Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.590.374.350 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2623 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 263 ir para página                         

  1 / 2623 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-987971
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Intervenciones Estratégicas en Salud Pública.
Título: Guía técnica para la continuidad de los servicios de salud sexual y reproductiva en Situaciones de Emergencia y/o Desastres en el Sector Salud / Technical Guide for the continuity of sexual and reproductive health services in Emergency Situations and / or Disasters in the Health Sector.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20200300. 32 p. tab.
Idioma: es.
Resumo: La guía técnica contiene: la finalidad, objetivos, ámbito de aplicación, definiciones operativas para la continuidad de los servicios de salud sexual y reproductiva en situaciones de emergencia y/o desastres en el sector salud.
Descritores: Assistência Integral à Saúde
Saúde Sexual e Reprodutiva
Acesso aos Serviços de Saúde
-Emergências em Desastres
Continuidade da Assistência ao Paciente
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-943725
Autor: Medeiros, Giselle Coutinho.
Título: Análise do intervalo de tempo entre o primeiro sintoma e o diagnóstico de mulheres com câncer de mama em um centro oncológico de referênciano Rio de Janeiro / Analysis of time interval between the first symptom and the start of the treatment of women with breast cancer in an oncological center of reference in Rio de Janeiro.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: Mulheres com câncer de mama (CM) percorrem distintas etapas até receberem o tratamento oncológico específico. O atraso nessas etapas pode interferir negativamente no prognóstico dessas mulheres. Existem diversos fatores associados ao atraso, dentre os quais, barreiras no Sistema de Saúde e fatores individuais. Objetivos: Avaliar os tempos entre o início dos sintomas e a primeira consulta médica e entre a primeira consulta médica e o diagnóstico em mulheres com CM. Materiais e métodos: Estudo prospectivo em uma coorte de mulheres matriculadas no Hospital do Câncer III / Instituto Nacional de Câncer (HCIII/INCA). As pacientes foram entrevistadas entre outubro de 2014 e abril de 2015, no momento da consulta de triagem, utilizando questionário semiestruturado. Para responder ao primeiro objetivo, foram incluídas mulheres entre 18 a 80 anos, sintomáticas ao diagnóstico de CM, sendo considerado desfecho o intervalo de tempo entre o início do 1º sinal ou sintoma até a 1ª consulta (artigo 1). Para o segundo objetivo (artigo 2) foram incluídas também as pacientes assintomáticas ao diagnóstico, cujo desfecho foi o intervalo de tempo entre a 1ªconsulta e o diagnóstico de CM em laudo histopatológico. Ambos os desfechos (atrasos) foram definidos como tempo ≥ 90 dias. Foi realizada análise descritiva da população do estudo. Os intervalos de tempo foram apresentados pela mediana e variação interquartil (VIQ). A associação entre variáveis independentes e os desfechos foi realizada por análise univariada, por meio de odds ratios (OR) brutas. As associações com significância clínica ep<0,20 na análise univariada, foram incluídas em um modelo de regressão logística múltipla. Ficaram retidas no modelo as variáveis com valor de p<0,05. Para as análises foi utilizado o pacote estatístico SPSS (20.0). Este projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do INCA...

Introduction: Women with breast cancer (BC) go through different stages until they receive the specific cancer treatment. Delay in these steps may negatively affect the prognosis ofthese women. There are several factors associated with delay, among which are barriers in the Health System and individual factors. Objectives: To evaluate the time between the onset ofsymptoms and the medical consultation and between the first medical appointment and the diagnosis in women with BC. Materials and methods: Prospective study in a cohort ofwomen enrolled in HCIII / INCA. The patients were interviewed between October 2014 and April 2015, at the time of screening, using a semi-structured questionnaire. In order torespond to the first objective, women between the ages of 18 and 80, symptomatic at diagnosis of BC, were included, and the time interval between the beginning of the 1st sign orsymptom until the 1st visit (article 1) was considered to be the endpoint. For the second objective (article 2), asymptomatic patients were included in the diagnosis, whose outcome was the time interval between the 1st visit and the diagnosis of BC in a istopathologicalreport. Both outcomes (delays) were defined as time ≥ 90 days. A descriptive analysis of the study population was performed. The time intervals were presented by the median andinterquartile range (IQR). The association between independent variables and outcomes was performed by univariate analysis using crude odds ratios (OR). Associations with clinicalsignificance and p <0.20 in the univariate analysis were included in a multiple logistic regression model. The variables with value of p <0.05 were retained in the model...
Descritores: Neoplasias da Mama
Diagnóstico Tardio
Métodos Epidemiológicos
Acesso aos Serviços de Saúde
Sistema Único de Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1


  3 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1116780
Autor: Bataiero, Marcel Oliveira.
Título: Acesso, vínculo e adesão ao tratamento para a tuberculose: dimensões organizacionais e de desempenho dos serviços de saúde / Access, bonding and adherence to tuberculosis treatment: organizational and effectiveness dimensions of health services.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 249 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Considerando a magnitude global da tuberculose, destaca-se que os elementos da dimensão organizacional e de desempenho dos serviços de saúde que integram a Atenção Primária em Saúde (APS), são preponderantes para o controle da doença, quer seja em relação ao acesso, elenco de serviços, vínculo, coordenação da atenção, enfoque familiar, orientação na comunidade ou formação profissional. Nesta perspectiva, o presente estudo objetivou analisar a operacionalização do acesso e do vínculo, aos quais se integrou à adesão ao tratamento, dado que esta se refere, diretamente, as primeiras, além da sua importância para o controle da enfermidade. Trata-se de pesquisa quantitativa, ramo de um Projeto Matriz intitulado Avaliação das Dimensões Organizacionais e de Desempenho dos Serviços de Atenção Básica no Controle da Tuberculose em Municípios do Estado de São Paulo, tendo como referencial a teoria da determinação social do processo saúde-doença e o marco da APS. O projeto foi submetido e aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa, e os dados foram coletados, de Julho a Setembro de 2008, por meio de instrumentos específicos, com questões fechadas, destinados a dois grupos de sujeitos: usuários portadores de tuberculose e profissionais de saúde que atuavam no controle da enfermidade, no âmbito de cinco Unidades Básicas de Saúde da Supervisão Técnica de Saúde da Subprefeitura Sé, no Município de São Paulo. Foram entrevistados 53 usuários e 40 profissionais de saúde. Apresentam-se osprincipais resultados: 79,2% dos usuários eram homens, em idade economicamente ativa (69,9%), com baixa escolaridade (77,3%) e que viviam sós (45,3%); 17,0% eram imigrantes provenientes da Bolívia e 90,5% viviam em áreas vulneráveis, que predispunham à ocorrência da tuberculose, como cortiços (39,6%), ocupações (7,5%) ou em situação de rua (43,4%); 62,2% tinham renda familiar mensal menor que um salário ) mínimo; 37,8% não tinham ocupação e importante parcela desenvolvia trabalhos esporádicos, com baixa qualificação; ressalta-se que 26,6% deixaram de trabalhar, após o início dos sintomas. Quanto aos profissionais entrevistados, 30,0% eram agentes comunitários de saúde, 30,0% eram auxiliares de enfermagem, 5,0% eram técnicos de enfermagem, 22,5% eram enfermeiros e 12,5% eram médicos. Quanto ao acesso, os principais pontos de estrangulamento foram: a restrição de benefícios; o número diminuído de visitas domiciliarias; dificuldade no encaminhamento para outros serviços, quando necessário; e oferecimento reduzido de informações acerca de outros problemas de saúde. Quanto ao vínculo, de modo geral, os entrevistados apontaram que se efetiva, destacando-se que, quanto menor a qualificação do trabalhador, mais importante é sua relação com os usuários. Quanto à adesão, os usuários apontaram que ocorre em função da motivação para a melhoria das condições de vida, para a recuperação da auto-estima e que os incentivos (cesta básica, vale-transporte e lanche) sãoimportantes neste processo. Conclusão: ainda que o acesso e o vínculo se operacionalizem na região estudada, os resultados deste estudo apontam para a necessidade de aprimoramento da organização e do desempenho dos serviços de saúde da região, com o sentido de contribuir para a adesão ao tratamento e para o controle da tuberculose.

Considering the global magnitude of tuberculosis, it is emphasized that the elements of the organizational and effectiveness dimensions of health services that integrate the Primary Health Care (PHC), are fundamental to the control of the disease, whether in relation to accessibility, continuity (bonding), comprehensiveness, coordination, interpersonal and technical accountability. Therefore, this study aimed to analyze the operation of the access and the bonding, to which was integrated the treatment adherence, as it refers directly to them and because of its importance to the control of the disease. It is quantitative research, a branch of a major project entitled Organizational and effectiveness dimensions of Primary Care Services in the Control of Tuberculosis in counties in the State of Sao Paulo\", adopting the theory of social determination of health-illness process and in the mark of PHC. The project was approved by a Committee of Ethics in Research, and the data were collected from July to September of 2008, through specific instruments, with closed questions, aimed at two groups of subjects: patients with tuberculosis and health professionals who worked with them in five Primary Care Units from the Technical Supervision of Health of the Sub-prefecture Sé, in the City of São Paulo. 53 users and 40 professionals were interviewed. The main results: 79.2% of the patients were men, in the economically active age (69.9%), with low education (77.3%) and livingalone (45.3%); 17.0 % were immigrants from Bolivia and 90.5% were living in vulnerable areas, that predisposed the occurrence of tuberculosis, as tenements (39.6%), occupations (7.5%) or homeless (43, 4%); 62.2% had family income less than a minimum wage, 37.8% had no job and a important part had sporadic work, with low qualifications, emphasizing that 26.6% stopped working after the beginning of the symptoms. As for the professionals, 30.0% were community health workers, 30.0% were nursing assistants, 5.0% were nursing technicians, 22.5% were nurses and 12.5% were physicians. Regarding the accessibility, the main problems were the restriction of the treatment incentives; the decreased number of home visits; difficulty in being referral to other services, when in need; and limited offering of information about other health problems. Regarding the bonding, in general, the respondents indicated that was effective, pointing out that as lower is the qualification of the professionals, the better was its relationship with users. As for adherence, users indicated that it occurs according the motivation to improve living conditions, for the recovery of self-esteem and, also, the incentives (food basket, bus-tickets and snacks) are important in this process. Conclusion: Although the access and the bond occurred within the study area, the results of this study points to the necessity to improve the organization and effectiveness of health services in the area, in order tocontribute to treatment adherence and the control of tuberculosis.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Tuberculose
Acesso aos Serviços de Saúde
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  4 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Abib, Simone de Campos Vieira
Texto completo
Id: lil-763356
Autor: Góes Junior, Adenauer Marinho de Oliveira; Rodrigues, Allan Dias Vasconcelos; Braga, Fábio Brito; Andrade, Mariseth Carvalho de; Abib, Simone de Campos Vieira.
Título: Vascular trauma in the Amazon - the challenge of great distances / Trauma vascular na Amazônia - o desafio das grandes distâncias
Fonte: Rev. Col. Bras. Cir;42(4):244-252, July-Aug. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACTObjective:to evaluate the incidence of unfavorable outcomes in vascular trauma patients and their possible correlation to the distance between the city where the injury was sustained and the hospital where the patient received definitive treatment.Methods:descriptive and retrospective study. Data were collected from medical records of patients submitted to surgical procedures for arterial or venous injuries from February 2011 to February 2013 at the only trauma center providing vascular surgery in a vast area of the Amazon region. Trauma date, patient gender and age, mechanism and anatomic topography of injury, surgical management, need for surgical re-intervention, hospitalization period, postoperative complications, mortality and limb amputation rates were analyzed. The incidence of unfavorable outcomes was assessed according to the distance between the city where the vascular injury was sustained and the trauma center.Results: One hundred seventy-three patients with 255 vascular injuries were analyzed; 95.95% were male (p<0.05), mean age of 28.92 years; 47.4% were caused by firearm projectiles (p<0.05); topographic distribution: 45.66% lower limbs (p<0.05), 37.57% upper limbs, 6.94% abdominal, 5.2% thoracic and 4.62% were cervical vascular injuries; 51.42% of patients required hospitalization for seven days or less (p<0.05); limb amputation was necessary in 15.6% and the overall mortality was 6.36%.Conclusion:distances greater than 200Km were associated to longer hospitalization period; distances greater than 300Km were associated to increased limb amputation probability; severe vascular trauma have an increased death probability when patients need to travel more than 200Km for surgical treatment.

RESUMOObjetivo:avaliar a incidência de desfechos desfavoráveis, em pacientes operados por trauma vascular, e sua relação com a distância entre o local do acidente e o hospital onde o paciente recebeu o tratamento definitivo. Métodos:estudo descritivo e retrospectivo. Dados coletados nos prontuários de pacientes operados por lesões vasculares, entre fevereiro de 2011 e fevereiro de 2013, no único hospital de trauma com atendimento especializado em cirurgia vascular em uma vasta área da Amazônia. Foram analisados data do trauma, sexo, idade, mecanismo e topografia da lesão, tratamento cirúrgico, reintervenção, período de internação, complicações, amputação e mortalidade. A incidência de desfechos desfavoráveis foi avaliada de acordo com a distância entre a cidade onde ocorreu a lesão vascular eo hospital. Resultados: foram estudados 173 pacientes, com 255 lesões; 95,95% do sexo masculino (p<0,05), média de idade de 28,92 anos; 47,4% das lesões por projéteis de arma de fogo (p<0,05); distribuição topográfica: 45,66% (p<0,05) nos vasos dos membros inferiores, 37,57% nos membros superiores, 6,94% de lesões abdominais, 5,2% torácicas e 4,62% lesões do pescoço; 51,42% tiveram hospitalização por sete dias ou menos (p<0,05); amputação foi necessária em 15,6% e a mortalidade 6,36%.Conclusão:distâncias superiores a 200km foram associadas à internação prolongada; distâncias superiores a 300km foram associadas à maior probabilidade de amputação de membros; traumatismos vasculares graves estiveram associados a uma maior probabilidade de óbito quando os pacientes precisaram ser transportados por mais de 200km para o tratamento cirúrgico.
Descritores: Lesões do Sistema Vascular/cirurgia
Acesso aos Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
-Brasil
Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097673
Autor: Elias, Ana Flávia Diniz; Fagueiro, Camila de Oliveira; Silveira, Edilene Aparecida Araújo da; Pinto, Jeizziane Aparecida Ferreira; Aleluia Júnior, José Arimatéa de; Machado, Richardson Miranda.
Título: Transtorno afetivo bipolar: determinantes sociais de saúde, adesão ao tratamento e distribuição espacial / Bipolar affective disorder: health social determinants, adherence to treatment and space distribution / Trastorno afectivo bipolar: determinantes sociales de la salud, adherencia al tratamiento y distribución del espacio
Fonte: Rev. enferm. UERJ;27:e43934, jan.-dez. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar os determinantes sociais de saúde dos pacientes com transtorno afetivo bipolar (TAB), sua distribuição espacial e a adesão ao tratamento. Métodos: estudo descritivo e transversal, com amostragem não probabilística, realizado no Centro de Atenção Psicossocial de Divinópolis/Minas Gerais, no período de fevereiro/2017 a fevereiro/2018 com 35 pacientes diagnosticados com TAB, submetidos a um questionário, escala clínica e telefonemas. Análise estatística realizada através de técnicas univariadas e multivariadas. Estudo aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: a maioria da população estudada apresentou predição positiva à adesão ao tratamento, que se associou ao sexo, idade, estilo de vida saudável, apoio de redes sociais e comunitárias, saneamento básico, acesso a serviços sociais de saúde e benefício do governo. Conclusão: a adesão ao tratamento é um produto da interação entre as dimensões relacionadas ao paciente, ao serviço de saúde, aos fatores socioeconômicos e à terapêutica proposta.

Objective: to identify the health social determinants of patients with bipolar affective disorder (BAD), their spatial distribution and treatment adherence. Methods: a descriptive and cross-sectional study with non-probabilistic sampling, carried out at the Psychosocial Care Center of Divinópolis/Minas Gerais, from February/2017 to February/2018 with 35 patients diagnosed with BAD, submitted to a questionnaire, clinical scale and phone calls. Analysis performed through univariate and multivariate techniques. Study approved by the Research Ethics Committee. Results: most of the population studied had a positive prediction for treatment adherence, which was associated with gender, age, healthy lifestyle, support from social and community networks, basic sanitation, access to social health services and government benefit. Conclusion: adherence to treatment is a product of the interaction between the dimensions related to the patient, the health service, the socioeconomic factors and the proposed therapy.

Objetivo: identificar los determinantes sociales de la salud de pacientes con trastorno afectivo bipolar (TAB), su distribución espacial y la adherencia al tratamiento. Métodos: estudio descriptivo y transversal con muestreo no probabilístico, realizado en el Centro de Atención Psicosocial de Divinópolis/Minas Gerais, de febrero/2017 a febrero/2018 con 35 pacientes diagnosticados de TAB, sometidos a un cuestionario, escala clínica y llamadas telefónicas. Análisis realizado a través de técnicas univariadas y multivariadas. Estudio aprobado por Comité de Ética en Investigación. Resultados: La mayoría de la población estudiada tenía una predicción positiva para la adherencia al tratamiento, que se asoció con el género, la edad, el estilo de vida saludable, el apoyo de las redes sociales y comunitarias, el saneamiento básico, el acceso a los servicios de salud social y los beneficios del gobierno. Conclusión: la adherencia al tratamiento es producto de la interacción entre las dimensiones relacionadas con el paciente, el servicio de salud, los factores socioeconómicos y la terapia propuesta.
Descritores: Fatores Socioeconômicos
Transtorno Bipolar/diagnóstico
Transtorno Bipolar/terapia
Demografia
Determinantes Sociais da Saúde
Cooperação e Adesão ao Tratamento
-Transtorno Bipolar/prevenção & controle
Transtorno Bipolar/psicologia
Estudos Transversais
Transtornos do Humor
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  6 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1116002
Autor: Pinho, Ellen Christiane Corrêa; Cunha, Thais Amanda Nunes da; Lemos, Messias; Ferreira, Glenda Roberta Oliveira Naiff; Lourenção, Luciano Garcia; Pinheiro, Helder Henrique Costa; Botelho, Eliã Pinheiro; Cunha, Carlos Leonardo Figueiredo.
Título: Acesso e acessibilidade na atenção primária à saúde no Brasil / Access and accessibility in primary health care in Brazil
Fonte: Enferm. foco (Brasília);11(2):168-175, jul. 2020. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: Avaliar o acesso e a acessibilidade às Unidades Básicas de Saúde (UBS) nas diferentes regiões do Brasil, caracterizando-os segundo os componentes organizacional e de infraestrutura. Metodologia: Pesquisa avaliativa, de natureza quantitativa, com delineamento transversal descritivo, fundamentada nos dados do terceiro ciclo do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. Resultados: A maioria das UBS (84,4%) possuem horário fixo de funcionamento; 46,3% mantém atividades no horário do almoço; 87,1% apresentaram todos os ambientes com sinalização, facilitando acesso dos usuários; 21,7% apresenta estrutura divergente do estabelecido pelo Ministério da Saúde. Conclusão: Houve disparidades regionais nos achados encontrados em âmbito nacional quanto ao acesso e à acessibilidade. Na avaliação geral, o componente organizacional aponta conformidade com o preconizado pelo Ministério da Saúde e, no componente infraestrutura, a acessibilidade indicou percentuais que demandam avanços para melhoria do acesso. (AU)

Objectives: Evaluate access and accessibility to Basic Health Units (BHU) in different regions of Brazil, characterizing them according to organizational and infrastructure components. Methodology: Evaluative research, of quantitative nature, with descriptive cross-sectional design, based on data from the third cycle of National Program for Improvement of Access and Quality of Primary Care. Results: Most BHU (84.4%) have fixed opening hours; 46.3% maintain activities at lunchtime; 87.1% presented all environments with signage, facilitating access of users; 21.7% presents a structure that differs from that established by the Ministry of Health. Conclusão: There were regional disparities in the findings found nationwide regarding access and accessibility. In the overall assessment, the organizational component points to compliance with the recommended by the Ministry of Health, and the infrastructure component, accessibility indicated percentages that require advances to improve access. (AU)

Objectivos: Evaluar el acceso y la accesibilidad a las Unidades Básicas de Salud (UBS) en diferentes regiones de Brasil, multiplasándolas de acuerdo con los componentes organizativos y de infraestructura. Metodología: Investigación evaluativa, de naturaleza cuantitativa, con diseño transversal descriptivo, basada en datos del tercer ciclo del Programa Nacional para la Mejora del Acceso y la Calidad de la Atención Primaria. Resultados: Más UBS (84,4%) tienen horarios de apertura fijos; 46,3% mantener actividades a la hora del almuerzo; El 87,1% presentó todos los entornos con señalización, facilitando el acceso de los usuarios; El 21,7% presenta una estructura que difiere de la establecida por el Ministerio de Salud. Conclusión: Hubo disparidades regionales en los resultados encontrados en todo el país con respecto al acceso y la accesibilidad. En la evaluación general, el componente organizacional apunta al cumplimiento del componente recomendado por el Ministerio de Salud y del componente de infraestructura, la accesibilidad indicó porcentajes que requieren avances para mejorar el acceso. (AU)
Descritores: Acesso aos Serviços de Saúde
-Atenção Primária à Saúde
Centros de Saúde
Enfermagem
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  7 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1104389
Autor: Lima, Mariana da Conceição Santana; Santos, Paulo Henrique Fernandes; Cruz, Keila Cristianne Trindade da; Santos, Lucas Cardoso dos; Machado, Valéria Bertonha; Andrade, Juliane.
Título: Acesso à insulinoterapia de usuários com diagnóstico de Diabetes Mellitus acompanhados em ambulatório especializado / Access to insulintherapy of users with diabetes mellitus accompanied in a specialized outpatient clinic
Fonte: Enferm. foco (Brasília);11(2):120-126, jul. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Caracterizar o perfil e o acesso à insulinoterapia dos usuários com diagnóstico de Diabetes Melittus atendidos no Ambulatório de Endocrinologia de um hospital universitário do Distrito Federal. Método: Estudo transversal, realizado de abril a maio de 2019. A amostra constituiu-se de 60 participantes com 18 anos ou mais. Foi aplicado questionário estruturado e os dados descritivos analisados pelo software PSPP. Resultados: Verificou-se que a maioria (86,7%) são mulheres, que os participantes obtêm insulina (93,3%), antidiabéticos orais (50,0%) e insumos (93,3%) no serviço público, e que metade desses participantes os adquirem na unidade de saúde. Ainda metade (53,3%) relatou ter interrompido o tratamento devido à falta desses medicamentos. Conclusão: O estudo evidenciou as fragilidades no acesso às redes de saúde do Distrito Federal em decorrência da falta de investimentos na Atenção Básica e da cultura hegemônica, sendo urgente o investimento nas redes de cuidado à luz das políticas de acesso. (AU)

Objective: To characterize the profile and access to insulin therapy of users with diabetes mellitus treated in the Endocrinology Outpatient Clinic in an university hospital of Distrito Federal. Method: Cross-sectional study, performed from April to May 2019. The sample consisted of 60 participants with 18 years or more. A structured questionnaire was applied and the descriptive data analyzed by the PSPP software. Results: It was found that the majority (86.7%) were women, that participants obtain insulin (93.3%), oral antidiabetics (50.0%) and inputs (93.3%) in the public service, and that half of these participants acquire it at the health unit. Half (53.3%) reported having interrupted the treatment due to the lack of these medications. Conclusion: The study showed the weaknesses in access to networks of health of Distrito Federal due to the lack of investment in primary health care and the hegemonic culture, being urgent the investment in care networks of care in the light of the access policies. (AU)

Objetivo: caracterizar el perfil y el acceso a la terapia con insulina de los usuarios diagnosticados con Diabetes Melittus atendidos en la Clínica Ambulatoria de Endocrinología de un hospital universitario en el Distrito Federal. Método: estudio transversal, realizado de abril a mayo de 2019. La muestra consistió en 60 participantes de 18 años o más. Se aplicó un cuestionario estructurado y los datos descriptivos fueron analizados por el software PSPP. Resultados: se encontró que la mayoría (86.7%) son mujeres, los participantes reciben insulina (93.3%), antidiabéticos orales (50.0%) e insumos (93.3%) en el servicio público, y la mitad de estos participantes los adquieren en el centro de salud. Todavía la mitad (53.3%) informó suspender el tratamiento debido a la falta de estos medicamentos. Conclusión: El estudio mostró las debilidades en el acceso a las redes de salud en el Distrito Federal debido a la falta de inversiones en atención primaria y cultura hegemónica, siendo urgente invertir en redes de atención a la luz de las políticas de acceso. (AU)
Descritores: Acesso aos Serviços de Saúde
-Níveis de Atenção à Saúde
Assistência Integral à Saúde
Diabetes Mellitus
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  8 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1104073
Autor: Nemer, Camila Rodrigues Barbosa; Guedes, Gabrielle Paixão; Santos, Natália Ramos dos; Pena, Francineide Pereira da Silva; Tavares, Walter de Souza; Teixeira, Elizabeth.
Título: Programa de tratamento fora de domicílio: análise à luz da integralidade / Out-of-house treatment program: analysis in the light of integrality
Fonte: Enferm. foco (Brasília);11(2):42-46, jul. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a percepção dos usuários sobre o atendimento às necessidades de saúde ofertadas pelo Programa de Tratamento Fora de Domicílio no Estado do Amapá à luz do princípio da integralidade. Método: Estudo exploratório com abordagem qualitativa. Realizado no polo de referência do Programa de Tratamento Fora de Domicílio da cidade de Macapá, AP, Brasil, no segundo semestre de 2018, com 17 usuários. Para a coleta de dados realizaram-se entrevistas. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo temático categorial. Resultados: Emergiram três categorias de análise: Necessidades de saúde e processo de busca pelo tratamento; Viagens, dificuldades e facilidades; Necessidades familiares e sociais. Conclusão: O programa apresenta fragilidades e soluções de continuidade, que permite afirmar o prejuízo ao cumprimento do princípio da integralidade. (AU)

Objective: To analyze the perception of users about meeting the health needs offered by the Out-of-Home Treatment Program in the State of Amapá in the light of the principle of integrality. Method: Exploratory study with a qualitative approach. Held at the reference pole of the Out of Home Treatment Program in the city of Macapá, AP, Brazil, in the second half of 2018, with 17 users. For data collection, interviews were conducted. The data were analyzed through the analysis of categorical thematic content. Results: Three categories of analysis emerged: Health needs and the process of seeking treatment; Travel, difficulties and facilities; Family and social needs. Conclusion: The program presents weaknesses and solutions for continuity, which makes it possible to affirm the damage to compliance with the principle of integrality. (AU)

Objetivo: Analizar la percepción de los usuarios sobre la satisfacción de las necesidades de salud que ofrece el Programa de Tratamiento Fuera del Hogar en el Estado de Amapá a la luz del principio de integralidad. Método: Estudio exploratorio con enfoque cualitativo. Celebrada en el polo de referencia del Programa de tratamiento fuera del hogar en la ciudad de Macapá, AP, Brasil, en la segunda mitad de 2018, con 17 usuarios. Para la recopilación de datos, se realizaron entrevistas. Los datos se analizaron mediante el análisis de contenido temático categórico. Resultados: Surgieron tres categorías de análisis: Necesidades de salud y el proceso de búsqueda de tratamiento; Viajes, dificultades e instalaciones; Necesidades familiares y sociales. Conclusión: El programa presenta debilidades y soluciones para la continuidad, lo que permite afirmar el daño al cumplimiento del principio de integralidad. (AU)
Descritores: Integralidade em Saúde
-Enfermagem
Acesso aos Serviços de Saúde
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  9 / 2623 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1104448
Autor: Monroy-Sanchez, Diana Carolina.
Título: Naturaleza del acceso a los servicios de salud mental de la población adulta víctima del conflicto armado en Colombia / Access to mental health services by the adult population victim of the armed conflict in Colombia / Natureza do acesso a serviços de saúde mental da população adulta vítima do conflito armado na Colômbia
Fonte: Rev. salud bosque;10(1):1-15, 2020.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. La salud es un derecho fundamental que, además de jugar un papel muy importante por su valor, cumple una función significativa en el desarrollo humano y social. En Colombia, la población víctima del conflicto armado es considerada vulnerable en este aspecto, pues tiene una alta probabilidad de padecer problemas mentales, los cuales, según sugieren algunos estudios, están asociados a determinantes individuales, organizacionales y sociales; además, el acceso a los servicios de salud mental en esta población es limitado. Objetivo. Realizar una revisión documental de la naturaleza del acceso a los servicios de salud mental en la población adulta víctima del conflicto armado en Colombia.Discusión. Los factores asociados al acceso a los servicios de salud mental de la población adulta víctima del conflicto armado pueden abordarse de acuerdo con tres dimensiones: disposición de los servicios de salud, barreras de acceso a los servicios de salud mental y resultados en materia de salud. Los principales hallazgos del presente estudio revelan que, a diferencia de la población general, las víctimas del conflicto armado presentan mayores dificultades en las barreras personales y económicas para acceder a los servicios de salud mental, barreras que incluyen el desconocimiento de los servicios de salud y la dificultad en la articulación intersectorial. Conclusiones. El acceso a los servicios de salud mental en la población general continúa mostrando dificultades debido a barreras de diferente orden: personales, económicas, geográficas, organizacionales y socioculturales, barreras que de igual forma se exacerban en población víctima del conflicto armado.

Introduction: Health is a fundamental right that in addition to playing a very important role for its own value, plays a significant role in human and social development. In Colombia, the population victim of the conflict is considered vulnerable and has a high probability of suffering from mental problems. Access to mental health services in this population is limited and studies are based on their individual, organizational and social determinants. Objective: Make a documentary review of the nature of access to mental health services for the adult population victim of armed conflict.Discussion: The factors associated with access to mental health services for the adult population victim of the armed conflict can be addressed according to the following dimensions: Disposition of health services, barriers to access to mental health services and results in health matter. The main findings reveal that, unlike the general population, victims of the armed conflict have greater difficulties in personal and economic barriers, which include ignorance about health services and, difficulty in the articulation of actions among organizations. Conclusions: Access to mental health services in the general population continues to show difficulties due to barriers of different order: personal, economic, geographical, organizational and sociocultural. These barriers are exacerbated in the population victim of the armed conflict.

Introdução. A saúde é um direito fundamental que, além de desempenhar um papel muito importante, desempenha um papel significativo no desenvolvimento humano e social. Na Colômbia, a população vítima do conflito armado é considerada vulnerável a esse respeito, visto que possui alta probabilidade de sofrer problemas mentais, associados a determinantes individuais, organizacionais e sociais. Porém, o acesso aos serviços de saúde mental nessa população é limitado. Objetivo. Realizar uma revisão documental do acesso a serviços de saúde mental na população adulta vítima do conflito armado na Colômbia.Discussão. Os fatores associados ao acesso a serviços de saúde mental da população adulta vítima do conflito armado podem ser abordados a partir de três dimensões: prestação de serviços de saúde, barreiras ao acesso a serviços de saúde mental e resultados de saúde. Os principais achados deste estudo revelam que, diferentemente da população em geral, as vítimas do conflito armado apresentam maiores dificuldades nas barreiras pessoais e econômicas ao acesso aos serviços de saúde mental, barreiras que incluem o desconhecimento dos serviços de saúde e a dificuldade institucional da articulação intersetorial.Conclusões. O acesso aos serviços de saúde mental na população em geral continua mostrando dificuldades devido a barreiras dpo tipo: pessoal, econômica, geográfica, organizacional e sociocultural (2,3), barreiras que são igualmente exa-cerbadas na população vítima do conflito armado.
Descritores: Estresse Psicológico
Barreiras ao Acesso aos Cuidados de Saúde
-População
Humanos
Colômbia
Acesso aos Serviços de Saúde
Serviços de Saúde Mental
Responsável: CO647.9 - Universidad El Bosque


  10 / 2623 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1007290
Autor: Solitario, Romina; Comes, Yamila; Garbus, Pamela; Mauro, Mirta; Stolkiner, Alicia.
Título: Accesibilidad al sistema de salud de una población de adultos mayores: Una experiencia participativa en el proceso de investigación en sistemas y servicios de salud / Accessibility to the health care system of a senior population: a participating experience in the research process in health systems and services
Fonte: Rev. Asoc. Med. Bahía Blanca;16(4):97-102, oct-dic, 2006.
Idioma: es.
Resumo: Aborda un estudio interdiscipli- nario de un problema complejo, con una estrategia de investiga- ción social participativa, que si- gue los lineamientos teóricos y metodológicos característicos de la Investigación en Sistemas y Servicios de Salud. Forma parte del proyecto «Accesibilidad y dig- nidad en la atención en Servicios de Salud del Gobierno de la Ciu- dad de Buenos Aires: sujetos y derecho a la atención en salud¼ . El propósito fue investigar de modo exploratorio, la accesibili- dad en sus cuatro dimensiones (geográfica, simbólica, adminis- trativa y económica) entre un grupo de adultos mayores de 59 años residentes en un área geo- gráfica delimitada, ubicada den- tro del área programática de un hospital polivalente dependien- te del Gobierno de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Así mismo, se propuso articular con- ceptualmente esta experiencia realizada durante el trabajo de investigación, en la cual el eje central fue la participación de los actores involucrados en el campo de estudio con la metodo- logía de investigación participa- tiva. Palabras claves: Investiga- ción en Sistemas y Servicios de Salud (ISSS), participación so- cial, investigación social partici- pativa.

This is an interdisciplinary study for a complex problem, with a participating social re- search strategy that follows the theoretical and methodological guidelines characteristic of Re- search in Health Systems and Services. This is part of the pro- ject «Accessibility and Dignity in Buenos Aires City Government Health Care Services: Subjects and Right to Health Care¼ . The purpose was to perform an ex- ploratory research of the acces- sibility in its four dimensions - geographic, symbolic, adminis- trative, and economic- among a group of senior citizens (> 59 Revista Científica de la AMBB, Octubre - Diciembre, 2006 - Vol 16 Nº 4 98 years) living in a marked geogra- phical area located within a pro- grammatic area of a polyvalent hospital depending from the Government of the Autonomous City of Buenos Aires. In addi- tion, the conceptual articulation of this experience carried out during the research work was proposed, in which the central axis was the participation of the actors involved in the study field with the participant research me- thodology. Key words: Research in Heal- th Systems and Services (ISSS, for its acronym in Spanish), so- cial participation, participating social investigation.
Descritores: Acesso aos Serviços de Saúde
-Administração de Serviços de Saúde
Administração dos Cuidados ao Paciente
Participação Social
Limites: Humanos
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR393.1 - Centro de Información y Documentación Dr H. Urquiola



página 1 de 263 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde