Base de dados : LILACS
Pesquisa : N06.850.460 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1450 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 145 ir para página                         

  1 / 1450 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-779407
Autor: Villaamil Lepori, Edda Cristina.
Título: Hidroarsenicismo crónico regional endémico en Argentina / Chronicendemic regional hydroarsenicism in Argentina
Fonte: Acta bioquím. clín. latinoam;49(1):83-104, mar. 2015. tab.
Idioma: es.
Resumo: La contaminación natural del agua de consumo humano con Arsénico (As) en Argentina tiene más de 100 años de antigüedad y aún no ha sido solucionada. Numerosos trabajos científicos ponen de manifiesto que el problema del As afecta en Argentina alrededor de cuatro millones de personas. El HACRE (hidroarsenicismo crónico regional endémico), patología provocada por la ingesta crónica de As en el agua y los alimentos, provoca afecciones de piel (leucodermia y/o queratosis), cáncer de piel, pulmón, vejiga, riñón, entre otros, alteraciones en el desarrollo, afecciones cardiovasculares, neurotoxicidad y diabetes. Dada la importancia del tema se señalan los avances en el conocimiento científico sobre el As en Argentina, especialmente en los últimos años. Se desarrollan diversos aspectos como los niveles actuales de As en aguas en el país y la contaminación de alimentos por la utilización de estas aguas. En población de Argentina, se evalúan biomarcadores de exposición, el perfil metabólico, biomarcadores y polimorfismos genéticos implicados en la susceptibilidad a la toxicidad del arsénico, biomarcadores de efecto, genotoxicidad, y evaluaciones del riesgo carcinógeno, relacionadas con la exposición al As. La evidencia recopilada en esta actualización no deja dudas sobre la gravedad del problema y del riesgo a la salud por la exposición crónica al As para una gran parte de los habitantes del país...
Descritores: Água
Argentina
Arsênico
-Poluição Ambiental
Gravidez
Doenças Endêmicas
Neoplasias
Organização Mundial da Saúde
Recém-Nascido
Suscetibilidade a Doenças
Limites: Humanos
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco


  2 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-897095
Autor: Idrovo, Alvaro J; Rivero-Rubio, Carolina; Amaya-Castellanos, Claudia.
Título: Perception of pollution and arsenic in hair of indigenous living near a ferronickel open-pit mine (Córdoba, Colombia): Public health case report / Percepción de la contaminación y arsénico en cabello de indígenas viviendo cerca de una mina a cielo abierto de ferroníquel (Córdoba, Colombia): reporte de caso en salud pública
Fonte: Rev. Univ. Ind. Santander, Salud;49(1):115-123, ene.-mar. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Indigenous Zenu residents living near the Cerro Matoso ferronickel mine (Montelibano, Cordoba, Colombia) have complained for many years about adverse health effects. Objective: To explore the perception of sources of pollution, adverse health effects and arsenic levels in the hair of residents near the mine in 2015. Case presentation: Two nominal grouping sessions were conducted (with men and women, separately). The skin of 15 individuals was examined for spots suggestive of hydroarsenicism. Seven hair samples were collected from women and sent to the Centre de Toxicologie du Québec for analysis with inductively coupled plasma mass spectrometry. The proximal, medium and distal segments of the hair were evaluated (n=21). The participants identified the ferronickel mine as the main source of pollution in the region. The exposure pathways they reported correspond to those recognized by environmental health for NiO and arsenic. The perceived adverse effects from the pollution are consistent with what can be expected when NiO and arsenic are present. The arsenic concentrations in hair ranged from 0.011 to 0.26 μg/g. The highest occurred roughly three years earlier in a girl who was 9 years old at that time. Conclusions: Exposure to arsenic near the ferronickel mine was confirmed, in addition to NiO, mercury and other metals. Future studies could explore the occurrence of adverse effects from arsenic, such as cancer, dermatosis, high blood pressure and reproductive and cardiovascular disorders.

RESUMEN Introducción: Desde hace varios años indígenas de la comunidad Zenú residentes alrededor de la mina de ferroníquel "Cerro Matoso" (Montelibano, Córdoba, Colombia), se quejan de efectos adversos en la salud. Objetivo: Explorar la percepción sobre fuentes de polución, efectos adversos en salud y niveles de arsénico en cabello en individuos residentes cerca de la mina en 2015. Presentación del caso: Se realizaron dos sesiones de grupos nominales (con hombres y mujeres aisladamente). Se revisó la piel de 15 individuos buscando manchas en la piel sugerentes de hidroarsenicismo. Se recolectaron siete muestras de cabello de mujeres, que fueron enviadas para análisis mediante espectrometría de masas con plasma de acoplamiento inductivo en The Centre de Toxicologie du Québec. Se evaluaron los segmentos proximal, medio y distal de cada cabello (n=21). Los participantes identificaron la mina de ferroníquel como la principal fuente de contaminación en la región. Las vías de exposición reportadas corresponden a vías reconocidas en salud ambiental para NiO y arsénico. Los efectos adversos que se perciben relacionados con la contaminación pueden ser esperados cuando existe NiO y arsénico. Las concentraciones de arsénico en cabello variaron entre 0.011 y 0.26 µg/g. La mayor ocurrió hace tres años aproximadamente en una niña que en ese tiempo tenía 9 años. Conclusiones: Se confirma la exposición a arsénico en los alrededores de la mina de ferroníquel, que se suma a la de NiO, mercurio y otros metales. Futuros estudios podrán explorar la ocurrencia de efectos adversos del arsénico como cáncer, dermatosis, hipertensión arterial y trastornos reproductivos y cardiovasculares.
Descritores: Poluição Ambiental
-Arsênico
Toxicologia
Pesquisa Qualitativa
Mercúrio
Mineração
Níquel
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO48.1 - Biblioteca Médica


  3 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1095731
Autor: São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológico.
Título: Vigilância epidemiológica: no contexto da vigilância de populações expostas a solos contaminados / Epidemiological surveillance: in the context of surveillance of populations exposed to contaminated soil.
Fonte: São Paulo; SES/SP; s.d. 73 p. tab.
Idioma: pt.
Descritores: População Rural
Solo
Poluição Ambiental
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; Digital


  4 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1054574
Autor: Moraes, Rodrigo Fracalossi de.
Título: Agrotóxicos no Brasil: padrões de uso, política da regulação e prevenção da captura regulatória.
Fonte: Brasília; IPEA; 2019. 84 p. ilus, graf. (Texto para Discussão / IPEA, 2506).
Idioma: pt.
Resumo: Agrotóxicos são, ao mesmo tempo, insumos agrícolas e produtos perigosos, razão pela qual devem ser regulados pelo Estado. Contudo, se evidências científicas sobre impactos de agrotóxicos são universais, por que a sua regulação varia de país para país? O texto argumenta que ela depende, em parte, do poder relativo de grupos que ganham e que perdem com a regulação. Regulações sobre agrotóxicos não são criadas e implementadas por órgãos de Estado politicamente neutros: elas resultam da influência relativa de grupos organizados. Neste "jogo", grupos que concentram os custos ou benefícios de um ambiente regulado possuem mais incentivos para a mobilização do que grupos para os quais custos ou benefícios são difusos. Isto não impede, contudo, que grupos dispersos influenciem o processo regulatório, utilizando-se principalmente de normas e conhecimento técnico. O texto analisa, ainda, a evolução do uso de agrotóxicos no Brasil desde o início dos anos 1990, com foco em como este foi concentrado em algumas lavouras e regiões do país. O trabalho também sugere um conjunto de políticas, com ênfase na prevenção da captura de órgãos reguladores, quais sejam: i) manter um sistema de registro de agrotóxicos não centralizado em órgãos da área de estímulo à agricultura; ii) criar mecanismos que previnam o fenômeno que a literatura denomina de "porta giratória"; iii) aumentar a participação de organizações da sociedade civil e de especialistas; iv) treinar agentes públicos nas áreas de relações com o setor privado, política da regulação e captura regulatória; e v) manter garantias para a liberdade de expressão. Por fim, o texto explora potenciais efeitos de dinâmicas Norte-Sul sobre a regulação de agrotóxicos no Brasil, especialmente decorrentes do fato de que a produção no Brasil é quase toda controlada por empresas multinacionais.

Pesticides are not only agricultural inputs but also dangerous products, reason why the state must regulate them. However, if scientific evidence about the effects of pesticides is universal, why do regulations vary across countries? This article argues that pesticide regulation depends in part on the relative power of groups that gain and that lose with a certain type of regulation. Regulations are not created and implemented by politically neutral state agencies: they result from the relative influence of organized groups. In this "game", groups that concentrate costs or benefits of a hypothetical regulation have more incentives to mobilize than groups for which costs or benefits are diffuse. Yet, this does not prevent the latter from influencing the regulatory process, mainly through norms and scientific knowledge. The text also analyses how the use of pesticides evolved in Brazil since the beginning of the 1990s, focusing on how their use is concentrated in some crops and regions. Finally, the paper suggests a set of policies, with emphasis on preventing regulatory capture: i) maintaining a system of registration of pesticides not centralized in agencies working only to promote agricultural production; ii) creating mechanisms to prevent what the literature calls the "revolving door" problem; iii) increasing the participation of civil society organizations and experts; iv) training civil servants on relations with the private sector, regulation and regulatory capture; and v) maintaining guarantees for the freedom of expression and opinion. Finally, the text explores the potential effects of north south dynamics on the pesticide regulation in Brazil, especially the fact that the production of pesticides in Brazil is controlled by multinational companies.
Descritores: Agroquímicos
Agência Nacional de Vigilância Sanitária
Poluição Ambiental
Saúde Ambiental
Saúde Pública
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
I59; 330.908, I59; BR1541.1


  5 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-859801
Autor: Martins, Ericka Helena Costa; Monteiro, Edna Maria da Silveira.
Título: RISCOS À SAÚDE DA POPULAÇÃO CAUSADOS PELA CONTAMINAÇÃO POR CHUMBO NO MUNICÍPIO DE BOQUIRA, BAHIA / HEALTH RISK FOR THE POPULATION CAUSED BY LEAD CONTAMINATION IN BOQUIRA MUNICIPALITY, BAHIA / RIESGOS PARA LA SALUD DE LA POBLACIÓN CAUSADOS POR LA CONTAMINACIÓN POR EL PLOMO EN EL MUNICIPIO BOQUIRA, BAHIA
Fonte: Rev. baiana saúde pública;40 (2016)(Supl. 2 SUVISA):https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.nS2.a2697, Set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: A mineração de chumbo localizada no município de Boquira, no interior da Bahia, constitui um passivo ambiental na zona urbana, em decorrência da instalação, nos anos 50, da empresa Companhia Brasileira de Chumbo (COBRAC), cuja mina foi desativada em 1992. Os rejeitos dispostos sem medidas de proteção ao solo, águas superficiais e subterrâneas e a dispersão atmosférica, representam risco à saúde humana e impacto ambiental. Este artigo tem como objetivo descrever a situação de risco à saúde da população gerado pelo passivo ambiental causado pela mineração de chumbo em Boquira, com base em pesquisa realizada na literatura, em ban cos de dados dos sistemas de informações e relatórios analisados. Os resultados sinalizam que a situação é agravada pela instalação do lixão municipal sobre o rejeito a céu aberto, associada à queima dos resíduos urbanos, existência de residências, criação de animais, cultivos e o abastecimento de água para consumo humano da população captada por poços subterrâneos. Apontam ainda para a relevância da avaliação de risco à saúde da população exposta, de modo a identificar as possíveis medidas de intervenção, comunicação de risco e implementação do Plano de Desenvolvimento Urbano, incluindo o Plano de Recuperação de Área Degradada. Concluiu-se que a adoção dessas medidas de saúde pública são fundamentais para mitigar os impactos negativos e controlar os fatores de riscos à saúde da população exposta aos rejeitos do chumbo.

The lead mining in the municipality of Boquira, Bahia, is an environmental liability in the urban area, due to the installation, back in the 50s, of the Companhia Brasileira de Chumbo (COBRAC), whose mine was shut down in 1992. The tailings, disposed without protective measures to the soil, surface water and groundwater and atmospheric dispersion, pose risk to human health and environmental impact. This article aims to describe the risk to the health of the population generated by environmental damage caused by lead mining in Boquira, based on research conducted analysing literature, information systems databases and reports. Results indicate that the situation is aggravated by the municipal dumping ground installation atop open sky tailings, associated to municipal waste burning, existence of homes, livestock breeding, farming and underground wells water supplies for human consumption. Data analysis also points to the relevance of exposed population's health risk assessment, in order to identify possible intervention measures, risk communication and the Urban Development Plan implementation, including the Degraded Area Recovery Plan. Concludes that the adoption of these public health measures are fundamental to mitigate the negative impacts and control the health risk factors of the population exposed to lead tailings.

La minería de plomo en el municipio de Boquira, en Bahía, es un pasivo ambiental en el área urbana, debido a la instalación, en los años 50, de la empresa Companhia Brasileira de Chumbo (COBRAC), cuya mina fue cerrada en 1992. Los residuos eliminados sin medidas de protección para el suelo, las aguas superficiales y subterráneas y la dispersión atmosférica, representan un riesgo para la salud humana e impacto ambiental. Este artículo tiene como objetivo describir el riesgo para la salud de la población generada por el daño ambiental causado por la minería de plomo en Boquira, basado en una investigación realizada en la literatura, las bases de datos de información e informes analizados. Los datos analizados indican que la situación es agravada por la instalación del vertedero municipal sobre los residuos a cielo abierto, asociado con la quema de los residuos urbanos, la existencia de casas, creación de animales, los cultivos y el abastecimiento de agua para consumo humano de población captada por pozos subterráneos. Las análisis de los datos también señalan la importancia de la evaluación de riesgo para la salud de la población expuesta, con el fin de identificar las posibles medidas de intervención, comunicación de riesgos y la implementación del Plan de Desarrollo Urbano, incluyendo el Plan de Recuperación de la zona degradada. Se concluye que la adopción de estas medidas de salud pública, son fundamentales para mitigar los impactos negativos y controlar los factores de riesgo a la salud de la población expuestos a los desechos del plomo.
Descritores: Saúde Pública
Fatores de Risco
Risco à Saúde Humana
Poluição Ambiental
Chumbo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  6 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1080338
Autor: São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica. Divisão de Doenças Ocasionadas pelo Meio Ambiente - DOMA.
Título: Manual de vigilância epidemiológica: vigilância em saúde relacionada à população exposta a solo contaminado / Manual surveillance: health surveillance related to population exposed to contaminated soil.
Fonte: São Paulo; São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde; 2010. 142 p. graf.
Idioma: pt.
Descritores: Brasil
Poluição Ambiental
Monitoramento Epidemiológico
Saúde da População Urbana
Vigilância Sanitária Ambiental
-Mão de Obra em Saúde/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; Digital


  7 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1075595
Autor: Ragaini, R(edt).
Título: International Seminar on Nuclear War and Planetary Emergencies, 25th Session. Centre for Scientific Culture, Erice, Italy, aug. 2000.
Fonte: Singapura; World Scientific; 2001. 684 p. (The Science and Culture Series. Nuclear Strategy and Peace Technology).
Idioma: en.
Descritores: Guerra Nuclear/estatística & dados numéricos
Poluição Ambiental/efeitos adversos
Poluição da Água
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Meio Ambiente
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
BR1764.1; Ci, I48i


  8 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Motta, Ronaldo Serôa da
Texto completo
Id: biblio-1044747
Autor: Motta, Ronaldo Seroa da.
Título: Padrão de consumo, distribuição de renda e o meio ambiente no Brasil / Texto para Discussão (TD) 856: Padrão de consumo, distribuição de renda e o meio ambiente no Brasil.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA; 2002. 51 p. graf. (Texto para Discussão / IPEA, 856)).
Idioma: pt.
Resumo: "Analisa o padrão ambiental do consumo urbano no Brasil. Estima a propensão marginal a degradar de cada fonte de poluição e, sobre esta base, calcula a pressão de degradação por domicílio e as taxas de concentração de degradação para 10 grupos de renda na população urbana brasileira. Discute os custos ambientais incorridos pela sociedade por conta da degradação urbana. Apresenta os indicadores da pressão ambiental dos padrões de consumo dos diferentes grupos de renda e seus respectivos coeficientes."
Descritores: Custos de Cuidados de Saúde
Custos e Análise de Custo
Meio Ambiente
Poluição Ambiental
Renda
-Brasil
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1; 330.908, I59 TDI856


  9 / 1450 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Motta, Ronaldo Serôa da
Texto completo
Id: biblio-991923
Autor: Motta, Ronaldo Seroa da.
Título: Padrão de consumo, distribuição de renda e o meio ambiente no Brasil / Texto para Discussão (TD) 856: Padrão de consumo, distribuição de renda e o meio ambiente no Brasil.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA; 2002. 51 p. graf. (Texto para Discussão / IPEA).
Idioma: pt.
Resumo: "Analisa o padrão ambiental do consumo urbano no Brasil. Estima a propensão marginal a degradar de cada fonte de poluição e, sobre esta base, calcula a pressão de degradação por domicílio e as taxas de concentração de degradação para 10 grupos de renda na população urbana brasileira. Discute os custos ambientais incorridos pela sociedade por conta da degradação urbana. Apresenta os indicadores da pressão ambiental dos padrões de consumo dos diferentes grupos de renda e seus respectivos coeficientes."
Descritores: Custos de Cuidados de Saúde
Custos e Análise de Custo
Meio Ambiente
Poluição Ambiental
Renda
-Brasil
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1; 330.908, I59 TDI856


  10 / 1450 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-793068
Autor: Santos, Manuela Gouvêa Campêlo dos; Santos, Ronaldo Campêlo dos; Arnaud, Rachel Reinaldo.
Título: Avaliação das Normas de Biossegurança nas Clínicas Odontológicas da Universidade Federal da Paraíba / Assessment of Standards of Biosecurity at the Dental Clinics Federal University of Paraíba
Fonte: Rev. bras. ciênc. saúde;14(3):7-12, 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Observar o cumprimento das normas debiossegurança do ponto de vista da estrutura física nasclínicas odontológicas da Universidade Federal da Paraíba,em João Pessoa, bem como, avaliar o grau de conhecimentodos funcionários da limpeza. Material e Métodos: No períodode outubro/2008 a fevereiro/2009 foram avaliadas seisclínicas odontológicas, através de um roteiro com variáveisreferentes à ergonomia e biossegurança, concomitantementeà elaboração de plantas baixas das clínicas consideradas.Os funcionários da limpeza responderam a um questionáriorelativo ao grau de conhecimento e condições de trabalho,sob o ponto de vista da biossegurança. Resultados: Hádeficiências no esquema de distribuição das cadeirasodontológicas e lavatórios, inadequações no sistema deventilação e o número de equipamentos odontológicos sãosuperiores à dimensão das clínicas. Conclusão: As clínicasodontológicas analisadas não obedecem às normas para aconstrução de uma clínica coletiva, sendo necessáriareavaliação e mudanças na infra-estrutura das mesmas.Espera-se ainda dispor de orientação aos cirurgiõesdentistas,gestores e arquitetos na organização correta daárea operatória, como também, contribuir para a adoção demedidas de biossegurança pelos funcionários da limpeza...

To observe the implementation of biosafety normsin terms of physical structure in dental clinics of the FederalUniversity of Paraíba, João Pessoa, as well as to assess theknowledge degree of the cleaning staff. Material andmethods: From October/2008 to February/2009 six dentalclinics were assessed through a script with variables relatedto ergonomics and biosafety. Simultaneously, were madefloor plans for those dental clinics under evaluation. Thecleaning staff answered a questionnaire on the knowledgedegree and working conditions from the point of view ofbiosafety. Results: There are deficiencies in the scheme ofdental chairs and wash basins distribution, inadequacies inthe ventilation system and the number of dental equipmentexceeds the size of the clinics. Conclusion: The dental clinicssurveyed did not obey to the standards for the constructionof collective clinics and were in need of reassessment andchanges in their infrastructure. It is also expected to provideguidance to dentists, architects and managers in the properorganization of the operative area, as well as to contribute toadoption of biosecurity measures by the cleaning staff...
Descritores: Poluição Ambiental
Ergonomia
EXPOSICAO A AGENTES BIOLOGICOS
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Clínico
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central



página 1 de 145 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde