Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.452.871.900 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 224 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 23 ir para página                         

  1 / 224 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046436
Autor: Santos, Bruna Silva dos 1: Faculdades Pequeno Príncipe ( FPP ), Curitiba, PR, Brasil p: BR c: São Paulo r: aut Bueno, Karine Scharneski 1: Faculdades Pequeno Príncipe ( FPP ), Curitiba, PR, Brasil p: BR c: Curitiba r: aut Bizinelli, Tayciele Quintana Bizinelli 1: Faculdades Pequeno Príncipe ( FPP ), Curitiba, PR, Brasil p: BR c: Curitiba r: aut Ribeiro, Elaine Rossi 1: Faculdades Pequeno Príncipe ( FPP ), Curitiba, PR, Brasil p: BR c: Curitiba r: aut(edt).
Título: A segurança no transporte do paciente crítico em ambiente intra-hospitalar: uma revisão integrativa / Transport safety of the critical patient in intrahospital environment: an integrative review
Fonte: Revista Espaço para a Saúde;20(2):[90-107], dez.2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Conhecer os principais riscos relacionados à segurança do paciente no transporte intra-hospitalar. Método: Trata-se de uma revisão integrativa, que utilizou os descritores: segurança do paciente, Cuidados críticos e transporte intra-hospitalar. Resultados: Analisaramse 12 artigos, todos na língua portuguesa, selecionados nas bases de dados BVS, CAPES e Google Acadêmico, delimitados ao período de 2010 a 2019. Conclusão: A alta incidência de eventos adversos em pacientes críticos durante o transporte intra-hospitalar torna imperativa a criação de protocolos institucionais para auxiliar e padronizar o transporte, minimizando erros e favorecendo uma prática segura.
Descritores: Gestão da Segurança
Continuidade da Assistência ao Paciente
Prevenção de Acidentes
Instalações de Saúde
Responsável: BR2497.1 - Biblioteca


  2 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1045924
Autor: Santos, Tatiane Santiago.
Título: Cair, um estudo diagnóstico de enfermagem sobre quedas: indicadores de cuidados dentro e fora do hospital / Fall, a nursing diagnosis study on falls: indicators of care inside and outside the hospital.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 20180000. 49 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Cair é uma situação que interessa a enfermagem e uma preocupação geral quando se trata principalmente de idosos, cujo os dados estatísticos mostram um aumento significativo no mundo e principalmente no Brasil. OBJETIVOS: Fazer um diagnóstico sobre quedas de clientes e que motivos são desencadeadores delas. Identificar os fatores de risco associados à ocorrência de queda dentro e fora do hospital. Propor um jogo educativo de prevenção de quedas de clientes, dentro e fora do hospital. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo de abordagem descritiva, qualitativa, de intenção diagnóstica, que foi realizado com clientes internados em um hospital de ensino situado no Rio de Janeiro. RESULTADOS: Foram entrevistados 14 clientes. Quanto a presença de quedas, 43% relataram ter caído fora do ambiente hospitalar, 7% dentro do ambiente hospitalar, 7% dentro e fora do ambiente hospitalar. Durante a pesquisa foi possível observar 4 banheiros reservados para uso dos pacientes, o qual 3 (75%) destes não apresentavam piso antiderrapante e 100% não possuíam barras de apoio. Já em relação ao ambiente fora da unidade hospitalar, podemos observar ruas e calçadas irregulares e com buracos, má iluminação no período noturno, além de outros fatores que podem colaborar para queda de um indivíduo. CONCLUSÃO: Ao não determinar a idade do sujeito pudemos fazer um diagnóstico de intenção coletiva e descobrir determinantes na doença e nos espaços, indutores de ação e de educação em saúde na prevenção de quedas. Toda intervenção, orientação ou educação para saúde ­ não cair ­ fazem parte das prescrições de cuidados e avaliação das respostas. Toda intervenção na prevenção de quedas na rua ou em casa devem ser articuladas com todos os espaços por onde o cliente anda
Descritores: Acidentes por Quedas
Gestão da Segurança
Segurança do Paciente
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  3 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1026550
Autor: Costa, Claudia Novais Dias da.
Título: Sistema de notificação de incidentes em saúde: proposta de plano de ação / Health incident reporting system: proposed action plan.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 20190000. 117 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Objetivo: Propor um plano de ação para estimular a notificação voluntária de incidentes em saúde, dentro de uma perspectiva facilitadora e motivadora do processo. Tipologia/Estratificação do produto: Trata-se do desenvolvimento de tecnologia gerencial, com abordagem interdisciplinar, produto do tipo de processo/tecnologia não patenteável, subtipo processos de gestão, classificação T3. Método: pesquisa de natureza descritiva-exploratória com abordagem quantiqualitativa, desenvolvida em um hospital universitário do município do Rio de Janeiro vinculado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Na construção metodológica foi utilizado o referencial de Cury (2017), sendo aplicadas as fases: Fase 1 ­ Diagnóstico situacional das causas e a Fase 2 ­ Estudo da solução do problema. Na Fase 1, foram analisadas 534 notificações voluntárias e realizada pesquisa com 25 profissionais de saúde da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Adulto com a utilização de questionário autoaplicado. Na Fase 2, foi utilizada a matriz Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats (SWOT) e o software Planilha de Análise SWOT 4.0 para direcionar a elaboração do plano de ação. Resultados: A subnotificação é um problema no cenário estudado. A ideologia de culpabilização e punição frente aos eventos está presente na instituição. O desconhecimento quanto à importância e ao processo de notificação local, assim como quanto aos incidentes notificáveis, está entre as principais barreiras para a adesão ao sistema de notificação. Conclusão, aplicabilidade e impacto: O conjunto da análise dos elementos identificados, no cenário pesquisado, permitiu determinar causas importantes por trás da subnotificação. A partir dos principais problemas, foi elaborado um plano de ação como proposta para a melhoria do sistema de notificação local com propostas de ações multifacetadas e estratégias abrangentes. O plano de ação permitirá uma padronização para a notificação, melhorando a qualidade dos dados, gerando informações mínimas que possibilitem a comparação e o desenvolvimento de análises. As ações definidas foram personalizadas e alicerçadas na real necessidade da instituição pesquisada, apresentando uma maior chance de êxito

Objetivo: Propor um plano de ação para estimular a notificação voluntária de incidentes em saúde, dentro de uma perspectiva facilitadora e motivadora do processo. Tipologia/Estratificação do produto: Trata-se do desenvolvimento de tecnologia gerencial, com abordagem interdisciplinar, produto do tipo de processo/tecnologia não patenteável, subtipo processos de gestão, classificação T3. Método: pesquisa de natureza descritiva-exploratória com abordagem quantiqualitativa, desenvolvida em um hospital universitário do município do Rio de Janeiro vinculado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Na construção metodológica foi utilizado o referencial de Cury (2017), sendo aplicadas as fases: Fase 1 ­ Diagnóstico situacional das causas e a Fase 2 ­ Estudo da solução do problema. Na Fase 1, foram analisadas 534 notificações voluntárias e realizada pesquisa com 25 profissionais de saúde da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Adulto com a utilização de questionário autoaplicado. Na Fase 2, foi utilizada a matriz Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats (SWOT) e o software Planilha de Análise SWOT 4.0 para direcionar a elaboração do plano de ação. Resultados: A subnotificação é um problema no cenário estudado. A ideologia de culpabilização e punição frente aos eventos está presente na instituição. O desconhecimento quanto à importância e ao processo de notificação local, assim como quanto aos incidentes notificáveis, está entre as principais barreiras para a adesão ao sistema de notificação. Conclusão, aplicabilidade e impacto: O conjunto da análise dos elementos identificados, no cenário pesquisado, permitiu determinar causas importantes por trás da subnotificação. A partir dos principais problemas, foi elaborado um plano de ação como proposta para a melhoria do sistema de notificação local com propostas de ações multifacetadas e estratégias abrangentes. O plano de ação permitirá uma padronização para a notificação, melhorando a qualidade dos dados, gerando informações mínimas que possibilitem a comparação e o desenvolvimento de análises. As ações definidas foram personalizadas e alicerçadas na real necessidade da instituição pesquisada, apresentando uma maior chance de êxito
Descritores: Gestão da Segurança
Notificação
Segurança do Paciente
-Qualidade da Assistência à Saúde
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  4 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-978593
Autor: Neves, Teresa; Rodrigues, Vitor; Graveto, João; Parreira, Pedro.
Título: Scale of adverse events associated to nursing practices: a psychometric study in Portuguese hospital context / Escala de eventos adversos associados às práticas de enfermagem: estudo psicométrico em contexto hospitalar português / Escala de eventos adversos asociados a las prácticas de enfermería: estudio psicométrico en contexto hospitalaria portugués
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);26:e3093, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação para a Ciência e a Tecnologia.
Resumo: Objective to contribute to the validation study of the Scale of Adverse Events associated with Nursing Practices in the hospital context. Method cross-sectional study, in public hospital units, in the central and northern regions of Portugal. The exploratory factor analysis of the Scale of Adverse Events associated to Nursing Practices was conducted with a sample of 165 nurses and the confirmatory factorial analysis was made with a sample of 685 nurses. Reliability, internal consistency and construct validity were estimated. The invariance of the model was evaluated in two subsamples to confirm the stability of the factorial solution. Results the global sample consisted of 850 nurses aged between 22 and 59, mostly licensed professionals. The model had a good overall fit in the subscales (Nursing Practices: χ2/df = 2.88, CFI = 0.90, GFI = 0.86, RMSEA = 0.05, MECVI = 3.30; Adverse Events: χ2/df = 4.62, CFI = 0.93, GFI = 0.95, RMSEA = 0.07, MECVI = 0.39). There was a stable factor structure, indicating strong invariance in the subscale Nursing Practices and structural invariance in the subscale Adverse Events. Conclusion the refined model of the Scale of Adverse Events associated with Nursing Practices revealed good fit and stability of the factorial solution. The instrument was adjusted to evaluate the perception of nurses about adverse events associated with health care, precisely nursing care, in the hospital setting.

Objetivo contribuir para o estudo de validação da Escala de Eventos Adversos associados às Práticas de Enfermagem, em contexto hospitalar. Método estudo transversal, em unidades hospitalares públicas, das regiões centro e norte de Portugal. A análise fatorial exploratória da Escala de Eventos Adversos associados às Práticas de Enfermagem foi desenvolvida em uma amostra de 165 enfermeiros e a análise fatorial confirmatória em uma amostra de 685 enfermeiros. Estimou-se a confiabilidade, consistência interna e validade de construto. A invariância do modelo foi avaliada em duas subamostras para confirmar a estabilidade da solução fatorial. Resultados amostra global de 850 enfermeiros, com idades entre 22 e 59 anos, maioritariamente licenciados. Modelo com bom ajustamento global nas subescalas (Práticas de Enfermagem: χ2/df=2,88; CFI=0,90; GFI=0,86; RMSEA=0,05; MECVI=3,30; Eventos Adversos: χ2/df=4,62; CFI=0,93; GFI=0,95; RMSEA=0,07; MECVI=0,39). Estrutura fatorial estável, identificandose invariância de medida forte na subescala Práticas de Enfermagem e, na subescala Eventos Adversos, invariância estrutural. Conclusão o modelo refinado da Escala de Eventos Adversos associados às Práticas de Enfermagem revelou boa qualidade de ajustamento e estabilidade da solução fatorial. O instrumento revelou-se ajustado para avaliar a percepção dos enfermeiros acerca dos eventos adversos associados aos cuidados de saúde, nomeadamente aos cuidados de enfermagem, em contexto hospitalar.

Objetivo contribuir para el estudio de validez de la Escala de Eventos Adversos asociados a las Prácticas de Enfermería, en contexto hospitalario. Método estudio transversal, en unidades hospitalares públicas, de las regiones centro y norte de Portugal. El análisis factorial exploratorio de la Escala de Eventos Adversos asociados a las Prácticas de Enfermería fue desarrollada en una muestra de 165 enfermeros y el análisis factorial confirmatorio en una muestra de 685 enfermeros. Se estimó la confiabilidad, consistencia interna y validez de constructo. La invariancia del modelo fue evaluada en dos sub-muestras, para confirmar la estabilidad de la solución factorial. Resultados muestra global de 850 enfermeros, con edades entre 22 y 59 años, mayoritariamente licenciados. Modelo con buen ajuste global en las sub-escalas (Prácticas de Enfermería: χ2/df=2,88; CFI=0,90; GFI=0,86; RMSEA=0,05; MECVI=3,30; Eventos Adversos: χ2/df=4,62; CFI=0,93; GFI=0,95; RMSEA=0,07; MECVI=0,39). Estructura factorial estable, identificándose invariancia de medida fuerte en la sub-escala Prácticas de Enfermería y en la sub-escala Eventos Adversos, invariancia estructural. Conclusión o modelo refinado da Escala de Eventos Adversos asociados a las Prácticas de Enfermería reveló buena calidad de ajuste y estabilidad de la solución factorial. El instrumento se reveló ajustado para evaluar la percepción de los enfermeros acerca de los eventos adversos asociados a los cuidados de salud, nombradamente a los cuidados de enfermería en el contexto hospitalario.
Descritores: Psicometria/normas
Acidentes por Quedas/prevenção & controle
Inquéritos e Questionários/normas
Gestão da Segurança/normas
Erros Médicos/enfermagem
Lesão por Pressão/prevenção & controle
-Portugal
Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde
Estudos Transversais
Assistência à Saúde
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961160
Autor: Galvão, Taís Freire; Lopes, Marcélia Célia Couteiro; Oliva, Carmen Conceição Carrilho; Araújo, Maria Elizete de Almeida; Silva, Marcus Tolentino.
Título: Patient safety culture in a university hospital / Cultura de segurança do paciente em um hospital universitário / Cultura de seguridad del paciente en un hospital universitario
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);26:e3014, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to assess patient safety culture in a university hospital. Method: cross-sectional study with data collection through the Hospital Survey on Patient Safety Culture applied in electronic device. A total of 381 employees were interviewed, corresponding to 46% of the sum of eligible professionals. Data were analyzed descriptively. the Cronbach's alpha was used to calculate the frequency and reliability. Results: most were women (73%) from the nursing area (50%) and with direct contact with patients (82%). The composites related to "teamwork within units" (58%, α=0.68), "organizational learning - continuous improvement" (58%, α=0.63), "supervisor/manager expectations and actions promoting patient safety" (56%, α=0.73) had higher positive responses. Nine composites had low positive responses, with emphasis on "nonpunitive response to error" (18%, α=0.40). Only the item "in this unit, people treat each other with respect" had positive response above 70%. The patient safety assessment in the work unit was positive for 36% of employees, however only 22% reported events in past year. Conclusion: the findings revealed weaknesses in the safety culture at the hospital, with emphasis on culpability.

RESUMO Objetivo: avaliar a cultura de segurança do paciente em hospital universitário. Método: estudo transversal com coleta de dados por meio do Hospital Survey on Patient Safety Culture aplicado em dispositivo eletrônico. Entrevistaram-se 381 funcionários, correspondendo a 46% do total de profissionais elegíveis. Os dados foram analisados descritivamente, com cálculo de frequências e da confiabilidade pelo alfa de Cronbach. Resultados: a maior parte eram mulheres (73%), da área de enfermagem (50%) e com contato direto com pacientes (82%). As dimensões "trabalho em equipe no âmbito das unidades" (58%, α=0,68), "aprendizado organizacional" (58%, α=0,63), "expectativas e ações dos supervisores e gerentes para promoção da segurança do paciente" (56%, α=0,73) apresentaram maior positividade. Nove dimensões tiveram positividade baixa, com destaque para "respostas não punitivas aos erros" (18%, α=0,40). Somente o item "nesta unidade, as pessoas se tratam com respeito" obteve positividade acima de 70%. A avaliação da segurança do paciente na unidade de trabalho foi positiva para 36% dos funcionários, porém somente 22% informaram ter notificado eventos no último ano. Conclusão: os achados revelam fragilidades na cultura de segurança no hospital, com destaque à culpabilização.

RESUMEN Objetivo: evaluar la cultura de seguridad del paciente en un hospital universitario. Método: estudio transversal con recogimiento de datos por medio del Hospital Surveyon Patient Safety Culture aplicado en dispositivo electrónico. Se entrevistaron 381 funcionarios, correspondiendo a 46% del total de profesionales elegibles. Los datos fueron analizados descriptivamente; fueron calculadas las frecuencias y la confiabilidad con el alfa de Cronbach. Resultados: la mayor parte eran mujeres (73%) del área de enfermería (50%), con contacto directo con pacientes (82%). Las dimensiones "trabajando en equipo dentro de las unidades" (58%, α=0,68), "aprendizaje organizativo - mejorías continuas" (58%, α=0,63), "expectativas y acciones del supervisor para promover la seguridad de los pacientes" (56%, α=0,73), presentaron mayor positividad. Nueve dimensiones tuvieron positividad baja, con destaque para respuesta no punitivas a los errores (18%, α=0,40). Solamente el ítem "en esta unidad, el personal se trata con respeto" obtuvo positividad arriba de 70%. La evaluación de la seguridad del paciente en la unidad de trabajo fue positiva para 36% de los funcionarios; sin embargo, solamente 22% reportaran incidentes en el último año. Conclusión: los hallazgos revelan fragilidades en la cultura de seguridad en el hospital, entre los cuales se destaca la culpabilización.
Descritores: Universidades/organização & administração
Gestão da Segurança/organização & administração
Segurança do Paciente/normas
Administração Hospitalar/normas
-Suíça
Atitude do Pessoal de Saúde
Inquéritos e Questionários
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-767110
Autor: Carvalho, Paloma Aparecida; Göttems, Leila Bernarda Donato; Pires, Maria Raquel Gomes Maia; Oliveira, Maria Liz Cunha de.
Título: Safety culture in the operating room of a public hospital in the perception of healthcare professionals / Cultura de segurança no centro cirúrgico de um hospital público, na percepção dos profissionais de saúde / Cultura de seguridad en el centro quirúrgico de un hospital público, en la percepción de los profesionales de la salud
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);23(6):1041-1048, Nov.-Dec. 2015. tab.
Idioma: es; pt.
Resumo: Objective: to evaluate the perception of healthcare professionals about the safety culture in the operating room of a public hospital, large-sized, according to the domains of the Safety Attitudes Questionnaire (SAQ). Method: descriptive, cross-sectional and quantitative research, with the application of the SAQ to 226 professionals. Descriptive data analysis, instrument consistency and exploratory factor analysis. Results: participants were distributed homogeneously between females (49.6%) and males (50.4%); mean age of 39.6 (SD±9.9) years and length of professional experience of 9.9 (SD±9.2) years. And Cronbach's ( of 0.84. It was identified six domains proposed in the questionnaire: stress perception (74.5) and job satisfaction (70.7) showed satisfactory results; teamwork environment (59.1) and climate of security (48.9) presented scores below the minimum recommended (75); unit's management perceptions (44.5), hospital management perceptions (34.9) and working conditions (41.9) presented the lowest averages. Conclusions: the results showed that, from the perspective of the professionals, there is weakness in the values, attitudes, skills and behaviors that determine the safety culture in a healthcare organization.

Objetivo: avaliar a percepção dos profissionais de saúde sobre a cultura de segurança no centro cirúrgico de um hospital público, de porte especial, segundo domínios do Questionário Atitudes de Segurança (QAS). Método: pesquisa descritiva, transversal, quantitativa, com aplicação do QAS a 226 profissionais. Análise descritiva dos dados, consistência do instrumento e análise fatorial exploratória. Resultados: os participantes distribuíram-se, homogeneamente, entre os sexos feminino (49,6%) e masculino (50,4%); média de idade de 39,6 (DP± 9,9) anos e tempo de atuação de 9,9 (DP±9,2) anos. E ( Cronbach de 0,84. Identificaram-se os seis domínios propostos pelo questionário: percepção do estresse (74,5) e satisfação no trabalho (70,7) apresentaram resultados satisfatórios; clima de trabalho em equipe (59,1) e segurança (48,9) apresentaram escores abaixo do mínimo recomendado (75); percepções da gerência da unidade (44,5), gerência do hospital (34,9) e condições de trabalho (41,9) apresentaram as menores médias. Conclusões: os resultados demonstraram que, na perspectiva dos profissionais, há fragilidade nos valores, atitudes, competências e comportamentos que determinam a cultura de segurança em uma organização de saúde.

Objetivo: evaluar la percepción de los profesionales de la salud acerca de la cultura de seguridad en el centro quirúrgico de un hospital público, de tamaño especial, de acuerdo con los dominios del Cuestionario de Actitudes de Seguridad (CAS). Método: investigación descriptiva, transversal, cuantitativa, con aplicación del CAS a 226 profesionales. Análisis descriptivo de datos, consistencia del instrumento y análisis factorial exploratorio. Resultados: los participantes se distribuyeron de forma homogénea en el sexo femenino (49,6%) y masculino (50,4%); promedio de edad de 39,6 (DE±9,9) años y tiempo de actuación de 9,9 (DE±9,2) años. Y ( de Cronbach de 0,84. Se determinaron los seis dominios propuestos por el cuestionario: percepción del estrés (74,5) y satisfacción en el trabajo (70,7) mostraron resultados satisfactorios; clima de trabajo en equipo (59,1) y seguridad (48,9) presentaron puntuaciones por debajo del mínimo recomendado (75); percepciones de gestión de la unidad (44,5), gestión hospitalaria (34,9) y condiciones de trabajo (41,9) presentaron las puntuaciones medias más bajas. Conclusiones: los resultados mostraron que, desde la perspectiva de los profesionales, hay fragilidad en los valores, actitudes, habilidades y comportamientos que determinan la cultura de seguridad en una organización de salud.
Descritores: Salas Cirúrgicas/normas
Recursos Humanos em Hospital/psicologia
Gestão da Segurança
-Estresse Psicológico
Cultura Organizacional
Atitude do Pessoal de Saúde
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Segurança do Paciente
Engajamento no Trabalho
Hospitais Públicos
Satisfação no Emprego
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-763273
Autor: Luiz, Raíssa Bianca; Simões, Ana Lúcia de Assis; Barichello, Elizabeth; Barbosa, Maria Helena.
Título: Factors associated with the patient safety climate at a teaching hospital / Fatores associados ao clima de segurança do paciente em um hospital de ensino / Factores asociados con el clima de seguridad en un hospital de enseñanza
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);23(5):880-887, Sept.-Oct. 2015. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
Resumo: Objectives: to investigate the association between the scores of the patient safety climate and socio-demographic and professional variables.Methods: an observational, sectional and quantitative study, conducted at a large public teaching hospital. The Safety Attitudes Questionnaire was used, translated and validated for Brazil. Data analysis used the software Statistical Package for Social Sciences. In the bivariate analysis, we used Student's t-test, analysis of variance and Spearman's correlation of (α=0.05). To identify predictors for the safety climate scores, multiple linear regression was used, having the safety climate domain as the main outcome (α=0.01).Results: most participants were women, nursing staff, who worked in direct care to adult patients in critical areas, without a graduate degree and without any other employment. The average and median total score of the instrument corresponded to 61.8 (SD=13.7) and 63.3, respectively. The variable professional performance was found as a factor associated with the safety environment for the domain perception of service management and hospital management (p=0.01).Conclusion: the identification of factors associated with the safety environment permits the construction of strategies for safe practices in the hospitals.

Objetivos: verificar a associação entre os escores do clima de segurança do paciente e as variáveis sociodemográficas e profissionais.Métodos: estudo observacional, seccional e quantitativo, realizado em um hospital público, de ensino e grande porte. Utilizou-se o instrumento Safety Attitudes Questionnaire, traduzido e validado para o Brasil. Para análise dos dados utilizou-se o software Statistical Package for the Social Sciences. Na análise bivariada utilizou-se o teste t de Student, análise de variância e correlação de Sperman ((=0,05). Para identificação dos preditores sobre os escores do clima de segurança utilizou-se a regressão linear múltipla, tendo-se como desfecho principal o domínio clima de segurança ((=0,01).Resultados: a maioria dos participantes era do sexo feminino, da equipe de enfermagem, atuavam na assistência direta com pacientes adultos, em áreas críticas, não possuíam pós-graduação e nem apresentavam outro vínculo empregatício. A média e a mediana do escore geral do instrumento foram de 61,8 (DP=13,7) e 63,3, respectivamente. Encontrou-se como fator associado ao clima de segurança a variável atuação profissional para o domínio percepção da gerência da unidade e do hospital (p=0,01).Conclusão: a identificação dos fatores associados ao clima de segurança permite a construção de estratégias para práticas seguras nas instituições hospitalares.

Objetivos: verificar la asociación entre los scores de seguridad del paciente y las variables sociodemográficas y profesionales.Métodos: estudio observacional, seccional y cuantitativo, desarrollado en un hospital público, de enseñanza y gran tamaño. Fue utilizado el instrumento Safety Attitudes Questionnaire, traducido y validado para Brasil. Para el análisis de los datos, fue utilizado el software Statistical Package for the Social Sciences. En el análisis bivariado, fue utilizada la prueba t de Student, análisis de variancia y correlación Spearman ((=0,05). Para identificar los predictores sobre los scores del de seguridad, fue utilizada la regresión linear múltiple, con el dominio clima de seguridad como desfecho principal (α=0,01).Resultados: la mayoría de los participantes eran mujeres, personal de enfermería, trabajaban en la atención directa a pacientes adultos en áreas críticas, no tenía graduado y no tenía otro empleo. La puntuación total media y la mediana del instrumento fueron 61,8 (DE=13,7) y 63,3, respectivamente. Se encontró como factor asociado con el clima de seguridad la variable desempeño profesional para el dominio percepción de la gestión de la unidad y del hospital (p=0,01).Conclusión: la identificación de los factores asociados con el entorno de seguridad permite la construcción de estrategias para las prácticas seguras en los hospitales.
Descritores: Pessoal de Saúde
Gestão da Segurança/estatística & dados numéricos
Segurança do Paciente
Hospitais de Ensino/normas
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1019732
Autor: Souza, Verusca Soares de; Oliveira, João Lucas Campos de; Costa, Maria Antônia Ramos; Vicente, Grazieli de; Mendonça, Renata Rodrigues; Matsuda, Laura Misue.
Título: Associação entre clima de segurança e a carga de trabalho da enfermagem / Asociación entre clima de seguridad y carga de trabajo de enfermería / Association between safety climate and nursing workload
Fonte: Cogitare enferm;24:e58976, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: verificar a associação entre clima de segurança e carga de trabalho dos profissionais de enfermagem de uma Unidade de Terapia Intensiva. Método: estudo transversal e analítico, com coleta de dados de junho a outubro de 2014, em um hospital público do estado do Paraná, utilizando os instrumentos Safety Attitudes Questionnaire e Nursing Activities Score. Utilizou-se a mediana do Nursing Activities Score da unidade (571 pontos) como ponto de corte e os escores do Safety Attitudes Questionnaire foram dicotomizados entre profissionais submetidos à alta carga de trabalho (>571 pontos). Resultados: obteve-se associação entre três domínios do SAQ: clima de trabalho em equipe (p= 0,010) clima de segurança (p=0,009) e satisfação no trabalho (p-valor 0,020). Conclusão: os resultados podem embasar ações voltadas à obtenção de melhores condições de trabalho e, consequentemente, à satisfação profissional e qualidade do cuidado.

RESUMEN: Objetivo: Verificar la asociación entre clima de seguridad y carga de trabajo de los profesionales de enfermería en una Unidad de Terapia Intensiva. Método: Estudio transversal y analítico, con datos recolectados de junio a octubre de 2014 en hospital público del estado de Paraná, utilizando los instrumentos Safety Attitudes Questionnaire y Nursing Activities Score. Se utilizó la mediana del Nursing Activities Score de la unidad (571 puntos) como punto de corte. Los puntajes del Safety Attitudes Questionnaire fueron clasificados entre profesionales sometidos a alta carga laboral (>571 puntos). Resultados: Se obtuvo asociación entre tres dominios del SAQ: clima de trabajo en equipo (p=0,010), clima de seguridad (p=0,009) y satisfacción laboral (p-valor 0,020). Conclusión: Los resultados pueden constituir la base de acciones orientadas a obtener mejores condiciones laborales y, consecuentemente, satisfacción profesional y calidad de la atención.

ABSTRACT Objective: To verify the association between safety climate and the workload of nursing professionals of an Intensive Care Unit. Method: Cross-sectional analytical study, with data collected from June to October 2014, in a public hospital in the state of Paraná. The Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) and Nursing Activities Score (NAS) instruments were used. The median of the unit's Nursing Activities Score (571 points) was used as cutoff point, and the scores of the Safety Attitudes Questionnaire were dichotomized among professionals under high workload (> 571 points). Results: An association between three domains of the SAQ: teamwork climate (p = 0.010), safety climate (p = 0.009) and job satisfaction (p-value 0.020) was obtained. Conclusion: The findings of this study can serve as a basis for actions aimed at improving working conditions and, consequently, job satisfaction and quality of care.
Descritores: Cultura Organizacional
Enfermagem
Carga de Trabalho
Segurança do Paciente
-Gestão da Segurança
Unidades de Terapia Intensiva
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  9 / 224 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-845309
Autor: Carvalho, Rhanna Emanuela Fontenele Lima de; Arruda, Lidyane Parente; Nascimento, Nayanne Karen Pinheiro do; Sampaio, Renata Lopes; Cavalcante, Maria Lígia Silva Nunes; Costa, Ana Carolina Pinto.
Título: Assessment of the culture of safety in public hospitals in Brazil / Evaluación de la cultura de seguridad en hospitales públicos en Brasil / Avaliação da cultura de segurança em hospitais públicos no Brasil
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);25:e2849, 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação Cearense de Amparo à Pesquisa.
Resumo: ABSTRACT Objective: to assess the culture of safety in three public hospitals. Method: transversal study undertaken in three Brazilian public hospitals, with health professionals through applying the Safety Attitudes Questionnaire (SAQ). Scores greater than or equal to 75 were considered positive. Results: a total of 573 professionals participated in the study, including nurse technicians and auxiliary nurses 292 (51%), nurses 105 (18.3%), physicians 59 (10.3%), and other professionals 117 (20.4%). The mean of the SAQ varied between 65 and 69 in the three hospitals. Among the domains, however, 'Job satisfaction' presented a higher score, and the opposite was observed for the domain 'Perceptions of management'. The outsourced professionals presented a better perception of the culture of safety than did the statutory professionals. The professionals with higher education presented a better perception of the stressing factors than did the professionals educated to senior high school level. Conclusion: the level of the culture of safety found is below the ideal. The managerial actions are considered the main contributing factor to the culture's weakness; however, the professionals demonstrated themselves to be satisfied with the work.

RESUMEN Objetivo: evaluar la cultura de seguridad en tres hospitales públicos. Método: estudio transversal realizado en tres hospitales públicos brasileños, desarrollado con profesionales de la salud aplicando el Safety Attitudes Questionnaire (SAQ). Fueron considerados positivos puntajes mayores o iguales a 75. Resultados: participaron del estudio 573 profesionales, incluyendo técnicos y auxiliares de enfermería 292 (51%), enfermeros 105 (18,3%), médicos 59 (10,3%), y otros profesionales 117 (20,4%). El promedio del SAQ varió entre 65 a 69 en los tres hospitales. Sin embargo, en los dominios, Satisfacción en el Trabajo presentó mayor puntaje y lo opuesto fue observado en el dominio Percepción de la Administración. Los profesionales tercerizados presentaron mejor percepción de la cultura de seguridad que los profesionales estatutarios. Los profesionales de nivel superior presentaron mejor percepción de los factores estresores que los profesionales de nivel medio. Conclusión: el nivel de cultura de seguridad encontrado se encuentra debajo de lo ideal. Las acciones administrativas son consideradas como el principal contribuyente para la fragilidad de la cultura, entretanto los profesionales se demostraron satisfechos con el trabajo.

RESUMO Objetivo: avaliar a cultura de segurança em três hospitais públicos. Método: estudo transversal realizado em três hospitais públicos brasileiros, desenvolvido com profissionais de saúde aplicando-se o Safety Attitudes Questionnaire (SAQ). Foram considerados positivos escores maiores ou iguais a 75. Resultados: participaram do estudo 573 profissionais, incluindo técnicos e auxiliares de enfermagem 292 (51%), enfermeiros 105 (18,3%), médicos 59 (10,3%), e outros profissionais 117 (20,4%). A média do SAQ variou entre 65 a 69 nos três hospitais. No entanto, entre os domínios, Satisfação no trabalho apresentou maior escore e o oposto foi observado no domínio Percepção da gerência. Os profissionais terceirizados apresentaram melhor percepção da cultura de segurança do que os profissionais estatutários. Os profissionais de nível superior apresentaram melhor percepção dos fatores estressores do que os profissionais de nível médio. Conclusão: o nível de cultura de segurança encontrado é abaixo do ideal. As ações gerenciais são consideradas o principal contribuinte para a fragilidade da cultura, entretanto os profissionais demonstraram-se satisfeitos com o trabalho.
Descritores: Atitude do Pessoal de Saúde
Gestão da Segurança
Hospitais Públicos/normas
-Brasil
Estudos Transversais
Autorrelato
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 224 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970776
Autor: Kern, Allan Egon; Feldman, Liliane Bauer; D'Innocenzo, Maria.
Título: Implantação do gerenciamento de riscos num hospital público / Establishment of risk management in a public hospital / Implantación de la gerencia de riesgos en un hospital público
Fonte: Rev. Paul. Enferm. (Online);29(1/3):127-135, nov. 14, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliações de qualidade e auditorias de riscos constituem métodos que estimam o potencial de excelência\r\nhospitalar e a prevenção de danos à saúde. Este artigo de reflexão objetiva a implantação do método\r\nde elaboração do processo de gerenciamento de riscos num hospital geral de São Paulo. Inicialmente\r\nclassificaram-se as categorias dos processos, determinaram-se os resultados esperados e metas de acordo\r\ncom estratégias institucionais. Com o mapeamento dos processos cada ator conheceu; quem faz, o quê e\r\nquando. Isso ajudou a identificação dos clientes e fornecedores internos, os produtos, os pontos críticos\r\ne os riscos associados. A integração entre as áreas foi considerada a etapa de maior dificuldade, pois\r\ndependeu de muita dedicação e da interfuncionalidade de profissionais e setores. A adoção de estratégias simples e claras, alinhadas com planejamento objetivo e sustentável, proporcionou um diferencial\r\nna qualidade da assistência e garantiu um monitoramento eficaz da segurança.

Quality evaluation and risk assessment are methods and procedures that raise the excellence of the hospital\r\nand prevent damage to the health of people. This article considers the establishment of a method and the\r\nelaboration of a process of risk management in a general hospital in Sao Paulo. Firstly, the process categories are classifi ed, the expected results are determined and the aims according to institutional strategy. With the mapping of the process each performer knows who does what and when. This helps in the identifi cation of clients and internal suppliers, the products, the critical points and the associated risks. Integration between these areas was considered the most diffi cult stage, as it depended on great dedication and the interaction of various professionals and sectors. The adoption of clear and simple strategies, in line with sustainable and objective planning, made a big difference to the quality of assistance and guaranteed an effective monitoring of security

Evaluación de calidad y auditorias de los riesgos constituyen métodos que estiman el potencial de la\r\nexcelencia hospitalaria y la prevención de daños a la salud. Este artículo tiene por objetivo reflejar la\r\nimplantación del método de preparación del proceso de gestión del riesgo en un hospital general en\r\nSao Paulo. Inicialmente clasificaron las categorías de los procesos, determinaron los resultados esperados y objetivos de acuerdo con las estrategias institucionales. Con el levantamiento de los procesos\r\ncada actor conoció: quien hace, lo que hace y cuándo. Esto ayudó la identificación de los clientes y\r\nproveedores internos, productos, los puntos críticos y los riesgos asociados. La integración entre las\r\náreas fue considerado el paso más difícil porque dependió de mucha dedicación y la interoperabilidad\r\nde profesionales y los sectores. La adopción de estrategias claras y sencillas, alineadas con planificación\r\nobjetiva y sustentable, proporcionó un diferencial en la calidad de asistencia y garantió un seguimiento\r\neficaz de la seguridad
Descritores: Gestão da Segurança
Gestão da Qualidade
Comportamento de Redução do Risco
Acreditação Hospitalar
Administração Hospitalar
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR30.1 - Biblioteca



página 1 de 23 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde