Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.590.233.727.407 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 336 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 34 ir para página                         

  1 / 336 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1153761
Autor: Gallego, Vicente Marbán; Codorniu, Julia Montserrat; Cabrero, Gregorio Rodríguez.
Título: El impacto de la Covid-19 en la población mayor dependiente en España con especial referencia al sector residencial / The impact of COVID-19 on the elderly dependent population in Spain with special reference to the residential care sector
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;26(1):159-168, jan. 2021. tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Este artículo tiene como objeto analizar la crisis de la atención residencial en España en el contexto de la Covid-19 y su impacto en una elevada mortalidad y el abandono de la población usuaria. Se analizan sus causas inmediatas, mediatas y estructurales. De manera específica se analiza la precariedad en el empleo en las residencias a lo largo de la pasada década como una de las principales causas explicativas de la crisis estructural de las residencias. El enfoque teórico de análisis es el modelo de atención integral y centrada en la persona (AICP) basado en la autonomía de las personas y en la centralidad de sus derechos. La metodología combina el análisis cuantitativo en lo referente al empleo junto con una metodología cualitativa basada en el análisis de documentos y debates. El artículo concluye proponiendo una reforma integral de los cuidados de larga duración que incluya tanto un cambio en la atención residencial bajo la forma de pequeñas unidades de convivencia, como un reforzamiento de la atención en el domicilio y la comunidad en cuanto preferencia creciente la población mayor. La combinación óptima de la atención residencial y domiciliaria es la propuesta básica de este trabajo.

Abstract The objective of this study is to analyze the residential care crisis in Spain in the context of the COVID-19 pandemic and its impact on high mortality and abandonment of the user population. The direct, indirect and structural causes are analyzed. Specifically, precarious employment in residences over the past decade was analyzed as one of the main explanatory causes of the structural crisis of nursing homes. The theoretical focus of analysis is the comprehensive and person-centered care (CPCC) model based on the autonomy of people and the centrality of their rights. The methodology combines a quantitative analysis of employment and a qualitative analysis of documents and debates. The study concludes by proposing a comprehensive reform of long-term care that includes both a change in residential care in the form of small cohabitation units and reinforcement of care in the home and the community as a growing preference for the elderly population. An optimal combination of residential and home care is the basic proposal of this work.
Descritores: Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Pandemias
Betacoronavirus
Instituição de Longa Permanência para Idosos/legislação & jurisprudência
Instituição de Longa Permanência para Idosos/organização & administração
Instituição de Longa Permanência para Idosos/estatística & dados numéricos
Casas de Saúde/legislação & jurisprudência
Casas de Saúde/organização & administração
Casas de Saúde/estatística & dados numéricos
-Espanha/epidemiologia
Distribuição por Sexo
Infecções por Coronavirus/mortalidade
Distribuição por Idade
Assistência Centrada no Paciente
Pesquisa Qualitativa
Emprego
Serviços de Saúde para Idosos/organização & administração
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-726848
Autor: Raffray, Marie; Semenic, Sonia; Osorio Galeano, Sandra; Ochoa Marín, Sandra Catalina.
Título: Barreras y facilitadores para las familias con bebés prematuros que se preparan para el alta de la unidad neonatal. Percepciones del personal de salud / Barreiras e facilitadores para as famílias com bebês prematuros que se preparam para a alta da unidade neonatal. Percepções do pessoal de saúde / Barriers and facilitators to preparing families with premature infants for discharge home from the neonatal unit. Perceptions of health care providers
Fonte: Invest. educ. enferm;32(3):379-392, Sept.-Dec. 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Explorar las percepciones del personal de salud neonatal sobre las barreras y facilitadores para las familias con bebés prematuros que se preparan para el alta de la Unidad de Cuidado Intensivo Neonatal –UCIN-. Metodología. Utilizando un diseño cualitativo descriptivo, se realizaron entrevistas semi-estructuradas a profundidad a 15 profesionales de la salud neonatal en Colombia. Los datos fueron analizados mediante el análisis de contenido. Resultados. Las respuestas de los participantes se centraron en tres temas principales: 1) el establecimiento del vínculo entre padres y el niño, 2) la adquisición de habilidades parentales, y 3) preparación para la transición del hospital al hogar. Las barreras para la preparación de los padres para el egreso del niño, incluyen desde los obstáculos a los padres para la visita en la UCIN, las barreras de comunicación, las dificultades relacionadas con el establecimiento de la lactancia materna exitosa, los recursos insuficientes de personal de salud y escasos vínculos entre el hospital y la comunidad. Los facilitadores fueron la disponibilidad de ayudas sociales para las familias vulnerables, el acceso telefónico de 24 horas a las unidades neonatales, los materiales educativos adaptados, la educación continua para el personal de salud, y la disponibilidad para los padres del Programa Canguro de base comunitaria después del alta. Las madres adolescentes, los padres que trabajan y la familia indígena fueron grupos identificados como particularmente difíciles para que participaran en la preparación del alta. Conclusión. El personal de salud identificó numerosos desafíos, así como estrategias útiles para la preparación de las familias para el alta hospitalaria del prematuro...

Objective. To explore Colombian health care provider perceptions of barriers and facilitators to preparing families with premature infants for discharge home from the neonatal intensive care unit (NICU). Methodology. Using a qualitative descriptive design, in-depth semi-structured interviews were conducted with fifteen neonatal health care providers (HCPs) in Colombia. Data were analyzed using qualitative content analysis. Results. Participant responses centered on three main themes: 1) establishment of the parent-infant bond, 2) acquisition of parenting skills, and 3) getting ready for the transition from hospital to home. Barreirs to preparing parents for NICU discharge included obstacles to parental visiting in the NICU, communication barriers, difficulties related to the establishment of successful breastfeeding, insufficient human resources and poor links between hospital and community-based resources. Facilitators included the availability of social aids for vulnerable families, 24-hour telephone access to the neonatal units, tailored educational materials and group sessions, continuing education for staff and the community-based Kangaroo Program available to parents post-discharge. Adolescent mothers, indigenous parent and working fathers were identified as particularly challenging to reach and engage in discharge preparation. Conclusion. Neonatal HCPs identified numerous challenges as well as helpful strategies for preparing families for hospital discharge. Additional studies are needed on the experience of neonatal discharge from the perspective of parents of premature infants in Colombia, to help inform optimal interventions for supporting families during the transition from hospital to home...

Objetivo. Explorar as percepções do pessoal de saúde neonatal sobre as barreiras e facilitadores para as famílias com bebês prematuros que se preparam para a alta da Unidade de Cuidado Intensivo Neonatal –UCIN-. Metodologia. Utilizando um desenho qualitativo descritivo, realizaram-se entrevistas semiestruturadas a profundidade a 15 profissionais da saúde neonatal na Colômbia. Os dados foram analisados mediante a análise de conteúdo. Resultados. As respostas dos participantes se centraram em três temas principais: 1) o estabelecimento do vínculo entre pais e o menino, 2) a aquisição de habilidades parentais, e 3) preparação para a transição do hospital ao lar. As barreiras para a preparação dos pais para a saída da criança, incluem desde os obstáculos aos pais para a visita na UCIN, as barreiras de comunicação, as dificuldades relacionadas com o estabelecimento da lactância materna exitosa, os recursos insuficientes de pessoal de saúde e escassos vínculos entre o hospital e a comunidade. Os facilitadores foram a disponibilidade de ajudas sociais para as famílias vulneráveis, o acesso telefônico de 24 horas às unidades neonatais, os materiais educativos adaptados, a educação contínua para o pessoal de saúde, e a disponibilidade para os pais do Programa Canguru de base comunitária depois da alta. As mães adolescentes, os pais que trabalham e a família indígena foram grupos identificados como particularmente difíceis para que participassem na preparação da alta. Conclusão. O pessoal de saúde identificou numerosos desafios, bem como estratégias úteis para a preparação das famílias para a alta hospitalar do prematuro. Precisam-se estudos adicionais na experiência da alta neonatal desde a perspectiva dos pais de bebês prematuros na Colômbia, para ajudar a documentar as intervenções ótimas para apoiar às famílias durante a transição do hospital ao lar...
Descritores: Alta do Paciente
Assistência Centrada no Paciente
Terapia Intensiva Neonatal
Enfermagem Neonatal
Limites: Humanos
Responsável: CO103.1 - Biblioteca


  3 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095968
Autor: Wenceslau, Leandro David; Fonseca, Victor Kelles Tupy da; Dutra, Luíza de Alcântara; Caldeira, Letícia Gonçalves.
Título: Um roteiro de entrevista clínica centrada na pessoa para a graduação médica / A patient-centered clinical interview script for medical undergraduate teaching / Un guion de entrevista clínica centrado en la persona para el pregrado en medicina
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;15(42):2154-2154, 20200210. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O ensino de habilidades de comunicação clínica na graduação médica encontra nos princípios e componentes do Método Clínico Centrado na Pessoa (MCCP) uma referência importante para a definição de suas competências. No entanto, mesmo tendo contato com o MCCP em sua formação, é frequente que estudantes de medicina recorram à utilização da anamnese tradicional centrada na agenda médica como um roteiro mais seguro para realização de suas entrevistas. Propomos, como uma hipótese para essa dificuldade dos estudantes, a falta de uma tradução do MCCP em um roteiro padronizado de entrevista médica, especialmente para ensino na graduação. Neste relato, a partir de modelos de entrevista clínica centrada na pessoa (ECCP) selecionados da literatura internacional, apresentamos a primeira etapa de um roteiro de ECCP original, adaptado ao cenário brasileiro. O objetivo deste relato é oferecer uma referência de fácil utilização em língua portuguesa e que possa ser aprimorada pelos profissionais envolvidos com o ensino de comunicação clínica na educação superior no Brasil. Estudos empíricos ainda são necessários para endossar uma utilização mais ampla da proposta aqui apresentada

The teaching of clinical communication skills in medical undergraduate studies finds in the principles and components of the Patient-Centered Clinical Method (PCCM) an important reference to define its competences. However, even having contact with the PCCM in undergraduate teaching, medical students often resort to the traditional medical doctor-centered anamnesis as a safer script for conducting their interviews. We propose, as a hypothesis for this difficulty, the absence of a PCCM translation into a standardized medical interview script, especially for undergraduate teaching. In this report, based on patient-centered clinical interview (PCCI) models selected from the international literature, we present the first step of an original PCCI script, adapted for the Brazilian scenario. This report aims to provide a user-friendly reference in Portuguese that can be improved by professionals involved with the teaching of clinical communication skills in higher education in Brazil. Empirical studies are still needed to support wider use of the proposal presented here.

La enseñanza de las habilidades de comunicación en el pregrado en medicina encuentra en los principios y componentes del Método Clínico Centrado en la Persona (MCCP) una referencia importante para la definición de sus competencias. Sin embargo, incluso teniendo contacto con el MCCP en su formación, es frecuente que los estudiantes de medicina recurran al uso de la anamnesis tradicional centrada en la agenda médica, como un guion más seguro para realizar sus entrevistas. Proponemos, como una hipótesis para esta dificultad de los alumnos, la falta de una traducción del MCCP en un guion estandarizado de entrevista médica, especialmente para la enseñanza en el pregrado. En este relato, a partir de modelos de entrevista clínica centrada en la persona (ECCP) seleccionados de la literatura internacional, presentamos el primer paso de un guion de ECCP original, adaptado al escenario brasileño. El objetivo de este relato es ofrecer una referencia en lengua portuguesa de fácil utilización y que puede ser mejorada por los profesionales involucrados en la enseñanza de la comunicación clínica en la educación superior en Brasil. Todavía se necesitan estudios empíricos para respaldar un uso más amplio de la propuesta que aquí se presenta
Descritores: Estudantes de Medicina
Entrevista
Assistência Centrada no Paciente
Educação Médica
Anamnese
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  4 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1117124
Autor: Silva, Tarciso Feijó da; David, Helena Maria Scherlowski Leal; Romano, Valéria Ferreira.
Título: Análise do acolhimento a partir das relações na Atenção Básica no município do Rio de Janeiro / Reception analysis based on relationships in Primary Care in the city of Rio de Janeiro / Análisis de recepción basado en relaciones em Atención Primaria em la ciudad de Río de Janeiro
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;15(42):2326-2326, 20200210. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar o acolhimento a partir das relações entre os profissionais na Atenção Básica, destacando sua configuração e a posição dos diferentes atores de uma unidade de Atenção Básica em Saúde do município do Rio de Janeiro.Métodos: Estudo de natureza descritiva, com abordagem quantitativa e com participação de 37 profissionais, cuja análise foi desenvolvida pela lente da análise de redes sociais, que permitiu mapear as relações entre os atores a partir do acolhimento e representá-las graficamente. Resultados: A presença de todos os atores na rede pressupõe a existência de vínculos e alguma dinâmica de troca de recurso, conhecimento ou informação, além de movimentos disparados a partir do acolhimento na perspectiva da produção do cuidado. Por sua vez, a centralidade na rede de atores de nível superior, como médicos e enfermeiros e agentes comunitários de saúde ocupando a periferia, convergem para tradução de um cuidado com foco no modelo biomédico. Conclusões: Observou-se relevante papel do acolhimento ao ditar formas de organização e funcionamento, assim como por trazer relevo sobre a produção do cuidado existente no campo, que vai de encontro ao prescrito e institucionalizado nas políticas normativas e distancia-se do acolhimento-ação necessário e esperado para a Atenção Básica em Saúde.

Objective: Analyze the reception based on the relationships between professionals in Primary Care, highlighting its configuration and the position of the different actors in a Primary Health Care unit in the city of Rio de Janeiro.Methods: A descriptive study with a quantitative approach involving 37 professionals, whose analysis was developed through the lens of Social Network Analysis, which allowed the mapping of relationships between the actors from the host and represent them graphically. Results: The presence of all actors in the network presupposes the existence of bonds and some dynamics of exchange of resources, knowledge or information, as well as movements triggered from the reception in the perspective of care production. In turn, the centrality in the network of higher level actors, such as doctors and nurses and community health agents occupying the periphery, converge to translate care focused on the biomedical model. Conclusions:It was observed an important role of the host in dictating forms of organization and operation, as well as bringing emphasis on the production of care in the field, which meets the prescribed and institutionalized in normative policies and away from the host-action necessary and expected for Primary Health Care.

Objetivo: Analizar la recepción em función de las relaciones entre profesionales de Atención Primaria, destacando su configuración y la posición de los diferentes actores en una unidad de Atención Primaria de Salud em la ciudad de Río de Janeiro. Método: Estudio descriptivo com un enfoque cuantitativo enel que participaron 37 profesionales, cuyo análisis se desarrolló a través de la lente del análisis de redes sociales, que permitió el mapeo de las relaciones entre los actores de la recepcióny representar lãs gráficamente. Resultados: La presencia de todos los actores em la red presupone la existencia de lazos y algunas dinámicas de intercambio de recursos, conocimiento o información, así como movimientos desencadenados desde la recepciónen la perspectiva de la producción asistencial. A su vez, la centralidade nla red de actores de nivel superior, como médicos y enfermeras y agentes de salud comunitarios que ocupan la periferia, convergen para traducir la atención centrada enel modelo biomédico. Conclusiones: Se observóun papel importante de la recepción em dictar formas de organización y operación, así como pon er énfasis en la producción de atención enel campo, que cumple com lo prescrito e institucionalizado em las políticas normativas y lejos de larecepción-acción necesaria y esperada para la Atención Primaria de Salud.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Assistência Centrada no Paciente
Acolhimento
Rede Social
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  5 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1117132
Autor: Santos, Adriana Kelly; Mendonça, Erica Toledo de.
Título: Agentes Comunitários de Saúde e o cuidado de quem cuida: trabalho e subjetividade(s) / Community Health Agents and the care of caregivers: work and subjectivity(ies) / Agentes Comunitarios de Salud y la atención de quienes los cuidan: trabajo y subjetividad(es)
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;15(42):2118-2118, 20200210. tab.
Idioma: pt.
Resumo: No biênio 2011-2012, desenvolvemos a oficina "Cuidado de si e do outro no trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS)", destinada à formação e intervenção na rotina laboral dos ACS. Professores e alunos do curso de Medicina de uma universidade pública em Minas Gerais discutiram, no âmbito da oficina, de que modo a criação de espaços de fala demonstrou que o acolhimento para com aquele que cuida é essencial na prática dos ACS. A perspectiva socioanalítica adotada orientou a observação direta das atividades feitas por ACS mulheres, as reuniões de equipe voltadas para uma reflexão teórico-metodológica e a realização da oficina conforme eixos temáticos: Cuidado de Si, Trabalho em Equipe e Conteúdos Técnicos. A partir disso, tecemos cartografias do território geográfico, político e social, conhecemos as trajetórias de vida das ACS e identificamos que a vinculação entre trabalho e subjetividade permitiu a elas, aos alunos e aos professores o exercício da escuta de si e do outro e a vivência do cuidado como trabalho. Concluímos que a oficina se tornou espaço de formação política e gerou modificações no cotidiano das ACS envolvidas.

Between the years 2011-2012, we developed the workshop "The self-care and care of the others in the work of the Community Health Agents (CHA)" aimed at training and intervention in the work of the CHA. Teachers and students of the medical course of a public university in Minas Gerais sought to discuss how the creation of spaces of speech demonstrate that welcoming and caring for those who care is essential in the practice of the CHA. The socio-analysis perspective adopted guided the direct observation of the activities carried out by women CHA, the team meetings focused on a theoretical-methodological reflection and the realization of the workshop according to thematic axes: Self-Care, Teamwork and Technical Contents. From this, we made cartographies of the geographic, political and social territory, we know the life trajectories of the CHA and we identify that the link between work and subjectivity allowed CHA, students and teachers to exercise listening to themselves and the other and the experience of care as work. We concluded that the workshop has become a space for political formation and generated changes in the daily life of the CHA involved.

En el bienio 2011-2012, desarrollamos el taller "Cuidado de sí y del otro en el trabajo de los Agentes Comunitarios de Salud (ACS)", destinada a la formación e intervención em la rutina laboral de los ACS. Los profesores y alumnos del curso de Medicina de una universidad pública en Minas Gerais discutieron, en el ámbito del taller, de qué modo la creación de espacios de habla demostró que la acogida para el que cuida es esencial en la práctica de los ACS. La perspectiva socio-analítica adoptada orientó la observación directa de las actividades realizadas por ACS mujeres, las reuniones de equipo dirigidas a una reflexión teórico-metodológica y la realización del taller según ejes temáticos: Cuidado de sí, Trabajo en Equipo y Contenidos Técnicos. A partir de eso, tecleamos cartografías del territorio geográfico, político y social, conocemos las trayectorias de vida de las ACS e identificamos que la vinculación entre trabajo y subjetividad permitió a ellas, a los alumnos ya los profesores el ejercicio de la escucha de sí y del otro y la vivencia del cuidado como trabajo. Concluimos que el taller se convirtió em espacio de formación política y generó modificaciones em el cotidiano de las ACS involucradas.
Descritores: Análise Socioeconômica
Saúde do Trabalhador
Agentes Comunitários de Saúde
Assistência Centrada no Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  6 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-881063
Autor: Ruben, Roa; Oliveira, Ana Carolina Diniz; Savassi, Leonardo Cançado Monteiro; Souza, Lecticia Cabral de; Dias, Ruth Borges.
Título: Abordagem centrada nas pessoas / Approach focused on people
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;4(16):245-259, nov. 2009. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A Medicina de Família e comunidade pressupõe um novo marco epistemológico que obriga também o uso de instrumentos e ferramentas que se correspondam com ela. Este modelo de atenção permite levar adiante uma consulta onde estejam presentes todas as categorias nas quais se expressa o processo saúde-doença. A Medicina de Família pretende combinar ambas visões e para isto oferece elementos para incorporar a moléstia como parte essencial da nossa sistemática de abordagem do paciente sendo o foco principal a abordagem por problemas, que nada mais é que aquilo que preocupa a pessoa, sua família ou o medico, ou a todos, e as vezes haverá moléstia, em outras doenças e em outras tantas ambas coexistirão. Sabe-se que o impacto de um problema de saúde sobre uma pessoa não só afeta a ela, mas também ao seu entorno. Este por sua vez pode atuar como origem ou perpetuador da crise, ou então servir para ajudar na resolução do conflito. Distintas ferramentas servem para o propósito de conhecer o contexto no qual a crise de saúde se desenvolve, tais como: genograma, ciclo vital individual e familiar. Toda vez que duas pessoas se comunicam, o acordo ou desacordo são variáveis possíveis. Narelação médico-paciente isto não é uma exceção. Os valores, crenças, sentimentos e informações de cada indivíduo são diferentes, e não necessariamente médicos e pacientes estão de acordo em vários pontos durante uma consulta. O objetivo é a necessidade de alcançar um mínimo de acordos para que esta consulta tenha efetividade terapêutica, sendo assim importante encontrar um território comum. As relações em geral envolvem poder, cuidado, sentimentos, confiança e objetivos. O objetivo neste tipo de relação deve ser obviamente compartilhado por ambos, e não pode ser outro que o de conseguir o maior grau de saúde para nosso paciente. Assim, nossa especialidade, considerada de baixa complexidade, transforma-se em uma especialidade de alta complexidade cognitiva, não havendo dúvidas que é muito mais fácil manejar um eletrocardiógrafo que uma consulta médica.

Family and community medicine assumes a new epistemological landmark that also provides the use of instruments and tools related to it. This care model permits carrying out a visit where all categories which the health-disease process is expressed are present. Family Medicine intends to combine both visions and, for such, it gifts elements to incorporate disease as an essential part of our patient's approach systematic being the main focus the approach by problems, which is nothing but that which concerns the individual, his family or the physician, or all of them, and at times there will be nuisances while at other times, there will be diseases, and mil in other instances, all of them will co-exist. It is known that the impact of a health problem on an individual affects not only himself, but also his surroundings. In turn, the environment around this individual can act as the origin or perpetuator of the crisis, or else serve to help in solving the conflict. Distinct tools serve the purpose of knowing the context in which health crisis is developed, such as: genogram, individual and family vital cycle. Every time two people communicate, the agreement or disagreement generate possible variables. In the physician-patient relationship, this is no exception. Values, beliefs, feelings, and information of each individual different and physicians not necessarily in agreement in several issues during a visit. The objective is the need to achieve a minimum of agreements so that this visit has therapeutic effectiveness, thus being if/rpm -taw to find a common territory. Relations in general involve power; care, feelings, trust and goals. The objective in this type of relationship must be obviously shared ly both and cannot be any other than that of achieving, the highest level of health to our patient. So, our specialty, considered of low complexity, becomes a highly cognitive complexity, special and there is no doubt that it is a lot easier to handle an electrocardiograph than a medical visit.
Descritores: Assistência Centrada no Paciente
-Relações Médico-Paciente
Processo Saúde-Doença
Medicina de Família e Comunidade
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  7 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moreira, Martha Cristina Nunes
Texto completo
Id: biblio-1011816
Autor: Fernandez, Herminia Guimarães Couto; Moreira, Martha Cristina Nunes; Gomes, Romeu.
Título: Tomando decisões na atenção à saúde de crianças/adolescentes com condições crônicas complexas: uma revisão da literatura / Making decisions on health care for children / adolescents with complex chronic conditions: a review of the literature
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(6):2279-2292, jun. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O perfil da assistência pediátrica passou por mudanças no Brasil e no mundo. Essa mudança se torna mais visível em pesquisas que tratam de dados de internação hospitalar ou de atenção ambulatorial especializada. Esse fato nos encaminha à ideia de que é nesses espaços que essas crianças e sujeitos que delas cuidam são mais visíveis e negociam decisões. Objetivamos, através de uma revisão da literatura, analisar o estado da arte das discussões e das definições sobre tomada de decisão, fazendo uma interpretação do material produzido à luz das perspectivas teóricas de Mol sobre as lógicas que se desenham a partir dos atores e de suas redes no que se refere à atenção às doenças crônicas; e a perspectiva das trocas de bens de cuidado no diálogo entre Martins e Moreira, acionando a Teoria da Dádiva. Concluímos que a tomada de decisão pode ser entendida como um processo de planejamento de cuidado onde participam familiares, pacientes e profissionais de saúde e está ligada ao modelo de cuidado centrado na família. Como dificuldades, citamos a predominância de uma lógica que privilegia uma escolha digna de crítica por oferecer risco de iniquidades, como a não discussão das opções de escolha e o acionamento das famílias prioritariamente em momentos de decisões difíceis.

Abstract The profile of pediatric care has gone through changes in Brazil and in the world. This process becomes more visible in surveys that deal with hospital admission or specialized outpatient care data. This fact leads us to the idea that it is in such spaces that these children and subjects who care for them are more visible and negotiate decisions. We aim to perform a state of the art literature review on decision making discussions and definitions, analyzing the current research in light of the theoretical Mol perspectives on the actors' logics of chronic diseases care; And the perspective of care goods exchanges in the dialogue between Martins and Moreira, triggering the Theory of Gift. The synthesis of the literature shows that decision making may be understood as a care planning process in which family, patients and health professionals are involved, and is linked to the family-centered care model. In terms of difficulties, we point out the prevalence of a dynamic that favors a criticizable choice because of the risks of inequality, such as the lack of discussion on the options and the actuation of the family mostly in times of difficult decisions.
Descritores: Serviços de Saúde da Criança/organização & administração
Tomada de Decisões
-Brasil
Saúde da Família
Doença Crônica/terapia
Serviços de Saúde do Adolescente/organização & administração
Assistência Centrada no Paciente/organização & administração
Assistência à Saúde/organização & administração
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001277
Autor: Ribeiro, Antonio Luiz; Oliveira, Gláucia Maria Moraes de.
Título: Toward a Patient-Centered, Data-Driven Cardiology / Rumo a uma Cardiologia Centrada no Paciente e Guiada por Dados
Fonte: Arq. bras. cardiol;112(4):371-373, Apr. 2019. tab.
Idioma: en.
Descritores: Cardiologia/tendências
Assistência Centrada no Paciente/tendências
Ciência de Dados/tendências
-Inteligência Artificial/tendências
Pessoal de Saúde/tendências
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 336 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1111713
Autor: Diez Canseco Montero, Francisco; Ipince Petrozzi, Alessandra; Toyama, Mauricio; Benate Galvez, Ysabel Nieves; Galán Rodas, Roman Edén; Medina Verástegui, Julio César; Sánchez Moreno, David; Araya, Ricardo; Miranda Montero, Juan Jaime.
Título: Atendiendo la salud mental de las personas con enfermedades crónicas no transmisibles en el Perú: retos y oportunidades para la integración de cuidados en el primer nivel de atención / Integration of mental health and chronic non-communicable diseases in Peru: challenges and opportunities for primary care settings
Fonte: Rev. peru. med. exp. salud publica;31(1):131-136, ene.-mar. 2014.
Idioma: es.
Resumo: En este artículo se discute la relación entre la salud mental y las enfermedades crónicas no transmisibles; así como la posibilidad de atenderlas de manera integral en el sistema de salud peruano. En primer lugar se revisan los estimados de prevalencia y carga de enfermedad de enfermedades crónicas no transmisibles y desórdenes mentales a nivel mundial y en el Perú. Luego, se describe el impacto perjudicial de la depresión en la etiología así como en la progresión de la diabetes y las enfermedades cardiovasculares. Posteriormente, se analiza la brecha en el acceso a la atención de la salud mental en el Perú y, finalmente, se exploran las alternativas para reducirla. De estas alternativas se enfatiza la integración de la salud mental en servicios de atención primaria como una forma viable de responder a las necesidades de atención de la población en general, y de las personas con enfermedades crónicas, en particular, en el contexto peruano.

In this article, the relationship between mental health and chronic non-communicable diseases is discussed as well as the possibility to address them in a comprehensive manner in the Peruvian health system. First, the prevalence estimates and the burden of chronic non-communicable diseases and mental disorders worldwide and in Peru are reviewed. Then, the detrimental impact of depression in the early stages as well as the progress of diabetes and cardiovascular diseases is described. Additionally, the gap between access to mental health care in Peru is analyzed. Lastly, the alternatives to reduce the gap are explored. Of these alternatives, the integration of mental health into primary care services is emphasized; as a feasible way to meet the care needs of the general population, and people with chronic diseases in particular, in the Peruvian context.
Descritores: Assistência Centrada no Paciente
Assistência à Saúde
Depressão
Doença Crônica
Integração de Sistemas
Saúde Mental
-Peru
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Conferência Clínica
Responsável: PE14.1 - Biblioteca de la Sede Central


  10 / 336 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1111710
Autor: Zeballos Palacios, Claudia Liz; Morey Vargas, Oscar Leopoldo; Brito Campaña, Juan Pablo; Montori Tudela, Víctor Manuel.
Título: Toma de decisiones compartidas y medicina mínimamente impertinente en el manejo de las enfermedades crónicas / Shared decision making and minimal disruptive medicine in the management of chronic diseases
Fonte: Rev. peru. med. exp. salud publica;31(1):111-117, ene.-mar. 2014. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Las enfermedades crónicas son la causa más importante de morbilidad y mortalidad a nivel mundial. Estas condiciones requieren considerable inversión de tiempo y recursos por parte del sistema de salud en el Perú, así como de los pacientes y sus familiares. Paradójicamente, las estrategias médicas desarrolladas para el manejo de estas condiciones generan una carga constante y creciente para el paciente y su entorno, que repercute en la calidad de vida del paciente y en los resultados terapéuticos. En este artículo describimos el rol de la toma de decisiones compartidas y de la medicina mínimamente impertinente como estrategias para abordar estos problemas.

Chronic diseases are the leading cause of morbidity and mortality worldwide. These conditions require considerable time investment and resources from the health system in Peru, as well as from patients and their families. Paradoxically, the developed medical strategies for managing these conditions generate a constant and increasing burden for the patient and their environment, which affects quality of life and therapeutic results. In this article, the role of shared decision making and minimal disruptive medicine will be described as strategies to address these problems.
Descritores: Assistência Centrada no Paciente
Doença Crônica
Tomada de Decisões
-Peru
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Conferência Clínica
Responsável: PE14.1 - Biblioteca de la Sede Central



página 1 de 34 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde