Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.758.788 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 208 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 21 ir para página                         

  1 / 208 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023653
Autor: Rami Porta, Ramón; Call Caja, Sergi.
Título: Criterio médico-quirúrgico y comité multidisciplinar / Medical-surgical criteria and multidisciplinary committee
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);6(1):119-120, 2017.
Idioma: es.
Resumo: La frase final de la Nota de Opinión del Prof. Eduardo B. Arribalzaga nos da pie para compartir con ustedes algunas ideas sobre la relevancia actual de los comités multidisciplinares para enfermedades concretas. El Prof. Arribalzaga concluye así: "Si cada profesional reconoce en forma rigurosa y con honestidad sus capacidades y limitaciones, si se mantiene sensible a las necesidades de sus pacientes y de su actualizable profesión, participará en el desarrollo y la comprensión de su propio criterio médico-quirúrgico". Acertado colofón para un texto informativo y esclarecedor que invita a la reflexión
Descritores: Comitê de Profissionais
Terapêutica
Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  2 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: lil-499296
Autor: Comissão Nacional Sobre Determinantes Sociais da Saúde.
Título: As causas sociais das iniqüdades em Saúde no Brasil / The social causes of health inequities in Brazil.
Fonte: Rio de Janeiro; Fiocruz; 2008. 215 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Comitê de Profissionais
Condições Sociais
Disparidades nos Níveis de Saúde
Diagnóstico da Situação de Saúde
Perfil de Saúde
Saúde Pública
-Brasil
Demografia
Fatores Socioeconômicos
Indicadores Básicos de Saúde
Indicadores Econômicos
Planos e Programas de Saúde
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/4006.00


  3 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1019761
Autor: Ferreira, Alexandra; Andrade, Selma Regina de; Ruoff, Andriela Backes; Brehmer, Laura Cavalcanti de Farias; Xavier, Ana Cristina Ammon.
Título: Evitabilidade do óbito infantil e fetal: interlocução entre comitê e atenção primária à saúde / Evitabilidad del óbito infantil y fetal: diálogo entre comité y atención básica a la salud / Avoidance of infant and fetal death: interlocution between the committee and primary health care
Fonte: Cogitare enferm;24:e56649, 2019. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: evidenciar como ocorre a interlocução entre o Comitê de Prevenção do Óbito Materno, Infantil e Fetal e a Atenção Primária à Saúde no município de Florianópolis, Santa Catarina. Método: estudo de caso único, com abordagem qualitativa, que teve como contexto o referido Comitê, justificado pelo caso decisivo, o Distrito Sanitário Norte. Na coleta de dados foram utilizadas quatro fontes de evidência e, na análise, a técnica de construção da explanação. Resultados: evidenciou-se a implantação e organização do Grupo Técnico de Estudos sobre Mortalidade Materno-Infantil, como o agente interlocutor entre o Comitê e a atenção primária, que revisa condutas e processos de trabalho e propõe melhorias na assistência durante o pré-natal. Conclusão: as estratégias de gestão implementadas pelo Distrito Norte podem ser tomadas como exemplo para outros cenários, sobretudo para a promoção de uma interlocução efetiva com a atenção primária.

RESUMEN: Objetivo: evidenciar cómo ocurre el diálogo entre el Comité de Prevención del Óbito Materno, Infantil y Fetal y la Atención Básica a la Salud en el municipio de Florianópolis, Santa Catarina. Método: estudio de caso único, con abordaje cualitativo, que tuvo como contexto el antedicho Comité, justificado por el caso decisivo, el Distrito Sanitario Norte. En la obtención de datos se utilizaron cuatro fuentes de evidencia y, en el análisis, la técnica de construcción de la explanación. Resultados: se evidenciaron la implantación y la organización del Grupo Técnico de Estudios sobre Mortalidad Materno Infantil, como el agente de diálogo entre el Comité y la atención básica, que revisa conductas y procesos de trabajo y propone mejorías en la asistencia durante el prenatal. Conclusión: las estrategias de gestión implementadas por el Distrito Norte pueden ser ejemplo para otros escenarios, sobre todo para la promoción de una interlocución efectiva con la atención básica.

ABSTRACT Objective: to investigate how the interlocution between the Committee for the Prevention of Maternal, Infant and Fetal Death and Primary Health Care takes place in the municipality of Florianópolis, Santa Catarina. Method: a single case study, with a qualitative approach, which had the Committee mentioned as the context, justified by the decisive case of the Northern Health District. ,Four sources of evidence were used in the data collection and the explanatory construction technique in the analysis,. Results: the implantation and organization of the Mother and Infant Mortality Study Technical Group was highlighted, this being the interlocutor agent between the Committee and primary care, which reviews behaviors and work processes and proposes improvements in prenatal care. Conclusion: the management strategies implemented by the Northern District can be taken as an example for other scenarios, especially for the promotion of an effective interlocution with primary care.
Descritores: Comitê de Profissionais
Mortalidade Infantil
Mortalidade Fetal
-Gestão em Saúde
Vigilância em Saúde Pública
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  4 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-839674
Autor: Vega, Carlos Eduardo Pereira; Soares, Vânia Muniz Néquer; Lourenço Francisco Nasr, Acácia Maria.
Título: Mortalidade materna tardia: comparação de dois comitês de mortalidade materna no Brasil / Late maternal mortality: comparison of maternal mortality committees in Brazil / Mortalidad materna tardía: comparación entre dos comités de mortalidad materna en Brasil
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;33(3):e00197315, 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: Estudo de base populacional que incluiu todos os óbitos maternos tardios da casuística do Comitê de Mortalidade Materna do Município de São Paulo e do Comitê Estadual de Prevenção da Mortalidade Materna do Paraná, Brasil. Foram comparados 134 óbitos do comitê de São Paulo com os 124 do Paraná do período 2004-2013, visando a demonstrar a magnitude e as causas de mortalidade materna tardia. Os óbitos maternos tardios representaram 13,4% do total dos óbitos maternos na casuística do comitê de São Paulo e 12,1% na do Paraná. As causas obstétricas diretas representaram 32,1% dos óbitos maternos tardios segundo casuística do Município de São Paulo e 42,1% no Paraná, sendo a principal causa a cardiomiopatia no puerpério nas duas casuísticas. O óbito ocorreu entre 43 e 69 dias após o parto em 44% dos casos em São Paulo e 39,5% no Paraná. O fator de correção para morte materna tardia foi 3,3 na casuística de São Paulo e 4,3 na do Paraná. A morte materna tardia teve relevante impacto sobre a mortalidade materna geral e a cardiomiopatia no puerpério foi a principal causa de óbito obstétrico direto tardio.

Abstract: This population-based study included all the late maternal deaths from the case series of the Maternal Mortality Committees in the city of São Paulo and the state of Paraná, Brazil. The study compared 134 deaths identified by the São Paulo committee and 124 from the Paraná committee in 2004-2013, aimed at demonstrating the magnitude and causes of late maternal mortality. Late maternal deaths accounted for 13.4% of all maternal deaths in the case series of the São Paulo committee and 12.1% in the cases series of the Paraná committee. Direct obstetric causes accounted for 32.1% of the late maternal deaths in São Paulo and 42.1% in Paraná, with postpartum cardiomyopathy as the principal cause in both case series. Death occurred between 43 and 69 days postpartum in 44% of the cases in São Paulo and 39.5% in Paraná. The correction factor for late maternal death was 3.3 in São Paulo and 4.3 in Paraná. Late maternal death had a relevant impact on overall maternal mortality, and postpartum cardiomyopathy was the principal cause of late direct obstetric death.

Resumen: Estudio de base poblacional que incluyó todos los óbitos maternos tardíos de la casuística de los comités de mortalidad materna del municipio de São Paulo y del estado de Paraná, Brasil. Fueron comparados 134 óbitos del comité de São Paulo con los 124 de Paraná, durante el período 2004-2013, teniendo por objetivo demostrar la magnitud y las causas de mortalidad materna tardía. Los óbitos maternos tardíos representaron un 13,4% del total de los óbitos maternos en la casuística del comité de São Paulo y un 12,1% en la de Paraná. Las causas obstétricas directas representaron un 32,1% de los óbitos maternos tardíos, según la casuística del municipio de São Paulo y un 42,1% en Paraná, siendo la principal causa la cardiomiopatía pos-parto en las dos casuísticas. El óbito se produjo entre 43 y 69 días tras el parto en un 44% de los casos en São Paulo, y 39,5% en Paraná. El factor de corrección para la muerte materna tardía fue 3,3 en la casuística de São Paulo y 4,3 en la de Paraná. La muerte materna tardía tuvo un relevante impacto sobre la mortalidad materna general y la cardiomiopatía pos-parto fue la principal causa de óbito obstétrico directo tardío.
Descritores: Causas de Morte
Mortalidade Materna
-Brasil/epidemiologia
Estudos Transversais
Atestado de Óbito
Comitê de Profissionais
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-831459
Autor: Dutra, Izabela Rocha.
Título: Vigilância do óbito fetal e infantil na região ampliada de saúde Jequitinhonha, Minas Gerais / The investigation of fetal and infant deaths in the extended Jequitinhonha Health Region.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 148 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Serviços de saúde acessíveis e de boa qualidade deveriam ser capazes de reconhecer as mortes infantis evitáveis e implementar medidas para reduzi-las. Investigações a fim de dimensionar os principais determinantes relacionados à ocorrência de óbitos infantis para que possam subsidiar a organização e planejamento das políticas públicas, se faz necessário. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo analisar os fatores relacionados à investigação dos óbitos infantil e fetal ocorridos na Região Ampliada de Saúde Jequitinhonha, Minas Gerais, no período de 2007 a 2012. A coleta de dados foi feita por meio de questionários com os Secretários de Saúde e membros do Comitê de Prevenção do óbito infantil e fetal ou indivíduos responsáveis pela investigação dos óbitos em 33 municípios da Região Ampliada de Saúde do Jequitinhonha, Minas Gerais. Foram coletadas também informações sobre a completitude das fichas síntese da investigação após acesso ao Sistema de Informação sobre Mortalidade. Os resultados deste estudo demonstram que não houve concordância entre as respostas apresentadas pelos entrevistados, mostrando a necessidade, principalmente pelos Secretários Municipais de Saúde, de maiores esclarecimentos quanto à realidade nos municípios de atuação. A não atuação dos comitês na maioria dos municípios, justificado pela falta de cobrança pela gestão estadual e regional. Sendo assim, majoritariamente as investigações foram realizadas pelos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família, não pertencente ao comitê. Vários foram os entraves identificados na prática da investigação, tais como a falta de suporte financeiro, de recursos humanos, entre outros da superintendência regional de saúde, o preenchimento incompleto dos dados...

Whereas the affordable and good quality health services should be able to recognize preventable child deaths and implement measures to reduce them, conducting investigations that can scale the main determinants of the occurrence of infant deaths so that can support the organization and planning of public policies, this study aims to analyze the factors related to the investigation of fetal and infant deaths in the Extended Jequitinhonha Health Region, Minas Gerais, during the period of 2007 to 2012. The data collection was done through the use of questionnaires containing demographic, and socioeconomic data, as well as data obtained from the investigation of fetal and infant deaths, responded by the Municipal Health Offices, members of the child and fetal death Prevention Committee or individuals responsible for the investigations in 33 municipalities of the Extended Jequitinhonha Health Region. In addition, we used a script called Research Summary Sheets to examine the completeness of the information of infant and fetal deaths investigated between 2007-2012. The results of this study indicate that there was no agreement between the answers given by respondents, showing the need for further clarification, mainly by the Municipal Health Offices, as to the reality of the performance of municipalities regarding the investigations. Moreover, the fact that the activities of the Prevention Committee of Child and Fetal Death in the municipalities are not official favored no investigation of deaths. Also it was observed that, of 598 children and 477 fetal deaths, only 22.2% and 18.4%, respectively, were investigated. However, the investigations have not been implemented satisfactorily. We observed different behavior in the completion of the research forms. The high proportion of incomplete records point to the existence of obstacles in the process of filling them out. Thus, after the data analysis it was found that there are several factors that...
Descritores: Mortalidade Fetal
Mortalidade Infantil
Morte Fetal/prevenção & controle
Monitoramento Epidemiológico/estatística & dados numéricos
-Brasil/epidemiologia
Causas de Morte
Comitê de Profissionais
Estudos Retrospectivos
Inquéritos e Questionários
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-WA910, DUVI


  6 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-794442
Autor: Cruz, Helânia do Prado; Pessoa, Sarah Maria Fraxe; Machado, Márcia Maria Tavares; Feitosa, Helvécio Neves; Carvalho, Francisco Herlânio Costa.
Título: Comitês hospitalares de prevenção de morte materna em Fortaleza: Perfil e funcionamento / Hospital Committees for the Prevention of Maternal Mortality in Fortaleza: Profile and Functioning
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;28(2):­-­, jan-mar.2015.
Idioma: pt.
Resumo: Caracterizar os Comitês Hospitalares de Prevenção de Morte Materna, na cidadede Fortaleza-CE, quanto ao perfil de seus profissionais e à metodologia de funcionamento.Métodos: Estudo descritivo, de corte transversal, com abordagem quantitativa, realizadono período de março a setembro de 2013, pesquisando-se todos os Comitês Hospitalaresexistentes em Fortaleza-CE, por meio de entrevistas com os profissionais responsáveis, nototal de oito. Utilizou-se um questionário estruturado contendo 46 perguntas, com todasas variáveis baseadas no Manual dos Comitês de Morte Materna - 2007, elaborado peloMinistério da Saúde. Resultados: Os comitês são formados por médicos, enfermeiras,fisioterapeutas e assistente social. Nenhum possui estrutura física própria para seufuncionamento e os profissionais não têm dedicação exclusiva nem recebem remuneraçãopara exercer as atividades. Dois comitês possuem regimento, dois se reúnem mensalmente,um quinzenalmente e um não tem data fixa para se reunir. Todos realizam a investigaçãohospitalar dos óbitos maternos e dos óbitos de mulher em idade fértil, discutem os casoscom outros profissionais e realizam a divulgação das informações por meio de relatórios.Conclusão: Os Comitês Hospitalares de Prevenção de Morte Materna em Fortaleza estãoorganizados conforme a realidade de cada hospital, compostos com caráter multiprofissional,com faixa etária predominante de 41 a 59 anos, cujo processo de trabalho está voltado paraa vigilância epidemiologia dos óbitos materno, fetal e infantil, bem como da evitabilidadedestes, o que os caracteriza como comitês funcionantes e atuantes...
Descritores: EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
Morte Materna
Comitê de Profissionais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-777656
Autor: Bonet, Fernanda; Allegri, Ricardo; Bernet, Jorgelina; Bossio, Paz; Clacheo, Rodrigo; Hijano, Diego; Jensen, Oscar; Pedetta, Gabriel; Perez, Laura; Salinas, Daniel; Sottile, Silvia; Vera del Barco, Pablo.
Título: Diagnóstico de situación de la investigación en salud en el ámbito del Ministerio de Salud de la Nación y 10 ministerios provinciales / Situational diagnosis of the health research at the national and 10 Provincial Ministries fo Health in Argentina
Fonte: Rev. argent. salud publica;3(10):6-14, mar. 2012. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: El estudio y análisis de la investigaciónpara la salud reviste interés para los países desde el punto de vista sanitario y socioeconómico, ya que procura establecer información confiable y de calidad acerca de qué, cómo y a través de quiénes se investiga en este campo. OBJETIVO: Describir las actividades de gestión de la investigación, difusión o producción de conocimiento que se realizan en los ministerios y sus organismos dependientes, con la finalidad de efectuar un diagnóstico inicial de esa situación en 2010. METODOS: Se realizó un estudio descriptivo transversal. Se analizaron 11 ministerios de salud y 215 organismos dependientes. El relevamiento se realizó a través de una encuesta estructurada a funcionarios responsables. Se relevaron los ministerios de Ciudad Autónoma de Buenos Aires (CABA), Provincia de Buenos Aires, Chaco, Chubut, Córdoba, Corrientes, Jujuy, Mendoza, Nación, Neuquén y Tucumán. RESULTADOS: CABA, Buenos Aires,Córdoba, Jujuy, Mendoza, Nación y Neuquén contaban con áreas específicas de investigación y realizaban actividades de regulación y auditorías de investigación. Se relevaron 1.019 investigaciones, de las cuales el 61% contaban con financiamiento. De los 126 hospitales relevados el 56% (71) efectuaban investigaciones. Entre los ministerios de CABA (424), Nación (177), Córdoba (125) y Buenos Aires(103) y sus hospitales concentraron el 81%. CONCLUSIONES: A pesar del alto porcentaje de investigaciones hospitalarias, solo el 55% de ellas recibieron financiamiento, lo que denotaría un gran esfuerzo institucional. Por otra parte, la mayoría de los ministerios relevados contaban con áreas específicas de investigación, lo que indicaría el interés del Estado en la investigación en salud...

The study and analysis of health research is relevant for all countries from both health and socio-economic point of view - it intends to obtain trust worthy and quality information about what, how and by whom research is done in this field. OBJECTIVE: To describe the activities related to research management, diffusion and knowledge production with in the frame work of ministries and its agencies, in order to make an initial diagnosis of the situation during 2010. METHODS: A descriptive cross-sectional study was performed. It analyzed 11 health ministries and 215 dependent agencies. It was conducted through a structured survey to responsible officials in the Autonomous City of Buenos Aires (CABA), Buenos Aires Province, Chaco, Chubut, Córdoba,Corrientes, Jujuy, Mendoza, Nation, Neuquén and Tucumán. RESULTS: CABA, Buenos Aires, Córdoba, Jujuy, Mendoza, Nation and Neuquén had specific areas of research, carried out regulatory activities and research audits. Of the 1.019 investigations, 61% were funded. 126 hospitals were surveyed, and 56% (71) conducted researches. The ministries of CABA(424), Nation (177), Córdoba (125) and Buenos Aires (103) and the hospitals under their jurisdiction totaled 81% of the investigations. CONCLUSIONS: Despite the high percentage of hospital investigations, only 55% of them were funded, which would indicate a large institutional effort. More over,most of the ministries surveyed had specific research areas, that would indicate the Stateïs interest in health research...
Descritores: Financiamento Governamental
Financiamento da Assistência à Saúde
Gestão do Conhecimento para a Pesquisa em Saúde
Programas Nacionais de Saúde
Demografia
Comitê de Profissionais
Limites: Seres Humanos
Responsável: AR650.1 - Biblioteca


  8 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-765250
Autor: Carneiro, Sheyla Rodrigues de Lima.
Título: Implantação do comitê de estudo de mortalidade infantil e materna do município de Jaboatão dos Guararapes - PE / Implementation of the study committee of infant and maternal mortality of Jaboatão dos Guararapes - PE.
Fonte: Recife; s.n; 2012. 31 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: A implantação do Comitê de Mortalidade Materna e infantil faz parte das estratégias adotadas pelo Ministério da Saúde para redução do coeficiente de mortalidade. Nesse contexto, o presente plano de intervenção objetiva nortear as ações para implantação do Comitê de Mortalidade Materna e infantil do município de Jaboatão dos Guararapes – PE, avaliando as circunstâncias de ocorrência dos óbitos infantis e maternos e propondo medidas para a melhoria da qualidade da assistência à saúde e demais ações para sua redução. Os critérios a serem avaliados no plano serão discutidos pela coordenação de vigilância epidemiológica, gerência de vigilância em saúde, gerência de planejamento estratégico. As definições serão todas registradas através de relatórios, que servirão como orientação do processo de construção e estruturação do comitê...
Descritores: Mortalidade Infantil
Mortalidade Materna
Serviços de Saúde Materno-Infantil
Comitê de Profissionais
-EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR305.1 - Biblioteca do CPqAM


  9 / 208 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-756990
Autor: Bittencourt, Sonia Duarte de Azevedo(org); Dias, Marcos Augusto Bastos(org); Wakimoto, Mayumi Duarte(org).
Título: Vigilância do óbito materno, infantil e fetal e atuação em Comitês de mortalidade / Surveillance of maternal mortality, infant and fetal mortality and performance in Committees.
Fonte: Rio de Janeiro; EAD; ENSP; 2013. 264 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
Mortalidade Fetal
Mortalidade Infantil
Mortalidade Materna
Comitê de Profissionais
-Educação a Distância
Saúde Materno-Infantil
Ferramenta de Busca
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  10 / 208 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-756989
Autor: Santos, Henriette dos(org); Lamarca, Isabel Arruda(org).
Título: Caderno do aluno: Vigilância do óbito materno, infantil e fetal e atuação em Comitês de mortalidade. Aperfeiçoamento / Notebook student: Surveillance of maternal mortality, infant and fetal mortality and performance in Committees. improvementant performance in Mortality Committees: update.
Fonte: Rio de Janeiro; EAD; ENSP; 2013. 113 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
Mortalidade Fetal
Mortalidade Infantil
Mortalidade Materna
Comitê de Profissionais
-Educação a Distância
Saúde Materno-Infantil
Ferramenta de Busca
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública



página 1 de 21 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde