Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.761.040 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 10 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 10 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-965071
Autor: Perú. Ministerio de Salud.
Título: Lineamientos para el manejo del dengue en zonas de desastre Perú 2017 / Guidelines for the management of Dengue in disaster areas Peru 2017.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20170000. 5 p.
Idioma: es.
Resumo: En el presente documento detalla los lineamiento para el manejo del dengue en zonas de desastres en el Perú para el año 2017.
Descritores: Dengue
-Estratégias
Adesão a Diretivas Antecipadas
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-971859
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos.
Título: QUALIFARSUS: programa nacional de qualificação da assistência farmacêutica no âmbito do sistema único de saúde: eixo estrutura atenção básica: instruções técnicas.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2016. 69 p. tab, ilus, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Assistência Farmacêutica
Assistência Farmacêutica/organização & administração
Assistência Farmacêutica/provisão & distribuição
Assistência Farmacêutica/normas
Assistência Farmacêutica
-Assistência Farmacêutica
Qualidade da Assistência à Saúde
Fidelidade a Diretrizes
Adesão a Diretivas Antecipadas
Sistema Único de Saúde/organização & administração
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Publicações Governamentais
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)
ACERVO DIGITAL


  3 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-971833
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coordenação-Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia em Serviços.
Título: Guia de vigilância em saúde: volume único.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2016. 773 p. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Monitoramento Epidemiológico
Vigilância em Saúde Pública
Vigilância da População
Vigilância Sanitária
-Guias como Assunto
Doenças Transmissíveis
Adesão a Diretivas Antecipadas
Controle de Doenças Transmissíveis
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Guia
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)
ACERVO DIGITAL


  4 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-869692
Autor: Zegers M., Germán.
Título: Indicaciones restrictivas y anestesia / Restrictive indications and anesthesia
Fonte: Rev. chil. anest;46(1):14-18, abr. 2017.
Idioma: es.
Resumo: Anesthesiologists may deal with ethical dilemmas when looking after Not To Be Resuscitated (NTBR) patients. Sometimes the latters are scheduled to undergo surgical procedures that are palliative in nature. With the advent of the cardio pulmonary resuscitation in the 1960s, new problems arose, such as long resuscitations, quality of life impairment and unnecessary protracted agony. Besides the fear to death and suffering, resuscitation's dread appeared. In the beginning, the decisión to reject the resuscitation was the physician's responsability. The development of the Patient Self-Determination Act (PSDA) transfered to the patient or to his/her legal surrogates the right to decide about his/her medical treatment, specially at the end of life. This article revised the evolution that allowed to exercise the patient autonomy, as well as the best way to proceed when anesthesia and surgery are necessary to care for a patient with a Do Not Resuscitate Order.

El anestesiólogo puede enfrentar dilemas éticos cuando debe anestesiar pacientes con indicaciones restrictivas (Límite del Esfuerzo Terapéutico, Orden de No Reanimar). Estos pacientes con frecuencia son sometidos a intervenciones destinadas a mejorar su calidad de vida, o para el control de síntomas, a pesar de tener un mal pronóstico evolutivo, y/o deterioro de su condición física. A mediados de la década de 1960, con la RCP (Reanimación Cardiopulmonar) aparecieron nuevos problemas, como reanimaciones reiteradas, deterioro de la calidad de vida, y prolongación de la agonía. Entonces, al miedo a la muerte y al sufrimiento, se sumó el miedo a la reanimación. Inicialmente, el médico responsable del paciente era el único habilitado para rechazar estas medidas de reanimación (NTBR, “not to be resuscitated”), con el subsiguiente debate bioético. Mas tarde, el desarrollo del principio de autonomía, transfirió al paciente y a su entorno más cercano el derecho a tomar decisiones informadas sobre su propio tratamiento médico1. Este artículo revisa los antecedentes relevantes que han permitido el traspaso del poder de decisión a los pacientes, así como la mejor forma de proceder ante la necesidad de administrarles anestesia cuando hay indicaciones restrictivas.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas
Anestesia/ética
Temas Bioéticos
Direitos do Paciente
Ordens quanto à Conduta (Ética Médica)
-Autonomia Pessoal
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Elucir, Gir
Texto completo
Id: lil-787434
Autor: Carvalho, Milton Jorge de; Pereira, Fernanda Maria Vieira; Gir, Elucir; Lam, Simon Ching; Barbosa, Caio Parente.
Título: Investigating Compliance with Standard Precautions During Residency Physicians in Gynecology and Obstetrics
Fonte: Clinics;71(7):387-391tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVES: Physician compliance with standard precautions is important in the specialty of gynecology and obstetrics because of the high frequency of invasive procedures. The current study investigated compliance with standard precautions among resident physicians working in gynecology and obstetrics. METHOD: A cross-sectional study was conducted among resident physicians in gynecology and obstetrics in their first (R1), second (R2) and third (R3) years of residency at a teaching hospital in a city in São Paulo. A structured questionnaire that included demographic and professional aspects and the Standard Precautions Adherence Scale were used to collect data. Statistical analysis was performed using IBM® SPSS version 20. Ethical aspects were considered. RESULTS: Fifty-eight resident physicians participated in the study. Of the enrolled participants, 27 (46.6%) were in R1, 12 (20.7%) were in R2 and 19 (32.8%) were in R3. The standard precautions compliance score was 4.1, which was classified as intermediate. There were no significant differences in the compliance scores of the resident physicians across the three years of residency (H=2.34, p=0.310). CONCLUSION: Compliance with standard precautions among resident physicians was intermediate. Preventive measures in clinical practice are not fully adopted in the specialty of gynecology and obstetrics. More important, many professionals claimed lack of sufficient training in standard precautions in the workplace. Such circumstances should draw the attention of hospital management with regard to occupational health risks.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas/normas
Ginecologia/educação
Internato e Residência/normas
Obstetrícia/educação
Padrões de Prática Médica/normas
-Adesão a Diretivas Antecipadas/estatística & dados numéricos
Brasil
Estudos Transversais
Fidelidade a Diretrizes
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Hospitais de Ensino/estatística & dados numéricos
Padrões de Prática Médica/estatística & dados numéricos
Inquéritos e Questionários
Precauções Universais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-713112
Autor: Lopes, Lizis Kimura.
Título: A adesão ao tratamento antirretroviral por crianças e adolescentes com HIV/Aids / Antirretroviral treatment adherence of children and adolescents with HIV/Aids.
Fonte: São Paulo; s.n; 2012. 79 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: A manutenção da boa adesão aos medicamentos antirretrovirais é considerada fundamental para a terapia de pacientes com HIV/Aids, pois falhas no seguimento da prescrição podem levar ao comprometimento de toda a terapia, desenvolvimento de resistência viral e consequente redução nas opções de tratamento. Nas crianças, a adesão plena torna-se mais relevante se forem considerados os diferentes graus de maturidade do sistema imunológico no momento da infecção pelo HIV, tornando, assim, fundamental a avaliação da adesão nesta população. Objetivos: Analisar a taxa de adesão ao tratamento antirretroviral em crianças e adolescentes com HIV/Aids. Métodos: Este estudo transversal, aninhado à coorte de crianças e adolescentes com HIV/Aids atendidas no ambulatório do Instituto da Criança, analisou 101 pacientes. Os dados dos pacientes foram obtidos por meio de questionários sobre as características sociodemográficas e clínicas, sobre a aderência, além de escalas de expectativa de auto-eficácia. A taxa de adesão foi calculada classificando como aderentes aqueles pacientes que tomaram 95 por cento ou mais das doses referidas. A análise descritiva (média, desvio-padrão, mediana e proporções) foi realizada para caracterizar a população do estudo e o teste de Wilcoxon foi utilizado para comparação das médias da escala de auto-eficácia dos pais/cuidadores e pacientes acima de 11 anos. Resultados: A taxa de adesão ao tratamento antirretroviral foi de 93,1 por cento (IC =[88,7;94,4]). Houve 7 pacientes que apresentaram má adesão. Os medicamentos antirretrovirais mais utilizados foram lopinavir (51,5 por cento ), lamivudina (43,6 por cento ) e Biovir® (associação de lamivudina e zidovudina) (28,7 por cento ). Conclusão: Alta taxa de adesão ao tratamento antirretroviral por crianças e adolescentes pode ser atingida, independentemente de seu perfil sociodemográfico e/ou 95 por cento de seus cuidadores, por meio do cuidado que a equipe multiprofissional dedica aos pacientes.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas/psicologia
Fármacos Anti-HIV/uso terapêutico
Pediatria/instrumentação
-Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; MTR, 1955. CM. 54082/2012


  7 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-684330
Autor: Losa Iglesias, Marta Elena; Becerro de Bengoa Vallejo, Ricardo.
Título: Living wills in the nursing profession: knowledge and barriers / Las directivas anticipadas en la profesión de enfermería: el conocimiento y las barreras / As diretivas antecipadas na profissão de enfermagem: o conhecimento e as barreiras
Fonte: Acta bioeth;19(1):113-123, jun. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aims of this study were to understand Spanish nurses' knowledge about living wills and legal regulations and to explore their experiences, needs and challenges in these situations using quantitative and qualitative approaches. The first part of the study was a descriptive survey administered to a convenience sample of nurses (454 individuals) who worked in hospitals and other primary care clinics in the Principality of Asturias in northern Spain. The survey tested their knowledge of living wills and related major legal issues. At the end of the survey, the nurses were asked to provide a personal email address if they were interested in participating in a personal interview. In the second part of this study, we used a qualitative phenomenological approach based on Husserl's framework. The results indicate that nurses are not sufficiently knowledgeable about the use of LWD in clinical practise. As a consequence, they are unable to support patient autonomy in health care treatment decisions.

Los objetivos de este estudio fueron comprender el conocimiento de enfermeras españolas sobre las directivas anticipadas y las regulaciones legales y explorar sus experiencias, necesidades y desafíos en aquellas situaciones utilizando métodos cuantitativos y cualitativos. La primera parte del estudio fue una encuesta descriptiva que se administró a una muestra de enfermeras (454 individuos) que trabajó en hospitales y otros centros de atención primaria en el Principado de Asturias en el norte de España. El estudio evaluó sus conocimientos sobre las directivas anticipadas y consideró temas legales relacionados. Al final del estudio, a las enfermeras se les preguntó si proporcionarían una dirección de correo electrónico personal para participar en una entrevista personal. En la segunda parte de este estudio, hemos utilizado un enfoque fenomenológico cualitativo basado en el marco de Husserl. Los resultados indicaron que las enfermeras no tienen los conocimientos suficientes sobre el uso de LWD en la práctica clínica. Como consecuencia, son incapaces de apoyar la autonomía del paciente en las decisiones de tratamiento de cuidado de la salud.

Os objetivos deste estudo foram compreender o conhecimento de enfermeiras espanholas sobre as diretivas antecipadas e as regulamentações legais, e explorar suas experiências, necessidades e desafios naquelas situações, utilizando métodos quantitativos e qualitativos. A primeira parte do estudo consistiu numa enquete descritiva administrada numa amostra de enfermeiras (454 indivíduos) que trabalham em hospitais e outros centros de atenção primária no Principado de Astúrias, ao norte da Espanha. O estudo avaliou seus conhecimentos sobre as diretivas antecipadas e considerou temas legais relacionados. Ao final do estudo, às enfermeiras foi perguntado se proporcionariam uma direção de correio eletrônico pessoal para participar de uma entrevista pessoal. Na segunda parte deste estudo foi utilizado um enfoque fenomenológico qualitativo, baseado no marco de Husserl. Os resultados indicaram que as enfermeiras não têm os conhecimentos suficientes sobre o uso de LWD na prática clínica. Como consequência, são incapazes de apoiar a autonomia do paciente nas decisões de tratamento de cuidado em saúde.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas
Ética em Enfermagem
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Testamentos Quanto à Vida
Enfermeiras e Enfermeiros
-Diretivas Antecipadas
Direitos do Paciente
Autonomia Pessoal
Espanha
Inquéritos e Questionários
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-666570
Autor: Farias, Masterson Marian de; Moreira, Daniel Medeiros.
Título: Impacto de protocolo de dor torácica sobre a adesão às diretrizes societárias: um ensaio clínico / Impact of chest pain protocol on compliance with society guidelines: a clinical trial
Fonte: Rev. bras. cardiol. (Impr.);25(5):368-376, set.-out. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Fundamentos: A redução de eventos coronarianos ocorre quando a síndrome coronariana aguda (SCA) é tratada de acordo com evidências de eficácia comprovada, medidas adotadas pelas diretrizes de sociedades. O uso de protocolos surge como instrumento de otimização da qualidade de atendimento.Objetivo: Avaliar o impacto da utilização de protocolo de abordagem da SCA sobre a adesão às recomendaçõesdas diretrizes societárias. Métodos: Ensaio clínico controlado randomizado por cluster, de controle unicego. Oito médicos-residentes foram randomizados para receber ou não o protocolo deabordagem da SCA. Foram elegíveis para avaliação, os prontuários de 112 pacientes admitidos por SCA. A adesão às recomendações das diretrizes foi analisada através de um sistema de pontuação que atribuiu um ponto para cada uma das 18 condutas recomendadas no protocolo.Resultados: Houve uma adesão média significativamente maior no grupo-protocolo (8,9±3,9 vs. 5,4±3,2; p<0,001). Estiveram mais presentes no grupo-protocolo (p<0,001):qualificação da dor (74,5% vs. 22,8%), realização de eletrocardiograma em até 10min (43,6% vs. 12,3%), repetição do eletrocardiograma em 6 horas (47,3% vs. 12,3%) e estratificação de risco (41,8% vs. 7,0%). Foramsignificativamente mais prescritos no grupo-protocolo (p<0,05): AAS (83,6% vs. 64,9%), oxigênio (44,4% vs.22,2%), clopidogrel (52,7% vs. 29,8%), morfina (32,7% vs. 10,5%), betabloqueador (49,1% vs. 22,8%), enoxaparina (47,3% vs. 26,3%), estatina (38,2% vs. 15,8%) e IECA(36,4% vs. 17,5%). Não houve diferença significativa namortalidade e no tempo médio de internação ou observação Conclusão: A utilização do protocolo na emergênciapromoveu maior aderência às recomendações das diretrizes societárias..

Background: Coronary events decrease when acute coronary syndrome (ACS) is treated according to proven evidence of efficacy, established by societyguidelines. The use of protocols arises as a tool for optimizing the quality of care. Objective: To assess the impact of using a protocolbased approach to ACS in terms of compliance with the recommendations set forth in society guidelines. Methods: A randomized single-blind controlled clinical trial was conducted through a cluster. Eightresident physicians were randomly selected to receive or not receive the ACS approach protocol, with themedical records of 112 patients admitted for ACS eligible for assessment. Compliance with guidelinerecommendations was analyzed through a scoring system that awarded one point for each of the 18 lines of conduct recommended in the protocol.Results: There was a significantly higher average compliance in the protocol group (8.9±3.9 vs. 5.4±3.2,p <0.001), with the following aspects also noted more in the protocol group (p<0.001): pain classification(74.5% vs. 22.8%); electrocardiogram within 10 minutes (43.6% vs. 12.3%); repeat electrocardiogram at 6h (47.3% vs. 12.3%) and risk rating (41.8% vs. 7%). The following were prescribed significantly more in the protocol group (p <0.05): AAS (83.6% vs. 64.9%);oxygen (44.4% vs. 22.2%); clopidogrel (52.7% vs. 29.8%); morphine (32.7% vs. 10.5%); beta-blockers(49.1% vs. 22.8%); enoxaparin (47.3% vs. 26.3%); statins(38.2% vs. 15.8%) and ACE inhibitors (36.4% vs. 17.5%). There was no significant difference in mortalityrates or the average lengths of hospitalization or observation. Conclusion: The use of the protocol in the emergency promoted greater adherence to the recommendations ofthe corporate guidelines.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas/normas
Dor no Peito/complicações
Síndrome Coronariana Aguda/complicações
-Eletrocardiografia/métodos
Eletrocardiografia
Fatores de Risco
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  9 / 10 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-595300
Autor: Palacios, Fanny; Vega, Ana; Moreno, Mabel; Arias, Amelia; Zylinski, Vanesa.
Título: Protocolo de cuidados al paciente traqueostomizado / Protocol, care of traqueotomized patient
Fonte: Notas enferm. (Córdoba);11(17):15-17, jul. 2011. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas
Traqueostomia/enfermagem
Traqueostomia/normas
Limites: Seres Humanos
Responsável: AR475.1 - Biblioteca de la Escuela de Enfermería


  10 / 10 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-576687
Autor: Calvasina, Paola Gondim; Nuto, Sharmênia de Araújo Soares.
Título: A aliança na terapia periodontal de suporte: avaliando a motivação e o autocuidado na periodontite crônica / The therapeutic alliance in the supportive periodontal treatment: evaluating the motivation for self care in chronic periodontitis
Fonte: Periodontia;19(2):54-63, 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A terapia periodontal de suporte (TPS) é definido como a base de procedimentos terapêuticos, garantido por meio de visitas regulares ao cirurgião-dentista, o qual deve estabelecer uma aliança terapêutica que possibilite o desenvolvimento de habilidades e conhecimentos próprios nos pacientes motivando-os na manutenção da saúde periodontal. O presente estudo tem como objetivo investigar o autocuidado e a motivação dos pacientes das clínicas de Periodontia do curso de Odontologia da Universidade de Fortaleza durante a TPS. A abordagem metodológica qualitativa foi usada numa relação de complementariedade com os aspectos quantificáveis, dezoito pacientes portadores de periodontite crônica que estavam em manutenção foram entrevistados e examinados. O índice de sangramento gengival de Ainamo, Bay (1975) foi usado para avaliar a situação gengival dos entrevistados. A coleta de informações deu-se no período de outubro de 2005 a março de 2006. As categorias empíricas emergentes das entrevistas foram agrupadas e analizadas, assim como os resultados individuais dos índices de sangramento gengival. Os resultados apontaram que apesar dos sujeitos da pesquisas e sentirem motivados para o autocuidado em saúde bucal, o quadro clínico inflamatório persiste. Portanto, a subjetividade individual dos participantes diverge dos achados biológicos. Este estudo sugere que pacientes em manutenção encontram vários problemas para desenvolver o autocuidado dentre eles a falta de consciência do caráter crônico da doença periodontal. Portanto, se faz necessário que os profissionais de saúde desenvolvam uma aliança terapêutica com os paciente com periodontite.

Supportive periodontal treatment (SPT) represents the basic support of therapeutic procedures, guaranteed bymeans of regular visits to the dentist, which must establish a therapeutic alliance that enables the development of abilities and proper knowledge for the patients, motivating them in the maintenance of periodontal health. The present study aims to investigate the subjective narratives of self care andmotivation of patients from the periodontics clinics of dentistry's course of the University of Fortaleza (UNIFOR)during the supportive periodontal treatment. We interviewed and examined 18 patients who had chronic periodontitis and were in clinical maintenance and assessed patient 'gingival status using Ainamo & Bay (1975) gingival index. Data weregathered between October 2005 and March 2006. The qualitative methodological approach was used,complementarily to quantified measures. Theme analysis of speech was used from the constitution of empirical categories emergent within the study, as well as the individual results of Greene & Vermillion (1964) index to illustrate the identified cases. In conclusion, despite the carriers of chronic periodontite of this study felt motivated to take care of their oral health, especially when called for the maintenance consultations; inflammatory clinical markers remained among patients with chronic periodontitis. Therefore, individual'subjectivity were divergent from the biological findings.
Descritores: Adesão a Diretivas Antecipadas
Periodontite Crônica
Motivação
Saúde Bucal
Higiene Bucal
Autocuidado
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde