Base de dados : LILACS
Pesquisa : N06.850.460.350 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 885 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 89 ir para página                         

  1 / 885 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890409
Autor: Costa, Danilo Fernandes; Goldbaum, Moisés.
Título: Contaminação química, precarização, adoecimento e morte no trabalho: benzeno no Brasil / Chemical contamination, precariousness, illness and death at work: benzene in Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(8):2681-2692, Ago. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A toxicidade do benzeno é conhecida e os tipos de doenças a ele ligadas vêm se ampliando. Foi recuperada a trajetória e as descobertas relacionadas às doenças combinadas com o deslocamento das atividades dos países centrais para os periféricos. Neste processo há correlações na prevenção da exposição ao benzeno. No Brasil foram analisadas as aplicações das regulações para identificar seu impacto, pois as informações sobre contaminação ambiental e doenças é bastante precária. Prevaleceram legislações formais sem registro de sua aplicação. Somente quando houve mobilização de trabalhadores e técnicos ocorreram avanços.

Abstract The toxicity of benzene is widely known, and types of illnesses linked to it have been increasing. This article traces the historical trajectory and the findings related to the diseases, combined with the displacement of industrial activities from central countries to peripheral ones. In this process, there are correlations in prevention of benzene exposure. In Brazil, the application of regulations was analyzed to identify their impact because information on environmental contamination and diseases is very precarious. Formal legislation prevailed without records of its application. Only when workers and technicians mobilized did advances occur.
Descritores: Benzeno/toxicidade
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Poluição Ambiental/efeitos adversos
-Brasil
Exposição Ocupacional/efeitos adversos
Exposição Ocupacional/legislação & jurisprudência
Exposição Ocupacional/prevenção & controle
Exposição Ambiental/legislação & jurisprudência
Exposição Ambiental/prevenção & controle
Poluição Ambiental/legislação & jurisprudência
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890469
Autor: Bitar, Mariangela Lopes; Calaço Sobrinho, Luiz Ferreira; Simões-Zenari, Marcia.
Título: Ações para a melhoria do conforto acústico em instituições de educação infantil / Noise in early childhood education institutions
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(1):315-324, Jan. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Elevados níveis de pressão sonora têm sido observados em escolas e, por sua interferência na saúde das crianças e professores, teve-se por objetivo analisar esses níveis em centros de educação infantil que atendem crianças com idades entre zero e seis anos, investigar a percepção dos funcionários quanto à exposição ao ruído e identificar a audição desses trabalhadores. O estudo foi realizado em dez instituições que empregam 320 trabalhadores. Os níveis de pressão sonora foram medidos segundo as normas técnicas, os funcionários preencheram questionário sobre a percepção do ruído e passaram por avaliação auditiva. Observou-se elevado nível de pressão sonora e diferenças entre as instituições, situações e locais. A maioria dos funcionários se considerou exposta ao ruído com dificuldades de atenção e concentração, ansiedade e dor de cabeça. Cerca de 30% dos funcionários apresentaram perda auditiva neurossensorial bilateral em frequências específicas. Os níveis de pressão sonora encontrados podem comprometer a aprendizagem das crianças e a saúde de todos. Os funcionários percebem o ruído e indicam prejuízos em sua rotina de trabalho. Ações para melhorar o conforto acústico nessas instituições foram discutidas e estão sendo implementadas.

Abstract High sound pressure levels have been observed in schools, and its interference in the health of children and teachers it was taken to analyze these levels in childhood education centers serving children aged zero to six years, investigate the staff's perceptions concerning noise exposure and identify the auditory conditions of these workers and the occurrence of diseases. The study was conducted in ten institutions employing 320 workers. Sound pressure levels were measured according to the technical norms; employees completed a questionnaire on the perception of noise and underwent auditory evaluation. There was high sound pressure level and differences between institutions, situations and places. Most employees are considered exposed to noise with attention and concentration difficulties, anxiety and headache. About 30% of employees had bilateral sensorineural hearing loss in specific frequency. The sound pressure levels found can affect children's learning and the health of all. The employees also perceived elevated levels of noise and indicated some possible negative aspects in their work routine. Actions to improve the acoustic comfort in these institutions will be discussed with the management teams.
Descritores: Instituições Acadêmicas/estatística & dados numéricos
Monitoramento Ambiental/métodos
Exposição Ambiental/análise
Ruído/efeitos adversos
-Percepção
Brasil
Inquéritos e Questionários
Exposição Ocupacional/efeitos adversos
Professores Escolares/estatística & dados numéricos
Perda Auditiva Provocada por Ruído/epidemiologia
Perda Auditiva Neurossensorial/epidemiologia
Ruído Ocupacional/efeitos adversos
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1171771
Autor: Blum Domínguez Selene Del C; Chi Dzib María Y; Maldonado Velázquez María G; Nuñez Oreza Luis A; Gómez Solano Mónica I; Caballero Poot Rebeca I; Tamay Segovia Paulino.
Título: Detection of reactive canines to Leptospira in Campeche City, Mexico / Detection of reactive canines to Leptospira in Campeche City, Mexico.
Fonte: Rev. argent. microbiol;45(1):34-8, mar. 2013.
Idioma: es.
Resumo: Leptospira reactivity in stray and household dogs in Campeche as well as associated risk factors to the seropositivity in household dogs have been herein determined. The survey included 323 dogs, 142 of which were stray dogs and 181 household dogs. Nine Leptospira interrogans serovars were tested by the microagglutination test. Reactivity was 21.3

corresponded to household dogs and 26.7

), and Leptospira Icterohaemorrhagiae (16.12

) were the most common serovars reacting against the serum of household animals, while Leptospira Canicola (15.78

), and Leptospira Pomona (7.89

) were those reacting in stray dogs. Results showed that all dogs have been in contact with different Leptospira serovars and outdoor exposure is the main infection risk factor.
Descritores: Anticorpos Antibacterianos/sangue
Doenças do Cão/epidemiologia
Leptospira/imunologia
Leptospirose/veterinária
-Animais
Animais Selvagens
Animais de Estimação
Cães
Doenças do Cão/diagnóstico
Estudos Soroepidemiológicos
Exposição Ambiental
Fatores de Risco
Leptospira interrogans serovar canicola/imunologia
Leptospira interrogans serovar icterohaemorrhagiae/imunologia
Leptospira interrogans serovar pomona/imunologia
Leptospirose/epidemiologia
México/epidemiologia
Reservatórios de Doenças
Saúde da População Urbana
Zoonoses
Tipo de Publ: Artigo de Revista
Research Support, Non-U.S. Gov't
Research Support, Non-U.S. Gov't
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: AR5.1 - Centro de Gestión del Conocimiento y las Comunicaciónes


  4 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1165142
Autor: Arroyo Hugo A; Fernández María C.
Título: Tóxicos ambientales y su efecto sobre el neurodesarrollo / [Environmental toxic and its effect on neurodevelopment].
Fonte: Medicina (B.Aires);73 Suppl 1:93-102, 2013.
Idioma: es.
Resumo: Neurodevelopmental disorders are the result of a disturbance of brain function. They are frequent, with varied symptomatology, manifest themselves at different times of life and tend to be persistent with impact at the individual, family and social level. The association of these disorders with genetic entities is low. Although the research supports a mode of genetic inheritance, epigenetic factors and environmental factors can play an important role. In recent years there was a striking increase of these disorders especially attention deficit hyperactivity disorders and pervasive development disorder. Environmental factors such as the intoxication of the fetus by especially heavy metals lead and mercury are to blame in some children, of these disorders. Other substances of wide use, little degradation and maintenance in the food chain as pesticides, polychlorinated biphenyls and now the recycling of electronic waste put especially infants and children at risk, and even more so in the developing countries.
Descritores: Deficiências do Desenvolvimento/induzido quimicamente
Doenças do Sistema Nervoso Central/induzido quimicamente
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Substâncias Perigosas/toxicidade
-Arsênico/toxicidade
Bifenilos Policlorados/toxicidade
Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Praguicidas/toxicidade
Resíduo Eletrônico/efeitos adversos
Sistema Nervoso Central/efeitos dos fármacos
Tipo de Publ: Resumo em Inglês
Artigo de Revista
Revisão
Responsável: AR5.1 - Centro de Gestión del Conocimiento y las Comunicaciónes


  5 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1004334
Autor: Meligrana, Noelia E; Quera, Rodrigo; Figueroa, Carolina; Ibáñez, Patricio; Lubascher, Jaime; Kronberg, Udo; Flores, Lilian; Simian, Daniela.
Título: Factores ambientales en el desarrollo y evolución de la enfermedad inflamatoria intestinal / Environmental risk factors in the development and evolution of inflammatory bowel disease
Fonte: Rev. méd. Chile;147(2):212-220, Feb. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Environmental factors may influence the development of Inflammatory Bowel Disease and modify its natural history. The objective of this review is to evaluate current evidence about environmental factors associated with the disease. A better knowledge about the pathogenesis of the disease can lead to better treatment strategies and suggestions to prevent the disease.
Descritores: Doenças Inflamatórias Intestinais/etiologia
Exposição Ambiental/efeitos adversos
-Tabaco/efeitos adversos
Doenças Inflamatórias Intestinais/epidemiologia
Fatores de Risco
Probióticos
Dieta/efeitos adversos
Fatores de Proteção
Obesidade/complicações
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147142
Autor: Ulbrich, Lisiane Araujo.
Título: Diagnóstico do tratamento de esgotos no Rio Grande do Sul e sua associação aos riscos com a saúde / Diagnosis of sewage treatment in Rio Grande do Sul and its association with health risks.
Fonte: Porto Alegre; s.n; 2020. 92 p. mapas, ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Estado do Rio Grande do Sul. Secretaria de Estado da Saúde. Escola de Saúde Pública para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo estimar o volume de esgoto gerado no RS em Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO kg/dia), e o volume de esgoto (DBO kg/dia) que chega até as estações de tratamento de esgoto ETEs; diagnosticar a eficiência das estações de tratamento de esgotoem relação ao percentual de remoção de (DBO kg/dia); correlacionando com a presença de cianobactérias próximas aos pontos de captação de água superficial para consumo humano; analisar se há inativação ou remoção de protozoários no lançamento do efluente ao retornar ao manancial. Como resultado obteve-se o volume total de matéria orgânica lançada nos corpos hídricos por dia estimado no Rio Grande do Sul é 511.769,00 DBO kg/dia no RS. As Estações de Tratamento de Esgoto captam 390.285,45 DBO kg/dia apresentaram resultados de remoção de 145.500,50 DBO kg/dia e de 22.963,21 DBO kg/dia residual; O volume ocioso das ETEs fica em torno de 5.049,89 L/s. O processo de eliminar ou inativar grande quantidade de protozoários presentes no afluente se dá através de etapas terciárias avançadas nas ETEs. Não encontramos no RS no ano 2019 ETEs com esses tipos avançados de tratamento. Sugere-se então que haja um melhor aproveitamento destas estações de tratamento no que se refere à quantidade e qualidade de volume de esgoto tratado e que sejam ampliados estudos para viabilidade de projetos de execução de novas ETEs para os demais municípios que despejam seus esgotos in natura nos mananciais impactando-os.

This work aims to estimate the volume of sewage generated in RS in Biochemical Oxygen Demand (BOD kg/day), and the volume of sewage (BOD kg/day) that reaches the sewage treatment stations (STS)s; diagnose the efficiency of sewage treatment station in relation to the percentage of removal (BOD kg/day); correlating with the presence of cyanobacteria close to the surface water intake points for human consumption; analyze if there is inactivation or removal of protozoa in the discharge of the effluent when returning to the source. As a result, the total volume of organic matter released into water bodies per day estimated in Rio Grande do Sul is 511,769.00 BOD kg/day in RS. The Sewage Treatment Plants capture 390,285.45 BOD kg/day showed removal results of 145,500.50 BOD kg/day and 22,963.21 BOD kg/day residual; The idle volume of ETEs is around 5,049.89 L/s. The process of eliminating or inactivating a large amount of protozoa present in the tributary takes place through advanced tertiary stages in the STSs. We did not find in RS in the year 2019 STSs with these advanced types of treatment. It is therefore suggested that there is a better use of these treatment plants with regard to the quantity and quality of the volume of treated sewage and that studies for the feasibility of projects for the execution of new STSs be expanded to the other municipalities that dump their raw sewage in water sources impacting them.
Descritores: Poluentes da Água/análise
Tratamento de Águas Residuárias/prevenção & controle
Cianobactérias/patogenicidade
Riscos Ambientais
Risco à Saúde Humana
Correlação de Dados
-Estações de Tratamento de Águas Residuárias
Técnicas de Pesquisa
Saneamento Básico
Meio Ambiente
Exposição Ambiental/prevenção & controle
Matéria Orgânica/análise
Promoção da Saúde/métodos
Microbiologia
Responsável: BR559.1 - Centro de Informação e Documentação em Saúde
BR599.1


  7 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Botelho, Clovis
Texto completo
Id: biblio-952716
Autor: Souza, Elaine Cardoso de Oliveira; Santos, Emerson Soares dos; Rosa, Antonia Maria; Botelho, Clóvis.
Título: Socioeconomic factors and risk for hospitalisation due to asthma in children in the municipalities of Mato Grosso State, Brazil / Fatores socioeconômicos e risco para a hospitalização por asmaem crianças em municípios de Mato Grosso, Brasil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(8):2523-2532, Aug. 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract This ecological study used data accumulated between 2001 and 2012 hospital admissions of children under five years of age with asthma in 141 municipalities in the Mato Grosso. Hospital data were extracted from the SIH/SUS system, and hospitalisation rates were estimated using the Bayesian inference method. SaTScan software was used for the calculation of the relative risk (RR). Differences in socioeconomic characteristics among municipalities with high and low hospitalization rates were evaluated by nonparametric Wilcoxon-Mann-Whitney test. This test indicates that municipalities with better socioeconomic characteristics have lower hospitalization rates. The analysis of the linear models in the two study periods indicated that the decreasing trend in the number of admissions was 3-fold higher in the 2005-2012 period compared with the 2001-2004 period. In addition, a decrease of 76% in the hospitalisation incidence rate was observed during the 12-year study period; this decrease was more evident from 2005 onward. The municipalities identified as having increased risk of hospitalisation of children with asthma were located in areas subjected to intense burning practices and with low municipal development indices.

Resumo Trata-se de um estudo ecológico com dados de hospitalizações de crianças menores de cinco anos de idade com asma, entre 2001 a 2012, nos 141 municípios do estado de Mato Grosso, com o objetivo de analisar a distribuição e o risco de hospitalização por esse problema em crianças no estado de Mato Grosso. Os dados hospitalares foram extraídos do SIH/SUS e as taxas de internação foram estimadas por meio do método de inferência bayesiana. Para realização do cálculo do risco relativo (RR) utilizou-se a técnica de varredura espacial, com o software SatScan. Diferenças de características socioeconômicas entre municípios com altas e com baixas taxas de hospitalização foram avaliadas pelo teste não paramétrico de Wilcoxon-Mann-Whitney. Avaliou-se que municípios com características socioeconômicas melhores têm menores taxas de hospitalização. Além disso, foi verificada uma redução de 76% ao longo de doze anos, mais evidenciada a partir de 2005. Os municípios identificados com maior risco de hospitalização de crianças por asma localizam-se em áreas com intensa atividade de queimadas e baixo índice de desenvolvimento municipal.
Descritores: Asma/epidemiologia
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Hospitalização/estatística & dados numéricos
-Asma/economia
Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Modelos Lineares
Risco
Teorema de Bayes
Cidades
Estatísticas não Paramétricas
Hospitalização/economia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-952737
Autor: Carvalho, Priscila Camargo; Nakazato, Lígia Furitani; Nascimento, Luiz Fernando Costa.
Título: Exposure to NO2 and children hospitalization due to respiratory diseases in Ribeirão Preto, SP, Brazil / Exposição ao NO2 e internações por doenças respiratórias em crianças em Ribeirão Preto, SP, Brasil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(8):2515-2522, Aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The effects of exposure to air pollutants on human health are mainly reflected in respiratory diseases in children and elderly ones. An ecological time series study was carried out in Ribeirão Preto/SP data to examine the role of exposure to air pollutants and hospital admissions due to respiratory diseases in children under 10 years old. The study period was between January, 2011 and December, 2013. Particulate Matter (PM10), Nitrogen dioxide (NO2), and ozone (O3), temperature and air relative humidity, were analyzed to estimate the association with hospital admissions using a generalized linear model of Poisson's regression with lags of zero up to seven days after exposure to pollutants, adjusted by the day of the week, seasonality and effective temperature. The significance level adopted was p < 0.05. NO2, when analyzed in single pollutant model shown to be significant at lag 2 and 3 and when analyzed in the multi-pollutant model it shown to be significant at lags 2 up to 5, and lag 7 with relative risk between 1.05 and 1.09 per 10 μg/m3 increase in NO2 concentration, with an excess of 150 hospital admission and substantial increase in costs to Public Health System. The data enable the local health managers can take action to minimize these effects.

Resumo Os efeitos da exposição aos poluentes do ar sobre a saúde humana são principalmente refletidos nas doenças respiratórias, em crianças e idosos. Este estudo, do tipo ecológico de séries temporais, foi realizado em Ribeirão Preto/SP para examinar o papel da exposição a poluentes do ar e internações hospitalares por doenças respiratórias em crianças de até 10 anos de idade. O período de estudo foi entre 01.01.2011 e 31.12.2013. Material partículado (PM10), dióxido de nitrogênio (NO2) e ozônio (O3), temperatura e umidade relativa do ar foram analisadas para estimar a associação com internações hospitalares usando um modelo linear generalizado da regressão de Poisson com defasagens de zero até sete dias após a exposição, ajustado pelo dia da semana, sazonalidade e temperatura efetiva. Foi adotado alfa = 0,05. NO2 quando analisado no modelo unipoluente mostrou significância nos lags 2 e 3 e quando avaliado no modelo multi-poluente foi significativo nos lags 2 até 5, e lag 7, com risco relativo entre 1,05 e 1,09 por 10 μg/m3 de aumento em sua concentração, com excesso de 150 internações e aumento substancial dos custos para o sistema de saúde pública. Os dados permitem que o gestor local de saúde possa tomar medidas para minimizar estes efeitos.
Descritores: Doenças Respiratórias/epidemiologia
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Hospitalização/estatística & dados numéricos
Dióxido de Nitrogênio/análise
-Ozônio/análise
Ozônio/efeitos adversos
Doenças Respiratórias/etiologia
Temperatura
Brasil
Modelos Lineares
Distribuição de Poisson
Poluentes Atmosféricos/análise
Poluentes Atmosféricos/efeitos adversos
Poluição do Ar/análise
Poluição do Ar/efeitos adversos
Exposição Ambiental/análise
Material Particulado
Dióxido de Nitrogênio/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 885 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974741
Autor: Vasconcellos, Ana Claudia Santiago de; Barrocas, Paulo Rubens Guimarães; Ruiz, Claudia Maribel Vega; Mourão, Dennys de Souza; Hacon, Sandra de Souza.
Título: Burden of Mild Mental Retardation attributed to prenatal methylmercury exposure in Amazon: local and regional estimates / Carga de Retardo Mental Leve atribuída à exposição pré-natal ao metilmercúrio na Amazônia: estimativas local e regional
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(11):3535-3545, Oct. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The gold rush in the Amazon Region caused an increase of mercury (Hg) levels in the environment, and, consequently, raised human exposure. Once released into aquatic systems, Hg could generate methylmercury (MeHg), an extremely toxic compound, which is accumulated through trophic chains. Several studies have provided evidences of the brain sensitivity to MeHg, as well as, of the fetus vulnerability during pregnancy. The main objective of this study was to estimate the Mild Mental Retardation (MMR) in Amazonian populations, caused by prenatal exposure to MeHg, using the methodology proposed by Poulin (2008), which quantifies the environmental burden of disease. The estimates of the MMR burden, attributed to prenatal MeHg exposure, were based on the calculation of Disability-Adjusted Life Years (DALY), which were obtained from MMR incidence rate in the studied populations. At the local level, the MMR incidence rate calculations were based on primary data of MeHg exposure of riverine women at childbearing age. The MMR incidence rate was equal to 5.96/1,000 infants, which would result in 2.0 IQ points loss in 34.31% of the newborns. The estimated DALY/1,000 infants was equal to 71.2, while the DALY was 576. For the regional estimates, different exposure scenarios were created. The calculated DALY varied from 3,256 to 65,952 per year.

Resumo A corrida pelo ouro na Amazônia elevou os níveis de mercúrio (Hg) no ambiente e, consequentemente, aumentou a exposição humana. Uma vez liberado em sistemas aquáticos, o Hg pode gerar metilmercúrio (MeHg), um composto tóxico que se acumula ao longo de cadeias tróficas. Vários estudos têm gerado evidências sobre a sensibilidade do cérebro ao MeHg, bem como sobre a vulnerabilidade do feto durante a gravidez. O principal objetivo deste trabalho foi estimar a carga de Retardo Mental Leve (RML) em populações amazônicas, causada pela exposição pré-natal ao MeHg, utilizando a metodologia proposta por Poulin (2008). As estimativas de RML, atribuída à exposição ao MeHg pré-natal, foram baseadas no cálculo dos Anos de Vida Ajustados por Incapacidade (DALY), que foi desenvolvido a partir de taxa de incidência RML nas populações estudadas. Em nível local, o cálculo da taxa de incidência RML baseou-se em dados primários sobre a exposição ao MeHg em mulheres ribeirinhas em idade fértil. A taxa de incidência RML foi igual a 5,96/1.000 nascidos, o que resulta na perda de 2,0 pontos de QI em 34,31% dos nascidos. A estimativa de DALY/1.000 nascidos foi igual a 71,2, enquanto o DALY foi de 576. Para as estimativas regionais, foram criados diferentes cenários de exposição. Os DALYs calculados variaram de 3.256 a 65.952 por ano.
Descritores: Exposição Materna/efeitos adversos
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Deficiência Intelectual/epidemiologia
Compostos de Metilmercúrio/toxicidade
-Efeitos Tardios da Exposição Pré-Natal/epidemiologia
Brasil
Efeitos Psicossociais da Doença
Pessoas com Deficiência
Anos de Vida Ajustados por Qualidade de Vida
Deficiência Intelectual/etiologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 885 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989593
Autor: Vieira, Luciana Cristina Pompeo Ferreira da Silva; Rizol, Paloma Maria da Silva Rocha; Nascimento, Luiz Fernando Costa.
Título: Fuzzy logic and hospital admission due to respiratory diseases using estimated values by mathematical model / Lógica fuzzy e internações por doenças respiratórias usando dados estimados por modelo matemático
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(3):1083-1090, mar. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Hospitalizations due to respiratory diseases generate financial costs for the Health System in addition to social costs. Objective of this study was to develop and validate a fuzzy linguistic model for prediction of hospitalization due to respiratory diseases. We constructed a fuzzy model for prediction of hospitalizations due to pneumonia, bronchitis, bronchiolitis and asthma second exposure to fine particulate matter (PM2.5) in residents of Volta Redonda, RJ, in 2012. The model contains two inputs, PM2.5 and temperature, with three membership functions for each input, and an output with three membership functions for admissions, which were obtained from DATASUS. There were 752 hospitalizations in the period, the average concentration of PM2.5 was 17.1 µg/m3 (SD = 4.4). The model showed a good accuracy with PM2.5, the result was between 90% and 76.5% for lags 1, 2 and 3, a sensitivity of up to 95%. This study provides support for creating executable software with a low investment, along with the use of a portable instrument could allow number of hospital admission due to respiratory diseases and provide support to local health managers. Furthermore, the fuzzy model is very simple and involves low computational costs, an implementation making possible.

Resumo Internações por doenças respiratórias geram custos financeiros para o Sistema de Saúde além de custos sociais. O objetivo deste estudo foi elaborar e validar um modelo linguístico "fuzzy" para previsão do número de internações por doenças respiratórias. Foi construído um modelo "fuzzy" para predição de internações por pneumonias, bronquite, bronquiolite e asma segundo exposição ao material particulado fino (PM2,5) em residentes de Volta Redonda, RJ, em 2012. O modelo contém duas entradas PM2,5 e temperatura, com três funções de pertinência para cada entrada, e uma saída com três funções de pertinência para internações, que foram obtidas do DATASUS. Foram 752 internações no período, a concentração média do PM2,5 foi 17,1 µg/m3 (dp = 4,4). O modelo mostrou uma boa acurácia com PM2,5, o resultado foi entre 90% e 76,5% para os lags 1, 2 e 3, com sensibilidade de até 95%. Este estudo fornece subsídios para a criação de programa executável, que não exige um grande investimento, juntamente com o uso de um instrumento portátil pode permitir uma estimativa do número de internações e prestar apoio aos gestores municipais de saúde. Além disso, o modelo "fuzzy" é muito simples e implica em baixas despesas computacionais, tornando possível uma implementação.
Descritores: Doenças Respiratórias/epidemiologia
Lógica Fuzzy
Hospitalização/estatística & dados numéricos
Modelos Teóricos
-Admissão do Paciente/estatística & dados numéricos
Doenças Respiratórias/etiologia
Doenças Respiratórias/fisiopatologia
Brasil/epidemiologia
Reprodutibilidade dos Testes
Sensibilidade e Especificidade
Poluentes Atmosféricos/toxicidade
Poluição do Ar/efeitos adversos
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Material Particulado/toxicidade
Hospitalização/economia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 89 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde