Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.011.112 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1489 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 149 ir para página                         

  1 / 1489 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002354
Autor: Rezende, Valter Luiz Moreira de; Rocha, Bárbara Souza; Naghettini, Alessandra Vitorino; Pereira, Edna Regina Silva.
Título: Documentary analysis of the pedagogical project of a Medicine course and teaching in Primary Care / Análise documental do projeto pedagógico de um curso de Medicina e o ensino na Atenção Primária à Saúde / Análisis documental del proyecto pedagógico de un curso de Medicina y la enseñanza en la Atención Primaria a la Salud
Fonte: Interface (Botucatu, Online);23(supl.1):e170896, 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The 2014 National Curriculum Guidelines (DCN) for the medicine course provide for an education that focuses on primary care. The School of Medicine of Universidade Federal de Goiás, adapting itself to the new DCN, has developed a new Pedagogical Course Project (PCP). The objective of this study was to examine, through documentary analysis, the new PCP in the perspective of the 2014 DCN, based on the document "Guidelines for Primary Care Teaching in Undergraduate Medicine Courses". Although the PCP covers most of the aspects related to primary care teaching, there is no reference to the teaching of the person-centered clinical method, popular health education, respect for patient autonomy, and shared decision-making. We hope, therefore, to subsidize changes in the current PCP and to stimulate other universities to approach these issues.

Resumo As Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) do curso de Medicina de 2014 preveem uma formação com maior foco na Atenção Primária à Saúde (APS). A Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás, adaptando-se às novas DCN, elaborou um novo projeto pedagógico de curso (PPC). O objetivo deste estudo foi analisar e comparar, por meio de análise documental, o novo PPC nas perspectivas das DCN de 2014, tendo por base o documento "Diretrizes para o Ensino na Atenção Primária à Saúde na Graduação em Medicina". Embora o PPC contemple a maioria dos aspectos relacionados ao ensino da APS, observou-se a ausência de determinações para o ensino do método clínico centrado na pessoa, na educação popular, no respeito à autonomia do paciente e na tomada de decisão compartilhada. Espera-se, assim, subsidiar mudanças no PPC atual e estimular outras universidades a abordar esses temas.

RESUMEN Las Directrices Curriculares Nacionales (DCN) de 2014 prevén una formación con mayor foco en la Atención Primaria de la Salud (APS). La Facultad de Medicina de la Universidad Federal de Goiás, adaptándose a las nuevas DCN elaboró ​​un nuevo Proyecto Pedagógico de Curso (PPC). El objetivo de este estudio fue analizar y comparar, por medio de análisis documental, el nuevo PPC en las perspectivas de las DCN de 2014, teniendo como base el documento "Directrices para la Enseñanza en la Atención Primaria de la Salud en la Graduación en Medicina". Se observó la ausencia de determinaciones para la enseñanza del método clínico centrado en la persona, en la educación popular, en el respeto a la autonomía del paciente y en la toma de decisión compartida. Se espera, así, subsidiar cambios en el PPC actual e incentivar a otras universidades.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Faculdades de Medicina/tendências
Ensino
Currículo/normas
-Brasil
Saúde da Família
Gestão em Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  2 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002350
Autor: Ferreira, Marcelo José Monteiro; Ribeiro, Kelen Gomes; Almeida, Magda Moura de; Sousa, Maria do Socorro de; Ribeiro, Marco Túlio Aguiar Mourão; Machado, Márcia Maria Tavares; Kerr, Ligia Regina Franco Sansigolo.
Título: New National Curricular Guidelines of medical courses: opportunities to resignify education / Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Medicina: oportunidades para ressignificar a formação / Nuevas Directrices Curriculares Nacionales para los cursos de Medicina: oportunidades para resignificar la formación
Fonte: Interface (Botucatu, Online);23(supl.1):e170920, 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The new National Curriculum Guidelines aim at restructuring and adapting medical curricula. The objective is to conduct a critical-reflective analysis of the restructure of a medical course's curricular matrix. This action research was conducted at a Brazilian federal university. The material was analyzed using the discourse analysis method. Among the results, the proposal of a curriculum that values life and transfers the biomedical paradigm to incorporate other dimensions in healthcare is highlighted. The need to strengthen a curricular matrix based on social demands and preferably focused on primary care is indicated. The establishment of longitudinal and transversal relationships among the competency areas of the 2014 National Curricular Guidelines and the curricular components is proposed. The intention is to foster the understanding of determinants and relationships between diseases and the communities' ways of living.

RESUMO As novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) visam à reestruturação e adequação dos currículos médicos. Objetiva-se realizar uma análise crítico-reflexiva da reestruturação da matriz curricular para um curso de Medicina. Trata-se de uma pesquisa-ação realizada em uma universidade federal brasileira. Para a análise do material, procedeu-se com Análise de Discurso. Como resultados, destacou-se uma proposição curricular que valorize a vida, capaz de transpor o paradigma biomédico para incorporar outras dimensões no cuidado em Saúde. Apontou-se para o fortalecimento de uma matriz curricular retroalimentada pelas demandas sociais, tendo a Atenção Primária como cenário preferencial para a formação. Propõe-se o estabelecimento de relações de longitudinalidade e transversalidade entre as áreas de competência das DCN de 2014 e os componentes curriculares ofertados. Intenciona-se fomentar a compreensão dos determinantes e relações das doenças com os modos de vida das comunidades.

RESUMEN Las nuevas Directrices Curriculares Nacionales (DCN) apuntan a la reestructuración y adecuación de los currículos médicos. Objetivo: Realizar un análisis crítico-reflexivo de la reestructuración de la matriz curricular para un curso de Medicina. Se trata de una investigación-acción participativa realizada en una universidad federal brasileña. Para el análisis del material se procedió con un Análisis de Discurso. Como resultado, se destacó una proposición curricular que valorice la vida, capaz de transponer el paradigma biomédico incorporando otras dimensiones al cuidado de la salud. El objetivo fue el fortalecimiento de una matriz curricular retroalimentada por las demandas sociales, con la atención primaria como escenario preferencial para la formación. Se propone establecer relaciones longitudinales y transversales entre las áreas de competencia de las DCN de 2014 y los componentes curriculares ofertados. Se intenta fomentar la comprensión de los factores determinantes y las relaciones de las enfermedades con la forma de vida de las comunidades.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Faculdades de Medicina/tendências
Currículo/normas
Educação Médica/tendências
-Brasil
Saúde Pública
Educação em Saúde
Gestão em Saúde
Integralidade em Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  3 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-582285
Autor: Virmond, Marcos da Cunhas Lopes.
Título: Gestão em saúde e satisfação do usuário: [editorial] / Health Management and user satisfaction: [editorial]
Fonte: Rev. Salusvita (Online);28(1):3-5, 2009.
Idioma: pt.
Descritores: Gestão em Saúde
Comportamento do Consumidor
Saúde Pública
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  4 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096407
Autor: Camatta, Marcio Wagner; Siniak, Débora Schlotefeldt; Schneider, Jacó Fernando; Pinho, Leandro Barbosa de; Eslabão, Adriane Domingues; Ribeiro, Danilo Bertasso.
Título: Concepções de gestores de serviços de saúde sobre a rede de atenção psicossocial a usuários de crack / Conceptions of health services managers about the psychosocial care network to crack users
Fonte: REME rev. min. enferm;24:e-1293, fev.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: o objetivo deste estudo foi conhecer a concepção de gestores de serviços de saúde sobre a rede de atenção psicossocial a usuários de crack. Métodos: pesquisa qualitativa, do tipo avaliativa, com a utilização do referencial da Avaliação de Quarta Geração. Foi realizada em um Centro de Atenção Psicossocial álcool e outras Drogas de um município do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre janeiro e maio de 2013, a partir de entrevistas orientadas pela utilização do círculo hermenêuticodialético. Resultados e Discussões: os gestores revelam uma concepção de rede intersetorial, reconhecendo os serviços da rede de atenção psicossocial e a articulação entre eles. Além disso, entendem a importância da parceria com dispositivos oriundos de outros setores da sociedade. Conclusões: os gestores do município têm se empenhado em constituir uma política de saúde mental centrada no usuário, com articulação intersetorial, defendendo os princípios da reforma psiquiátrica e da atenção psicossocial.(AU)

Objective: the objective of this study was to understand the concept of health service managers about the psychosocial care network for crack users. Methods: qualitative research, evaluative type, using the Fourth Generation Evaluation reference. Alcohol and other drugs in a city in the state of Rio Grande do Sul, Brazil took place in a Psychosocial Care Center. Data collection took place between January and May 2013, based on interviews guided by the use of the hermeneutic-dialectic circle. Results and Discussions: managers revealed a concept of intersectoral network, recognizing the services of the psychosocial care network and the articulation between them. Also, they understood the importance of partnering with devices from other sectors of society. Conclusions: city managers have endeavored to establish a user-centered mental health policy, with intersectoral articulation, defending the principles of the psychiatric reform and psychosocial care.(AU)

Objetivo: el objetivo de este estudio fue comprender el concepto de los administradores de los servicios de salud sobre la red de atención psicosocial para usuarios de crack. Métodos: investigación cualitativa, tipo evaluativa, que utilizó el marco de referencia de la evaluación de cuarta generación. El estudio se llevó a cabo en un Centro de Atención Psicosocial alcohol y otras drogas de una ciudad del estado de Rio Grande do Sul, Brasil. La recogida de datos se efectuó entre enero y mayo de 2013, con entrevistas según la técnica del círculo hermenéutico-dialéctico. Resultados y debates: los administradores revelan un concepto de red intersectorial que reconoce los servicios de dicha red de atención y la articulación entre ellos. Además, entienden la importancia de asociarse con dispositivos de otros sectores de la sociedad. Conclusiones: los administradores de la ciudad se han esforzado por establecer una política de salud mental centrada en el usuario, con articulación intersectorial, defendiendo los principios de la reforma psiquiátrica y de la atención psicosocial.(AU)
Descritores: Saúde Mental
Cocaína Crack
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Gestão em Saúde
Políticas Públicas de Saúde
Usuários de Drogas
-Reforma dos Serviços de Saúde
Serviços Comunitários de Saúde Mental
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  5 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1059155
Autor: Silva, Reneide Muniz da; Samico, Isabella Chagas; Santos Neto, Pedro Miguel dos.
Título: A relação público-privado e a gestão do trabalho nas fundações estatais de saúde / The public-private relationship and the management of work in state health foundations / La relación público-privado y la gestión del trabajo en las fundaciones estatales de salud
Fonte: Trab. educ. saúde;18(1):e0022959, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo As discussões sobre a relação público-privado atentam para a necessidade de imprimir à gestão pública maior autonomia, agilidade e flexibilidade gerenciais e administrativas em setores estratégicos do sistema de saúde. A pesquisa qualitativa que deu origem a este artigo objetivou analisar a gestão do trabalho na Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia e na Fundação Estadual de Saúde de Sergipe, usando técnica de triangulação de dados e análise hermenêutica-dialética. Participaram gestores, trabalhadores e usuários dos dois estados, totalizando vinte entrevistas semiestruturadas. Os fatores contextuais e os atores foram analisados utilizando-se um modelo que enfatizou as dimensões do macro e do microcontexto. O desempenho satisfatório relativo à gestão do trabalho pode ser atribuído à variedade e complexidade de fatores enfrentados pela administração direta. A inter-relação do microcontexto com subdimensões do macrocontexto contribuiu favoravelmente para a implementação das fundações. Como contribuição aos gestores, construiu-se um quadro contendo indicadores para o monitoramento das atribuições da gestão do trabalho nas fundações estatais. Os resultados e potencialidades dessas experiências podem auxiliar no enfrentamento dos desafios à gestão em saúde, dotando-a de maior efetividade, celeridade e resolubilidade na atenção à saúde e na gestão do trabalho no Sistema Único de Saúde.

Abstract The discussions on the public-private relationship highlight the need to provide public management with more managerial and administrative autonomy, agility and flexibility in strategic sectors of the health care system. The qualitative research that was the origin of the present article had the aim of analyzing the work management at the State-Owned Family Health Foundation of Bahia (Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia, in Portuguese) and at the State Health Foundation of Sergipe (Fundação Estadual de Saúde de Sergipe, in Portuguese), using the technique of data triangulation and hermeneutic-dialectical analysis. Managers, workers and users from both states took part in the study, totaling twenty semi-structured interviews. The contextual factors and the actors were analyzed using a model that emphasized the dimensions of the macro- and microcontexts. The satisfactory performance regarding work management may be attributed to the variety and complexity of the factors faced by the direct administration. The interrelationship of the microcontext with subdimensions of the macrocontext contributed favorably to the implementation of the foundations. As contributions to the managers, we developed a table containing indicators for the monitoring of the attributions of the work management at the state-owned foundations. The results and potentialities of these experiences may help face the challenges to management in health, providing it with more efficacy, speed and solvability in health care and work management in the Brazilian Unified Health System.

Resumen Las discusiones sobre la relación público-privado enfatizan la necesidad de imprimir a la gestión pública más autonomía, agilidad y flexibilidad gerenciales y administrativas en sectores estratégicos del sistema de salud. La pesquisa cualitativa que dio origen a este artículo tuvo el objetivo de analizar la gestión del trabajo en la Fundación Estatal de Salud de la Familia de Bahia (Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia, en portugués) y en la Fundación Provincial de Salud de Sergipe (Fundação Estadual de Saúde de Sergipe, en portugués), usando la técnica de triangulación de datos y análisis hermenéutica-dialéctica. Participaron gestores, trabajadores y usuarios de los dos estados, totalizando veinte entrevistas semiestructuradas. Los factores contextuales y los actores han sido analizados utilizando un modelo que enfatizó las dimensiones del macro y del microcontexto. El desempeño satisfactorio relativo a la gestión del trabajo se puede atribuir a la variedad y complejidad de factores enfrentados por la administración directa. La interrelación del microcontexto con subdimensiones del macrocontexto contribuyó favorablemente para la implementación de las fundaciones. Como contribución a los gestores, se construyó un cuadro conteniendo indicadores para el monitoreo de las atribuciones da gestión del trabajo en las fundaciones estatales. Los resultados y potencialidades de esas experiencias pueden ayudar en el enfrentamiento de los desafíos a la gestión en salud, dotándola de más efectividad, celeridad y resolubilidad en la atención a la salud y en la gestión del trabajo en el Sistema Único de Salud de Brasil.
Descritores: Administração Pública
Gestão em Saúde
Mão de Obra em Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  6 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1048883
Autor: Oliveira Bizerril, Davi; Lima Júnior, Francisco Cristóvão Mota; Saraiva, Margarida Maria; Aguiar, Dulce Maria de Lucena.
Título: Coordenadores de saúde bucal: percepção sobre gestão e competências no Sistema Único de Saúde / Oral health coordinators: perception on management and skills in the single health system / Coordinadores de salud bucal: percepción de gestión y competencias del sistema único de salud
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;32:1-11, 28/03/2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar as percepções de coordenadores de saúde bucal sobre gestão e competências no Sistema Único de Saúde. Métodos: Estudo qualitativo realizado em seis Secretarias Executivas Regionais de Fortaleza, Ceará, Brasil. A coleta de dados ocorreu em março de 2019, através de entrevistas semiestruturadas com seis cirurgiões-dentistas que atuam à frente das coordenadorias de saúde bucal dos referidos órgãos. Analisaram-se as entrevistas por meio da análise de conteúdo, emergindo as seguintes categorias: competências de um coordenador de saúde bucal; curso de formação/capacitação para o cargo de gestor; contribuição da formação acadêmica ao cargo de gestor; desafios no processo de trabalho; satisfação por estar no cargo de gestor. Resultados: As principais atividades desenvolvidas pelos coordenadores de saúde bucal são: coordenação de recursos humanos; gerenciamento de material, insumos e equipamentos odontológicos; consolidação de procedimentos; planejamento de metas assistenciais e de promoção e prevenção em saúde bucal; produção e monitoramento de indicadores; e elaboração de relatórios técnicos. Segundo os participantes, o cargo de gestor requer capacitação na área de gestão em saúde pública, envolvimento e comprometimento na execução dos processos, além de ser essencial para a gestão de saúde bucal. Conclusão: Os coordenadores de saúde bucal consideram importante a gestão de saúde pública, apesar de obstáculos no cotidiano de trabalho, como quantidade insuficiente de insumos e subfinanciamento do setor, e necessidade de qualificação para assumir o cargo de gestor em saúde bucal para potencializar a atenção primária em saúde, promovendo ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde do usuário. (AU)
Descritores: Sistema Único de Saúde
Saúde Bucal
Saúde Pública
Gestão em Saúde
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-875162
Autor: Carneiro, Cintia Maria Moraes; Souza, Mariluce Karla Bomfim de.
Título: COOPERAÇÃO INTERMUNICIPAL NA PERCEPÇÃO DE GESTORES DE SAÚDE / INTER-MUNICIPAL COOPERATION IN THE PERCEPTION OF HEALTH MANAGERS / COOPERACIÓN INTERMUNICIPAL EN LA PERCEPCIÓN DE LOS GESTORES DE SALUD
Fonte: Rev. baiana saúde pública;40 (2016)(3):https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n3.a1973, Nov. 08-2017.
Idioma: pt.
Resumo: A cooperação entre governos busca o estabelecimento das relações de caráter cooperativo e a viabilização das ações de saúde e o acesso a estas. Este estudo qualitativo teve por objetivos descrever o processo de cooperação intermunicipal em saúde e identificar dificuldades, facilidades e potencialidades para a sua prática, com base na percepção dos gestores municipais de uma região de saúde da Bahia, Brasil. Os dados foram coletados em 18 entrevistas. As categorias de análise referiram o conhecimento e as práticas de cooperação intermunicipal em saúde e as dificuldades, facilidades e potencialidades nesse processo. Os resultados destacaram, dentre as práticas cooperativas implementadas na região, a pactuação e o expressivo uso da cooperação informal. As dificuldades apontadas foram a não implementação das metas estipuladas na Programação Pactuada Integrada por parte dos municípios executores, a falta de estrutura da Rede de Atenção à Saúde no seu caráter regional, o subfinanciamento e o partidarismo político. Quanto às facilidades/potencialidades, foi referido o processo de comunicação e a boa relação interpessoal entre os gestores, a existência da comissão enquanto espaço propiciador das discussões e negociações e a estrutura da rede de saúde municipal. Concluiu-se que a implementação das práticas cooperativas adequadas à realidade da região de saúde possibilitou a formação de uma rede estruturada, haja vista o caráter fortalecedor da cooperação intermunicipal para o processo de regionalização solidária.

Cooperation between governments seeks the establishment of cooperative relationships and the feasibility of health actions and the access to them. This qualitative study aimed to describe the process of inter-municipal cooperation in health and identify difficulties, facilities and potential for its practice based on the perception of municipal managers of a health region of Bahia, Brazil. The data were collected in 18 interviews. The analysis categories referred to the knowledge and the inter-municipal cooperation practices in health and the difficulties, facilities and capabilities in this process. The results highlighted, among the cooperative practices implemented in the region, the agreement and the expressive use of informal cooperation. The difficulties mentioned were the non-implementation of the goals set forth in the Integrated Agreement by the executor municipalities, the lack of the Health Care Network structure in a regional character, underfunding and political partisanship. As for the facilities/capabilities, it was referred to the process of communication and good interpersonal relationships between managers, the existence of the commission as a helping space of discussions and negotiations and the structure of the municipal health network. In conclusion, the implementation of appropriate cooperative practices to the reality of the health region enables the formation of a structured network, given the character of strengthening inter-municipal cooperation for the joint regionalization process.

Cooperation between governments seeks the establishment of cooperative relationships and the feasibility of health actions and access to them. Este estudio cualitativo tuvo como objetivo describir el proceso de cooperación intermunicipal en materia de salud e identificar las dificultades, facilitades y potencialidades para su práctica basándose en la percepción de los gestores municipales de la región sanitaria de Bahia, Brasil. Los datos se recogen en 18 entrevistas. Las categorías de análisis refieren a los conocimientos y prácticas de cooperación intermunicipal en materia de salud y las dificultades, las instalaciones y capacidades en este proceso. Los resultados destacan entre las prácticas de cooperación implementadas en la región el acuerdo y el uso expresivo de la cooperación informal. Las dificultades mencionadas fueron la falta de aplicación de los objetivos establecidos en la Programación Pactada Integrada, la falta de estructura de la red de servicios médicos en su carácter regional, la financiación insuficiente y la parcialidad política acordada integrada por los municipios ejecutores. En cuanto a las instalaciones/capacidades, se hace referencia al proceso de comunicación y buenas relaciones interpersonales entre los administradores, la existencia de la comisión como un espacio de ayuda a los debates y negociaciones y la estructura de la red municipal de salud. Se concluye que la implementación de prácticas de cooperación adecuadas a la realidad de la región sanitaria permite la formación de una red estructurada, dado el carácter de refuerzo de la cooperación intermunicipal para el proceso de regionalización conjunta.
Descritores: Colaboração Intersetorial
Gestão em Saúde
Cooperação Horizontal
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  8 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-848757
Autor: Zerbetto, Sonia Regina; Furino, Vanessa de Oliveira; Furino, Fernanda de Oliveira.
Título: A implementação da intervenção breve na atenção primária à saúde: revisão integrativa / The implementation of the brief intervention in primary health care: integrative review
Fonte: Rev. APS;20(1):107-117, 20/02/2017.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo objetivou caracterizar a produção do conhecimento científico sobre a implementação de intervenção breve (IB) na atenção primária à saúde e identificar as dificuldades da equipe de saúde sobre o tema. Realizou-se uma revisão integrativa em base de dados Medline/PubMed, LILACS e SciELO, de 1999 a 2014. Os resultados apontaram a necessidade de capacitação de profissionais de saúde no rastreamento do uso de álcool e realização da IB. As dificuldades da equipe envolveram problemas no planejamento e organização do sistema de saúde e crenças desta em relação ao usuário de álcool e à IB. Concluiu-se a necessidade de divulgação desses estudos aos profissionais de saúde, possibilitando políticas públicas de incentivo à introdução dessa estratégia em serviços de saúde.

This study aimed to analyze the production of scientific knowledge about the implementation of brief intervention (BI) in primary health care and identify difficulties for the health care team regarding this theme. The literature review included articles from national and international scientific journals dating from 1999 to 2014, from Medline/PubMed, LILACS, and SciELO electronic library bases. The results indicate the need for training of health professionals in screening for alcohol use and conducting the BI. Team difficulties involved problems in the planning and organization of the health system and team beliefs in relation to the alcohol user and the BI. It was concluded these studies need to be disseminated to healthcare professionals, by enabling public policies to encourage the introduction of this strategy in the health services.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Alcoolismo
-Política Pública
Gestão em Saúde
Capacitação Profissional
Serviços de Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 1489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-848754
Autor: Esmeraldo, Geordany Rose de Oliveira Viana; Oliveira, Lúcia Conde de; Esmeraldo Filho, Carlos Eduardo; Queiroz, Danielly Maia de.
Título: Tensão entre o modelo biomédico e a estratégia saúde da família: a visão dos trabalhadores de saúde / Tension between the biomedical model and the family health strategy: the health worker's vision
Fonte: Rev. APS;20(1):98-106, 20/02/2017.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar os modelos de atenção existentes na atenção básica e suas repercussões no processo de trabalho na Estratégia Saúde da Família (ESF). Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada no município de Fortaleza-CE, com catorze sujeitos, dentre eles, trabalhadores da saúde, coordenadores e informantes-chave. Para coleta de dados, utilizou-se entrevista semiestruturada e análise documental, e para análise dos dados, o método de Análise de Conteúdo. Os resultados revelaram a coexistência do modelo biomédico tradicional e da ESF, cujas práticas ainda não correspondem, em sua plenitude, à proposta substitutiva de reorganização do modelo. Diferentemente da percepção dos trabalhadores de saúde, os coordenadores ainda se norteavam por concepções do modelo biomédico tradicional hegemônico, alicerçadas em práticas estritamente assistencialistas. Considera-se que é necessário alinhar essas percepções, para possibilitar novas formas de gestão e de intervenção em saúde, de modo que a organização do processo de trabalho das equipes esteja em consonância com as diretrizes da ESF, permitindo a concretização da longitudinalidade do cuidado e o reordenamento da rede de atenção, funções expressamente assumidas pela atenção básica.

Our objective is to analyze the models of attention found in basic care and their repercussions on the Family Health Strategy (FHS) work process. This is a qualitative study conducted in the city of Fortaleza, CE, with six FHS health workers , six coordinators of the Family Health Center, and two key informants. For data collection, we used semi-structured interviews and document analysis, and for data analysis, the Content Analysis method. The results reveal the coexistence of the traditional biomedical model and the FHS model, whose practice does not correspond completely to the proposed reorganizational replacement of the model. Unlike the perceptions of health workers, the managers were still guided by concepts from the traditional hegemonic biomedical model, grounded strictly in assistance practices. We believe it is necessary to align these perceptions, to enable new forms of health management and intervention, so that the organization of the team work process is in line with FHS guidelines, allowing the implementation of longitudinal care and the reorganization of the care network, functions expressly assumed by primary care.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Estratégia Saúde da Família
-Sistema Único de Saúde
Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde
Gestão em Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  10 / 1489 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1087485
Autor: Guimarães, Fernando Silva; Santos, Chazele Barbosa dos; Gonçalves, Letycia Barros; Thurow, Leandro Leitzke; Silveira, Marysabel Pinto Telis.
Título: Tools for inventory control of dental supplies of a municipal health department: a case study
Fonte: Braz. j. oral sci;18:e191313, jan.-dez. 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Aim: Carry out a descriptive and organizational analysis of the Oral Health warehouse of the Municipal Health Department in a city in the South of Brazil in order to assist in its management. Methods: This case study is a descriptive and organizational analysis of the Oral Health warehouse of the Municipal Health Department. The Always Better Control (ABC) curve, and Vital Essential Desirable (VED) analysis and ABC-VED matrix was performed, in order to assist the warehouse's management. The first stage was a descriptive situational analysis. In the second stage, the supplies were classified by the ABC curve and the VED analysis. Subsequently, the ABC-VED matrix was carried out. Results: Changes were made together with the local manager, such as organizing the products, labeling the items in the proper places and, carrying out the inventory more frequently (monthly). Furthermore, the method the first in, first out (FIFO) was applied. Of the 120 inputs, 13% corresponded to 65% of the expenditures (class A). In class B, close to 26% of the items accounted for 25% of the expenditures. Class C accounted for 10% of the costs and 61% of total materials. In the VED analysis, 19.2% of the items were classified as vital, and 62% and 19% as essential and desirable, respectively. In ABC-VED matrix, 23.3% (72%) belonged to category I, while 63% (25.6%) and 13% (2%) were classified in categories II and III, respectively. Conclusion: The use of inventory control tools granted a better storage of products and made it easier to find the items. The ABC curve, VED analysis and ABC-VED analysis allowed greater control, considering both cost and importance of supplies
Descritores: Estudos de Casos Organizacionais
Controle de Custos
Gestão em Saúde
Responsável: BR218.1 - Biblioteca Carlos Henrique Robertson Liberalli



página 1 de 149 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde