Base de dados : LILACS
Pesquisa : N04.761.789 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 553 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 56 ir para página                         

  1 / 553 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135690 LILACS-Express
Autor: Cavalcanti, Pauline; Fernandez, Michelle.
Título: Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica: uma análise das principais mudanças normativas / National Program for Access and Quality Improvement in Primary Care: an analysis of the main regulatory changes
Fonte: Physis (Rio J.);30(3):1-25, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo realizou uma análise das principais mudanças no arcabouço normativo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, a partir de documentos oficiais do Ministério da Saúde divulgados de julho 2011 a julho de 2019. Os achados revelam que a maioria das mudanças não ficaram claras, dificultando a compreensão do desenho do programa e o acompanhamento dos resultados das equipes de atenção básica. Ocorreram mudanças no desenho geral do programa e mais intrinsecamente às fases ou componentes. Foram modicadas a arquitetura das fases; as regras na adesão ao programa; a forma de verificação da autoavaliação; o monitoramento dos indicadores em função da implantação de um novo sistema de informação ou por deficiências técnicas para utilização de determinado indicador; a avaliação externa com relação às regras para solicitação e prazos para receber a avaliação, ao descredenciamento das equipes, e aos parâmetros e método adotados; e a certificação mais radicalmente na valoração dos componentes e na metodologia de cálculo e categorias de classificação das equipes. O programa apostou em diversas estratégias para qualificação da atenção básica. Embora com limitações e incompletudes, percebê-las é uma oportunidade de buscar soluções viáveis para o refinamento da política de saúde.

Abstract This article carried out an analysis of the main changes in the normative framework of the National Program for Access and Quality Improvement in Primary Care, based on official documents from the Ministry of Health released from July 2011 to July 2019. The findings reveal that most changes were not clear, making it difficult to understand the design of the program and to monitor the results of primary care teams. There were changes in the overall design of the program and more intrinsically to the phases or components. The architecture of the phases was modified; the rules for joining the program; how to check self-assessment; the monitoring of indicators due to the implementation of a new information system or due to technical deficiencies in the use of a given indicator; the external evaluation in relation to the rules for requesting and deadlines for receiving the evaluation, the teams' disqualification, and the parameters and method adopted; and certification more radically in the valuation of the components and in the calculation methodology and classification categories of the teams. The program bet on several strategies for qualifying primary care. Although with limitations and incompleteness, perceiving them is an opportunity to seek viable solutions for the refinement of health policy.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Administração em Saúde Pública
Avaliação em Saúde/normas
Sistema Único de Saúde
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde/normas
Políticas Públicas de Saúde
-Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde
Sistema Único de Saúde/normas
Brasil
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  2 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-789021
Autor: Quadros, Deise Vacario de; Magalhães, Ana Maria Müller de; Mantovani, Vanessa Monteiro; Rosa, Denise Salazar da; Echer, Isabel Cristina.
Título: Análise de indicadores gerenciais e assistenciais após adequação de pessoal de enfermagem / Análisis de indicadores gerenciales y de atención posteriores a adecuación de personal de enfermería / Analysis of managerial and healthcare indicators after nursing personnel upsizing
Fonte: Rev. bras. enferm;69(4):684-690, jul.-ago. 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: analisar indicadores assistenciais e gerenciais após adequação do quadro de pessoal de enfermagem. Método: estudo descritivo, retrospectivo com dados obtidos dos sistemas de registros informatizados de um hospital universitário do Sul do Brasil. Foram analisados estatisticamente indicadores assistenciais e gerenciais, referentes aos primeiros semestres de 2013 e 2014. Resultados: o incremento de 40,0% no número de enfermeiros e 16,0% no número de técnicos de enfermagem resultou na redução de 12,0% no percentual de afastamentos por doença, 21,8% no total do banco de horas excedentes, 92,0% nas horas extras pagas. Houve redução de 75,0% nas taxas de úlcera por pressão, de 10,5% no número de quedas e 50,0% nas infecções por sonda vesical de demora. Conclusão: a adequação do quantitativo de pessoal repercutiu positivamente nos indicadores gerenciais e assistenciais, e contribuiu para qualificar o cuidado e melhorar as condições de trabalho da equipe de enfermagem.

RESUMEN Objetivo: analizar indicadores gerenciales y de atención luego de adecuación del plantel de personal de enfermería. Método: estudio descriptivo, retrospectivo, con datos obtenidos del sistema de registros informáticos de hospital universitario del sur de Brasil. Fueron analizados estadísticamente indicadores gerenciales y de atención correspondientes a los primeros semestres de 2013 y 2014. Resultados: el incremento del 40,0% en cantidad de enfermeros y 16,0% de técnicos de enfermería resultó en una reducción del 12,0% del porcentaje de licencias de salud, 21,8% del total del banco de horas excedentes, 92,0% de horas extra pagas. Hubo reducción del 75,0% en tasas de úlcera por presión, de 10,5% en número de caídas y de 50,0% en infecciones por sonda vesical de demora. Conclusión: la adecuación cuantitativa del personal repercutió positivamente en los indicadores gerenciales y de atención, y contribuyó a calificar el cuidado y mejorar las condiciones laborales del equipo de enfermería.

ABSTRACT Objective: analyze healthcare and managerial indicators after nursing personnel upsizing. Method: a retrospective, descriptive study was conducted using data from computer systems of a university hospital in southern Brazil. Healthcare and managerial indicators related to the first half of 2013 and 2014 were statistically analyzed. Results: increases of 40.0% in the number of nurses and 16.0% in the number of nursing technicians led to reductions of 12.0% in the number of sickness absences, 21.8% in positive balance for compensatory time off, 92.0% in paid overtime. Reductions of 75.0% in pressure ulcer rates, 10.5% in the number of falls and 50.0% in infections due to indwelling catheter use were also observed. Conclusion: nursing staff upsizing caused a positive impact on managerial and healthcare indicators and helped qualify care and improve work conditions for the nursing team.
Descritores: Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Administração Hospitalar
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/organização & administração
-Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145320
Autor: Costa, Karina Polyana; Melo, Alexandre Coutinho de; Silva, Bruno Barbosa; Costa, Isabele Adriana; Freitas, Leonardo Gomes de; Santos, Regina Consolação dos Santos; Andrade, Silmara Nunes; Souza, Débora Aparecida Silva.
Título: Adesão às medidas de biossegurança da enfermagem na unidade de terapia intensiva: revisão sistemática / Adherence to nursing biosafety measures in the intensive care unit: systematic review / Adhesión a las medidas de bioseguridad de enfermería en la unidad de cuidados intensivos: revisión sistemática
Fonte: Nursing (Säo Paulo);23(268):4636-4645, set.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Evidenciar os fatores determinantes para adesão das medidas de biossegurança pela equipe de Enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva. Método: Estudo de revisão sistemática, que usou o instrumento Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses (PRISMA). A busca foi realizada a partir de artigos publicados no período de 2004 a 2019, por dificuldade de encontrar publicações em menor período acerca da temática deste estudo. Resultados: O conhecimento e as ações de promoção e prevenção, como a lavagem de mãos e o uso de Equipamento de Proteção Individual, além de recursos físicos, são fatores determinantes para adesão às medidas de biossegurança na UTI. Conclusão: As medidas de biossegurança garantem a segurança do paciente, e, por isso, é importante que os profissionais sejam capacitados regularmente para prevenir dificuldades e falhas de adesão com as medidas de biossegurança o que pode colocar em risco o paciente e o profissional da enfermagem.(AU)

Objective: To highlight the determining factors for adherence to biosafety measures by the Nursing team in the Intensive Care Unit. Method: Systematic review study, using the Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyzes (PRISMA) instrument. The search was carried out from articles published from 2004 to 2019, due to the difficulty of finding publications in a shorter period on the theme of this study. Results: Knowledge and promotion and prevention actions, such as hand washing and the use of Personal Protective Equipment, in addition to physical resources, are determining factors for adherence to biosafety measures in the ICU. Conclusion: Biosafety measures guarantee patient safety, and, therefore, it is important that professionals are trained regularly to prevent difficulties and failures in adherence to biosafety measures, which can put the patient and the nursing professional at risk. (AU)

Objetivo: Resaltar los determinantes de la adherencia a las medidas de bioseguridad por parte del equipo de Enfermería de la Unidad de Cuidados Intensivos. Método: Estudio de revisión sistemática, utilizando el instrumento Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses (PRISMA). La búsqueda se realizó a partir de artículos publicados de 2004 a 2019, debido a la dificultad de encontrar publicaciones en un período más corto sobre la temática de este estudio. Resultados: El conocimiento y las acciones de promoción y prevención, como el lavado de manos y el uso de Equipos de Protección Personal, además de los recursos físicos, son factores determinantes para el cumplimiento de las medidas de bioseguridad en la UCI. Conclusión: Las medidas de bioseguridad garantizan la seguridad del paciente, por lo que es importante que los profesionales se capaciten periódicamente para prevenir dificultades y fallas en la adherencia a las medidas de bioseguridad, que pueden poner en riesgo al paciente y al profesional de enfermería.(AU)
Descritores: Gestão da Segurança/normas
Contenção de Riscos Biológicos/enfermagem
Prevenção de Doenças
Equipamento de Proteção Individual
Unidades de Terapia Intensiva
-Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Cuidados de Enfermagem/normas
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  4 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1121350
Autor: Barros, Cláudia Silva Marinho Antunes Barros.
Título: Avaliação da Qualidade dos Hospitais Públicos Baianos Segundo o Modelo de Gestão / Quality Evaluation of Bahian Public Hospitals According to the Management Model.
Fonte: Salvador; s.n; 2006. 139P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo tem por objetivo avaliar como os fatores de qualidade, no que se referem à estrutura, processo e resultado, e os modelos de gestão adotados pelos hospitais públicos baianos se interelacionam e influenciam os serviços de internação em clínica médica. Para tanto, foi realizada a revisão de literatura sobre avaliação da qualidade em serviços de saúde e sobre os modelos de gestão tradicional/burocrático e terceirizado, como forma de respaldar a análise dos resultados. Foi realizado um estudo quantitativo, avaliativo, exploratório e descritivo. De um universo de 43 hospitais públicos baianos foi selecionada probabilisticamente, uma amostra de dezenove hospitais. A coleta de dados foi realizada no período de janeiro a abril de 2004 utilizando como instrumento o questionário. A análise dos resultados revela que, no contexto da Reforma Administrativa, de 1995, os fatores da qualidade desenvolvidos por Donabedian relativos à estrutura, processo e resultado, são insuficientes para a avaliação dos serviços de saúde, dado que esse método não considera o contexto no qual se insere as organizações hospitalares públicas, como diferentes modelos de gestão, porte e complexidade de atendimento, influenciando na sua qualidade. No que se refere a interelação dos fatores de qualidade observou-se que existe uma estreita relação entre as três dimensões, confirmando a afirmação de Donabedian de que boa estrutura pode garantir bom processo, mas má estrutura pode levar a processos inadequados e que boa estrutura e bom processo não necessariamente garantem bons resultados. Com relação aos modelos de gestão, os resultados indicam que eles influenciaram na qualidade da estrutura e do processo. No entanto, não se observou influência relevante deste aspecto sobre a qualidade dos resultados, especificamente, no que diz respeito à capacidade de oferta de internações. Os hospitais com gestão terceirizada apresentam mais indicadores positivos de qualidade, tanto para a estrutura, os processos e os resultados. Isso, contudo, não permite afirmar que os hospitais com este modelo de gestão sejam a solução para a melhoria da qualidade, dado que os melhores indicadores de estrutura e de processo apresentados por estes hospitais não determinaram relevante influência no resultado, medido, especialmente, pela capacidade de oferta. Isso indica que o modelo de gestão pouco influenciou na qualidade dos resultados. Em síntese, os modelos de gestão adotados pelos hospitais públicos baianos influenciam na estrutura e no processo, mas não determinam melhor qualidade dos resultados. Ambos apresentam as mesmas dificuldades com relação à oferta.(AU)
Descritores: Administração de Serviços de Saúde
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Gestão da Qualidade
Hospitais Públicos/organização & administração
-Administração Hospitalar
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  5 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120414
Autor: Gibaut, Mariana de Almeida Moraes.
Título: Nível de Conforto de Familiares de Pessoas Internadas em Unidade de Terapia Intensiva / Comfort level of family members of patients admitted to Intensive Care Units / Nivel de Conforto de Familiares de Personas Internadas en Unidad de Terapia Intensiva.
Fonte: Salvador; s.n; 2014. 83P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: Conforto, meta do cuidado de enfermagem, precisa ser compreendido a partir das interações dos usuários com os serviços de saúde. Todavia pouco se conhece sobre a experiência de conforto de familiares de pessoas internadas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e quais variáveis influenciam o nível de conforto desses. Objetivo Geral: Investigar a influência de variáveis relacionadas aos familiares de pessoas internadas em UTI e ao contexto de internação dessas sobre o nível de conforto dos familiares. Métodos: Estudo transversal, realizado em seis UTIs, distribuídas em três hospitais públicos de ensino da Bahia. A amostra de 250 familiares foi entrevistada empregando-se a Escala de Conforto de Familiares de Pessoas em Estado Crítico de Saúde (ECONF). Dados de caracterização da amostra foram analisados por distribuição de frequências, médias e desvio padrão. O nível de conforto dos familiares, global e por dimensão da ECONF foi analisado em médias aritméticas e separatrizes. Para análise da diferença das médias do nível de conforto global e por dimensão da ECONF segundo variáveis de interesse, empregou-se o teste One Way (ANOVA). O teste de Bartlett foi usado para avaliar a homogeneidade das variâncias. Quando o Bartlett mostrou heterogeneidade das variâncias aplicou-se o teste não paramétrico de Kruskall Wallis. Empregou-se o pós-teste de comparação múltipla, Bonferroni, para identificar quais grupos diferiram entre si. Adotou-se o nível de significância estatística de 5%. Os dados compuseram uma base no programa SPSS, versão 17.0 for Windows e realizou-se as análises no programa Stata versão 11. Resultados: Dos 250 familiares, 71,2% estiveram em visita a membros internados em hospitais de Salvador e 28% em hospital de Feira de Santana. A idade média do grupo foi de 40,6 anos (dp 11,9). Predominaram participantes do sexo feminino, casados/união estável, católicos, com 2º grau completo, economicamente ativos e sem experiência anterior com familiar em UTI. A maior parte era filho ou cônjuge do membro internado, porém apenas 44,8% residiam com o mesmo. O próprio entrevistado era o responsável pela família em 41,2% dos casos. O nível global de conforto dos familiares foi médio. Observou-se nível de conforto alto nas dimensões Segurança e Interação Familiar e Ente, médio na dimensão Suporte e menor na dimensão Integração Consigo e com o Cotidiano. A UTI de internamento, o nível de gravidade e o tempo de internação do membro; o sexo, a idade e a renda do familiar; e a natureza do relacionamento do familiar com o membro na UTI influenciaram o nível de conforto. Conclusão: O nível de conforto dos familiares por dimensão da ECONF variou de alto a médio e o global foi mediano. Sofreu influência de variáveis relacionadas aos familiares de pessoas em UTI e ao contexto de internação dessas. Os resultados assinalaram a importância da reflexão dos profissionais de saúde quanto à efetividade de práticas de cuidar dirigidas a familiares visando a promoção do conforto, em serviços públicos, no contexto baiano. É um desafio implementar ações que ajudem familiares a minimizar o desconforto vivido com internação do membro na UTI, considerando as variáveis estudadas.(AU)
Descritores: Cuidadores
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Enfermagem Familiar
Habitação/provisão & distribução
Unidades de Terapia Intensiva/provisão & distribução
-Efetividade
Conforto do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  6 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-789037
Autor: Maier, Gláucia de Souza Omori; Martins, Eleine Aparecida Penha.
Título: Assistência ao paciente com síndrome coronariana aguda segundo indicadores de qualidade / La atención al paciente con síndrome coronario agudo según los indicadores de calidad / Health care for patients with acute coronary syndrome according to quality indicators
Fonte: Rev. bras. enferm;69(4):757-764, jul.-ago. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: avaliar a assistência intra-hospitalar ao paciente com Síndrome Coronariana Aguda segundo indicadores de qualidade. Método: longitudinal, quantitativo, realizado entre novembro de 2012 e março de 2013 com 94 pacientes, por meio de entrevistas e prontuários. Resultados: 39,4% tiveram angina instável, 60,6% infarto do miocárdio, sendo 34% com supra de ST. Tiveram óbito pacientes com escore de TIMI e GRACE superiores a 4 e 140 (p<0,05). A admissão em unidade de cuidados intensivos foi 2,1%, avaliação da fração de ejeção do ventrículo esquerdo em 83,0%, AAS em 24 horas de admissão em 77,8%, estatinas em 72,7%, inibidor da enzima conversora de angiotensina em 62,8%, aconselhamento antitabágico 53,3% e reperfusão oportuna 62,5%. Submeteram-se a estratégia invasiva em 24h 12,0% e, acima de 72h, 50,0%. O tempo porta-ECG foi de 68,3±104,3 min e porta-balão de 122±54,5 min. Conclusão: são necessários protocolos assistenciais para uniformização da prática e melhora destes indicadores.

RESUMEN Objetivo: evaluar la atención en el hospital para los pacientes con síndrome coronario agudo según los indicadores de calidad. Método: estudio cuantitativo longitudinal realizado entre noviembre de 2012 y marzo de 2013 con 94 pacientes a través de entrevistas y registros médicos. Resultados: el 39,4% tenían angina inestable, el 60,6% tenían infarto de miocardio y el 34% con elevación del ST. Los pacientes con puntuación TIMI y GRACE superior a 4 y 140 (p <0,05) murieron. Ingreso en la unidad de cuidados intensivos fue de 2,1%, la evaluación de la fracción de eyección ventricular izquierda en el 83,0%, la aspirina dentro de las 24 horas de ingreso en el 77,8%, estatinas en el 72,7%, la enzima convertidora de la angiotensina en un 62,8%, consejería anti-tabaco a 53,3% y la reperfusión oportuna en el 62,5%. El total de 12,0% de los pacientes fueron sometidos a la estrategia invasiva dentro de las 24 horas, y el 50,0% por encima de las 72 horas. El tiempo puerta ECG fue de 68,3 ± 104,3 min y puerta-balón de 122 ± 54,5 min. Conclusión: los protocolos de atención son necesarios para la normalización de la práctica y mejorar estos indicadores.

ABSTRACT Objective: to assess in-hospital care for patients with Acute Coronary Syndrome according to quality indicators. Method: a longitudinal quantitative study was performed between November 2012 and March 2013 with 94 patients, including interviews and medical records. Results: a total of 39.4% of patients had unstable angina and 60.6% had myocardial infarction, of which 34% had ST segment elevation. Patients with TIMI and GRACE scores higher than four and 140 (p<0.05) respectively died. Admission to the intensive care unit totaled 2.1%; assessment of left ventricular (LV) ejection fraction, 83.0%; ASA within 24 hours of admission, 77.8%; statins, 72.7%; angiotensin-converting enzyme inhibitor, 62.8%; anti-smoking counseling, 53.3%; and timely reperfusion, 62.5%. Of all participants, 12.0% underwent an invasive strategy in 24h and 50.0% in 72h. Door-to-ECG time was 68.3±104.3 min and door-to-balloon time, 122±54.5 min. Conclusions: health care protocols are required to standardize practice and improve these indicators.
Descritores: Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Síndrome Coronariana Aguda/terapia
-Estudos Longitudinais
Hospitalização
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1140915
Autor: Goiás (Estado). Secretaria de Estado da Saúde de Goiás; .Subsecretaria de Saúde; .Gerência de Informações Estratégicas em Saúde; .Conecta-SUS.
Título: Indicadores estratégicos em saúde pública / Strategic indicators in public health.
Fonte: Goiânia; SES-GO; 09 out. 2020. 1-6 p. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Relatório anual da Organização Mundial de Saúde (OMS) teve como foco, no ano de 2000, a discussão de modelos de análise de sistemas de saúde ao redor do mundo. O documento propõe que todo sistema de saúde deve ter como objetivo fundamental a promoção da melhoria da saúde das pessoas, mas ao mesmo tempo ser justo nos gastos orçamentários e responsivo às demandas da população (WHO, 2020). Para atingir estes objetivos, torna-se crucial o conceito de performance, ou seja, como executar essas ações com os recursos disponíveis com o máximo desempenho, também entendido como eficiência, ou seja, a relação entre o produto da intervenção de saúde e os recursos utilizados (ALBUQUERQUE et al, 2017).

The Annual Report of the World Health Organization (WHO) focused, in 2000, on the discussion of models of analysis of health systems around the world. The document proposes that every health system should have as its fundamental objective the promotion of improving people's health, but at the same time be fair in budget expenditures and responsive to the demands of the population (WHO, 2020). To achieve these objectives, the concept of performance becomes crucial, that is, how to perform these actions with the available resources with maximum performance, also understood as efficiency, that is, the relationship between the product of the health intervention and the resources used (ALBUQUERQUE et al, 2017)
Descritores: Análise de Sistemas
Avaliação em Saúde
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde/história
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1759.1 - Biblioteca Professora Ena Galvão


  8 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898235
Autor: Serafim, Clarita Terra Rodrigues; Dell'Acqua, Magda Cristina Queiroz; Castro, Meire Cristina Novelli e; Spiri, Wilza Carla; Nunes, Hélio Rubens de Carvalho.
Título: Severity and workload related to adverse events in the ICU / Gravedad y carga de trabajo relacionadas a eventos adversos en UTI / Gravidade e carga de trabalho relacionadas a eventos adversos em UTI
Fonte: Rev. bras. enferm;70(5):942-948, Sep.-Oct. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze whether an increase in patient severity and nursing workload are correlated to a greater incidence of adverse events (AEs) in critical patients. Method: A prospective single cohort study was performed on a sample of 138 patients hospitalized in an intensive care unit (ICU). Results: A total of 166 AEs, occurred, affecting 50.7% of the patients. Increased patient severity presented a direct relationship to the probability of AEs occurring. However, nursing workload did not present a statistically significant relationship with the occurrence of AEs. Conclusion: The results cast light on the importance of using evaluation tools by the nursing personnel in order to optimize their daily activities and focus on patient safety.

RESUMEN Objetivo: Analizar si el aumento de la gravedad del paciente y la carga de trabajo de enfermería está relacionada con mayor incidencia de Eventos Adversos (EAs) en pacientes críticos. Método: Estudio de cohorte única, prospectivo, con muestra de 138 pacientes internados en una Unidad de Terapia Intensiva (UTI). Resultados: En total, fueron evidenciados 166 EAs, incidiendo sobre 50,7% de los pacientes. El aumento de la gravedad del paciente mostró relación directa con la posibilidad de ocurrencia de EAs. Sin embargo, la carga de trabajo de enfermería no demostró relación estadísticamente significativa en la ocurrencia de EAs. Conclusión: Los resultados permiten reflexionar sobre la importancia del equipo de enfermería, en utilizar instrumentos de evaluación, con el objeto de mejorar y planificar sus acciones diarias, enfocándose en la seguridad del paciente.

RESUMO Objetivo: Analisar se o aumento da gravidade do paciente e a carga de trabalho de enfermagem está relacionado à maior incidência de Eventos Adversos (EAs) em pacientes críticos. Método: Estudo de coorte única, prospectivo, com amostra de 138 pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Resultados: Ao todo, foram evidenciados 166 EAs, que acometeram 50,7% dos pacientes. O aumento da gravidade do paciente apresentou relação direta com a chance de ocorrência de EAs. Entretanto, a carga de trabalho de enfermagem não apresentou relação estatisticamente significativa, na ocorrência de EAs. Conclusão: Os resultados permitem refletir acerca da importância da equipe de enfermagem, em utilizar instrumentos de avaliação, com o objetivo de melhorar e planejar suas ações diárias, com foco na segurança do paciente.
Descritores: Carga de Trabalho/normas
Erros Médicos/estatística & dados numéricos
Gravidade do Paciente
-Admissão e Escalonamento de Pessoal/normas
Admissão e Escalonamento de Pessoal/estatística & dados numéricos
Estudos Prospectivos
Estudos de Coortes
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Estado Terminal/enfermagem
Estado Terminal/epidemiologia
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos
Segurança do Paciente/normas
Segurança do Paciente/estatística & dados numéricos
Unidades de Terapia Intensiva/organização & administração
Unidades de Terapia Intensiva/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 553 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1137079
Autor: Oliveira, João Lucas Campos de; Maia, Margani Cadore Weis; Magalhães, Ana Maria Müller de; Moraes, Rúbia Marcela Rodrigues; Santarem, Michelle Dornelles; Aquino, Thamyres Laiz Oliveira; Silva, Samanta de Cassia da.
Título: Benchmarking de indicadores de qualidade e dimensionamento de pessoal de enfermagem entre unidades hospitalares / Benchmarking de indicadores de calidad y dimensionamiento del personal de enfermería entre unidades hospitalarias / Benchmarking of quality indicators and dimensioning of nursing staff among hospital units
Fonte: Rev. baiana enferm;34:e37756, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo realizar benchmarking interno de indicadores de qualidade e do dimensionamento de pessoal de enfermagem entre unidades de internação hospitalar. Método estudo transversal. Foram levantados/avaliados nove indicadores de qualidade por sítios de observação nas unidades de internação em clínica médica (n=450) e cirúrgica (n=274) de hospital público do Centro-Oeste, Brasil, além da aplicação de Sistema de Classificação de Pacientes, para o dimensionamento de pessoal. Empregou-se análise estatística descritiva (no dimensionamento) e inferencial (para os indicadores). Resultados houve diferença significativa (p-valor<0,0001) na conformidade da identificação do leito (melhor na unidade cirúrgica) e de acessos venosos (melhor na internação clínica). A classificação da qualidade foi equânime. A clínica médica apresentou déficit de enfermeiros (-11). Conclusão a qualidade assistencial - mediada à métrica dos indicadores - foi equânime entre os setores de internação e o dimensionamento de pessoal foi discrepante, em virtude do evidente déficit de enfermeiros, dada à maior complexidade assistencial na clínica médica.

Objetivo realizar un benchmarking interno de los indicadores de calidad y dimensionamiento del personal de enfermería entre las unidades de hospitalización. Método estudio transversal. Nueve indicadores de calidad fueron recogidos/evaluados por los sitios de observación en las unidades médicas (n-450) y quirúrgicas (n-274) de un hospital público en el Medio Oeste, Brasil, además de la aplicación de un Sistema de Clasificación de Pacientes para el dimensionamiento del personal. Se utilizaron análisis estadísticos descriptivos (en dimensionamiento) e inferenciales (para indicadores). Resultados hubo una diferencia significativa (valor p<0.0001) en el cumplimiento de la identificación de la cama (mejor en la unidad quirúrgica) y el acceso venoso (mejor en hospitalización clínica). La clasificación de calidad fue equitativa. La clínica médica presentaba un déficit de enfermeras (-11). Conclusión la calidad de la atención - mediada a las métricas de los indicadores - era equitativa entre los sectores de hospitalización y el dimensionamiento del personal era discreto, debido al evidente déficit de enfermeras, dada la mayor complejidad de la atención en la clínica médica.

Objective to perform internal benchmarking of quality indicators and the dimensioning of nursing staff between hospitalization units. Method cross-sectional study. Nine quality indicators were collected/evaluated by observation sites in the medical (n=450) and surgical (n=274) hospital units of a public hospital in the Midwest, Brazil, in addition to the application of a Patient Classification System for the dimensioning of personnel. Descriptive statistical analysis (in sizing) and inferential (for indicators) were used. Results there was a significant difference (p-value<0.0001) in the compliance of bed identification (better in the surgical unit) and venous access (better in clinical hospitalization). The quality classification was equitable. The medical clinic presented a deficit of nurses (-11). Conclusion the quality of care - mediated to the metrics of the indicators - was equitable between the hospitalization sectors and the personnel dimensioning was discrepant, due to the evident deficit of nurses, given the greater complexity of care in the medical clinic.
Descritores: Pesquisa em Administração de Enfermagem
Benchmarking
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
-Gestão da Qualidade
Unidades Hospitalares
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  10 / 553 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-528939
Autor: Monteiro, Rachel de Lyra; Loyola, Cristina Maria Douat.
Título: Qualidade de oficinas terapêuticas segundo pacientes / La calidad de los talleres terapéuticos según los pacientes / Quality of therapeutic workshops according to patients
Fonte: Texto & contexto enferm;18(3):436-442, jul.-set. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo descritivo, de natureza qualitativa, tipo estudo de caso, acerca do discurso dos pacientes sobre qualidade das oficinas terapêuticas em saúde mental. Utilizamos como guias os Indicadores de Qualidade de Projeto, conjunto de técnicas elaboradas e testadas na área educacional, cuja finalidade é avaliar projetos educacionais. Este propiciou atender ao objetivo de apontar as características de qualidade das oficinas terapêuticas, a partir da fala dos pacientes. O estudo baseou-se em conceitos pautados em cidadania, também contemplados na proposta de reabilitação psicossocial que orienta a assistência em saúde mental do Instituto de Psiquiatria do Rio de Janeiro. A análise dos dados foi realizada através da análise de discurso. Nossas reflexões basearam-se nos dados obtidos de 12 entrevistas realizadas em uma oficina terapêutica do Hospital-dia do Instituto de Psiquiatria. Através dos dados percebemos que a participação dos pacientes psiquiátricos nestas oficinas pode estar associada a quatro desejos principais: melhores relações sociais, diminuição de sintomas, ajuda com respeito e alguma remuneração.

This is a descriptive, qualitative case study about the speech of patients related to the quality of the therapeutic workshop on mental health. As guidelines we used the Project Quality Indexes, a set of techniques carried out and tested in the field of education, used in evaluating educational projects. Their use favored reaching the goal of the study: to point out the quality characteristics of therapeutic workshops based on patient commentary. The study was based on concepts guided by citizenship and contemplated in the psychosocial rehabilitation proposal that orients mental health care at the Psychiatric Institute in Rio de Janeiro, Brazil. Data was analyzed through speech analysis. Our reflections were based on the data obtained from 12 interviews carried out in a therapeutic workshop of the Psychiatric Institute Day-Hospital. From this data, we have perceived that psychiatric patient participation in these workshops may be associated to four main desires: better social relationships, decreased symptoms, aid with respect, and some remuneration.

Es un estudio descriptivo, de naturaleza cualitativa, del tipo estudio de caso, acerca del discurso de los pacientes sobre la calidad de los talleres terapéuticos en salud mental. Utilizamos como guías los Indicadores de Calidad de Proyecto, un conjunto de técnicas elaboradas y probadas en el área educacional, cuya finalidad es evaluar proyectos educacionales. Con ese método se pudo atender nuestro objetivo: señalar las características de calidad de los talleres terapéuticos, a partir de lo que dicen los pacientes. El estudio se apoyó en conceptos basados en la ciudadanía, y también incluidos en la propuesta de rehabilitación psicosocial que orienta la asistencia en salud mental del Instituto de Psiquiatría de Rio de Janeiro. El análisis de los datos se realizó mediante el análisis de discurso. Nuestras reflexiones se basaron en los datos obtenidos en 12 entrevistas realizadas en un taller terapéutico del Hospital-día del Instituto de Psiquiatría. Los datos obtenidos permiten percibir que la participación de los pacientes psiquiátricos en esos talleres puede estar asociada a cuatro deseos principales: mejores relaciones sociales, disminución de síntomas, ayuda con respeto y alguna remuneración.
Descritores: Enfermagem Psiquiátrica
Reabilitação
Saúde Mental
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)



página 1 de 56 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde