Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.011.112 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1712 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 172 ir para página                         

  1 / 1712 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1177991
Autor: Lins, Maria Zélia Soares.
Título: Estudos sobre a planificação da atenção à saúde no Brasil - 2008 a 2019: uma revisão de escopo / Studies on health care planning in Brazil - 2008 to 2019: a scope review.
Fonte: Brasília; CONASS; dez. 2020. 240 p. (CONASS documenta, 36).
Idioma: pt.
Resumo: A Planificação da Atenção à Saúde (PAS) é uma estratégia de gestão, planejamento e organização tanto da Atenção Primária à Saúde (APS), quanto da Atenção Ambulatorial Especializada (AAE). Consiste, entre outras atividades estruturantes, a realização de oficinas, tutorias e capacitações de curta duração para trabalhadores e gestores das secretarias de saúde dos estados e municípios, visando à organização dos processos da APS e AAE, em escalas micro e macro-processuais. A PAS tem como objetivo primário apoiar o corpo técnico e gerencial das secretarias estaduais e municipais de saúde, de forma a contribuir com o desenvolvimento das competência das equipes de atenção à saúde, qualificando o serviço, integrando os profissionais dos diversos níveis de atenção, e contribuindo para o atendimento adequado dos usuários e da comunidade. Essa edição mapeou as referências publicados nas bases de dados em saúde e na literatura cinza (teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso e de residência multiprofissional e outros) que possuíssem descritores relacionados a Planificação da Atenção à Saúde e que se referissem às atividades executadas pelo Conass, entre 2008 a 2019, em diferentes territórios do país. Utilizou-se da Revisão de Escopo, destinada ao processamento de quantidades e variedades de dados, possibilitando mapeamento, sistematização e caracterização da literatura. Assim, esse trabalho que passa a compor a série Conass Documenta, produziu material que aglutina contribuição relevante do ponto de vista teórico e prático, a partir da ênfase às Redes de Atenção à Saúde (RAS). Aos que reconhecem a APS como essencial ao ordenamento das RAS, o trabalho servirá para reiterar crenças, apresentar experiências e incrementar as possibilidades de inovação e aprimoramento. Aos que, ainda, não reconhecem a APS nesse lugar, servirá de estímulo para novas análises e posicionamentos.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Sistema Único de Saúde/organização & administração
Gestão em Saúde
Planejamento
-Brasil
Literatura de Revisão como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1177989
Autor: Barros, Fernando P. Cupertino de; Ferrinho, Paulo; Hartz, Zulmira.
Título: O enfrentamento da COVID-19 nos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) / Coping with COVID-19 in the countries of the Community of Portuguese Speaking Countries (CPLP).
Fonte: Brasília; CONASS; nov. 2020. 192 p. ilus.. (Linha Editorial Internacional de Apoio aos Sistemas de Saúde (LEIASS), 5).
Idioma: pt.
Resumo: A presente publicação, a quinta da série LEIASS (Linha Editorial Internacional de Apoio aos Sistemas de Saúde), do Conass e do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, reúne artigos oriundos de vários dos Estados-Membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). O intuito foi o de registrar como esses países enfrentaram a chamada primeira onda da Covid-19, na singularidade de seus respectivos contextos. Registra-se aqui um agradecimento muito especial aos doutores Mário Fresta, Helga Freitas e Tânia Lourenço (Angola); Magda Robalo, Plácido Cardoso, Jamila Bathy, Joana Cortez e Rachel Schwartz (Guiné-Bissau); Mohsin Sidat e Ilesh Jani (Moçambique); António Pedro Costa Delgado, Artur Jorge Correia, Maria da Luz Lima Mendonça, Francisca Suassuna Freyre Monteiro (Cabo Verde); Jorge Simões, André Biscaia, João Paulo Magalhães, António Pereira, Gonçalo Figueiredo Augusto, Inês Fronteira e Manuel Clarote Lapão (Portugal); Fernando Passos Cupertino de Barros, Jurandi Frutuoso Silva e Nereu Henrique Mansano (Brasil) que aceitaram de muito bom grado o convite para contribuir para o propósito deste volume dedicado especialmente a documentar a atuação dos diferentes países diante da emergência internacional de saúde pública provocada pela pandemia da covid-19. Infelizmente, a despeito dos esforços dos editores, não foi possível obter o contributo de São Tomé e Príncipe, da Guiné Equatorial e de Timor Leste. Para além do registro das estratégias adotadas, das dificuldades enfrentadas e das perspectivas de uma pandemia ainda em curso, os textos servem, também, para evidenciar, como em um instantâneo, a imagem da situação transcorrida desde o final do mês de fevereiro até o mês de setembro de 2020, data em que findou a coleta dos artigos. De tudo isso, espera-se que lições tenham sido aprendidas para que, tanto agora como no futuro, em situações de similar gravidade, possam servir aos nossos sistemas de saúde como alavancas capazes de garantir as respostas adequadas e eficazes na proteção de toda a população.
Descritores: Pneumonia Viral/prevenção & controle
Sistemas de Saúde/organização & administração
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Pandemias/prevenção & controle
Monitoramento Epidemiológico
Comunidade dos Países de Língua Portuguesa/organização & administração
-Isolamento Social
Quarentena/organização & administração
Gestão em Saúde
Populações Vulneráveis
Desenvolvimento Sustentável
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1177615
Autor: Pinto, Nicanor Rodrigues da Silva.
Título: A (re)construção do SUS no município de São Paulo (SP): uma avaliação sobre a incorporação da integralidade na política municipal de saúde / The reconstruction of the SUS into the County of São Paul (SP): an appraisal above the embodies from integralidade on policy municipal of health.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 180 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Antecedentes. Alguns princípios e diretrizes organizativas do Sistema Único de Saúde (SUS) têm sido mais freqüentemente avaliados como a descentralização da gestão, a participação e controle sociais e a extensão de cobertura. A integralidade da atenção à saúde se destaca como um de seus princípios pouco estudado, particularmente no que se refere à sua dimensão sistêmica como a incorporação desse princípio na política e na gestão da saúde no âmbito municipal. Objetivo. Esta pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar se e como a integralidade na assistência à saúde foi incorporada nas políticas de saúde priorizadas e implementadas no processo de (re)construção do SUS no Município de São Paulo (SP), no período de 2001 a 2008. Métodos. A estratégia metodológica utilizada foi a do estudo de caso, utilizando-se como dados e informações coletadas junto a distintas fontes de evidência: (a) atores sociais privilegiados, envolvidos no processo de gestão (informantes-chaves), por meio de entrevistas; (b) documentos de gestão (leis, decretos, portarias, normas técnicas, relatórios de gestão, atas de reunião); e (c) observação participante, desenvolvida em espaços institucionais e instâncias político-administrativas do SUS no município. A análise da incorporação da integralidade da assistência à saúde foi realizada prioritariamente nas dimensões da política de saúde e da gestão do sistema de saúde. Resultados. São apresentados três artigos formatados com recortes temáticos dos resultados da pesquisa e que pudessem ter consistência e densidade suficientes para serem submetidos a periódicos do campo da Saúde Pública/Coletiva. Os artigos elaborados são: (1) Política de saúde e gestão no processo de (re)construção do SUS em município de grande porte: um estudo de caso de São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.25, 2009 (No prelo); (2) O desafio da direção única no Sistema Único de Saúde (SUS) em município de grande porte: o caso de São Paulo, Brasil. Saúde e Sociedade, São Paulo (encaminhado não avaliado); e (3) AMA (assistência médica ambulatorial): uma inovação assistencial ou uma estratégia para limpar filas de portas de prontos-socorros? (formatado visando a revista Physis ainda não encaminhado). Considerações finais. Espera-se que os resultados e sua divulgação possam contribuir para a análise crítica do SUS no Município de São Paulo e outros município de grande porte, bem como com a identificação de elementos de reflexão, de temas para novas pesquisas, ou fornecer subsídios para a (re)formulação teórico-conceituais sobre política e gestão de sistemas de saúde e o fortalecimento do SUS.

Background. Some principles and organizational guidelines of the Brazilian National Health System (SUS) have been evaluated more frequently such as decentralization of management, the participation and social control and the span of coverage. The integrality of attention to health is one of the issues less analyzed, especially in terms of systemic dimension as the incorporation of such principle in the policy and management in the city scope. Objective. This research was carried out aiming at evaluating if and how the global approach of health care was incorporated in prioritized health policies and executed in the process of (re)construction of the SUS in the City of São Paulo (SP), between 2001 and 2008. Methods. The research was performed by utilizing the methodological strategy of case study derived from the following different sources of evidence: (a) social and institutional actors as privileged performers involved in management process (key-informers) by means of interviews; (b) management documents and papers (laws, decrees, plans, technical specifications, management reports, minutes of meetings); (c) active observation, developed in health services and political administrative areas of the SUS in the city. The analysis of the incorporation of the global approach of health care was made mainly under the aspects of health policy and health system management. Results. Three articles comprising theme excerpts of the research results which can have enough reliability and concentration to be submitted to journals in the field of Public Health. The articles written are: (1) Health policy and management in the (re)construction process of the Brazilian National Health System (SUS) in a large municipality: a case study of São Paulo city, Brazil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.25, 2009 (in priting); (2) The challenge of the unified health services management in the Brazilian National Health System (SUS) in a large municipality: the case of São Paulo, Brazil. Saúde e Sociedade, São Paulo (submitted not evaluated); (3) AMA (ambulatorial health care): an innovation in health care or a strategy to empty lines at hospital gates? (written for the magazine Physis not submitted). Final Considerations. It is expected that these results and their presentation may contribute to a significant analysis of SUS in the São Paulo city and other large municipalities, as well as identifying the elements of consideration, of subjects for new researches or provide subsidies for the theoretical and conceptual (re)organization on the policy and management of health systems and the strengthening of SUS.
Descritores: Administração em Saúde Pública
Sistema Único de Saúde/organização & administração
Gestão em Saúde
Política de Saúde
Serviços de Saúde
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  4 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145465
Autor: Cocco, Giuseppe.
Título: Covid-19: a catástrofe latino-americana, entre a caça e a imaginação / Covid-19: the Latin American catastrophe between the hunting and the imagination / Covid-19: la catástrofe latinoamericana, entre la caza y la imaginación
Fonte: RECIIS (Online);14(4):812-819, out.-dez. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Esta nota expõe um breve balanço da história da pandemia de Covid após sete meses de crise. Com esse objetivo, apreendemos três grandes tendências: o impacto letal do negacionismo em países como os Estados Unidos e o Brasil; a chegada da segunda onda na Europa e, enfim, a catástrofe nos países latinoamericanos onde os indicadores pioram em todos eles independentemente das políticas de contenção que foram implementadas desde o mês de março de 2020. Para a discussão dessas três tendências, elaboramos três momentos de reflexão de maior fôlego: a clivagem que separa os modelos de gestão da pandemia na Ásia no Ocidente; a necessidade de uma política social (como o auxílio emergencial) para tornar viáveis as políticas sanitárias na América Latina; e, enfim, uma reflexão mais geral sobre a relação entre as catástrofes e a imaginação.

This paper presents a brief analysis of the history concerning Covid pandemic after its beginning seven months ago. In pursuing this purpose we realised three major trends: the lethal impact of denialism in countries such as United States and Brazil; the arrival of the second wave of coronavirus in Europe; and finally, the Latin American catastrophe where the indicators of people affected by disease worsen in all their countries regardless of the policies to restrain it implemented since March 2020. To discuss these three trends, we have deepened three reflections: the cleavage between the management model of the pandemic in Asia and the Western management model; the need for a social policy (such as an emergency financial aid) to make health policies viable in Latin America; and at last a general reflection on the relationship between the catastrophes and the imagination.

Esta nota expone un breve análisis de la historia de la pandemia de Covid después de siete meses de crisis. Intentando alcanzar este propósito, hemos distinguido tres grandes tendencias: el impacto letal del negacionismo en países como Estados Unidos y Brasil; la llegada de la segunda ola a Europa; y finalmente la catástrofe latinoamericana donde los indicadores del contagio empeoraron en todos los países independiente de las políticas de contención implementadas desde marzo de 2020. Para discutir estas tres tendencias, hemos profundizado tres reflexiones: la diferencia entre el modelo de gestión de la pandemia en Asia y el modelo implementado en Occidente; la necesidad de una política social (como lo auxilio financiero de emergencia) para hacer viables las políticas de salud en Latinoamérica; y por último una reflexión de forma más general sobre la relación entre las catástrofes y la imaginación.
Descritores: Pneumonia Viral/prevenção & controle
Isolamento Social
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Gestão em Saúde
Pandemias/prevenção & controle
-Estados Unidos
Brasil
Vacinas Virais
Ocidente
Negação em Psicologia
Política de Saúde
América Latina
Oriente Médio
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1177558
Autor: Perú. Ministerio de Salud.
Título: Políticas y acciones en salud hacia el bicentenario. Documento de gestión Noviembre 2014 - 2015 / Health policies and actions towards the bicentenary. Document Management industry November 2014 - 2015.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 2015. 33 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El presente documento describe los lineamientos de política sectorial y es una expresión del avance de una gestión que cuenta con un valioso equipo humano de profesionales de la salud, técnicos y auxiliares cuyo compromiso y capacidad garanticen una respuesta oportuna y eficiente a los importantes desafíos sanitarios que aún enfrenta. La gestión del Ministerio de Salud recoge estos elementos de desarrollo, con una mayor inversión pública y privada, con vigilancia de la calidad de gasto, con una reforma en marcha orientada a ampliar el acceso, a dar mayor protección al ciudadano y ciudadana y al ejercicio del derecho a contar con servicios de salud de calidad. Un sistema de salud más efectivo, con capital humano capacitado, con mejor infraestructura hospitalaria, con un primer nivel de atención fortalecido y con un Seguro Integral de Salud al acceso de todo peruano y peruana
Descritores: Desenvolvimento Institucional
Gestão em Saúde
Política de Saúde
Tipo de Publ: ANNUAL REPORTS
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  6 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1177555
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Plan Nacional para la Atención Integral del Cáncer.
Título: Plan Esperanza: Memoria / Esperanza Plan: Memory.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Plan Nacional para la Atención Integral del Cáncer; 2015. 49 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Describe los avances logrados hasta la fecha que nos permiten afirmar que el Plan Esperanza ha afianzado la cultura de la prevención, tal como como lo demuestran los más de dos millones y medio de mujeres que han acudido a su despistaje en todo el país y los más de 16 millones de personas informadas sobre la prevención del cáncer a nivel nacional. Entre 2009 y 2014, la afiliación al SIS se incrementó de 17% a 65%, y el gasto de bolsillo disminuyó de 58% a 7% en el INEN. Lo mismo se observa en los institutos regionales que brindan atención especializada en cáncer (IREN Norte e IREN Sur) y en los servicios oncológicos de hospitales generales de Lima Metropolitana. Esto significa que hemos logrado mejorar la disponibilidad y el acceso de la población a servicios con cobertura de atención oncológica integral. Además, se ha implementado "Esperanza Móvil", que recorre distintas zonas para realizar chequeos médicos preventivos. Asimismo, en los colegios, las escolares de quinto y sexto grado de primaria pueden acceder gratuitamente ala vacuna contra el virus del papiloma humano, que previene el cáncer de cuello uterino
Descritores: Desenvolvimento Institucional
Gestão em Saúde
Política de Saúde
Neoplasias
Tipo de Publ: ANNUAL REPORTS
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  7 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1177328
Autor: Azevedo, Sâmia Jamylle Santos de; Moura, Larissa Kelly Silva de; Nascimento, Camila Matias; Costa, Theo Duarte da; Salvador, Pétala Tuani Candido de Oliveira.
Título: Percepções de gestores de um hospital universitário sobre a qualidade em saúde / Percepciones de los gerentes de un hospital universitario sobre la calidad de la salud / Perceptions of the managers of a university hospital about quality in health
Fonte: Rev. enferm. UFSM;10:e95, 2020. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: descrever as percepções de gestores de um hospital universitário sobre a qualidade em saúde. Método: trata-se de estudo do tipo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado em hospital universitário do Nordeste do Brasil. A população de estudo foi composta por 60 gestores. Os dados foram coletados entre 2017 e 2018, a partir de entrevista semiestruturada. Realizou-se análise textual lexicográfica com suporte do software IRaMuTeQ. Resultados: foram analisados 593 segmentos de texto com elucidação das classes: "Influência do modelo de gestão", "Ferramentas de gestão da qualidade", "Concepções de qualidade em saúde" e "Ações de promoção em saúde". Os gestores compreendiam que o modelo de gestão adotado influencia na assistência e, consequentemente, na qualidade do atendimento. Conclusão: verificou-se que os gestores relacionaram a qualidade à resolutividade do atendimento aos usuários, bem como a um bom relacionamento entre profissionais e à consequente melhoria no processo de trabalho.

Objective: to describe the perceptions of managers of a university hospital about quality in health. Method: this is a descriptive study, with a qualitative approach, carried out in a university hospital in Northeast Brazil. The study population was composed of 60 managers. Data were collected between 2017 and 2018, based on a semi-structured interview. Lexicographic textual analysis was performed with the support of the IRaMuTeQ software. Results: 593 text segments were analyzed and classified in the following categories: "Influence of the management model", "Quality management tools", "Conceptions of quality in health" and "Health promotion actions". The managers understood that the management model adopted influences care, and, consequently, its quality. Conclusion: it was found that managers related quality to the problem-solving service provided to users, as well as to a good relationship between professionals and the consequent improvement in the work process.

Objetivo: describir las percepciones de los gerentes de un hospital universitario sobre la calidad de la salud. Método: estudio descriptivo, con enfoque cualitativo, realizado en un hospital universitario en el noreste de Brasil. La población del estudio consistió en 60 gerentes. Los datos se recopilaron entre 2017 y 2018, a partir de entrevistas semiestructuradas. El análisis textual lexicográfico se realizó con el apoyo del software IRaMuTeQ. Resultados: se analizaron 593 segmentos de texto con las clases: "Influencia del modelo de gestión", "Herramientas de gestión de calidad", "Concepciones de calidad en salud" y "Acciones de promoción de la salud". Los gerentes entendieron que el modelo de gestión adoptado influye en la atención y, en consecuencia, en la calidad de la atención. Conclusión: se encontró que los gerentes relacionan la calidad con la capacidad de resolución de problemas de atención a los usuarios, así como con una buena relación entre los profesionales y la consiguiente mejora en el proceso de trabajo.
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde
Gestão da Qualidade
Gestão em Saúde
Gestor de Saúde
Hospitais
Limites: Humanos
Responsável: BR568.1 - Biblioteca Central Manoel Marques de Souza, Conde de Porto Alegre


  8 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145573
Autor: Ferreira, José Erivelton de Souza Maciel; Oliveira, Lídia Rocha de; Marques, Wanderson Souza; Lima, Talita Silva de; Barbosa, Eloise da Silva; Castro, Révia Ribeiro de; Guimarães, José Maria Ximenes.
Título: Sistemas de Informação em Saúde no apoio à gestão da Atenção Primária à Saúde: revisão integrativa / Health Information Systems to support Primary Health Care management: an integrative review / Sistemas de Información de Salud para apoyar la gestión de la Atención Primaria de Salud: revisión integradora
Fonte: RECIIS (Online);14(4):970-982, out.-dez. 2020. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar a utilização dos Sistemas de Informação em Saúde para a construção da sala de situação na Atenção Primária à Saúde. Trata-se de uma revisão integrativa realizada por meio de busca de artigos na íntegra, nas bases de dados BDENF, Lilacs, Medline, SciELO, PubMed e Cochrane. Foram analisados sete artigos, os quais foram apresentados em três categorias. Os sistemas de informação apoiam a sala de situação na coleta, no processamento e na divulgação de resultados, na análise e na comparação de indicadores, no planejamento, na gestão e na avaliação em saúde. Por fim, percebeu-se que os sistemas de informação contribuem para a construção da sala de situação subsidiando a atuação da gestão local na formação de indicadores de saúde e na implementação de ações.

The aim of this study was to analyze the use of Health Information Systems in the construction of the situation room in Primary Health Care. This is an integrative review performed by searching full articles in the BDENF, Lilacs, Medline, SciELO, PubMed and Cochrane databases. Seven articles were analyzed and presented in three categories. Information systems support the situation room in the collection, processing and dissemination of results, in the analysis and comparison of indicators, and in the health planning, management and evaluation. In the end, we realized that information systems contribute to the construction of the situation room, supporting local management actions in the establishment of health indicators and the implementation of actions.

El objetivo de este estudio fue analizar el uso de los Sistemas de Información de Salud en la construcción de la sala de situación en Atención Primaria de Salud. Esta es una revisión integradora realizada mediante la búsqueda de artículos completos en las bases de datos BDENF, Lilacs, Medline, SciELO, PubMed y Cochrane. Siete artículos fueron analizados y presentados en tres categorías. Los sistemas de información apoyan la sala de situación en la recolección, lo procesamiento y la difusión de resultados, en la análisis y la comparación de indicadores, y en la planificación, gestión y evaluación de la salud. Finalmente, se dio cuenta de que los sistemas de información contribuyen a la construcción de la sala de situación, apoyando las acciones de gestión local en lo establecimiento de indicadores de salud y la implementación de acciones.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Avaliação em Saúde
Diagnóstico da Situação de Saúde
Gestão em Saúde
Sistemas de Informação em Saúde/organização & administração
-Controle Social Formal
Sistema Único de Saúde
Indicadores Básicos de Saúde
Pessoal de Saúde
Gestão da Informação em Saúde/organização & administração
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  9 / 1712 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-750391
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Subsecretaria de Assuntos Administrativos. Coordenação-Geral de Documentação e Informação.
Título: Glossário temático: Sistema de Apoio à Elaboração de Projetos de Investimentos em Saúde (SomaSUS) / Glosario temático: Sistema de Apoyo para Elaboración de Proyectos de Inversiones en la Infraestructura de Salud (SomaSUS) / Thematic glossary: System of Support for the Elaboration of Investment Projects in Healthcare (SomaSUS).
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2013. 61 p. Livro.
Idioma: pt.
Resumo: O conhecimento gerado pelas áreas técnicas do Ministério daSaúde e por suas entidades vinculadas surge da convergência dos saberesde diversos domínios que se fundem à prática da gestão do SistemaÚnico de Saúde (SUS). Em meio a essa pluralidade de informações, odesenvolvimento dos produtos da Terminologia da Saúde insere-se noPlano de Gestão do Conhecimento do Ministério da Saúde. Instituídoem 2010, esse plano objetiva dar visibilidade à gestão do conhecimentoinstitucional, garantir a comunicação interna e externa, contribuir paraa melhoria dos processos de tomada de decisão no âmbito da saúdepública e fortalecer a participação social.Identificar, relacionar, gerir e oferecer acesso a esse conhecimentosão desafios atuais em que se discutem aspectos da democratização edo desenvolvimento de metodologias e tecnologias que permitam arecuperação da informação, suplantando a lógica da sintaxe e atingindo alógica da semântica. Em relação a esse último tópico, foram desenvolvidasações relacionadas ao setor Saúde que garantissem o tratamentoterminológico das áreas do conhecimento envolvidas com a saúde.No que diz respeito à gestão da informação, o Projeto deTerminologia da Saúde – uma iniciativa da Secretaria-Executiva, realizadapor meio da Coordenação-Geral de Documentação e Informação (CGDI)– atua no desenvolvimento dos principais instrumentos que possibilitamo alinhamento da produção literária, documental e normativa da esferafederal do SUS com as premissas da Ciência da Informação. Os produtosidealizados para contribuir com o desenvolvimento e a socializaçãodo conhecimento do setor Saúde são: o tesauro, o siglário, o bancode tradução, e os glossários temáticos que constituem o Glossário doMinistério da Saúde...
Descritores: Gestão em Saúde
Investimentos em Saúde
Planos e Programas de Saúde/tendências
Sistemas de Informação
Terminologia como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  10 / 1712 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1177122
Autor: El Salvador. Ministerio de Salud.
Título: Manual de Organización y Funciones de la Dirección de Políticas y Gestión de Salud / Organization and Functions Manual of the Directorate of Health Policies and Management.
Fonte: San Salvador; MINSAL; ene, 22, 2021. 72 p. ilus, ilus.
Idioma: es.
Resumo: La Dirección de Políticas y Gestión de Salud, en adelante DPGS, es la dependencia estratégica del Viceministerio de Gestión y Desarrollo, responsable del desarrollo de la normativa institucional relacionada a la promoción, prevención, identificación, tratamiento y rehabilitación, dentro del modelo de atención integral en salud; así como la creación y seguimiento de políticas, planes, proyectos o estrategias institucionales y aquellas establecidas por el Gobierno Central

The Health Policy and Management Directorate, hereinafter DPGS, is the dependency strategy of the Vice Ministry of Management and Development, responsible for the development of the institutional regulations related to the promotion, prevention, identification, treatment and reatment and rehabilitation, within the comprehensive health care model; as well as the monitoring of institutional policies, plans, projects or strategies and those established by the Central Government
Descritores: Gestão em Saúde
Política de Saúde
Manuais como Assunto
-Saúde
Responsável: SV2 - Departamento de Gobernanza y Gestión del Conocimiento



página 1 de 172 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde