Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.859.360 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 72 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 72 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906153
Autor: Luz, Carine Almeida; Cortes, Matheus Lopes; Souza, Jéssica Silva; Gomes, Luis Filipe Oliveira; Alves, Alyne Bandeira; Cairo, Isabele Gusmão.
Título: Avaliação da ingestão nutricional de pacientes com doença renal crônica em tratamento hemodialítico / Nutritional intake assessment in patients with chronic kidney disease in hemodialitic treatment
Fonte: Braspen J;32(3):241-245, jul-set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A hemodiálise é um tratamento comumente realizado em pacientes que apresentam perda da função renal, com o intuito de liberar resíduos prejudiciais à saúde do corpo. Esta terapêutica ocasiona perdas de nutrientes do sangue, sendo, dessa forma, contribuinte para a desnutrição, o que reforça o papel da nutrição como tratamento coadjuvante.A análise da ingestão alimentar é capaz de fornecer informações para nortear as condutas dietéticas,portanto, este estudo objetivou verificar a adequabilidade da ingestão nutricional com as recomendações nutricionais específicas e sua relação com o estado nutricional de pacientes submetidos a tratamento hemodialítico em uma clínica do município de Vitória da Conquista, BA. Método: A avaliação da ingestão nutricional foi procedida determinando a ingestão proteica por quilo de peso, de quilocalorias por quilo de peso, cálcio, ferro, potássio e fósforo,comparando-as com as recomendações específicas. O estado nutricional foi determinado por meio da Avaliação Subjetiva Global modificada. Resultados: Um total de 122 pacientes foram incluídos no estudo, estando a maioria em risco nutricional e nenhum com desnutrição gravíssima. A maioria também apresentou inadequação quanto à ingestão de calorias e dos nutrientes avaliados. Não foram encontradas correlações entre a ingestão calórica vs. estado nutricional e ingestão proteica vs. estado nutricional, mas analisando a ingestão calórica e proteica foi observada forte correlação (r=0,799). Conclusão: As ingestões de proteínas, quilocalorias, cálcio, ferro, potássio e fósforo apresentaram-se inadequadas na população estudada, o que pode influenciar o estado clínico e nutricional destes pacientes.(AU)

Introduction: Hemodialysis is a treatment commonly performed in patients who had loss of kidney function, in order to release harmful waste to body's health. This therapy causes loss of nutrients from the blood, and thus contributes to malnutrition, which reinforces the role of nutrition as adjuvant treatment. Analysis of food intake is able to provide information to guide dietetic conducts, so this study aimed to verify the nutritional intake adequacy with specific nutritional recommendations and their relation with the nutritional status of patients undergoing hemodialysis treatment at a clinic in the city of Vitória da Conquista, BA. Method: The assessment of nutritional intake was done determining the protein intake per kilogram of weight, kilocalories per kilogram of weight, calcium, iron, potassium and phosphorus comparing it to the specific recommendations. Nutritional status was determined using the Subjective Global Assessment modified. Results: A total of 122 patients were included in the study, with the majority in nutritional risk and none had very serious malnutrition. Similarly, most also had impairments as to intake of calories and nutrients evaluated. No correlations were found between calorie intake vs. nutritional status and protein intake vs. nutritional status, but in the analyse caloric and protein intake was found strong correlation (r=0.799). Conclusion: The intake of protein, kilocalories, calcium, iron, potassium and phosphorus showed to be inadequate in the study population, which may influence the clinical and nutritional status of these patients.(AU)
Descritores: Diálise Renal/instrumentação
Insuficiência Renal Crônica/patologia
Recomendações Nutricionais
-Registros de Dieta
Ingestão de Alimentos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-789102
Autor: Pereira, Raiane Maiara dos Santos; Rauber, Suliane Beatriz; Ramos, Isabela Almeida; Andrade, Daniel Tavares de; Militão, Angeliete Garcez; Moraes, José Fernando Vila Nova de; Simões, Herbert Gustavo; Campbell, Carmen Sílvia Grubert.
Título: Recording daily routines with guidance on healthy lifestyle to improve health parameters in children and their families
Fonte: Motriz rev. educ. fís. (Impr.);22(3):166-173, July-Sept. 2016. tab, Ilus.
Idioma: en.
Resumo: This study investigated the efficacy of using a diary to record daily routines, combined with guidance on healthy lifestyle (GHL) by a physical educator, on promoting changes in health parameters in children. Sixty-three children (10 ± 0.8 years) were allocated to one of the three following groups: a control group (CON, n = 18); a group that did not use the diary, but received GHL (G, n = 23); or a group that both used the diary and received GHL (DG, n = 22). Blood pressure, body composition, physical fitness tests (PF), physical activity levels (PAL), and dietary intake profiles were assessed in children and their parents before and after 2 months of intervention. The DG group improved their performance in PF, increased PAL, and reduced body fat (p < 0.05). Additionally, 56% of families from both DG and G reduced their consumption of unhealthy foods and 70,6% increased their consumption of healthy foods. Overall, it was concluded that 2 months of using a diary to record daily routines combined with GHL by a physical educator improved PAL, PF, body composition, and dietary intake profiles of children and their families
Descritores: Registros de Dieta
Estilo de Vida Saudável
Estilo de Vida
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  3 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-909274
Autor: Tini, Giovanna Franco; Long, Sucena Matuk.
Título: Avaliação de diários alimentares de crianças atendidas na clínica infantil de uma universidade privada de São Paulo / Daily food records evaluation of children treated in children's dental clinic of a private universidade de São Paulo
Fonte: Odonto (Säo Bernardo do Campo);23(45/46):57-64, jan.-dez. 2015. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Como o início da ingestão da sacarose tem sido cada vez mais precoce, a avaliação da dieta infantil tem sido fundamental para enquadrar o paciente em um programa preventivo odontológico de qualidade e eficiência, para promoção de saúde bucal. Para a pesquisa, foram utilizados 60 diários alimentares, obtidos de prontuários de crianças atendidas na Clínica Odontológica Infantil de uma universidade privada de São Paulo, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (CAAE 49117815.0.000.5512). O objetivo foi estabelecer o risco cariogênico da dieta. Esses diários foram analisados em relação à frequência de ingestão de sacarose e à pegajosidade dos alimentos ingeridos, para determinação do risco cariogênico da dieta. A pegajosidade dos alimentos ingeridos nas refeições principais e nas entre refeições apresentou uma diferença estatisticamente significante (p=0,0003). O número de entre refeições, apresentou um valor maior que o preconizado para um risco cariogênico baixo da dieta, que seria dois, porém não mostrou resultado estatisticamente significante. Os resultados permitiram concluir que o risco cariogênico da dieta foi alto e que para a elaboração de um protocolo preventivo é necessária a avaliação dos alimentos que apresentam consistência pegajosa, que implicam em um maior risco cariogênico da dieta, assim como a frequência de ingestão de alimentos, principalmente os que contem sacarose. Palavras-chave: cárie dental; dieta cariogênica; fatores de risco(AU)

Since the ingestion of sucrose has been increasingly premature, the assessment of a child's diet has been essential to integrate the patient in a quality and efficiency preventive dental program in order to promote the oral health. For the research, it was used 60 daily food records from the children treated at Children's Dental Clinic of the Universidade Paulista (FOUNIP) - Campus Indianópolis, São Paulo, after sanction by the Research Ethics Committee (CAAE 49117815.0.000.5512). The diaries were analyzed by the frequency of ingestion of sucrose and the stickiness of the food ingested, to determine the cariogenic risk's in a diet. The stickiness of the food eaten at main meals and between the meals showed a statistically significant difference (p = 0.0003). The number between meals, presented an higher recommended value for a low risk cariogenic diet, although it would be two, however it presented no significant results. Moreover, the results presented that for the preparation of a preventive protocol is necessary to estimate foods that have sticky consistency, which results in an higher cariogenic risk in a diet, furthermore as the frequency of ingested food, especially those that contain sucrose.(AU)
Descritores: Cárie Dentária/etiologia
Registros de Dieta
Dieta Cariogênica/efeitos adversos
Dieta Cariogênica/estatística & dados numéricos
Sacarose na Dieta/efeitos adversos
-Brasil
Medição de Risco
Fatores de Risco
Distribuição por Sexo
Universidades
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  4 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Corrente, José Eduardo
Carvalhaes, Maria Antonieta de Barros Leite
Texto completo
Id: biblio-828401
Autor: Gomes, Caroline de Barros; Malta, Maíra Barreto; Corrente, José Eduardo; Benício, Maria Helena D'Aquino; Carvalhaes, Maria Antonieta de Barros Leite.
Título: Alta prevalência de inadequação da ingestão dietética de cálcio e vitamina D em duas coortes de gestantes / High prevalence of inadequate calcium and vitamin D dietary intake in two cohorts of pregnant women / Alta prevalencia de inadecuación en la ingestión dietética de calcio y vitamina D en dos cohortes de gestantes
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;32(12):e00127815, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo objetivou identificar a prevalência de inadequação da ingestão, por trimestre, de cálcio e vitamina D, em duas coortes de gestantes e fatores correlacionados a esta ingestão. Foram coletados dois recordatórios alimentares de 24 horas em cada trimestre, um relativo a final de semana. Variáveis com correlação significativa com a ingestão desses nutrientes foram incluídas em modelo de regressão linear multivariada, com ajuste por energia. A frequência de inadequação foi estimada pelo método do National Cancer Institute (Estados Unidos). Na coorte A, a inadequação da ingestão de vitamina D não diferiu entre os trimestres; na B, houve redução: 99,7% no 1º para 97,1% no 3º trimestre. Nas coortes A e B, a inadequação da ingestão de cálcio esteve acima de 70%, caindo discretamente do 1º (89,2% e 81,4%) para o 2º (79,7 e 69,1%) e 3º trimestres (82,7% e 72,6%). Não houve correlação entre as variáveis maternas e a ingestão desses micronutrientes. Conclui-se que há um quadro grave de inadequação da ingestão de vitamina D e cálcio, homogeneamente distribuído entre as gestantes assistidas na rede básica de saúde.

This study aimed to identify the prevalence of inadequate calcium and vitamin D dietary intake and related factors in two cohorts of pregnant women according to trimester of pregnancy. Two 24-hour dietary recall tests were taken in each trimester, one pertaining to weekends. Variables significantly correlated with intake of these nutrients were included in a multivariate linear regression model, adjusted for energy. Prevalence of inadequate intake was estimated according to the National Cancer Institute method (United States). In cohort A, inadequate vitamin D did not differ between trimesters; in B there was a reduction: from 99.7% in the first trimester to 97.1% in the third. In cohorts A and B, inadequate calcium intake exceeded 70%, falling slightly from the first (89.2% and 81.4%) to the second (79.7% and 69.1%) and third trimesters (82.7% and 72.6%). There was no correlation between maternal variables and the intake of these micronutrients. In conclusion, intake of vitamin D and calcium is seriously inadequate and distributed homogeneously among pregnant women in the primary healthcare network.

Este estudio tuvo como objetivo identificar la prevalencia de inadecuación en la ingestión, por trimestre, de calcio y vitamina D, en dos cohortes de gestantes, además de los factores correlacionados con esta ingestión. Se recogieron dos recordatorios alimentarios de 24 horas durante cada trimestre, uno de ellos relativo al fin de semana. Se incluyeron variables en correlación significativa con la ingestión de esos nutrientes, en el modelo de regresión lineal multivariante, con ajuste por energía. La frecuencia de inadecuación fue estimada por el método del National Cancer Institute (Estados Unidos). En la cohorte A, la inadecuación de la ingestión de vitamina D no difirió entre los trimestres; en la B, hubo reducción: un 99,7% durante el 1º, frente a un 97,1% en el 3º trimestre. En las cohortes A y B, la inadecuación en la ingestión de calcio estuvo por encima de un 70%, cayendo discretamente del 1º (89,2% y 81,4%), al 2º (79,7 y 69,1%) y 3º trimestres (82,7% e 72,6%). No hubo correlación entre las variables maternas y la ingestión de esos micronutrientes. Se concluye que existe un cuadro grave de inadecuación en la ingestión de vitamina D y calcio, homogéneamente distribuido entre las gestantes asistidas por la red básica de salud.
Descritores: Cálcio na Dieta/administração & dosagem
Ingestão de Energia
Comportamento Alimentar
Vitamina D/administração & dosagem
-Brasil
Registros de Dieta
Estado Nutricional
Paridade
Trimestres da Gravidez
Prevalência
Estudos Prospectivos
Fatores Socioeconômicos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Veiga, Gloria Valeria da
Texto completo
Id: biblio-828398
Autor: Monteiro, Luana Silva; Rodrigues, Paulo Rogerio Melo; Veiga, Gloria Valeria da; Marchioni, Dirce Maria Lobo; Pereira, Rosangela Alves.
Título: Diet quality among adolescents has deteriorated: a panel study in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil, 2003-2008 / A queda na qualidade da alimentação dos adolescentes brasileiros: um estudo de painel em Niterói, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, 2003-2008 / La caída en la calidad de la alimentación de los adolescentes brasileños: un estudio de panel en Niterói, Estado de Río de Janeiro, Brasil, 2003-2008
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;32(12):e00124715, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to analyze changes in the diet quality of adolescents from public schools in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil, over a five-year period. Data on the food consumption of adolescents (12-19 years) were obtained by means of two sets of 3-day food records in two school-based, cross-sectional studies conducted in 2003 and 2008. The Brazilian Revised Healthy Eating Index (BHEI-R) was used to estimate dietary quality. From 2003 to 2008 there was an overall decrease in the scores attributed to "total vegetables", "dark green and orange vegetables", and "meat, eggs, and legumes", but there was an increase in the score for "milk and dairy" (4.0 vs. 5.2; p < 0.01). Among female adolescents, the BHEI-R decreased (64.1 vs. 62.4; p = 0.04), as did the scores attributed to "total vegetables", "dark green and orange vegetables", "meat, eggs, and legumes", and "solid fat, alcohol, and added sugar". In contrast, among males, only the "whole grains" score decreased (0.2 vs. 0.1; p = 0.04). From 2003 to 2008, the diet quality of female public school students declined in Niterói.

O estudo teve como objetivo analisar as mudanças na qualidade da dieta de adolescentes matriculados em escolas públicas em Niterói, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, ao longo de cinco anos. Os dados sobre consumo alimentar dos adolescentes (12-19 anos de idade) foram obtidos através de dois conjuntos de registros alimentares de três dias em dois estudos transversais de base escolar, em 2003 e 2008. O Índice Brasileiro de Alimentação Saudável (IAS-R) versão revisada, foi utilizado para estimar a qualidade da dieta. Entre 2003 e 2008, houve uma queda geral na pontuação atribuída a "total de verduras e hortaliças", "verduras e hortaliças de cor laranja" e "carne, ovos e legumes", mas houve um aumento no consumo de "leite e laticínios" (4,0 vs. 5,2; p < 0,01). Entre adolescentes femininas, houve uma queda do IAS-R (64,1 vs. 62,4; p = 0,04), assim como, do consumo de "total de verduras e hortaliças", "verduras e hortaliças de cor laranja", "carne, ovos e legumes" e "gordura sólida, álcool e açúcar". Por outro lado, entre adolescentes masculinos, houve uma queda apenas no consumo de "cereais integrais" (0,2 vs. 0,1; p = 0,04). Entre 2003 e 2008, a qualidade da dieta de adolescentes femininas deteriorou em Niterói.

El estudio tuvo como objetivo analizar los cambios en la calidad de la dieta de adolescentes matriculados en escuelas públicas en Niterói, Estado de Río de Janeiro, Brasil, a lo largo de cinco años. Los datos sobre consumo alimentario de los adolescentes (12-19 años de edad) fueron obtenidos a través de dos conjuntos de registros alimentarios de tres días, en dos estudios transversales de base escolar, en 2003 y 2008. El Índice Brasileño de Alimentación Saludable (IAS-R), versión revisada, se utilizó para estimar la calidad de la dieta. Entre 2003 y 2008, hubo una caída general en la puntuación atribuida al "total de verduras y hortalizas", "verduras y hortalizas de color naranja" y "carne, huevos y legumbres", pero hubo un aumento en el consumo de "leche y lácteos" (4,0 vs. 5,2; p < 0,01). Entre adolescentes femeninas hubo una caída del IAS-R (64,1 vs. 62,4; p = 0,04), así como, del consumo de "total de verduras y hortalizas", "verduras y hortalizas de color naranja", "carne, huevos y legumbres" y "grasa sólida, alcohol y azúcar". Por otro lado, entre adolescentes masculinos, hubo una caída sólo en el consumo de "cereales integrales" (0,2 vs. 0,1; p = 0,04). Entre 2003 y 2008, la calidad de la dieta de adolescentes femeninas se deterioró en Niterói.
Descritores: Registros de Dieta
Inquéritos sobre Dietas
Ingestão de Energia
Comportamento Alimentar
-Brasil
Estudos Transversais
Dieta/tendências
Estudantes
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-774631
Autor: Rodrigues, Paulo Rogério Melo; Souza, Rita Adriana Gomes de; Cnop, Mara Lima De; Monteiro, Luana Silva; Coura, Camila Pinheiro; Brito, Alessandra Page; Pereira, Rosangela Alves.
Título: Dietary quality varies according to data collection instrument: a comparison between a food frequency questionnaire and 24-hour recall / A qualidade da dieta varia de acordo com o instrumento de obtenção de dados: comparação entre questionário de frequência alimentar e recordatório de 24 horas / La calidad de la dieta varía de acuerdo a lo instrumento de obtención de datos: comparación de cuestionario de frecuencia alimentaria y recordatorio de 24 horas
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;32(2):e00047215, 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract The objective of this study was to assess the agreement between the Brazilian Healthy Eating Index – Revised (BHEI-R), estimated by a food frequency questionnaire (FFQ) and multiple 24-hour recalls (24h-R). The Wilcoxon paired test, partial correlations (PC), intraclass correlation coefficient (ICC), and Bland-Altman method were used. The total BHEI-R scores and its components (“total fruits”, “whole fruits”, “total vegetables”, “integral cereals”, “saturated fat”, “sodium”, and “energy intake derived from solid fat, added sugar, and alcoholic beverages”) were statistically different, with the ICC and PC indicating poor concordance and correlation. The mean concordance estimated for the total BHEI-R and its components varied from 68% for “integral cereals” to 147% for “whole fruits”. The suitable concordance limits were violated for most of the components of the BHEI-R. Poor concordance was observed between the BHEI-R estimated by the FFQ and by multiple 24h-R, which indicated a strong reliability of the BHEI-R on the instrument used to collect information on food consumption.

Resumo O objetivo do estudo foi avaliar a concordância entre o Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R), estimado por questionário de frequência alimentar (QFA) e recordatório de 24 horas (R24h). O teste de Wilcoxon, correlações parciais (CP), coeficiente de correlação intra-classe (CCI) e o método Bland-Altman foram usados. Os escores totais do IQD-R e seus componentes (“frutas totais”, “frutas inteiras”, “vegetais totais”, “cerais integrais”, “gordura saturada”, “sódio” e “ingestão de energia derivada de gordura sólida, adicionados de açúcar e bebidas alcoólicas” foram estatisticamente diferentes, com o CCI e as CP indicando baixa concordância e correlação. A concordância média estimada para o IQD-R total e seus componentes variou de 68% para “cereais integrais” e 147% para as “frutas inteiras”. Os limites adequados de concordância foram ultrapassados para a maior parte dos componentes do IQD-R. Observou-se baixa concordância entre o IQD-R estimado pelo QFA e por múltiplos R24h, o que indica uma forte confiabilidade do IQD-R no instrumento usado para coletar informações sobre o consumo alimentar.

Resumen El objetivo del estudio fue evaluar la correlación entre el Índice de Calidad de la Dieta Revisado (ICD-R), estimado por cuestionario de frecuencia de alimentos (CFA) y recordatorio de 24 horas (R24h). Se utilizó la prueba de Wilcoxon, correlaciones parciales (CP), coeficiente de correlación intraclase (CCI) y el método de Bland-Altman. Las puntuaciones totales del ICD-R y sus componentes (“total de frutas”, “frutas enteras”, “vegetales totales”, “granos integrales”, “grasa saturada”, “sodio” y “consumo de energía derivada de grasa sólida, agregado de azúcar y alcohol”) fueron estadísticamente diferentes, con el CCI y el CP indicando baja concordancia y correlación. La concordancia media estimada para el ICD-R total y sus componentes varió de 68% para los “granos integrales” y 147% para las “frutas enteras”. Los límites adecuados de concordancia fureon excedidos para la mayor parte de los componentes del ICD-R. Se observó baja concordancia entre el ICD-R estimado por el CFA y múltiples R24h, lo que indica una fuerte confiabilidad del ICD-R en el instrumento que se utiliza para recopilar información sobre el consumo de alimentos.
Descritores: Registros de Dieta
Inquéritos sobre Dietas/métodos
Dieta/normas
Ingestão de Energia
-Inquéritos sobre Dietas/instrumentação
Rememoração Mental
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Tempo
Limites: Adolescente
Criança
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudos de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Wagner, Mário Bernardes
Texto completo
Id: lil-769794
Autor: Sparrenberger, Karen; Friedrich, Roberta Roggia; Schiffner, Mariana Dihl; Schuch, Ilaine; Wagner, Mário Bernardes.
Título: Consumo de alimentos ultraprocessados entre crianças de uma Unidade Básica de Saúde / Ultra-processed food consumption in children from a Basic Health Unit
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);91(6):535-542, nov.-dez. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Resumo Objetivos Avaliar a contribuição dos alimentos ultraprocessados no consumo alimentar de crianças pertencentes à área de abrangência de uma unidade básica de saúde e os fatores associados. Método Estudo transversal com amostra de conveniência de 204 crianças, entre dois a 10 anos, no Sul do Brasil. O consumo alimentar das crianças foi obtido por meio do Recordatório Alimentar de 24 horas e, posteriormente, os alimentos foram classificados em minimamente processados, processados para culinária e ultraprocessados. Um questionário semiestruturado foi aplicado para a coleta das variáveis sociodemográficas e antropométricas. O excesso de peso das crianças foi definido por meio do escore Z > 2 para menores de cinco anos e Z > +1 para entre cinco e 10 anos segundo o Índice de Massa Corporal para idade. Resultados A frequência de excesso de peso foi de 34% (IC95%: 28% a 41%). O consumo médio de energia foi de 1.672,3 kcal/dia, 47% (IC95%: 45% a 49%) provenientes dos ultraprocessados. No modelo de regressão linear múltipla, a escolaridade materna (r = 0,23; p = 0,001) e a idade da criança (r = 0,40; p < 0,001) foram associados à maior contribuição percentual dos ultraprocessados na alimentação (R = 0,42; p < 0,001). Adicionalmente foi observada uma tendência linear significativa para maior consumo de ultraprocessados quando os dados foram estratificados pela idade da criança e nível de escolaridade materna (p < 0,001). Conclusões A contribuição dos ultraprocessados é expressiva na alimentação infantil e a idade da criança mostrou-se como fator associado mais importante para o consumo desses produtos.

Abstract Objectives To evaluate the contribution of ultra-processed food (UPF) on the dietary consumption of children treated at a Basic Health Unit and the associated factors. Methodology Cross-sectional study carried out with a convenience sample of 204 children, aged 2-10 years old, in Southern Brazil. Children's food intake was assessed using a 24-h recall questionnaire. Food items were classified as minimally processed, processed for culinary use, and ultra-processed. A semi-structured questionnaire was applied to collect socio-demographic and anthropometric variables. Overweight in children was classified using a Z score >2 for children younger than 5 and Z score >+1 for those aged between 5 and 10 years, using the body mass index for age. Results Overweight frequency was 34% (95% CI: 28-41%). Mean energy consumption was 1672.3 kcal/day, with 47% (95% CI: 45-49%) coming from ultra-processed food. In the multiple linear regression model, maternal education (r = 0.23; p = 0.001) and child age (r = 0.40; p < 0.001) were factors associated with a greater percentage of UPF in the diet (r = 0.42; p < 0.001). Additionally, a statistically significant trend for higher UPF consumption was observed when data were stratified by child age and maternal educational level (p < 0.001). Conclusions The contribution of UPF is significant in children's diets and age appears to be an important factor for the consumption of such products.
Descritores: Ingestão de Energia
Comportamento Alimentar
Fast Foods/estatística & dados numéricos
Obesidade/etiologia
-Brasil/epidemiologia
Estudos Transversais
Registros de Dieta
Fast Foods/efeitos adversos
Obesidade/epidemiologia
Inquéritos e Questionários
Limites: Adulto
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-767133
Autor: Mannato, Livia Welter; Pereira, Taisa Sabrina Silva; Velasquez-Melendez, Gustavo; Cardoso, Letícia de Oliveira; Benseñor, Isabela Martins; Molina, Maria del Carmen Bisi.
Título: Comparison of a short version of the Food Frequency Questionnaire with its long version - a cross-sectional analysis in the Brazilian Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil) / Comparação da versão curta com a versão longa do Questionário de Frequência Alimentar - análise transversal no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil)
Fonte: Säo Paulo med. j;133(5):414-420, Sept.-Oct. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT CONTEXT AND OBJECTIVE: The food frequency questionnaire (FFQ) is the preferred instrument for obtaining dietary information in epidemiological studies. A short form of the FFQ was compared with the original version that was used in the Brazilian Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil), and also with three 24-hour dietary recalls. DESIGN AND SETTING: Cross-sectional study carried out in six Brazilian state capitals. METHODS: Multiple linear regression was used to reduce the original food and drink list of the FFQ, which had contained 114 food items. The frequency of consumption and nutritional composition of the foods were also taken into consideration. To assess the validity of the shortened FFQ, the energy and nutrients values of the 24-hour dietary recalls were deattenuated and log-transformed. RESULTS: The list of the FFQ of ELSA-Brasil was reduced to 76 food items. The intraclass correlation coefficients in the validation study ranged from 0.17 (selenium) to 0.66 (calcium). CONCLUSIONS: The number of items was reduced by 33%, while still maintaining relatively good capacity to measure energy and selected nutrients.

RESUMO CONTEXTO E OBJETIVO: O Questionário de Frequência Alimentar (QFA) tem sido o instrumento de escolha para a obtenção de informações dietéticas em estudos epidemiológicos. Uma forma abreviada do questionário foi comparada com a versão original do QFA utilizada no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), e também contra três registros alimentares (RA) de 24 horas. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal realizado em seis capitais brasileiras. MÉTODOS: Para redução da lista original de alimentos e bebidas do QFA, que contém 114 itens alimentares, foi empregada regressão linear múltipla, tendo sido consideradas também a frequência de consumo e a composição nutricional dos alimentos. Para avaliação da validade do QFA reduzido, os valores de energia e nutrientes dos registros alimentares de 24 horas foram "deatenuados" e "log-transformados". RESULTADOS: A lista do QFA ELSA-Brasil foi reduzida para 76 itens alimentares. No estudo de validade, os coeficientes de correlação intraclasse variaram de 0,17 (selênio) a 0,66 (cálcio). CONCLUSÃO: A redução dos itens foi de 33% e ainda assim foi possível manter a capacidade de medir relativamente bem energia e nutrientes selecionados.
Descritores: Inquéritos sobre Dietas/métodos
Inquéritos sobre Dietas/normas
Dieta/estatística & dados numéricos
-Brasil
Registros de Dieta
Métodos Epidemiológicos
Comportamento Alimentar
Valores de Referência
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Tempo
Limites: Adulto
Idoso
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Id: lil-740236
Autor: Vargas-Hernández, Gabriela; Romero-Velarde, Enrique; Vásquez-Garibay, Edgar M; Vizmanos-Lamotte, Bárbara; Troyo-Sanromán, Rogelio.
Título: Ingestión de calcio y adiposidad en adolescentes de 12 a 16 años en Guadalajara, México / Calcium intake and adiposity in adolescents aged 12- 16 years in Guadalajara, Mexico
Fonte: Arch. latinoam. nutr;63(2):157-163, June 2013. tab.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo del trabajo fue evaluar la asociación entre el consumo de calcio (Ca) y adiposidad en un grupo de adolescentes. Se realizó un estudio transversal en 125 adolescentes de 12 a 16 años. El consumo de Ca se evaluó por encuestas alimentarias de recordatorio de 24 horas y frecuencia de consumo de alimentos. Se midió la adiposidad por métodos antropométricos e impedancia bioeléctrica (IBE). Se identificó la relación entre el consumo de Ca y adiposidad mediante correlación simple; se realizaron modelos multivariados ajustados al consumo de energía, edad, sexo y menarquía. El promedio de edad fue de 13.5 ± 0.8 años. Se identificó correlación negativa entre el consumo de Ca y los indicadores antropométricos peso, pliegues cutáneos, índice de masa corporal, masa grasa y porcentaje de grasa (los dos últimos por IBE y solamente en mujeres). El análisis multivariado, que incluyó el consumo de energía, no demostró asociación entre el consumo de Ca y adiposidad. En conclusión, el consumo de Ca no se asocia a adiposidad en adolescentes; los modelos multivariados mostraron que el consumo total de energía y la menarquía son las variables que muestran mayor asociación con adiposidad en esta etapa de la vida.

The purpose was to evaluate the association between calcium (Ca) intake and adiposity in adolescents. A cross-sectional study of 125 adolescents 12 to 16 years. Ca intake was evaluated by 24-hour recall dietary surveys and food frequency consumption. Adiposity was measured by anthropometric methods and bioelectrical impedance (BIA). The association between Ca intake and adiposity was identified by simple correlation and multivariate models adjusted to energy consumption, age, sex and menarche. Mean age of adolescents was 13.5 ± 0.8 years. A negative correlation was identified between Ca intake and anthropometric indicators weight, skinfolds, body mass index, fat mass and percentage of fat (the latter two by BIA and only in women). Multivariate analysis, including energy consumption showed no association between Ca intake and adiposity. In conclusion, Ca consumption does not associate with adiposity in adolescents; multivariate models showed that energy intake and menarche are the variables that show a higher association with adiposity at this stage of life.
Descritores: Adiposidade
Cálcio na Dieta/metabolismo
Ingestão de Energia
-Índice de Massa Corporal
Estudos Transversais
Cálcio na Dieta/administração & dosagem
Registros de Dieta
Menarca
México
Limites: Adolescente
Criança
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  10 / 72 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Anjos, Luiz Antonio dos
Texto completo
Id: lil-725850
Autor: Bonatto, Simone; Henn, Ruth Liane; Olinto, Maria Teresa Anselmo; Anjos, Luiz Antonio dos; Wahrlich, Vivian; Waissmann, William.
Título: Reprodutibilidade, validade relativa e calibração de um questionário de frequência alimentar para adultos da Região Metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil / Reproducibility, relative validity, and calibration of a food-frequency questionnaire for adults in Greater Metropolitan Porto Alegre, Rio Grande do Sul State, Brazil / Reproducibilidad, validez relativa y calibración de un cuestionario de frecuencia alimentaria para adultos de la región metropolitana de Porto Alegre, Río Grande do Sul, Brasil
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;30(9):1837-1848, 09/2014. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Capes no Programa Nacional de Cooperação Acadêmica; . Capes no Programa Nacional de Cooperação Acadêmica; . Capes no Programa Nacional de Cooperação Acadêmica; . Capes no Programa Nacional de Cooperação Acadêmica.
Resumo: Este estudo testou reprodutibilidade e validade relativa, e estimou fatores de calibração de um QFA (questionário de frequência alimentar) com 120 itens alimentares, em 128 adultos. Aplicou-se um QFA e três inquéritos recordatórios de 24hs (IR24h). A validade foi testada pelo método de Bland-Altman, correlação intraclasse (CCI), classificação em quartos de ingestão e kappa ponderado. Os fatores de calibração foram estimados por meio de regressão linear, com os valores de ingestão alimentar do IR24h como variável dependente e os valores do QFA como variável independente. O QFA subestimou a ingestão da maioria dos nutrientes em relação ao IR24h. O CCI corrigido para energia e deatenuado variou de 0,19 (zinco) a 0,82 (cálcio). Trinta e sete por cento dos indivíduos foram classificados no mesmo quarto, com valor médio de kappa de 0,28 (zinco: 0,08; cálcio: 0,49). Os maiores fatores de calibração foram 0,48 (cálcio), 0,47 (potássio) e 0,44 (carboidratos), e o menor fator foi 0,10 (retinol). Esse QFA demonstrou validade relativa satisfatória e valores de ingestão de energia e nutrientes calibrados semelhantes ao IR24h.

This study tested the relative validity and estimated calibration factors of a food-frequency questionnaire (FFQ) with 120 food items in 128 adults. We applied one FFQ and three 24h recalls. Validity was tested by the Bland-Altman method, intraclass correlation coefficient (ICC), classification in quartile categorization, and weighted kappa. Calibration factors were estimated by linear regression, with 24h recall of food intake as the dependent variable and the FFQ values as the independent variable. FFQ underestimated the nutrient intake when compared to 24h recall. The energy-adjusted and de-attenuated ICC ranged from 0.19 (zinc) to 0.82 (calcium). 37% of subjects were classified in the same quartile, with mean kappa of 0.28 (zinc: 0.08; calcium: 0.49). The highest calibration factors were 0.48 (calcium), 0.47 (potassium), and 0.44 (carbohydrates), and the lowest was 0.10 (retinol). FFQ showed satisfactory relative validity and calibrated energy and nutrient intake values similar to 24h recall.

Se evaluó la validez relativa y se obtuvieron los factores de calibración de un cuestionario de frecuencia alimentaria (CFA) con 120 alimentos en 128 adultos. Se aplicó un CFA y tres recuerdos de 24 horas (R24h). La validez se evaluó mediante el método de Bland-Altman, correlación intraclase (CCI), clasificación en cuartil de ingesta, y kappa ponderado. Los factores de calibración se estimaron por regresión lineal, con los valores del R24h como la variable dependiente y los valores de los CFA como la variable independiente. El CFA subestimó la ingesta de nutrientes en relación con R24h. El CCI corregido para la energía y desatenuado osciló entre 0,19 (zinc) y 0,82 (calcio). Un 37% de los sujetos fueron clasificados en el mismo cuartil de ingesta, con un valor promedio de kappa de 0,28 (zinc: 0,08; calcio: 0,49). Los mayores factores de calibración fueron 0,48 (calcio), 0,47 (potasio) y 0,44 (carbohidrato), y el factor más bajo fue de 0,10 (retinol). Este CFA demostró validez satisfactoria y los valores relativos de la ingesta de energía y nutrientes similares al R24h calibrado.
Descritores: Registros de Dieta
Ingestão de Energia
Comportamento Alimentar
Inquéritos e Questionários/normas
-Brasil
Calibragem
Estudos Longitudinais
Reprodutibilidade dos Testes
População Urbana
Limites: Adulto
Idoso
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde