e a organização empregadora, além de apontar as implicações para a estruturação do indivíduo, seu desenvolvimento e seu comportamento, estão entre os desafios nesta área do conhecimento. Este estudo investigou o comprometimento com a organização e o trabalho dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família em uma Gerência Regional de Saúde em Santa Catarina entre 2005 e 2007. Objetivou identificar os padrões de comprometimento com a organização e o trabalho desenvolvido e explorar os fatores explicativos para os padrões de compromisso encontrados. A população, composta de médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e odontólogos, totalizou 347 profissionais, com amostra de 252 sujeitos, 72,62% da população. O instrumento englobou variáveis preditoras dos vínculos, além das medidas destes construtos. Os dados processados e analisados possibilitaram distinguir seis padrões: duplamente comprometidos e descomprometidos, comprometidos unilateralmente com a organização e o trabalho, descomprometidos com a organização e o trabalho. Como variáveis explicativas, identificaram-se as organizacionais, como as políticas de recursos humanos e as do trabalho como feedback, expectativas alcançadas, variedade de habilidades, dentre outras, variando segundo os padrões identificados. Foi evidenciada a precarização do trabalho pela associação entre o vínculo empregatício e a díade de comprometimento.

Understanding the relations with the work and employing organization besides indicating the implications for the structure formation, development and behavior of the individual are among the challenges in this field of knowledge. This study investigated the commitment with the organization and work (commitment dyad) of professionals from the family health strategy at a regional health management in santa catarina between 2005 and 2007. It aimed at identifying the commitment patterns with the organization and developed work and exploring the explicable factors for the commitment patterns found. the population comprised physicians, nurses, technicians and nursing assistants and dentists totaling 347 professionals and a sampling of 252 subjects, representing 72,62% of the population. The instrument comprised variables featuring the relations besides the measures of these constructs. The processed and analyzed data evidenced six patterns: doubly committed and non-committed, unilaterally committed with the organization and work, non-committed with the organization and work. The identified explicable variables were the organizational ones like human resources policies and the work ones like feedback, met expectancies, variety of abilities among others varying according to the identified patterns. the precariousness of the work was evidenced due to the association between the employment relation and the commitment dyad.

Understanding the relations with the work and employing organization besides indicating the implications for the structure formation, development and behavior of the individual are among the challenges in this field of knowledge. This study investigated the commitment with the organization and work (commitment dyad) of professionals from the family health strategy at a regional health management in santa catarina between 2005 and 2007. It aimed at identifying the commitment patterns with the organization and developed work and exploring the explicable factors for the commitment patterns found. the population comprised physicians, nurses, technicians and nursing assistants and dentists totaling 347 professionals and a sampling of 252 subjects, representing 72,62% of the population. The instrument comprised variables featuring the relations besides the measures of these constructs. The processed and analyzed data evidenced six patterns: doubly committed and non-committed, unilaterally committed with the organization and work, non-committed with the organization and work. The identified explicable variables were the organizational ones like human resources policies and the work ones like feedback, met expectancies, variety of abilities among others varying according to the identified patterns. the precariousness of the work was evidenced due to the association between the employment relation and the commitment dyad.
Descritores: Estratégia Saúde da Família
Lealdade ao Trabalho
Pessoal de Saúde/organização & administração
Trabalho
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  3 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-797786
Autor: Magnan, Emília dos Santos; Vazquez, Ana Claudia Souza; Pacico, Juliana Cerentini; Hutz, Claudio Simon.
Título: Normatização da versão brasileira da escala utrecht de engajamento no trabalho / Normatization of the Brazilian Utrecht Work Engagement Scale / Estandartización de la versión brasileña de la utrecht work engagement scale
Fonte: Aval. psicol;15(2):133-140, ago. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Engajamento no trabalho é um estado mental disposicional positivo de intenso prazer e conexão profunda com a atividade laboral. Este estudo apresenta normas para interpretação da versão brasileira da Utrecht Work Engagement Scale (UWES). Participaram 1167 trabalhadores, com idade média de 36,8 anos (DP=10,3), 65% do sexo feminino, das cinco regiões brasileiras. Em um estudo anterior, análises fatoriais mostraram que tanto a solução de um fator como a de três fatores (vigor, dedicação e concentração) são adequadas. A consistência interna do instrumento foi de 0,95 e as correlações entre os fatores foram de 0,81 a 0,82. Verificou-se também diferenças de engajamento entre grupos ocupacionais, sendo que pessoas em cargos cuja autonomia e poder de decisão são maiores apresentamse mais engajadas. Os escores de engajamento mostraram correlação positiva com a idade. Por esse motivo, o conjunto de normas foi elaborado segundo grupos etários e fases do desenvolvimento da carreira.

Work engagement is a dispositional and positive mental state of intense pleasure and deep connection with one's activity. This research aims to present the norms of the Utrecht Work Engagement Scale (UWES), an international instrument used to assess this construct. The participants were 1,167 workers, average age of 36.8 years (SD=10.3), 65% female, from the five Brazilian regions. In a previous study, factor analysis demonstrated that one and three factor solutions were adequate. The internal consistency of the scale was satisfactory (α=.95). The three factors presented strong correlations among themselves (r between .81 and .82). Work engagement scores vary by occupational function, demonstrating that positions that provide more autonomy and decision-making power foster the development of engagement. Engagement scores showed a positive correlation with age, which led to the development of Brazilian norms according to age groups, according to stage of career development.

O engagement laboral es un estado mental disposicional positivo de intenso placer y profunda conexión con la actividad laboral. Eso estudio tiene como objetivo la estandarización de la Utrecht Work Engagement Scale (UWES), que es un instrumento utilizado internacionalmente para evaluar este constructo. La muestra está formada por 1.167 trabajadores, 65% del sexo femenino, con edad media de 36.8 (DP=10.3), en las cinco regiones de Brasil. El análisis estadístico demostró la consistencia interna de la escala (α=.95). Los tres factores del engagement demostraron altas correlaciones (r entre .81 e .82), pero su estructura uní o tris factorial será discutida. Lo escore de engagement y funciones ocupacionales demuestro que las posiciones con mayor autonomía y toma de decisiones favorecen el desarrollo del engagement laboral. Teniendo en vista la relación positiva y creciente entre engagement y edad, las normas brasileñas fueran elaboradas por grupos etarios de desarrollo de carrera profesional.
Descritores: Lealdade ao Trabalho
Trabalho/psicologia
Reprodutibilidade dos Testes
Satisfação no Emprego
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  4 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-915251
Autor: Ferreira, Maria Manuela Frederico.
Título: Empenhamento organizacional dos enfermeiros num hospital de Portugal: análise do impacto da reestruturação organizacional / Nurses' organizational commitment in a hospital in Portugal: analysis of the impact of organizational restructuring / Compromiso organizacional de los enfermeros en un hospital en Portugal: impacto de la reestructuración organizacional
Fonte: Rev. enferm. UERJ;23(6):723-733, nov./dez. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A reestruturação organizacional tem, muitas vezes, impacto no comportamento dos colaboradores. O estudo é, sobretudo, de natureza exploratória, com abordagem predominantemente quantitativa, descritiva e correlacional, tendo como objetivos avaliar o impacto do processo de reestruturação nos níveis de empenhamento organizacional dos enfermeiros; avaliar se existe diferença entre esses níveis antes e após o processo de reestruturação; fornecer algumas recomendações e / ou sugestões, com o intuito de reforçar o empenhamento organizacional. O instrumento de coleta de dados utilizado foi o questionário, aplicado em 2011. A amostra é constituída por 158 enfermeiros que vivenciaram o processo de reestruturação organizacional e, assim, emitem opinião sobre alterações nas relações com a instituição. A informação fornecida sobre as mudanças no hospital e sobre o modo como essas mudanças poderiam afetar foi considerada insuficiente por uma percentagem considerável dos participantes. É notória a diminuição das relações afetivas e normativas dos enfermeiros com a organização.

Organizational restructuring often has impact on collaborators' behavior. This exploratory, descriptive, correlational study examined the impact of restructuring processes on levels of organizational commitment among nurses, to assess whether levels differ before and after the restructuring process, and provide recommendations and/or suggestions for enhancing organizational commitment. Data were collected by questionnaire in 2011 from the sample of 158 nurses who experienced the process of organizational restructuring and thus can give opinions about changes in relations with the institution. The information provided on changes in the hospital and the effect these changes might have was considered insufficient by a considerable proportion of the participants. These findings highlight the nurses' diminishing normative and affective relations with the organization.

La reestructuración organizacional tiene, frecuentemente, impacto en el comportamiento de los empleados. El estudio es de naturaleza principalmente exploratoria, descriptiva y correlacional y tiene como objetivos evaluar el impacto del proceso de reestructuración en los niveles de compromiso organizacional de los enfermeros; evaluar si hay diferencias entre los niveles de compromiso organizacional antes y después del proceso de reestructuración; proporcionar algunas recomendaciones y/o sugerencias, con el objetivo de potenciar el compromiso organizacional. El instrumento de recolección de datos utilizado fue el cuestionario aplicado en 2011. La muestra constó de 158 enfermeros que experimentaron el proceso de reestructuración organizacional y, de esa forma, emiten opinión sobre los cambios en las relaciones con la institución. La información proporcionada sobre los cambios en el hospital, y sobre la forma en que estos cambios podrían afectar, se considera insuficiente para una proporción considerable de los participantes. Estos resultados ponen de relieve la disminución de las relaciones afectivas y normativas de los enfermeros con la organización.
Descritores: Lealdade ao Trabalho
Reestruturação Hospitalar
Enfermeiras e Enfermeiros
-Estudos de Avaliação como Assunto
Epidemiologia Descritiva
Limites: Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  5 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bastos, Antonio Virgilio Bittencourt
Texto completo
Id: lil-744520
Autor: Peixoto, Adriano de Lemos Alves; Bastos, Antônio Virgílio Bittencourt; Soares, Icléia Santos Dorea; Lobo, Júlia Rodrigues.
Título: Comprometimento e consentimento organizacional: um estudo da validade discriminante dos construtos / Organizational commitment and compliance: a study on the discriminant validity between constructs / Compromiso y consentimiento organizacional: un estudio de validez discriminante de los constructos
Fonte: Psico USF;20(1):51-61, Jan-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O comprometimento organizacional é um dos tópicos de pesquisa mais investigados no campo do comportamento organizacional e a gênese da sua importância reside no reconhecimento do amplo poder explicativo do construto. Tendo em vista a aparente sobreposição reportada na literatura entre a dimensão afetiva e a dimensão normativa do comprometimento, foi proposto o construto de consentimento para diferenciar trabalhadores comprometidos (vínculo ativo) de obedientes (vínculo passivo). O presente artigo busca contribuir para estabelecer os limites entre os construtos do comprometimento e consentimento organizacionais. O estudo consistiu em um survey de corte transversal entre 994 trabalhadores de diferentes organizações e segmentos produtivos. A análise sugere indícios de validade discriminante entre os construtos como se pode perceber, por exemplo, em relação às diferenças na magnitude do efeito das variáveis sociodemográficas na explicação das duas bases do comprometimento e do consentimento e pela baixa correlação entre o consentimento a base normativa (r=0,240)...

The organizational commitment is one of the most investigated topics of research in the field of organizational behavior and the genesis of its importance lies in recognizing the broad explanatory power of the construct. Given the apparent overlap reported in the literature between the affective and the normative dimensions of commitment, it has been proposed the construct of organizational compliance to differentiate committed workers from obedient ones. This article aims to establish the boundaries between the constructs of organizational commitment and consent. The study consisted of a cross-sectional survey with 994 workers from different organizations and production segments. The analysis suggests evidence of discriminant validity between consent, affective commitment and normative commitment. This can be observed in the different effect size of socio demographic variables on commitment and consent and the low correlation between consent and normative base of commitment (r=240)...

El compromiso organizacional es uno de los temas más investigados en el campo del comportamiento organizacional y su importancia radica en el reconocimiento del amplio poder explicativo del constructo. Dada la aparente superposición entre la dimensión afectiva y la dimensión normativa del compromiso registrada en la literatura, fue propuesto el constructo del consentimiento para diferenciar los trabajadores comprometidos (vínculo activo) de los obedientes (vínculo pasivo). Este artículo busca contribuir para establecer los límites entre los constructos del compromiso y el consentimiento organizacional. El estudio consistió en un survey transversal con 994 trabajadores de diferentes organizaciones y segmentos productivos. El análisis señala indicios de validez discriminante entre los constructos, como puede verse por ejemplo, en relación a las diferencias en la magnitud del efecto de las variables socio-demográficas, en la explicación de las dos bases del compromiso y el consentimiento y por la baja correlación entre la base normativa y el consentimiento (r=0,240)...
Descritores: Fidelidade a Diretrizes
Satisfação no Emprego
Lealdade ao Trabalho
Psicologia Industrial
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto Jovem
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  6 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-719840
Autor: Magalhães, Mauro Oliveira.
Título: Valores pessoais, vínculos com a carreira e o comportamento organizacional / Personal values, carrer attachments and organizational commitment
Fonte: Interaçao psicol = Interação psicol. (Online) = Interaçao psicol. (Impr.);17(2):129-139, jul.-set. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram investigadas as relações entre valores pessoais e vínculos do indivíduo com a carreira e com a organização de trabalho. Uma amostra de 209 trabalhadores, 116 homens e 93 mulheres, de diversos segmentos do setor terciário, responderam a medidas de comprometimento organizacional afetivo, comprometimento e entrincheiramento na carreira, e o Inventário de Valores de Schwartz. Análises de regressão revelaram que valores individualistas foram preditores do comprometimento com a carreira e valores coletivistas foram preditores do vínculo organizacional. Foram preditores positivos de entrincheiramento o poder e a tradição, e preditores negativos a autodeterminação e a benevolência. Os dados sugerem que diferentes focos e bases do vínculo indivíduo-trabalho estão associados a diferentes prioridades axiológicas.

Relations between personal values, career attachments and organizational commitment were investigated. A sample of 209 workers, 116 men and 93 women, employed in diverse segments of the tertiary sector, answered measures of organizational commitment, career commitment and entrenchment, and Schwartz Value Inventory. Regression analysis revealed that individualist values were predictors of career commitment and collectivist values were predictors of organizational commitment. Power and tradition were positive predictors of career entrenchment and self determination and benevolence were negative predictors. The data suggests that different foci and basis of individual work attachments are associated with different axiological priorities.
Descritores: Satisfação no Emprego
Cultura Organizacional
Lealdade ao Trabalho
-Determinação
Filosofia
Poder Psicológico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR628.1 - Biblioteca Central


  7 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bastos, Antonio Virgilio Bittencourt
Texto completo
Id: lil-610782
Autor: Menezes, Igor Gomes; Bastos, Antonio Virgílio Bittencourt.
Título: Comprometimento organizacional atitudinal: um estudo empírico sobre a dimensionalidade do construto / Attitudinal organizational commitment: an empirical research study into the construct dimensionality
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);28(4):463-474, out.-dez. 2011. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A falta de precisão acerca da dimensionalidade do comprometimento organizacional contribui para torná-lo um construto complexo e multifacetado. Com o objetivo de identificar a melhor estrutura fatorial para o comprometimento organizacional, o presente trabalhou testou o interrelacionamento de duas medidas atitudinais - afetiva e instrumental - bem como o relacionamento dessas variáveis com uma medida de intenções comportamentais. Foram selecionados 1.869 trabalhadores das regiões Norte, Nordeste e Sul do Brasil. Os resultados das análises de regressão e das análises fatoriais exploratórias e confirmatórias apontaram a bidimensionalidade da base instrumental (falta de alternativas e sacrifícios percebidos). Por outro lado, demonstraram que a dimensão instrumental não compõe a estrutura fatorial do comprometimento organizacional atitudinal que, por ora, é um construto unidimensional, formado somente pela dimensão afetiva.

The lack of precision surrounding the dimensionality of organizational commitment helps to make it a complex and multifaceted construct. In order to identify the best factor structure for organizational commitment, this study tested the interrelationship between two attitudinal measures (affective and instrumental) and also the relationship of these variables with a measurement of behavioral intentions. We selected 1,869 workers from the Northern, Northeastern and Southern regions of Brazil. The results of the regression analysis and both the exploratory and confirmatory factor analysis showed the bidimensionality of the instrumental dimension (lack of alternatives and high sacrifices); on the other hand, they demonstrated that this dimension is not part of the factor structure of attitudinal organizational commitment, which in turn is a one dimensional construct, comprising only the affective dimension.
Descritores: Atitude
Fortalecimento Institucional
Lealdade ao Trabalho
Categorias de Trabalhadores
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  8 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-588371
Autor: Puente Palacios, Katia Elizabeth; Vieira, Rafaella de Andrade.
Título: Desenvolvimento de uma medida de comprometimento com a equipe / Development of a measure of team commitment
Fonte: Rev. psicol. organ. trab;10(1):81-92, jun. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi adaptar e validar psicometricamente uma escala de mensuração do comprometimento afetivo com a equipe de trabalho, considerado um indicador de efetividade. Trata-se de construto de natureza afetiva, caracterizado pelo desejo de se manter como parte da equipe, compartilhar os valores dela e se preocupar com o seu futuro. Os dados foram coletados de uma amostra de 244 participantes. O instrumento aplicado consta de 9 itens, respondidos em escala tipo Likert de 7 pontos. As análises estatísticas iniciais sustentaram a fatorabilidade da matriz de dados. A solução mais satisfatória foi a unifatorial, que explica 61,3% da variância do fenômeno. A confiabilidade interna da escala (α = 0,92; r item-total = 0,72) mostrou-se satisfatória. Os resultados revelam que a medida de comprometimento afetivo constitui uma ferramenta útil para a mensuração da intensidade desse vínculo afetivo dos membros com as suas equipes de trabalho, contribuindo, portanto, para a compreensão da efetividade dessas unidades de desempenho.

The purpose of this study was to adapt and psychometrically validate a scale for measuring affective commitment to the work team, regarded as a gauge of effectiveness. This is understood as a construct, affective in nature, characterized by the desire to remain as part of the team, share its values, and worry about its future. The data for the adapted instrument were gathered on a 7-point Likert scale. The adapted scale, consisting of 9 items, was completed by 244 respondents. Initial statistical analysis supported the factorability of the correlation matrix. Factor analysis indicated the scale was unidimensional and explained 61,3% of the total variance of the phenomenon. The internal consistency of the questionnaire proved quite satisfactory (α = 0.92; r item-total = 0.72). The results of this study indicate that the adapted instrument is a useful tool for measuring the intensity of this affective bond of members with their work teams, thus, contributing to an understanding of the effectiveness of work teams.
Descritores: Fidelidade a Diretrizes
Indicadores e Reagentes
Lealdade ao Trabalho
Psicometria/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  9 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-549344
Autor: Fernandes, Helenita de Araújo; Ferreira, Maria Cristina.
Título: O impacto dos valores pessoais e organizacionais no comprometimento com a organização / The impact of personal and organizational values on commitment to the organization
Fonte: Psico USF;14(3):341-353, set.-dez. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo objetivou investigar o impacto dos valores pessoais e organizacionais no comprometimento com a organização. A amostra foi composta por 311 empregados de ambos os sexos, provenientes de 11 organizações pertencentes a segmentos diversos, que responderam a um inventário de valores pessoais, um de valores organizacionais e a uma escala de comprometimento organizacional. Foi observado que o valor pessoal de conversação e os valores organizacionais de conservadorismo e hierarquia atuaram como preditores do comprometimento afetivo; o valor organizacional de autonomia predisse o comprometimento calculativo e os valores pessoais de conservação e autopromoção constituíram-se em preditores do comprometimento normativo. Tais resultados são discutidos à luz dos modelos teóricos que deram suporte à pesquisa e, à guisa de conclusão, são apresentadas algumas sugestões de estratégias com base em valores capazes de suscitar maior comprometimento do empregado.

This study aimed to investigate the impact of personal and organizational values on commitment to the organization. The sample was composed of 311 employees from both sexes and from 11 companies, belonging to different segments. They answered to a personal values inventory, to an organizational values inventory and to an organizational commitment scale. It was observed that the personal value of conservation and the organizational values of conservatism and hierarchy were predictors of affective commitment, that the organizational value of autonomy was a predictor of calculative commitment and that the personal values of conservation and self-enhancement were predictors of normative commitment. These results are discussed in the light of the theoretical models that have given support to the research, and by means of conclusion, some suggestions of strategies based on values are presented, that are capable of arousing more commitment from the employees.
Descritores: Motivação
Cultura Organizacional
Lealdade ao Trabalho
Valores Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  10 / 13 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-400015
Autor: Motta, Paulo Roberto.
Título: Todo mundo se julga vitorioso, inclusive você: a motivação e o dirigente / Everybody judge theirselves victorious, including you: the motivation and the manager
Fonte: Rev. adm. pública;20(1):117-129, jan.-mar. 1986.
Idioma: pt.
Resumo: Descreve as atitudes humanas sobre o trabalho antes e depois da teoria administrativa. Enfoca teorias específicas de motivação, o impulso ao trabalho, desempenho e recompensas
Descritores: Planos para Motivação de Pessoal
Desenvolvimento de Pessoal
-Satisfação no Emprego
Organização e Administração
Lealdade ao Trabalho
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde