Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.822.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 388 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 39 ir para página                         

  1 / 388 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Zioni, Fabíola
Texto completo
Id: lil-728977
Autor: Klein, Estanislau Paulo; Zioni, Fabiola.
Título: A coordenação política das relações intergovernamentais no sistema único de saúde do Acre de 1990 até 2008 / La cordinación política de las relaciones interguberamentales en ell sistema único de salud de acre de 1990 a 2008 / Poicy coordination of intergovernmental relations in the unified health acre the beginning of 1990 to 2008
Fonte: Rev. baiana saúde pública;37(3), jul.-set. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Analisa a coordenação política das relações intergovernamentais no SUS do Acre. O foco é a Secretaria Estadual de Saúde do Acre propulsora na implantação da política de saúde. Adotou-se a estratégia do estudo de caso para analisar essa coordenação. Realizou-se uma investigação documental, observação e entrevistas com atores da política de saúde. O período estudado inicia-se na década de 1990 até 2008. A implantação da política de saúde no Acre aconteceu em cenários de escassez de recursos financeiros e falhas administrativas causando graves crises nos serviços, como em 1999, quando a receita fiscal do Acre foi de 81,83 milhões de Reais e os gastos com a saúde foram de 97,37 milhões de Reais. Em 2008, a receita fiscal passou para 555,33 milhões de Reais e os gastos com a saúde foram de 373,48 milhões de Reais. Embora pareça um significativo aumento da receita, nesse período houve a descentralização de serviços para aos municípios e os mesmos passaram a receber recursos financeiros da União. A sustentação da política de saúde depende dos recursos da União. As relações da esfera estadual do SUS com os municípios passaram por conflitos para a descentralização de serviços e problemas persistem.

Analyzes the political coordination of intergovernmental relations in the SUS Acre. The focus is on the State Health Department?s Acre driving the implementation of health policy. We adopted the strategy of the case study to examine this coordination. We conducted a desk research, observation and interviews with health policy. The study period begins in the 1990s until 2008. The implementation of health policy in Acre happened in scenarios of scarce financial resources and administrative failures causing severe crises in services, as in 1999, when tax revenue Acre was 81.83 million Reais and spending on health were of 97.37 million Reais. In 2008, tax revenue increased to 555.33 million Reais and health spending were 373.48 million Reais. Although it seems a significant increase in revenue in this period was the decentralization of services to municipalities and they began receiving funding support from The Union health policy depends on the resources of the Union?s relations with the state level of the SUS municipalities experienced conflict for decentralization of services and problems persist.

Se analiza la coordinación política de las relaciones intergubernamentales en el SUS de Acre. El foco es la Secretaría de Salud del Estado de Acre en la implementación de la política de salud. Se adoptó la estrategia del estudio de caso para analisar esta coordinación. Se llevó a cabo una investigación documental, observación y entrevistas con actores de la política de salud. El período estudiado inicia en la década de 1990 hasta 2008. La implementación de la política de salud en Acre ocurrió en escenarios de escasez de recursos financieros y fallas administrativas, causando graves crisis en los servicios tales como en 1999, cuando el presupuesto fiscal de Acre fue 81,83 millones de Reales y el gasto con la salud fue de 97,37 millones de Reales. En 2008, el presupuesto fiscal aumentó para 555,33 millones de Reales y el gasto en salud fue de 373,48 millones de Reales. Aunque parezca un aumento significativo del presupuesto, en ese período hubo la descentralización de servicios a municipios, los cuales comenzaron a recibir recursos financieros de la Unión. El mantenimiento de la política de salud depende de los recursos de la Unión. Las relaciones de la esfera del Estado del SUS con los municipios experimentaron conflictos para la descentralización de servicios, y todavía hay problemas.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Política de Saúde
Recursos em Saúde
Relações Interinstitucionais
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960774
Autor: Ruoff, Andriela Backes; Andrade, Selma Regina de; Schmitt, Márcia Danieli.
Título: Atividades desenvolvidas pelos comitês de prevenção do óbito infantil e fetal: revisão integrativa / Actividades desarrolladas por los comités de prevención de la muerte infantil y fetal: revisión integradora / Activities developed by the committees of prevention of infant and fetal deaths: integrative review
Fonte: Rev. gaúch. enferm;38(1):e67342, 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Sistematizar o conhecimento sobre as atividades desenvolvidas por comitês que atuam com a prevenção do óbito infantil e fetal. Método Revisão integrativa de literatura, realizada no mês de novembro de 2015, nas bases de dados PubMed, CINAHL, Scopus, LILACS, BDEnf e SciELO, utilizando as palavras-chave e descritores mortalidade infantil, óbito infantil, óbitos infantis, óbito fetal, óbitos fetais, mortalidade fetal, mortalidade neonatal, comitê de profissionais, comissão, comissões, comitês consultivos. Os 34 estudos selecionados foram organizados e analisados com auxílio do Microsoft Excel®. Resultados Há comitês de âmbito internacional, nacional, regional, estadual e municipal que analisam óbitos e realizam atividades para qualificar a assistência materno-infantil e alimentar os sistemas de informação em saúde. Conclusão Os comitês de prevenção do óbito infantil e fetal desenvolvem atividades de coleta, produção, análise e divulgação de informações relacionadas ao óbito com a finalidade de reduzir taxas de mortalidade infantil e fetal.

RESUMEN Objetivo Para sistematizar el conocimiento de las actividades desarrolladas por los comités que trabajan con la prevención del trabajo infantil y la muerte fetal. Método Revisión integrada de la literatura, que se celebró en noviembre de 2015, de las bases de datos PubMed, CINAHL, Scopus, LILACS, BDEnf y SciELO, usando las palabras clave y descriptores de mortalidad infantil,mortalidad fetal intrauterina, mortinatos, mortalidad fetal, la mortalidad neonatal, del comité profesional, comisiones, comités de asesoramiento. Se organizaron los 34 estudios seleccionados y se los analizó utilizando Microsoft Excel®. Resultados Existen internacionalmente comités, nacional, regional, estatal y actividades escénicas locales para calificar los sistemas de información de salud materna e infantil y de los alimentos. Conclusión Los comités de prevención de la mortalidad infantil y fetal se desarrollan las actividades de recolección, producción, análisis y difusión de información relacionada con la muerte, a fin de reducir las tasas de mortalidad infantil y fetal.

ABSTRACT Objective To systematize knowledge on the activities developed by the committees involved in the prevention of infant and fetal deaths. Method Integrated literature review conducted in November 2015 at PubMed, CINAHL, Scopus, LILACS, BDEnf and SciELO databases using keywords and descriptors of infant mortality, infant death, infant deaths, fetal death, fetal deaths, fetal mortality, neonatal mortality, professional committee, committee, committees, advisory committees. The 34 selected studies were organized and analyzed using Microsoft Excel®. Results International, national, regional, state and local committees analyze the deaths and conduct activities aimed to qualify maternal and childcare and feed the health information systems. Conclusion The committees for the prevention of infant and fetal mortality collect, produce, analyze and disseminate information related to these deaths in order to reduce infant and fetal mortality rates.
Descritores: Comitê de Profissionais
Medicina Preventiva/organização & administração
Comitês Consultivos
Morte Fetal/prevenção & controle
Morte Perinatal/prevenção & controle
Morte do Lactente/prevenção & controle
-Equipe de Assistência ao Paciente
Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde
Mortalidade Infantil
Fatores de Risco
Assistência Perinatal/normas
Comunicação Interdisciplinar
Mortalidade Fetal
Disparidades em Assistência à Saúde
Determinantes Sociais da Saúde
Relações Interinstitucionais
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-845200
Autor: Cortes, Laura Ferreira; Padoin, Stela Maris de Mello; Kinalski, Daniela Dal Forno.
Título: Instrumentos para articulação da rede de atenção às mulheres em situação de violência: construção coletiva / Instrumentos para articulación de la red de cuidado de mujeres en situación de violencia: construcción colectiva / Instruments for articulating the network of attention to women in situation of violence: collective construction
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(spe):e20160056, 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Identificar as informações necessárias para a construção de instrumentos destinados a viabilizar a articulação de profissionais de serviços de atendimento com mulheres em situação de violência com vistas à constituição de uma rede de atenção. Método Estudo qualitativo, convergente assistencial, cujas informações foram produzidas de fevereiro a agosto de 2015 por meio de 10 encontros grupais, com 32 participantes do Grupo de Trabalho Integrado de Enfrentamento às Violências de Santa Maria-RS, situado na Universidade Federal de Santa Maria. Utilizou-se a análise de conteúdo temática. Resultados Definiu-se o direcionamento do fluxo; os pontos para compor a rede; o que seria preciso comunicar entre os serviços: dados de identificação da mulher e da família, relato acerca da situação e a continuidade do cuidado. Conclusões Há necessidade de formalização institucional dos dispositivos construídos. A articulação entre os serviços requer comunicação, envolvimento e compromisso dos profissionais para garantir a continuidade do cuidado.

RESUMEN Objetivo Identificar el contenido necesario para construir instrumentos para facilitar la integración de profesionales de servicios a mujeres en situación de violencia con miras a la creación de una red de atención. Método Estudio cualitativo, convergente, cuya información se produjo de febrero a agosto de 2015, durante 10 sesiones de grupo, con 32 participantes del Grupo de Trabajo Integrado para Contrarrestar la Violencia de Maria Santa-RS, que se encuentra en la Universidad Federal de Santa María. Se utilizó el análisis de contenido temático. Resultados Se definió la dirección del flujo; los puntos que componen la red; lo que se necesitaría para comunicar entre servicios: identificación de mujer y familia, informe sobre la situación y la continuidad de la atención. Conclusiones Existe una necesidad de formalización institucional de dispositivos construidos. La articulación entre los servicios requiere comunicación, participación y compromiso de los profesionales para asegurar la continuidad de la atención.

ABSTRACT Objective This paper aims at identifying all the necessary information to build instruments which are designed to facilitate the professional integration of services to women in situation of violence with a view to the establishment of a network of attention. Method Qualitative study, convergent, whose information has been produced from February to August 2015 by 10 group meetings, with 32 participants from the Integrated Working Group to Confront Violence in Santa Maria-RS, located at the Universidade Federal de Santa Maria. Using thematic content analysis. Results It defined the flow direction; the points to compose the network; what it would take to communicate among services: identification of wife and family, report on the situation and the continuity of care. Conclusions There is a need for an institutional formalization of constructed devices. The articulation between the services requires communication, involvement and commitment of the professionals to ensure the continuity of care.
Descritores: Violência
Serviços de Saúde da Mulher/organização & administração
Prestação Integrada de Cuidados de Saúde/organização & administração
-Controle Social Formal
Design de Software
Brasil
Violência Doméstica
Redes Comunitárias/organização & administração
Comunicação Interdisciplinar
Pesquisa Qualitativa
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
Relações Interinstitucionais
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-737494
Autor: Alarc¢n, Jorge O; Wong, Paolo; Piscoya, Julia R.
Título: Rese¤a del Primer Encuentro Internacional de Institutos de Medicina Tropical 2013 / Report of the First International Meeting of Tropical Medicine Institutes 2013
Fonte: An. Fac. Med. (Perú);75(2):197-200, abr. 2014. ilus.
Idioma: es.
Conferência: Apresentado em: Encuentro Internacional de Institutos de Medicina Tropical, 1, Lima, 2013.
Resumo: El Primer Encuentro Internacional de Institutos de Medicina Tropical, llevado a cabo en Lima, fue la actividad principal del cincuentenario de la fundaci¢n del Instituto de Medicina Tropical Daniel A. Carri¢n (1963-2013), de la Facultad de Medicina de la UNMSM. Participaron en su organizaci¢n las principales instituciones cient¡ficas del pa¡s relacionadas a la investigaci¢n y atenci¢n de los problemas de salud que afectan a las regiones tropicales y subtropicales. Asistieron alrededor de mil personas. Los temas tratados fueron salud infantil en los tr¢picos, salud internacional, VIH/sida, dengue, malaria, leishmaniosis, tuberculosis, enfermedad de Carri¢n y enfermedades emergentes y reemergentes. Los representantes de los nueve institutos de Medicina Tropical de la regi¢n, asistentes al evento, suscribieron una declaraci¢n, en la que acordaron, entre otros puntos, promover en sus pa¡ses las recomendaciones adoptadas en la Asamblea Mundial de la Salud y Organizaci¢n Panamericana de la Salud en relaci¢n a enfermedades desatendidas, investigaci¢n en salud y recursos humanos en salud; desarrollar programas de posgrado regionales en medicina tropical, epidemiolog¡a y salud p£blica; articular las acciones de este encuentro con otras iniciativas regionales y subregionales, y realizar el Segundo Encuentro Internacional de Institutos de Medicina Tropical en dos a¤os.

The First International Meeting of Tropical Medicine Institutes held in Lima was the main event of the 50th anniversary of the establishment of the Daniel A. Carrion Tropical Medicine Institute (1963-2013), Faculty of Medicine at UNMSM. The major Peruvian scientific institutions for research and management of global health burdens affecting tropical and subtropical regions participated in the organization of this event. About one thousand people attended. Topics included child health in the tropics, international health, HIV/AIDS, dengue, malaria, leishmaniasis, tuberculosis, Carrion's disease and emerging diseases. Representatives of the nine institutes of Tropical Medicine of the region who attended the event signed a declaration in which all represented institutes agreed to promote in their respective countries the recommendations of the World Health Assembly and the Pan American Health Organization in relation to neglected diseases, health research and health human resources; to develop regional graduate programs in tropical medicine, epidemiology and public health; to coordinate the activities of this meeting with other regional and subregional initiatives. The declaration also decreed, among other topics, that the participating institutes will hold the Second International Meeting of Institutes of Tropical Medicine in two years.
Descritores: Academias e Institutos
Congressos como Assunto
Medicina Tropical/organização & administração
Relações Interinstitucionais
Responsável: PE13.1 - Oficina de Biblioteca, Hemeroteca y Centro de Documentación


  5 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Tanaka, Oswaldo Yoshimi
Id: lil-328102
Autor: Tanaka, Oswaldo Yoshimi; Melo, Cristina.
Título: Inovaçäo e gestäo: a organizaçäo social no setor saúde / Innovation and management: the social organization in health sector.
Fonte: Säo Paulo; Annablume; 2002. 76 p.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Pública
Inovação Organizacional
Organização Social
-Brasil
Reforma dos Serviços de Saúde
Relações Interinstitucionais
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 614.0003, 94, Ex.1. 42992/2002; BR67.1; 614.0003, 94, Ex.2. 42993/2002


  6 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-217885
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Escriba: relatório sintese anual, dez., 1997 / Scribe: synthesis annual reports, dez., 1997.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1997. 52 p.
Idioma: pt.
Descritores: Programas Governamentais
Políticas Públicas de Saúde
Política de Saúde
-Organização e Administração
Vigilância Sanitária
Colaboração Intersetorial
Controle de Doenças Transmissíveis
Assistência Integral à Saúde/normas
Desenvolvimento Tecnológico
Gestão da Qualidade Total
Política Pública
Mão de Obra em Saúde
Relações Interinstitucionais
Serviços de Saúde
Tipo de Publ: ANNUAL REPORTS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; CXS8.2


  7 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-217884
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Escriba: sintese setorial: Secretaria da Saúde, nov., 1997 / Scribe: setorial synthesis: Health Government State, nov., 1997.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1997. [17] p.
Idioma: pt.
Descritores: Programas Governamentais
Política de Saúde
-Mão de Obra em Saúde
Relações Interinstitucionais
Serviços de Saúde
Monitoramento Epidemiológico
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; CXS8.2


  8 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-217883
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Escriba: sintese setorial: Secretaria da Saúde, out., 1997 / Scribe: setorial synthesis: Health Government State, out., 1997.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1997. [25] p.
Idioma: pt.
Descritores: Programas Governamentais
Política de Saúde
-Assistência à Saúde
Relações Interinstitucionais
Monitoramento Epidemiológico
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; CXS8.2


  9 / 388 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-217879
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Escriba: sintese setorial: Secretaria da Saúde, fevereiro 1997 / Scribe: setorial synthesis: Health Government State, february 1997.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1997. [24] p.
Idioma: pt.
Descritores: Programas Governamentais
Política de Saúde
-Vigilância Sanitária
Doenças Endêmicas/prevenção & controle
Políticas Públicas de Saúde
Mão de Obra em Saúde
Relações Interinstitucionais
Serviços de Saúde
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
Monitoramento Epidemiológico
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; CXS8.2


  10 / 388 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-217878
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Escriba: relatório sintese anual, dez., 1996 / Scribe: synthesis annual reports, dez., 1996.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1996. 36 p.
Idioma: pt.
Descritores: Programas Governamentais
Políticas Públicas de Saúde
Política de Saúde/tendências
-Organização e Administração
Controle de Doenças Transmissíveis
Política
Desenvolvimento Tecnológico
Formulação de Políticas
Gestão da Qualidade Total/tendências
Planos Governamentais de Saúde
Política Pública
Mão de Obra em Saúde
Relações Interinstitucionais
Serviços de Saúde
Tipo de Publ: ANNUAL REPORTS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; CXS8.2



página 1 de 39 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde