Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.590.374 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5019 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 502 ir para página                         

  1 / 5019 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alchieri, Joao Carlos
Texto completo
Id: lil-702598
Autor: Medeiros, Rafael Eduardo Gurgel de; Nascimento, Ellany Gurgel Cosme do; Diniz, Gabriele Maria Dantas; Alchieri, João Carlos.
Título: Na simplicidade a complexidade de um cuidar: a atuação da benzedeira na atenção à saúde da criança / The complexity inside the simplicity of the care: the role of a healer in child healthcare
Fonte: Physis (Rio J.);23(4):1339-1357, 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Falar em cultura e saúde é adentrar questões como religião e espiritualidade, terapias não oficializadas que perpassam o misticismo dessas questões, e que, apesar de não possuírem a comprovação técnico-científica exigida pelo atual modelo em saúde hegemônico, são um saber que se mantém vivo durante toda a história da humanidade e que se perpetua até os dias de hoje. O trabalho objetivou analisar a percepção das benzedeiras sobre o cuidado à saúde da criança, enfocando a prática da benzeção no município de Caraúbas. Trata-se de estudo qualitativo de caráter exploratório, realizado por meio de entrevista semiestruturada, com amostra composta por 16 benzedeiras residentes no setor urbano do município de Caraúbas-RN. Evidencia-se um cuidado baseado em aspectos que envolvem a afetividade, observando-se que as benzedeiras seguem um perfil muito semelhante no tocante às crenças e na utilização do ritual de cura. As benzedeiras apresentam disposição em articular arte e ciência, visualizado pelo encaminhamento e reconhecimento da importância do sistema oficial em saúde. Configura-se um espaço para a Estratégia Saúde da Família realizar parcerias que incentivem o uso concomitante entre essa modalidade terapêutica e o sistema oficial, contribuindo assim para melhoria da assistência.

Speaking about culture and health issues is also speaking of matters of religion and spirituality, therapies that were not yet made official and cross the mysticism of these issues. Moreover, despite lacking the technical-scientific proof demanded by the current hegemonic model in healthcare, they are knowledge kept alive throughout the history of mankind and perpetuate until the present day. The study aimed to analyze the perceptions of traditional healers about the child healthcare in the city of Caraúbas-RN, Brazil, focusing on the practice of blessing. It was a qualitative and exploratory study, conducted through semi-structured interviews and with a sample of 16 traditional healers who live in the urban area of the city. It was clear that the care delivered is based on aspects that involve affection, and it was noticeable that the healers are very similar among themselves when regard their rituals. The healers show that they are willing to put together art and science, since their acceptance of the importance of the official healthcare system. This set up a place for the Family Health Strategy to create partnerships that promote the concomitant use of this therapeutic modality and the official system, thereby contributing to the improvement of the care itself.
Descritores: Terapias Complementares
Saúde da Criança
Terapias Espirituais
Cura pela Fé
Espiritualidade
Medicina Tradicional
-Brasil
Criança
Processo Saúde-Doença
Entrevistas como Assunto
Assistência à Saúde/etnologia
Pesquisa Qualitativa
Narrativa Pessoal
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  2 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-764167
Autor: Silva, Luis Augusto V. da; Santos, Melquisedec; Dourado, Inês.
Título: Entre idas e vindas: histórias de homens sobre seus itinerários ao serviço de saúde para diagnóstico e tratamento de HIV/Aids / Between comings and goings: stories of men's itineraries to HIV/Aids health services
Fonte: Physis (Rio J.);25(3):951-973, jul.-set. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: ResumoA partir de um estudo epidemiológico sobre apresentação tardia ao serviço de saúde para diagnóstico e tratamento de HIV/Aids, este artigo busca aprofundar a discussão sobre alguns aspectos envolvidos nesse processo. Buscou-se registrar narrativas de homens sobre suas trajetórias ou itinerários no processo de diagnóstico e tratamento de HIV/Aids, descrevendo os acontecimentos e atores presentes nas práticas cotidianas em que ocorrem os deslocamentos até o serviço de saúde. Foram realizadas 25 entrevistas semiestruturadas com homens com sorologia positiva para HIV, em um centro de referência para diagnóstico e tratamento em HIV/Aids, na cidade de Salvador, Bahia. Algumas dessas histórias estão presentes no decorrer deste artigo. Para além de um momento específico de apresentação tardia ao serviço de saúde, destaca-se a existência de uma série de ações/acontecimentos que se estende no tempo, ora dificultando, ora facilitando a continuidade do tratamento. Nessa direção, reconhecemos também a existência de barreiras, conflitos e tensões que ocorrem no interior das práticas do cuidado à saúde. Entretanto, essas mesmas tensões podem mobilizar formas e estratégias diversas de ação para que ocorra um acolhimento melhor e um cuidado à saúde de forma contínua e mais integral.

AbstractAs part of an epidemiologic study on late presentation (LP) to HIV/Aids health services, this study intends to analyze men´s narratives on trajectories or itineraries in seeking for HIV/Aids services and further describe the events and actors present on daily practices in which occurs the displacement of the patients to the health service. The study was conducted at the only State Reference Center for HIV/Aids in Salvador, Bahia. Twenty five semi-structured interviews with men - with positive HIV serology - were realized at the reference center. Some of those narratives are presented throughout this article. This article considers LP to health services not as an specific moment. Beyond that, it analyses the existence of a network of actions/events which prolongs the LP on time, sometimes hindering and sometimes facilitating the ongoing treatment. In this direction we also recognize the existence of barriers, conflicts and tensions in which occurs the practices of health care. Nonetheless, these same conflicts enable the creation of several actions and strategies to a better reception and a more continuous and fulfilled way of health care.
Descritores: Terapêutica
Processo Saúde-Doença
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/diagnóstico
Soropositividade para HIV/diagnóstico
Narrativa Pessoal
Barreiras ao Acesso aos Cuidados de Saúde
-Brasil
Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde
Entrevistas como Assunto
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/terapia
Soropositividade para HIV/terapia
Assistência à Saúde
Pesquisa Qualitativa
Homens
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  3 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038581
Autor: Colafranceschi, Alexandre Siciliano.
Título: Behavioral Economics and Innovation Uptake: Building New Capabilities to Overcome Barriers to Technology-Enabled Care / Economia Comportamental e Adesão à Inovação: Construindo Novas Habilidades para Superar Barreiras ao Cuidado Mediado pela Tecnologia
Fonte: Arq. bras. cardiol;113(4):664-666, Oct. 2019.
Idioma: en.
Descritores: Telemedicina/tendências
Tecnologia Biomédica/tendências
Assistência à Saúde/tendências
-Brasil
Telemedicina/organização & administração
Participação da Comunidade
Tecnologia Biomédica/organização & administração
Assistência à Saúde/organização & administração
Invenções/tendências
Participação dos Interessados
Governo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1139381
Autor: Mesa, Macarena; Pérez H, Iván.
Título: El acto médico en la era de la telemedicina / The medical act in the era of telemedicine
Fonte: Rev. méd. Chile;148(6):852-857, jun. 2020.
Idioma: es.
Resumo: Telemedicine partially resolved inequalities in access to health care, especially in geographical areas with a low number of doctors and in places with absent or insufficient specialists. Currently, Chile has a National Telehealth Program, but there are no specific laws on digital medicine that recognize remote medical acts and it is uncertain if they really are medical acts. The goal of a medical act is the well-being of a patient, requiring a therapeutic alliance based on the doctor's knowledge of the needs, expectations and fears of such a patient. This article tries to determine if patient care by telemedicine can be considered a medical act. For this purpose, the conception of a medical act defined by P. Laín Entralgo, M. Besio and the main medical and professional associations is analyzed in depth. It is concluded that although direct physical contact between doctor and patient largely supports the therapeutic alliance, telemedicine has been successful, particularly in its synchronous modality. Taking the necessary precautions, in most cases distant medical acts can be carried out allowing a humanized and respectful care of people.
Descritores: Telemedicina
-Chile
Assistência à Saúde
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039487
Autor: Matsumoto, Patrícia Sayuri Silvestre; D'Andrea, Lourdes Aparecida Zampieri.
Título: O uso da escala geográfica na saúde pública: as escalas da leishmaniose visceral / The use of the geographic scale in health: the scales of visceral leishmaniasis
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(10):3825-3836, Oct. 2019. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A escala geográfica tem sido amplamente discutida na tentativa de formar um conceito que dê conta de explicar as diferentes realidades do espaço. Nos diversos seguimentos de planejamento em saúde, faz-se uma adoção das categorias e conceitos geográficos sem entender os problemas inerentes à escala geográfica, o que afeta diretamente nas políticas públicas implantadas e, consequentemente, na vida das pessoas. O objetivo deste artigo foi discutir o conceito de escala a partir dos seus diferentes níveis, e debater a dificuldade de articulá-los por meio da atuação dos órgãos de vigilância em saúde pública brasileira que lidam com a leishmaniose visceral. Realizamos uma revisão de literatura para demonstrar como o debate do conceito de escala geográfica com a saúde é ainda incipiente. Utilizamos conceitos geográficos, integrando as políticas municipais, estaduais e nacional sob a ótica da escala geográfica. Dessa forma, acreditamos que seja possível uma articulação dos órgãos dos sistemas de saúde com a sociedade na transposição de escalas, num acontecer solidário, produzindo um sistema de saúde mais eficaz. A discussão não será aqui esgotada, mas permitirá uma reflexão nas opções teórico-metodológicas em pesquisas e em saúde pública.

Abstract The geographical scale has been broadly discussed in an attempt to formulate a concept that succeeds in explaining different space-related realities. In the various sectors of health planning, geographic categories and concepts have been adopted without understanding the problems inherent to the geographical scale, which directly affects public policies implemented and, consequently, people's lives. The scope of this paper was to discuss the concept of scale based on the different scale levels and the difficulty of their implementation by means of the activities of the organs that operate in public health surveillance that deal with visceral leishmaniasis. A systematic review of the literature was conducted to show how the debate about geographical scale and health is still incipient. Geographical concepts were used, integrating municipal, state and national policies from the perspective of the geographic scale. Thus, the contention is that cooperation between health agencies and society is possible by the transposition of scales, creating an environment of solidarity and a more effective health system. The discussion does not end here, but it will make it viable to reflect on the theoretical and methodological options in research and in public health.
Descritores: Saúde Pública
Vigilância em Saúde Pública/métodos
Leishmaniose Visceral/epidemiologia
-Política Pública
Assistência à Saúde/organização & administração
Geografia/métodos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039492
Autor: Molino, Caroline de Godoi Rezende Costa; Romano-Lieber, Nicolina Silvana; Ribeiro, Eliane; Melo, Daniela Oliveira de.
Título: Comparison of the methodological quality and transparency of Brazilian practice guidelines / Comparação da qualidade metodológica e transparência das guias de prática clínica brasileiras
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(10):3947-3956, Oct. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract This study aims to compare the differences between clinical practice guidelines (CPGs) of the Ministry of Health (MoH) and those of other Brazilian health institutions. A systematic review of Brazilian CPGs was carried out. CPGs with recommendations for the pharmacological treatment of non-communicable disease (NCDs) were included. CPG methodological quality and transparency was independently assessed by 2 reviewers using the AGREE II. CPGs were rated as high, moderate, and low quality (ranging from A to C). Twenty-six CPGs were assessed for quality. MoH CPGs were published more recently, and were of better quality than the others: 6/6 (100%) were rated as Moderate-A. Although CPGs presented a wide range of methodological quality and transparency, MoH CPGs presented better consistency in the preparation method. To avoid confusion and to improve the quality of care within finite resources in Brazil, and to avoid potential bias, conflicts of interest, national CPGs used within SUS should be developed by Conitec with partners who have no conflict of interest.

Resumo O objetivo deste estudo é comparar as diferenças entre as guias de prática clínica (GPCs) do Ministério da Saúde (MS) e as de outras instituições de saúde brasileiras. Foi realizada uma revisão sistemática das GPCs brasileiras. Foram incluídas GPCs com recomendações para o tratamento farmacológico de doenças crônicas não transmissíveis elencadas (DCNTs). A qualidade metodológica e a transparência das GPCs foram avaliadas de forma independente por 2 revisores utilizando o AGREE II. As GPCs foram classificadas como alta, moderada e baixa qualidade (variando de A a C). Vinte e seis GPCs foram avaliadas quanto à qualidade. As GPCs do MS foram publicadas mais recentemente, e apresentaram melhor qualidade do que as outras: 6/6 (100%) foram classificadas como Moderada-A. Embora as GPCs tenham apresentado uma ampla gama de qualidade metodológica e transparência, as GPCs do MS apresentaram melhor consistência no desenvolvimento. Para evitar confusão e melhorar a qualidade do cuidado com os recursos limitados no Brasil e, para evitar viés, conflitos de interesse, GPCs nacionais usadas no SUS devem ser desenvolvidas, sobretudo, pela Conitec e parceiros sem conflitos de interesse.
Descritores: Guias de Prática Clínica como Assunto
Assistência à Saúde/normas
Doenças não Transmissíveis/tratamento farmacológico
-Qualidade da Assistência à Saúde
Brasil
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055749
Autor: O'Dwyer, Gisele; Graever, Leonardo; Britto, Fernanda Adães; Menezes, Tatiane; Konder, Mariana Teixeira.
Título: A crise financeira e a saúde: o caso do município do Rio de Janeiro, Brasil / Financial crisis and healthcare: the case of the municipality of Rio de Janeiro, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4555-4568, dez. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo explorou os efeitos da crise financeira nas receitas e despesas, na produção de serviços e indicadores de saúde e de desempenho no município do Rio de Janeiro no período de 2013 a 2018. Analisou-se receitas, despesas, parâmetros de provisão de serviços e indicadores de desempenho e de saúde, a partir de dados de acesso livre e restrito. Utilizou-se a análise institucional de Giddens. As receitas e despesas sofreram redução, sendo maiores nos investimentos e receitas não vinculadas. A provisão de serviços encolheu, com queda da cobertura na Atenção Primária, produção ambulatorial, internações totais, número de leitos, médicos e agentes comunitários de saúde, cirurgias realizadas e taxa de ocupação de hospitais. Os tempos de espera para ambulâncias, exames e consultas ambulatoriais, bem como o número de solicitações pendentes na regulação aumentaram. Indicadores de saúde e desempenho persistiram, em sua maioria, dentro dos parâmetros anteriores, corroborando a potência assistencial da Atenção Primária, apesar do impacto financeiro e estrutural da austeridade. A conjuntura atual ameaça o direito à saúde e as respostas governamentais, como a desvinculação de receitas, sinalizam uma ampliação desse risco.

Abstract This study aimed to portray the effects of the Brazilian financial crisis, and especially in Rio de Janeiro in the 2013-18 period. We analyzed revenues, expenditure, service provision, and health performance indicators from free access and restricted data. We adopted the Giddens' Structuration Theory. Revenues and expenditures shrunk, and this reduction was higher for investments and unlinked revenues. The provision of services declined, resulting in decreased primary care coverage, outpatient production, total hospital admissions, number of beds, doctors, community health workers, surgeries performed, and hospital occupancy rate. An increase was observed in waiting times for ambulances, exams and outpatient visits, as well as the number of pending requests in regulation. Health and performance indicators remained mostly unchanged, within previous parameters, corroborating the care capacity of PHC, despite financial and structural contingencies imposed by austerity. The current situation threatens the right to health, and governmental response, such as unlinking revenues, point to an increased risk of this occurrence.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/economia
Gastos em Saúde
Assistência à Saúde/economia
Recessão Econômica
Renda
-Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/estatística & dados numéricos
Fatores de Tempo
Ocupação de Leitos/estatística & dados numéricos
Brasil
Alocação de Recursos para a Atenção à Saúde
Cidades
Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos
Assistência Ambulatorial/economia
Hospitalização/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055750
Autor: Agostini, Rafael; Rocha, Fátima; Melo, Eduardo; Maksud, Ivia.
Título: A resposta brasileira à epidemia de HIV/AIDS em tempos de crise / The Brazilian response to the HIV/AIDS epidemic amidst the crisis
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4599-4604, dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A "crise" é um fenômeno que corresponde a políticas globais e locais com repercussões sociais, políticas e econômicas e é o contexto para este artigo, que visa refletir sobre a resposta brasileira à epidemia de HIV/AIDS. Examinamos dimensões deste fenômeno, como a revisão de consensos das políticas de austeridade, seus impactos e a construção de "antiagendas" que dificultam a narrativa dos direitos humanos, gênero, sexualidade e saúde e obstaculizam o trabalho de prevenção e o cuidado na área de HIV/AIDS. Tal guinada conservadora pode ser associada à censura a materiais especializados e à mudança recente na estrutura de gestão do Ministério da Saúde, à extinção de centenas de conselhos participativos no âmbito do executivo federal e à nova Política Nacional sobre Drogas que substitui a orientação de "redução de danos" para a de "abstinência". Todos esses fenômenos reaquecem uma antiga preocupação: que o "vírus ideológico" venha a suplantar o vírus biológico, acentuando o quadro de estigma e de discriminação. Somados à agressiva orientação socioeconômica neoliberal que ameaça o Estado brasileiro, tais fatos afetariam a continuidade das respostas institucionais ao HIV/AIDS.

Abstract "Crisis" is a phenomenon that is part of global and local policies with social, political, and economic repercussions. It is the context of this paper that aims to reflect on the Brazilian response to the HIV/AIDS epidemic. We examined the realms of this phenomenon, such as the review of the consensus on austerity policies, their impact and the construction of "anti-agendas" that hinder the narrative of human rights, gender, sexuality, and health and hamper HIV/AIDS prevention and care. Such a conservative move can be associated with censorship of specialized materials and the recent change of management in the structure of the Ministry of Health, the extinction of hundreds of participatory councils within the Executive Branch and the new National Policy on Drugs that replaces the guidance "harm reduction" with one of "abstinence". All these phenomena revive an old concern, that is, that the "ideological virus" will outweigh the biological virus, exacerbating the situation of stigma and discrimination. Besides the neoliberal socioeconomic orientation that threatens the Brazilian state, such facts would affect the continuity of institutional responses to HIV/AIDS.
Descritores: Infecções por HIV/prevenção & controle
Alocação de Recursos/economia
Recessão Econômica
Programas Nacionais de Saúde/economia
-Prevenção Primária/métodos
Brasil/epidemiologia
Infecções por HIV/epidemiologia
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/epidemiologia
Assistência à Saúde/economia
Alocação de Recursos/legislação & jurisprudência
Direito à Saúde
Programas Nacionais de Saúde/legislação & jurisprudência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 5019 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055755
Autor: Almeida, Patty Fidelis de; Giovanella, Ligia; Martins Filho, Moacir Tavares; Lima, Luciana Dias de.
Título: Redes regionalizadas e garantia de atenção especializada em saúde: a experiência do Ceará, Brasil / Regionalized networks and guarantee of specialized health care: the experience of Ceará, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4527-4540, dez. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O artigo analisa políticas e instrumentos de gestão voltados à organização regional da atenção especializada no Ceará. Foi desenvolvido estudo de caso em uma região de saúde, com realização de 18 entrevistas com dirigentes e profissionais de saúde municipais e regionais e visita a serviços. Diversos fatores possibilitaram avanços na organização da atenção especializada: protagonismo da Secretaria Estadual da Saúde na coordenação regional de ações e serviços, proporcionando infraestrutura, financiamento com redistribuição de recursos e apoio técnico aos municípios; implantação de Policlínica e Centro de Especialidades Odontológicas regionais via Consórcio Público de Saúde; e apoio logístico de sistema de transporte. A institucionalidade do Conselho de Secretários Municipais de Saúde e o funcionamento participativo da Comissão Intergestores Regional propiciaram espaço favorável à governança regional. Permanecem desafios à integração da rede, qualificação da regulação assistencial e oferta de retaguarda hospitalar na região. Os resultados reforçam a importância do fortalecimento de arranjos públicos e universais para provisão de atenção integral à saúde, capazes de reduzir iniquidades.

Abstract This paper analyzes policies and management tools aimed at the regional organization of specialized care in Ceará. A case study was developed in a health region based on 18 interviews with regional and municipal managers and health professionals and visits to services. Several factors enabled advances in the organization of specialized care: the preponderant role of the State Health Secretariat in the regional health coordination of actions and services, providing infrastructure, financing with redistribution of resources and technical support to municipalities; implantation of regional Polyclinic and Specialized Dental Care Centers through the Public Health Consortium; and logistics support of transport system. The institutional framework of Municipal Health Secretaries Council and the participatory functioning of the Regional Interagency Committee provided adequate space for the regional governance. Challenges remain for the integration of the network, qualification of care regulation, and provision of hospital care in the region. The results reinforce the importance of public and universal arrangements for the provision of comprehensive health care that can reduce inequities.
Descritores: Regionalização/organização & administração
Planos Governamentais de Saúde/organização & administração
Assistência Integral à Saúde/organização & administração
-Tomada de Decisões Gerenciais
Brasil
Estudos de Casos Organizacionais
Assistência à Saúde/organização & administração
Política de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 5019 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1139412
Autor: Yáñez-Yáñez, Rodrigo; Cigarroa Cuevas, Igor.
Título: Virtual Ward: una alternativa para brindar apoyo sanitario a la comunidad y en particular a las personas mayores / Virtual Wards: an Innovative Option To Usual Healthcare Support in Elderly Patients
Fonte: Rev. méd. Chile;148(7):1049-1050, jul. 2020. graf.
Idioma: es.
Descritores: Telemedicina
Continuidade da Assistência ao Paciente
Assistência à Saúde/tendências
Serviços de Saúde para Idosos/tendências
Hospitais/tendências
-Inovação Organizacional
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 502 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde