Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.761.700.635 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 11 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 11 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1026846
Autor: Souza, Vanilda de.
Título: Segurança e intervenção: a assistência de enfermagem em hemotransfusão / Safety and intervention: nursing assistance in blood transfusion / Seguridad e intervención: la asistencia de enfermería en Hemotransfusion.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 20170000. 126 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O estudo nasceu do campo de trabalho com a necessidade de orientação e monitoramento da prática hemoterapia em enfermagem. Objetivo Geral: Elaborar um instrumento como uma lista de verificação para orientar a assistência de enfermagem ao cliente submetido à hemotransfusão. Traçamos como objetivos específicos: Identificar a função da enfermeira que atua na Agência Transfusional; Analisar a conformidade dos conhecimentos da equipe de enfermagem sobre intervenções assistenciais ao cliente em hemoterapia e sobre Hemovigilância; Aprimorar a Lista de Verificação (Checklist) Seguro para a Assistência de Enfermagem ao Cliente Receptor de Hemocomponentes (Produto deste estudo) e Testar o produto. Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório e descritivo cujo campo de pesquisa foi um hospital universitário público, no estado do Rio de Janeiro, desenvolvido segundo a metodologia administrativa proposta por Cury (2005): Fase I Diagnóstico da função da enfermeira na Agência Transfusional e o conhecimento específico da equipe de enfermagem. Fase II ­ Elaboração da Lista de Verificação Segura para o Cliente Submetido à Hemotransfusão. Fase III - Teste da Lista de Verificação. Os participantes foram 52 enfermeiros e 79 técnicos de enfermagem atuantes na assistência a clientes submetidos à hemotransfusões. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da UNIRIO sob o nº 463207, CAAE: 52779315.7.0000.5285. Na fase diagnostica ocorrida em maio de 2016, foi identificada a função da enfermeira com base na legislação e elaborados dois fluxogramas de trabalho e foi aplicado o teste de Conhecimento a 131 profissionais. As respostas foram codificadas e analisadas pelo sistema SPSS 21,0 e mostraram que apenas 34,35% dos participantes obtiveram acertos acima de 70%, o que reforça a necessidade de treinamentos e implementação de um instrumento assistencial específico. Fase 2 ­ realizada em junho de 2016. Os resultados da fase diagnóstica permitiram as adequações à Lista de Verificação (Checklist) Seguro para a Assistência de Enfermagem ao Cliente Receptor de Hemocomponentes já existente e em uso no hospital e desenvolvido treinamentos voltados para os 131 profissionais de enfermagem. Na terceira fase foi realizada a testagem da Lista de Verificação (Checklist) Segura para a Assistência de Enfermagem ao Cliente Receptor de Hemocomponente corrigida de acordo com as sugestões dos profissionais de enfermagem que utilizaram o impresso proposto em 40 quarenta transfusões. Conclui-se que é de suma importância ter o enfermeiro na agência transfusional com atuação em todo o processo hemoterápico, visto que o sangue é um transplante de órgão que necessita de cuidados intensivos para garantir a segurança do cliente. O estudo respondeu às questões de pesquisa, e evidenciou que a lista de verificação aproxima a assistência e a evolução de enfermagem na transfusão de hemocomponente de uma sistematização, que reduz riscos e danos ao cliente e possibilita a qualidade assistencial de enfermagem

The study was born from the field of work with the need for guidance and monitoring of hemotherapy practice in nursing. General Objective: To devise an instrument such as a checklist to guide nursing care to the transfused client. We outline specific objectives: Identify the role of the nurse working in the Transfusional Agency; To analyze the conformity of the knowledge of the nursing team about healthcare interventions to the client in hemotherapy and on hemovigilance; Improve the Safe Check List for the Hemotransferred Customer. (Product of this study) and Test the product. This is a qualitative, exploratory and descriptive study whose field of research was a public university hospital, in the state of Rio de Janeiro, developed according to the administrative methodology proposed by Cury (2005): Phase I- Diagnosis of the nurse's role in the Transfusional Agency and the specific knowledge of the nursing team. Phase II - Elaboration of the Safe Check List for the Hemotransfusion Customer. Phase III - Checklist Test. The participants were 52 nurses and 79 nursing technicians working in the care of clients submitted to blood transfusion. The project was approved by the Ethics and Research Committee of UNIRIO under nº 463207, CAAE: 52779315.7.0000.5285. In the diagnostic phase that occurred in May 2016, the nurse's role was identified based on legislation and two workflows were elaborated and the Knowledge test was applied to 131 professionals. The responses were coded and analyzed by the SPSS 21.0 system and showed that only 34.35% of the participants obtained scores above 70%, which reinforces the need for training and implementation of a specific care instrument. Phase 2 - carried out in June 2016. The results of the diagnostic phase allowed for adjustments to the existing Checklist for the Client submitted to Hemotransfusion and in use in the hospital and developed training aimed at the 131 nursing professionals. In the third phase, the testing of the Safe Verification List for the Client submitted to Hemotransfusion was performed, corrected according to the suggestions of the nursing professionals who used the proposed form in 40 transfusions. It is concluded that it is of paramount importance to have the nurse in the transfusional agency with a role in the entire hemotherapy process, since blood is an organ transplant that requires intensive care to ensure client safety. The study answered the research questions and showed that the checklist approximates nursing care and evolution in the transfusion of blood components of a systematization, which reduces risks and damages to the client and enables nursing care quality

El estudio nació del campo de trabajo con la necesidad de orientación y monitoreo de la práctica hemoterapia en enfermería. Objetivo General: Elaborar un instrumento como una lista de verificación para orientar la asistencia de enfermería al cliente sometido a la hemotransfusión. Trazamos como objetivos específicos: Identificar la función de la enfermera que actúa en la Agencia Transfusional; Analizar la conformidad de los conocimientos del equipo de enfermería sobre intervenciones asistenciales al cliente en hemoterapia y sobre Hemovigilancia; Mejorar la Lista de Verificación (Checklist) Seguro para la Asistencia de Enfermería al Cliente Receptor de Hemocomponentes (Producto de este estudio) y Probar el producto. Se trata de un estudio cualitativo, exploratorio y descriptivo cuyo campo de investigación fue un hospital universitario público, en el estado de Río de Janeiro, desarrollado según la metodología administrativa propuesta por Cury (2005): Fase I - Diagnóstico de la función de la enfermera en la Agencia Transfusional y el conocimiento específico del equipo de enfermería. Fase II - Elaboración de la Lista de Verificación Segura para el Cliente Sometido a la Hemotransfusión. Fase III - Prueba de la Lista de Verificación. Los participantes fueron 52 enfermeros y 79 técnicos de enfermería actuantes en la asistencia a clientes sometidos a las hemotransfusiones. El proyecto fue aprobado por el Comité de Ética e Investigación de UNIRIO bajo el nº 463207, CAAE: 52779315.7.0000.5285. La fase diagnóstica ocurrió en mayo de 2016, fue identificada como una función de enfermería con base en la legislación y elaborado dos fundamentos de trabajo y fue aplicada en el ensayo de Conhecimento a 131 profesionales. Las respuestas fueron codificadas y analizadas por el sistema SPSS 21,0 y muestran que sólo 34,35% de los participantes obtiveram acertos superiores a 70%, que requieren una formación básica y una implementación del instrumento assistencial específico. Fase 2 - realizada en junio de 2016. Resultados de la fase diagnóstica permitida como adecuaciones a la Lista de Verificación (Lista de Verificación) Seguro para una Asistencia de Enfermería al Cliente Receptor de Hemocomponentes ya existente en el uso no hospital y desarrolló entrenamientos voltios para los 131 profesionales De enfermagem Em la fase anterior se realizó una prueba de la Lista de Verificación (Lista de comprobación) Segura para una Asistencia de Enfermería en el Receptor de Hemocomponente. Conclui-se que es de suma importancia para el enfermo en la agencia de transfusión en todo el proceso de hemoterápico, en el cuidado de la salud del paciente. El estudio responde a las preguntas de investigación y muestra que una lista de casos se aproxima a un estudio y una evolución de la enfermería en una transfusión de hemocomponente de una sistematización, que reduce lós riesgos y los daños al cliente y posibilita una calidad asistencial de enfermería
Descritores: Lista de Checagem/instrumentação
Segurança do Sangue/enfermagem
Segurança do Sangue/estatística & dados numéricos
-Time Out na Assistência à Saúde
Capacitação em Serviço
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  2 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1026808
Autor: Alves, Sarah Zani Sampaio Piraciaba.
Título: Administração segura de medicamentos via endovenosa: uma proposta para o hospital universitário / Safe intravenous drug administration: a proposal for the university hospital.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 20170000. 96 p. graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: A assistência à saúde com qualidade e segurança é um tema atual e pertinente aos serviços de saúde, que tem se preocupado em aprimorar seus processos com base nos preceitos desta temática. Este estudo visa contribuir para qualidade e segurança na assistência aos pacientes no que concerne a administração de medicamentos. E também pretende contribuir com o ensino e pesquisa nesta área na medida em que trata um delineamento da realidade de uma Instituição de Ensino e busca propor uma uniformização do processo. Objetivos: Identificar a dinâmica de administração de medicamentos. Elaborar um Procedimento Operacional Padrão para administração de medicamentos via endovenosa. Elaborar Lista de Verificação (CheckList) com as etapas a serem seguidas para uma administração segura de medicamentos para avaliar adesão dos profissionais. Os produtos oriundos dessa pesquisa foram: Procedimento Operacional Padrão para administração de medicamentos via endovenosa e um CheckList com as etapas para administração segura de medicamentos.Método:Estudo descritivo com abordagem qualitativa para análise dos dados. Os participantes foram os membros da Equipe de Enfermagem da enfermaria de escolha, a coleta de dados foi realizada por meio da observação direta guiada por um roteiro de observação, no segundo semestre de 2015, de segunda a domingo, nos três turnos de trabalho após a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, sendo a amostra não probabilística por conveniência. Este estudo foi aprovado pelo comitê de ética das instituições proponente e co-participante sob os pareceres n° 1.262.690 e 1.301.318. Resultados: Foi observado um total de 23 doses de medicamentos por via endovenosa. Foi observada adesão superior à 50% na maioria das etapas da administração de medicamentos. Porém ressaltou-se como pontos de atenção uma adesão de 17% ao uso de EPI durante a manipulação dos medicamentos, 17% à desinfecção das conexões antes da administração e 15% à higienização das mãos logo após o procedimento antes de retornar ao posto de enfermagem. Conclusão: Os achados desta pesquisa apontam para necessidade de intervenção em questões da prática dos profissionais como higienização das mãos e uso de EPI's. Esses dados corroboram a necessidade de uma uniformização da prática assistencial no que concerne a administração de medicamentos visando à qualidade e segurança da assistência de Enfermagem

Introduction: Health care with quality and safety is a current topic and pertinent to health services, which has been concerned with improving its processes based on the precepts of this theme. This study aims to contribute to quality and safety in patient care in drug administration. It also intends to contribute to teaching and research in this area insofar as it deals with a delineation of the reality of a teaching institution and seeks to propose a standardization of the process. Objectives: To identify the dynamics of drug administration. Elaborate a Standard Operating Procedure for intravenous drug administration. Elaborate Checklist with the steps to follow for safe administration of medications to assess adherence of professionals. The products that came from this research were: Standard Operating Procedure for intravenous drug administration and a CheckList with the steps for safe administration of drugs. Method: Descriptive study with qualitative approach for data analysis. Participants were members of the Nursing Team of the infirmary of choice, data collection was done through direct observation guided by an observation script, in the second half of 2015, from Monday to Sunday, in the three work shifts after the signature of the Free and Informed Consent Term, being the non-probabilistic sample for convenience. This study was approved by the ethics committee of the proposing institutions and co-participant under the reports no. 1,262,690 and 1,301,318. Results: A total of 23 intravenous drug doses were observed. Adherence was higher than 50% in most stages of drug administration. However, a 17% adherence to the use of PPE during the manipulation of medications, 17% to the disinfection of the connections before administration and 15% to the hygiene of the hands soon after the procedure before returning to the nursing station . Conclusion: The findings of this research point to the need for intervention in issues of professional practice such as hand hygiene and use of PPE. These data corroborate the need for a standardization of care practice regarding the administration of medicines aiming at the quality and safety of Nursing care
Descritores: Conduta do Tratamento Medicamentoso/normas
Administração Intravenosa/enfermagem
Time Out na Assistência à Saúde/métodos
-Cuidados de Enfermagem
Equipe de Enfermagem/normas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  3 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1026461
Autor: Ribeiro, Isabelle Caldas Amorim.
Título: Cuidado cirúrgico seguro em oftalmologia: cuidado cirúrgico seguro em oftalmologia: adaptação e operacionalização do checklist de segurança cirúrgica / Safe ophthalmic surgical care: safe ophthalmic surgical care: adaptation and operationalization of the surgical safety checklist.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 20170000. 143 p. graf, ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A segurança na assistência cirúrgica tem sido definida como prioridade emergente de intervenção em todo o mundo onde práticas de segurança têm sido amplamente discutidas com foco na prevenção de complicações relacionadas aos procedimentos cirúrgicos. Garantir a melhoria da segurança cirúrgica define o segundo desafio global lançado em 2007-2008 pela OMS. Neste contexto, o presente estudo reconhece a necessidade de melhor qualificar as ações do cuidado cirúrgico a pacientes submetidos a intervenções cirúrgicas oftalmológicas. Objetivo geral: adaptar o checklist de cirurgia segura para cirurgias oftalmológicas. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório-descritivo com abordagem quantitativa realizado no período de outubro de 2015 a agosto de 2016 em um hospital privado, especializado no atendimento oftalmológico. Participaram do estudo, a equipe cirúrgica do quadro efetivo da instituição e dados foram coletados sob assinatura prévia do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) pelos sujeitos em cada etapa. O estudo foi dividido em quatro etapas; realizada uma avaliação referente ao clima de segurança (Etapa I) seguida da adaptação da lista de verificação de cirurgia segura da OMS sendo elaborado um esboço do checklist adaptado a oftalmologia. (Etapa II). Nesta mesma etapa, realizado um pré-teste do checklist por meio da simulação. Na etapa III, aplicado o checklist no ambiente cirúrgico. E por fim, finalizada a confecção do checklist de segurança cirúrgica oftalmológica e um plano de ação (etapa IV). Resultados: Na etapa I, as médias obtidas através dos domínios do Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) - Clima de trabalho em equipe, Clima de segurança, Satisfação no trabalho, Reconhecimento do estresse, Percepção da Gerência e Condições de trabalho demonstraram índice de concordância abaixo de 75 pontos em 81,5% dos questionários, conforme escala de Likert, revelando baixa adesão ao clima de segurança. Dados apontaram fragilidades em todas as dimensões avaliadas. Na etapa II, elaborado um esboço do checklist onde o pré-teste de sua aplicação indicou pontos de melhoria gerando necessidade de ajustes na ferramenta. Ainda, identificou necessidade de maior engajamento dos cirurgiões na adesão ao protocolo de segurança cirúrgica, reflexão acerca da rotina institucional de demarcação do sítio cirúrgico, incentivo a melhoria na comunicação e do trabalho em equipe e por fim, verificou a necessidade de envolvimento do paciente como uma estratégia de segurança. No ambiente operatório (etapa III), a aplicação do checklist demonstrou reconhecimento dos profissionais sobre sua importância, mas, evidenciou necessidade de a organização desenvolver estratégias para melhorar o envolvimento do corpo clínico médico na verificação conjunta dos itens essenciais do checklist; dificuldade na verificação da demarcação cirúrgica pelo cirurgião, na própria sinalização da lateralidade e no tempo de aplicação do checklist. O uso do checklist no cotidiano atual da instituição foi compreendido como uma ferramenta de cumprimento protocolar. A confecção do modelo final do checklist apresentou a necessidade de inclusão de alguns itens essenciais a oftalmologia e ainda, direcionou na construção do plano de ação. Conclusões: Melhorar o clima de segurança foi apontado no estudo como uma medida prioritária a adesão ao checklist onde a gestão da organização, assume papel determinante para o sucesso de sua operacionalização. Adaptar um checklist voltado para oftalmologia trouxe melhor compreensão e clareza ao fluxo e etapas dos procedimentos anestésicos-cirúrgicos e entendimento que isoladamente, o checklist não confere assistência cirúrgica segura

Safety in surgical assistance has been set as a priority intervention throughout the emerging world where security practices have been widely discussed with focus on prevention of complications related to surgical procedures. Ensure the improvement of surgical safety sets the second global challenge launched in 2007-2008 by who. In this context, the present study recognizes the need to better qualify the actions of surgical care to patients undergoing ophthalmologic surgeries. General objective: to adapt the safe surgery checklist for ophthalmic surgeries. Methodology: This is a descriptive-exploratory study with quantitative approach carried out during the period from October to August 2015 2016 in a private hospital, specialized in ophthalmology. Participated in the study, the surgical team of effective framework and data was collected under prior signature of informed consent (TFCC) by subject at every stage. The study was divided into four stages; performed an assessment regarding the climate of security (phase I) followed by adaptation of the safe surgery checklist of who being prepared a draft checklist adapted to ophthalmology. (Step II). In this step, conducted a pre-test checklist by means of simulation. In stage III, applied the checklist in the surgical environment. And finally, terminated the production of ophthalmic surgical safety checklist and an action plan (stage IV). Results: In phase I, the averages obtained through the domains of the Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) climate of teamwork, safety Climate, job satisfaction, stress Recognition, perception of management and working conditions showed concordance index down 75 points at 81.5% of the questionnaires, as Likert scale, revealing low adhesion to the climate of security. Data pointed to weaknesses in all dimensions assessed. In stage II, prepared a draft checklist where the pretest your application indicated improvement generating points need adjustment on the tool. Still, identified need for greater involvement of surgeons in adherence to surgical security protocol, reflection about the demarcation of institutional routine surgical site, fostering improvement in communication and teamwork, and finally, there was the need for involvement of the patient as a security strategy. In the operating environment (step III), application of the checklist has shown the recognition of professionals about your importance, but, showed the need for the Organization to develop strategies for improving the involvement of clinical staff physician in joint checking essential items of the checklist; difficulty in verifying the surgical demarcation by the surgeon, on laterality signaling itself and at the time of application of the checklist. The use of the checklist in the current daily institution was understood as a tool of compliance protocol. The making of the final model of the checklist presented the need for inclusion of some essential items to ophthalmology and directed the construction of the plan of action. Conclusions: Improve the security climate was pointed to the study as a priority measure adherence to the checklist where the management of the Organization, assumes a decisive role for the success of your operation. Adapt a checklist geared toward Ophthalmology brought greater understanding and clarity to the flow and anesthetic-surgical procedures steps and understanding that in isolation, the checklist does not grant safe surgical assistance
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos Oftalmológicos
Time Out na Assistência à Saúde
-Cultura Organizacional
Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde
Segurança do Paciente
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  4 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1025726
Autor: Lourenço, Cristiane Sousa.
Título: Checklist para administração de antineoplásicos: barreira para prevenção de erros de medicação / Checklist of antineoplastic administration: barrier for medication errors prevention.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 20190000. 95 p. graf, ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Trata-se de uma investigação fundamentada na técnica Delphi, cujo objeto de estudo foi o erro de medicação com antineoplásicos. O objetivo foi elaborar um checklist para administração de medicações antineoplásicas. Pesquisa quantitativa desenvolvida no Hospital do Câncer I, do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, tendo como participantes 48 enfermeiros que desenvolvem suas atividades laborais em 10 CACONS/ UNACONS da região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro. Aprovado pelos Comitês de Ética e Pesquisa da UNIRIO e INCA respectivamente sob os pareceres de número 2.425.327 e 2.437.380. O desenvolvimento do estudo possibilitou a construção de três produtos: o artigo Erro de medicação com antineoplásicos: estudo retrospectivo em um hospital federal no período de 2009 a 2017 cujo desfecho apontou a estratificação de erros com antineoplásicos no período, as variáveis correlacionadas e os fatores contribuintes envolvidos na gênese dos erros. O artigo Construção de checklist como barreira para prevenção de erros de medicação com antineoplásicos que descreveu passo a passo o percurso percorrido a partir da Técnica Delphi para a elaboração deste produto, objetivo primário do estudo e o terceiro produto foi o Checklist constando de vinte e seis pontos de verificação com possibilidade de assinalar "sim", "não" ou "não se aplica", distribuídos em quatros eixos: análise da prescrição, antes da administração, durante a administração e pós administração. Foi possível compreender a complexidade do sistema de medicação e que nele participam médicos, farmacêuticos e enfermeiros, estes últimos responsáveis pela finalização da ação. Identificou-se que embora esses profissionais conheçam amiúde cada etapa do processo, a ocorrência de atos inseguros, como erros e violações estão presentes e predispõem a ocorrência de eventos do tipo erros de medicação com antineoplásicos. Entende-se que o checklist elaborado possa contribuir para melhoria do processo de administração de antineoplásicos, entretanto, sugerimos estudos posteriores para sua validação

It is an investigation based on the Delphi technique, whose object of study was the medication errors with antineoplastics. The goal was to develop a checklist for administration of antineoplastics. Quantitative research developed at Cancer Hospital I of the National Cancer Institute José Alencar Gomes da Silva. Participants included 48 nurses who develop their work activities in 10 CACONS / UNACONS in the metropolitan region of the city of Rio de Janeiro. Approved by the Ethics and Research Committees of UNIRIO and INCA, respectively, under no. 2,425,327 and 2,437,380. The development of the study made it possible to construct three products: the article Medication error with antineoplastics: a retrospective study at a federal hospital from 2009 to 2017 whose outcome pointed to stratification of errors with antineoplastics in the period, correlated variables and contributing factors involved in the genesis of errors. The article Construction of the checklist as a barrier to the prevention of medication errors with antineoplastics, which described step by step the path traveled from the Delphi Technique for the elaboration of this product, the primary objective of the study, and the third product was the Checklist consisting of twenty and six checkpoints with the possibility of indicating "yes", "no" or "not applicable", distributed over four axes: prescription analysis, before administration, during administration and post administration. It was possible to understand the complexity of the medication system and that it includes doctors, pharmacists and nurses, the latter responsible for the completion of the action. It was identified that although these professionals know every step of the process, the occurrence of unsafe acts, such as errors and violations are present and predispose to the occurrence of medication errors with antineoplastic events. It is understood that the checklist elaborated may contribute to the improvement of the antineoplastic administration process, however, we suggest further studies for its validation
Descritores: Lista de Checagem/métodos
Erros de Medicação/enfermagem
Antineoplásicos/administração & dosagem
-Time Out na Assistência à Saúde
Erros de Medicação/prevenção & controle
Antineoplásicos/efeitos adversos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição
BR1208.1


  5 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013094
Autor: Carvalho, Isis Cristiane Bezerra de Melo; Rosendo, Tatyana Maria Silva de Souza; Freitas, Marise Reis de; Silva, Edna Marta Mendes da; Medeiros, Wilton Rodrigues; Moutinho, Nathanny Ferreira; Pimenta, Isac Davidson Santiago Fernandes; Gama, Zenewton André da Silva.
Título: Adaptation and validation of the World Health Organization's on Safe Childbirth Checklist for the Brazilian context / Adaptação e validação da lista de verificação do parto seguro da Organização Mundial da Saúde para o contexto brasileiro
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);18(2):401-418, Apr.-June 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to culturally adapt and validate the WHO Safe Childbirth Checklist (SCC) in Brazilian hospitals. Methods: a methodological study was carried out with consensus techniques and cross-cultural adaptation stages. The original SCC underwent three adaptation and validation stages: 1- nominal group with a panel of experts; 2- consensus conference at two maternity schools, in meetings with professionals who would use the list; 3- pre-test with a structured questionnaire for health professionals from both maternities (n=40) after 30 days of using the checklist. Validation criteria contemplated the content validity, adequated to Brazilian protocols, terminology and feasibility for local context. Results: the adapted SCC in Brazil was called the Lista de Verificação para o Parto Seguro - Brasil (LVPS-BR) (Checklist for Safe Childbirth -Brazil) and included 49 items. In the first stage, the 29 items of the original SCC were approved with some adaptations (e.g. CD4 was replaced by the Rapid HIV Test). In the second stage, some of the 29 items were adjusted and added 24 items more. In the third stage, three items were excluded, two were grouped and one more was added. Conclusions: the validation process provided a potentially useful LVPS for the Brazilian context, presenting validity and feasibility evidences for the Brazilian context.

Resumo Objetivos: adaptar culturalmente e validar o Safe Childbirth Checklist (SCC) da OMS para os hospitais brasileiros. Métodos: realizou-se uma pesquisa metodológica com técnicas de consenso e etapas de adaptação transcultural. O SCC original passou por três etapas de adaptação e validação: 1- grupo nominal com painel de especialistas; 2- conferência de consenso em duas maternidades escolas, em reuniões com profissionais que utilizariam a lista; 3- pré-teste com questionário estruturado aos profissionais de saúde das duas maternidades (n=40) após 30 dias de sua utilização. Critérios de validação contemplaram as validades de face e conteúdo, adequação aos protocolos nacionais, terminologia e viabilidade no contexto local. Resultados: o SCC adaptado para o Brasil foi denominado Lista de Verificação para o Parto Seguro - Brasil (LVPS-BR), contendo 49 itens. Na primeira etapa, os 29 itens do SCC original foram aprovados com algumas adaptações (ex.: CD4 substituído por Teste Rápido para HIV). Na segunda etapa, ocorreram ajustes em alguns dos 29 itens e acrescentaram-se 24 itens. Na terceira etapa, excluíram-se três itens, agruparam-se dois e acrescentou-se um. Conclusões: o processo de validação disponibilizou uma LVPS potencialmente útil para o contexto brasileiro, apresentando indícios de validade e viabilidade para o contexto nacional.
Descritores: Organização Mundial da Saúde
Parto
Lista de Checagem
Time Out na Assistência à Saúde
Tocologia
-Qualidade da Assistência à Saúde
Brasil
Comparação Transcultural
Serviços de Saúde Materno-Infantil
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  6 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-998507
Autor: Silva, Daniela Cristina Zica.
Título: Construção e validação de conteúdo dos checklists de segurança do paciente no cuidado de enfermagem em unidades de terapia intensiva neonatal / Construction and validation of content of patient safety checklists in nursing care in neonatal intensive care units.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2019. 158 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: A segurança do paciente nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) é complexa, considerando os problemas concernentes com os eventos adversos (EA) e as lacunas quanto à falta de instrumentos que direcionem o cuidado de enfermagem. Objetivo: Validar o conteúdo de checklists de cuidados de enfermagem pautados na segurança do paciente internado em UTIN nos momentos da admissão, internação e preparação para a alta. Metodologia: Estudo metodológico, realizado entre 2017 e 2018. A primeira etapa incluiu a revisão integrativa para a construção dos instrumentos guiada pela pergunta norteadora: Quais elementos devem compor checklists de cuidados de enfermagem na admissão, internação e preparo para alta, com vistas à segurança do paciente internado em UTIN? A segunda foi a validação de conteúdo dos checklists por enfermeiros especialistas no tema, realizada em três rodadas. Foram avaliados conforme os critérios metodológicos propostos por Pasquali os títulos, os cabeçalhos, as orientações de preenchimento, os itens e as instruções de preenchimento correspondentes, baseados nas Metas Internacionais da Segurança do Paciente e no Programa Nacional de Segurança do Paciente, considerando para a validação o Índice de Validade de Conteúdo (IVC) ≥ 0,90. Utilizou-se a plataforma Survey Monkey® para desenvolvimento e análise descritiva dos dados. Na primeira rodada participaram 43 enfermeiros especialistas, 33 na segunda e 32 na terceira, os quais foram solicitados a considerar pertinência, objetividade, clareza e relevância dos itens. Resultados: Dentre os 111 itens avaliados no total dos três checklists, 110 foram validados com IVC (Índice de Validade de Conteúdo) ≥ a 0,90 após as modificações sugeridas e um único item foi excluído do checklist de admissão por ter apresentado o IVC=0,88. Conclusão: Concluiu-se que o conteúdo dos Checklists de segurança do paciente no cuidado de enfermagem nos momentos da admissão, internação e preparação para a alta da UTIN foi considerado válido pelo comitê de especialistas. Ressalta-se a necessidade de aperfeiçoamento constante dos checklists. Os resultados da pesquisa limitam-se à validade de conteúdo, recomendando, posteriormente, a validação clínica dos instrumentos.(AU)

Introduction: Introduction: Patient safety in Neonatal Intensive Care Units (NICUs) is complex, considering the problems related to adverse events (AEs) and gaps in the lack of instruments that guide nursing care. Objective: Validate the check-in of nursing care during hospitalization and preparation for discharge. Methodology: Methodological study, conducted between 2017 and 2018. The first stage included the integrative review for the construction of the instruments guided by the guiding question: Which elements should compose nursing care checklists at admission, hospitalization and preparation for discharge, with a view to safety of the patient admitted to a NICU? The second was the validation of content of the checklists by nurses specialists in the theme, held in three rounds. According to the methodological criteria proposed by Pasquali, the corresponding headings, headings, fill-in guidelines, items and instructions, based on the International Patient Safety Goals and the National Patient Safety Program, were considered for validation the Content Validity Index (IVC) ≥ 0.90. The Survey Monkey® platform was used for data analysis and descriptive analysis. The first round was attended by 43 specialist nurses, 33 in the second and 32 in the third, who were asked to consider the relevance, objectivity, clarity and relevance of the items. Results: Of the 111 items evaluated in the total of the three checklists, 110 were validated with IVC (Content Validity Index) ≥ 0.90 after the suggested modifications and a single item was excluded from the admission checklist for presenting the IVC = 0.88. Conclusion: It was concluded that the contents of the Patient Safety Checklists in the nursing care at the time of admission, hospitalization and preparation for discharge from the NICU were considered valid by the committee of specialists. The need for constant improvement of checklists is emphasized. The results of the research are limited to the content validity, recommending, later, the clinical validation of the instruments.(AU)
Descritores: Enfermagem Neonatal/métodos
Segurança do Paciente
Time Out na Assistência à Saúde
-Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Dissertações Acadêmicas
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-WX185, SICO


  7 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1005153
Autor: Ferreira, Núbia Conceição Santos; Ribeiro, Luciane; Mendonça, Érica Toledo; Amaro, Marilane Oliveira Fani.
Título: Checklist de cirurgia segura: conhecimento e utilização do instrumento na perspectiva dos técnicos de enfermagem / Checklist de cirugía segura: conocimiento y uso de la herramienta en la perspectiva de los técnicos de enfermería / Checklist for safe surgery: knowledge and use of the instrument from the perspective of nurse technicians
Fonte: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min;9, 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: OBJETIVO: compreender o conhecimento e práticas dos técnicos de enfermagem sobre a aplicação do checklist de cirurgia segura em um hospital de ensino. MÉTODO: pesquisa qualitativa que contou com a participação de dez técnicos de enfermagem que atuam como circulantes de sala no Centro Cirúrgico. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista com roteiro semiestruturado e os dados foram submetidos à Análise de Conteúdo. RESULTADOS: dos depoimentos dos técnicos de enfermagem emergiram três categorias: "Cirurgia segura na concepção dos técnicos de enfermagem", "A prevenção do erro em centro cirúrgico como sinônimo de identificação do paciente e atenção aos parâmetros clínicos" e "Compreendendo o uso do checklist de cirurgia segura: dissonâncias teórico-práticas". CONCLUSÃO: os técnicos de enfermagem demonstraram não terem conhecimento claro e fundamentado teoricamente sobre os aspectos que envolvem a segurança cirúrgica, não reconhecem o instrumento como ferramenta de prevenção/redução dos erros comumente ocorridos em centro cirúrgico e não sabem utilizá-la de maneira adequada

OBJECTIVE: to understand the knowledge and practices of nurse technicians on the application of safe surgery checklist in a teaching hospital. METHOD: Qualitative research that counted on the participation of ten nurse technicians who act as circulating of room in the Surgical Center. An interview with semi-structured script was applied and the data was submitted to Content Analysis. RESULTS: Three categories emerged from the testimonies of the nurse technicians: 'Safe surgery in the conception of nurse technicians", "The prevention of surgical center error as a synonym of patient identification and attention to clinical parameters" an "Understanding the use of the safe surgery checklist: theoretical-practical dissonances". CONCLUSION: The nurse technicians demonstrated that they do not have clear knowledge and, theoretically based on the aspects that involve surgical safety, they do not recognize the instrument as a tool for prevention/reduction of errors that commonly occur in Surgical Centers and do not know how to use it properly

OBJETIVO: Comprender el conocimiento y las prácticas de los técnicos de enfermería sobre la aplicación del checklist de cirugía segura en un hospital de enseñanza. MÉTODO: Investigación cualitativa que contó con la participación de diez técnicos de enfermería que actúan como circulantes de sala en el Centro Quirúrgico. La recolección de datos fue realizada a través de una entrevista con un guion semiestructurado y los datos fueron sometidos al Análisis de Contenido. RESULTADOS: De los testimonios de los técnicos de enfermería surgieron tres categorías: "Cirugía segura en la concepción de los técnicos de enfermería", "La prevención del error en centro quirúrgico como sinónimo de identificación del paciente y atención a los parámetros clínicos" y "Comprender el uso del checklist de cirugía segura: disonancias teórico-prácticas". CONCLUSIÓN: los técnicos de enfermería no demosntraram tener un conocimiento claro y fundamentado teoricamente sobre los aspectos relacionados con la seguridad quirúrgica, no reconocen el instrumento como una herramienta de prevención/reducción de los errores que ocurren comúnmente en el centro quirúrgico y no saben utilizarla de manera adecuada
Descritores: Enfermagem de Centro Cirúrgico
Lista de Checagem
Segurança do Paciente
Time Out na Assistência à Saúde
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1259.1 - DIBIB - Divisão de Biblioteca


  8 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-969612
Autor: Siman, Andreia Guerra; Brito, Maria José Menezes.
Título: A dimensão prescrita e real de práticas de profissionais de saúde no contexto da segurança do paciente / Dimension prescribed and realyity of practices of health professionals in the context of patient safety / La dimensión prescrita y real de prácticas de profesionales de la salud en el contexto de la seguridad del paciente
Fonte: Rev. enferm. UERJ;26:e23703, jan.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: compreender a dimensão prescrita e real das práticas de profissionais de saúde no contexto da segurança do paciente. Método: estudo de caso qualitativo. Os participantes foram 31 profissionais: membros do Núcleo de Segurança do Paciente e a equipe de enfermagem de um hospital de ensino, localizado em Minas Gerais, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevistas com roteiro semiestruturado, observação e dados secundários. Foi realizada triangulação de dados e a análise de conteúdo. O projeto foi aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa, CAAE 44109015.0.0000.5149. Resultados: as transformações ocorridas, como a criação do núcleo, plano de segurança do paciente e protocolos, foram evidenciadas mais na concepção prescritiva. A segurança do paciente não foi priorizada como diretriz estratégica do hospital. Falta capacitação da equipe e avaliação das ações. Conclusão: a segurança do paciente foi evidenciada mais no âmbito prescrito. O trabalho realizado não corresponde exatamente àquele proposto pelas regras e protocolos.

Objective: to understand the prescribed and real dimensions of daily patient safety practice by health personnel. Method: the participants in this qualitative case study were 31 members of the Patient Safety Center and the nursing staff at a teaching hospital in Minas Gerais, Brazil. Data collected in 2015 by scripted, semi-structured interview, were complemented by observation and secondary data. Data triangulation and content analysis were used. The project was approved by the research ethics committee (CAAE 44109015.0.0000.5149). Results: changes were more evident in the prescriptive conception (introduction of the center, patient safety plan and protocols). Patient safety was not prioritized as a strategic guideline at the hospital, where team training and evaluation of actions were lacking. Conclusion: patient safety was more evident as a prescription. The work being done does not correspond exactly to what is proposed by the rules and protocols.

Objetivo: comprender la dimensión prescrita y real de las prácticas de profesionales de salud en el contexto de la seguridad del paciente. Método: estudio de caso cualitativo. Los participantes fueron 31 profesionales: miembros del Núcleo de Seguridad del Paciente y el equipo de enfermería de un hospital de enseñanza, ubicado en Minas Gerais, Brasil. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas, con guion de entrevistas semiestructuradas, observación y datos secundarios. Se realizó la triangulación de datos y el análisis de contenido. El proyecto fue aprobado en el Comité de Ética en Investigación, CAAE 44109015.0.00.00.500. Resultados: las transformaciones que ocurrieron, como la creación del núcleo, plan de seguridad del paciente y protocolos, se volvieron más evidentes en la concepción prescriptiva. La seguridad del paciente no fue priorizada como directriz estratégica del hospital. Falta capacitación del equipo y evaluación de las acciones. Conclusión: la seguridad del paciente quedó más evidente en el ámbito prescrito. El trabajo realizado no corresponde exactamente a aquél propuesto por las reglas y los protocolos.
Descritores: Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde
Segurança do Paciente
Time Out na Assistência à Saúde
Serviço Hospitalar de Enfermagem
Equipe de Enfermagem
-Brasil
Pesquisa Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  9 / 11 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-988148
Autor: Marquioni, Francielle Souza do Nascimento; Moreira, Tiago Ricardo; Diaz, Flávia Batista Barbosa de Sá; Ribeiro, Luciane.
Título: CIRURGIA SEGURA: AVALIAÇÃO DA ADESÃO AO CHECKLIST EM HOSPITAL DE ENSINO / Safe surgery: evaluation of checklist adherence in a teaching hospital / Cirugía segura: evaluación de la adhesión al checklist en un hospital de enseñanza
Fonte: Rev. SOBECC;24(1):22-30, jan.-mar.2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Estimar a adesão ao checklist de cirurgia segura em um hospital de ensino de médio porte. Método: Estudo transversal com uma amostra de 334 pacientes submetidos à cirurgia no ano de 2015. Os dados foram coletados com auxílio de um instrumento baseado no checklist padrão da Organização Mundial da Saúde. A amostra foi descrita por distribuição de frequências. A prevalência de adesão ao checklist foi estimada considerando a presença do instrumento de checagem nos prontuários. A análise bivariada investigou a associação do desfecho com as variáveis independentes. A força dessa associação foi evidenciada por meio da Regressão Logística. Resultados: Verificou-se a existência do checklist em 90,72% dos prontuários. Nenhuma cirurgia apresentou checklist totalmente preenchido. Em nenhum instrumento foi encontrado o preenchimento completo dos três momentos cirúrgicos. A existência do checklist no prontuário foi associada à classificação da cirurgia quanto à urgência (OR=4,3; IC95% 1,88­8,73). Conclusão: Mesmo que o checklist já tenha sido introduzido na prática cirúrgica, os resultados revelam que sua adequada utilização ainda se configura como um grande desafio, podendo comprometer os resultados esperados na segurança cirúrgica

Objective: To estimate adherence to the safe surgery checklist in a medium-sized teaching hospital. Method: A cross-sectional study with a sample of 334 patients submitted to surgery in the year 2015. Data were collected using an instrument based on the World Health Organization's standard checklist. The sample was described by frequency distribution. The prevalence of adherence to the checklist was estimated considering the presence of the instrument of check in the medical records. The bivariate analysis investigated the association of the outcome with the independent variables. The strength of this association was evidenced through Logistic Regression. Results: The checklist was verified in 90.72% of the medical records. No surgery had a fully filled checklist. The complete filling of the three surgical moments was found in no instrument. The existence of the checklist in the medical record was associated with the classification of the surgery for urgency (OR=4.3; 95%CI, 1.88­8.73). Conclusion: Although the checklist has already been introduced in the surgical practice, the results reveal that its adequate use still presents itself as a great challenge, which may compromise the expected results in surgical safety.

Objetivo: Estimar la adhesión al checklist de cirugía segura en un hospital de enseñanza de mediano porte. Método: Estudio transversal con una muestra de 334 pacientes sometidos a la cirugía en el año 2015. Los datos fueron recolectados con ayuda de un instrumento basado en el checklist estándar de la Organización Mundial de la Salud. La muestra fue descrita por distribución de frecuencias. La prevalencia de adhesión al checklist fue estimada considerando la presencia del instrumento de chequeo en los prontuarios. El análisis bivariado investigó la asociación del desenlace con las variables independientes. La fuerza de esta asociación fue evidenciada por medio de la Regresión Logística. Resultados: Se verificó la existencia del checklist en el 90,72% de los prontuarios. Ninguna cirugía presentó checklist totalmente llenado. En ningún instrumento se encontró el llenado completo de los tres momentos quirúrgicos. La existencia del checklist en el prontuario fue asociada a la clasificación de la cirugía en cuanto a la urgencia (OR=4,3, IC95% 1,88­8,73). Conclusión: Aunque el checklist ya se ha introducido en la práctica quirúrgica, los resultados revelan que su adecuada utilización todavía se configura como un gran desafío, pudiendo comprometer los resultados esperados en la seguridad quirúrgica
Descritores: Lista de Checagem
Hospitais de Ensino
-Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
Registros Médicos
Time Out na Assistência à Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2499


  10 / 11 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967933
Autor: Jost, Marielli Trevisan; Viegas, Karin; Caregnato, Rita Catalina Aquino.
Título: Sistematização da assistência de enfermagem perioperatória na segurança do paciente: revisão integrativa / Systematization of perioperatory nursing assistance in patient safety: an integrative review / Sistematización de la asistencia de enfermería perioperatoria en la seguridad del paciente: revisión integrativa
Fonte: Rev. SOBECC;23(4):218-225, out.-dez.2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Conhecer a abordagem de artigos científicos sobre a sistematização da assistência de enfermagem perioperatória relacionada à segurança do paciente. Método: Revisão integrativa com buscas nas bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, da National Library of Medicine (PubMed) e dos periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Artigos avaliados conforme o nível de evidência utilizando o instrumento de avaliação proposto pela Joanna Briggs Institute (JBI). Resultados: Identificaram-se dez artigos, sendo oito publicados em periódicos nacionais e dois em internacionais. Os estudos foram classificados conforme níveis de evidência (NE): três com NE 5 e sete com NE 6. Conclusões: Consideram-se poucas as publicações sobre sistematização da assistência de enfermagem perioperatória relacionada à segurança do paciente. Os artigos selecionados apresentam baixo nível de evidência e a abordagem direciona-se à segurança do paciente, restringindo-se à utilização do checklist e implementação da sistematização da assistência de enfermagem perioperatória

Objective: To know the approach of scientific articles on the systematization of perioperative nursing care related to patient safety. Method: Integrative review with searches in the databases of the Virtual Health Library, National Library of Medicine (PubMed), and the journals of the Coordination of Improvement of Higher Education Personnel (CAPES). Articles were evaluated according to the level of evidence, using the evaluation tool proposed by the Joanna Briggs Institute ( JBI). Results: Ten articles were identified, of which eight were published in national journals, and two in international journals. The studies were classified according to levels of evidence (LoE): three with LoE 5 and seven with LoE 6. Conclusions: There are few publications on the systematization of perioperative nursing care related to patient safety. The articles selected present a low level of evidence and the approach is directed towards patient safety, being restricted to the use of the checklist and implementation of the systematization of perioperative nursing care

Objetivo: Conocer el enfoque de los artículos científicos sobre la sistematización de la atención de enfermería perioperatoria relacionada con la seguridad del paciente. Método: Revisión integradora con búsquedas en las bases de datos de la Biblioteca Virtual en Salud, la Biblioteca Nacional de Medicina (PubMed) y las revistas de Coordinación de Mejora del Personal de Educación Superior (CAPES). Los artículos fueron evaluados según el nivel de evidencia, utilizando la herramienta de evaluación propuesta por el Instituto Joanna Briggs ( JBI). Resultados: se identificaron diez artículos, de los cuales ocho se publicaron en revistas nacionales y dos en revistas internacionales. Los estudios se clasificaron según los niveles de evidencia (levels of evidence ­ LoE): tres con LoE 5 y siete con LoE 6. Conclusiones: Existen pocas publicaciones sobre la sistematización de la atención de enfermería perioperatoria relacionada con la seguridad del paciente. Los artículos seleccionados presentan un bajo nivel de evidencia y el enfoque se dirige hacia la seguridad del paciente, y se limita al uso de la lista de verificación y la implementación de la sistematización de la atención de enfermería perioperatoria.
Descritores: Enfermagem Perioperatória
Time Out na Assistência à Saúde
-Enfermagem de Centro Cirúrgico
Revisão de Integridade Científica
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR2499



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde