Base de dados : LILACS
Pesquisa : N06.850.290.200 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 222 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 23 ir para página                         

  1 / 222 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1101116
Autor: Oliveira, Wanderson Kleber de; Duarte, Elisete; França, Giovanny Vinícius Araújo de; Garcia, Leila Posenato.
Título: Como o Brasil pode deter a COVID-19 / Cómo Brasil puede contener COVID-19 / How Brazil can hold back COVID-19
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;29(2):e2020044, 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo apresenta as estratégias e ações adotadas pelo Ministério da Saúde do Brasil para deter a COVID-19. A resposta à doença foi imediata e anterior à detecção do primeiro caso no país. A informação e a comunicação para a população e a imprensa foram adotadas como estratégias fundamentais para o enfrentamento da epidemia. A orientação para a população tem sido clara, no sentido de reforçar a importância das medidas de prevenção da transmissão do coronavírus. Esforços foram direcionados para o fortalecimento da vigilância e da assistência à saúde, bem como para o fomento à pesquisa, desenvolvimento e inovação. Ações têm sido direcionadas à capacitação de recursos humanos e ampliação da cobertura do Sistema Único de Saúde (SUS). A proteção aos trabalhadores da saúde é considerada prioritária. Todos os trabalhadores, gestores e dirigentes do SUS estão dedicados a preservar a saúde e a vida de cada brasileira e brasileiro.

Resumen Este artículo presenta las estrategias y las acciones adoptadas por el Ministerio de Salud de Brasil para detener el COVID-19. La respuesta a la enfermedad fue inmediata y anterior a la detección del primer caso en el país. La información y la comunicación para la población y la prensa fueron adoptadas como estrategias fundamentales para enfrentar la epidemia. La orientación a la población ha sido clara, en el sentido de reforzar la importancia de las medidas de prevención de la trasmisión del coronavirus. Se han dirigido esfuerzos al fortalecimiento de la vigilancia y de la asistencia a la salud, bien como al fomento de la investigación, el desarrollo y la innovación. También se han dirigido acciones a la capacitación de recursos humanos y a la ampliación de la cobertura del Sistema Único de Salud (SUS). La protección a los trabajadores de la salud se considera prioritaria. Todos los trabajadores, gestores y dirigentes del SUS están dedicados a preservar la salud y la vida de cada brasileña y brasileño.

Abstract This article presents the strategies and actions adopted by the Brazilian Ministry of Health to hold back COVID-19. The response to the disease was immediate and occurred prior to the first case being detected in Brazil. Provision of information and communication to the population and the press was adopted as a fundamental strategy for addressing the epidemic. Guidance provided to the population has been clear, stressing the importance of coronavirus transmission prevention measures. Efforts have been directed towards strengthening health surveillance and health care, as well as boosting research, development and innovation. Actions have targeted human resource training and expanding coverage afforded by the Brazilian National Health System (SUS). Protecting health workers is a priority. All SUS health workers, managers and directors are dedicated to preserving the health and life of each and every Brazilian citizen.
Descritores: Infecções por Coronavirus
Prevenção de Doenças
Epidemias
-Orientação
Vigilância Sanitária
Limites: Humanos
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  2 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1128954
Autor: Almeida, Maíra Lopes; Neves, Anamaria Silva.
Título: A popularização diagnóstica do autismo: uma falsa epidemia? / The diagnostic popularization of autism: a false epidemic? / La popularización diagnóstica del autismo: ¿una falsa epidemia?
Fonte: Psicol. ciênc. prof;40:e180896, jan.-maio 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Atualmente, aponta-se que a prevalência de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista é de uma criança para cada sessenta e oito. Diante disso, aventa-se a possibilidade de uma epidemia. Este trabalho tem como objetivo tecer considerações a respeito do aumento de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista contemporaneamente. A partir de uma investigação teórica, procurou-se conjecturar hipóteses para esse fenômeno e suas devidas implicações para a prática clínica do psicólogo. Foram realizadas pesquisas em bases de dados como PubMed, Medline e Biblioteca Virtual em Saúde ­ Psicologia Brasil. Os dados epidemiológicos encontrados apontaram para um aumento significativo do diagnóstico nos últimos anos, o que provocou uma questão sobre essa possível epidemia. Esses achados nos fizeram supor que tal aumento se edifique pela articulação entre as perspectivas psiquiátrica e social. A discussão dessa hipótese sustenta, então, que a prática do psicólogo diante da demanda referente ao sofrimento na infância deve ser pautada por um posicionamento ético e por uma clínica atenta ao cuidado...(AU)

Currently, estimates point to the prevalence of children diagnosed with Autism Spectrum Disorder (ASD) of one child every sixty-eight. The possibility of an epidemic is considered. This study makes some considerations about the increase in children diagnosed with ASD in the last decades. As a theoretical investigation, we thought of hypotheses for this phenomenon and its implications for the psychology clinical practice and searched databases such as Pubmed, Medline and BVS-PSI. The epidemiological data found indicated a significant increase in diagnosis in recent years, which raised a question about this possible epidemic. These findings have led us to suppose that such an increase is built by the articulation between the psychiatric and social perspectives. Our hypothesis holds that the psychologist's practice for suffering in childhood should be guided by an ethical stance and a clinic attentive to care...(AU)

Currently, estimates point to the prevalence of children diagnosed with Autism Spectrum Disorder (ASD) of one child every sixty-eight. The possibility of an epidemic is considered. This study makes some considerations about the increase in children diagnosed with ASD in the last decades. As a theoretical investigation, we thought of hypotheses for this phenomenon and its implications for the psychology clinical practice and searched databases such as Pubmed, Medline and BVS-PSI. The epidemiological data found indicated a significant increase in diagnosis in recent years, which raised a question about this possible epidemic. These findings have led us to suppose that such an increase is built by the articulation between the psychiatric and social perspectives. Our hypothesis holds that the psychologist's practice for suffering in childhood should be guided by an ethical stance and a clinic attentive to care...(AU)
Descritores: Psicologia
Criança
MEDLINE
PubMed
Bibliotecas Digitais
Diagnóstico
Epidemias
Transtorno do Espectro Autista
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  3 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989872
Autor: Reznik, Luís; Costa, Juliana Carolina Oliveira.
Título: Como manter saudáveis nossos imigrantes: preceitos higienistas na constituição da Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores / Keeping our immigrants healthy: hygienist doctrine in the Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;26(1):15-32, Jan.-Mar. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A criação da Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores, em 1883, esteve de acordo com os preceitos higienistas vigentes na época. O isolamento de imigrantes na costa leste da baía de Guanabara ocorreu em virtude das epidemias de febre amarela que retornavam à capital do Império todo verão, desde 1849-1850. Higienistas atribuíam a doença à precária condição sanitária da cidade do Rio de Janeiro, que propiciava a multiplicação do germe e infeccionava a atmosfera. Na medida em que os médicos reinterpretavam a doença à luz da teoria pasteuriana, foram sendo adotados novos procedimentos para a recepção de imigrantes, alterando a estrutura e o funcionamento da Hospedaria da Ilha das Flores.

Abstract The Hospedaria de Imigrantes (Immigrant Lodgings) da Ilha das Flores was established in 1883 in accordance with the hygienist thinking of the time. Immigrants were isolated on the east coast of Guanabara Bay because of the epidemics of yellow fever which returned to the Imperial capital every summer since 1849-1850. Hygienists attributed the disease to the precarious health conditions in the city of Rio de Janeiro, which enabled germs to multiply and infect the atmosphere. As physicians reinterpreted the disease in light of Pasteurian theory, new procedures were adopted to receive immigrants, changing the structure and function of the facility on Ilha das Flores.
Descritores: Febre Amarela/história
Prática de Saúde Pública/história
Higiene/história
Emigrantes e Imigrantes/história
Hospitais Especializados/história
-Febre Amarela/prevenção & controle
Febre Amarela/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Arquitetura de Instituições de Saúde/história
Epidemias/história
Limites: Humanos
História do Século XIX
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989874
Autor: Aguerregaray, Rosana.
Título: Representaciones, discursos y prácticas profilácticas durante la epidemia de cólera (1886-1887, Mendoza, Argentina) / Prophylactic representations, discourses and practices during the cholera epidemic (1886-1887, Mendoza, Argentina)
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;26(1):187-207, Jan.-Mar. 2019. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen El artículo busca indagar en los proyectos de disciplinamiento sancionados por el Estado de la provincia de Mendoza (Argentina) durante la epidemia de cólera ocurrida en el verano de 1886 y 1887. Si bien los planes tenían como finalidad mejorar el estado sanitario de toda la población y de la ciudad, apuntaron y se aplicaron con mayor intensidad sobre los sectores populares y sus espacios. Esto se debió a las ideas y representaciones que en torno de la enfermedad y la muerte construyó el grupo dirigente durante estos periodos.

Abstract The article takes a look into the disciplinary projects approved by the authorities in the province of Mendoza (Argentina) during the cholera epidemic that took place during the summer of 1886-1887. Although the projects were intended to ameliorate the sanitary conditions of the whole of the population, these were focused and applied more intensively on the underprivileged sectors and their areas of inhabitance. This follows the ideas and representations created by the State regarding the illness and its death during this period.
Descritores: Saneamento/história
Cólera/história
Epidemias/história
-Argentina/epidemiologia
Áreas de Pobreza
Cólera/prevenção & controle
Cólera/epidemiologia
Epidemias/prevenção & controle
Limites: Humanos
História do Século XIX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039955
Autor: Lopes, Gabriel.
Título: Anopheles gambiae no Brasil: antecedentes para um " alastramento silencioso ", 1930-1932 / Anopheles gambiae in Brazil: the background to a " silent spread, " 1930-1932
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;26(3):823-839, jul.-set. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O artigo analisa a chegada e identificação do mosquito africano Anopheles gambiae no Brasil em 1930 e as primeiras reações de cientistas e autoridades de saúde pública contra as epidemias de malária causadas por essa espécie. Apesar de ter sido reconhecido como perigoso vetor da malária, sua presença em território nacional foi negligenciada a partir de 1932, após ações emergenciais na capital do Rio Grande do Norte, favorecendo um alastramento silencioso que resultou em uma grande epidemia de malária em 1938. São abordadas questões científicas e políticas que contribuíram para que o combate ao mosquito fosse colocado em segundo plano nas articulações entre a Divisão Sanitária Internacional da Fundação Rockefeller e autoridades brasileiras até 1937.

Abstract The article analyzes the arrival and identification of the African mosquito Anopheles gambiae in Brazil in 1930, and the initial reactions of scientists and public health authorities against the epidemics of malaria caused by this species. Although this mosquito was recognized as a dangerous vector of malaria, its presence in Brazil was neglected after initial emergency actions in the city of Natal in 1932; this encouraged it to spread silently, resulting in a major malaria epidemic in 1938. This article examines scientific and political issues which caused the fight against mosquitoes to be pushed into the background until 1937 in cooperative efforts between the Rockefeller Foundation's International Health Division and the Brazilian authorities.
Descritores: Controle de Mosquitos/história
Epidemias/história
Mosquitos Vetores
Malária/história
Anopheles
-Brasil/epidemiologia
Controle de Mosquitos/métodos
Governo Federal/história
Epidemias/prevenção & controle
Fundações/história
Malária/epidemiologia
Limites: Humanos
História do Século XX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012195
Autor: Kühn, Fábio; Brizola, Jaqueline Hasan.
Título: Entre vacinas, doenças e resistências: os impactos de uma epidemia de varíola em Porto Alegre no século XIX / Between vaccines, diseases, and resistances: the impacts of a smallpox epidemic in nineteenth-century Porto Alegre
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;26(2):537-554, abr.-jun. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Uma epidemia de varíola que vitimou fatalmente 1% da população de Porto Alegre em 1874 é o tema deste artigo. Com base em ampla pesquisa documental e no cruzamento de informações produzidas por ocasião da morte dos indivíduos atingidos durante o evento, buscamos problematizar as razões pelas quais a varíola apresentou-se em formato epidêmico na cidade. De posse dos mapas de vacinados nos anos anteriores à eclosão da epidemia, pudemos constatar a baixa adesão da população de Porto Alegre ao preventivo, cujo benefício poderia ser ignorado pelos distintos grupos sociais que teciam relações dentro da cidade. Com a chegada de soldados doentes, oriundos de outras localidades, a moléstia se espalhou rapidamente pela cidade, causando a morte de centenas de pessoas.

Abstract This article examines a smallpox epidemic which killed 1% of the population of Porto Alegre in 1874. Through extensive documentary research and comparison with data from those who died, we problematize why smallpox manifested as an epidemic in the city. Maps showing vaccination in the years preceding the outbreak reveal that only low levels of the population of Porto Alegre participated in prevention efforts, and the benefits of these efforts were ignored by the different social groups which were interconnected within the city. As sick soldiers arrived from other places, the disease spread rapidly through the city and caused the death of hundreds of people.
Descritores: Varíola/história
Vacina Antivariólica/história
Epidemias/história
-Brasil/epidemiologia
Varíola/transmissão
Varíola/epidemiologia
Vacinação/história
Militares/história
Limites: Humanos
Masculino
História do Século XIX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012202
Autor: Ferrandis, Xavier García; Martínez-Vidal, Àlvar.
Título: Salud pública, espacio urbano y exclusión social en la España de posguerra: la epidemia de tifus exantemático en la ciudad de Valencia, 1941-1943 / Public health, urban space and social exclusion in postwar Spain: the exanthematic typhus epidemic in the city of Valencia, 1941-1943
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;26(2):445-464, abr.-jun. 2019. graf.
Idioma: es.
Projeto: Ministerio de Economía y Competitividad.
Resumo: Resumen Tras la Guerra Civil, las deficientes condiciones higiénico-dietéticas de gran parte de la población española favorecieron la aparición de enfermedades epidémicas. El tifus exantemático puso en jaque a las autoridades sanitarias, especialmente durante la primavera de 1941, cuando el ciclo epidemiológico de la enfermedad y la falta de infraestructuras se aliaron para provocar una grave crisis sanitaria. El régimen franquista, consciente de que esta situación dificultaba su legitimación, no dudó en utilizar la exclusión social como parte de su política sanitaria contra esta epidemia. El artículo analiza en profundidad el caso de Valencia, una ciudad que durante la guerra, por hallarse en la retaguardia republicana, había acogido sucesivas oleadas de refugiados a medida que avanzaban las tropas franquistas.

Abstract After the Spanish Civil War, poor hygiene and nutritional deficiencies among a large part of Spain's population contributed to the rise of epidemic diseases. Exanthematic typhus posed a challenge to the health authorities, especially during the spring of 1941, when the epidemiological cycle of the disease and the lack of infrastructures combined to create a serious health crisis. The Franco regime, aware that this situation posed a threat to its legitimacy, promptly used social exclusion as part of its health policy against the epidemic. This article provides an in-depth analysis of the case of Valencia, a city that was behind Republican lines during the war, and therefore received successive waves of refugees as Franco's troops advanced.
Descritores: Tifo Epidêmico Transmitido por Piolhos/história
Controle de Doenças Transmissíveis/história
Epidemias/história
-Espanha/epidemiologia
Tifo Epidêmico Transmitido por Piolhos/prevenção & controle
Tifo Epidêmico Transmitido por Piolhos/epidemiologia
Quarentena/história
Higiene/história
Epidemias/prevenção & controle
Limites: Humanos
História do Século XX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-975421
Autor: Correia, Ana Maria Diamantino.
Título: A resposta em Coimbra à epidemia de pneumónica de 1918-1919 sob o olhar de um periódico local / Coimbra's response to the 1918-1919 influenza epidemic, seen from the viewpoint of a local newspaper
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;25(3):679-694, jul.-set. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Neste artigo pretende-se compreender a epidemia de gripe pneumónica de 1918-1919 em Coimbra, a partir das informações contidas nas páginas de um periódico local. Por meio da análise rigorosa e sistemática da Gazeta de Coimbra consegue-se inferir a perceção que uma burguesia urbana teve desta catástrofe sanitária, considerada a maior do século XX. Guiados pelo editor do jornal, numa perspetiva não oficial dos fatos, é possível vislumbrar as reações às primeiras notícias da epidemia, nomeadamente os temores da população frente à informação veiculada, mas também a resposta das autoridades e da sociedade civil. Crítico em muitos aspetos, censura abertamente a inércia de várias instituições da cidade, como a Câmara Municipal, a Faculdade de Medicina da Universidade e a Misericórdia.

Abstract This article investigates the 1918-1919 influenza epidemic in Coimbra using information found in the pages of a local newspaper. Rigorous and systematic analysis of the Gazeta de Coimbra reveals the urban bourgeoisie's perception of this health disaster, considered the most severe in the twentieth century. Guided by the newspaper's editor though an unofficial view of the facts, the reader can glimpse reactions to the first news of the epidemic, particularly the population's fears related to this information, but also the response from authorities and civil society. The newspaper is critical in many aspects, openly censuring inaction by several institutions of the city such as the city council, the medical school at the University of Coimbra, and the Misericórdia charitable institution.
Descritores: Influenza Humana/história
Influenza Humana/epidemiologia
Epidemias/história
Jornais como Assunto
-Portugal/epidemiologia
Limites: Humanos
História do Século XX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 222 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Carrara, Sergio
Texto completo
Id: biblio-1125359
Autor: Carrara, Sérgio.
Título: As ciências humanas e sociais entre múltiplas epidemias / Human and social sciences among multiple epidemics
Fonte: Physis (Rio J.);30(2):e300201, 2020.
Idioma: pt.
Descritores: Ciências Sociais
Saúde Pública
Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Betacoronavirus
Ciências Humanas
-Brasil
Iniquidade Social
Epidemias
Pandemias
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  10 / 222 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1133842
Autor: Faro, André; Bahiano, Milena de Andrade; Nakano, Tatiana de Cassia; Reis, Catiele; Silva, Brenda Fernanda Pereira da; Vitti, Laís Santos.
Título: COVID-19 e saúde mental: a emergência do cuidado / COVID-19 and mental health: the emergence of care
Fonte: Estud. Psicol. (Campinas, Online);37:e200074, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Considerando-se a situação atual mundial, marcada por importantes crises na saúde pública e, mais recentemente, a pandemia causada pela COVID-19, o presente artigo buscou reunir informações e achados de pesquisa a respeito do impacto de tais crises na saúde mental. O texto traz conceitos relacionados à problemática do novo coronavírus e analisa consequências de medidas adotadas para lidar com situações desse tipo, tais como distanciamento social, quarentena e isolamento, ao longo de três períodos distintos: pré-crise, intracrise e pós-crise. O artigo enfoca as repercussões observadas na saúde mental da população, refletindo acerca dos desfechos favoráveis e desfavoráveis dentro do processo de crise. Por fim, são apresentadas questões relacionadas à emergência do cuidado em saúde mental, tanto aquele prestado pela Psicologia, como aquele que pode ser desenvolvido pelos demais profissionais de saúde, de modo a minimizar os impactos negativos da crise e atuar de modo preventivo.

Considering the current global situation, marked by important public health crises and, more recently, the COVID-19 pandemic, this article aims to gather information and research findings on the impact of such crises on mental health. The text presents the main concepts related to the new coronavirus and analyzes the consequences of the measures adopted to deal with scenarios such as the current problem, which involve social distance, quarantine, and isolation, within three distinct moments: pre-crisis, intra-crisis, and post-crisis. The paper focuses on the repercussions observed on the population's mental health and discusses favorable and unfavorable outcomes within the crisis process. To conclude, it presents questions related to the emergence of mental health care provided by Psychology and other health professionals in order to reduce negative impacts of this crisis and act in a preventive function.
Descritores: Surtos de Doenças
Intervenção na Crise
Epidemias
Pandemias
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II



página 1 de 23 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde